Tenho que abortar.... Como dizer ao namorado que estou gravida e nao posso ter um Filho neste momento?!??? | De Mãe para Mãe

Tenho que abortar.... Como dizer ao namorado que estou gravida e nao posso ter um Filho neste momento?!???

Responda
100 mensagens
mns91 -
Offline
Desde 16 Jun 2013

Ola boa noite, desde ja passo a explicar qual a razao pela qual nao posso ter uma crianca neste momento;
Estou numa relacao relativamente recente, tenho 22 anos de idade ainda ando na universidade (e vou andar pelo menos durante mais sete anos). Antes que me julguem quero so dizer que tomo a pilula e antes de deixar-mos de usar presevativos, ambos fomos ao medico fazer os respectivos exames.
Eu ainda estou em shock, e um bocado sem reaccao! Ninguem sabe que estou gravida, e nem eu mesma acredito que isto me esta a acontecer. Sempre tomei todos os cuidados e mesmo assim encontro-me aqui num estado de nervos e sem saber como ter esta conversa como meu namorado.
Eu nao posso ter um filho neste momento, vivo na universidade, o meu namorado reside a uma hora de distancia e tambem ainda estuda.
Ele ja tem um filho de 4 anos de uma relacao anterior, e adora criancas e super querido e nao tenho duvidas que seria um bom pai. Ja eu nao sou muito maternal e a minha prioridade e' a minha carreira. Nao acho que seria boa mae e eu ter um filho ia ser um acto de iguismo.
Estou com medo que ele nao aceite a minha escolha e me tente presuadir a ter o bebe.
Preciso de palavras de apoio e coragem.
Obrigado pelo desabafo.

sandrafernando -
Offline
Desde 01 Jul 2012

olha palavras de apoio não vais ter muitas pois como deves ter visto somos muitas mas mesmo muitas mamãe que querem engravidar e não conseguem outras que quando conseguem perdem-os e quando vemos estes tópicos pensamos estas mulheres não sabem o que é a dificuldade que é lutar pelo um sonho de ter um bebe e não conseguir .
eu pessoalmente sou contra o aborto agora cada mulher é que sabe da sua vida e se elas conseguirem viver com esse peso na consciência muito bem para elas

treinos desde Jane.2011 ♥♥♥♥ estou a tua espera ♥♥♥♥ IIU-em Feve.2013 *IIU-n-em Abril2013 -POSITIVO aborto 27/maio * IIU-4 SETEM.negativo*IIU- 3 DE OUTU -n - *1ªFIV Janei- N * Abril tec-N --2ª FIV 12 de Setem N -- 3ª fiv janeiro 2015 todos congelados, tec- 4 de março 2015-POSITIVO

Carina02 -
Offline
Desde 08 Maio 2011

Nem sei bem o que te diga, não deve ser fácil, pois parece-me que vão entrar em conflito. Não te consigo dar mais argumentos para além daqueles que já disseste, mas digo-te que se o teu namorado for totalmente contra o aborto, os teus argumentos de nada servirão.

Não sei de quantas semanas estás, mas aconselho-te a ponderar bem a tua decisão caso ainda tenhas tempo até ao limite legal para fazer o aborto. Se vais fazer o aborto convém estares 100 porcento segura da tua decisão, caso contrário, acho que te vai pesar na consciência para o resto da vida.

Mas cada qual sabe da sua vida e enquanto maior de idade tens autonomia para decidir.

Boa sorte e calma para refletir.

MamãdeMarço2015 -
Offline
Desde 05 Out 2012

Boa noite..
Olha não sei o que te dizer....se tomaste todos os cuidados e ficaste grávida tiveste mesmo azar...mas já pensaste bem? Acho que ainda estás a digerir a noticia e por isso não estás a pensar bem...Parece-me que estás a ser um pouquinho precipitada!
Antes de tudo tem calma, digo-te já que não terás muitas palavras de apoio aqui porque este cantinho é mais direccionado a mulheres que QUEREM engravidar...mas pronto, também tens direito de aqui te registares, como é óbvio.
Pensa bem, conversa com o teu namorado e juntos, decidam o que é melhor para os dois, entrem em consenso porque não te podes esquecer que tu não queres esse bebé mas ele é o pai e também o fez, logo também tem voto na matéria.
Desejo que decidam o melhor e se optares mesmo pelo aborto, que não te venhas a arrepender, porque é um sentimento de culpa que te irá perseguir sempre.
Sugiro que te acalmes e depois de cabeça fria, tenhas uma conversa com ele.
Boa sorte!

❤ ❤ ❤ Positivo: 29 de Junho 2014 ❤ ❤ ❤
❤ ❤ Dpp: 9 de Março 2015 ❤ ❤
❤ Já te amo tanto, bebé ❤
❤ É um menino!! ❤
❤ Madrinha virtual do meu amor: Meninavanessa ❤
♥ O Santiago quis conhecer os papás ao fim de 39 semanas e 5 dias, no dia 8 de Março de 2015, pelas 22h12, com 3.010kg e 47cm ♥

Carina02 -
Offline
Desde 08 Maio 2011

Também é importante pensares no tipo de estrutura familiar que tens, ou seja, se tiveres pais que te ajudem e que sejam compreensivos, pode ser até que seja possível teres o filho e continuares a estudar. É claro que será mais difícil, mas com apoio dos pais e namorado pode ser que consigas.

Tuquinha -
Offline
Desde 01 Set 2011

Isso é uma decisão que deves tomar com muita calma e consciência. Pensa bem no que queres para a tua vida e na vida que queres dar aos teus filhos. Fala com o teu namorado ele tem tanta responsabilidade como tu.
Não julgo quem aborta, cada qual toma as suas
decisões.
Quem engravida facilmente não tem culpa que os outros não consigam engravidar...

Boa sorte!!

Carina02 -
Offline
Desde 08 Maio 2011

Eu tive a sorte de nunca ter precisado tomar essa decisão. Depois de ter tido um filho tenho ainda mais dificuldade em imaginar tal situação, mas cada qual sabe de si. Até pode ser que tenhas aqui testemunhos de mulheres que já tenham abortado e que não fazem disso um bicho de sete cabeças e que achem que foi a melhor decisão. Temos de tentar ver os dois lados.

mns91 -
Offline
Desde 16 Jun 2013

Ao vir a este forum nao tenho intencoes de ofender nem muito menos magoar os sentimentos de ninguem!
Apenas decidi postar aqui porque parecem ser um grupo de pessoas muito acessiveis e eu neste momentoestou a explodir de nervos e confusao que se passa dentro da minha cabeca.
Acho que as hormonas me estao a deixar 'neurotica', de todas as possibilidades que me passam pela cabeca a unica que consigo fazer e chorar.Estou uma pilha de nervos e nao sei como lidar com isto, eu quero ter filhos, SIM!
Mas nao agora, ambos somos estudantes eu full time e ele part time. Acho que ter um filho neste momento seria um acto de iguismo para com o bebe visto que nao iriamos conseguir propocionar o melhor. E tambem tenho que ter em conta que ja ha uma crianca existente no meio disto tudo que tambe seria afectado pela chegada de um novo membro. Estou taooo confusa, eu nao sei como ter esta conversa.
E mais uma vez, por favor nao levem a mal ter postado aqui este topico e muito obrigado a todas!

JoanitaMar -
Offline
Desde 15 Jan 2012

Tenho 21 anos, tbm engravidei a primeira vez quando ainda estava a estudar e abortei, sei perfeitamente o que sentes neste momento, mas digot isso é uma decisão so tua de mais ninguem, não devias ter vindo espor isso aqui no forum porque a muitas mas muitas mães contra o aborto porq tão muitos anos a tentar engravidar.
Depois de ter feito um aborto no ano passado este ano voltei a engravidar mas desta vez segui em frente porq acho que ja estava destiniado eu ser mãe e acredita que estou a adorar, tive que abrir mão de muita coisa mas não trocava por nada o meu bebe, e admito que segui em frente tbm porque depois d ter feito o aborto senti-me tão mal mas tão mal que se n tivesse engravidado dava em doida. Confuso

O IVG é algo por vezes muito doloroso, eu por exemplo pus os comprimidos vaginais fui para o hospital para ser vigiada durante 4h e acabei por ter que ficar la 15 dias a tomar comprimidos tdos os dias, a sentir contrações horriveis a sangrar e acabei por fazer 2 curetagens porq na primeira curreu mal e fiquei com o feto na barriga Triste foi algo muito duloroso fisicamente e psicologicamente.... Não te estou a dizer isto para mudares de ideia mas sim para te preparares que um IVG n é so chegar la e tirar, sem falar que ha medicos muito crueis e infermeiras tbm que te fazem sentir bastante mal...

Mas tbm concordo com o IVG porque se não se tem condições ou se não é desejado não deve vir porq mais tarde ira sofrer e isso nenhuma criança merece, faz antes das 10 semanas porq depois ja passa de embrião para feto. Eu fiz as 8 semanas e ouve um medico que me mostrou o coraçãozinho dele a bater e isso é que deu cabo de mim mas tive que fazer não tinha condições nem ngm me poderia ajudar a crialo pois o meu namorado estava a estudar tbm não tinha trabalho certo e a minha familia estava toda contra e teve mesmo que ser, mas agora tenho o meu bebe e se ele não pode vir no ano passado agora ja veio novamente e com todas as condições e amor do mundo Espertalhão

Se quizeres falar manda mp que falarei melhor contigo Sorriso

http://demaeparamae.pt/vendo/loja/129505

23/07/12 - Eco- positivooooo
06/03/2013 - NASCEU O MEU PRINCIPE

pipa_24 -
Offline
Desde 08 Abr 2013

Olá!

Linda, isto é uma decisão que só te cabe a ti...

Eu quando tinha 20 anos tive um susto e pensei mesmo estar grávida, numa altura em que o namorido terminou comigo e a situação familiar não era a melhor... falei com ele e da forma que estavam as coisas a solução ponderava foi logo o aborto, mas por ele... felizmente foi um susto e o red veio.

Sabes? Agora com 23 anos e a vida estabilizada depois das licenciaturas tiradas, pensamos que deveríamos ter um filho. Engravidei logo e depois? Gravidez não evolutiva às 9 semanas. A vida é tramada...

Um beijinho de coragem e fala com o namorado, acima de tudo para saberes o que pensa, pois esse bebé é dos dois.

Sobre pipa_24

*******************************************************************
Início dos treinos: Março de 2013
Positivo: 9 de Maio de 2013
Gravidez não evolutiva: 5 de Junho de 2013 - Aborto a 9 de Junho
Novo positivo: 20/2/2014 - Vamos ter fé que tudo correrá bem!

Pat SG -
Offline
Desde 04 Jan 2013

temos quase uma historia igual .. tenho 20 anos e engravidei , também estava numa relaçao muitissimo recente .. engravidei 4 meses depois de começarmos a relaçao , obviamente nao foi planeado porque ambos estamos sem emprego ainda , ele só agora está a acabar o curso dele , está em estagio com possibilidade de lá ficar mas nada é certo com os tempos que vivemos , e claro pensei como tu , abortar era uma hipotese , e optei por nao o fazer .. senti-me mãe desde o primeiro segundo , nunca conseguiria carregar o peso de saber que ia matar um ser vivo , meu filho , simplesmente foi o que eu achei ser o melhor pra mim .. apesar do esforço que vou ter que fazer em conjunto com o meu namorado acho que vai valer a pena .. no teu caso eu compreendo que nao sintas aquele amor de mãe porque estás muito em choque , estás com a cabeça quente ainda , nao era o teu plano e tens outras ambiçoes a nivel profissional , e o meu conselho e de quem já está a passar por isso , pensa bem .. dá tempo , a gravidez tem muitos sintomas chatos mas é uma coisa muito boa , muito especial .. com certeza tens imenso tempo pra ter filhos , mas teres um filho agora não te impede de nada , basta teres um apoio de familia e consegues conciliar a tua formaçao com a maternidade .. isso é possivel , nao tens bem que optar por uma coisa ou outra ..
boas decisões , podes mandar MP se precisares (:

Sobre Pat SG

ser mãe : um trabalho extremamente dificil mas que vale a pena <3

A MINHA LOJA , preços pequeninos : http://demaeparamae.pt/vendo/loja/171684

Dianasouza -
Offline
Desde 04 Abr 2013

Nossa que situação, mas pensa bem não faça nada com a cabeça quente pk depois podes arrepender para sempre.
Conversa com alguém proximo o ideal seria seu namorado, pensa nas duas possibilidades e nas consequencias destas escolhas.
Força...

AnaG91 -
Offline
Desde 30 Set 2012

Olá mInha querida... Eu tenho exactamente a mesma idade que tu...e apesar de na altura em que engravidei já estar num relacionamento de 2 anos e meio e já viver junta, quando soube a 1a coisa que pensei foi em abortar já o pai da bebe 4 anos mais velho que eu ria-se de felicidade... Disse que não estava preparada que a nível económico não era a altura certa mas depois parei para pensar... "Quem sou eu para matar um ser tao indefeso, quem sou eu para tirar a vida a alguém ainda para mais se ele esta dentro de mim a responsabilidade e minha" não fui capaz pois sei que era algo que me ia marcar para o resto da vida... Hoje sou Mae de uma bebe de 4 meses e só posso explicar o que sinto dizendo-te tenho o mundo nos meus braços ser Mae e o melhor que há no mundo... Por isso fala com o pai do bebe e sejam os dois a decidir Sorriso vai com calma:)

Sobre AnaG91

**Leonor** 12-02-2013 * 49cm * 3.601 kg

Ana SAM -
Offline
Desde 09 Set 2012

Eu não sei bem o que dizer,penso que esteja mesmo sem saber o que fazer e por isso deva pensar com mais calma. Eu tenho uma filha que engravidei depois de fazer tratamento com medicamentos muito caros, gastei imenso, depois engravidei sem medicação tive um aborto, uma curetagem e tenho sequelas e penso que deva ponderar, pensar um pouco mais, agora não pense em seu namorado o que ele vai achar ou não disso tudo... pense que esse ser que está dentro de si só tem a si para protegê-lo. Tenha muita calma, pense com muito carinho e não esqueça que a partir do momento que seu filho já vive dentro de si, já é uma mãe. Beijinhos e boa sorte.

xana_kanuka -
Offline
Desde 08 Jun 2012

Oi
Olha eu não sou contra o aborto, mas apenas numa situação de saude ou em caso de violação!
Se tivesses tomado todos os cuidados não estavas nesta situação, a pílula nao é segura!!!!

Mamã de uma menina linda! Ti amo minha gatinha
Visitem a minha lojinha mamas
https://www.facebook.com/mama.xana?ref=tn_tnmn

Diidizinha -
Offline
Desde 27 Jan 2012

Bom cabe a ti saber o que se deve fazer
porem irei dar minha opnião
Engravidei com 16 anos.. e Sim pensei em abortar pois estava estudando, adolescente... Minha decisão era abortar.. porem
parei para pensar que já que engravidei foi porque eu nao me cuidei.. porem nada é por acaso..
pensei melhor e hoje ca esta meu pequeno.. razao da minha vida.
E não precisa parar a vida pq tem um filho; pode continuar estudando normal e ter um bebe.. é mais complicado porem da certo
Agora se tua decisão é esta.. acho melhor nao demorar mt.. porque o bebe ta crescendo ai dentro
chegue no pai e abra o jogo..

bjs Sorriso

CelticMoon -
Offline
Desde 17 Out 2012

Conversa com o teu namorado. Acalma-te e pondera. Um aborto é uma experiência marcante e nada agradável. De qualquer modo a decisão será tua. Pelos argumentos que apresentas o aborto pode também ser considerado um acto de egoísmo... se não tiveres mesmo quem te ajude já equacionaste a hipótese de adopção? Sempre é melhor que matar. Não quero julgar ninguém, acredita, penso apenas que neste momento o aborto te parece a solução mais fácil e rápida, para não enfrentares outras coisas, mas um aborto tem outras consequências para a maioria das pessoas.

Um pequeno à parte: é bom teres planos de carreira, mas não te iludas muito, não descures os outros aspectos, pois ela não é tudo na vida, além de que hoje em dia esses sonhos são quase impossíveis de concretizar como idealizámos. Falo por experiência própria.

Meiling -
Offline
Desde 23 Nov 2012

Olá querida, bem vinda antes de mais! Sorriso

Olha para começar acho que dizeres que não podes não está correcto, tu não queres, não te sentes preparada para isso apenas.

Sei perfeitamente pelo que estás a passar, eu passei pelo mesmo, equacionei a hipótese do aborto porque estávamos os dois desempregados e tinha medo de não conseguir proporcionar tudo o que a minha filha tem direito. Quando os meus pais disseram que me apoiariam sempre no que fosse necessário segui em frente e estou muito feliz agora. Sorriso

Também pensei como tu, que para além de não ter possibilidades estaria a "estragar" a minha vida em termos de objectivos e concretização pessoal mas agora penso diferente e tenho a certeza que com força de vontade e dedicação tudo se consegue a seu tempo. Piscar o olho

Pensa bem, decidas o que decidires desejo-te muito boa sorte e tudo de bom. Não é certo dizer-te que está certo ou errado porque ninguém vai ficar com o remorso (quer seja consciente ou não) por ti. Um beijo enorme e se precisares de alguma coisa, mensagem. Beijinho

Belitah21 -
Offline
Desde 23 Mar 2012

mns91 escreveu:
Ola boa noite, desde ja passo a explicar qual a razao pela qual nao posso ter uma crianca neste momento;
Estou numa relacao relativamente recente, tenho 22 anos de idade ainda ando na universidade (e vou andar pelo menos durante mais sete anos). Antes que me julguem quero so dizer que tomo a pilula e antes de deixar-mos de usar presevativos, ambos fomos ao medico fazer os respectivos exames.
Eu ainda estou em shock, e um bocado sem reaccao! Ninguem sabe que estou gravida, e nem eu mesma acredito que isto me esta a acontecer. Sempre tomei todos os cuidados e mesmo assim encontro-me aqui num estado de nervos e sem saber como ter esta conversa como meu namorado.
Eu nao posso ter um filho neste momento, vivo na universidade, o meu namorado reside a uma hora de distancia e tambem ainda estuda.
Ele ja tem um filho de 4 anos de uma relacao anterior, e adora criancas e super querido e nao tenho duvidas que seria um bom pai. Ja eu nao sou muito maternal e a minha prioridade e' a minha carreira. Nao acho que seria boa mae e eu ter um filho ia ser um acto de iguismo.
Estou com medo que ele nao aceite a minha escolha e me tente presuadir a ter o bebe.
Preciso de palavras de apoio e coragem.
Obrigado pelo desabafo.

Ola olha linda eu sou da tua idade e como vês já vou no 2º bebé, isso que referiste da carreiras e faculdade para mim são badelas porque eu estudei fiz tudo e o meu filho nada interferiu com o meu desempenho escolar tive de fazer melhor a gestão do tempo...

Pegava-me mais as dificuldades financeiras que vocês poderiam ter... do que essa da faculdade Preocupado olha sinceramente e um não para o tópico que criaste...

Eu também tomei as precauções e acredita que mesmo assim segui em frente, eu tomava a pílula a 1 mês e tal antes de engravidar (e não tomei nada para cortar o efeito da pílula) e fiquei de bebe descobri estava eu a tomar a pílula certa e já tinha 12 semanas, não abortei pelo simples motivo que o meu corpo faz imunidade a contraceptivos... e bem pior que tu estava a terminar o 12º ano e a entrar para a faculdade á noite e a trabalhar de dia... e não é por causa de o meu filho que deixei de fazer as coisas muito pelo contrário continuo a fazer tudo o que fazia e ainda mais se for preciso... não sou mesmo a favor do que estas a dizer Preocupado

Sobre Belitah21

7/12/2009 Becas Nasceu Sorriso
30/07/2013 Princesa Nasceu Sorriso

ninacio -
Offline
Desde 10 Maio 2010

Querida não sei o que estas a passar, mas eu sou da opinião que o Pai também tem voto na matéria.... se o Pai concordar que não é o melhor para os dois tudo bem...

Mas se o Pai quiser esse filho acho que ele tem todo o direito de o ter, podes simplesmente te-lo e entregar a custódia ao Pai.

Sim a muita mulher que me vai criticar mas eu não acho que um filho seja um direito exclusívo da mulher, se a mulher quer tr o filho e o pai não nng a obriga a abortar... acho que o contrário tb se deveria passar...

Sobre ninacio

Positivo 4/02/2013 - A.E 08/02/2013
Novo positivo 27/03/2013 - confirmado e já vi o bebe 28/03/2013 - Agarra-te estrelinha que nng te previa.

Alimix -
Offline
Desde 14 Abr 2012

Faz o que achares melhor para ti.
Para mim pai só conta depois da tua decisão. Ha tempo para tudo.

Beijo grande.

mns91 escreveu:
Ola boa noite, desde ja passo a explicar qual a razao pela qual nao posso ter uma crianca neste momento;
Estou numa relacao relativamente recente, tenho 22 anos de idade ainda ando na universidade (e vou andar pelo menos durante mais sete anos). Antes que me julguem quero so dizer que tomo a pilula e antes de deixar-mos de usar presevativos, ambos fomos ao medico fazer os respectivos exames.
Eu ainda estou em shock, e um bocado sem reaccao! Ninguem sabe que estou gravida, e nem eu mesma acredito que isto me esta a acontecer. Sempre tomei todos os cuidados e mesmo assim encontro-me aqui num estado de nervos e sem saber como ter esta conversa como meu namorado.
Eu nao posso ter um filho neste momento, vivo na universidade, o meu namorado reside a uma hora de distancia e tambem ainda estuda.
Ele ja tem um filho de 4 anos de uma relacao anterior, e adora criancas e super querido e nao tenho duvidas que seria um bom pai. Ja eu nao sou muito maternal e a minha prioridade e' a minha carreira. Nao acho que seria boa mae e eu ter um filho ia ser um acto de iguismo.
Estou com medo que ele nao aceite a minha escolha e me tente presuadir a ter o bebe.
Preciso de palavras de apoio e coragem.
Obrigado pelo desabafo.

Sobre Alimix

A madrinha: SMVVM. Estou aqui!

E duas afilhadas: CEPEOL e ISISMOON, lindonas!

ninacio -
Offline
Desde 10 Maio 2010

Não quero com este tópico ferir os teus sentimentos nem o da outra mama que abortou e passado um ano esta grávida...

Eu ao ler o relato dela só pensei coitada do bebe que morreu... por um ano não viveu...

Ou seja tu não sabes como o aborto te vai marcar ou não... e no caso da outra mama ao fim de 1 ano já tinha condições?! 1 ano não é nada....e num ano consegue com alguns apoios criar uma criança.... por isso não consigo entender...

Eu sofri de um A.E e foi muito doloroso psicologicamente... e engravidei logo de seguida e nem era esperado pois tomava a pílula, o que eu tiro disto é que o psicologico rejeitou mesmo a pílula porque eu queria muito mas muito ser mãe.... Hoje amo a minha Melissa e ainda não nasceue e já tive muitos sustos com ela desde o ponto de ter de fazer uma amniocentese (só tenho 27) e de pensar que poderia de ter de abortar a minha filha, eu só dizia se isso me acontece eu morro, pk uma coisa é ela morrer e ser algo que eu não consiga controlar.... mas eu assinar um papel a dizer que autorizo a morte dela... não tive um ataque de pânico e parei de respirar só de pensar na possibilidade de o ter de fazer.... Por isso garanto-te a dor de perder espontaneamente um filho é enorme mas a dor de matar um filho é inemaginável... eu não conseguiria viver com isso.... iria me magoar e muito...

Ainda hje penso se não tivesse perdido o outro n iria ter a minha Melissa... mas penso logo a seguir pk que não pode ter os dois...

Pondera muito bem a tua decisão, pk as condições nunca são as melhores para ter um filho e eu só de pensar que daqui a 4 meses tenho a Melissa nos meus braços até me dá vontade de chorar com medo de não ser capaz de ser boa Mãe...mas sabes o que me disseram que vou ser boa mãe porque me questiono... a mãe que não quer saber se tem ou não condições e não tem medo de ter um filho...essa não será boa mãe... porque todas as mães passam a vida com receio de que a vida lhes pregue uma partida e elas não sejam boas mães ou que deixem de ter condições para cuidar dos seus filhos.

E eu não considero um acto de egoismo teres estes filho (sim escreve com e, tal com infermeiras é enfermeiras) mas sim um acto de amor, por estarias a abdicar de alguma liberdade para dar a vida um filho... o teu filho... e como viste com exemplos de outras mamas um filho não te impede a nada.... e 7 anos na faculdade.. o meu marido tirou mestrado de bolonha e só andou 5 anos.... e olha que era de Eng Electrótecnia bem dificil...

7 anos na faculdade é um exagero de tempo, só se fores para doutoramento, digo isto porque não sei acho que estas a por limites muito altos para um mestrado de bolonha..

E depois mesmo que seguis para um doutoramento não me parece que tenhas muita sorte em Portugal.... pois eu própria já andei na faculdade pré-bolonha e tenho colegas que seguiram mestrado e doutoramento que neste momento não ganham mais do que eu mas o mesmo que eu... tudo porque seguiram a vida académica e eu a carreira profissional... e tive lá menos 4 anos do que eles e gastei muito menos dinheiro..

E quando tinha a tua idade, olhava para a minha carreira profissional como a prioridade maior do mundo, mas a medida que o curso foi avançado e comecei a ver a realidade de quem já tinha saido do curso e andava a 3 anos a tentar arranjar emprego na área e a viver em casa dos pais sem condições sequer de comprar um carro... a minha prioridade mudou logo e decedi que seja qual for o emprego que arranje é melhor do que ficar fixado na area da qual me licenciei...

Sobre ninacio

Positivo 4/02/2013 - A.E 08/02/2013
Novo positivo 27/03/2013 - confirmado e já vi o bebe 28/03/2013 - Agarra-te estrelinha que nng te previa.

Sofia_Ema -
Offline
Desde 27 Out 2012

olá desculpa,mas o teu pedido de ajuda(se assim posso chamar)
a mim pessoalmente revolta-me e muito..!!!!!!!!!!!!!
pois eu estive anos para engravidar e não consegui foram anos frustantes!!!
(desde os 18/19... mas tive o meu milagre aos 36 anos sem fazer nenhum tipo de tratamento..só mesmo DEUS na causa)
também tento colocar-me no teu lugar,mas não consigo,desculpa mas não sou hipocrita e tão pouco estou aqui pra julgar alguém,não sou nada nem ninguem para o fazer..
Como cristã que sou,tenho principios e valores e uma criança é uma BENÇAO DE DEUS .
Pondera bem a tua situação se tens uma familia que te apoia FORÇA,AGORA SE NÃO DESEJAS SER MÃE porque não és maternal....enfim custa-me e muito entender como é que uma Mulher não sinta desejo de um dia ter a sua familia ,mas enfim..
São situações como estas que ultrapassam o meu entendimento.
Espero que ponderes muito bem e não te arrependas de matar uma vida!

Sobre Sofia_Ema

O Milagre de Deus <3
Positivo 27/5/2013 DPP 06/01/2014 (Indução)
Mamã pela primeira vez e muito felizzzzz
Estou muito grata a Deus pelo lindo presente Amo-te Filho

raqs -
Offline
Desde 27 Maio 2013

sandrafernando escreveu:
olha palavras de apoio não vais ter muitas pois como deves ter visto somos muitas mas mesmo muitas mamãe que querem engravidar e não conseguem outras que quando conseguem perdem-os e quando vemos estes tópicos pensamos estas mulheres não sabem o que é a dificuldade que é lutar pelo um sonho de ter um bebe e não conseguir .
eu pessoalmente sou contra o aborto agora cada mulher é que sabe da sua vida e se elas conseguirem viver com esse peso na consciência muito bem para elas

(Y)
Faço das palavras da Sandra as mesmas que as minhas.
E um acto de egoísmo é não querer ter esse bebé e conseguir viver sem esse peso. Quando sair da faculdade e lembrar-se que está na hora de querer ser mãe e não conseguir, aí já não há nada a fazer. O tempo não volta atrás.

Sobre raqs

18/05/2013 Novamente positivo (agarra-te bem, bebé)
01/03/2013 A minha cerejinha foi para o céu
28/02/2013 Nasceu a minha cerejinha às 24 semanas
16/10/2012 O meu positivo

Carina02 -
Offline
Desde 08 Maio 2011

ninacio escreveu:
Não quero com este tópico ferir os teus sentimentos nem o da outra mama que abortou e passado um ano esta grávida...

Eu ao ler o relato dela só pensei coitada do bebe que morreu... por um ano não viveu...

Ou seja tu não sabes como o aborto te vai marcar ou não... e no caso da outra mama ao fim de 1 ano já tinha condições?! 1 ano não é nada....e num ano consegue com alguns apoios criar uma criança.... por isso não consigo entender...

Eu sofri de um A.E e foi muito doloroso psicologicamente... e engravidei logo de seguida e nem era esperado pois tomava a pílula, o que eu tiro disto é que o psicologico rejeitou mesmo a pílula porque eu queria muito mas muito ser mãe.... Hoje amo a minha Melissa e ainda não nasceue e já tive muitos sustos com ela desde o ponto de ter de fazer uma amniocentese (só tenho 27) e de pensar que poderia de ter de abortar a minha filha, eu só dizia se isso me acontece eu morro, pk uma coisa é ela morrer e ser algo que eu não consiga controlar.... mas eu assinar um papel a dizer que autorizo a morte dela... não tive um ataque de pânico e parei de respirar só de pensar na possibilidade de o ter de fazer.... Por isso garanto-te a dor de perder espontaneamente um filho é enorme mas a dor de matar um filho é inemaginável... eu não conseguiria viver com isso.... iria me magoar e muito...

Ainda hje penso se não tivesse perdido o outro n iria ter a minha Melissa... mas penso logo a seguir pk que não pode ter os dois...

Pondera muito bem a tua decisão, pk as condições nunca são as melhores para ter um filho e eu só de pensar que daqui a 4 meses tenho a Melissa nos meus braços até me dá vontade de chorar com medo de não ser capaz de ser boa Mãe...mas sabes o que me disseram que vou ser boa mãe porque me questiono... a mãe que não quer saber se tem ou não condições e não tem medo de ter um filho...essa não será boa mãe... porque todas as mães passam a vida com receio de que a vida lhes pregue uma partida e elas não sejam boas mães ou que deixem de ter condições para cuidar dos seus filhos.

E eu não considero um acto de egoismo teres estes filho (sim escreve com e, tal com infermeiras é enfermeiras) mas sim um acto de amor, por estarias a abdicar de alguma liberdade para dar a vida um filho... o teu filho... e como viste com exemplos de outras mamas um filho não te impede a nada.... e 7 anos na faculdade.. o meu marido tirou mestrado de bolonha e só andou 5 anos.... e olha que era de Eng Electrótecnia bem dificil...

7 anos na faculdade é um exagero de tempo, só se fores para doutoramento, digo isto porque não sei acho que estas a por limites muito altos para um mestrado de bolonha..

E depois mesmo que seguis para um doutoramento não me parece que tenhas muita sorte em Portugal.... pois eu própria já andei na faculdade pré-bolonha e tenho colegas que seguiram mestrado e doutoramento que neste momento não ganham mais do que eu mas o mesmo que eu... tudo porque seguiram a vida académica e eu a carreira profissional... e tive lá menos 4 anos do que eles e gastei muito menos dinheiro..

E quando tinha a tua idade, olhava para a minha carreira profissional como a prioridade maior do mundo, mas a medida que o curso foi avançado e comecei a ver a realidade de quem já tinha saido do curso e andava a 3 anos a tentar arranjar emprego na área e a viver em casa dos pais sem condições sequer de comprar um carro... a minha prioridade mudou logo e decedi que seja qual for o emprego que arranje é melhor do que ficar fixado na area da qual me licenciei...

Acho um bocado feio estares a emendar erros ortográficos dos outros quando o teu texto tem vários, para não falar da falta de acentuação. Se uma pessoa for a ligar a isso...não fazíamos outra coisa.

Sofia_Ema -
Offline
Desde 27 Out 2012

ninacio escreveu:
Não quero com este tópico ferir os teus sentimentos nem o da outra mama que abortou e passado um ano esta grávida...

Eu ao ler o relato dela só pensei coitada do bebe que morreu... por um ano não viveu...

Ou seja tu não sabes como o aborto te vai marcar ou não... e no caso da outra mama ao fim de 1 ano já tinha condições?! 1 ano não é nada....e num ano consegue com alguns apoios criar uma criança.... por isso não consigo entender...

Hoje amo a minha Melissa e ainda não nasceue e já tive muitos sustos com ela desde o ponto de ter de fazer uma amniocentese (só tenho 27) e de pensar que poderia de ter de abortar a minha filha, eu só dizia se isso me acontece eu morro, .

Tenho as lágrimas nos olhos,um lindo acto de AMOR
e dissete tudo!!
quando escreves..."mas eu assinar um papel a dizer que autorizo a morte dela... não tive um ataque de pânico e parei de respirar só de pensar na possibilidade de o ter de fazer.... Por isso garanto-te a dor de perder espontaneamente um filho é enorme mas a dor de matar um filho é inemaginável... eu não conseguiria viver com isso.... iria me magoar e muito..."

Foi muito forte e sentido....

VAIS concerteza ser uma boa mamã és LINDA Beijinho

muitas felicidades para a vcs Melissa Lindo Nome....
DEUS VOS ABENÇOE
Apaixonado
vê o meu contador mamã Apaixonado

Sobre Sofia_Ema

O Milagre de Deus <3
Positivo 27/5/2013 DPP 06/01/2014 (Indução)
Mamã pela primeira vez e muito felizzzzz
Estou muito grata a Deus pelo lindo presente Amo-te Filho

raqs -
Offline
Desde 27 Maio 2013

JoanitaMar escreveu:
Tenho 21 anos, tbm engravidei a primeira vez quando ainda estava a estudar e abortei, sei perfeitamente o que sentes neste momento, mas digot isso é uma decisão so tua de mais ninguem, não devias ter vindo espor isso aqui no forum porque a muitas mas muitas mães contra o aborto porq tão muitos anos a tentar engravidar.
Depois de ter feito um aborto no ano passado este ano voltei a engravidar mas desta vez segui em frente porq acho que ja estava destiniado eu ser mãe e acredita que estou a adorar, tive que abrir mão de muita coisa mas não trocava por nada o meu bebe, e admito que segui em frente tbm porque depois d ter feito o aborto senti-me tão mal mas tão mal que se n tivesse engravidado dava em doida. Confuso

O IVG é algo por vezes muito doloroso, eu por exemplo pus os comprimidos vaginais fui para o hospital para ser vigiada durante 4h e acabei por ter que ficar la 15 dias a tomar comprimidos tdos os dias, a sentir contrações horriveis a sangrar e acabei por fazer 2 curetagens porq na primeira curreu mal e fiquei com o feto na barriga Triste foi algo muito duloroso fisicamente e psicologicamente.... Não te estou a dizer isto para mudares de ideia mas sim para te preparares que um IVG n é so chegar la e tirar, sem falar que ha medicos muito crueis e infermeiras tbm que te fazem sentir bastante mal...

Mas tbm concordo com o IVG porque se não se tem condições ou se não é desejado não deve vir porq mais tarde ira sofrer e isso nenhuma criança merece, faz antes das 10 semanas porq depois ja passa de embrião para feto. Eu fiz as 8 semanas e ouve um medico que me mostrou o coraçãozinho dele a bater e isso é que deu cabo de mim mas tive que fazer não tinha condições nem ngm me poderia ajudar a crialo pois o meu namorado estava a estudar tbm não tinha trabalho certo e a minha familia estava toda contra e teve mesmo que ser, mas agora tenho o meu bebe e se ele não pode vir no ano passado agora ja veio novamente e com todas as condições e amor do mundo Espertalhão

Se quizeres falar manda mp que falarei melhor contigo Sorriso

Acho estranho falar-se assim com tanta normalidade de se ter matado um filho. Falas como este filho que tens agora fosse o outro, mas não foi o outro que voltou, esse está morto e não volta mais.
Também estou na escola, engravidei ( neste caso porque quis) vou interromper um ano, mas vou voltar. Não é desculpa ! Abortar é um acto de egoísmo !!!

Sobre raqs

18/05/2013 Novamente positivo (agarra-te bem, bebé)
01/03/2013 A minha cerejinha foi para o céu
28/02/2013 Nasceu a minha cerejinha às 24 semanas
16/10/2012 O meu positivo

Sofia_Ema -
Offline
Desde 27 Out 2012

Carina02][quote=ninacio escreveu:

Acho um bocado feio estares a emendar erros ortográficos dos outros quando o teu texto tem vários, para não falar da falta de acentuação. Se uma pessoa for a ligar a isso...não fazíamos outra coisa.

Mas o que se passa? erros toda a gente dá,eu dou e muitos,
e piora quando teclo á velocidade do pensamento...
Por favor!!!!!

Oh mas eu não devo de ser deste planeta....
DESCULPEM MAS AQUI VAI
SOU CONTRA O ABORTO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Se não gostarem do que escrevo..epá evitem este tipo de tópicos num forum como este de entre ajuda para mamãs e futuras mamãs ok?

Sobre Sofia_Ema

O Milagre de Deus <3
Positivo 27/5/2013 DPP 06/01/2014 (Indução)
Mamã pela primeira vez e muito felizzzzz
Estou muito grata a Deus pelo lindo presente Amo-te Filho

Carina02 -
Offline
Desde 08 Maio 2011

Sofia_Ema][quote=Carina02 escreveu:
ninacio escreveu:

Acho um bocado feio estares a emendar erros ortográficos dos outros quando o teu texto tem vários, para não falar da falta de acentuação. Se uma pessoa for a ligar a isso...não fazíamos outra coisa.

Mas o que se passa? erros toda a gente dá,eu dou e muitos,
e piora quando teclo á velocidade do pensamento...
Por favor!!!!!

Concordo!
"erros toda a gente dá"

Ana Pimenta -
Offline
Desde 26 Maio 2010
I Love DMPM

Desculpem a minha sinceriedade, mas este topico e uma grande FALTA DE RESPEITO para quem cá anda e pricipalmente para que luta para ser mamã.

Se necessitas de palavras de apoio e coragem deverias de te ter registado noutro tipo de forum e procurar lá, aqui decerto que nem todos os comentários te darão força e coragem!

Quando era miuda era normal as miudas da minha idade engraviderem sem querer, pq não havia a facilidade e informação que há hoje, mas hoje em dia, na maioria dos casos, só engravida quem quer!

e mais não digo para não ser indilicada.

Gabriel Domingos - 14/11/2007 - o dia mais feliz da minha vida!
Meu campeão - És uma benção de Deus!
Já tenho loja vistem: http://demaeparamae.pt/vendo/loja/63279

Sofia_Ema -
Offline
Desde 27 Out 2012

raqs escreveu:
sandrafernando escreveu:
olha palavras de apoio não vais ter muitas pois como deves ter visto somos muitas mas mesmo muitas mamãe que querem engravidar e não conseguem outras que quando conseguem perdem-os e quando vemos estes tópicos pensamos estas mulheres não sabem o que é a dificuldade que é lutar pelo um sonho de ter um bebe e não conseguir .
eu pessoalmente sou contra o aborto agora cada mulher é que sabe da sua vida e se elas conseguirem viver com esse peso na consciência muito bem para elas

(Y)
Faço das palavras da Sandra as mesmas que as minhas.
E um acto de egoísmo é não querer ter esse bebé e conseguir viver sem esse peso. Quando sair da faculdade e lembrar-se que está na hora de querer ser mãe e não conseguir, aí já não há nada a fazer. O tempo não volta atrás.

Estamos JUNTAS <3

Sobre Sofia_Ema

O Milagre de Deus <3
Positivo 27/5/2013 DPP 06/01/2014 (Indução)
Mamã pela primeira vez e muito felizzzzz
Estou muito grata a Deus pelo lindo presente Amo-te Filho

Votação

Qual destas bebidas consome no dia-a-dia?