Revolta total: quero duas madrinhas de batismo! | De Mãe para Mãe

Revolta total: quero duas madrinhas de batismo!

Responda
7 mensagens
Sara_dmp -
Offline
Desde 05 Fev 2019

Olá mamãs,

O meu menino nasceu no passado mês de junho e no próximo ano gostaria de batizá-lo!

O problema é que não tenho nenhum familiar ou amigo que possa assumir o papel de padrinho. Por outro lado, tenho duas pessoas que seriam madrinhas maravilhosas e que acredito que fariam um acompanhamento exemplar do meu filho.

Hoje comecei a recolher informações para dar inicio ao processo e consultadas duas paróquias, negaram-me a possibilidade de nomear duas madrinhas com base no Código de Direito Canónico, (Cân. 873). Ora para já, o documento foi emitido em 1983, dada a conjuntura atual, parece-me a mim que carece de revisão. Depois é altamente sexista, visto que, ao longo de vários parágrafos tende a referir-se maioritariamente “ao padrinho”.

E finalmente, não compreendo o porque de duas madrinhas não conseguirem cumprir as tarefas que o mesmo código atribui ao padrinho.

Alguém já passou ou está numa situação semelhante?

MissDiana -
Offline
Desde 11 Maio 2017

vou colar-me a este tópico, pois também temos a preferência por 2 madrinhas! e sei que existe paróquias que aceitam, mas também não sei dizer quais Ups!

Sobre MissDiana

*Treinante de 2017
*23/06/2017 ovusitol e progeffik 100 (ovários microquisticos)
*13/03/2018 Histerossalpingografia OK
*16/05/2018 Colposcopia e biopsia colo do utero
*Março 2019 arranque nas tentativas Inocare, progeffik e dufine
*29/03/2019 gravidez natural, o dia + feliz

ClaraMiguel -
Offline
Desde 03 Nov 2013

Tem de procurar outras paróquias onde haja algum padre que aceite a ideia ou uma das madrinhas assina como madrinha e a outra assina como testemunha. No meu caso, os padrinhos não tinham o Crisma, algo que também é pedido, por isso o padre disse que assinariam como testemunhas (acabaram por assinar como padrinhos na mesma, mas pronto). Na prática não interessa, uma vez que para as 3 e para a criança, as duas serão sempre madrinhas.

MisaL -
Offline
Desde 17 Abr 2019

Vá tentando noutras paróquias, pode ser que algum pároco aceite.
Ainda assim faz questão de batizar? Digo isto porque a mim também me revoltam essas questões, de tal modo que não faço intenções que o nome deles constem na igreja.

CatiaS_S -
Offline
Desde 30 Set 2016

Bem, a igreja católica é altamente sexista por isso não me admira que as regras sejam sexistas..... 🤔
.
De resto penso que a única possibilidade seja essa do uma assinar como testemunha, resta arranjar um sítio que aceitem isso. Boa sorte

Sobre CatiaS_S

Agosto 2016: Vamos tentar ter um filhote!
Set-Out 2016: Consultas, exames, análises; Folicil e Yodafar
Novembro 2016: Começam os treinos
10 Maio 2017: Positivo ao 5º ciclo Espertalhão
DPP: 11 Janeiro.....e se não quiser nascer, indução marcada para dia 17...
http://outroblogsobrematernidade.blogspot.pt/

guialmi -
Offline
Desde 13 Jul 2013

Também não são possíveis dois padrinhos, portanto a questão dos sexismo não é chamada para aqui.pode optar, como foi referido, por assinar uma como madrinha e outra como testemunha. O batismo é um sacramento da igreja católica, se as regras da igreja católica não fazem sentido para si, simplesmente não batize.

Sara_dmp -
Offline
Desde 05 Fev 2019

Olá,

Caso alguma mamã tenha ficado interessada neste tópico, informo que, após várias conversações, neste cenário, a solução mais viável é de facto uma assinar como madrinha e outra como testemunha. Contudo, nem qualquer padre aceita esta resolução. A única garantia que tenho (porque o padre em si pode sempre mudar até à cerimónia com férias e etc) é que as duas madrinhas podem participar no ritual na pia baptismal, e sinceramente, esse era o aspeto mais importante para mim!

Muito obrigada por todas as vossas opiniões!!

Beijinhos

Beijinhos

Votação

Qual destas bebidas consome no dia-a-dia?