obsessao por parte do pai da minha filha e ameaças de morte | De Mãe para Mãe

obsessao por parte do pai da minha filha e ameaças de morte

Responda
7 mensagens
lucia_22 -
Offline
Desde 25 Out 2010

boa noite meninas preciso de algumas respostas e de alguem com alguma cena destas em comum com a minha.
entao é o seguinte,
eu ha ja a uns 3 anos k nao vivia na mesma casa do pai da mnha filha mas vivia em frente de sua casa na casa e sua tia pois nao tinha para onde ir.
depois de varia ameaças de boca por parte dele quando lhe dizia k NAO a alguma coisa principalmente a dar lhe dinheiro, ele ameaçava k fazia e acontcia até k um dia fez pois eu mesmo a morar junto a ele e a ter pena da sitiaçao dele em estar sozinho e com muitos problema arranjei uma pessoa k é um homem com H grande e k mesmo com todos os meus problemas me aceitou como eu mesma e com aminha filha como dele.
entretanto depois de conseguir arranjar trabalho arranjei corangem de sair dali e comecei a procura de casa eneste processo ele andou sempre a pensar k eu realmente nunca sairia dali....mas sai e, no ultimo dia em k ia buscar umas coisas ele entrou me dentro de casa com a desculpa da filha k no momento estava a pasar as ferias de verao na minha mae no alentejo.
bem foi horrrivel.....empurrou me, arrastou me pelo pescoço eapertou me o pescoço quase ate me matar...parou nem sei como mas depois de chamar a policia logo na altura fez se logo a historia a maneira dele.
eu segui com a queixa pa frente e depois desta ja fiz outramas mesmo assim mesmo com tudo isto e com a ajda da tia dele pelo meio sempr criei ondiçoes para k ele estivesse com a filha quase todos os fins de semana.
sempre escondendo a mnha relaçao atuale sempre dizendo a minha filha k nao poderia dizer ao pai nada sobre a nossa vida nomeadamente o eu ter uma pessoa e onde moravamos pois desde o incio k ele manifestou k se eu tivesse mais alguem k me iria arrepender!! a miuda compreendeu pois ja tinha assistido a violencia e ameaças de morte da parte dele para mim!
hoje depois de a ir buscar a porta do predio dele or ter passado la o fds, assim k cheguei a casa ele lia para o tlm da menina a dizer k lhe tinha mentido e k tinha ido de autocarro e sim de carro.
resumindo...ele deve me ter visto a entrar para o carro do meu companheiro e agora voltou aameaçar me de morte com as msg mais horendas k possam imaginar.....tenho medo pois mesmo morando neste momento longe dele tenho k a ir levar a escola e a mesma e muito perto de onde ele mora....amanha vo a psp a pedir k me acompanhem a lvar a a ir buscar a minha filha pois sozinha nao o vou poder fazer.....
a minha questao é:
o que devo fazer para alem de fazer nova queixa e de pedir proteçao?
é k mesmo eu tendo feito todas estas queixas com fundamento e testemunhas de outros acontecimentos de violencia, ele nao vai depor e ainda por cima pede a filha para me pedir para eu tirar a queixa
questiona a miuda e manipula mesmo para tenta saber da minha vida pessoal k nada tem a ver com filha o seu bem estar como ele bem alega!
meninas que acham k devo fazeronde me devo dirigir?
é k infelizmente eu tenho um mau passadoe ele vai tentar jogar com isso para me tentar humilhar e destabilizar prante todos....sei k o k interessa é o presente e a mameira como tratoe educo a minha filha mas, de qualquer maneira tenho muito medo nao so por mim mas por ter k ver a minha filha passar por tdo o k possa vir a acontecer.....o seu bem estar e felicidade é a minha prioridade e na escola (ela tem 6 anos) ela tem otimas notas e é uma menina dada feliz e muito brincalhona......
com tudo isto acham k ele pode me vir a prejudicar no que toca ao poder patrnal k de momento esta comigo e ao qual ja pedi k fosse alterado??
ajudem me ou deem me ideias
aobrigada e desculpem este testamento.... boa noite

SandraF. -
Offline
Desde 21 Abr 2018

Aconselho vivamente que peça apoio à APAV (Associação Portuguesa de Apoio à Vítima). São técnicos competentes, com formação para a apoiarem no que poderá necessitar.

SandraF. -
Offline
Desde 21 Abr 2018

Aconselho vivamente que peça apoio à APAV (Associação Portuguesa de Apoio à Vítima). São técnicos competentes, com formação para a apoiarem no que poderá necessitar.

Joana1990braga -
Offline
Desde 18 Fev 2015

Um agressor não tem condições para ter uma criança a cargo ele não foi bom companheiro e muito menos sabe ser pai em vez de pensar na filha e seguir a vida dele anda a prosseguir quem realmente luta para não faltar nada a filha,minha querida força, va a apav ,por favor não se deixe estar e tente que a menina seja entregue ao pai por outro familiar da sua confianca evite contacto com ele alegue que a criança tem medo do pai 😥 nenhuma criança merece passar por isso

Joana1990braga -
Offline
Desde 18 Fev 2015

Ele dificilmente consegue a guarda dela pois voce trabalha tem casa estabilidade ele não

VaniaCardoso -
Offline
Desde 15 Nov 2017

Infelizmente, o caso que está a relatar, não me é estranho. E, infelizmente, a APAV em nada ajudou. Foi-nos dito para irmos para um abrigo e pronto. O homem fazia o mal e nós é que ficávamos sem vida e sem poder manter contacto com o resto da família. Mas há soluções, no meu caso valeu-lhe alguns anos de prisão.
Tem de ser persistente com todos os meios onde pedir ajuda, caso contrário vai andar nessa situação durante anos.
Força.

guialmi -
Offline
Desde 13 Jul 2013

Pressione a polícia e reúna todas as provas que conseguir. Peça com a máxima urgência uma ordem de restrição, para que ele não se possa aproximar de si. Seria fundamental ter um advogado, se é que ainda não tem. Não percebi se fizeram a regulação de poder paternal, mas também é essencial que o faça. Com esse perfil, é muito possível que o pai só possa ter acesso à filha em visitas supervisionadas. Por favor, não facilite... Não queira ser mais um número nas estatísticas...

Votação

Como é que conheceu a marca Nunex?