Medo do futuro | De Mãe para Mãe

Medo do futuro

Responda
17 mensagens
Beli13 -
Offline
Desde 04 Jun 2019

O meu marido está em guerra com a minha mãe.
Ela sempre intercede a meu favor. Mas tudo piorou quando ele insistiu em fazer um muro a dividir o patio das duas casas( sim, a nossa casa é ao lado da dos meus pais com patio comum a separar). Eu não queria gastar mais dinheiro c mais obras e minha mãe compreendeu isso e intercedeu a meu favor, e meu marido quer privacidade. Nota: meus pais não são intrometidos, nem chatos ou daqueles sogros que a gente quer longe. Mas meu marido sempre teve uma atitude defensiva c eles. Senti sempre um afastamento. Ele nunca compreendeu a excelente relação que tenho com eles( são e foram sempre excelentes pais,devo lhes tudo e precisam de ajuda porque estão doentes).
Agora, vamos avançar com a obra mas estou pouco confiante nas verdadeiras intenções do meu marido porque já me disse que quando tivermos filhos, pode acontecer de ele não deixar os meus pais verem o nosso filho se a minha mãe continuar a dar a opinião dela e a interceder por mim.
Estou revoltada com estas atitudes e indecisa se devo continuar esta relação.

ClaraMiguel -
Offline
Desde 03 Nov 2013

A minha questão é: e porque é a sua mãe intercede por vocês nos assuntos que são apenas seus e do seu marido? Porque é que ela dá a sua opinião em assuntos que são apenas seus e do seu marido? Diz que eles não são aqueles sogros que queremos ver ao longe mas se calhar para o seu marido são ao ponto de sentir que ela opina demais e de precisar de construir um muro.
Quanto a deixar ou não ver o vosso filho, a decisão é dos dois. Mas não se ponham a ter filhos sem antes falarem das coisas. E já agora, sem antes ter a certeza que quer mesmo ficar com ele.

Marina4 -
Offline
Desde 15 Maio 2016

Estou do lado do marido...ter de viver encostado aos sogros?

bolas_e_bolinhas -
Offline
Desde 31 Mar 2012

Depende dos sogros.
de todo o modo, convem pensar bem antes de decidir ter filhos. é algo muito serio e que muda muito uma relacao. precisa haver entendimento.

Moranguita2017 -
Offline
Desde 03 Out 2017

Boa noite.
Você diz que os seus pais não são intrometidos, nem chatos ou daqueles sogros que queremos estar longe,mas isso é a sua opinião porque são seus pais e estão sempre a interceder por si,logo tem uma opinião diferente da que o seu marido tem,se fosse o contrário será que você iria aceitar assim tão bem as opiniões dos seus sogros e estarem constantemente a interceder pelo filho(seu marido) ?
Diz que os seus pais não são intrometidos mas no entanto estão sempre a interceder por si e a dar a opinião deles em coisas que deve ser o casal a decidir .Ate acho normal que o seu marido não goste desse tipo de atitudes da parte dos seus pais.
Eu sempre achei que quando um casal se junta não deve morar nem muito longe nem muito perto dos pais/sogros porque se morarem muito perto acaba por dar "confusao", são raras as relações que resultam ao morarem perto uns dos outros.
Quanto há questão de um dia terem filhos levarem os filhos a ver os avós é uma decisão do casal não deve ser só uma decisão tomada pelo seu marido.
E se não tem a certeza se quer continuar nessa relação então pense primeiro antes de tentarem ter filhos ,porque um filho pode ser uma grande "prova de fogo" para a relação do casal.
Por isso pense bem no que quer pra sua vida antes de meter uma criança ao mundo.

Mama_Xana -
Offline
Desde 15 Maio 2012

Aqui vê-se muito as noras em conflito com as sogras, o seu caso é o contrario.
Acredito que não veja os seus pais como pessoas intrometidas, mas tomarem partido de um ou opinarem sobre assuntos que não lhes dizem respeito é sim ser intrometido.
A minha mãe morou connosco durante um tempo quando o meu filho era bebé, quando eu e o meu marido tínhamos algum tipo de desacordo, ela simplesmente não abria a boca. Se lhe custava? provavelmente sim, mas sempre o fez por achar que o assunto não lhe dizia respeito e que eramos nós que tínhamos de resolver.
Coloque-se no sitio do seu marido com a sua sogra a ter exactamente as mesmas atitudes da sua mãe e avalie se isso não a incomodaria.
Antes de pensarem em ter filhos avaliem bem as vossas prioridades e vejam se se entendem no básico, porque não será um muro que vai evitar o que quer que seja e sim um filho é um desafio em qualquer relação, se as coisas não estiverem bem definidas entre vocês pode ser a "prova de fogo" da vossa relação.

DianaES -
Offline
Desde 08 Out 2013

Olá,
de facto sempre achei que viver junto ou demasiado perto (na casa ao lado, na mesma rua até…) c/pais ou sogros não se aconselha… E não tem a ver com a relação que temos com eles, pode ser a melhor e mesmo assim, para mim estaria fora de questão… Portanto sinto empatia com o marido no sentido de se querer "distanciar" um pouco. Quer mais privacidade, é legítimo.
E apesar de achar que a sua mãe não se mete, etc. e tal, às vezes as pessoas não têm a mesma perspetiva, e basta a relação do seu marido com os próprios pais ser diferente da sua com os seus para ele ver as coisas de outra maneira. Isso acontece muito comigo e com o meu marido, a nossa relação com os pais é muito diferente, e nem sempre ele aceita bem a minha e nem sempre aceito bem a dele… Acho que não é motivo para tanto alarido… O seu marido deve ter dito isso de cabeça quente e claaaaro que quando tiverem filhos dará imenso jeito a ajuda dos avós… Deixe que os ânimos se acalmem, ceda e faça o muro… Acabará tudo por correr pelo melhor.

Anete Silva -
Offline
Desde 06 Fev 2019

Olá! Eu acho que o segredo para tudo na vida é nos colocarmos no lugar dos outros e não estar sempre a pensar e analisar as coisas pela nossa bitola.
Por tudo o que descreves parece-me que estás somente a ver pelo teu ponto de vista, as tuas opiniões a tua bitola, toda a descrição soa até um pouco infantil, desculpa que te diga... o menino que te contradiz a a mãe vai te defender...
A tua mãe não tem nada que interceder a teu favor... uma relação deve ser só entre os dois e deve existir diálogo e concordância e os terceiros nunca se devem meter, só piora as situações...
Dá-me ideia que o teu marido sente que tem uma frente unida de 3 pessoas a decidir as coisas, em parceria e ele está de parte... o teu papel é estar do lado do teu marido não é te unires ao teus pais...
Viver mesmo ao lado dos sogros é sempre uma invasão de privacidade, não é para ti porque são teus pais mas é para ele porque não são pais dele... Deus me livre ter sempre os meus sogros a saber as horas que entro, que saio, o que faço, o que digo, etc... também construía um muro e se os marido me pedisse isso compreendia perfeitamente...
Para o teu marido ter essa posição de quando tiverem filhos os teus pais não se vão meter é porque os teus pais se devem meter sim, senão ele não dizia isso... acho que para bem da tua relação tens que criar uma parceria com o teu marido... uma relação madura, em que muitas vezes terás que ceder e compreender a posição dele.
Eu sou muito chegada aos pais, somos muito unidos, muito próximos e estamos sempre muito juntos mas na minha relação ninguém se mete e ninguém opina sobre as questões de filhos e gestão da casa... isso é assunto meu e do namorado, eu própria é que reajo à defensiva quando opinam para dentro da nossa relação e eu sou a primeira a dizer que ninguém o chama a atenção mesmo que seja em minha defesa, não sou uma criança, não preciso que os meus pais me resolvam os meus assuntos.
Pondera bem todos esses aspectos e tenta te colocar na posição do marido, pensa sempre se fosse ao contrário...

Janis_ -
Offline
Desde 11 Mar 2016

O facto de a sua mãe interceder a seu favor pode efectivamente ser um sinal que ela poderá estar a opinar em assuntos que são do casal e vivendo vocês em paredes meias a tensão é normal que aumente.
Também sou da opinião que os nossos pais não devem estar demasiado perto, nem demasiado longe, para que se consigam diferenciar os diferentes espaços e existir uma convivência saudável entre todos. Quanto à postura do seu marido, opinando sem conhecer o que verdadeiramente o move, parece-me excessivo e pouco correcto para consigo entrar em guerra com a sua mãe (sabendo ele que você a ama e respeita) e ainda por cima usar o tema filhos como hipotética arma de arremesso, como se os vossos filhos não tivessem direito a ver o seus avós e conviver com eles. Os filhos são nossos dependentes, mas também têm os seus direitos, os quais nós como pais devemos salvaguardar, têm direito a ter avós (a menos que os avós não tenham boa índole), não são objectos que possam ser utilizados para guerras pessoais.
Pessoalmente, este tipo de ameaças para mim também não me agradariam e possivelmente colocaria em xeque a minha relação.
Lamento o que está a passar, sei a importância dos nossos pais na nossa vida e é triste que se tenha de confrontar com essas quezílias entre a sua mãe e o seu companheiro.

BagaLaranja -
Offline
Desde 02 Abr 2014

Se cada vez que eu tenho uma discussao com o meu namorado tivesse uma terceira pessoa a dar opiniao... sinceramente... nao há paciencia! A discussao é dos dois, nao tem de haver uma terceira pessoa. Dois é bom, 3 é de mais, nunca ouviu? Nao importa de que lado está a terceira pessoa, é muito desagradável. Se estivesse sempre do meu lado eu até me sentia mal, mas se estivesse sempre contra mim ia ser ainda pior!
Também acho que nao devem ter filhos até terem a vossa posicao na vossa relacao resolvida. Os filhos tem o direito a ver os avós, mas os avós nao tem o direito de se estarem sempre a meter, especialmente se estiverem sempre contra um dos elementos do casal.

Beli13 -
Offline
Desde 04 Jun 2019

Olá
Obrigada pelas vossas respostas. Ajudam muito a ver as coisas doutra perspectiva.
Clarificando aqui um ponto que penso não foi bem interpretado: a minha mãe nunca opina à frente dele, a unica vez foi esta porque o muro também lhe diz respeito. Quando refiro que ela intercede a meu favor, quer dizer que quando converso com ela sobre alguns assuntos temos a mesma opinião.
Espero que o muro resolva.
A verdade é que me sinto culpada, os meus pais estão doentes e precisam de mim, não têm mais ninguém que os ajude. Mas tenho de saber dividir as aguas e ainda não consegui a 100%.

Andreissse -
Offline
Desde 13 Nov 2015

Compreendo perfeitamente o seu medo do futuro eu também sentiria. Acho louvável o sentimento que sente pelos seus pais e de os querer ajudar, ainda para mais doentes. Se a sua mãe não opina à frente dele nem se mete o seu marido não tem motivo nenhum para esse comportamento. Criar um muro? Por favor. E usar os filhos como arma, ainda pior! Eu sou a favor que uma pessoa casa mas o marido não é o centro do mundo. Há pais, amigos, restantes familiares que sempre nos ajudaram e que depois quando precisam também devemos estar lá. Desabafar com a mãe ou uma amiga depois de uma discussão é perfeitamente normal e troca de opiniões também... Quando foi viver consigo já sabia que seus pais viviam ao lado... E logicamente há mais convivência, menos privacidade sem que alguem até force isso... É inevitável! Os pais n passam a desconhecidos! Espero que as coisas melhorem... Mas pense primeiro em si, maridos há muitos...

Beli13 -
Offline
Desde 04 Jun 2019

Pois, eu também penso assim.
Sou a primeira a incentivar o meu marido p estarmos com os meus sogros. Antes de serem sogros, são nossos pais. Não sou nada apologista das celeumas que se criam. Privacidade sempre, mas passar a tratar os pais/sogros como desconhecidos que só se visita uma vez por mês, não.

SaraP3 -
Offline
Desde 23 Jun 2018

Peço desculpa mas ninguém devia impedir os filhos de ver os avós!! Os miúdos é que ficam a perder porque uma relação é cortada sem haver motivos fortes para isso... Ser intrometido... Uma vez que vivem praticamente lado a lado fica um bocado complicado não conviverem não é? Se o seu marido os considera intrometidos porque não se sentam todos e têm uma conversa sobre o assunto e tentam chegar a um acordo?

bolas_e_bolinhas -
Offline
Desde 31 Mar 2012

Por estas situacoes é que o ideal é nao viver porta com porta nem com pais nem.com sogros. evitam se questoes destas. eu tambem adoraria morar ao lado da mimha familia, admito! mas se calhar o meu marido nao iria gostar assim tanto, assim como eu nao gostaria de morar ao lado dos meus sogros!

SweetBlonde -
Offline
Desde 02 Ago 2012

Vou dar a minha opinião que vale o que vale. Eu moro ao lado dos meus sogros. Quando fui morar para lá as paredes do jardim de trás eram à altura da cintura (as moradias são em banda) e conforme eu não queria os vizinhos dum lado sempre a ver o que eu estava a fazer, também nã oo queria os meus sogros sempre a dar fé do que eu fazia além de eles também não tinham privacidade, pelo que subimos de ambos os lados. Quanto ás poiniões foi uma questão de "educação". A minha mãe por norma nunca se meteu. Já tem passado uns dias em minha casa por estar doente e nunca s mete nos nossos assunto mesmo quando pedimos opinião. Ás vezes até irrita porque são coiss corriqueiras e ela responde sempre que nós é que sabemos. Em questões conjugais então, nem pensar. Já os meus sogros, principalmente a minha sogra tem sempre uma palavra a dar, quase sempre ignorada, principalmente pelo meu marido. Mas isto claro, são muitos anos de experiência e de lições de vida e também de não darmos demasiada importância a certas coisas.

Medo do futuro? Medo tenho, de doenças, de eu ou o meu marido ficarmos desempregados.

O resto, tudo se resolve Careta

Blonde

************************************

Madrinha e afilhada orgulhosa da Nelia02

SweetBlonde -
Offline
Desde 02 Ago 2012

Vou dar a minha opinião que vale o que vale. Eu moro ao lado dos meus sogros. Quando fui morar para lá as paredes do jardim de trás eram à altura da cintura (as moradias são em banda) e conforme eu não queria os vizinhos dum lado sempre a ver o que eu estava a fazer, também nã oo queria os meus sogros sempre a dar fé do que eu fazia além de eles também não tinham privacidade, pelo que subimos de ambos os lados. Quanto ás poiniões foi uma questão de "educação". A minha mãe por norma nunca se meteu. Já tem passado uns dias em minha casa por estar doente e nunca s mete nos nossos assunto mesmo quando pedimos opinião. Ás vezes até irrita porque são coiss corriqueiras e ela responde sempre que nós é que sabemos. Em questões conjugais então, nem pensar. Já os meus sogros, principalmente a minha sogra tem sempre uma palavra a dar, quase sempre ignorada, principalmente pelo meu marido. Mas isto claro, são muitos anos de experiência e de lições de vida e também de não darmos demasiada importância a certas coisas.

Medo do futuro? Medo tenho, de doenças, de eu ou o meu marido ficarmos desempregados.

O resto, tudo se resolve Careta

Blonde

************************************

Madrinha e afilhada orgulhosa da Nelia02

Outros tópicos relacionados

Passar a ferro
Mamãs estava a pensar em passar a ferro para fora.. Mas tenho algumas duvidas, se houver alguma mamã que o faça ou quem dê a roupa a pessoas de fora pra passar pf ajudem me. Pagam à peça ou à hora? Já agora quanto pagam? É a pessoa que leva a roupa...
Roupa de bebe - Duvida
Ola mamas.. Tenho uma duvida em relaçao a roupa da minha filhota.. Quando a minha princesa nasceu e mesmo antes quando estava gravida sempre me disseram para nao deixar a roupinha dela a secar na corda durante a noite (nao percebo bem pk mas sempre...
Musicas para aniversario
Ola mamas, no proximo sabado faço 23 anos e vou fazer uma pequena festa em casa, gostava de por uma musiquinha mas nao tenho ideias.. Se tiverem algumas ideias pf digam me.. Eu pessoalmente gosto mais de musica brasileira, mas que musicas devo por?
Imprimir fotos
Olá mamas sabem me dizer onde posso imprimir fotos baratas.. Costumo imprimir a 0.50cent mas como desta vez sao imensas (1º aniversário/batizado) ia gastar muitos €€ e nesta altura nao me dava mt jeito.. Desde já obrigada pela ajuda
Talao 50% fraldas
Mamas tenho uma duvida, espero que me possam ajudar.. Tenho um talao de desconto de 50% nas fraldas de pacote azul, que sao as 3D, certo? A minha duvida é sera que tambem da para o pack do mes(3D)?
Tenis com sola "mole"
Mamas sabem onde posso encontrar tenis que nao tenha sola dura para a minha princesa? Ela ja anda desde os 10 meses e quando fui a consulta dos 12meses perguntei ao medico se ela tinha pe chato, ele disse que ainda nao da para ver, mas para nao lhe...

Votação

Qual destas bebidas consome no dia-a-dia?