Não saber se tudo irá correr bem, medo de sofrer tudo de novo ?? | De Mãe para Mãe

Não saber se tudo irá correr bem, medo de sofrer tudo de novo ??

Responda
10 mensagens
Jéssicaa -
Offline
Desde 28 Fev 2011

Boa tarde, tenho 25anos e estou grávida pela terceira vez, o meu filho nasceu a 4anos com um síndrome raro chamado "Beals" e com um problema de coração que o obrigou a ser operado ainda com horas de vida, foram 4meses de muito sofrimento e angústia ainda mais qdo nunca nenhum destes problemas foram detetados na gravidez mas sim ao nascer e nas semanas seguintes. Nem eu nem o meu companheiro temos casos destes na família e a minha filha mais velha não pudia ser mais saudável. Hoje em dia o meu filho esta mais autônomo, anda sozinho e faz as coisinhas a maneira dele, ate vai este ano pra pré mas ninguém sabe como a doença irá evoluir no futuro e isso mata-me por dentro. Agora derivado a isso esta gravidez está a ser considerada de risco, e vou ter de fazer a amniocentese e um estudo genético, para ver se este bebé não passa pelo mesmo. A médica aconselhou-me fazer um rastreio bioquímico nas não tive coragem, parvo eu sei mas fiquei com medo do resultado. Para ajudar ja tive duas ameaças de aborto, fazer a amniocentese está-me a deixar com medo de abortar mas sei que nao vou aguentar esperar ate ao fim da gravidez para saber se o meu bebé tem problemas, acho que nao ia aguentar passar por todo aquele sofrimento de novo. A médica disse-me que após o exame teria de fazer 48h de repouso absoluto e nem me deixou sequer ir ao hospital nesse dia de transportes , ja me pôs de baixa mas agr pensando moro num quinto andar sem elevador nao será isso um grande risco logo após o exame? Será que a amniocentese não irá falhar? Sei q nao é 100% eficaz. Terei de passar por uma img? Tantas dúvidas e medos! Desculpem o longo texto mas não me sinto a vontade para partilhar estes meus medos com ninguém pois todos me dizem para pensar positivo mas é tão difícil nesta situação ??

Sobre Jéssicaa

29.O9.2O1O Nasceu a princesa mais Linda do meu Reino Minha IaraFilipa ♥ ♥
23.1O.2O12 És o maior orgulho em mim Princepezinho :') GustavoMiguel ♥ ♥
Vocês são as Razões de Todos os meus Sorrisos Filhotes Espertalhão

http://pequenograndeguerreiro.blogspot.pt/

Mãedesegunda -
Offline
Desde 24 Maio 2017

Pois acredito que seja difícil e como tu e o teu marido estejam a passar mas apesar dos resultados fazia os exames necessários para ter respostas. Na minha opinião sofrer por antecipação penso que seja pior e além disso tu ainda terás uns longos meses pela frente e além dos nervos e do stress fazer mal a esse bebé tu também tens mais dois filhos que precisam de ti, e no meio disto tudo tens de ter força.
Quanto as tuas perguntas não te posso ajudar porque não passei pela amiocitese, mas não consegui ficar indeferente ao teu texto e vir dar uma força, um apoio. Sei que é sempre a conversa do costume, talvez aquela que não quisesses ouvir mas pensa positivo, pensa que tiveste uma filha saudável e este pode ser igual, acredita que vai correr bem....
Beijinhos

Rachel Ventura -
Offline
Desde 03 Ago 2017

Olá mama, posso perguntar que tipo de problema de coração era? Não é fácil não saber o que se passa com os nosso bebes. Eu estou grávida de 25 semanas, tbm tenho 25 anos mas este é o nosso primeiro filho, desde as 11 que nos assustaram. Disseram nos que a bebe podia ter t21 e agora mais recentemente descobrimos que tem um problema de coração. Recusamos fazer amniocentese pq nunca esteve em causa fazer um aborto. E decidimos viver até ao fim da gravidez na ansiedade. Nos entanto tbm decidimos não sofrer por antecipação pq aí sim vamos prejudicar a nossa bebe e há coisas que estão fora do nosso controle. Aquilo que lhe posso desejar e força muita força e fé. Os seus outros filhos precisam de si. Assim como o bebe que tem na barriga precisa de si bem. ? Força

Jéssicaa -
Offline
Desde 28 Fev 2011

Rachel Ventura escreveu:
Olá mama, posso perguntar que tipo de problema de coração era? Não é fácil não saber o que se passa com os nosso bebes. Eu estou grávida de 25 semanas, tbm tenho 25 anos mas este é o nosso primeiro filho, desde as 11 que nos assustaram. Disseram nos que a bebe podia ter t21 e agora mais recentemente descobrimos que tem um problema de coração. Recusamos fazer amniocentese pq nunca esteve em causa fazer um aborto. E decidimos viver até ao fim da gravidez na ansiedade. Nos entanto tbm decidimos não sofrer por antecipação pq aí sim vamos prejudicar a nossa bebe e há coisas que estão fora do nosso controle. Aquilo que lhe posso desejar e força muita força e fé. Os seus outros filhos precisam de si. Assim como o bebe que tem na barriga precisa de si bem. ? Força

Nasceu com as veias do coração trocadas nao estava a receber oxigênio, so passadas algumas horas após o parto é que detetaram. É uma angústia muito grande ?

Sobre Jéssicaa

29.O9.2O1O Nasceu a princesa mais Linda do meu Reino Minha IaraFilipa ♥ ♥
23.1O.2O12 És o maior orgulho em mim Princepezinho :') GustavoMiguel ♥ ♥
Vocês são as Razões de Todos os meus Sorrisos Filhotes Espertalhão

http://pequenograndeguerreiro.blogspot.pt/

Jéssicaa -
Offline
Desde 28 Fev 2011

Mãedesegunda escreveu:
Pois acredito que seja difícil e como tu e o teu marido estejam a passar mas apesar dos resultados fazia os exames necessários para ter respostas. Na minha opinião sofrer por antecipação penso que seja pior e além disso tu ainda terás uns longos meses pela frente e além dos nervos e do stress fazer mal a esse bebé tu também tens mais dois filhos que precisam de ti, e no meio disto tudo tens de ter força.
Quanto as tuas perguntas não te posso ajudar porque não passei pela amiocitese, mas não consegui ficar indeferente ao teu texto e vir dar uma força, um apoio. Sei que é sempre a conversa do costume, talvez aquela que não quisesses ouvir mas pensa positivo, pensa que tiveste uma filha saudável e este pode ser igual, acredita que vai correr bem....
Beijinhos

É muito complicado, ainda mais quando nao se sabe como vai ser, o medo de passar por tudo de novo é horrível ?

Sobre Jéssicaa

29.O9.2O1O Nasceu a princesa mais Linda do meu Reino Minha IaraFilipa ♥ ♥
23.1O.2O12 És o maior orgulho em mim Princepezinho :') GustavoMiguel ♥ ♥
Vocês são as Razões de Todos os meus Sorrisos Filhotes Espertalhão

http://pequenograndeguerreiro.blogspot.pt/

Rachel Lima Sousa -
Offline
Desde 20 Ago 2017

Mãe faz o exame rastreio químico nenhum bebe igual ao outro esse vai estar bem pode ter certeza tenha calma pede a Deus saúde para seus filhos

FilipaXF -
Offline
Desde 21 Dez 2013

Já pensaste fazer o exame Harmony?
N sei se deteta tudo mas sei que grande parte do que é detetado pela amniocintese é detetado pelo Harmony com 99%, e é só com amostra de sangue da mãe, é não invasivo.
Investiga, pode ser que seja uma opção.
Boa sorte!

CatiaS_S -
Offline
Desde 30 Set 2016

FilipaXF escreveu:
Já pensaste fazer o exame Harmony?
N sei se deteta tudo mas sei que grande parte do que é detetado pela amniocintese é detetado pelo Harmony com 99%, e é só com amostra de sangue da mãe, é não invasivo.
Investiga, pode ser que seja uma opção.
Boa sorte!

Penso que esse só serve para as trissomias (e nem são todas), não para um estudo genético tão específico.

Pense assim, se fizer a amniocentese e for detectado o problema, não significa necessariamente IMG, simplesmente fica a saber (e os médicos) com o que pode contar. Assim ao nascimento tomam logo todas as precauções necessárias.

O chato é mesmo esse do 5º andar sem elevador. Não consegue alojamento nesses dois dias noutro local? Nem que tenha de ir para um hotel! Na ultima hipótese, é mesmo dizer isso ao médico, pode ser que consiga ficar internada.

E sei que a amniocentese assusta muita gente, e sim, há risco de aborto (se bem que pequeno, se forem tomadas todas as precauções), mas pese bem os prós e contras. Cada cabeça sua sentença claro, mas no meu ponto de vista tem muito mais a ganhar ao fazer o exame. Pense só no descanso que vai ter quando vir que vem negativo Piscar o olho

Sobre CatiaS_S

Agosto 2016: Vamos tentar ter um filhote!
Set-Out 2016: Consultas, exames, análises; Folicil e Yodafar
Novembro 2016: Começam os treinos
10 Maio 2017: Positivo ao 5º ciclo Espertalhão
DPP: 11 Janeiro.....e se não quiser nascer, indução marcada para dia 17...
http://outroblogsobrematernidade.blogspot.pt/

MaedeMVC -
Offline
Desde 22 Ago 2014

Passei apenas para lhe dar apoio e força. Siga o seu coração e faça o que achar melhor para si e para os seus. Tenho a certeza que independentemente da decisão que tomar, que vai ser a melhor.
Beijinhos

Sobre MaedeMVC

A preparar-me para a minha estrelinha... ❤
26.08.2016 --> A minha estrelinha vem a caminho!
20.11.2016 --> É uma princesa!
24.11.2016 --> Primeiro Pontapé da Princesa!
DPP: 27/04/2017 Mas nasceste a 25/04/2017 com 2770gr e 46,5cm

Desde 13 Set 2012

Olá Jéssica...

eu sou muito pragmática e isso revela-se em tudo o que digo e escrevo; no entanto, consigo ser sensível na mesma e por isso acredita que percebo muito bem o que sentes e todos os medos que te afetam.

É no mínimo estranho não terem detetado nada no teu menino durante a gestação, embora eu não conheça em particular esse síndrome. Seja como for, nem consigo imaginar o que sente uma mãe cujo filho recém-nascido é logo submetido a procedimentos clínicos tão exigentes; mais, a angústia de não saber bem como vai evoluir a doença dele deve ser algo muito difícil de gerir.

Agora, e na 3ª gravidez, é normal sentires tudo o que descreveste. Não sei o que te levou a recusar o rastreio, mas de todo o modo, ele não serve de grande coisa já que é algo muito baseado em probabilidades e creio que mais direcionado para as 3 trissomias mais comuns. Eu também o recusei e sem qualquer motivo a não ser o facto de não confiar nesse rastreio. Em 2013, grávida pela 2ª vez, decidi logo que queria fazer a amniosentese. Claro que tem riscos, mas são ínfimos e, de qualquer forma, todo e qualquer procedimento clínico tem riscos e nós submetemo-nos na mesma. É tudo uma questão de pesar custos e benefícios. Para mim, que cheguei a este mundo já em desvantagem (sou cega total), era impensável vivenciar uma gravidez plenamente sem ter feito tudo o que está disponível e ao meu alcance para me dar certeza de que tudo estaria como deveria estar. Claro que sei que não controlamos tudo, e é óbvio que o meu filho poderia ter nascido com algo não detetável pela amniosentese, mas pelo menos eu saberia tudo o que é possível saber. Felizmente correu tudo lindamente e ele nasceu saudável e é muito saudável no alto dos seus 4 anos. Optei pela amniosentese com toda a convicção e conhecimento de causa. Sabia - sem dúvida que sabia - que se a amniosentese revelasse existência de trissomias ou outras malformações graves, a viagem seria encurtada e eu sofreria para sempre, mas preferia ser eu a sofrer do que trazer a este mundo um ser já em sofrimento. Quando não sabemos, em fim, é o que tem que ser; agora, sabendo... eu não seria capaz. Sei por experiência própria o que é viver com o estigma da diferença e eu tenho uma diferença muito pouco limitadora; nem quero imaginar diferenças inerentes a malformações gravíssimas que roubam a autonomia desde logo a seres tão indefesos.

A amniosentese foi feita numa 4ª-f, fiquei de baixa até sexta o que, juntando ao fim de semana, deu 5 dias. Fiz repouso nos 2 primeiros e moderado nos seguintes. Na segunda-feira voltei ao trabalho. Um 5º andar sem elevador deve ser terrível mesmo no dia-a-dia. Se puder ir passar esses 2 ou 3 dias em casa de alguém, vá; se não puder, suba patamar a patamar e descanse uns minutos.

Um beijinho e tudo de bom!

SMSantos

Votação

Qual destas bebidas consome no dia-a-dia?