Serei eu mal agradeçida ? | De Mãe para Mãe

Serei eu mal agradeçida ?

Responda
8 mensagens
Teresa384 -
Offline
Desde 05 Mar 2020

Boa tarde mamas,

Venho aqui em desabafo… Pensei muito antes de colocar este topico, pois sei que posso receber muitas criticas apos lerem este texto.
So vos peço a vossa opiniao sem julgamento.

Eu trabalhei varios anos em loja de shopping, nao desgostava, apenas fartei-me. Queria experimentar outra coisa… ter fins de semana e feriados com a minha filha, um horario fixo diurnio...Até que tive, encontrei un trabalho num escritorio, à 35-40 min de casa de carro, e o ordenado a cima daquilo que ganhava… mas nao estou feliz.
Nao me identifico com este trabalho...jà estou là a quaze 2 anos e a sensaçao é sempre a mesma..como se fosse um peixe fora de agua.
Custa.me, porque sei que muitos gostariam de ter um trabalho com estas regalias digamos assim. Eu tambem achava que o ia estar…
Sinto falta de estar em pe, de comunicar com as pessoas cara a cara, de nao estar fechada e sentada o dia todo em frente ao computador. Nao estou de todo a criticar quem gosta. Os meus colegas gostam...temos todos gostos diferentes.
Nunca tive problemas de saude, mas desde entao, tenho ansiedade, coraçao acelarado, tonturas. so consigo associar a esta mudança.
Nunca chorei tanto em 1 ano e meio devido ao trabalho que em anos e anos em lojas.

E sinto-me neste incerteza, por um lado nao me sinto de todo satisfeita com o meu trabalho por outro sei que se voltasse para as lojas o meu horario seria completamente diferente...e penso na minha filha.

Peço desculpa pela falta de assentos, o teclado é estrangeiro.
So queria desabafar…
Obrigada

Teresa.A -
Online
Desde 28 Nov 2019

Boa noite,
Não, não é mal agradecida.
Não gosta do trabalho que tem, não é para si. Não gostamos todos do mesmo. Acontece.
Acho que devia procurar outro trabalho assim que puder. Talvez numa loja de rua com melhores horários do que uma loja de shopping, mas definitivamente procure um trabalho onde se sinta bem.
Mais do que os seus horários, para a sua filha é importante ter uma mãe feliz.
Ela vai sentir que a mãe não está feliz e realizada. Isso não faz bem a nenhuma das duas.
Muita força Piscar o olho

Marina4 -
Offline
Desde 15 Maio 2016

Já passei por isso...andei à deriva em vários empregos onde não me sentia bem. Depois decidi voltar à minha área, apesar de precária, ao menos não passava os meus dias em tristeza

Ansha -
Online
Desde 13 Abr 2016

Para mim é perfeitamente legítimo o seu desabafo. Sei q tb sentiria o mesmo. Sempre disse q iria detestar trabalhar num escritório em frente a um computador 🤢
Faça o q lhe dá mais prazer. Mude de vida! O trabalho ocupa mt tempo das nossas vida para não ser uma coisa minimamente prazerosa

MisaL -
Online
Desde 17 Abr 2019

Não acho que seja mal agradecida, tem direito de procurar o melhor e o que lhe dá mais prazer e a faz mais feliz.
Procure um emprego que consiga um pouco as duas coisas. Deve haver trabalhos com público que não incluam domingos, por exemplo.

carlabrito -
Offline
Desde 30 Maio 2017

Não é de todo mal agradecida.
Não é obrigada a gostar de um trabalho só porque tem condições boas.
Eu acho que faz muito bem procurar outra
Coisa que goste. Claro que deve pensar também na sua filha, mas para você estar bem para a sua filha, tem que estar bem consigo própria antes de tudo. Não se sinta culpada nem mal agradecida.
Procure algo que a faça feliz. Se encontrar, mude!

Joana Pereira5 -
Offline
Desde 21 Out 2019

Há quase 3 anos que trabalho num sítio onde ganho menos 500 euros, e tenho menos regalias do que no trabalho onde estava antes e onde estava há quase 4 anos.
A diferença? Trabalho com gosto, com um sorriso na cara e não estou lá com a disposição de "nunca mais é hora de me ir embora", tenho o mesmo horário que no outro mas é um trabalho diferente, que me desafia, que me dá gosto fazer e que quero sempre fazer melhor.
E não há regalias que paguem isso!
Procura o que mais feliz te fizer.

S, meu mundo azul. 2012

DianaES -
Offline
Desde 08 Out 2013

Acho perfeitamente normal que não goste desse tipo de trabalho. Somos todos diferentes.
Mas uma coisa é facto, não existe um trabalho perfeito. Umas gostam do que fazem mas ganham mal... Outros gostam mas têm horários que afetam a vida em família. Outros não gostam mas prezam mais um bom salário... É difícil encontrar alguém que esteja 100% satisfeita e não mudasse nadinha. Eu por exemplo lido imenso com machismo na minha área, detesto essa parte, em que acham que não é suposto uma mulher perceber disto... Mas estou contente com os horário, com os patrões, com o salário portanto estou apta a lidar com essa mentalidade porque metendo na balança o saldo é positivo. Mas o facto é que do que diz esse tipo de trabalho não a deixa feliz, aliás, deixa infeliz... Portanto, é regressar ao que gosta e aceitar as implicações que acarreta.

Votação

Qual destas bebidas consome no dia-a-dia?