Possível traição no passado - e ela vai voltar! Como reagir? | De Mãe para Mãe

Possível traição no passado - e ela vai voltar! Como reagir?

Responda
59 mensagens
Boxexitas -
Online
Desde 18 Fev 2012

Olá meninas!
Ele tem culpa(ponto). E quando parte delas e elas conhecem-nos e até convivem connosco?
Até que ponto elas tem culpa? Tenho que desabafar isto e ouvir as vossas opiniões.

Resumindo, ambos estavam envolvidos no mesmo projecto e ele super entusiasmado. Ao início, super tranquilo nada desconfortável com a situação.. começaram a surgir da parte dela o convite para o cafezinho para trocarem ideias, cheguei a ir com eles na boa.. depois as mensagens enche egos, que ele era o mais giro de todos ou que era o mais inteligente.. ele mostrava-me essas mensagens todo orgulhoso de si mesmo (o meu namorado é daqueles que gosta que lhe façam festas ao ego), o pedir opinião para literalmente tudo, o estar sempre a pedir ajuda a ele.. estamos a falar de um projecto que envolvia dezenas de pessoas e ela era uma espécie de coordenadora... não sei se me faço entender, mas senti ali uma grande necessidade de atenção dela e ele como estava super entusiasmado estava numa espécie de “lua de mel”.. houve um conjunto de situações que eu presenciei e que ia sabendo que aos poucos começou a deixar-me a pulga atrás da orelha. Fui assistindo e comecei a ficar desconfortável, abordei o assunto com ele e ele disse me que eu era maluca.. enfim!
Uma bela madrugada, já numa fase em que eles estavam diariamente juntos, flagrei ao vivo uma conversa entre ambos (às 5:30 da manhã) pelo Messenger, o tema era quem ia ter com quem, e a outra a responder que se ele fosse ter com ela não saiam de casa, mas não ia dar porque o namorado dela estava lá a dormir.. aquilo sou-me tão mas tão mal que confrontei ambos, ambos afirmaram que estavam no gozo e após falar com ele e voltar a negar qualquer interesse nela, falei com ela que me disse que iria se afastar e que apenas falaria com ele o imprescindível, isto porque não queria interferir na nossa relação.
Mas na verdade, a única coisa que mudou foi ele começar a mentir-me sempre que estava com ela.
Ele tem culpa e nem vou discutir isso.. não sei se aconteceu algo de facto... Houve várias atitudes e situações pelo meio que me fazem acreditar que sim, mas não tenho a certeza!
Acho que uma mulher percebe quando a outra quer flerte e atenção e eu senti isso numa fase inicial da parte dela.. até a linguagem corporal.. posso até ter feito um filme.. mas ainda hoje sinto ela “jogou” ao fazê-lo sentir-se importante.
Passou.. acabou o projecto, ela pelo meio acabou com o namorado, mas gradualmente o meu começou a cortar com ela.
As mazelas ficaram.. perdi a confiança nele, entramos numa espiral de acaba e começa, pelo meio engravidei.. não foram tempos fáceis! Eu não conseguia confiar nele, ele é uma pessoa fria o que complicou a coisa e outras situações de foro familiar não ajudaram nada..
Hoje estou bem, continuamos juntos mas estou bem resolvida em relação a ele, são outros quinhentos a história.
Mas, sem dúvida que foi essa “traição” que marcou o início do quase fim e até hoje tenho um ódio a essa gaja pelos simples facto de me conhecer e ter feito o que fez.
E agora.. o projecto voltou, ela não está envolvida directamente mas irá de certeza aparecer.. porque é uma menina muito fofinha e querida por todos!
E a minha vontade é de lhe dar uma mocada na cabeça caso ela me fale, acham que posso?

Estou aqui a remoer-me com isto, se a encontrar (e de certeza que vamos cruzar) é uma situação em contexto social delicado e não quero fazer figuras, mas sei que vou reagir mal se ela me falar (sonsa é para me falar) e se falar ou tocar na minha filha acho que.. nem sei!!
Ela conhecia-me caramba! Ela percebeu que estava a criar atritos e mesmo assim não mudou a postura.. novamente ele tem culpa, ele é que tinha a obrigação de cortar, mas eu penso que se fosse eu na situação dela e se não tivesse mesmo interesse nenhum tinha-me afastado.. nem sequer me sentiria bem nesse papel.. sinto que gozou com a minha cara quase a roçar a humilhação.
Enfim.. como engolir este sapo meninas?

Anotski85 -
Offline
Desde 09 Jun 2020

Acho que se querem passar uma borracha nesse episódio e seguir com a vossa vida juntos, o melhor será evitarem avistar sequer a terceira pessoa. Se esse projecto é de natureza laboral, compreendo que seja difícil não participar nele, mas se não for, será que vale a pena participar?
.
Quanto ao resto, se ela tem culpa ou não, enfim, com certeza que são os dois adultos e sabiam o que estavam a fazer e as suas implicações. Ambos têm responsabilidade, mesmo que não tenha passado de um flirt demasiado empolgado. A questão para si não é, na minha opinião, "o que fazer com ela". Para mim, a pessoa passaria a ser uma nulidade na minha vida e eu agiria em conformidade para me proteger de tudo o de negativo que ela simboliza. A questão mais importante é a relação com o namorado/marido. Se já passaram por cima disso, o melhor é continuarem assim e não se aproximarem outra vez. Mas, como disse, não sei se isso é possível.

DianaES -
Online
Desde 08 Out 2013

Ora bem, por onde começar?
Primeiro, acho que está a canalizar a raiva para a pessoa errada, vejamos: ela é sua CO-NHE-CI-DA, ele é seu COM-PA-NHEI-RO. Se um dos dois lhe deve consideração, respeito, amizade, amor... é ele. Portanto se a questão ficou bem resolvida com ele, com ela simplesmente não há questão.
Segundo, não há coisa mais ingrata e desgastante que o "perdoei mas não esqueci" ou algo do género. Não. Ultrapassou a situação. Ponto. Se houve mesmo traição, se não houve, se houve apenas intenção... Se parar para pensar, isso muda alguma coisa? Não. Houve uma falha da parte do seu marido, que abalou a sua confiança, que causou estragos na relação, mas mesmo assim conseguiram reparar e seguem juntos, isso é o que importa. Agora é seguir de peito aberto. Até pode um dia arrepender-se disso, mas não é o pé atrás que vai impedir o que quer que seja de acontecer, ou melhor, impede, impede-a de conseguir viver plenamente...
Terceiro, não sofra por antecipação, ela já fez parte do tal projeto a 300% e feitas as contas arrumou bem com ela, vai ter agora medo da coisa 3%?! Já para não dizer que da outra vez era fresh new, desta é só cromo repetido.
Quarto (e último), percebo bem essa coisa de querer dar um murro a alguém para a enterrar pelo chão dentro, mas sabe o que é melhor que um bom pontapé na boca? Um boa bofetada de luva branca... É é ela vê-la a si, fresca e fofa, com uma família bonita, uma bebé fofinha... Sorridente, plena e feliz. Portanto quando a vir, seja só harmonia, sorrisos e superioridade. Se há coisa que aprendi na vida é que as pessoas pequenas têm medo das grandes por causa da sombra, então vazam... Sedutor

Boxexitas -
Online
Desde 18 Fev 2012

Anotski, independentemente de tudo não posso pedir para ele não participar Triste

Oh Diana.. eu entendo o que dizes, mas não consigo! Eu e ele, é outra história, é uma situação muito complicada, mas estou em paz comigo própria e resolvida.
Agora ela.. eu já há muito tempo que nem pensava nela, mas recentemente houve um pequeno evento local relacionado com isso, e apesar de ela cá não estar, veio.. (vi fotos, foi assim que soube). E já percebi que vira mais vezes.
A raiva voltou toda e ainda mais raiva me dá por ela ser uma cabra (não fui a primeira, corre a história de ela ter destruído um casamento com contornos muitos semelhantes ao meu, soube disto depois por pessoas que desconheciam a minha situação) mas é muito querida por todos. A típica sonsa.
Posso estar errada Diana, mas não consigo e não vou conseguir evitar o confronto cara a cara.
Acho que me fico mesmo pela mocada lol

DianaES -
Online
Desde 08 Out 2013

Boxexitas escreveu:
Anotski, independentemente de tudo não posso pedir para ele não participar
Oh Diana.. eu entendo o que dizes, mas não consigo! Eu e ele, é outra história, é uma situação muito complicada, mas estou em paz comigo própria e resolvida.
Agora ela.. eu já há muito tempo que nem pensava nela, mas recentemente houve um pequeno evento local relacionado com isso, e apesar de ela cá não estar, veio.. (vi fotos, foi assim que soube). E já percebi que vira mais vezes.
A raiva voltou toda e ainda mais raiva me dá por ela ser uma cabra (não fui a primeira, corre a história de ela ter destruído um casamento com contornos muitos semelhantes ao meu, soube disto depois por pessoas que desconheciam a minha situação) mas é muito querida por todos. A típica sonsa.
Posso estar errada Diana, mas não consigo e não vou conseguir evitar o confronto cara a cara.
Acho que me fico mesmo pela mocada lol

Eu percebo, mas tem que ser mais inteligente que isso... Ela é querida por todos, se partir para a ignorância ela vai ser a coitadinha e a Boxexitas vai ser a ciumenta paranoica...vai humilhar-se, envergonhar o marido... Ou seja, vistas as coisas ela ainda sai por cima... Valerá a pena só pelos 3 segundos de gosto? Para isso mais vale engendrar um qualquer plano maquiavélico que a faça fazer figura de otária perante toda a gente, se fosse numa loja podia colocar-lhe algo na bolsa para ser "apanhada a roubar" Diabinho muah- ah- ah! (estou a brincarrr)

Boxexitas -
Online
Desde 18 Fev 2012

Hahahaah Amei a ideia... não é nada mau pensado 😈😈😈
Eu sei que na altura vou ter estômago pra coisa.. mas soube bem deitar a coisa para fora..

DianaES escreveu:

Boxexitas escreveu:Anotski, independentemente de tudo não posso pedir para ele não participar
Oh Diana.. eu entendo o que dizes, mas não consigo! Eu e ele, é outra história, é uma situação muito complicada, mas estou em paz comigo própria e resolvida.
Agora ela.. eu já há muito tempo que nem pensava nela, mas recentemente houve um pequeno evento local relacionado com isso, e apesar de ela cá não estar, veio.. (vi fotos, foi assim que soube). E já percebi que vira mais vezes.
A raiva voltou toda e ainda mais raiva me dá por ela ser uma cabra (não fui a primeira, corre a história de ela ter destruído um casamento com contornos muitos semelhantes ao meu, soube disto depois por pessoas que desconheciam a minha situação) mas é muito querida por todos. A típica sonsa.
Posso estar errada Diana, mas não consigo e não vou conseguir evitar o confronto cara a cara.
Acho que me fico mesmo pela mocada lol

Eu percebo, mas tem que ser mais inteligente que isso... Ela é querida por todos, se partir para a ignorância ela vai ser a coitadinha e a Boxexitas vai ser a ciumenta paranoica...vai humilhar-se, envergonhar o marido... Ou seja, vistas as coisas ela ainda sai por cima... Valerá a pena só pelos 3 segundos de gosto? Para isso mais vale engendrar um qualquer plano maquiavélico que a faça fazer figura de otária perante toda a gente, se fosse numa loja podia colocar-lhe algo na bolsa para ser "apanhada a roubar" muah- ah- ah! (estou a brincarrr)

fmmartins -
Offline
Desde 14 Dez 2016

Minha querida, o único conselho que te posso dar é: muito sangue frio, muita segurança e muito amor próprio.
Penso que ninguém estará livre de uma traição, eu procuro levar a minha vida normalmente sem pensar nisso. Se acontecer? Certamente a culpa não será minha 🤷‍♀️
Há uns tempos, era a minha filha bebé apareceu-me uma ex cá em casa a bater à porta (queria saber notícias do meu marido e não o encontrou nas redes sociais). Pois bem, sabes o que fiz? Com um grande nível disse-lhe que ele estava a tomar banho (e estava!), que se quisesse podia entrar para esperar e falar com ele, eu é que tinha uma bebé, nossa filha, sozinha dentro de casa e não podia estar no portão com conversa. Acho que se tivessem um buraco, ela e a amiga tinham-se enfiado. Foram embora constrangidas. Se eu tivesse agarrado numa esfregona e as tivesse corrido não me saia tão bem, garantidamente 😊 é por ai... com muitoooo nível 😂

DianaES -
Online
Desde 08 Out 2013

fmmartins escreveu:
Minha querida, o único conselho que te posso dar é: muito sangue frio, muita segurança e muito amor próprio.
Penso que ninguém estará livre de uma traição, eu procuro levar a minha vida normalmente sem pensar nisso. Se acontecer? Certamente a culpa não será minha 🤷‍♀️
Há uns tempos, era a minha filha bebé apareceu-me uma ex cá em casa a bater à porta (queria saber notícias do meu marido e não o encontrou nas redes sociais). Pois bem, sabes o que fiz? Com um grande nível disse-lhe que ele estava a tomar banho (e estava!), que se quisesse podia entrar para esperar e falar com ele, eu é que tinha uma bebé, nossa filha, sozinha dentro de casa e não podia estar no portão com conversa. Acho que se tivessem um buraco, ela e a amiga tinham-se enfiado. Foram embora constrangidas. Se eu tivesse agarrado numa esfregona e as tivesse corrido não me saia tão bem, garantidamente 😊 é por ai... com muitoooo nível 😂

Ui, há gente que sinceramente não lembra a ninguém!!! Quem faz uma coisa dessas?! Ai não encontro o meu ex nas redes sociais, deixa-me tocar à campainha onde mora para saber como está. WTF... Isso é lamber o chão de desesperadinha que ela estava, de certeza!

Tyta.B -
Offline
Desde 31 Jul 2015

Aí está o motivo pelo qual eu nunca perdoaria uma traição, coisa que neste forúm não é bem recebido... eu sei que quem está de fora racha lenha, e que quem não passa por isso não pode dizer que desta água nunca beberei, mas continuar com quem me traiu ia significar que eu ia andar sempre desconfiada, sempre em sobressalto, sempre com medo que se repetisse, e sempre a remoer o assunto. Nem eu, nem ele íamos ter paz. Ninguém ia ser feliz.
A Boxexitas resolveu perdoar e ficar com ele, vai ter de arranjar forma de ultrapassar isso. Vai ter de esquecer e seguir em frente, e eu entendo a raiva que tem dela, eu também terias, de ambos, mas vai ter de a engolir e ser diplomata. Lá está, se ela é toda querida e fofinha, vai ter de ser igual. Hipócrita até ao tutano. Não há outra hipotese mesmo.

Anotski85 -
Offline
Desde 09 Jun 2020

fmmartins escreveu:
Minha querida, o único conselho que te posso dar é: muito sangue frio, muita segurança e muito amor próprio.
Penso que ninguém estará livre de uma traição, eu procuro levar a minha vida normalmente sem pensar nisso. Se acontecer? Certamente a culpa não será minha 🤷‍♀️
Há uns tempos, era a minha filha bebé apareceu-me uma ex cá em casa a bater à porta (queria saber notícias do meu marido e não o encontrou nas redes sociais). Pois bem, sabes o que fiz? Com um grande nível disse-lhe que ele estava a tomar banho (e estava!), que se quisesse podia entrar para esperar e falar com ele, eu é que tinha uma bebé, nossa filha, sozinha dentro de casa e não podia estar no portão com conversa. Acho que se tivessem um buraco, ela e a amiga tinham-se enfiado. Foram embora constrangidas. Se eu tivesse agarrado numa esfregona e as tivesse corrido não me saia tão bem, garantidamente 😊 é por ai... com muitoooo nível 😂

Que classe, Fmmartins! 😉

Boxexitas -
Online
Desde 18 Fev 2012

Eish que p** de lata 😲
E que sangue frio.. nem consigo imaginar a minha reacção 😐
“vénias”

fmmartins escreveu:
Minha querida, o único conselho que te posso dar é: muito sangue frio, muita segurança e muito amor próprio.
Penso que ninguém estará livre de uma traição, eu procuro levar a minha vida normalmente sem pensar nisso. Se acontecer? Certamente a culpa não será minha 🤷‍♀️
Há uns tempos, era a minha filha bebé apareceu-me uma ex cá em casa a bater à porta (queria saber notícias do meu marido e não o encontrou nas redes sociais). Pois bem, sabes o que fiz? Com um grande nível disse-lhe que ele estava a tomar banho (e estava!), que se quisesse podia entrar para esperar e falar com ele, eu é que tinha uma bebé, nossa filha, sozinha dentro de casa e não podia estar no portão com conversa. Acho que se tivessem um buraco, ela e a amiga tinham-se enfiado. Foram embora constrangidas. Se eu tivesse agarrado numa esfregona e as tivesse corrido não me saia tão bem, garantidamente 😊 é por ai... com muitoooo nível 😂

fmmartins -
Offline
Desde 14 Dez 2016

DianaES escreveu:

fmmartins escreveu:Minha querida, o único conselho que te posso dar é: muito sangue frio, muita segurança e muito amor próprio.
Penso que ninguém estará livre de uma traição, eu procuro levar a minha vida normalmente sem pensar nisso. Se acontecer? Certamente a culpa não será minha 🤷‍♀️
Há uns tempos, era a minha filha bebé apareceu-me uma ex cá em casa a bater à porta (queria saber notícias do meu marido e não o encontrou nas redes sociais). Pois bem, sabes o que fiz? Com um grande nível disse-lhe que ele estava a tomar banho (e estava!), que se quisesse podia entrar para esperar e falar com ele, eu é que tinha uma bebé, nossa filha, sozinha dentro de casa e não podia estar no portão com conversa. Acho que se tivessem um buraco, ela e a amiga tinham-se enfiado. Foram embora constrangidas. Se eu tivesse agarrado numa esfregona e as tivesse corrido não me saia tão bem, garantidamente 😊 é por ai... com muitoooo nível 😂

Ui, há gente que sinceramente não lembra a ninguém!!! Quem faz uma coisa dessas?! Ai não encontro o meu ex nas redes sociais, deixa-me tocar à campainha onde mora para saber como está. WTF... Isso é lamber o chão de desesperadinha que ela estava, de certeza!

Eu creio que nunca pensou que ele fosse refazer a vida dele e continuasse solteirão. Foi uma relação extremamente complicada em que ela exercia um enorme poder e manipulação. Fui eu que colei os cacos em que o homem ficou 😂

Boxexitas -
Online
Desde 18 Fev 2012

Tyta, eu não tenho provas e confirmação de terem efectivamente chegado a vias de facto! Mas só o facto de me ter mentido em diversas ocasiões é o suficiente para acreditar que sim.
Eu não perdoei.. tentei mas devido ao que sentia e a vários outros factores não dá! Estava a tratar das coisas para nos separarmos uns meses após o nascimento da miúda, mas entretanto veio o covid e fiquei numa situação complicada.. neste momento estou resolvida em relação a ele e apesar de estarmos “juntos” não estamos. Estamos é numa fase em que compreendemos que para estarmos separados implicava eu afastar a miúda do pai 300km. Ela não tem culpa nenhuma e a nossa prioridade é a nossa filha! Neste ponto estamos super bem resolvidos e até nos damos bem, ele mudou muito e vamos levando a vida tranquilamente sem esperar nada.
Depois do covid (conto com uns dois aninhos) espero voltar à minha antiga rotina e mediante a situação logo se vê. Para já.. estamos assim e eu estou bem e confortável com a minha situação.
O que realmente me incomoda, é ter que lidar com uma gaja que gozou com a minha cara e ainda se fazer de boazinha à frente de todos.

Tyta.B escreveu:
Aí está o motivo pelo qual eu nunca perdoaria uma traição, coisa que neste forúm não é bem recebido... eu sei que quem está de fora racha lenha, e que quem não passa por isso não pode dizer que desta água nunca beberei, mas continuar com quem me traiu ia significar que eu ia andar sempre desconfiada, sempre em sobressalto, sempre com medo que se repetisse, e sempre a remoer o assunto. Nem eu, nem ele íamos ter paz. Ninguém ia ser feliz.
A Boxexitas resolveu perdoar e ficar com ele, vai ter de arranjar forma de ultrapassar isso. Vai ter de esquecer e seguir em frente, e eu entendo a raiva que tem dela, eu também terias, de ambos, mas vai ter de a engolir e ser diplomata. Lá está, se ela é toda querida e fofinha, vai ter de ser igual. Hipócrita até ao tutano. Não há outra hipotese mesmo.

Tyta.B -
Offline
Desde 31 Jul 2015

Boxexitas escreveu:
Tyta, eu não tenho provas e confirmação de terem efectivamente chegado a vias de facto! Mas só o facto de me ter mentido em diversas ocasiões é o suficiente para acreditar que sim.
Eu não perdoei.. tentei mas devido ao que sentia e a vários outros factores não dá! Estava a tratar das coisas para nos separarmos uns meses após o nascimento da miúda, mas entretanto veio o covid e fiquei numa situação complicada.. neste momento estou resolvida em relação a ele e apesar de estarmos “juntos” não estamos. Estamos é numa fase em que compreendemos que para estarmos separados implicava eu afastar a miúda do pai 300km. Ela não tem culpa nenhuma e a nossa prioridade é a nossa filha! Neste ponto estamos super bem resolvidos e até nos damos bem, ele mudou muito e vamos levando a vida tranquilamente sem esperar nada.
Depois do covid (conto com uns dois aninhos) espero voltar à minha antiga rotina e mediante a situação logo se vê. Para já.. estamos assim e eu estou bem e confortável com a minha situação.
O que realmente me incomoda, é ter que lidar com uma gaja que gozou com a minha cara e ainda se fazer de boazinha à frente de todos.

Tyta.B escreveu:Aí está o motivo pelo qual eu nunca perdoaria uma traição, coisa que neste forúm não é bem recebido... eu sei que quem está de fora racha lenha, e que quem não passa por isso não pode dizer que desta água nunca beberei, mas continuar com quem me traiu ia significar que eu ia andar sempre desconfiada, sempre em sobressalto, sempre com medo que se repetisse, e sempre a remoer o assunto. Nem eu, nem ele íamos ter paz. Ninguém ia ser feliz.
A Boxexitas resolveu perdoar e ficar com ele, vai ter de arranjar forma de ultrapassar isso. Vai ter de esquecer e seguir em frente, e eu entendo a raiva que tem dela, eu também terias, de ambos, mas vai ter de a engolir e ser diplomata. Lá está, se ela é toda querida e fofinha, vai ter de ser igual. Hipócrita até ao tutano. Não há outra hipotese mesmo.


Então já nem são um casal? Então deixe lá isso. Seja fofinha com ela tal como ela é consigo, e entre piadas e risos explique que se ela quiser deixa-o embrulhado com laço cor de rosa à porta dela.
(uma vez, estava eu chateada com o meu companheiro já nem sei porquê, uma merdita pequenina qualquer, mas houve uma amiga de uma amiga que se meteu com ele naquela noite mesmo sabendo que ele estava comigo, e quando eu lhe disse que se ela o quisesse eu lho oferecia de bom grado ela perdeu o interesse lol)

Boxexitas -
Online
Desde 18 Fev 2012

Também não é má ideia.. 😂 era capaz de ficar giro de lacinho!

Para todos os efeitos e perante os outros somos um casal.. mas na realidade basicamente somos colegas de casa e partilhamos a responsabilidade com a criança!

Tyta.B escreveu:

Boxexitas escreveu:Tyta, eu não tenho provas e confirmação de terem efectivamente chegado a vias de facto! Mas só o facto de me ter mentido em diversas ocasiões é o suficiente para acreditar que sim.
Eu não perdoei.. tentei mas devido ao que sentia e a vários outros factores não dá! Estava a tratar das coisas para nos separarmos uns meses após o nascimento da miúda, mas entretanto veio o covid e fiquei numa situação complicada.. neste momento estou resolvida em relação a ele e apesar de estarmos “juntos” não estamos. Estamos é numa fase em que compreendemos que para estarmos separados implicava eu afastar a miúda do pai 300km. Ela não tem culpa nenhuma e a nossa prioridade é a nossa filha! Neste ponto estamos super bem resolvidos e até nos damos bem, ele mudou muito e vamos levando a vida tranquilamente sem esperar nada.
Depois do covid (conto com uns dois aninhos) espero voltar à minha antiga rotina e mediante a situação logo se vê. Para já.. estamos assim e eu estou bem e confortável com a minha situação.
O que realmente me incomoda, é ter que lidar com uma gaja que gozou com a minha cara e ainda se fazer de boazinha à frente de todos.

Tyta.B escreveu:Aí está o motivo pelo qual eu nunca perdoaria uma traição, coisa que neste forúm não é bem recebido... eu sei que quem está de fora racha lenha, e que quem não passa por isso não pode dizer que desta água nunca beberei, mas continuar com quem me traiu ia significar que eu ia andar sempre desconfiada, sempre em sobressalto, sempre com medo que se repetisse, e sempre a remoer o assunto. Nem eu, nem ele íamos ter paz. Ninguém ia ser feliz.
A Boxexitas resolveu perdoar e ficar com ele, vai ter de arranjar forma de ultrapassar isso. Vai ter de esquecer e seguir em frente, e eu entendo a raiva que tem dela, eu também terias, de ambos, mas vai ter de a engolir e ser diplomata. Lá está, se ela é toda querida e fofinha, vai ter de ser igual. Hipócrita até ao tutano. Não há outra hipotese mesmo.

Então já nem são um casal? Então deixe lá isso. Seja fofinha com ela tal como ela é consigo, e entre piadas e risos explique que se ela quiser deixa-o embrulhado com laço cor de rosa à porta dela.
(uma vez, estava eu chateada com o meu companheiro já nem sei porquê, uma merdita pequenina qualquer, mas houve uma amiga de uma amiga que se meteu com ele naquela noite mesmo sabendo que ele estava comigo, e quando eu lhe disse que se ela o quisesse eu lho oferecia de bom grado ela perdeu o interesse lol)

MartaSS -
Offline
Desde 17 Nov 2020

Assumo que este post seja mais um desabafo do que propriamente um pedido de conselhos... Compreendo perfeitamente a raiva que sente em relação à outra pessoa, especialmente sabendo que não se reconciliou com o seu namorado. Parece que na realidade a Boxexitas não processou ainda a raiva que sente em relação aos dois, limitou-se a aceitar a sua situação por motivos práticos. Não pode descarregar no namorado porque ele é pai da sua filha e precisa dele, então varre para baixo do tapete a raiva e mágoa que sente por ele e toda a situação. Mas agora aparece esta mulher e vem levantar o tapete...

Importa-lhe assim tanto se chegou a haver sexo ou não para qualificar o que ele fez como traição? Ele claramente ultrapassou os limites da vossa relação, desrespeitou-a, enganou-a, mentiu-lhe. Isso também é traição. Muito provavelmente terá acontecido sexo, mas mesmo que soubesse que não chegou a haver, isso iria mudar assim tanto a sua situação?

A meu ver, essa mulher tem culpa sim. Ela é tão responsável pela situação quanto o seu marido (nem mais, nem menos, a não ser que ele tivesse algum grave problema psicológico). No entanto, PARA SI, o principal responsável é o seu namorado. Ela é uma conhecida, que se se tivesse regido por bons princípios poderia ter evitado esta situação, mas o seu namorado é que a deixou entrar nas vossas vidas. E quem sabe, se não tivesse sido esta mulher, talvez fosse a próxima?

Digo isto, mas não sou apologista do "ele é que tem culpa, ela não lhe diz nada". Ela também a magoou, também contribuiu para a enganar. Que importa se era apenas uma conhecida? Ela entrou na sua vida e violou a sua intimidade, você tem todo o direito a sentir raiva, tristeza, mágoa... Eu acho que até pode ser saudável fantasiar com o que lhe diria e faria, no entanto não tem o direito de efetivamente concretizar. Até lhe pode dizer das boas, mas será que ganha algo com isso?

Nestas situações eu acredito que a melhor solução é eliminar a pessoa da nossa vida. Se está decidida que isso não é viável, então terá que aprender a conviver com a situação. Vai ter que processar esses sentimentos, um dia verá que atingirá algo próximo da indiferença. Entretanto, cuide muito de si, trabalhe a sua autoestima, a sua independência, tenha um plano B para o futuro e faça por fazer coisas que a preencham. Verá que fica mais fácil lidar com essa pessoa.

Boa sorte!

Boxexitas -
Online
Desde 18 Fev 2012

Marta, 💚 obrigada!
É capaz de ter razão sim... eu sei que a melhor forma de gerir é ignorar e ser indiferente!.. E sim, foi mais um desabafo.. já estava à espera de “ouvir” as opiniões mas precisava de “ouvir”..
A mágoa ficou, e vai ficar sempre.. e uma mentira é traição.. nem que seja “só” trair a confiança.

Quanto a ela.. espero que a vida lhe retribua em dobro todo o bem que me desejou!
Até poderia ser outra, nada me garante.. mas provocar uma situação e intrometer-se numa relação conscientemente é de uma baixeza sem explicação.

Desde 26 Out 2019

O que essa mulher fez ,não se faz... foi pura maldade... Uma vez, que sabia que o seu marido era comprometido ... Mas lá está, ela só o fez porque o seu marido também permitiu que isso acontecesse. Ela, até a poderia conhecer e saber que eram casal, mas o certo, é que quem lhe deve mais respeito é o seu marido!
Pode não ter havido contato íntimo, entre os dois , mas o seu marido traiu a sua confiança ,enganou-a... E isso, muitas vezes , não é fácil de perdoar e esquecer...
por isso, quando perdoa-se tais atitudes , devemos ter a mínima noção se somos capazes de perdoar e voltar a confiar , para sermos novamente felizes , se não conseguirmos ,mais vale ,cada um seguir o seu caminho.
E se vivem juntos, mas já não são propriamente um casal ...então, acho que a deve ignorar... O desprezo, muitas vezes é o melhor.

Andreissse -
Offline
Desde 13 Nov 2015

Como você disse... A culpa é dele, ponto. Ele é que é seu companheiro e tem o direito de a respeitar. Ela... apesar de o bom senso ditar que não se deve meter com um alguém que tenha um relacionamento, em última estância, essa história só existiu porque 2 dançaram o tango e ele é que tinha o dever de pensar em si e nos seus sentimentos, não ela... No fundo ainda não processou essa "traição" e essa "raiva" dirijida a ela só demonstra que foi um problema mandado para debaixo do tapete e nunca uma questão que ficasse perfeitamente resolvida entre vós. Se ambos vão ter novamente um projeto não lhe resta outra opção se não confiar nele. Caso não consiga confiar nele tem de trabalhar isso em si se hajar que relação vale a pena.

MartaSS -
Offline
Desde 17 Nov 2020

Estou em total desacordo que seja a Boxexitas que tenha que trabalhar para confiar no namorado. Isso só poderá fazer sentido depois de um extenso trabalho da parte do namorado para se demonstrar confiável. Isto implica ser transparente em relação àquilo que se passou no passado e também no presente. Significa ser proativo em demonstrar que aquilo que diz corresponde à realidade, e isto durante muito tempo. A confiança, depois de destruída, constrói-se, faz-se por merecer. Caso contrário o que aconselham à Boxexitas é que ela aprenda a ignorar o seu instinto e no fundo confie numa pessoa que, tanto quanto entendi, não deu quaisquer motivos para confiar. No fundo que continue permanentemente a varrer para debaixo do tapete a realidade da sua vida. Achei importante dizer isto...
Se o seu namorado fizer por merecer e ambos o desejarem, a confiança pode ser reconstruída sim, com tempo, muito trabalho e paciência.
Volto a dizer: não lhe cabe a si obrigar-se a confiar nele, cabe-lhe a ele demonstrar com muitas AÇÕES ao longo do tempo que merece confiança. A Boxexitas deve, isso sim, aprender a confiar em si mesma, saber que vai sobreviver e ser feliz independentemente do que o namorado venha a fazer no futuro.

Anete SSilva -
Offline
Desde 07 Jun 2021

Olá! Compreendo bem, mas tão bem o que estás a passar porque passei exatamente pelo mesmo...
Eles eram e ainda são colegas de trabalho. E foi exatamente idêntico... eu não tenho confirmação de vias de facto mas sinceramente acho que existiu... tentei limpar isso tudo, ela não foi a única na altura... agora tento confiar nele e seguir em frente mas dói... claro que dói...
Porque foi um abalo enorme na minha auto estima, eu estava num pós parto, a dar 200% de mim para chegar a tudo e pelo nosso relacionamento e ela uma miúda de 20 e poucos anos, toda gira e fresca... ainda é!
E sinceramente o que mais me incomoda é esse sentimento que está em mim de pouca segurança, ciumenta, insegura, porque eu nunca fui assim! E sinceramente não me encaixa e não gosto de me ver neste papel... eu tenho 20 anos a mais que ela mas sei o meu valor, sei o meu amor por ele, tudo o que fiz pela nossa relação, a mãe que sou, a companheira que sou... e se ele quer ir com ela que vá ser feliz... o pensamento deveria ser esse! E faz-me tanta confusão me cruzar com ela profissionalmente e me sentir "diminuída", me colocar em causa, queria chegar de cabeça erguida, porque eu estive bem... eles é que estiveram mal, traíram a minha confiança, foram pouco corretos comigo... mas é um processo e nem sempre temos essa força, mas tenho noção que é um trabalho a ser feito em mim....
Por isso o mesmo te digo! Se confias nele, se achas que ele agora não te mente tenta afastar os pensamentos e estar segura contigo mesma... limpar essa raiva porque isso faz-nos mal!
Sabes o que me aconselharam fazer, escrever cartas a essa mulher, com tudo o que tinha dentro de mim de raiva e rancor e depois queimar... o mesmo em relação a ele...
A questão aqui não é de culpas e de respeito! Merecemos respeito e quando não está a ser servido devemos nos levantar e ir embora, é verdade, mas é fácil falar, fazer são outros quinhentos...
O que te digo é... tenta ao máximo não te maltratar, mas se sentires que ouve um regresso ao passado, ao comportamento dele de pouco respeito por ti age em conformidade, não mereces isso! É o que tento pensar para mim... mas lá está... na semana passada vi a rapariga ao longe na praia e fiquei a olhar, com mágoa, com tristeza, a apreciar como era jovem, magra, enxuta... e lá vieram os pensamentos e depois lutei contra eles... pensei em tudo o que sou e tentei mudar o foco!

Boxexitas -
Online
Desde 18 Fev 2012

Olá a todas!
Eu bem sei que cada uma à sua maneira tem razão e num todo todas tem razão Sorriso
A minha questão neste momento em relação a ele é demasiado complicada e extensa para expor de forma a que compreendam.. Ele tem culpa e era com ele que eu tinha um compromisso. Isso para mim não está em causa e é algo que tenho vindo a resolver interiormente e neste momento varrendo ou não para baixo do tapete estou neste momento bem e com objectivos bem traçados, não digo que não os possa alterar, mas de momento é isto! Para estar bem tenho que me focar no que é melhor para a minha filha e para mim mentalmente.
A minha raiva com ela é basicamente a impunidade com que estas gajas saem no final! Uma mulher com 40 anos, com dois filhos, não é propriamente uma criança que não sabe o que faz! Tenho-lhe raiva porque ela conscientemente meteu-se no meio de uma relação, soube que criou atritos e continuou.. e depois seguiu com a vidinha dela como se nada se passasse. No fim, a vergonha é minha, a dor é minha e o sofrimento é meu... Eu tenho que aprender a viver com os sentimentos e as mossas que eles me provocaram. E eu odeio-a por isso! Não é justo!

Minha querida Anete, é tão bom ler-te!!! Tanto que me ajudaste nos meus piores momentos 🙏😘😘😘

Ana Maria Costa1 -
Online
Desde 01 Fev 2019

Bem mas o seu companheiro também saiu impune...

MartaSS -
Offline
Desde 17 Nov 2020

O que importa é que tem os seus objetivos traçados. Parece-me bem consciente da sua realidade e aceita-a como é, tendo tomado aquilo que acha serem as melhores opções para si de acordo com a informação que tem.
Compreendo bem a dor que sente. Tem toda a legitimidade para odiar essa mulher, apenas acredito e espero que um dia venha a sentir algo próximo da indiferença porque ela não merece essa sua energia. Ela (ela em específico) é irrelevante. Há muitas mulheres (e homens!) assim, se não fosse esta seria outra, se não fosse agora talvez mais tarde...
Acho que ainda não processou a sua raiva, o meu conselho é aproveitar para sentir o que tem a sentir. É normal... Sinta a raiva sem medo. Subscrevo a ideia de escrever cartas daquelas em que lhe diz das boas e queimá-las. Faça um desenho assim mesmo desfavorecedor, cole num saco de boxe e dê-lhe pancada, sei lá... O que for preciso para ir libertando esses sentimentos!

fmmartins -
Offline
Desde 14 Dez 2016

Eu gostei das sugestões e do comentário da Anete.
Acho normal sentires essa mágoa com a tal mulher, é humano. Também me custa um bocado engolir esse tipo de mulher. Lembro-me que quando era solteira para mim homens comprometidos era igual a terem sarna 🙂 tanto homem descomprometido no mundo para quê se meterem nestes cambalachos? 😳

Boxexitas -
Online
Desde 18 Fev 2012

Ana Maria Costa1 escreveu:
Bem mas o seu companheiro também saiu impune...

Acredite que não saiu!...

Sempre fui menina de escrever diários.. vou tentar!!
😘😘🙏

MC- Açores 2 -
Offline
Desde 22 Ago 2019

Olá Boxexitas...
Uma mocada na cabeça não era ma ideia! 😂😂
Ela tem culpa no cartório sim mas o maior culpado é ele por ter deixado ela invadir o vosso espaço.
Mulheres assim sabem como afagar o ego de quem o alimenta compulsivamente, elas sabem o que eles gostam de ouvir e como eles se sentem perante toda a dedicação e atenção.
Mas CLARO que todo esse joguinho sujo também alimenta o ego mesquinho e nojento dela. É como fuel para a vida... Não é só o dele!!! É o sentir- se desejada e achar que é melhor, muito melhor do que "aquilo" que ele tem em casa....
É difícil! É uma união de egoísmo de ambas as partes que a maioria das vezes causa danos irreversíveis na vida de um casal, numa casa, numa família... às vezes o interesse delas é simplesmente destruição... Porque no fim nem sequer ficam juntos....Os homens vão na cantiga da bandida... Gostam dos flirts, do joguinho, da atenção.... E vão na onda....
Há pessoas que só se sentem bem e vivem bem quando interferem na bolha do outro... Típicos vampiros energeticos... Muito triste.
Quanto a si... Trabalhe a sua autoestima, ame- se... Cuide da sua saúde mental e seja a sua própria prioridade. Veja qual a postura dele e vá " dançando conforme a música"... Se topar a coisa a mudar de figura corte logo o mal pela raiz e desmascare a víbora...
Se é querida .. Olha temos pena!! Já vi Bestiais passarem a Bestas assim ... Num estalar de dedos!!
Força ❤️❤️

Micaela lourenco90 -
Offline
Desde 13 Nov 2020

Boxexitas escreveu:
Olá a todas!
Eu bem sei que cada uma à sua maneira tem razão e num todo todas tem razão
A minha questão neste momento em relação a ele é demasiado complicada e extensa para expor de forma a que compreendam.. Ele tem culpa e era com ele que eu tinha um compromisso. Isso para mim não está em causa e é algo que tenho vindo a resolver interiormente e neste momento varrendo ou não para baixo do tapete estou neste momento bem e com objectivos bem traçados, não digo que não os possa alterar, mas de momento é isto! Para estar bem tenho que me focar no que é melhor para a minha filha e para mim mentalmente.
A minha raiva com ela é basicamente a impunidade com que estas gajas saem no final! Uma mulher com 40 anos, com dois filhos, não é propriamente uma criança que não sabe o que faz! Tenho-lhe raiva porque ela conscientemente meteu-se no meio de uma relação, soube que criou atritos e continuou.. e depois seguiu com a vidinha dela como se nada se passasse. No fim, a vergonha é minha, a dor é minha e o sofrimento é meu... Eu tenho que aprender a viver com os sentimentos e as mossas que eles me provocaram. E eu odeio-a por isso! Não é justo!
Minha querida Anete, é tão bom ler-te!!! Tanto que me ajudaste nos meus piores momentos 🙏😘😘😘

Ola
Estou com meu marida há 13 anos .. nunca mexi no tlm dele .. tenho uma filha com quase 3anos e 7 meses .. como pai tem mais paciência mais do que eu ..
Se tens as coisas bem resolvidas com teu marido ou namorado não tens de preocupar .. pelo o que vejo tu nunca deste o outro passo perdoas-te e não ao mesmo tempo .. viver na base da desconfiança não é bom .. a meu ver ele tem mais culpa do que ela pk deu oportunidade para tal!
Eu pessoalmente não conseguia viver assim .. um filho não é desculpa .. nos queremos sempre ter desculpa para alguma coisa . Mas ao fim de tudo vida há só uma . Vais viver assim durante quanto tempo? Daqui uns anos 10/20 anos pensas fogo podia ter feito doutra maneira .. e com isso o tempo vai passando .. de uma coisa é certa as pessoas não mudam .. e viver no passado acredite não lhe tras paz nenhuma .. para mim quem vive no passado são os Museus ..
Sinceramente acho se você devia pensar em si .. se diz que resolveu essa cena toda nem devia pensar nela ..
Se algum dia desconfiasse que o meu marido fizesse isso bom até lhe fazia as malas .. e não é por ter uma filha que ia pensar nele .. pelo contrário primeiro eu depois o resto do mundo ..
Bom geralmente eu não confio nas pessoas .. mas não deixava de ser feliz por causa das outras pessoas..
Se o meu marido fizesse tal coisa nem para o meu funeral o convidava.
Eu não gosto de pessoas ..para já nem dou confiança em ninguém.. sério vida há só uma pense em si primeiro.. mas sinceramente o seu marido é o principal culpado .. boa sorte

Boxexitas -
Online
Desde 18 Fev 2012

“Um filho não é desculpa”

Não é! Mas um filho não tem culpa e não tem que pagar pelos erros dos pais.
A decisão de trazer a minha filha a este mundo foi minha e devo-lhe isso!... Ela adora o pai! E não serei eu que vou tirar esse amor e presença.
Porque não me digam que a ligação não se perde porque se perde!
Isto foi um desabafo.. e um pedido para saber como vocês iriam reagir na presença de uma pessoa que me prejudicou e magoou conscientemente! Eu nunca o defendi, nem estou a afirmar que a culpa exclusiva dela..
Em relação à minha escolha de neste momento continuar a partilhar casa com ele deve-se a variados factores que influenciam directamente o bem estar da minha filha, e se eu tenho que abdicar 2/5/10 anos da minha vida em prol do bem estar da minha filha, não hesitarei! Mais do que raiva, ódio, desconfiança ou o quer que seja, eu amo a minha filha e ela é o meu foco.
Eu estou bem comigo própria.. vou o amar sempre por ser o pai da minha filha, mas neste momento não gosto dele.. e estou perfeitamente ciente da minha escolha e que enquanto o Covid não passar é assim.. Para já, somos amigos e chegamos a um entendimento entre ambos! Vejam como quando somos obrigados a partilhar uma casa porque não conseguimos pagar a renda sozinhos.. 🤷‍♀️
Eu sinto que tenho que me explicar por aínda cá estar 😂

Ana Maria Costa1 -
Online
Desde 01 Fev 2019

Em relação à sua filha, mais feliz será com os pais separados e felizes do que juntos e infelizes, porque como vê isso não está assim tão bem resolvido. Diz que não gosta dele , que são amigos mas está incomodada com o regresso da outra. Se estão apenas a partilhar casa deduzo que cada um possa fazer a sua vida. Ser capaz de lidar com isso já é outra coisa!

Ana Maria Costa1 -
Online
Desde 01 Fev 2019

E concordo com a Micaela, acredito que pense que é melhor mas não ponha um peso desses em cima da sua filha, nao é justo. ( sou filha de pais divorciados).

Outros tópicos relacionados

Rosa clarinho no papel...
Ontem à tarde escrevi isto: "Boa tarde meninas, Deixei a pílula no início do ano, comecei com o natalben e entretanto passei para o ovusitol, terminei agora uma embalagem. Entretanto, segundo a aplicação que uso, o meu período fértil foi no início...
dúvidasssssssssssssss
Oi meninas, Deixei de tomar a pílula em Janeiro, e tive o período a 15 do mesmo mês. Tive relações na altura em que a aplicação que uso no meu tlm disse que seriam dias férteis. Desde então já tive 2 dias bastante mal disposta, e nos últimos dias...
Periodo fertil durante tratamento reposicao hormonal?
Boas meninas, cá estou eu novamente na minha luta contra esta desregulacao hormonal e a fazer outro ciclo de 3 meses de progyluton, ( baixos níveis de estrogenio e progesterona) anteriormente fiz 3 meses e enquanto tomei o progyluton o red apareceu...
Será nidação?
Olá meninas, Estou a 9 dias de me vir o período, e comecei com uma perda de sangue muito clarinha e em pequena quantidade no início da tarde, tendo escurecido bastante até agora, estando quase preto. Tenho algumas dores de barriga estilo início do...
Valores fsh e lh ideais para engravidar.
Boas meninas, bem chegou a minha vez de tentar engravidar, como sabem em janeiro foi diagnosticada uma disfunção hormonal ( estrogenio e progesterona) à qual fiz tratamento de 3 meses progyluton, ao fim da primeira caixa menstruei, e assim foi até...
Dispensa para aleitamento
Boa tarde, Preciso de ajuda. Vou voltar a trabalhar agora em janeiro, perguntei no trabalho o que eles precisavam e dizem q precisam de uma declaração médica. deram esta resposta: «Relativamente à dispensa diária para amamentação e aleitação: a) A...

Votação

Qual destas bebidas consome no dia-a-dia?