Leite de vaca bebé 13 meses? | De Mãe para Mãe

Leite de vaca bebé 13 meses?

Responda
34 mensagens
divina1957 -
Offline
Desde 17 Maio 2022

Olá mamãs
Com que idade começaram a dar leite de vaca aos vossos bebés? O meu bebé tem cerca de 13 meses e só bebe leite de manhã, quando acorda. Está a beber LA mas ultimamente não tem muita vontade e por vezes deixa metade do biberão, parece que não lhe apetece, mas eu acho que bebe muito pouco depois de tantas horas sem comer e ainda para mais tratando-se da primeira refeição do dia. Estava a pensar mudar de leite para ver se ele bebe mais, mas não sei para qual porque já tive de mudar várias vezes desde que nasceu não só pelo mesmo motivo mas por outros também. No centro de saúde a médica de família disse que a partir dos 12 meses ele já podia beber leite de vaca mas eu estou um pouco insegura para testar. Qual a vossa opinião mamãs?
Obrigada. Beijinhos

Anotski85 -
Offline
Desde 09 Jun 2020

Uma das principais questões na transição para o leite de vaca é o excesso de proteínas ingeridas. Mas essa questao nao se coloca se o seu filho só bebe leite de manhã. No meu ainda nao fiz a transição porque ainda bebe ums 500 ml de leite por dia, mais a mama. Está agora a deixar de beber leite de manhã e a aceitar outras coisas como PA, e também está a beber menos leite no segundo lanche da tarde (uns 90 ml só), por isso estou a pensar fazer a transição para leite de vaca em breve. No seu caso, acho que não é nada mal pensado, se é só um biberão por dia. Não se esqueça que deve ser leite gordo.

carlabrito -
Offline
Desde 30 Maio 2017

Não dê leite de vaca ao bebé.
O leite de vaca deve dar-se o mais tarde possível. Idealmente, a partir dos 3 anos.
E não antes dos 2 anos.
Mesmo que seja em pouca quantia.

Leticia _29 -
Offline
Desde 12 Set 2019

carlabrito escreveu:
Não dê leite de vaca ao bebé.
O leite de vaca deve dar-se o mais tarde possível. Idealmente, a partir dos 3 anos.
E não antes dos 2 anos.
Mesmo que seja em pouca quantia.

Porquê?
Qual é o problema do leite de vaca?
Leite adaptado também é leite de vaca...
As recomendações atuais até são para em bebes saudáveis, com alimentação bem estabelecida dar a partir dos 12 meses

fmmartins -
Offline
Desde 14 Dez 2016

Se tiver hipótese e conseguir mantenha o leite adaptado. É mais adequado em termos de proteína.

Anotski85 -
Offline
Desde 09 Jun 2020
fmmartins -
Offline
Desde 14 Dez 2016

Anotski85 escreveu:
https://papinhasdaxica.pt/qual-e-o-melhor-leite-para-criancas-pequenas/

Não é muito consensual, na verdade nunca o foi.
Há 3 anos a pediatra da minha recomendava até aos 3 anos o adaptado (se fosse possível), o Hugo Rodrigues também e havia mães com outras orientações.

Anotski85 -
Offline
Desde 09 Jun 2020

fmmartins escreveu:

Anotski85 escreveu:https://papinhasdaxica.pt/qual-e-o-melhor-leite-para-criancas-pequenas/

Não é muito consensual, na verdade nunca o foi.
Há 3 anos a pediatra da minha recomendava até aos 3 anos o adaptado (se fosse possível), o Hugo Rodrigues também e havia mães com outras orientações.


Não vejo grande falta de consenso neste ponto, a dizer a verdade. Só aqui, onde algumas maes recomemndam continuar o LA ate aos 3. Mas nunca vao buscar fontes que mostrem argumentos sistematizados.
.
Eu tenho o livro do Hugo Rodrigues e ele nao diz que se deve manter o LA em vez do LV. Alias, menciona essa possibilidade, sim, mas por causa do risco de excesso de proteínas.

Anotski85 -
Offline
Desde 09 Jun 2020

Anotski85 escreveu:

fmmartins escreveu:

Anotski85 escreveu:https://papinhasdaxica.pt/qual-e-o-melhor-leite-para-criancas-pequenas/

Não é muito consensual, na verdade nunca o foi.
Há 3 anos a pediatra da minha recomendava até aos 3 anos o adaptado (se fosse possível), o Hugo Rodrigues também e havia mães com outras orientações.

Não vejo grande falta de consenso neste ponto, a dizer a verdade. Só aqui, onde algumas maes recomemndam continuar o LA ate aos 3. Mas nunca vao buscar fontes que mostrem argumentos sistematizados.
.
Eu tenho o livro do Hugo Rodrigues e ele nao diz que se deve manter o LA em vez do LV. Alias, menciona essa possibilidade, sim, mas por causa do risco de excesso de proteínas.


Ou seja, se a criança bebe 500ml ou mais de leite, é preferível manter o LA. Se bebe um biberão por dia, nao vejo onde está o risco de o LV contribuir para um aporte diário excessivo de proteínas. Até o pode fazer, mas aí o risco nao estara exclusivamente no leite, mas em todo o dia alimentar.

Leticia _29 -
Offline
Desde 12 Set 2019

A recomendação do leite adaptado a partir dos 12 meses e manter até anos 3 anos pouco sentido faz.
Uma criança com uma alimentação equilibrada não precisa de leite adaptado, da mesma forma que não terá excesso de proteína.

fmmartins -
Offline
Desde 14 Dez 2016

Anotski85 escreveu:

Anotski85 escreveu:

fmmartins escreveu:

Anotski85 escreveu:https://papinhasdaxica.pt/qual-e-o-melhor-leite-para-criancas-pequenas/

Não é muito consensual, na verdade nunca o foi.
Há 3 anos a pediatra da minha recomendava até aos 3 anos o adaptado (se fosse possível), o Hugo Rodrigues também e havia mães com outras orientações.

Não vejo grande falta de consenso neste ponto, a dizer a verdade. Só aqui, onde algumas maes recomemndam continuar o LA ate aos 3. Mas nunca vao buscar fontes que mostrem argumentos sistematizados.
.
Eu tenho o livro do Hugo Rodrigues e ele nao diz que se deve manter o LA em vez do LV. Alias, menciona essa possibilidade, sim, mas por causa do risco de excesso de proteínas.

Ou seja, se a criança bebe 500ml ou mais de leite, é preferível manter o LA. Se bebe um biberão por dia, nao vejo onde está o risco de o LV contribuir para um aporte diário excessivo de proteínas. Até o pode fazer, mas aí o risco nao estara exclusivamente no leite, mas em todo o dia alimentar.

Pois não, ele apenas refere as vantagens e desvantagens de ambos os leites e é suficiente.
-
"A fórmula infantil é mais adequada às necessidades nutricionais dos bebés e crianças, pelo que é uma melhor opção. As suas principais vantagens são o facto de ter menos proteínas e ser suplementada em ferro e outros minerais, importantes para o crescimento e desenvolvimento infantil. As maiores desvantagens são o facto de ter que se preparar e ser um pouco mais dispendiosa.
-
Relativamente ao leite de vaca, as principais vantagens são o preço e a maior facilidade de utilização, porque já está pronto a servir. Como desvantagens temos uma quantidade muito elevada de proteínas e a falta de suplementação vitamínica. Assim, apesar de não ser errado introduzir depois do ano de idade, sempre que possível deve ser introduzido apenas a partir dos três anos. Se for introduzido antes, deve ser um leite gordo até aos 2 anos, uma vez que a gordura é importante para o desenvolvimento cerebral.
-
Deste modo, em jeito de conclusão diria que não existe nenhuma opção errada, mas, por ordem de preferência, as melhores opções são: 1) leite materno; 2) fórmula infantil; 3) leite de vaca (gordo até aos dois anos e meio gordo a partir daí)."

fmmartins -
Offline
Desde 14 Dez 2016

Leticia _29 escreveu:
A recomendação do leite adaptado a partir dos 12 meses e manter até anos 3 anos pouco sentido faz.
Uma criança com uma alimentação equilibrada não precisa de leite adaptado, da mesma forma que não terá excesso de proteína.

Claro que sim, os pediatras são todos uns tolinhos, nem sei para que é que tiram um curso se podem vir aqui ao fórum Espertalhão

RoxyGirl -
Offline
Desde 27 Jan 2016

Da primeira filha, “contrariei” o pediatra e dei LA até aos 2 anos, no segundo, voltei a ler e a pesquisar e introduzi o LV aos 14 meses (e não foi antes pois comprava latas em quantidade).
Em relação aos pediatras e a alimentação infantil, em Portugal a grande maioria está bastante desactualizada no que diz respeito à alimentação nos primeiros anos de vida (basta ver a quantidade de mães, nos últimos tempos aqui no fórum, que iniciam a IA aos 4 meses, orientadas pelos médicos, porque os bebés estão a LA).

Leticia _29 -
Offline
Desde 12 Set 2019

fmmartins escreveu:

Leticia _29 escreveu:A recomendação do leite adaptado a partir dos 12 meses e manter até anos 3 anos pouco sentido faz.
Uma criança com uma alimentação equilibrada não precisa de leite adaptado, da mesma forma que não terá excesso de proteína.

Claro que sim, os pediatras são todos uns tolinhos, nem sei para que é que tiram um curso se podem vir aqui ao fórum

Não são tolinhos mas muitos estão desatualizados e muitos também ganham com as "recomendações" de leite adaptado até aos 3 anos.
E pensa no que citaste em cima..o leite adaptado é enriquecido com ferro e mais não sei o quê...sabendo que a partir dos 12 meses o alimento principal deixa de ser o leite não deveria de ir buscar ferro e restantes proteínas, gorduras o que for, à alimentação? Ou é suposto andar mantido a leite? Um bebe que coma bem e de tudo precisa de leite adaptado para quê? Diz me...o negócio do leite adaptado é gigante e ainda há muito gente a cair nele

Leticia _29 -
Offline
Desde 12 Set 2019

fmmartins escreveu:

Leticia _29 escreveu:A recomendação do leite adaptado a partir dos 12 meses e manter até anos 3 anos pouco sentido faz.
Uma criança com uma alimentação equilibrada não precisa de leite adaptado, da mesma forma que não terá excesso de proteína.

Claro que sim, os pediatras são todos uns tolinhos, nem sei para que é que tiram um curso se podem vir aqui ao fórum

E já agora pediatras pouco ou nada percebem de alimentação, muitos tem uma cadeira na faculdade onde não aprendem nada, muitoe nem isso tem, então sim, muitos não sabem nada do que estão a dizer basta olhar à quantidade de mães que introduzem a alimentação aos 4 meses recomendadas por pediatras que não se actualizam e depois as mães não se questionam e fazem tudo sem sequer perguntar porquê
Nem deviam sequer ser eles a fazer recomendações sobre introdução alimentar.
Para isso existem nutricionistas.

Leticia _29 -
Offline
Desde 12 Set 2019

fmmartins escreveu:

Anotski85 escreveu:

Anotski85 escreveu:

fmmartins escreveu:

Anotski85 escreveu:https://papinhasdaxica.pt/qual-e-o-melhor-leite-para-criancas-pequenas/

Não é muito consensual, na verdade nunca o foi.
Há 3 anos a pediatra da minha recomendava até aos 3 anos o adaptado (se fosse possível), o Hugo Rodrigues também e havia mães com outras orientações.

Não vejo grande falta de consenso neste ponto, a dizer a verdade. Só aqui, onde algumas maes recomemndam continuar o LA ate aos 3. Mas nunca vao buscar fontes que mostrem argumentos sistematizados.
.
Eu tenho o livro do Hugo Rodrigues e ele nao diz que se deve manter o LA em vez do LV. Alias, menciona essa possibilidade, sim, mas por causa do risco de excesso de proteínas.

Ou seja, se a criança bebe 500ml ou mais de leite, é preferível manter o LA. Se bebe um biberão por dia, nao vejo onde está o risco de o LV contribuir para um aporte diário excessivo de proteínas. Até o pode fazer, mas aí o risco nao estara exclusivamente no leite, mas em todo o dia alimentar.

Pois não, ele apenas refere as vantagens e desvantagens de ambos os leites e é suficiente.
-
"A fórmula infantil é mais adequada às necessidades nutricionais dos bebés e crianças, pelo que é uma melhor opção. As suas principais vantagens são o facto de ter menos proteínas e ser suplementada em ferro e outros minerais, importantes para o crescimento e desenvolvimento infantil. As maiores desvantagens são o facto de ter que se preparar e ser um pouco mais dispendiosa.
-
Relativamente ao leite de vaca, as principais vantagens são o preço e a maior facilidade de utilização, porque já está pronto a servir. Como desvantagens temos uma quantidade muito elevada de proteínas e a falta de suplementação vitamínica. Assim, apesar de não ser errado introduzir depois do ano de idade, sempre que possível deve ser introduzido apenas a partir dos três anos. Se for introduzido antes, deve ser um leite gordo até aos 2 anos, uma vez que a gordura é importante para o desenvolvimento cerebral.
-
Deste modo, em jeito de conclusão diria que não existe nenhuma opção errada, mas, por ordem de preferência, as melhores opções são: 1) leite materno; 2) fórmula infantil; 3) leite de vaca (gordo até aos dois anos e meio gordo a partir daí)."

Já agora porque a partir dos 2 anos, ou 3? Porque não manter até a criança querer beber?

Anotski85 -
Offline
Desde 09 Jun 2020

Bem, eu tenho tido sempre em consideração as recomendações gerais da DGS e de sociedades de pediatria, e mesmo entre estas, há discordâncias e/ou variações mediante os países, que devem ser tidas em conta observando as práticas culturais, alimentares e as condições socioeconómicas gerais de cada país. A Sociedade de Pediatria brasileira, por exemplo, recomenda cerca de 600ml de leite por dia em bebés a partir dos 12meses. A DGS e a SPP recomendam 400 ml. Faz-me sentido, já que PT é um dos países onde mais carne e pescado se consome, com claro excesso no aporte diário de proteínas (que é de onde vem toda esta discussão do leite, aliás).
.
Mas, enfim, quero chegar a um ponto que está aqui a ser negligenciado, que é a rotina alimentar típica do bebé da Divina. Se é um bebé que ingere uma variedade saudável de legumes (na sopa e prato), se ingere proteína em dose adequada (carne, peixe, e leguminosas, que também são fontes de proteína), se ingere hidratos de carbono complexos (cereais integrais, aveia, arroz, massa, etc), e gordura (azeite, queijo, peixes gordos, etc.), então não é um biberão de leite, repito, que vai fazer diferença, seja de vaca ou fórmula. Se a criança só bebe um biberão de leite por dia e tem uma alimentação saudável, não é esse biberão que está a fazer diferença na sua alimentação. O cálcio, o ferro, outros minerais e vitaminas, estão presentes na fruta, nos legumes, nos laticínios, na proteína animal, etc. Se a alimentação diária tem tudo isso, e se a criança só aceita um biberão de leite por dia, o leite já deixou de ser o principal alimento. Aliás, até a fase de transição para uma alimentação assente em sólidos em vez de leite parece estar já muito bem estabelecida.
.
Volto a dar o exemplo do meu filho. Está a passar uma fase de estabelecimento da alimentação através de sólidos. Até aqui não aceitava pequeno almoço (bebia só leite de manhã), e o jantar era muito volátil, tanto comia muito bem, como não comia nada de jeito. O leite era mesmo importante e ultrapassava diariamente a dose recomendada de leite. Mas eu não tinha outra opção. Era dar leite para compensar a instabilidade na ingestão de sólidos. E dava fórmula (em complemento à mama, porque já tenho pouco leite) precisamente por isso. Agora que já faz as refeições todas completas - come fruta e cereais de manhã, almoça sopa, prato e fruta, lancha (papa de aveia ou iogurte com fruta na escola), mama quando chega a casa e come um snack (fatia de queijo/tosta/ meia peça de fruta), e janta sopa, prato e fruta, o leite de fórmula só entra praticamente à noite, quando bebe um biberão 2h depois do jantar e depois por volta das 5h30 ou 6h da manhã. Mesmo o biberão que bebia à tarde, à saída da escola, está a deixar progressivamente de beber. Eu levava 200ml, passei para 150, depois para 120, e agora levo 120 e ele bebe uns 70 a 90 ml (às 16h30). Ou seja, está progressivamente a beber menos leite e a comer mais sólidos, o que significa que está na tal transição do leite para os sólidos como principal alimento ao longo de TODO o dia alimentar. Em breve vou deixar de levar o biberão quando o vou buscar à escola e fica só com o biberão da noite e da manhã (madrugada, no caso dele), e aí não me faz sentido que seja fórmula, se continuar a comer tão bem a cada refeição como tem comido.
.
Por isso, Divina, avalie, e tenha em consideração o que é melhor para o seu filho, mediante a rotina alimentar dele.

MisaL -
Offline
Desde 17 Abr 2019

Não vai para a creche? Acho pouco provável que se vá manter a LA.
Eu não domino a alimentação, não é assunto que me interesse a ponto de andar a investigar, fui seguindo sempre as orientações e a minha intuição. Em casa mantive até cerca dos 2 anos, mas já tinham provado leite de vaca antes disso. O meu filho como lhe facilitava a obstipação o nan Confort bebeu mais tempo, mas sem grandes obsessões, se avó lhe desse leite de vaca não fazia nenhum drama.
Só acho importante, a experimentar, ser um leite de vaca "normal" e não os enriquecidos e de crescimento e afins.
Diria que se a deixa insegura, a sua intuição já diz para não testar já...não sei! Nestas coisas sou talvez mais arrogante e não me passo a sentir segura com o que me digam se a minha intuição já me deu a resposta. Provavelmente aí a melhor recomendação será pesquisar mais sobre o assunto ou pedir mais opiniões médicas (dos médicos que conhecem o histórico do menino).

fmmartins -
Offline
Desde 14 Dez 2016

Leticia _29 escreveu:

fmmartins escreveu:

Leticia _29 escreveu:A recomendação do leite adaptado a partir dos 12 meses e manter até anos 3 anos pouco sentido faz.
Uma criança com uma alimentação equilibrada não precisa de leite adaptado, da mesma forma que não terá excesso de proteína.

Claro que sim, os pediatras são todos uns tolinhos, nem sei para que é que tiram um curso se podem vir aqui ao fórum

Não são tolinhos mas muitos estão desatualizados e muitos também ganham com as "recomendações" de leite adaptado até aos 3 anos.
E pensa no que citaste em cima..o leite adaptado é enriquecido com ferro e mais não sei o quê...sabendo que a partir dos 12 meses o alimento principal deixa de ser o leite não deveria de ir buscar ferro e restantes proteínas, gorduras o que for, à alimentação? Ou é suposto andar mantido a leite? Um bebe que coma bem e de tudo precisa de leite adaptado para quê? Diz me...o negócio do leite adaptado é gigante e ainda há muito gente a cair nele

Não sei se sabes ou não porque podes ter tido a sorte do teu filho comer bem e normalmente aqui no fórum esbanja-se é vaidade de bebés comilões e percentis altos, mas depois há o inverso e que é muito comum. Crianças a comer mal depois dos 12m (a famosa anorexia fisiológica que pode até ocorrer mais tarde).
Não me interessa para nada que leite dão aos filhos. Amamentei e depois dei adaptado até aos 3 anos, tinha essa possibilidade financeira, fez-me sentido a recomendação e sim, foi-me explicado. Não entro em teorias da conspiração e também não me parece que o Hugo Rodrigues ou a pediatra da minha sejam desatualizados ou tenham parceria com a Nestlé ou outra qualquer.

fmmartins -
Offline
Desde 14 Dez 2016

Leticia _29 escreveu:

fmmartins escreveu:

Anotski85 escreveu:

Anotski85 escreveu:

fmmartins escreveu:

Anotski85 escreveu:https://papinhasdaxica.pt/qual-e-o-melhor-leite-para-criancas-pequenas/

Não é muito consensual, na verdade nunca o foi.
Há 3 anos a pediatra da minha recomendava até aos 3 anos o adaptado (se fosse possível), o Hugo Rodrigues também e havia mães com outras orientações.

Não vejo grande falta de consenso neste ponto, a dizer a verdade. Só aqui, onde algumas maes recomemndam continuar o LA ate aos 3. Mas nunca vao buscar fontes que mostrem argumentos sistematizados.
.
Eu tenho o livro do Hugo Rodrigues e ele nao diz que se deve manter o LA em vez do LV. Alias, menciona essa possibilidade, sim, mas por causa do risco de excesso de proteínas.

Ou seja, se a criança bebe 500ml ou mais de leite, é preferível manter o LA. Se bebe um biberão por dia, nao vejo onde está o risco de o LV contribuir para um aporte diário excessivo de proteínas. Até o pode fazer, mas aí o risco nao estara exclusivamente no leite, mas em todo o dia alimentar.

Pois não, ele apenas refere as vantagens e desvantagens de ambos os leites e é suficiente.
-
"A fórmula infantil é mais adequada às necessidades nutricionais dos bebés e crianças, pelo que é uma melhor opção. As suas principais vantagens são o facto de ter menos proteínas e ser suplementada em ferro e outros minerais, importantes para o crescimento e desenvolvimento infantil. As maiores desvantagens são o facto de ter que se preparar e ser um pouco mais dispendiosa.
-
Relativamente ao leite de vaca, as principais vantagens são o preço e a maior facilidade de utilização, porque já está pronto a servir. Como desvantagens temos uma quantidade muito elevada de proteínas e a falta de suplementação vitamínica. Assim, apesar de não ser errado introduzir depois do ano de idade, sempre que possível deve ser introduzido apenas a partir dos três anos. Se for introduzido antes, deve ser um leite gordo até aos 2 anos, uma vez que a gordura é importante para o desenvolvimento cerebral.
-
Deste modo, em jeito de conclusão diria que não existe nenhuma opção errada, mas, por ordem de preferência, as melhores opções são: 1) leite materno; 2) fórmula infantil; 3) leite de vaca (gordo até aos dois anos e meio gordo a partir daí)."

Já agora porque a partir dos 2 anos, ou 3? Porque não manter até a criança querer beber?

Refere-se esta faixa etária pelo intenso desenvolvimento físico e cognitivo. Queres que te marque consulta para te esclareceres ou preferes ir ao Campo Pequeno?

Anotski85 -
Offline
Desde 09 Jun 2020

fmmartins escreveu:

Leticia _29 escreveu:

fmmartins escreveu:

Leticia _29 escreveu:A recomendação do leite adaptado a partir dos 12 meses e manter até anos 3 anos pouco sentido faz.
Uma criança com uma alimentação equilibrada não precisa de leite adaptado, da mesma forma que não terá excesso de proteína.

Claro que sim, os pediatras são todos uns tolinhos, nem sei para que é que tiram um curso se podem vir aqui ao fórum

Não são tolinhos mas muitos estão desatualizados e muitos também ganham com as "recomendações" de leite adaptado até aos 3 anos.
E pensa no que citaste em cima..o leite adaptado é enriquecido com ferro e mais não sei o quê...sabendo que a partir dos 12 meses o alimento principal deixa de ser o leite não deveria de ir buscar ferro e restantes proteínas, gorduras o que for, à alimentação? Ou é suposto andar mantido a leite? Um bebe que coma bem e de tudo precisa de leite adaptado para quê? Diz me...o negócio do leite adaptado é gigante e ainda há muito gente a cair nele

Não sei se sabes ou não porque podes ter tido a sorte do teu filho comer bem e normalmente aqui no fórum esbanja-se é vaidade de bebés comilões e percentis altos, mas depois há o inverso e que é muito comum. Crianças a comer mal depois dos 12m (a famosa anorexia fisiológica que pode até ocorrer mais tarde).
Não me interessa para nada que leite dão aos filhos. Amamentei e depois dei adaptado até aos 3 anos, tinha essa possibilidade financeira, fez-me sentido a recomendação e sim, foi-me explicado. Não entro em teorias da conspiração e também não me parece que o Hugo Rodrigues ou a pediatra da minha sejam desatualizados ou tenham parceria com a Nestlé ou outra qualquer.


Por isso é que eu acho tao importante avaliar o quão estabelecida esta a rotina alimentar com base nos sólidos. Se a criança está a passar por essa fase de anorexia fisiologica, a comer menos mas a ponto de nao se considerar que fez uma refeição (acontecia com o meu filho, que as vezs só comia duas colheres de sopa e petiscava uns graos de arroz ao jantar), entao o leite é importante, e aí faz-me sentido manter o LA por ser suplementado. Tanto que ainda dou LA! Acho que cada caso é um caso, é preciso avaliar bem a rotina alimentar da criança.

Leticia _29 -
Offline
Desde 12 Set 2019

fmmartins escreveu:

Leticia _29 escreveu:

fmmartins escreveu:

Anotski85 escreveu:

Anotski85 escreveu:

fmmartins escreveu:

Anotski85 escreveu:https://papinhasdaxica.pt/qual-e-o-melhor-leite-para-criancas-pequenas/

Não é muito consensual, na verdade nunca o foi.
Há 3 anos a pediatra da minha recomendava até aos 3 anos o adaptado (se fosse possível), o Hugo Rodrigues também e havia mães com outras orientações.

Não vejo grande falta de consenso neste ponto, a dizer a verdade. Só aqui, onde algumas maes recomemndam continuar o LA ate aos 3. Mas nunca vao buscar fontes que mostrem argumentos sistematizados.
.
Eu tenho o livro do Hugo Rodrigues e ele nao diz que se deve manter o LA em vez do LV. Alias, menciona essa possibilidade, sim, mas por causa do risco de excesso de proteínas.

Ou seja, se a criança bebe 500ml ou mais de leite, é preferível manter o LA. Se bebe um biberão por dia, nao vejo onde está o risco de o LV contribuir para um aporte diário excessivo de proteínas. Até o pode fazer, mas aí o risco nao estara exclusivamente no leite, mas em todo o dia alimentar.

Pois não, ele apenas refere as vantagens e desvantagens de ambos os leites e é suficiente.
-
"A fórmula infantil é mais adequada às necessidades nutricionais dos bebés e crianças, pelo que é uma melhor opção. As suas principais vantagens são o facto de ter menos proteínas e ser suplementada em ferro e outros minerais, importantes para o crescimento e desenvolvimento infantil. As maiores desvantagens são o facto de ter que se preparar e ser um pouco mais dispendiosa.
-
Relativamente ao leite de vaca, as principais vantagens são o preço e a maior facilidade de utilização, porque já está pronto a servir. Como desvantagens temos uma quantidade muito elevada de proteínas e a falta de suplementação vitamínica. Assim, apesar de não ser errado introduzir depois do ano de idade, sempre que possível deve ser introduzido apenas a partir dos três anos. Se for introduzido antes, deve ser um leite gordo até aos 2 anos, uma vez que a gordura é importante para o desenvolvimento cerebral.
-
Deste modo, em jeito de conclusão diria que não existe nenhuma opção errada, mas, por ordem de preferência, as melhores opções são: 1) leite materno; 2) fórmula infantil; 3) leite de vaca (gordo até aos dois anos e meio gordo a partir daí)."

Já agora porque a partir dos 2 anos, ou 3? Porque não manter até a criança querer beber?

Refere-se esta faixa etária pelo intenso desenvolvimento físico e cognitivo. Queres que te marque consulta para te esclareceres ou preferes ir ao Campo Pequeno?

Eu estou esclarecida...até porque eu não me baseio apenas no que me dizem...gosto de ler, pesquisar e perceber o porquê das recomendações...não sou maria vai com as outras

Leticia _29 -
Offline
Desde 12 Set 2019

fmmartins escreveu:

Leticia _29 escreveu:

fmmartins escreveu:

Leticia _29 escreveu:A recomendação do leite adaptado a partir dos 12 meses e manter até anos 3 anos pouco sentido faz.
Uma criança com uma alimentação equilibrada não precisa de leite adaptado, da mesma forma que não terá excesso de proteína.

Claro que sim, os pediatras são todos uns tolinhos, nem sei para que é que tiram um curso se podem vir aqui ao fórum

Não são tolinhos mas muitos estão desatualizados e muitos também ganham com as "recomendações" de leite adaptado até aos 3 anos.
E pensa no que citaste em cima..o leite adaptado é enriquecido com ferro e mais não sei o quê...sabendo que a partir dos 12 meses o alimento principal deixa de ser o leite não deveria de ir buscar ferro e restantes proteínas, gorduras o que for, à alimentação? Ou é suposto andar mantido a leite? Um bebe que coma bem e de tudo precisa de leite adaptado para quê? Diz me...o negócio do leite adaptado é gigante e ainda há muito gente a cair nele

Não sei se sabes ou não porque podes ter tido a sorte do teu filho comer bem e normalmente aqui no fórum esbanja-se é vaidade de bebés comilões e percentis altos, mas depois há o inverso e que é muito comum. Crianças a comer mal depois dos 12m (a famosa anorexia fisiológica que pode até ocorrer mais tarde).
Não me interessa para nada que leite dão aos filhos. Amamentei e depois dei adaptado até aos 3 anos, tinha essa possibilidade financeira, fez-me sentido a recomendação e sim, foi-me explicado. Não entro em teorias da conspiração e também não me parece que o Hugo Rodrigues ou a pediatra da minha sejam desatualizados ou tenham parceria com a Nestlé ou outra qualquer.

Por acaso o meu filho não tem percentil alto mas sempre comeu bem..passou por fases onde comia pior mas não substituia refeições por leite talvez por isso hoje come bem, se por acaso não quiser comer, não come, mas não vou dar leite logo a seguir.
Continuo na minha, um bebe que coma bem não precisa de leite adaptado para nada. Que é o que tenho dito e não é fundamentalismo, fundamentalismo é dizer "não dê leite de vaca, dê leite adaptado até aoe 3 anos" sem sequer conhecer o contexto alimentar do bebe.

fmmartins -
Offline
Desde 14 Dez 2016

Leticia _29 escreveu:

fmmartins escreveu:

Leticia _29 escreveu:

fmmartins escreveu:

Leticia _29 escreveu:A recomendação do leite adaptado a partir dos 12 meses e manter até anos 3 anos pouco sentido faz.
Uma criança com uma alimentação equilibrada não precisa de leite adaptado, da mesma forma que não terá excesso de proteína.

Claro que sim, os pediatras são todos uns tolinhos, nem sei para que é que tiram um curso se podem vir aqui ao fórum

Não são tolinhos mas muitos estão desatualizados e muitos também ganham com as "recomendações" de leite adaptado até aos 3 anos.
E pensa no que citaste em cima..o leite adaptado é enriquecido com ferro e mais não sei o quê...sabendo que a partir dos 12 meses o alimento principal deixa de ser o leite não deveria de ir buscar ferro e restantes proteínas, gorduras o que for, à alimentação? Ou é suposto andar mantido a leite? Um bebe que coma bem e de tudo precisa de leite adaptado para quê? Diz me...o negócio do leite adaptado é gigante e ainda há muito gente a cair nele

Não sei se sabes ou não porque podes ter tido a sorte do teu filho comer bem e normalmente aqui no fórum esbanja-se é vaidade de bebés comilões e percentis altos, mas depois há o inverso e que é muito comum. Crianças a comer mal depois dos 12m (a famosa anorexia fisiológica que pode até ocorrer mais tarde).
Não me interessa para nada que leite dão aos filhos. Amamentei e depois dei adaptado até aos 3 anos, tinha essa possibilidade financeira, fez-me sentido a recomendação e sim, foi-me explicado. Não entro em teorias da conspiração e também não me parece que o Hugo Rodrigues ou a pediatra da minha sejam desatualizados ou tenham parceria com a Nestlé ou outra qualquer.

Por acaso o meu filho não tem percentil alto mas sempre comeu bem..passou por fases onde comia pior mas não substituia refeições por leite talvez por isso hoje come bem, se por acaso não quiser comer, não come, mas não vou dar leite logo a seguir.
Continuo na minha, um bebe que coma bem não precisa de leite adaptado para nada. Que é o que tenho dito e não é fundamentalismo, fundamentalismo é dizer "não dê leite de vaca, dê leite adaptado até aoe 3 anos" sem sequer conhecer o contexto alimentar do bebe.

Fundamentalista és tu. Quantas vezes achincalhas aqui mães recentes com a introdução alimentar sem saberes nada das famílias e suas razões? Para ti tudo é desatualizado, ninguém percebe de nada. Só tu é que sabes porque lês e pesquisas (parece aquelas pessoas que vão à advogada com a jurisprudência ou que vão ao médico com um pré-diagnóstico feito por elas através do Google), o resto das pessoas não, são uns totós que não se impõe, que não se informam. Tu gostas é de marrar mesmo, massacrar as pessoas e questionar com malícia para desconversar porque no fundo até sabes a resposta.

Leticia _29 -
Offline
Desde 12 Set 2019

fmmartins escreveu:

Leticia _29 escreveu:

fmmartins escreveu:

Leticia _29 escreveu:

fmmartins escreveu:

Leticia _29 escreveu:A recomendação do leite adaptado a partir dos 12 meses e manter até anos 3 anos pouco sentido faz.
Uma criança com uma alimentação equilibrada não precisa de leite adaptado, da mesma forma que não terá excesso de proteína.

Claro que sim, os pediatras são todos uns tolinhos, nem sei para que é que tiram um curso se podem vir aqui ao fórum

Não são tolinhos mas muitos estão desatualizados e muitos também ganham com as "recomendações" de leite adaptado até aos 3 anos.
E pensa no que citaste em cima..o leite adaptado é enriquecido com ferro e mais não sei o quê...sabendo que a partir dos 12 meses o alimento principal deixa de ser o leite não deveria de ir buscar ferro e restantes proteínas, gorduras o que for, à alimentação? Ou é suposto andar mantido a leite? Um bebe que coma bem e de tudo precisa de leite adaptado para quê? Diz me...o negócio do leite adaptado é gigante e ainda há muito gente a cair nele

Não sei se sabes ou não porque podes ter tido a sorte do teu filho comer bem e normalmente aqui no fórum esbanja-se é vaidade de bebés comilões e percentis altos, mas depois há o inverso e que é muito comum. Crianças a comer mal depois dos 12m (a famosa anorexia fisiológica que pode até ocorrer mais tarde).
Não me interessa para nada que leite dão aos filhos. Amamentei e depois dei adaptado até aos 3 anos, tinha essa possibilidade financeira, fez-me sentido a recomendação e sim, foi-me explicado. Não entro em teorias da conspiração e também não me parece que o Hugo Rodrigues ou a pediatra da minha sejam desatualizados ou tenham parceria com a Nestlé ou outra qualquer.

Por acaso o meu filho não tem percentil alto mas sempre comeu bem..passou por fases onde comia pior mas não substituia refeições por leite talvez por isso hoje come bem, se por acaso não quiser comer, não come, mas não vou dar leite logo a seguir.
Continuo na minha, um bebe que coma bem não precisa de leite adaptado para nada. Que é o que tenho dito e não é fundamentalismo, fundamentalismo é dizer "não dê leite de vaca, dê leite adaptado até aoe 3 anos" sem sequer conhecer o contexto alimentar do bebe.

Fundamentalista és tu. Quantas vezes achincalhas aqui mães recentes com a introdução alimentar sem saberes nada das famílias e suas razões? Para ti tudo é desatualizado, ninguém percebe de nada. Só tu é que sabes porque lês e pesquisas (parece aquelas pessoas que vão à advogada com a jurisprudência ou que vão ao médico com um pré-diagnóstico feito por elas através do Google), o resto das pessoas não, são uns totós que não se impõe, que não se informam. Tu gostas é de marrar mesmo, massacrar as pessoas e questionar com malícia para desconversar porque no fundo até sabes a resposta.

E tu gostas pouco disto gostas 🤣🤣🤣🤣

fmmartins -
Offline
Desde 14 Dez 2016

Leticia _29 escreveu:

fmmartins escreveu:

Leticia _29 escreveu:

fmmartins escreveu:

Leticia _29 escreveu:

fmmartins escreveu:

Leticia _29 escreveu:A recomendação do leite adaptado a partir dos 12 meses e manter até anos 3 anos pouco sentido faz.
Uma criança com uma alimentação equilibrada não precisa de leite adaptado, da mesma forma que não terá excesso de proteína.

Claro que sim, os pediatras são todos uns tolinhos, nem sei para que é que tiram um curso se podem vir aqui ao fórum

Não são tolinhos mas muitos estão desatualizados e muitos também ganham com as "recomendações" de leite adaptado até aos 3 anos.
E pensa no que citaste em cima..o leite adaptado é enriquecido com ferro e mais não sei o quê...sabendo que a partir dos 12 meses o alimento principal deixa de ser o leite não deveria de ir buscar ferro e restantes proteínas, gorduras o que for, à alimentação? Ou é suposto andar mantido a leite? Um bebe que coma bem e de tudo precisa de leite adaptado para quê? Diz me...o negócio do leite adaptado é gigante e ainda há muito gente a cair nele

Não sei se sabes ou não porque podes ter tido a sorte do teu filho comer bem e normalmente aqui no fórum esbanja-se é vaidade de bebés comilões e percentis altos, mas depois há o inverso e que é muito comum. Crianças a comer mal depois dos 12m (a famosa anorexia fisiológica que pode até ocorrer mais tarde).
Não me interessa para nada que leite dão aos filhos. Amamentei e depois dei adaptado até aos 3 anos, tinha essa possibilidade financeira, fez-me sentido a recomendação e sim, foi-me explicado. Não entro em teorias da conspiração e também não me parece que o Hugo Rodrigues ou a pediatra da minha sejam desatualizados ou tenham parceria com a Nestlé ou outra qualquer.

Por acaso o meu filho não tem percentil alto mas sempre comeu bem..passou por fases onde comia pior mas não substituia refeições por leite talvez por isso hoje come bem, se por acaso não quiser comer, não come, mas não vou dar leite logo a seguir.
Continuo na minha, um bebe que coma bem não precisa de leite adaptado para nada. Que é o que tenho dito e não é fundamentalismo, fundamentalismo é dizer "não dê leite de vaca, dê leite adaptado até aoe 3 anos" sem sequer conhecer o contexto alimentar do bebe.

Fundamentalista és tu. Quantas vezes achincalhas aqui mães recentes com a introdução alimentar sem saberes nada das famílias e suas razões? Para ti tudo é desatualizado, ninguém percebe de nada. Só tu é que sabes porque lês e pesquisas (parece aquelas pessoas que vão à advogada com a jurisprudência ou que vão ao médico com um pré-diagnóstico feito por elas através do Google), o resto das pessoas não, são uns totós que não se impõe, que não se informam. Tu gostas é de marrar mesmo, massacrar as pessoas e questionar com malícia para desconversar porque no fundo até sabes a resposta.

E tu gostas pouco disto gostas 🤣🤣🤣🤣

Vês como és provocadora?
Para finalizar, a ideia não é dar biberões de leite em substituição das refeições. Lê lá o que a Anotski escreveu em relação a dar LA ao filho. Por ser suplementado garante algumas vitaminas no que vão ingerindo e numa fase que comam pior. Para além da questão da proteína.
E depois numa criança pequena pode não ser fácil esss transição. Agora nem tanto porque as pessoas se inibem mais, mas houve uma altura de haver aqui relatos de pessoas a dar Nesquik em pó misturado com leite de vaca para as crianças aceitarem melhor o sabor. Isto não é propriamente uma crítica, é só para te fazer ver a realidade além dos blogs.

Anotski85 -
Offline
Desde 09 Jun 2020

MisaL escreveu:
Não vai para a creche? Acho pouco provável que se vá manter a LA.
Eu não domino a alimentação, não é assunto que me interesse a ponto de andar a investigar, fui seguindo sempre as orientações e a minha intuição. Em casa mantive até cerca dos 2 anos, mas já tinham provado leite de vaca antes disso. O meu filho como lhe facilitava a obstipação o nan Confort bebeu mais tempo, mas sem grandes obsessões, se avó lhe desse leite de vaca não fazia nenhum drama.
Só acho importante, a experimentar, ser um leite de vaca "normal" e não os enriquecidos e de crescimento e afins.
Diria que se a deixa insegura, a sua intuição já diz para não testar já...não sei! Nestas coisas sou talvez mais arrogante e não me passo a sentir segura com o que me digam se a minha intuição já me deu a resposta. Provavelmente aí a melhor recomendação será pesquisar mais sobre o assunto ou pedir mais opiniões médicas (dos médicos que conhecem o histórico do menino).

O problema nesta fase de transição, em que é suposto beberem cada vez menos leite, é que a escola força a retirada do leite a partir da mudança dos bebés para a sala de aquisição de marcha. O que aconteceu ao meu filho foi que, assim que me via à porta, comecava logo a choramingar a pedir maminha. Por isso é que comecei a levar o biberão quando o vou buscar. Nao tinha ali onde dar mama, entao vem no carrinho ou porta bebes a beber o biberao. E isto fazia com que o jantar corresse mal. Se o leite tivesse sido dado na hora do lanche, facilitava a transição, ele nao ficava tao sôfrego por leite à saida porque ja o tinha bebido. Seria só a mama em casa, e todas sabemos que leite da mae se digere melhor. Acredito que se fosse assim, ele nao teria passado esta transição com tanto leite entre as 16h30 e as 8h30 da manha (afetando a ingestão de solidos ao jantar e PA).

carlaper -
Offline
Desde 11 Out 2011

Experimenre o leite de crescimento e ofereça num copo. Os meus cedo se fartaram de beber no biberon e começaram a aceitar muito bem o copo.

Leticia _29 -
Offline
Desde 12 Set 2019

carlaper escreveu:
Experimenre o leite de crescimento e ofereça num copo. Os meus cedo se fartaram de beber no biberon e começaram a aceitar muito bem o copo.

Leite de crescimento ainda pior...estão carregados de açúcar

carlabrito -
Offline
Desde 30 Maio 2017

O único problema do leite de vaca é a quantia de proteina.
Nada mais.

PatríciaSFMartins -
Offline
Desde 18 Fev 2014

Em relação aos pediatras "tolinhos", a pediatra do meu filho disse que a mama em nada acrescenta agora apartir dos 12m... como assim não acrescenta??? mas posso dar fiambre de peru pu frango 🤦‍♀️ (recomendação de uma pediatra???)
Epa, isso é uma questão de bom senso e de opinião.
Eu vou começar a fazer a papa com LV mesmo contrariando a pediatra que mandou continuar com as papas de agua. Não vejo sentido nisso até pq como já disseram e bem, o LA é feito com leite de vaca.
Façam o que acham correto e não o que vos dizem.