Transferência de embriao | De Mãe para Mãe

Transferência de embriao

Responda
63 mensagens
Cátia Pereira 82 -
Offline
Desde 15 Out 2018

Boa noite alguna menina que fez transferência?

CATIA

LiaLSilva -
Offline
Desde 14 Jan 2022

Olá Cátia.
Eu! Fiz transferência de um embrião d5 no dia 11 deste mês.

Sobre LiaLSilva

Li

Anaiis -
Offline
Desde 23 Fev 2021

Por aqui também, no dia 8 de junho fiz transferência de 2 embriões D5 e vou fazer beta na 2a feira, não sei se será uma defesa minha mas honestamente não estou nada positiva em relação ao resultado. Tenho mais 3 congelados e se esta transferência não resultar vou fazer análise genética e transferencia no caso de ser euploide, se nenhum for viável então preparo-me e avanço com nova fiz em cerca de 3 meses.

Anaiis -
Offline
Desde 23 Fev 2021

Já agora que medicação e cuidados estão a ter?

LiaLSilva -
Offline
Desde 14 Jan 2022

Olá Anaiis.
Transferis te a fresco?
Eu fiz tec de 1, fiquei com 2 congelados.
A nível de medicação só estou a fazer progesterona, 2 ovinhos de manhã e 2 à noite.
Cuidados segundo o médico só não fazer esforços físicos, de resto fazer vida normal.
Continuei a trabalhar, mas sem fazer esforços e grandes aventuras.
Tento ter uma alimentação saudável e bebo muita água durante o dia.
De resto, tudo igual.
Compreendo perfeitamente o que dizes, também sou um pouco assim, prefiro não criar grandes esperanças e se for o caso ser surpreendida pela positiva.
Tento não me agarrar a sintomas principalmente.
Ainda não tiveste a tentação de fazer teste de farmácia?
Estás a ser acompanhada onde?

Sobre LiaLSilva

Li

LiaLSilva -
Offline
Desde 14 Jan 2022

Anaiis porque a análise genética?
Já fizeste outros tratamentos sem resultado positivo?

Sobre LiaLSilva

Li

Anaiis -
Offline
Desde 23 Fev 2021

Tenho 42 anos, há 2 anos atrás, sem qualquer tipo de preparação, alimentação, estilo de vida, uns kilinhos também a mais, fiz a minha primeira fiv, 18 óvulos, 6 embriões mas apenas dois chegaram a D5 mas infelizmente eram aneuploides. Em abril deste ano, após ser acompanhada em nutrição, suplementos, acupuntura, exercício físico (não tanto quanto deveria) e alterações no meu estilo de vida fiz nova fiv, 21 óvulos, 14 fertilizados e 5 excelentes embriões D5 mas por aconselhamento médico optamos por não fazer análise genética. O que está a ser bastante de gerir para mim, não sei se destes 5 se algum é viável e tenho imenso receio de no caso de gravidez de aborto espontâneo ou mesmo provocado por feto ter anomalias. Evidentemente que a parte emocional seria drasticamente abalada por isso no caso de não resultar gostaria de saber o resultado dos restantes 3 e avançar com confiança seja para nova transferência ou fechar a porta, novo tratamento e não perder tempo.
Para além dos 42 tenho uma doença autoimune estou com estradiol, progesterona e desde a transferência acrescentámos aspirina, hidroxocloroquina e corticoides.
Tens algum sintoma? Basicamente desde o D2 que quando me limpo tenho por vezes mancha tipo spotting no papel higiénico, não sei se será progesterona baixa, estou a tomar duphaston 8/8h o que perfaz 30mg dia mas falei com o médico que me disse que as perdas não iriam aumentar e que por vezes implantação faz com que tal aconteça. Sinto também algumas pontadas, nada de relevante e por vezes algum enjoo mas acredito que todos os sintomas são da medicação. Já pensei fazer teste de farmácia até porque amanhã será o d10 mas verdadeiramente nem o HCG queria fazer. Ahhh que falta de coragem a minha.

Anaiis -
Offline
Desde 23 Fev 2021

É também a vossa primeira transferência? Qual a vossa idade, história? Quando fazem o beta?

LiaLSilva -
Offline
Desde 14 Jan 2022

Curioso essa situação dos embriões aneuploides. Já ouvi várias meninas falarem disso, mas nunca percebi muito bem quando é porquê se faz a análise genética. Se é por recomendação da clínica/hospital ou se pode ser opção do casal.
Compreendo perfeitamente esse receio e tendo em conta a experiência anterior, no teu lugar acho que também iria querer saber se valeria a pena realmente avançar com mais confiança ou se seria melhor "pôr de lado" esses caso se confirmasse que não seriam viáveis e investir no tratamento de início outra vez.
Ainda assim, não vamos pensar nisso... Vamos pensar que não será necessário nada disso, porque desta vez vai resultar e sem esperares vais ver que valeu muito a pena todas essas mudanças que fizeste na tua vida. É preciso muita coragem e força de vontade para tal, nenhum esforço em vão.
O único sintoma mais recorrente que tenho tido são cólicas muito ligeiras, nada de especial. Hoje por acaso é que me senti um pouco enjoada e com dores de cabeça no trabalho, mas fiz ligação ao calor, não quero imaginar coisas que não são, nesse aspeto sou como tu, tenho muito receio.
Até porque ainda é muito cedo para qualquer tipo de sintomas eu acho.
O peito inchado é da progesterona.
Esse spotting que falas pode dever se à implantação do embrião, pode ser bom sinal!
Em relação aos testes, eu não aguento.
Eu tou desejosa que chegue o dia do bhcg e sei que não vou aguentar até lá sem fazer um de farmácia, pelo menos para estar minimamente preparada.
Até porque só há 2 hipóteses:
Ou o de farmácia dá negativo e o bhcg positivo ou dão ambos negativo e assim ao menos já vou preparada.
Tenho a certeza que desta vez terás o teu positivo🤞 acredita!

Sobre LiaLSilva

Li

LiaLSilva -
Offline
Desde 14 Jan 2022

Sim, é a nossa primeira transferência.
Eu tenho 31 anos e o meu marido tem 35.
Fizemos um ciclo de coito programado à 1 ano atrás (Junho 2021) que foi aconselhado pela médica visto que a causa da nossa infertilidade era inexplicada, com o marido sempre teve tudo ok, eu tinha uma das trompas obstruída, (detectado na histerossalpingogafria em out de 2020) ainda assim a outra estava permeável e em bom estado, por isso tentámos. Não resultou.
No mês seguinte ao me fazerem nova ecografia descobriram que afinal tinha ambas as trompas dilatadas (com líquido) e que seria um risco para mim e para o bebé caso em engravidasse naturalmente o que mesmo assim seria muito difícil.
Aconselharam me a retirar ambas as trompas.
Em 3 anos, até hoje, nada me custou mais do que esse diagnóstico e saber que as tinha de tirar e nunca mais conseguiria engravidar naturalmente foi pra mim naquela altura como se me tirassem o chão. Ainda assim fiz a cirurgia em set do ano passado e cá estamos a tentar que chegue a nossa vez. 🤞
Fiz punção em Abril e não pude transferir a fresco porque hiperestimulei e o ciclo seguinte também foi perdido porque ovulei mais cedo do que o previsto.
Tentámos agora este ciclo, aguardar para que dê certo.
Faço o beta na quarta feira, dia 22.

Sobre LiaLSilva

Li

PatL -
Offline
Desde 18 Mar 2015

LiaLSilva escreveu:
Curioso essa situação dos embriões aneuploides. Já ouvi várias meninas falarem disso, mas nunca percebi muito bem quando é porquê se faz a análise genética. Se é por recomendação da clínica/hospital ou se pode ser opção do casal.
Compreendo perfeitamente esse receio e tendo em conta a experiência anterior, no teu lugar acho que também iria querer saber se valeria a pena realmente avançar com mais confiança ou se seria melhor "pôr de lado" esses caso se confirmasse que não seriam viáveis e investir no tratamento de início outra vez.
Ainda assim, não vamos pensar nisso... Vamos pensar que não será necessário nada disso, porque desta vez vai resultar e sem esperares vais ver que valeu muito a pena todas essas mudanças que fizeste na tua vida. É preciso muita coragem e força de vontade para tal, nenhum esforço em vão.
O único sintoma mais recorrente que tenho tido são cólicas muito ligeiras, nada de especial. Hoje por acaso é que me senti um pouco enjoada e com dores de cabeça no trabalho, mas fiz ligação ao calor, não quero imaginar coisas que não são, nesse aspeto sou como tu, tenho muito receio.
Até porque ainda é muito cedo para qualquer tipo de sintomas eu acho.
O peito inchado é da progesterona.
Esse spotting que falas pode dever se à implantação do embrião, pode ser bom sinal!
Em relação aos testes, eu não aguento.
Eu tou desejosa que chegue o dia do bhcg e sei que não vou aguentar até lá sem fazer um de farmácia, pelo menos para estar minimamente preparada.
Até porque só há 2 hipóteses:
Ou o de farmácia dá negativo e o bhcg positivo ou dão ambos negativo e assim ao menos já vou preparada.
Tenho a certeza que desta vez terás o teu positivo🤞 acredita!

Fiz rastreio de aneuploidias após 7 transferências de 12 embriões. Tive duas gravidezes bioquímicas e outras duas em que acabei por ter aborto espontâneo. Como num dos abortos houve tecidos que não foram expulsos, tive de fazer aspiração e os tecidos foram analisados. Estava grávida de uma menina com cariótipo normal. Como a minha taxa de insucesso era elevada, estava a chegar aos 40 anos e os meus valores de beta HCG eram habitualmente baixos, as médicas achavam que os embriões seriam maioritariamente aneuploides. Propuseram-me realizar PGT-A e aceitei. No meu último tratamento foram analisados 5 embriões e 3 eram euploides. Transferi dois em momentos diferentes, pretendia transferir o terceiro simultaneamente com o segundo, mas deixou de evoluir após desvitrificação. Não engravidei em nenhuma dessas duas TEC.
Desejo-vos o melhor!

Sobre PatL

Início-11/11 inexpl. 6 IO 2013/14 cancel
IIU-05/15 cancel; 08/15 cancel
FIV-02/16(SHO) 12 embr; 04/18(SHO) 4 embr
PGT-A-09/19(SHO) 3 eupl
TEC-05/16(-); 09/16(+) grav BQ; 01/17(-); 05/17(+) AE; 10/17(+) AE; 06/18(-); 11/18(+) grav BQ; 02/20(-); 07/20(-) Basta!
http://seiquechegaras.blogspot.com

LiaLSilva -
Offline
Desde 14 Jan 2022

Bom dia PatL.
Já conhecia a tua história aqui do fórum, segui durante muito tempo alguns tópicos onde aos poucos foste falando da tua luta e à medida que ia lendo, ia tendo cada vez mais esperança que conseguisses realizar o teu sonho.
Lamento imenso que tenha sido esse o teu desfecho, mas tenho de te agradecer por te disponibilizares a contar a tua história.
De uma maneira ou de outra acredito que todas nós um dia teremos a bênção de ser mães, se não resultar de uma forma, acredito que poderá resultar de outra.
Um beijinho muito grande, com muita força 😘 não desistas!

Sobre LiaLSilva

Li

Alsofia -
Offline
Desde 15 Jul 2021

Ola meninas. Eu fiz transferencia no dia 7 de junho e tenho beta marcado para dia 20, ou seja, proxima segunda feira.
Desta vez tinha prometido a mim mesma nao fazer teste de farmacia e aguardar pelo beta, mas mais uma vez a ansiedade foi mais forte que eu e nao consegui ... dia 9 e 11 apros tranferencia fiz teste e deu negativo 😔 Nao estou com qq esperanca que segunda feira o resultado seja diferente, até porque "milagres" nao acontecem comigo.
Ja ando nestas vidas a algum tempo... tenho 43 anos e neste momento já so tenho 1 embriao congelado por ovodoacao. Sinto que a minha historia vai ficar por aqui... o pior é mesmo convencer-me disso mesmo.
Vou falar um pouco do meu percurso:
Tenho endometriose
Iniciei os tratamentos com ovulos meus e nunca obtive beta positivo.
Mudei de clinica porque achei que a anterior era "chapa 5" e que nao me apresentavam alternativas diferentes para poder ter o meu "positivo". Otámos na segunda clinica por tentar por ovodoacao e fazer o teste ERA. Descobri que tinha janela de implantacao deslocada. Apos essa situacao e ja com óvulos doados e progesterona adequada à minha janela de implantação consegui um beta positivo que originou numa gravidez nao evolutiva com curetagem. Depois disso tive um beta positivo com uma gravidez bioquimica.
Fiz estudo trombofilias e verificaram-se a existencia de 3 anomalias.
Esta transferência foi feita com nova medicação, tendo em conta as trombofilias e um medicamento - prednisolona, para alem de todos os outros que anteriormente ja tinha tomado. Fiquei muito esperançosa que neste tratamento as coisas iriam dar certo.
Segunda é o beta, mas só estou a cumprir o protocolo, porque a reposta decerto já a tenho.
Para as meninas que aguardam o beta, espero do fundo do coração que tenham mais sorte e que tudo de bom vos aconteça 🙂😘

ACP_79 -
Offline
Desde 29 Jun 2021

Anaiis escreveu:
Tenho 42 anos, há 2 anos atrás, sem qualquer tipo de preparação, alimentação, estilo de vida, uns kilinhos também a mais, fiz a minha primeira fiv, 18 óvulos, 6 embriões mas apenas dois chegaram a D5 mas infelizmente eram aneuploides. Em abril deste ano, após ser acompanhada em nutrição, suplementos, acupuntura, exercício físico (não tanto quanto deveria) e alterações no meu estilo de vida fiz nova fiv, 21 óvulos, 14 fertilizados e 5 excelentes embriões D5 mas por aconselhamento médico optamos por não fazer análise genética. O que está a ser bastante de gerir para mim, não sei se destes 5 se algum é viável e tenho imenso receio de no caso de gravidez de aborto espontâneo ou mesmo provocado por feto ter anomalias. Evidentemente que a parte emocional seria drasticamente abalada por isso no caso de não resultar gostaria de saber o resultado dos restantes 3 e avançar com confiança seja para nova transferência ou fechar a porta, novo tratamento e não perder tempo.
Para além dos 42 tenho uma doença autoimune estou com estradiol, progesterona e desde a transferência acrescentámos aspirina, hidroxocloroquina e corticoides.
Tens algum sintoma? Basicamente desde o D2 que quando me limpo tenho por vezes mancha tipo spotting no papel higiénico, não sei se será progesterona baixa, estou a tomar duphaston 8/8h o que perfaz 30mg dia mas falei com o médico que me disse que as perdas não iriam aumentar e que por vezes implantação faz com que tal aconteça. Sinto também algumas pontadas, nada de relevante e por vezes algum enjoo mas acredito que todos os sintomas são da medicação. Já pensei fazer teste de farmácia até porque amanhã será o d10 mas verdadeiramente nem o HCG queria fazer. Ahhh que falta de coragem a minha.

Olá Anaiis,

Já falamos num ou outro post. Em 1º lugar desejo que a tua FIV corra bem e que consigas o teu positivo já á 1ª tentativa.
Queria perguntar-te que suplementos tomaste que de certa forma junto com a acupuntura melhorou muito a tua resposta ovarica. Se puderes partilhar fico grata.
Eu fiz FIV em Maio, a minha 1ª, onde apenas consegui 5 óvulos e destes apenas 2 fecundaram, transferi os 2 em D3 e não resultou. Também tenho 42 anos, baixa reserva ovárica e qualidade dos óvulos baixa também (como ficou patente na estimulação e posterior insucesso dos óvulos existentes). Com o meu marido está tudo bem. Até ter possibilidade financeira de partir para outra FIV quero apostar em melhorar a qualidade dos meus óvulos e ir tentando naturalmente até conseguir fazer nova FIV.

Obrigada e muito boa sorte, a torcer por ti e por todas que aguardam o Beta 🍀🍀🙏🙏

Cátia Pereira 82 -
Offline
Desde 15 Out 2018

Olá meninas estive ler vossos comentários, temho 36 é 3 fiv é infertelidade inexplicável fiz transferência de 1 embrião obtive 3 mas só um teve continuidade. Tem classificação de D. Estou um pouco angustiada pq se meus ovulos são fracos pq não reconendam um tipo de medicação para este problema? Estou no publico e agora aguardo teste para dia 27 junho. Desejo mt sorte para todas💝💝🙏🙏🙏

CATIA

Cátia Pereira 82 -
Offline
Desde 15 Out 2018

Fiz transferência ontem e hoje tou com dores e voces? Em relação a actividade profissional vao dar continuidade ou vão estar em repouso?

CATIA

Alexa1234 -
Offline
Desde 31 Jul 2021

PatL escreveu:

LiaLSilva escreveu:Curioso essa situação dos embriões aneuploides. Já ouvi várias meninas falarem disso, mas nunca percebi muito bem quando é porquê se faz a análise genética. Se é por recomendação da clínica/hospital ou se pode ser opção do casal.
Compreendo perfeitamente esse receio e tendo em conta a experiência anterior, no teu lugar acho que também iria querer saber se valeria a pena realmente avançar com mais confiança ou se seria melhor "pôr de lado" esses caso se confirmasse que não seriam viáveis e investir no tratamento de início outra vez.
Ainda assim, não vamos pensar nisso... Vamos pensar que não será necessário nada disso, porque desta vez vai resultar e sem esperares vais ver que valeu muito a pena todas essas mudanças que fizeste na tua vida. É preciso muita coragem e força de vontade para tal, nenhum esforço em vão.
O único sintoma mais recorrente que tenho tido são cólicas muito ligeiras, nada de especial. Hoje por acaso é que me senti um pouco enjoada e com dores de cabeça no trabalho, mas fiz ligação ao calor, não quero imaginar coisas que não são, nesse aspeto sou como tu, tenho muito receio.
Até porque ainda é muito cedo para qualquer tipo de sintomas eu acho.
O peito inchado é da progesterona.
Esse spotting que falas pode dever se à implantação do embrião, pode ser bom sinal!
Em relação aos testes, eu não aguento.
Eu tou desejosa que chegue o dia do bhcg e sei que não vou aguentar até lá sem fazer um de farmácia, pelo menos para estar minimamente preparada.
Até porque só há 2 hipóteses:
Ou o de farmácia dá negativo e o bhcg positivo ou dão ambos negativo e assim ao menos já vou preparada.
Tenho a certeza que desta vez terás o teu positivo🤞 acredita!

Fiz rastreio de aneuploidias após 7 transferências de 12 embriões. Tive duas gravidezes bioquímicas e outras duas em que acabei por ter aborto espontâneo. Como num dos abortos houve tecidos que não foram expulsos, tive de fazer aspiração e os tecidos foram analisados. Estava grávida de uma menina com cariótipo normal. Como a minha taxa de insucesso era elevada, estava a chegar aos 40 anos e os meus valores de beta HCG eram habitualmente baixos, as médicas achavam que os embriões seriam maioritariamente aneuploides. Propuseram-me realizar PGT-A e aceitei. No meu último tratamento foram analisados 5 embriões e 3 eram euploides. Transferi dois em momentos diferentes, pretendia transferir o terceiro simultaneamente com o segundo, mas deixou de evoluir após desvitrificação. Não engravidei em nenhuma dessas duas TEC.
Desejo-vos o melhor!


Palt, desculpa perguntar, mas chegastes a ter alguma resposta das gravidezes quimicas, poderiam ser dos embrioes? Tive outra gravidez quimica este mês, vou na terça ao medico e sinto que preciso de respostas, que sei bem que posso não as ter, mas a necessidade está cá. Meus embrioes foram congelados já com o intuito de que se tivesse algum problema não sobreviveriam ao decongelamento, os 4sobreviveram e foram transferidos, agora depois do d6 é que a gente não sabe nem nunca saberá, mas questiono me na hipotese de algo não ter dado certo com eles depois dai, podes achar estranho mas é um feeling, pois foi feito tudo o que eu conheço para ajudar na implantação, há excessao da analise da progesterona, por causa do endometrio ter ficado logo pronto e nesse dia ter que tomar logo o ovitrele, por isso é que não a fiz. Beijinhos patl.

ACP_79 -
Offline
Desde 29 Jun 2021

Cátia Pereira 82 escreveu:
Fiz transferência ontem e hoje tou com dores e voces? Em relação a actividade profissional vao dar continuidade ou vão estar em repouso?

Olá Cátia,

Quando fiz a minha transferência também senti dores no dia seguinte, penso que ainda se devia á punção. Com o passar dos dias foi desaparecendo

A médica deu-me baixa 12 dias mas eu como estou em teletrabalho apenas fiquei de repouso na tarde da transferência, que foi a uma 3ªf, e depois até 6af não fui trabalhar. Retomei na 2ªf seguinte. Fiquei 3 dias úteis de repouso + o fds. Trabalho sentada e em casa pelo que considerei desnecessário a baixa de 12 dias.

PatL -
Offline
Desde 18 Mar 2015

Alexa1234 escreveu:

Palt, desculpa perguntar, mas chegastes a ter alguma resposta das gravidezes quimicas, poderiam ser dos embrioes? Tive outra gravidez quimica este mês, vou na terça ao medico e sinto que preciso de respostas, que sei bem que posso não as ter, mas a necessidade está cá. Meus embrioes foram congelados já com o intuito de que se tivesse algum problema não sobreviveriam ao decongelamento, os 4sobreviveram e foram transferidos, agora depois do d6 é que a gente não sabe nem nunca saberá, mas questiono me na hipotese de algo não ter dado certo com eles depois dai, podes achar estranho mas é um feeling, pois foi feito tudo o que eu conheço para ajudar na implantação, há excessao da analise da progesterona, por causa do endometrio ter ficado logo pronto e nesse dia ter que tomar logo o ovitrele, por isso é que não a fiz. Beijinhos patl.

Por muito que custe, não terás respostas concretas, porque não tas saberão dar. Não há ainda conhecimento científico suficiente sobre a matéria. Serão apenas suposições. Quando muito podem dizer que há uma conjugação de acasos que podem condicionar um determinado resultado. Chegaram a dizer-me "são coisas que acontecem", "ainda não foi desta". Aquilo que me apercebi é que as gravidezes bioquímicas são desvalorizadas na maior parte das vezes. Posso até ter tido mais que duas bioquímicas, embora ache pouco provável. Raramente fiz beta antes da data prevista e, lá no hospital, nunca era antes dos 12 dias após transferência, tivessem os embriões 3 ou mais dias. Nos últimos anos em que lá fui acompanhada, até começaram a indicar aos 14/15 dias. Imagino que fosse para não criar falsas expectativas por causa das bioquímicas "relâmpago". As minhas estenderam-se sempre além do beta.
O que a dada altura chamou a atenção de uma das médicas, era que o valor do primeiro beta, sempre que foi positivo, era relativamente baixo, o que a levou a suspeitar da possibilidade de os embriões serem aneuploides. Quando fiz PGT-A deu para perceber que possivelmente a causa até não seria essa (3 euploides em 5) e numa gravidez em concreto soube que não foi, pelo resultado da aspiração.
Não imaginas a quantidade de vezes que desejei que em algum dos exames que fiz fosse descoberto algo, mesmo que sem resolução, porque aí saberia qual a causa e ficava em paz comigo (após um período de revolta, claro). Não foi o que aconteceu, tive de aceitar, caso contrário viveria ainda mais amargurada.
Uma vez que já tentaste com os teus ovócitos, ovócitos doados, doação de embriões e tiveste gravidezes que evoluíram a um estado bem avançado será, no mínimo, estranho baterem na tecla da qualidade dos ovócitos ou embriões.
O que disseram uma vez era que a solução seria tentar, tentar, ... Assim fiz, não resultou e abandonei o barco antes de perder a minha sanidade mental e o amor-próprio. Dar o passo não foi simples e algo decidido de um dia para outro. Foram necessários anos para amadurecer a ideia.
Faz o que a tua consciência achar que te deixa mais tranquila.
Um beijinho, Alexa!
Sobre PatL

Início-11/11 inexpl. 6 IO 2013/14 cancel
IIU-05/15 cancel; 08/15 cancel
FIV-02/16(SHO) 12 embr; 04/18(SHO) 4 embr
PGT-A-09/19(SHO) 3 eupl
TEC-05/16(-); 09/16(+) grav BQ; 01/17(-); 05/17(+) AE; 10/17(+) AE; 06/18(-); 11/18(+) grav BQ; 02/20(-); 07/20(-) Basta!
http://seiquechegaras.blogspot.com

LiaLSilva -
Offline
Desde 14 Jan 2022

Alsofia escreveu:
Ola meninas. Eu fiz transferencia no dia 7 de junho e tenho beta marcado para dia 20, ou seja, proxima segunda feira.
Desta vez tinha prometido a mim mesma nao fazer teste de farmacia e aguardar pelo beta, mas mais uma vez a ansiedade foi mais forte que eu e nao consegui ... dia 9 e 11 apros tranferencia fiz teste e deu negativo 😔 Nao estou com qq esperanca que segunda feira o resultado seja diferente, até porque "milagres" nao acontecem comigo.
Ja ando nestas vidas a algum tempo... tenho 43 anos e neste momento já so tenho 1 embriao congelado por ovodoacao. Sinto que a minha historia vai ficar por aqui... o pior é mesmo convencer-me disso mesmo.
Vou falar um pouco do meu percurso:
Tenho endometriose
Iniciei os tratamentos com ovulos meus e nunca obtive beta positivo.
Mudei de clinica porque achei que a anterior era "chapa 5" e que nao me apresentavam alternativas diferentes para poder ter o meu "positivo". Otámos na segunda clinica por tentar por ovodoacao e fazer o teste ERA. Descobri que tinha janela de implantacao deslocada. Apos essa situacao e ja com óvulos doados e progesterona adequada à minha janela de implantação consegui um beta positivo que originou numa gravidez nao evolutiva com curetagem. Depois disso tive um beta positivo com uma gravidez bioquimica.
Fiz estudo trombofilias e verificaram-se a existencia de 3 anomalias.
Esta transferência foi feita com nova medicação, tendo em conta as trombofilias e um medicamento - prednisolona, para alem de todos os outros que anteriormente ja tinha tomado. Fiquei muito esperançosa que neste tratamento as coisas iriam dar certo.
Segunda é o beta, mas só estou a cumprir o protocolo, porque a reposta decerto já a tenho.
Para as meninas que aguardam o beta, espero do fundo do coração que tenham mais sorte e que tudo de bom vos aconteça 🙂😘

Só segunda feira poderás ter a certeza, até lá não percas a esperança, por muito pequenina que ela seja.
É sempre bom não nos iludirmos, mas ao mesmo tempo não deitar a toalha ao chão antes do tempo e sofrer por antecipação.
Sei o que sentes, também tenho tendência a sofrer por antecipação.
Ainda só estou no meu D8 e já fiz um teste hoje que também deu negativo. Sei que estarás a pensar neste momento que é muito cedo no meu caso e que ainda há esperança ao contrário de ti, mas não... Já vi meninas que fizeram teste de gravidez no dia do beta e o teste em casa ter dado negativo e o beta positivo no mesmo dia.
Quem sabe se não terás uma bela surpresa! 🤞

Sobre LiaLSilva

Li

LiaLSilva -
Offline
Desde 14 Jan 2022

Cátia Pereira 82 escreveu:
Fiz transferência ontem e hoje tou com dores e voces? Em relação a actividade profissional vao dar continuidade ou vão estar em repouso?

Olá Cátia!
Não sei se fizeste punção e transferis te a fresco, se foi, essas dores poderão ter a ver ainda com a punção também.
No meu caso fiz tec e no próprio dia e dia seguinte da transferência tive algumas cólicas, cólicas essas que iam e vinham, achei que poderia ser normal, tendo em conta que "fui mexida" e sou demasiadamente sensível.
Nós últimos dias o que tenho sentido é muitas dores de cabeça, é o sintoma que se tem destacado mais, seja ele da medicação ou não.
Em relação ao repouso, só fiz no próprio dia, tive maior parte do tempo deitada, no dia seguinte foi domingo e fiz apenas algumas coisas aqui por casa sem fazer esforços, na segunda retornei à minha atividade profissional normalmente, até porque trabalho maioritariamente do tempo sentada ao computador.
Na clínica disseram me que não passavam repouso absoluto pois não está provado que o repouso signifique uma taxa maior de sucesso nos tratamentos.

Sobre LiaLSilva

Li

Anaiis -
Offline
Desde 23 Fev 2021

Alsofia escreveu:
Ola meninas. Eu fiz transferencia no dia 7 de junho e tenho beta marcado para dia 20, ou seja, proxima segunda feira.
Desta vez tinha prometido a mim mesma nao fazer teste de farmacia e aguardar pelo beta, mas mais uma vez a ansiedade foi mais forte que eu e nao consegui ... dia 9 e 11 apros tranferencia fiz teste e deu negativo 😔 Nao estou com qq esperanca que segunda feira o resultado seja diferente, até porque "milagres" nao acontecem comigo.
Ja ando nestas vidas a algum tempo... tenho 43 anos e neste momento já so tenho 1 embriao congelado por ovodoacao. Sinto que a minha historia vai ficar por aqui... o pior é mesmo convencer-me disso mesmo.
Vou falar um pouco do meu percurso:
Tenho endometriose
Iniciei os tratamentos com ovulos meus e nunca obtive beta positivo.
Mudei de clinica porque achei que a anterior era "chapa 5" e que nao me apresentavam alternativas diferentes para poder ter o meu "positivo". Otámos na segunda clinica por tentar por ovodoacao e fazer o teste ERA. Descobri que tinha janela de implantacao deslocada. Apos essa situacao e ja com óvulos doados e progesterona adequada à minha janela de implantação consegui um beta positivo que originou numa gravidez nao evolutiva com curetagem. Depois disso tive um beta positivo com uma gravidez bioquimica.
Fiz estudo trombofilias e verificaram-se a existencia de 3 anomalias.
Esta transferência foi feita com nova medicação, tendo em conta as trombofilias e um medicamento - prednisolona, para alem de todos os outros que anteriormente ja tinha tomado. Fiquei muito esperançosa que neste tratamento as coisas iriam dar certo.
Segunda é o beta, mas só estou a cumprir o protocolo, porque a reposta decerto já a tenho.
Para as meninas que aguardam o beta, espero do fundo do coração que tenham mais sorte e que tudo de bom vos aconteça 🙂😘

Lamento imenso, eu sinto o mesmo, o factor idade, o factor financeiro... Sentimos que estamos no centro de uma sala e que as paredes estão-se a unir e sentimo-nos sem tempo e sem qualquer perspectiva de nada, só vazio
Eu também tenho certeza que não resultou, também estou a cumprir protocolo até ao betab(2a feira) e apenas por descargo de consciência. Desde o segundo dia que tenho perdas, nos últimos dias até sujam as cuecas. Acredito que fui medicada com baixa progesterona, 10mg 3x dia.
Estou cheia de medo de que dos 5 embriões estes 2 tenham sido por qualquer motivo os euploides e sinto-me verdadeiramente angustiada.
Sinto a tua dor, os teus embriões mesmo doados tiveram análise genética?

Anaiis -
Offline
Desde 23 Fev 2021

ACP, lamento tanto, vemo-nos sempre ao espelho, a dor também é minha pois a realidade une-nos. Tb estou sem esperança nesta transferência.
Pesquisei imenso, independentemente do resultado fiz o que senti ser o certo para mim e o que me deixava em paz fazendo o acredito ser a minha parte neste processo.
Tive consulta nutrição com especialista de fertilidade - @anaabreunutri descobri-a porque queria ter consulta com @bettinamoritz mas não tinha vaga, alimentação para fertilidade, não inflamatória e suplementos adequados ao meu quadro, factor idade e ovários poliquisticos ou seja geleia real, coq10, omega3, metilfolato, melatonina, vitamina D3, etc... Melhorar, alimentar e preparar o organismo.
Uma página puxa a outra e descobri a maravilhosa @espacoerikanery (medicina tradicional chinesa) não consegui consulta pois estava de licença de parto então fui seguida por uma assistente dela @camilasarmentoacup, mas deixo-te nomes de dois maravilhosos por quem queria muito ser seguida mas não foi possível @dra.anahuang e @agulhasdafertilidade (para mim genial)
Passei também a complementar a nutrição com a MTC, dietética e chás indicados para os meridianos que estavam desiquilibrados, tomei fórmula chinesas, fiz escalda pés, chazinhos, passei a meditar, ter momentos mais calmos e introspectivos, fiz caminhadas, adormecia mais cedo, todas as consultas foram online porque são todos brasileiros, peço desculpa mas em Portugal desconheço e por cá juntei ao processo acupuntura. Senti-me mais segura com este acompanhamento e efectivamente os meus resultados foram melhores. Se vai resultar, se algum dia vai resultar só Deus, o universo saberá. Os planos para mim poderão ser outros com imensa imensa tristeza e pena minha porque não consigo pensar na possibilidade de ter um dia que abandonar este sonho e fazer o luto de um filho que não tive.
PS. Espreita também @dr.rodrigorosa

ACP_79 escreveu:

Anaiis escreveu:Tenho 42 anos, há 2 anos atrás, sem qualquer tipo de preparação, alimentação, estilo de vida, uns kilinhos também a mais, fiz a minha primeira fiv, 18 óvulos, 6 embriões mas apenas dois chegaram a D5 mas infelizmente eram aneuploides. Em abril deste ano, após ser acompanhada em nutrição, suplementos, acupuntura, exercício físico (não tanto quanto deveria) e alterações no meu estilo de vida fiz nova fiv, 21 óvulos, 14 fertilizados e 5 excelentes embriões D5 mas por aconselhamento médico optamos por não fazer análise genética. O que está a ser bastante de gerir para mim, não sei se destes 5 se algum é viável e tenho imenso receio de no caso de gravidez de aborto espontâneo ou mesmo provocado por feto ter anomalias. Evidentemente que a parte emocional seria drasticamente abalada por isso no caso de não resultar gostaria de saber o resultado dos restantes 3 e avançar com confiança seja para nova transferência ou fechar a porta, novo tratamento e não perder tempo.
Para além dos 42 tenho uma doença autoimune estou com estradiol, progesterona e desde a transferência acrescentámos aspirina, hidroxocloroquina e corticoides.
Tens algum sintoma? Basicamente desde o D2 que quando me limpo tenho por vezes mancha tipo spotting no papel higiénico, não sei se será progesterona baixa, estou a tomar duphaston 8/8h o que perfaz 30mg dia mas falei com o médico que me disse que as perdas não iriam aumentar e que por vezes implantação faz com que tal aconteça. Sinto também algumas pontadas, nada de relevante e por vezes algum enjoo mas acredito que todos os sintomas são da medicação. Já pensei fazer teste de farmácia até porque amanhã será o d10 mas verdadeiramente nem o HCG queria fazer. Ahhh que falta de coragem a minha.

Olá Anaiis,
Já falamos num ou outro post. Em 1º lugar desejo que a tua FIV corra bem e que consigas o teu positivo já á 1ª tentativa.
Queria perguntar-te que suplementos tomaste que de certa forma junto com a acupuntura melhorou muito a tua resposta ovarica. Se puderes partilhar fico grata.
Eu fiz FIV em Maio, a minha 1ª, onde apenas consegui 5 óvulos e destes apenas 2 fecundaram, transferi os 2 em D3 e não resultou. Também tenho 42 anos, baixa reserva ovárica e qualidade dos óvulos baixa também (como ficou patente na estimulação e posterior insucesso dos óvulos existentes). Com o meu marido está tudo bem. Até ter possibilidade financeira de partir para outra FIV quero apostar em melhorar a qualidade dos meus óvulos e ir tentando naturalmente até conseguir fazer nova FIV.
Obrigada e muito boa sorte, a torcer por ti e por todas que aguardam o Beta 🍀🍀🙏🙏

Anaiis -
Offline
Desde 23 Fev 2021

Posso perguntar-vos a quantidade de progesterona e que tipo estão a fazer?
Estou com duphaston 10mg 3x dia = 30mg diárias e tenho spotting/ borra café ou no papel higiénico ou até mesmo nas cuecas.

Alsofia -
Offline
Desde 15 Jul 2021

LiaLSilva escreveu:

Alsofia escreveu:Ola meninas. Eu fiz transferencia no dia 7 de junho e tenho beta marcado para dia 20, ou seja, proxima segunda feira.
Desta vez tinha prometido a mim mesma nao fazer teste de farmacia e aguardar pelo beta, mas mais uma vez a ansiedade foi mais forte que eu e nao consegui ... dia 9 e 11 apros tranferencia fiz teste e deu negativo 😔 Nao estou com qq esperanca que segunda feira o resultado seja diferente, até porque "milagres" nao acontecem comigo.
Ja ando nestas vidas a algum tempo... tenho 43 anos e neste momento já so tenho 1 embriao congelado por ovodoacao. Sinto que a minha historia vai ficar por aqui... o pior é mesmo convencer-me disso mesmo.
Vou falar um pouco do meu percurso:
Tenho endometriose
Iniciei os tratamentos com ovulos meus e nunca obtive beta positivo.
Mudei de clinica porque achei que a anterior era "chapa 5" e que nao me apresentavam alternativas diferentes para poder ter o meu "positivo". Otámos na segunda clinica por tentar por ovodoacao e fazer o teste ERA. Descobri que tinha janela de implantacao deslocada. Apos essa situacao e ja com óvulos doados e progesterona adequada à minha janela de implantação consegui um beta positivo que originou numa gravidez nao evolutiva com curetagem. Depois disso tive um beta positivo com uma gravidez bioquimica.
Fiz estudo trombofilias e verificaram-se a existencia de 3 anomalias.
Esta transferência foi feita com nova medicação, tendo em conta as trombofilias e um medicamento - prednisolona, para alem de todos os outros que anteriormente ja tinha tomado. Fiquei muito esperançosa que neste tratamento as coisas iriam dar certo.
Segunda é o beta, mas só estou a cumprir o protocolo, porque a reposta decerto já a tenho.
Para as meninas que aguardam o beta, espero do fundo do coração que tenham mais sorte e que tudo de bom vos aconteça 🙂😘

Só segunda feira poderás ter a certeza, até lá não percas a esperança, por muito pequenina que ela seja.
É sempre bom não nos iludirmos, mas ao mesmo tempo não deitar a toalha ao chão antes do tempo e sofrer por antecipação.
Sei o que sentes, também tenho tendência a sofrer por antecipação.
Ainda só estou no meu D8 e já fiz um teste hoje que também deu negativo. Sei que estarás a pensar neste momento que é muito cedo no meu caso e que ainda há esperança ao contrário de ti, mas não... Já vi meninas que fizeram teste de gravidez no dia do beta e o teste em casa ter dado negativo e o beta positivo no mesmo dia.
Quem sabe se não terás uma bela surpresa! 🤞


Ola LiaLSilva, obrigado pelas tuas palavras.
Sei que o que vou dizer vale o que vale, mas, nas 2 vezes que consegui engravidar, ao 9 dia apos transf. o teste deu positivo, ao 8 dia tenho serias duvidas que tivesse dado, porque o HCG só começa a ser mais detetavel a partir do 9 dia.
Por isso tenta manter alguma calma, se é que consegues.
O meu problema é sempre a ansiedade. Desta vez, andava mais calma e tinha prometido a mim mesma que nao faria teste de urina, mas sabes quando tens um feeling que as coisas nao resultaram? Pois bem... eu tive esse mesmo feeling e dai a ansiedade comecou a manifestar-se e eu nao me contive de fazer o teste de urina.
Se fiz bem? Nao sei... agora ja assimilei o que tinha de assimilar e amanhã é oficializar e encerrar o capitulo deste tratamento. Tudo o que poder vir de bom amanhã será excelente, mas, se o hcg ao 11 dia nao foi detetavel no teste de urina, mesmo que beta venha positivo, o valor não será alto concerteza, o que também nao é uma situação animadora.
Acho que é geral a todas nós o sentimento de andar constantemente na corda bamba e sem qualquer dominio por nada.
Tenho 1 embriao BL congelado ao 6 dia, supostamente o que tem "piores" caracteristicas dos 4 que foram congelados, vai ser ou tudo ou nada!
Das meninas aqui presentes, têm feito espacamento de ciclos entre tratamentos ou ja fizeram alguma transferencia seguida à outra em que nao houve suspensao de medicacao?
LiaLSilva estou a torcer para que tudo corra bem contigo, acredita que é mesmo sincero.
Um beijinho grande e obrigado

Alsofia -
Offline
Desde 15 Jul 2021

Anaiis escreveu:

Alsofia escreveu:Ola meninas. Eu fiz transferencia no dia 7 de junho e tenho beta marcado para dia 20, ou seja, proxima segunda feira.
Desta vez tinha prometido a mim mesma nao fazer teste de farmacia e aguardar pelo beta, mas mais uma vez a ansiedade foi mais forte que eu e nao consegui ... dia 9 e 11 apros tranferencia fiz teste e deu negativo 😔 Nao estou com qq esperanca que segunda feira o resultado seja diferente, até porque "milagres" nao acontecem comigo.
Ja ando nestas vidas a algum tempo... tenho 43 anos e neste momento já so tenho 1 embriao congelado por ovodoacao. Sinto que a minha historia vai ficar por aqui... o pior é mesmo convencer-me disso mesmo.
Vou falar um pouco do meu percurso:
Tenho endometriose
Iniciei os tratamentos com ovulos meus e nunca obtive beta positivo.
Mudei de clinica porque achei que a anterior era "chapa 5" e que nao me apresentavam alternativas diferentes para poder ter o meu "positivo". Otámos na segunda clinica por tentar por ovodoacao e fazer o teste ERA. Descobri que tinha janela de implantacao deslocada. Apos essa situacao e ja com óvulos doados e progesterona adequada à minha janela de implantação consegui um beta positivo que originou numa gravidez nao evolutiva com curetagem. Depois disso tive um beta positivo com uma gravidez bioquimica.
Fiz estudo trombofilias e verificaram-se a existencia de 3 anomalias.
Esta transferência foi feita com nova medicação, tendo em conta as trombofilias e um medicamento - prednisolona, para alem de todos os outros que anteriormente ja tinha tomado. Fiquei muito esperançosa que neste tratamento as coisas iriam dar certo.
Segunda é o beta, mas só estou a cumprir o protocolo, porque a reposta decerto já a tenho.
Para as meninas que aguardam o beta, espero do fundo do coração que tenham mais sorte e que tudo de bom vos aconteça 🙂😘

Lamento imenso, eu sinto o mesmo, o factor idade, o factor financeiro... Sentimos que estamos no centro de uma sala e que as paredes estão-se a unir e sentimo-nos sem tempo e sem qualquer perspectiva de nada, só vazio
Eu também tenho certeza que não resultou, também estou a cumprir protocolo até ao betab(2a feira) e apenas por descargo de consciência. Desde o segundo dia que tenho perdas, nos últimos dias até sujam as cuecas. Acredito que fui medicada com baixa progesterona, 10mg 3x dia.
Estou cheia de medo de que dos 5 embriões estes 2 tenham sido por qualquer motivo os euploides e sinto-me verdadeiramente angustiada.
Sinto a tua dor, os teus embriões mesmo doados tiveram análise genética?


Ola Anaiis... é tão frustrante e triste termos de passar por isto... é de uma injustiça artroz 😔 sei que temos de cumprir com o protocolo e sei que até ao dia do beta muita coisa pode mudar, mas continuar com a medicacao e cumprir com o protocolo esta-me a custar mesmo muito, principalmente quando chega a altura do dia em que tenho de dar as injeções.
Descreveste muito bem a sensação que tambem sinto...
Os embriões que foram congelados e que ainda resta 1 nao foram sugeitos a biopsia, o que me foi dito é que no caso de ovodoacao esse procedimento não é utilizado.
O que te disseram na clinica sobre essas perdas de sangue?
Um beijinho e abracinho apertado

Anaiis -
Offline
Desde 23 Fev 2021

Alsofia, é a minha primeira transferência mas acredito que o sentimento de desolação seja o mesmo independentemente do número de tentativas. Também fiz teste de farmácia, primeiro na vida, estava nervosa, tive durante todo o período pós tec perdas de sangue tipo spotting quer no papel e que chegavam a sujar as cuecas e por isso e por me sentir "vazia" dos meus embriões fiz o tal teste no d10, molhei apenas a pontinha da tira por uns 5 segundos e esperei, nenhuma risca apareceu, li melhor as instruções e voltei a molhar o mesmo teste em mais cumprimento e por 10s, esperei e lá apareceu o negativo. Não sei efectivamente a qualidade dos embriões, provavelmente não iriam vingar quem sabe mas a progesterona baixa ficou-me e continua a atormentar-me. Amanhã tenho o beta oficial mas já enviei hoje msg ao médico a pedir ajuda para os próximos passos. Tenho mais 3 conhecimento e gostaria de saber se poderei fazer análise genética apesar do descongelamento, análise, congelamento e voltar a descongelar mas queria tentar evitar sofrimento e tempo, tempo que sinceramente não tenho e se tiver que partir para outro tratamento que seja já pois com a minha idade 42 tenho um machado apontado à cabeça.
Que idade tens? Os teus embriões foram analisados? Fizeste exames após os negativos? Eras, kirs... ?
Nem imaginava que poderíamos fazer transferência sem suspensão da medicação

Anaiis -
Offline
Desde 23 Fev 2021

Sério? Em princípio óvulos mais novos são mais viáveis, maior percentagem de euplóides mas também existem raparigas novas com qualidade comprometida. Quantas transferências já realizaste?

Alsofia -
Offline
Desde 15 Jul 2021

[quote=Anaiis]Alsofia, é a minha primeira transferência mas acredito que o sentimento de desolação seja o mesmo independentemente do número de tentativas. Também fiz teste de farmácia, primeiro na vida, estava nervosa, tive durante todo o período pós tec perdas de sangue tipo spotting quer no papel e que chegavam a sujar as cuecas e por isso e por me sentir "vazia" dos meus embriões fiz o tal teste no d10, molhei apenas a pontinha da tira por uns 5 segundos e esperei, nenhuma risca apareceu, li melhor as instruções e voltei a molhar o mesmo teste em mais cumprimento e por 10s, esperei e lá apareceu o negativo. Não sei efectivamente a qualidade dos embriões, provavelmente não iriam vingar quem sabe mas a progesterona baixa ficou-me e continua a atormentar-me. Amanhã tenho o beta oficial mas já enviei hoje msg ao médico a pedir ajuda para os próximos passos. Tenho mais 3 conhecimento e gostaria de saber se poderei fazer análise genética apesar do descongelamento, análise, congelamento e voltar a descongelar mas queria tentar evitar sofrimento e tempo, tempo que sinceramente não tenho e se tiver que partir para outro tratamento que seja já pois com a minha idade 42 tenho um machado apontado à cabeça.
Que idade tens? Os teus embriões foram analisados? Fizeste exames após os negativos? Eras, kirs... ?
Nem imaginava que poderíamos fazer transferência sem suspensão da medicaçã

Ola Anaiis,
Tenho 43 anos,
Foi-me diagnosticado ha muitos anos atras endometriose, ainda que não seja profunda.
Iniciei os tratamentos com ovulos meus e nunca obtive beta positivo.
Mudei de clinica porque achei que a anterior era "chapa 5" e que nao me apresentavam alternativas diferentes para poder ter o meu "positivo". Optámos na segunda clinica por tentar por ovodoacao e fazer o teste ERA. Descobri que tinha janela de implantacao deslocada. Apos essa situacao e ja com óvulos doados e progesterona adequada à minha janela de implantação consegui um beta positivo que originou numa gravidez nao evolutiva e em que tive de ser submetida a curetagem, visto ter sido gravidez gemelar e um dos embriões nao ser expulso do organismo com a medicacao que foi tomada por 2 vezes. Depois disso tive um beta positivo com uma gravidez bioquimica.
Fiz estudo trombofilias e verificaram-se a existencia de 3 anomalias.
Esta transferência foi feita com nova medicação, tendo em conta as trombofilias e um medicamento - prednisolona, para alem de todos os outros que anteriormente ja tinha tomado.
Achei que desta vez daria certo porque associei que os insucessos se deviam à janela de implantacao e as trombofilias.
Em nenhuma das 2 clinicas me falaram no teste ERA, eu é que "investiguei" e sugeri que fosse feito, e a clinica concordou. O certo é que o exame detetou que existe um desfazamento no meu caso, ou seja, seria muito pouco provavel conseguir engravidar com a progesterona a ser administrada com o numero de horas que usualmente é feito, na minha situacao em concreto a projesterona tem de ser ajustada à minha janela de implantação.
Anaiis tenta nao desanimar nem desistir para já, eu sei que é muito dificil, mas é o que te vai ajudar a remar este barco, de outra forma não vais conseguir fazer esta "viagem".
Estas a ser acompanhada onde?

Alsofia -
Offline
Desde 15 Jul 2021

Anaiis,
Será queno facto de teres molhado por 2 vezes a ponta do mesmo teste, terá feito com que o mesmo nao se tenha realizado de forma eficaz?

Anaiis -
Offline
Desde 23 Fev 2021

O Era é para transferência em ciclo natural ou também em ciclo artificial? Eu também estou a tomar o prednsolona mais aspirina mais plaquinol mais estradiol mais duphaston. Estou a ser seguida na Ceti com o professor Rui Miguelote
Em relação aos teus embriões, próprios, chegaram a fazer análise genética? Opa tantas condicionantes para uma gravidez de sucesso, é simplesmente assustador.
Estás a ser seguida onde?