Mudar de emprego | De Mãe para Mãe

Mudar de emprego

Responda
67 mensagens
Clara 🤰 -
Offline
Desde 05 Mar 2019

Trabalho na minha empresa há 5anos e meio ...
Confesso que até então gostava de trabalhar cá, mas entretanto a minha opinião mudou...
A empresa não valoriza as funcionárias e além do mais a minha relação com uma colega de loja não é a melhor ...
Já tenho andado a concorrer a por currículos mas para já ainda não tive sorte 🙄
Sabem quando uma pessoa se põe a pé de manhã e pensa logo pro mau ambiente de trabalho que vai ??! É como me sinto..
Preciso mesmo de mudar porque muito provavelmente isto vai acabar mal com esta colega ..ela so trabalha na empresa há um ano e pensa que é a chefe.
Sinceramente tenho vontade de nem por mais aqui os pés ...estou a aguentar mais este mês de dezembro para em janeiro pensar em me despedir..
Alguém sabe como funciona ? Tenho de dar 2 meses a casa ? E se tiver férias posso juntar las e reduzir o tempo ?

CatiaS_S -
Online
Desde 30 Set 2016

A situação está assim tão má que pondere em se despedir sem ter já o sítio para trabalhar depois? E se continuar a não receber resposta aos currículos, conseguem se aguentar vários meses assim? Se sim, força. Tenho uma colega que fez isso o ano passado em janeiro. Depois meteu-se o covid e tal e ainda está desempregada. Mas pronto, tinha condições para tal.
.
Já eu não tenho esse tipo de condições então vou-me aguentando á bronca (se bem que as coisas não estavam tão más para mim como estavam para ela).
.
De resto, sim, são dois meses a não ser que entrem em acordo. Quanto às férias, pelo que percebo os patrões não são obrigados a dar os dias, podem pagar, mas é melhor esclarecer isso com o ACT. Na minha empresa nunca dão, é ficar até ao último segundo (mas não sei se é porque entram em acordo ou se é mesmo exigência)

Ifam -
Offline
Desde 04 Set 2015

Na minha empresa as férias podem ser usadas como tempo dado á casa, fazem as contas para saber qual o último dia de trabalho,se tiver um mês de férias para gozar, trabalha um mês e no outro fica de férias..
Por acaso eu sinto mais ou menos o mesmo, que a minha empresa nos últimos anos também me tem desiludido muito , mas são 11 anos já, e a sorte de sermos uma equipa, neste momento só de duas, mas espetacular, senão também ia ser horrível..
Mas devido a tudo isto do Covid, e do que se vai seguir depois ,nem pondero a hipótese de trocar de trabalho agora..

fmmartins -
Offline
Desde 14 Dez 2016

Eu na altura que me despedi estava efetiva (trabalhava à 6 anos nesse sitio), dei 1 mês porque entramos em acordo. Tínhamos e ainda temos uma excelente relação, saí por causa dos horários e da distância, com a minha filha pequena não estava a ser fácil e entenderam.

Teresa.A -
Offline
Desde 28 Nov 2019

Sim, estando à 5 anos na empresa tem de dar 2 meses de aviso.
Eu quando me despedi gozei as férias quase todas que tinha e sai de boas relações com os meus chefes. Acordei com eles acabar todos os projetos que tinha na altura e não deixei pontas soltas.
Atenção que quando se despede não tem direito ao subsídio de desemprego.
Aconselho sempre um telefonema para o ACT para saber bem tudo o que tem direito no acerto de contas. É normal a contabilidade esquecer um subsídio ou dias de férias. Não esquecer que a 1 de janeiro adquire o direito a mais 22 dias de férias que se não forem gozados tem de ser pagos.

carlabrito -
Offline
Desde 30 Maio 2017

Se pondera se despedir, porque nao colocar em cima da mesa com a sua chefia, o que lhe está a atormentar?
Se é a sua colega que a chateia, porque nao se queixa à chefia? Já o fez?
O que é que lhe poderia acontecer de mal a si? Ser despedida? É isso que pensa.
Senão, até podem resolver as coisas a bem.
Quando algo nao me está bem, eu falo com a minha chefia.

CatiaS_S -
Online
Desde 30 Set 2016

Teresa.A escreveu:
Sim, estando à 5 anos na empresa tem de dar 2 meses de aviso.
Eu quando me despedi gozei as férias quase todas que tinha e sai de boas relações com os meus chefes. Acordei com eles acabar todos os projetos que tinha na altura e não deixei pontas soltas.
Atenção que quando se despede não tem direito ao subsídio de desemprego.
Aconselho sempre um telefonema para o ACT para saber bem tudo o que tem direito no acerto de contas. É normal a contabilidade esquecer um subsídio ou dias de férias. Não esquecer que a 1 de janeiro adquire o direito a mais 22 dias de férias que se não forem gozados tem de ser pagos.

Ou seja, compensa mais uma pessoa se despedir em janeiro do que dezembro? Bom saber

Marina4 -
Online
Desde 15 Maio 2016

Já me.despedi de empregos que odiava, sim. Até tomar a decisão e falar, foi um sofrimento interno muito grande. Mas depois, sentia a liberdade a chegar e já tinha um objetivo.. parecia uma prisoneira a contar os dias.

Clara 🤰 -
Offline
Desde 05 Mar 2019

CatiaS_S escreveu:
A situação está assim tão má que pondere em se despedir sem ter já o sítio para trabalhar depois? E se continuar a não receber resposta aos currículos, conseguem se aguentar vários meses assim? Se sim, força. Tenho uma colega que fez isso o ano passado em janeiro. Depois meteu-se o covid e tal e ainda está desempregada. Mas pronto, tinha condições para tal.
.
Já eu não tenho esse tipo de condições então vou-me aguentando á bronca (se bem que as coisas não estavam tão más para mim como estavam para ela).
.
De resto, sim, são dois meses a não ser que entrem em acordo. Quanto às férias, pelo que percebo os patrões não são obrigados a dar os dias, podem pagar, mas é melhor esclarecer isso com o ACT. Na minha empresa nunca dão, é ficar até ao último segundo (mas não sei se é porque entram em acordo ou se é mesmo exigência)

Financeiramente durante algum tempo não ficaria mal sem emprego...mas eu não quero isso...
Eu quero mesmo conseguir arranjar algo até janeiro e aí sim ir embora.

Clara 🤰 -
Offline
Desde 05 Mar 2019

Ifam escreveu:
Na minha empresa as férias podem ser usadas como tempo dado á casa, fazem as contas para saber qual o último dia de trabalho,se tiver um mês de férias para gozar, trabalha um mês e no outro fica de férias..
Por acaso eu sinto mais ou menos o mesmo, que a minha empresa nos últimos anos também me tem desiludido muito , mas são 11 anos já, e a sorte de sermos uma equipa, neste momento só de duas, mas espetacular, senão também ia ser horrível..
Mas devido a tudo isto do Covid, e do que se vai seguir depois ,nem pondero a hipótese de trocar de trabalho agora..

Cada vez mais me mentalizo que as empresas são todas iguais só veem €€ de resto não querem saber de mais nada.

Clara 🤰 -
Offline
Desde 05 Mar 2019

carlabrito escreveu:
Se pondera se despedir, porque nao colocar em cima da mesa com a sua chefia, o que lhe está a atormentar?
Se é a sua colega que a chateia, porque nao se queixa à chefia? Já o fez?
O que é que lhe poderia acontecer de mal a si? Ser despedida? É isso que pensa.
Senão, até podem resolver as coisas a bem.
Quando algo nao me está bem, eu falo com a minha chefia.

Não vale a pena , a chefe gosta muito da outra colega ..nunca ficaria do "meu lado"
Tb tou mais que desiludida com a minha chefe pois nunca deu valor a nada do que uma pessoa já fez ...

Teresa.A -
Offline
Desde 28 Nov 2019

CatiaS_S escreveu:

Teresa.A escreveu:Sim, estando à 5 anos na empresa tem de dar 2 meses de aviso.
Eu quando me despedi gozei as férias quase todas que tinha e sai de boas relações com os meus chefes. Acordei com eles acabar todos os projetos que tinha na altura e não deixei pontas soltas.
Atenção que quando se despede não tem direito ao subsídio de desemprego.
Aconselho sempre um telefonema para o ACT para saber bem tudo o que tem direito no acerto de contas. É normal a contabilidade esquecer um subsídio ou dias de férias. Não esquecer que a 1 de janeiro adquire o direito a mais 22 dias de férias que se não forem gozados tem de ser pagos.

Ou seja, compensa mais uma pessoa se despedir em janeiro do que dezembro? Bom saber


Sim, se te despedires, nunca em dezembro. A 2 de janeiro tens um ordenado extra.

Clara 🤰 -
Offline
Desde 05 Mar 2019

fmmartins escreveu:
Eu na altura que me despedi estava efetiva (trabalhava à 6 anos nesse sitio), dei 1 mês porque entramos em acordo. Tínhamos e ainda temos uma excelente relação, saí por causa dos horários e da distância, com a minha filha pequena não estava a ser fácil e entenderam.

Eu sou sincera também tenho vontade de mudar porque gostava de arranjar um trabalho de segunda a sexta para estar mais tempo com o meu filho.

Clara 🤰 -
Offline
Desde 05 Mar 2019

Ifam escreveu:
Na minha empresa as férias podem ser usadas como tempo dado á casa, fazem as contas para saber qual o último dia de trabalho,se tiver um mês de férias para gozar, trabalha um mês e no outro fica de férias..
Por acaso eu sinto mais ou menos o mesmo, que a minha empresa nos últimos anos também me tem desiludido muito , mas são 11 anos já, e a sorte de sermos uma equipa, neste momento só de duas, mas espetacular, senão também ia ser horrível..
Mas devido a tudo isto do Covid, e do que se vai seguir depois ,nem pondero a hipótese de trocar de trabalho agora..

Já agora desculpa a pergunta , em que trabalhas ?
Sim quando se tem a sorte de trabalhar com pessoas que se dão bem ..

fmmartins -
Offline
Desde 14 Dez 2016

Clara 🤰 escreveu:

fmmartins escreveu:Eu na altura que me despedi estava efetiva (trabalhava à 6 anos nesse sitio), dei 1 mês porque entramos em acordo. Tínhamos e ainda temos uma excelente relação, saí por causa dos horários e da distância, com a minha filha pequena não estava a ser fácil e entenderam.

Eu sou sincera também tenho vontade de mudar porque gostava de arranjar um trabalho de segunda a sexta para estar mais tempo com o meu filho.

Podes ir procurando e quando arranjares alguma coisa que te agrade negoceias a tua saída.

Ifam -
Offline
Desde 04 Set 2015

Clara 🤰 escreveu:

Ifam escreveu:Na minha empresa as férias podem ser usadas como tempo dado á casa, fazem as contas para saber qual o último dia de trabalho,se tiver um mês de férias para gozar, trabalha um mês e no outro fica de férias..
Por acaso eu sinto mais ou menos o mesmo, que a minha empresa nos últimos anos também me tem desiludido muito , mas são 11 anos já, e a sorte de sermos uma equipa, neste momento só de duas, mas espetacular, senão também ia ser horrível..
Mas devido a tudo isto do Covid, e do que se vai seguir depois ,nem pondero a hipótese de trocar de trabalho agora..

Já agora desculpa a pergunta , em que trabalhas ?
Sim quando se tem a sorte de trabalhar com pessoas que se dão bem ..

No comércio

Clara 🤰 -
Offline
Desde 05 Mar 2019

Pois é como eu..também é no comércio.
Eu penso que eles tb fazem essa situação de quando alguém se despede deixam colocar férias para descontar.

Clara 🤰 -
Offline
Desde 05 Mar 2019

fmmartins escreveu:

Clara 🤰 escreveu:
fmmartins escreveu:Eu na altura que me despedi estava efetiva (trabalhava à 6 anos nesse sitio), dei 1 mês porque entramos em acordo. Tínhamos e ainda temos uma excelente relação, saí por causa dos horários e da distância, com a minha filha pequena não estava a ser fácil e entenderam.

Eu sou sincera também tenho vontade de mudar porque gostava de arranjar um trabalho de segunda a sexta para estar mais tempo com o meu filho.

Podes ir procurando e quando arranjares alguma coisa que te agrade negoceias a tua saída.

Não sei é quanto tempo mais aguento sem ir á cara da outra mas pronto ...quando encher de vez encheu.

fmmartins -
Offline
Desde 14 Dez 2016

Clara 🤰 escreveu:

fmmartins escreveu:
Clara 🤰 escreveu:
fmmartins escreveu:Eu na altura que me despedi estava efetiva (trabalhava à 6 anos nesse sitio), dei 1 mês porque entramos em acordo. Tínhamos e ainda temos uma excelente relação, saí por causa dos horários e da distância, com a minha filha pequena não estava a ser fácil e entenderam.

Eu sou sincera também tenho vontade de mudar porque gostava de arranjar um trabalho de segunda a sexta para estar mais tempo com o meu filho.

Podes ir procurando e quando arranjares alguma coisa que te agrade negoceias a tua saída.

Não sei é quanto tempo mais aguento sem ir á cara da outra mas pronto ...quando encher de vez encheu.

Mas olha aí vai ser pior para ti porque podes ser despedida com justa causa. Mantêm a calma, manda-a à [email protected] mentalmente e vai procurando.

Clara 🤰 -
Offline
Desde 05 Mar 2019

Tens toda a razão mas às vezes dá uma vontade 🤬🤬

SweetBlonde -
Offline
Desde 02 Ago 2012

Sim, são dois meses mas se a entidade patronal concordar pode usar o mês de férias que adquiriu a 1 de Janeiro ou até usar os dois (+ 22 dias de férias não goazadas). Para saber o que tem direito tem aqui o simulador: https://www.act.gov.pt/(pt-PT)/CentroInformacao/Simulador/Paginas/default.aspx

Blonde

************************************

Madrinha e afilhada orgulhosa da Nelia02

Kymmy -
Offline
Desde 08 Dez 2016

Olá Clara,

Identifico-me bastante com o seu post...estou a pensar fazer o mesmo, no meu caso já estou na empresa à 7 anos e meio.
Sei bem o que sente, também tenho um colega que me inferniza a vida à vários anos e a minha chefe tem conhecimento, inclusivamente já presenciou a faltas de respeito que ele teve comigo e não fez nada, ainda o defende em muitas situações...isto para mim é inaceitável!
Ando a ponderar à muito tempo despedir-me, mas como não tenho ainda um sitio para onde ir sei que é muito arriscado, mas temo pela minha saúde mental! Bom seria, que conseguíssemos sair a bem das nossas empresas e nos passassem os papéis para o subsidio de desemprego, no final de contas já demos muito às empresas...será pedir muito? Não será possível chegar-se a um acordo com as entidades patronais nestes casos? Também tenho muitas dúvidas sobre este assunto...

Ansha -
Offline
Desde 13 Abr 2016

Poder chegar-se a acordo, pode, depende sempre da boa vontade deles

Clara 🤰 -
Offline
Desde 05 Mar 2019

SweetBlonde escreveu:
Sim, são dois meses mas se a entidade patronal concordar pode usar o mês de férias que adquiriu a 1 de Janeiro ou até usar os dois (+ 22 dias de férias não goazadas). Para saber o que tem direito tem aqui o simulador: https://www.act.gov.pt/(pt-PT)/CentroInformacao/Simulador/Paginas/default.aspx

Muito obrigada ☺️ deu muito jeito.

Clara 🤰 -
Offline
Desde 05 Mar 2019

Kymmy escreveu:
Olá Clara,
Identifico-me bastante com o seu post...estou a pensar fazer o mesmo, no meu caso já estou na empresa à 7 anos e meio.
Sei bem o que sente, também tenho um colega que me inferniza a vida à vários anos e a minha chefe tem conhecimento, inclusivamente já presenciou a faltas de respeito que ele teve comigo e não fez nada, ainda o defende em muitas situações...isto para mim é inaceitável!
Ando a ponderar à muito tempo despedir-me, mas como não tenho ainda um sitio para onde ir sei que é muito arriscado, mas temo pela minha saúde mental! Bom seria, que conseguíssemos sair a bem das nossas empresas e nos passassem os papéis para o subsidio de desemprego, no final de contas já demos muito às empresas...será pedir muito? Não será possível chegar-se a um acordo com as entidades patronais nestes casos? Também tenho muitas dúvidas sobre este assunto...

Olá Kymmy,
Estou a ver que passa pelo mesmo que eu..
Mas no teu caso ainda é bastante pior pois a tua chefe já presenciou e nada fez 🤬🤬 eu sei o que ela também precisava...
Olha eu esta semana já disse a que trabalha comigo que se tiver algum problema a gente conversa fora do trabalho 😤😤
Eu acho que depende muito das empresas chegarem a esses acordos ..
A minha sogra fez um acordo desses na altura que trabalhava foi ela que se despediu e mesmo assim eles deram lhe o desemprego.
Tens toda a razão uma pessoa faz muita coisa pelas empresa e nem reconhecem isso ...por isso que mal tenha oportunidade nem olho para trás , espero que consigas o mesmo .

Clara 🤰 -
Offline
Desde 05 Mar 2019

Ansha escreveu:
Poder chegar-se a acordo, pode, depende sempre da boa vontade deles

Pois pena eles muitas vezes não terem boa vontade 🙄🙄

SweetBlonde -
Offline
Desde 02 Ago 2012

Clara 🤰 escreveu:

Ansha escreveu:Poder chegar-se a acordo, pode, depende sempre da boa vontade deles

Pois pena eles muitas vezes não terem boa vontade 🙄🙄

Depende dos patrões. Alguns fazem mas há outros tão rascas que quando percebem que queres sair, fazem-te a vida num inferno até tu própria saíres.

O meu marido está nessa situação. Tem uma colega que passa a vida a fazer queixa dele e a chefe ainda a apoia. Está lá há 7 anos depois dum ano no desemprego. Com 52 anos não tem grandes hipóteses de mudar. Bem procura mas...

Blonde

************************************

Madrinha e afilhada orgulhosa da Nelia02

Clara 🤰 -
Offline
Desde 05 Mar 2019

SweetBlonde escreveu:

Clara 🤰 escreveu:
Ansha escreveu:Poder chegar-se a acordo, pode, depende sempre da boa vontade deles

Pois pena eles muitas vezes não terem boa vontade 🙄🙄

Depende dos patrões. Alguns fazem mas há outros tão rascas que quando percebem que queres sair, fazem-te a vida num inferno até tu própria saíres.
O meu marido está nessa situação. Tem uma colega que passa a vida a fazer queixa dele e a chefe ainda a apoia. Está lá há 7 anos depois dum ano no desemprego. Com 52 anos não tem grandes hipóteses de mudar. Bem procura mas...

Eu sou apologista de quando uma pessoa não está bem tem de mudar independentemente da idade.
A minha mãe é a prova viva disso ..tem 51 e há um ano que mudou de emprego e já trabalhava lá há 11 anos .. quando não dão valor há que mudar , há de sempre aparecer algo 🤞

CatiaS_S -
Online
Desde 30 Set 2016

Clara 🤰 escreveu:

SweetBlonde escreveu:
Clara 🤰 escreveu:
Ansha escreveu:Poder chegar-se a acordo, pode, depende sempre da boa vontade deles

Pois pena eles muitas vezes não terem boa vontade 🙄🙄

Depende dos patrões. Alguns fazem mas há outros tão rascas que quando percebem que queres sair, fazem-te a vida num inferno até tu própria saíres.
O meu marido está nessa situação. Tem uma colega que passa a vida a fazer queixa dele e a chefe ainda a apoia. Está lá há 7 anos depois dum ano no desemprego. Com 52 anos não tem grandes hipóteses de mudar. Bem procura mas...

Eu sou apologista de quando uma pessoa não está bem tem de mudar independentemente da idade.
A minha mãe é a prova viva disso ..tem 51 e há um ano que mudou de emprego e já trabalhava lá há 11 anos .. quando não dão valor há que mudar , há de sempre aparecer algo 🤞


Sim, mas é diferente mudar porque se arranjou outro emprego ou despedir e ficar sem emprego porque ninguém o quer 🤷

SweetBlonde -
Offline
Desde 02 Ago 2012

CatiaS_S escreveu:

Clara 🤰 escreveu:
SweetBlonde escreveu:
Clara 🤰 escreveu:
Ansha escreveu:Poder chegar-se a acordo, pode, depende sempre da boa vontade deles

Pois pena eles muitas vezes não terem boa vontade 🙄🙄

Depende dos patrões. Alguns fazem mas há outros tão rascas que quando percebem que queres sair, fazem-te a vida num inferno até tu própria saíres.
O meu marido está nessa situação. Tem uma colega que passa a vida a fazer queixa dele e a chefe ainda a apoia. Está lá há 7 anos depois dum ano no desemprego. Com 52 anos não tem grandes hipóteses de mudar. Bem procura mas...

Eu sou apologista de quando uma pessoa não está bem tem de mudar independentemente da idade.
A minha mãe é a prova viva disso ..tem 51 e há um ano que mudou de emprego e já trabalhava lá há 11 anos .. quando não dão valor há que mudar , há de sempre aparecer algo 🤞

Sim, mas é diferente mudar porque se arranjou outro emprego ou despedir e ficar sem emprego porque ninguém o quer 🤷

Depois dum ano em casa sem o chamarem de lado nenhum, ele não quer arriscar a sair sem anda até porque nunca o fez. Não nos podemos dar ao luxo de sobreviver apenas com o meu ordenado.

Blonde

************************************

Madrinha e afilhada orgulhosa da Nelia02

Ansha -
Offline
Desde 13 Abr 2016

SweetBlonde escreveu:

CatiaS_S escreveu:
Clara 🤰 escreveu:
SweetBlonde escreveu:
Clara 🤰 escreveu:
Ansha escreveu:Poder chegar-se a acordo, pode, depende sempre da boa vontade deles

Pois pena eles muitas vezes não terem boa vontade 🙄🙄

Depende dos patrões. Alguns fazem mas há outros tão rascas que quando percebem que queres sair, fazem-te a vida num inferno até tu própria saíres.
O meu marido está nessa situação. Tem uma colega que passa a vida a fazer queixa dele e a chefe ainda a apoia. Está lá há 7 anos depois dum ano no desemprego. Com 52 anos não tem grandes hipóteses de mudar. Bem procura mas...

Eu sou apologista de quando uma pessoa não está bem tem de mudar independentemente da idade.
A minha mãe é a prova viva disso ..tem 51 e há um ano que mudou de emprego e já trabalhava lá há 11 anos .. quando não dão valor há que mudar , há de sempre aparecer algo 🤞

Sim, mas é diferente mudar porque se arranjou outro emprego ou despedir e ficar sem emprego porque ninguém o quer 🤷

Depois dum ano em casa sem o chamarem de lado nenhum, ele não quer arriscar a sair sem anda até porque nunca o fez. Não nos podemos dar ao luxo de sobreviver apenas com o meu ordenado.


Sim, compreendo. Mas se não se tem uma boa estrutura psíquica, essa pressão pode destruir alguém aos poucos, é mt complicado....

Outros tópicos relacionados

Bebegel em recem nascido
Olá mamãs Estou a começar a desesperar,o meu bebé tem 3 semanas, está a beber suplemento e nunca tinha tido cólicas. Esta noite foi terrível porque não faz cocó há 2 dias e meio. Ajudei-o com o termómetro,com o cotonete,estimulei com um toalhete,...
Não faz cocó
Olá mamãs, Estou a desesperar! O meu príncipe há 5 dias que não faz cocó. Ele nunca fez todos os dias,mas amor fez dia sim dia não,de 2 em 2 dias... Ontem pus-lhe um bebegel e não fez nada, nem o vi a fazer força para tentar fazer. Já aconteceu com...
Recém nascido muito assado
Olá mamãs Tenho uma bebé com 1 mês que está super assada e já não sei o que fazer. Só uso compressas com água,já usei bepanthene, Mytosil, uriage... Ela faz 4/5 cocós por dia o que também não ajuda. Às vezes parece que fica melhor,mas de repente vem...
Cocó esverdeado
Ola mamãs Ontem à noite quando mudei a fralda ao meu bebé ele tinha um bocadinho de cocó,não era muito, e era esverdeado. É normal?" Ele só bebé suplemento. Será que é motivo para preocupação?
Bebé tem muitos gases e cólicas
Olá mamãs Ando a desesperar com as cólicas da minha bebé. Ela bebé LM e LA Nan Optipro 1. Acontece que ela engole imenso ar a mamar e a beber o biberon, na sequência disposto tem imensos gases. Faz cocó sem dificuldade,mas tem imensas cólicas devido...
Engole muito ar = cólicas
Olá mamãs Já não sei o que fazer. A minha bebé tem 15 dias e está sempre cheia de soluços. O pediatra até aconselhou ela não mamar só de um peito para não ter de fazer tanta força, então dou metade de um lado e o resto do outro e de facto tem tido...

Votação

Qual destas bebidas consome no dia-a-dia?