Parto no Hospital Garcia da orta | De Mãe para Mãe

Parto no Hospital Garcia da orta

Responda
25 mensagens
Eddy Ft Mara -
Offline
Desde 20 Out 2017

Olá a todas!
Espero que esteja tudo bem com vocês e com os vossos mais que tudo!
Sempre que tinha alguma dúvida vinha ver aqui ao fórum, sempre foi uma grande ajuda desde que descobri que estava grávida. Então decidi agora criar conta.
Bem,criei este tópico porque gostaria de ter opiniões sinceras de mamãs que o parto foi feito no Hospital Garcia da orta.
Expliquem-me tudo como se passou ?❤️ Desde a chegada ao hospital até à saída, a forma como é feita as visitas, se nos ajudam imenso com os bebés... Tudo tudo ! Agradeço imenso !! beijinhos a todas ❤️❤️❤️❤️

Marareis

RaquelCF -
Offline
Desde 02 Jun 2017

Vou me colar.. sou do seixal e tambem sempre achei que os hospitais publicos sao o melhor sitio para se ter os nossos bebes.. percebo as mamãs que tem os seus bebes no privado.. se podem acho que fazem bem..

Sobre RaquelCF

Agosto de 2017- deixei de tomar a pilula (Miranova)
13 de setembro- consulta de planeamento familiar..
14 de Setembro-comecei a tomar ácido fólico e iodo..
20 de setembro- exames feitos e luz verde para avançar..
30 de setembro- ovulação..
16 de outubro de 2017- POSITIVO

smargarida.guedes -
Offline
Desde 20 Abr 2013

Depois de ter tido amigas que tiveram partos traumáticos no publico, não quero nada com eles. No privado é bom, porque temos sempre o marido connosco, temos um quarto privado só para nós, eu gosto muito de ter a minha privacidade, claro, escolhemos o médico da nossa confiança para nos fazer o parto, e por isso, sou apologista do parto no privado, porque apesar de elas terem tido azares, não quero ser mais uma a ter um parto traumatizado como elas tiveram. sei que há pessoas que tiveram mais sorte com os partos no publico, mas ainda assim, não quero.Compreendo quem queira ter no publico e desejo muita sorte às mamãs:)

Nadia Ridgway -
Offline
Desde 22 Ago 2017

Eu sou acompanhada no hospital desde as 8 semanas de gravidez devido problema de tiróide. Entretanto sou acompanhada em medicina interna e endocrinologia também. E posso dizer que todos os médicos como as enfermeiras parteiras são fantásticas. Por isso na hora de ter o parto tenho a certeza que será ainda mais fantástico.
Agora já falta pouco 1 mês e meio e está aí. E nem é algo que me assusta pois confio em todos

Joana123 -
Offline
Desde 31 Maio 2016

Eu tive o meu parto no HGO e gostei muito. Agora não tenho muito tempo por isso não consigo dar grandes explicações, mas mais logo volto cá para dar detalhes Sorriso

RaquelCF -
Offline
Desde 02 Jun 2017

Eu acho que tudo depende da equipa medica que estiver escalada naquela altura.. mas conheço muitas mamãs que tiveram lá os seus bebes e todas me dizem que foram super bem tratadas..

Sobre RaquelCF

Agosto de 2017- deixei de tomar a pilula (Miranova)
13 de setembro- consulta de planeamento familiar..
14 de Setembro-comecei a tomar ácido fólico e iodo..
20 de setembro- exames feitos e luz verde para avançar..
30 de setembro- ovulação..
16 de outubro de 2017- POSITIVO

Eddy Ft Mara -
Offline
Desde 20 Out 2017

Eu também não estou com muito receio,mas gostava de saber opiniões... Eu também mais um mês e pouco, o meu bebé tem data prevista para dia 25 de novembro ?

Marareis

SoniaDAndre -
Offline
Desde 10 Ago 2016

Olá,
tive o meu primeiro parto foi no HGO e o segundo no H. Beatriz Ângelo e correram os dois muito bem.
O parto no HGO foi em 18 de Dez 2010. Fui seguida no particular durante a gravidez e tinha pensado ter a minha menina na MAC, no entanto, dia 17 de Dez a bolsa rebentou e quando cheguei à MAC não haviam vagas. Ligaram para todos os hospitais de Lisboa e não havia em nenhum uma cama para mim. Foi então que ligaram para o HGO. Lá fui eu até Almada de carro, porque nem ambulâncias haviam disponíveis... Dei entrada no hospital perto das 19h e como o único sintoma que eu tinha era a bolsa rota (não tinha dores, nem dilatação), fui internada. O que me disseram foi que se o trabalho de parto não evoluísse durante a noite, de manhã provocariam o parto. Nessa noite as enfermeiras foram ver-me uma data de vezes, sempre atentas à evolução do trabalho de parto e aos movimentos do bebé. Às 12h do dia 18 já tinha 3 dedos de dilatação e foi nessa altura que passei para o bloco de partos e que o meu marido pôde estar comigo. Levei epidural e foi tudo muito tranquilo. Das 12h até as 18h apenas aumentei 2 dedos de dilatação e foi nessa altura que decidiram que o melhor seria seguir para cesariana, já que a dilatação não estava a evoluir. Nesta altura o meu marido já não pôde acompanhar, mas tive sempre o apoio da anestesista, enfermeiras, toda a equipa.
Às 19h33 nasceu a minha princesa. Apesar de ter estado mais de 24h com a bolsa rota, de ter estado uma noite inteira no hospital sozinha, fui muito bem tratada. Todos os médicos e enfermeiros se mostraram sempre muito cuidadosos e preocupados.
O pós-parto também correu muito bem, apesar das dores da cesariana. Os quartos são velhinhos e com pouco espaço, mas servem perfeitamente, até porque nós só estamos lá no máximo 4 dias...
As enfermeiras ajudam e ensinam a tratar dos bebés e foram óptimas a ajudar a dar de mamar. Explicaram e ajudaram sempre que pedi ajuda. Foram incansáveis.

Aproveita para pedir ajuda, especialmente na amamentação, isto que quiseres amamentar. Como o HGO é um hospital "Amigo dos bebés" todas as enfermeiras têm formação para ajudar as mamãs a tratar dos bebés e para mim foi mesmo uma mais-valia.
Acho muito honestamente que se o meu primeiro parto não tivesse sido no HGO, não teria amamentado os meus dois filhos.

Estás muito bem entregue Sorriso

Eddy Ft Mara -
Offline
Desde 20 Out 2017

É tão bom ler estes relatos tão positivos... Muito obrigada ❤️

Marareis

Joana123 -
Offline
Desde 31 Maio 2016

Voltei Sorriso Eu dei entrada às 41+4 em trabalho de parto. Tinha três dedos de dilatação e deram-me epidural, era meia-noite. Dormi, fui pedindo reforços (foi sequencial), estive na maior. A bolsa rompeu às 4 mas o trabalho de parto estagnou e deram-me oxitocina por volta das 9. Estive sempre com o meu marido e a equipa foi fenomenal. Estive na bola, tomei banho, tudo impecável. Ponderou-se a cadeira de parto mas eu tinha um braço partido e não dava. Pari como quis e na posição que eu quis. Evitaram ao máximo fazer episiotomia mas a dava altura eu própria pedi, e efectivamente o meu filho nasceu dez segundos depois. Fiz contacto pele a pele, dei de mamar, subi, o pai ficou com o miúdo e eu fui logo para o banho (isto duas horas depois de parir), tive uma enfermeira por lá a ajudar porque tinha o braço partido, foi impecável. A amamentação é que correu menos bem. Senti as enfermeiras pouco disponíveis para o que assumo serem os meus dramas (mas possivelmente também os dramas de todas as mães de primeiro filho). Vinham sempre e ajudavam, mas acho que na tentativa de não serem intrusivas na relação acabaram por não me ajudar nada. A hora das visitas é chata por o pai estar lá pouco tempo, mas sinceramente a mim não me fez muita confusão porque de qualquer das formas estava entretida a dormir a sesta, a tirar fotos, a beijocar o miúdo, etc Sorriso

Eddy Ft Mara -
Offline
Desde 20 Out 2017

Adorei! Grande relato de parto ?❤️
Eu assusta me mais o facto de ficar sozinha gostava muito de ter sempre o meu namorado comigo... desde a bola a tudo isso o seu marido pôde estar presente? Eu também tenho essa ideia que na hora das visitas vou estar mais entretida a mimir e a dar mimos ao meu bebé ?

Marareis

Eddy Ft Mara -
Offline
Desde 20 Out 2017

o privado tem sempre melhores condições mas para muitas mamãs iinclusive a mim mesma, é impossivel ter o meu bebé no particular por muito que gostasse.
Por a caso não tenho conhecimento de muitos relatos de parto negativos no HGO. Creio que não é uma questão de sorte quem é bem tratado lá e que tem uma boa opinião do hospital, mas talvez sim uma questão de azar a quem correu mal Triste
Digo isto porque sempre me falaram muito bem do HGO, mas como tudo na vida há casos e casos... há quem tenha adorado ter o seu bebé lá, e quem detestou... depende muito da equipa presente Triste

Marareis

Joana123 -
Offline
Desde 31 Maio 2016

Eu falei do assunto com mais detalhes aqui: http://omeubemestar.blogspot.pt/2016/05/o-parto-e-um-grande-susto.html?m=1

Eu tinha possibilidades de ir para o privado e optei pelo público. No meu caso tenho imenso receio de ter um parto no privado (sou médica, tenho colegas que fazem partos no privado, o que eles contam é para mim inconcebível) e optei especificamente pelo HGO. No próximo, e a não ser que mude muito de opinião, vou para o HGO novamente (talvez acompanhada também por uma CAM) Sorriso

Eddy Ft Mara -
Offline
Desde 20 Out 2017

Vou já ver!
A sério? Eu especificamente não tenho mesmo possibilidades, mas talvez se tivesse ponderasse, porque lá está para a quem falta informação e conhecimento "o particular é sempre do melhor" e por vezes a verdade não é bem essa...eu própria desconhecia esse lado dos hospitais particulares... Muito obrigada ❤️

Marareis

Soph_713 -
Offline
Desde 25 Mar 2015

Eu não tenho experiência no HGO, mas sempre que falam em partos humanizados esse hospital é referido...

Já o vi em inúmeras reportagens, partos numa cadeira só com o enf... Lindo!

Até ponderei em ter lá, mas digamos que ir propositadamente à margem sul... E "tirar" vaga às mamas locais (claro, excluindo os casos de ausência de vaga como aqui já foi relatado) não achei muito correcto da minha parte.

E sendo o meu hospital de referência o HSM que também oferece boas condições, n vi necessidade de fazer essa opção.

Mas acho que podes estar inteiramente tranquila com o HGO Sorriso

Boa sorte e uma hora pequenina Piscar o olho

Eddy Ft Mara -
Offline
Desde 20 Out 2017

Uma grande atitude tua... Fossem todas as mamãs ter essa preocupação em "não tirar lugar" a quem reside por aqui ❤️
Muito obrigada espero que seja mesmo uma hora pequenina ??

Marareis

maps -
Offline
Desde 17 Fev 2016

Excelente post ! Apaixonado Apaixonado

Também sou da Margem Sul e este é o hospital que escolhi para ter a minha princesa, que está prestes a chegar. Fi-lo, porque o meu princípe, que chegou em Setembro do ano passado, também nasceu lá e não me arrependo de nada.
Já se passou um ano, mas posso partilhar a minha experiência.
Entrei com ruptura de bolsa a uma sexta-feira à tarde. Era o único sintoma. Havia uma série de mamãs na mesma situação que eu e os blocos de parto estavam cheios - coincidência ou não, a lua tinha mudado.
Fiquei internada. Deixaram que o marido estivesse comigo no quarto mais um pouco além do fim da visita, o que muito agradeci! Consegui jantar com a companhia dele, mas as contrações não tardaram a chegar.
Ele foi para casa e eu fiquei sob o olhar atento das enfermeiras. Eram perto das 3H da manhã quando me pediram para ligar ao marido, pois ia seguir para o bloco.

Passado pouco tempo, já com a epidural tomada, chegou o marido, que ficou comigo desde esse momento. Conversámos, tentámos dormir,... Eu fiz bola de pilates, ia ao wc sozinha, andei pelo quarto. Liberdade de movimentos era o que eu mais queria Sorriso

Já era depois de almoço quando o momento final se aproximou. Dilatação completa, tudo a postos. Experimentei várias posições, mas o rapaz teimava em não sair. Depressa se chegou à conclusão que poderia haver algo menos bom a dificultar a expulsão e foi aí que nos comunicaram, com muita calma, que eu teria de seguir para o bloco operatório, pois havia a possibilidade de se fazer uma cesariana. O pai não podia ir....

Passaram-se nem dez minutos desde essa conversa até o rapaz estar cá fora. Pareceram muito mais, porque estava triste, sem a mão do marido... Mas a equipa foi muito amorosa e, num último esforço final para se fazer parto normal, o rapaz nasceu.

Foram algumas horas, sim. Mas não posso dizer que estive sempre em sofrimento. Aliás, sofrimento foram os minutos finais... Apenas e só esses. E por motivos mais psicológicos que outra coisa.

O internamento correu muito bem. Estava cheio, como devem calcular, e embora visse que as enfermeiras estavam todas sem braços a medir, sempre me senti acompanhada. Na amamentação, no banho do bebé, até com o meu banho e o meu descanso, tudo era controlado e ajudado.

Ouvi muitos comentários negativos por escolher um hospital público tendo seguro de saúde. Mas não me arrependo. E vou repetir agora essa escolha, porque confio e porque sei que estamos em boas mãos Sorriso

Desculpem o tamanho do texto!

Joana123 -
Offline
Desde 31 Maio 2016

Só para acrescentar que eu também tenho seguro de saúde e optei pelo HGO. HGO forever! Careta

catzsofia -
Offline
Desde 13 Set 2016

que bons relatos, tão bom Sorriso também estou prestes a ser mae pela 1ª vez e é para o HGO que vou, alias já estou a ser seguida lá.
é tranquilizador ler estas historias Sorriso

Sobre catzsofia

Em treinos desde Set. 2016.
Positivo 9/3/2017!
Vem aí o melhor de mim Sorriso
É um menino!!! Espertalhão

Marlene Pires A... -
Offline
Desde 23 Set 2016

Eu tive a Matilde em Janeiro deste ano, Tinha lido experiências péssimas sobre o HGO até queria ter optado pelo S. Francisco Xavier. Mas não fui a tempo! Assim que começaram as contrações fui para o HGO e já não me deixaram sair. Estava em trabalho de parto. E correu bem tanto o parto como o internamento. Sinceramente achava que ia ter uma equipa de profissionais de saúde sempre lá... mas afinal a enfermeira parteira é que estava lá, entrava e saía. A médica só apareceu para me coser! E francamente não houve nenhum problema com isso Sorriso

Ariel Ab

Soph_713 -
Offline
Desde 25 Mar 2015

Marlene Pires Abrantes escreveu:
Eu tive a Matilde em Janeiro deste ano, Tinha lido experiências péssimas sobre o HGO até queria ter optado pelo S. Francisco Xavier. Mas não fui a tempo! Assim que começaram as contrações fui para o HGO e já não me deixaram sair. Estava em trabalho de parto. E correu bem tanto o parto como o internamento. Sinceramente achava que ia ter uma equipa de profissionais de saúde sempre lá... mas afinal a enfermeira parteira é que estava lá, entrava e saía. A médica só apareceu para me coser! E francamente não houve nenhum problema com isso

Assim é que deve ser Piscar o olho

Aqui n temos um nome específico para estes profissionais, no Reino Unido são as Midwives.

Quer a gravidez, quer o parto, só necessitam de um médico especialista perante uma situação de risco ou procedimento médico específico Sorriso

Assim é sinal que correu tudo bem Piscar o olho

Na NET há algumas críticas quanto a um GO q trabalha lá, Dr. Froilan Duque (mas desconheço quem seja).

Nacha -
Offline
Desde 13 Mar 2017

Ola mamãs...

Daqui a um mês estarei eu também no HGO, estou a ser seguida no privado com um médico que faz os partos no HGO e claro que pensei ir para o privado ter o meu menino, mas sempre acreditei ter um bom hospital público por isso tirei logo essa ideia dp privado, acho mais essencial ser seguida durante a gravidez que no parto!

Na terca feira passada fiz a visita à maternidade onde me explicaram tudo e vi todos os cantos da maternidade e ADOREI é acolhedor e tudo muito bem preparado, gostei muito da enfermeira parteira que foi muito simpática... jamais escolheria outro hospital, deu varias opções para fazer o meu parto e na altura irei escolher uma delas Sorriso .. o meu pensar para correr tudo bem é acreditar na equipa e em nós mesmas e não ter muitas exigências porque se todas conseguem nós também conseguimos... agora fica ansiedade de conhecer o príncipe 😍😍😍

Marlene Pires A... -
Offline
Desde 23 Set 2016

Mas sabes que acho que temos (eu só eu tinha) uma falsa ideia dos partos... Na minha ideia teria uma equipa de profissionais de saúde sempre de volta durante o trabalho de parto... Acho que tem a ver com os filmes e telenovelas que vemos na Tv!! Eheheh

Ariel Ab

Desde 23 Maio 2018

Ola mamãs! Gostaria de dar o meu testemunho sobre o HGO. Tive a minha bebe em Março 2018 neste hospital e só tenho maravilhas a dizer. Desde que entrei no bloco de partos todo o processo foi espetacular,respeitaram aquilo que pedia no plano de partos,não eram brutos,pelo contrário eram super acessiveis e querem o nosso melhor. Das equipas so posso dizer 10 estrelas! Eu entrei pq ja estava cm contracções e tive uma perda de sangue (foi isso que me levou ao hospital) e eles foram impecaveis. So pari dois dias a seguir mas correu maravilha e foi lindo. Entretanto subi p o quinto piso ate ter os 3 dedos e aí tb fui bem tratada (tomava duche,era monitorizada,deambulava). Ja ca em baixo no bloco incentivavam a bola de pilates e podemos tomar duche tb.Tive parto sentada no banco de partos. É espectacular, facilita a saida do bebe e a gravidade faz o seu trb. A nossa bacia amplia e como sentimos vontade de evacuar quando é altura de fazer força então sentado é a melhor forma. O período expulsivo foi 40 min e so levei 1 ponto à entrada da vagina. Levei epidural smp até à última o que ajuda tb a manter a calma. Quando passamos para o quarto tambem nao tenho nada a apontar. Tive dificuldade pq os meus mamilos estavam p dentro e elas auxiliaram me e incentivaram a dar maminha e consegui. So dou maminha. Até a comida é boa!😆 tirando a sopa. As auxiliares tb eram queridas e posso dizer que a variedade de bebidas e o peq almoço são optimas p um publico. Dão fraldas p o bebe,ensinam tudo e explicam nos de forma a tranquilizar as mamãs principalmente de primeira viagem. Ha uniformidade nas equipas e a passagem de serviço é feita correctamente e com tempo. Terei o meu próximo filho lá sem duvida. Aconselho o curso de preparação para o parto e estarmos minimamente informadas do processo de parto e pos parto. Qualquer questao digam Piscar o olho beijinhoss

SARA J. -
Offline
Desde 26 Dez 2018

Joana123 escreveu:
Eu falei do assunto com mais detalhes aqui: http://omeubemestar.blogspot.pt/2016/05/o-parto-e-um-grande-susto.html?m=1
Eu tinha possibilidades de ir para o privado e optei pelo público. No meu caso tenho imenso receio de ter um parto no privado (sou médica, tenho colegas que fazem partos no privado, o que eles contam é para mim inconcebível) e optei especificamente pelo HGO. No próximo, e a não ser que mude muito de opinião, vou para o HGO novamente (talvez acompanhada também por uma CAM)

Obrigada pelo comentário. Por uma CAM? O que é isso?

Outros tópicos relacionados

Infertilidade masculina
Podem-me ajudar? Estou tão em baixo, tive hoje consulta onde disseram que comigo felizmente está tudo bem, mas infelizmente com o meu marido não. Tem muita pouca produção de espermatozóides, a médica diz que a chance de engravidar naturalmente não é...
Corrimento rosado depois da Menstruação
Alguém me pode ajudar? Então é assim estou com um corrimento rosado mas a menstruação acabou apenas à 4 dias e não estou a ovular pois fiz o teste de ovulação. O que será? É nunca me aconteceu.
Cólicas no pé da barriga, nidação?
Olá.. Será que me podem ajudar? Estou a sentir umas cólicas muito levezinhas no pé da barriga, vai e vem.. só costumo sentir assim um ou dois dias antes da menstruação e é um pouco mais acima e depois lá vem as cólicas mesmo fortes no 1o dia da...
Ajuda por favor
Queria pedir a vossa opinião porque já estou a ficar com uma ansiedade terrível.. Então é assim ontem como já tinha dito aqui num tópico que criei andei com uma colica muito levezinha no pé da barriga.. fez ontem 6 dias que ovulei e tive treinos...
Sintomas antes do atraso é possível?
Olá... Queria pedir a vossa ajuda.. É possível sentir sintomas de gravidez mesmo antes do atraso? Eu há muito que não ligava aos sintomas porque as desilusões já foram tantas, mas não deixa de ter aquela vozinha que diz isto não é normal, será que...
Ecografia 3o dia do ciclo menstrual
Alguém já teve que fazer ecografia no 3o dia da menstruação (ciclo)? Eu tenho de fazer no hospital São João, mas sabem me dizer se preciso de ligar a marcar ou bastar ir no dia? E caso seja um médico é possível pedir que seja uma médica? Desculpem a...

Votação

Qual destas bebidas consome no dia-a-dia?