Intolerância ao glúten | De Mãe para Mãe

Intolerância ao glúten

Responda
9 mensagens
Rita P. Pereira -
Offline
Desde 28 Jun 2016

Olá mamãs!
Alguém com bebe intolerante ao glúten? Como descobriram e o que fazem?

Sansa -
Offline
Desde 18 Jan 2018

Segundo sei, a intolerância ao glúten revela-se através de sintomas como vómitos, diarreia frequente, perda de peso, dores abdominais. Mas se suspeitas que seja o caso convém falar com o pediatra para fazerem os exames necessários ao diagnóstico. Se se confirmar que há intolerância ao glúten, deve-se eliminar tudo o que contenha glúten da dieta do bébé.
Se não houver nada em especial que justifique suspender esta proteína da alimentação não se deve fazê-lo. As crianças necessitam de uma alimentação rica em hidratos de carbono.
Volto a repetir, não deves deixar de oferecer alimentos com glúten ao bébé sem antes falar com o pediatra.
Já agora, as preocupações com este assunto têm alguma ligação ao facto de andar a comer pouco? Eu sei que é um dos aspectos que mais preocupa os pais, pois a minha filha também come pouco. Mas aprendi recentemente que quanto mais stressamos pior eles comem, e apartir do momento em que decidimos relaxar e confiar neles, as coisas melhoram. Por cá tenho visto melhorias, sem dúvida. Fiz algumas alterações ao dia a dia, se quiseres posso te dar umas dicas.

Rita P. Pereira -
Offline
Desde 28 Jun 2016

Olá Sorriso
Desde já agradeço o seu comentário!
Não iria retirar nada da alimentação do meu filho, a suspeita veio mesmo depois de estar com a Pediatra, pelo facto do pirata aumentar pouco de peso após os 6meses...( introdução do glúten) no entanto pode mesmo ser dele, nos papás também somos pequenos e magros... a genética tem muito peso :p
Ele não é de comer muito não... é claro que aceito todas as dicas, e sempre bom ouvir outras opiniões Piscar o olho
Obrigada!!!

Sansa -
Offline
Desde 18 Jan 2018

Sorriso
Eu tenho uma piolhita de 13 meses, sempre foi pequena desde que nasceu, mas sempre saudável. Quando fui à consulta dos 11 meses tinha descido um pouco no percentil. A pediatra não deu qualquer relevância e justificou aquilo que eu já sabia: os bebés começam a mexer-se mais, são mais activos e gastam mais energia. Não é incomum baixarem de peso nesta idade. Contudo, como ela é um passarinho a comer fui lá aos 12 meses e meio só para a pesar e estava tudo bem.
Crianças que comem pouco são, na minha opinião, uma das maiores preocupações para os pais. Sentimos que falhamos, especialmente quando à nossa volta vemos outras crianças a comerem colheres de papa com uma voracidade extraordinária.
O meu maior conselho (se de facto ele não tiver nenhum problema de saúde que exija cuidados específicos) é: relaxa! Sorriso
Tens 2 opções: forçar a que ele coma, tornando a hora da refeição num duelo que acaba na maioria das vezes em frustração, ou confiar que ele sabe melhor que ninguém a fome que tem. Esta última é sem dúvida a opção mais desafiadora Sorriso
Tenho lido muito, e eis algumas coisas que aprendi (e outras que voltei a lembrar):
Aos 13 meses é normal a criança comer menos. O apetite diminui porque o crescimento dininui e as necessidades nutricionais também.
Aos 13 meses inicia-se a “luta pelo poder”, a criança reclama algum controlo para ela e percebeu que o pode fazer através da comida. Conclusão, quanto mais insistimos mais ela se nega firmemente a comer.
Com algumas crianças não podemos focar-mos no que elas ingerem num dia, mas sim numa semana. Nessa semana, teve dias em que petiscou 2 coisitas mas teve dias em que comeu satisfatóriamente? Como dizem os brasileiros, beleza!
Porções!? Temos noções realistas do que é uma porção? Há pouco tempo atrás li um artigo que dizia que nos últimos 50 anos o tamanho dos pratos aumentou (eu não quero exagerar mas acho que 60%, não estou muito certa). Um prato de servir era do tamanho de um prato actual de sobremesa, e o prato de sobremesa de hà 50 era do tamanho de um pires. Com o aumento dos pratos, aumentou o tamanho das porções. E todos nós fomos ensinados, desde pequeninos, que temos de comer tudo o que está no prato, para sermos lindos e para termos direito à sobremesa, e em muitos casos para poder sair da mesa. Aprendemos a ignorar os sinais de saciedadee comemos mais do que necessitamos. As crianças têm esse mecanismo apurado, mas se as forçamos a comer “só mais uma”, “olha o avião”, elas vão acabar por ignorar os sinais de saciedade (isto em muitos casos leva à obesidade).
O estômago de uma criança é do tamanho do punho dela fechado. Como vês não cabe muito lá dentro. Normalmente deve-se oferecer, a uma criança de 13 meses, um quarto a um terço da nossa porção.
Alguns truques para conseguires que ele coma mais:
Não esperes que uma criança pequena se sente à mesa calmamente e coma sua refeição em tranquilidade divina, quando há tanto brinquedo para desarrumar e tanto armário e gavetas para explorar. Coloca um tabuleiro com comida acessível à criança e ela tratará de se alimentar.
Ao jantar, experimenta o seguinte, senta-o na cadeira dele e “ignora-o”. Conversa com o teu companheiro enquanto comem. Ele vai observar-vos a comer e vai perceber que foi deixado de fora, e muito provavelmente vai querer comida do teu prato. Vai-lhe dando, mas sem te focares muito nele. Sem se aperceber, ele vai comendo. Se notares que ele volta ficar resistente, volta a ignorar.
O que acontece é que não houve nenhuma luta pelo controlo e a criança acaba por comer.
Uma coisa muito importante é nunca fiques tentada a fazer outra comida. Se não quer do que foi colocado na mesa, a consequência é não ter mais nada para comer até à hora de deitar. Eu sou a favor de dar um snack antes de ir dormir, que poderá ser leite com corn flakes, iogurte com muesli, banana e uma bolacha maria, pão com manteiga de amêndoa (alimentos ricos em triptofano ajudam a segregar melatonina).
Deixa-o comer sozinho, pela mão dele, pois eles adoram e acabam por comer melhor.
Lembra-te que é uma fase, e ele não será assim para sempre.
Relaxa, quanto menos stressares, melhor ele come.
Outra coisa, a minha filha, neste momento, raramente deixa que se lhe dê a comida à boca. É frustrante fazer sopa para ela e ter deitar tudo pelo cano da pia abaixo. Neste momento faço a sopa para mim. Ponho menos sal, e é essa a sopa que lhe ofereço. Quer? Óptimo! Não quer? Também não se desperdiça.
Ellin Satter, uma pediatra, e autoridade no campo da alimentação infantil (autora do livro How To Get Your Kids To Eat: But Not To Much) diz que ambos, pais e filhos, têm uma tarefa. Cabe aos pais oferecer comida saudável e apropriada à idade da criança, e cabe a esta decidir o que quer e o quanto quer comer.
Claro que deves estar sempre vigilante se suspeitares de alguma carência ou problema alimentar, mas é importante ajustares as tuas expectativas relativamente à quantidade de alimentos que ele come.
Por último, dá o exemplo. Enche o teu prato de vegetais. Deixa que ele te veja a comer comida saudável. As crianças imitam os adultos.
E mais uma nota, por volta dos 2 anos as crianças tornam-se neofóbicas, ou seja, recusam comer tudo o que lhes seja desconhecido. Durante o primeiro ano também é comum passarem a rejeitar vegetais de dor verde, é uma característica evolutiva, que os impedia (em tempos remotos) de ingerir acidentalmente plantas venenosas.
Espero que este testamento :p te ajude a perceber melhor a recusa em comer e te ajude também a lidares com o apetite de passarinho sem desesperares e arrancares cabelos Que raivaaa!!!

Sorriso se alguma cousa não ficou clara diz (não é tão fácil escrever num tablet como num teclado normal onde se escreve quase ao ritmo do que se pensa)

Rita P. Pereira -
Offline
Desde 28 Jun 2016

Sansa!! Muito obrigada pelo teu comentário! Tornou a coisa muito mais positiva!! :p
Ando a lidar muito melhor com isto, aliás ele tem ajudado porque pelo menos a sopa e a fruta vão indo! Só detesto quando vamos a casa dos avós, ou outros familiares e tudo dá dicas, e o aí não come, o olha o aviao, o bater com coisas, opah isso sim! Faz-me arrancar cabelos.... o achar que comeu pouco pk deixou metade da sopa... enfim! Acho que a sociedade está assim formatada e depois nos mães de primeira viagem, por vezes deixarmo-nos levar por isso e temos um medo enorme de falhar...
esse sim é o problema... 😳
Beijinho!
Obrigada! ❤

Rita P. Pereira -
Offline
Desde 28 Jun 2016

Ah! O meu filho tem 8kg agora com 14meses...

Sansa -
Offline
Desde 18 Jan 2018

Rita P. Pereira escreveu:
Ah! O meu filho tem 8kg agora com 14meses...

A minha foi pesada uns 10 dias antes de fazer 13 e também pesava 8 kilos.
Eles agora já não crescem tanto em altura, e embora se mexam muito mais (a minha não pára quieta um segundo) acho que aos poucos vão ganhando umas gramas Sorriso
Mas mesmo em bebés que sempre foram gordinhos, é comum observar-se uma grande diminuição no ganho de peso. Crianças entre os 1,5 e 3 anos, normalmente, são lingrinhas.
Os nossos filhos são pequenos, não podemos comparar o peso com os outros.
No fim de contas, se forem saudáveis é o que interessa Sorriso

Vera Teodoro -
Offline
Desde 24 Mar 2017

Olá, eu sou intolerante ao Glúten e realmente os sintomas são as diarreias, vómitos , diminuição de peso.... tenho uma menina de 5 meses pelo que ainda não introduzimos o Glúten. Esteja atenta a estes sintomas e se se confirmarem é falar de imediato com a pediatra.

Verate

Rita P. Pereira -
Offline
Desde 28 Jun 2016

Sim! Não tenho grandes expectativas com o peso, eu também sou pequena e magra não poderia ter um filho grande e gorducho... desde que tenha saúde, o resto vai vindo!
Estou a tratar formas novas na alimentação, com calma e paciência tudo corre bem!!! Piscar o olho

Outros tópicos relacionados

Esperança às meninas com SOP
Boa noite meninas! Sou uma das meninas dos primordios deste forum, ausente por algum tempo, sou mae de uma menina com 4 anos e no este ano decidimos procurar o segundo tesouro! E achei por bem, depois de ter procurado tantas vezes nos vossos...
Ajuda com o "amigo" DUFINE
Olá Amigas... Tenho uma duvida que gostaria de pedir a vossa opinião ... EU, tal como muitas das nossas meninas, iniciei o tratamento com o DUFINE, oa fazer pesquisa aqui pelo nosso forum, verifico que existem mil e uma formas de tomar o mesmo. EU...
BETA HCG ... AJUDA
Ola meninas ,estou gravida de 5 semanas e um dia, ultima ment a 20-06 fiz um.beta.com.4 semanas e 6 dias o resultado.foi.de 448, a minha duvida e que no paple indica que estou no.escalao de 2-3 sanas, acham.que.devo repetir o beta hoje ou aguardo...
Marca Biberons e chuchas
Ola meninas, sou mama de 2ª viagem e neste momento tenho um duvida. Da minha primeira princesa optei como marca a NUK, apesar de nao ter nada a apontar, neste momento considero os produtos deles demasiados caros, quer a nivel de chuchas quer a nivel...
Colocar produtos como vendidos
Por favor alguem me ajuda como colocar os meus produtos da minha loja como vendidos por favor. Obrigada
Banheira Shantala
Meninas preciso da vossa opiniao, sou mama de 2ª viagem e ando que não ando para comprar a banheira da Shantala, mas a duvida é que nao tenho ninguem por perto que alguma x a tenha utilizado logo que tenha uma opiniao positiva, quando falo com as...

Votação

Qual destas bebidas consome no dia-a-dia?