Pode ter 2 padrinhos? | De Mãe para Mãe

Pode ter 2 padrinhos?

Responda
8 mensagens
aclaudiac -
Offline
Desde 19 Abr 2016

Boas Sorriso
Eu e o meu namorido nao chegamos a acordo nos padrinhos homens, sera que podem ser os 2?

ClaraMiguel -
Offline
Desde 03 Nov 2013

Se não me engano, a Igreja aceita apenas um padrinho e uma madrinha, tendo de ter os dois os crisma. Qualquer outra pessoa para além destes dois ou que não tenha o crisma assinará como testemunha. Mas é uma questão de conversar com o padre pois há padre mais exigentes e outros mais permissivos. Sorriso

Submetido por ClaraMiguel em Ter, 15/08/2017 - 12:36
Ana Svensson -
Offline
Desde 23 Abr 2017

Mas a ideia seria ter 3 padrinhos (madrinha + 2 padrinhos)? Penso que isso não seja possível. O que sei que se consegue, por vezes, é ter 2 madrinhas ou 2 padrinhos, em vez de madrinha e padrinho (conheço vários casos). Quanto a ter o crisma depende muito de padre para padre. Quase nenhum dos padrinhos dos meus filhos tem o crisma e não houve problema nenhum, mas com a minha sobrinha já foi uma complicação para o meu marido ser o padrinho, por não ter o crisma (embora se tenha acabado por conseguir).

Submetido por Ana Svensson em Ter, 15/08/2017 - 12:49
PequenaGrandeEs... -
Offline
Desde 24 Jul 2014

Penso que deve ter de ser um apenas testemunha, ou 2 madrinhas 2 padrinhos. Em todo o caso confesso que acho que não faz sentido a criança ter mais que 1 padrinho/madrinha. Mas secalhar sou eu que sou antiquada Gargalhadas

Submetido por PequenaGrandeEs... em Ter, 15/08/2017 - 15:23
Ana_Rita_Silva -
Offline
Desde 12 Ago 2013

Boa tarde mamã
Posso dar-lhe o meu exemplo que é semelhante ao seu.
Eu e o meu companheiro temos 2 irmãs, e nenhum de nós queria abrir mão da mana ser "madrinha em primeiro lugar", por isso a única solução seria o nosso mais velho ter 2 madrinhas.
E assim foi...
Levámos o não em algumas igrejas, mas na igreja da Charneca da Caparica acabaram por aceitar.
E sim, o meu filho mais velho tem 2 madrinhas.
Se vêm que não chegam a acordo, e se esses 2 padrinhos são importantes para vocês... não percam tempo, procurem uma igreja que "não se importe"... e toca a batizar a criançada Sorriso

Submetido por Ana_Rita_Silva em Sex, 18/08/2017 - 17:16
Luz 2011 -
Offline
Desde 09 Nov 2011

Olá mamãs,

Resolvi falar da minha situação que algo semelhante; no meu caso eu queria levar duas madrinhas, fui a várias igrejas, inclusive a da carneca da caparica que me deram o não, referindo que tinha que haver um padrinho ou uma madrinha ou então um padrinho e uma madrinha.

De qualquer maneira vim a constatar que nenhuma delas podia ser perante a igreja madrinha, uma por não ter a 1.ª comunhão e a outra por não ser casada no civil - resultado teriam que ser testemunhas.

No entanto, como faço questão que as duas sejam madrinhas(perante o meu filho serão sempre as madrinhas, apesar de a igreja as considerar como testemunhas), o meu filho terá um padrinho e elas as duas serão testemunhas e a cerimónia irá se realizar assim.

Isto depende muito de igreja para igreja.

Submetido por Luz 2011 em Ter, 29/08/2017 - 02:41
Mgfr -
Offline
Desde 13 Jan 2013

De acordo com o direito canónico (que é igual para toda a igreja católica e deveria ser seguido da mesma forma em todas as paróquias), uma criança pode ter um padrinho ou uma madrinha; ou então um padrinho e uma madrinha. Não pode ter duas madrinhas nem dois padrinhos.
Os padrinhos tem de ter mais de 16 anos, serem batizados e terem feito a primeira comunhão (não necessitam ser crismados); não podem viver em união de facto, não podem ser casados apenas pelo civil (se casaram por civil, tem que ser casados também pela igreja) e se forem divorciados, não podem ser re-casados.

Submetido por Mgfr em Sáb, 16/09/2017 - 16:32
ClaraMiguel -
Offline
Desde 03 Nov 2013

Mgfr escreveu:
De acordo com o direito canónico (que é igual para toda a igreja católica e deveria ser seguido da mesma forma em todas as paróquias), uma criança pode ter um padrinho ou uma madrinha; ou então um padrinho e uma madrinha. Não pode ter duas madrinhas nem dois padrinhos.
Os padrinhos tem de ter mais de 16 anos, serem batizados e terem feito a primeira comunhão (não necessitam ser crismados); não podem viver em união de facto, não podem ser casados apenas pelo civil (se casaram por civil, tem que ser casados também pela igreja) e se forem divorciados, não podem ser re-casados.

O problema é que varia mesmo de paróquia em paróquia. Todas as que conheço indicam que os padrinhos devem ter o crisma. E ainda agora fiz o curso de preparação para o parto onde isso foi referido, mas também onde foi dito que a criança pode ser baptizada sem padrinhos, mas apenas com testemunhas, coisa que oiça que noutras paróquias não deixam. Da mesma forma que o baptismo não tem custos e ainda assim há padres que não hesitam em dizer que o preço é X.

Submetido por ClaraMiguel em Dom, 17/09/2017 - 00:08