hospital da luz: relatos de partos e experiências. | Page 2 | De Mãe para Mãe

hospital da luz: relatos de partos e experiências.

Responda
77 mensagens
EM_NS -
Offline
Desde 17 Jul 2014

Não há problema pode perguntar o que quiser inclusive por msg privada se preferir. Discos de amamentação levei mas nem sequer usei porque a dar de mamar a cada 2 horas não tinha assim tanto leite a pingar. Não sei se é assim com todas mas eu só já em casa tive necessidade de os usar. Mas por exemplo eu não tinha mamilos de silicone (pensei comprar só se precisasse) nem bepanthene (que eu nem sabia que dava para usar em mamilos gretamos) e eles lá deram me e nem incluíram na factura.
A cesariana e uma intervenção que dura entre 1-2 horas, mas a sensação com que fiquei foi de ser muito rápido. O pai pode assistir e o meu até lhr vestiu a primeira roupinha logo ali.
Depois da cesariana ficamos no recobro e perguntam lhe se quer dar de mamar (eu quis e foi maravilhoso aquele momento).
Levantar só no dia a seguir.

ARCCP -
Offline
Desde 17 Fev 2016

A sua cesariana foi programada? Se sim, com quantas semanas é que a Dra Luisa marcou?
Eu tenho uma placenta prévia nivel II desde as 12 semanas e não subiu nada, por isso vai ter de ser cesariana programada. Na próxima consulta,no inicio de Dezembro, a Dra.disse que iamos marcar Sorriso

Portanto basicamente para nós o que temos de levar é:
- 3 camisas de dormir
- roupão
- chinelos
- o boletim da grávida
- roupa de saida
- cinta pós parto

Para o bebé:
- 5/6 mudas de roupa
- chucha
- manta
- 2 fraldas de pano
- 2/3 babetes

Certo?
Acha que falta mais alguma coisa?
Desculpe, mais uma vez, mas é sempre bom poder partilhar experiências com quem já passou pelo mesmo , principalmente, tão recentemente.

EM_NS -
Offline
Desde 17 Jul 2014

A minha cesariana não foi programada. Eu já tinha indução marcada para as 41 semanas mas entrei em trabalho de parto no dia em que fiz 40 semanas. Infelizmente o bebe estava com arritmias que se foram intensificando (entre outras coisas) e ao fim de uma looooonga noite sem o quadro ter melhorado a Dra achou melhor avançar para a cesariana a hora do almoço.
Eu penso que a lista tem tudo sim. A Dra desaconselhou me a cinta por isso não a usei. Eu como tinha visitas diárias dos meus pais tinha a segurança de que se faltasse alguma coisa eles traziam!

Barbara Lameirao -
Offline
Desde 08 Nov 2016

Muito obrigada EM_NS por todas as informações. Eu também vou ter o bebe na Luz por cesariana (placenta previa) e a sua experiência ajudou a acalmar um bocadinho.

EM_NS -
Offline
Desde 17 Jul 2014

Fico contente por ter ajudado! Se puderem marquem uma visita para conhecer o espaço e os procedimentos em pormenor , mas acreditem que ficam em boas mãos, porque as equipas são excelentes.

ARCCP -
Offline
Desde 17 Fev 2016

Olá

A Dra Luísa desaconselha a cinta? Sempre ouvi dizer que devíamos de sair do hospital comb ela posta pois ajudava a ir ao sítio.
E quanto a sua recuperação como è que foi? Já conseguiu perder muito peso? Isso preocupa-me porque com 31 semanas já engordei 14 kg...

sky77 -
Offline
Desde 31 Mar 2016

Olá!
Também estava a seguir este tópico e entretanto a minha pipoca já nasceu Sorriso
Foi uma cesariana no Hospital da Luz e posso contar como correu enquanto tenho a memória fresca. Foi há 5 dias Sorriso
Eu tinha cesariana programada para dia 15, porque a bebé estava sentada, mas no dia 7 (às 38 semanas e 2 dias) tive algumas contracções dolorosas e a minha médica optou por antecipar a cesariana para evitar que entrasse mesmo em trabalho de parto e a coisa tivesse de ser feita demasiado à pressa.
Dei entrada no dia 8 às 11h, estive umas 2 horas ligada ao ctg e com soro (por causa do jejum). Pelas 13h e picos segui para o bloco onde já estava a minha médica, a pediatra e a anestesista. Levei a epidural (é desagradável mas super rápido, portanto é respirar fundo que passa num instante). No meu caso teve de ser repetida porque tenho uma tatuagem num sítio que atrapalhava e da primeira vez não pegou. À segunda tentativa e no espaço de 2 minutos já não sentia nada nem mexia as pernas. Enquanto me desinfectavam e colocavam os panos veio o pai, que conseguiu ver tudo por cima do pano e não desmaiou nem nada Piscar o olho
A minha pipoca estava muito subida e com duas voltas do cordão à volta dela, portanto foi uma extracção difícil e saiu meio engasgada, precisou de uma ajudinha da pediatra para começar a respirar. Foi um ligeiro susto mas numa questão de segundos já a ouvia berrar Sorriso nesta altura chamaram o pai para a ir ver e vestir e trouxeram-ma logo a seguir enquanto ainda me faziam as suturas. Ali não dá para lhe pegar ao colo mas seguraram-na ao pé de mim e tiraram umas fotos.
Logo que saí do bloco deitaram a bebé ao meu lado e puseram-na a mamar, assim ficámos cerca de 1 hora e picos no recobro, com o pai sempre connosco. A cirurgia em si, desde a epidural até ver a bebé acho que foi rapidíssimo, uns 10 minutos. Depois demorou mais um bocadinho enquanto estava a ser cosida.
Teminado o tempo de recobro levaram-nos para o quarto e 5 minutos depois já lá estava a família toda a conhecer a pequena.
O internamento é de 3 noites desde que corra tudo bem, os cuidados médicos e de enfermagem são excelentes mesmo e em termos de conforto é como estar num hotel.
A cesariana foi pelas 14h, portanto perguntaram se eu queria levantar-me nessa noite pelas 2h da manhã ou se esperava pela manhã. Optei por esperar e pelas 9h já estava de pé, sem algália, sem soro e sem nada. Consegui logo ir à casa de banho e pouco depois taparam-me o penso e pude tomar um duche.
O hospital fornece tudo o que é preciso para a mãe e o bebé. Há toalhas, chinelos, gel de banho, cuecas descartáveis, pensos, fraldas, compressas, mamilos de silicone etc.
Levei camisas de dormir mas acabei por só usar no último dia. Optei por sujar as batas do hospital Sorriso
Foi uma excelente experiência, não sei se vou ter mais filhos mas se acontecer será certamente no Hospital da Luz.
Qualquer dúvida que tenham digam e boa sorte para os vossos partos Sorriso

EM_NS -
Offline
Desde 17 Jul 2014

A Dra Luisa disse me que não valia a pena comprar cinta, mas lembre se que eu tive o bebe no Julho mais quente dos últimos 85 anos e a cinta além de apertar faz um calor desgracado!!! Pergunte lhe a opinião que é melhor.
Eu engordei 10 kgs na gravidez toda e posso lhe dizer que passado cerca de 1 semana já só me faltava perder 2 kgs para estar no peso inicial. Já deve ter lido que o bebe, líquidos e sangue que temos a mais pesa aproximadamente 8 kgs por isso a perda de peso inicial anda à volta deste número mas a barriga não desaparece logo. Amamentar ajuda muito porque faz com que o útero contraia e volte a forma inicial mais rapidamente e a barriga por inerência também.
A recuperação foi boa embora os primeiros dias tenham sido muito duros, mas eu fiz tudo por tudo para me manter activa e às vezes (agora a distância é que me apercebo) esforçando me mais do que devia mas felizmente nunca tive dores agudas nem nada parecido.

EM_NS -
Offline
Desde 17 Jul 2014

Sky 77 ler o seu relato deu me uma nostalgia daqueles minutos com o bebe colado a minha cara e depois no recobro a mamar!!!! Eu também adorei o hospital da luz! A única coisa que me deixou mais em baixo foi não ter forças para dar os banho ao meu filho, chorei que nem uma Maria madalena por causa disso! Mas de resto tudo impec!
Um grande beijinho e tudo a correr bem!

ARCCP -
Offline
Desde 17 Fev 2016

sky77 escreveu:
Olá!
Também estava a seguir este tópico e entretanto a minha pipoca já nasceu Sorriso
Foi uma cesariana no Hospital da Luz e posso contar como correu enquanto tenho a memória fresca. Foi há 5 dias Sorriso
Eu tinha cesariana programada para dia 15, porque a bebé estava sentada, mas no dia 7 (às 38 semanas e 2 dias) tive algumas contracções dolorosas e a minha médica optou por antecipar a cesariana para evitar que entrasse mesmo em trabalho de parto e a coisa tivesse de ser feita demasiado à pressa.
Dei entrada no dia 8 às 11h, estive umas 2 horas ligada ao ctg e com soro (por causa do jejum). Pelas 13h e picos segui para o bloco onde já estava a minha médica, a pediatra e a anestesista. Levei a epidural (é desagradável mas super rápido, portanto é respirar fundo que passa num instante). No meu caso teve de ser repetida porque tenho uma tatuagem num sítio que atrapalhava e da primeira vez não pegou. À segunda tentativa e no espaço de 2 minutos já não sentia nada nem mexia as pernas. Enquanto me desinfectavam e colocavam os panos veio o pai, que conseguiu ver tudo por cima do pano e não desmaiou nem nada Piscar o olho
A minha pipoca estava muito subida e com duas voltas do cordão à volta dela, portanto foi uma extracção difícil e saiu meio engasgada, precisou de uma ajudinha da pediatra para começar a respirar. Foi um ligeiro susto mas numa questão de segundos já a ouvia berrar nesta altura chamaram o pai para a ir ver e vestir e trouxeram-ma logo a seguir enquanto ainda me faziam as suturas. Ali não dá para lhe pegar ao colo mas seguraram-na ao pé de mim e tiraram umas fotos.
Logo que saí do bloco deitaram a bebé ao meu lado e puseram-na a mamar, assim ficámos cerca de 1 hora e picos no recobro, com o pai sempre connosco. A cirurgia em si, desde a epidural até ver a bebé acho que foi rapidíssimo, uns 10 minutos. Depois demorou mais um bocadinho enquanto estava a ser cosida.
Teminado o tempo de recobro levaram-nos para o quarto e 5 minutos depois já lá estava a família toda a conhecer a pequena.
O internamento é de 3 noites desde que corra tudo bem, os cuidados médicos e de enfermagem são excelentes mesmo e em termos de conforto é como estar num hotel.
A cesariana foi pelas 14h, portanto perguntaram se eu queria levantar-me nessa noite pelas 2h da manhã ou se esperava pela manhã. Optei por esperar e pelas 9h já estava de pé, sem algália, sem soro e sem nada. Consegui logo ir à casa de banho e pouco depois taparam-me o penso e pude tomar um duche.
O hospital fornece tudo o que é preciso para a mãe e o bebé. Há toalhas, chinelos, gel de banho, cuecas descartáveis, pensos, fraldas, compressas, mamilos de silicone etc.
Levei camisas de dormir mas acabei por só usar no último dia. Optei por sujar as batas do hospital Sorriso
Foi uma excelente experiência, não sei se vou ter mais filhos mas se acontecer será certamente no Hospital da Luz.
Qualquer dúvida que tenham digam e boa sorte para os vossos partos

Antes de mais parabéns pela chegada do bebé Sorriso Obrigada pelo seu testemunho. São sempre muito bons e de certa forma dão-nos muito mais tranquilidade.
Quantas mudas de roupa aconselha a levar para o bebé? 4/5 mudas?

sky77 -
Offline
Desde 31 Mar 2016

Sim, uma muda para cada dia, mais 1 ou 2 extra por causa dos acidentes Sorriso
O hospital é muito quentinho e a minha bebé não gosta muito de calor. Acabou por ficar mais confortável só de body e umas botinhas, depois aconchegada com o edredon do berço. Roupa quentinha para ir para casa mas mais fresca pra estar lá, penso que é o ideal.

ARCCP -
Offline
Desde 17 Fev 2016

Só mais uma pergunta,eu tenho Medis. Não sei se por acaso tem ese seguro. Se sim,se não for indiscrição quanto o pagou pela cesariana e internamento?

sky77 -
Offline
Desde 31 Mar 2016

Não tenho esse seguro... mas sei que pode obter essa informação pelo telefone, ligue para o hospital que eles dizem-lhe os valores Sorriso

EM_NS -
Offline
Desde 17 Jul 2014

O hospital e mesmo muito quente. Fora a primeira roupa que convém ser quentinha porque a sala e recobro são zonas frias (eu levei um conjunto de body, babygrow, gorro e mantinha) as outras mudas não precisam de ser muito quentes. Um body e umas calças com pé por dia mais um casaco de algodão está bom mesmo no inverno porque tive uma amiga que teve bebe lá em janeiro e também estava um calor que nao se podia lá!

ARCCP -
Offline
Desde 17 Fev 2016

Olá mamãs,

Vim agora de uma ecografi, estou de 31 semanas e 2 dias e contra todas as expectativas, porque como eu já tinha referido, desde as 12 semanas que tinha uma placenta prévia nivel II. Está a subir. Segundo o médico ela vai ao sitio até ao parto.
Eu que nunca quis uma cesariana, já estava mentalizada para tal e pelos vistos vou conseguir um parto normal Sorriso

EM_NS -
Offline
Desde 17 Jul 2014

Que bom! Eu também queria ter tido um parto normal, nem imagina o que me tive de bater por isso, mas infelizmente acabou em cesariana. Fico muito contente por si!

PrincesaCinderela -
Offline
Desde 05 Ago 2016

Meninas, tb terei a minha princesa no hospital da Luz. Mais alguém quer dar depoimentos mais recentes? Quem foram os médicos que vos fizeram o parto? Com quantas semanas visitaram a maternidade?

Obrigada e beijinhos

Positivo: 1 de outubro 2016

KellyPT -
Offline
Desde 05 Abr 2011

Eu já tive 2 filhos no hospital da luz, adorei a experiência e não me passaria pela cabeça tê-los em mais nenhum sítio (salvo se não pudesse, claro). Ambos foram cesariana, mas a primeira programada e bastante menos acidentada.

Da primeira vez, entrei de manhã em jejum, sozinha (o marido ficou lá fora), fizeram-me o internamento, puseram-me a soro num quarto privado a aguardar a hora da cesariana e o marido foi ter comigo uns 30 minutos depois. Ficámos sempre juntos até à hora de entrar para a sala de cirurgia, ouvimos música, vimos TV e ainda tive tempo de falar ao telefone com a família.

Entretanto, chegou a minha médica. Levaram-me para a sala de cesarianas, fizeram a preparação para a cirurgia e deram-me a anestesia. Os 7 minutos que se seguiram foram os mais difíceis, porque eu estava nervosíssima. Faltou-me o ar, vomitei e senti-me a perder os sentidos. Mas disse logo à equipa médica, como me tinham aconselhado, e eles iam ajustando a medicação para que me sentisse melhor. Estiveram sempre presentes na sala a minha GO, o anestesista, uma neonatologista e 3 enfermeiras. Já depois da anestesia, entrou o marido e poucos minutos depois ouço um choro de bebé. Nunca pensei que fosse tão rápido! Mostraram-mo e levaram-no em seguida para ser examinado pela neonatologista, que depois me veio dar os parabéns e dizer que estava tudo bem. O pai levantou-se então para o ajudar a vestir e uns 10 minutos depois de ter nascido ouço a minha médica dizer umas palavras que nunca esquecerei: "vem aí um embrulhinho". Puseram-mo no colo, era lindo e perfeito e eu chorei, chorei e chorei...continuaram a coser-me durante cerca de 30 minutos, mas nem dei por nada.

Já não me separei do bebé, puseram-mo na mama ainda na sala de partos e fomos todos juntos para o recobro (um dos melhores momentos da minha vida). Mesmo aí, a minha GO esteve sempre comigo. Cerca de uma ou duas horas depois subimos para o quarto e à tarde já tivémos as primeiras visitas.

A segunda cesariana (em Agosto último) foi mais complicada: estava marcada para o dia em que faria as 40 semanas, mas rebentaram-me as águas 2 dias antes e tive de ir para o hospital de emergência. A minha GO estava de férias na altura e já sabia que não seria ela a fazer-me o parto. Tinha-me referenciado para um colega que eu conhecia, mas este estava de serviço em outro hospital nesse dia e tive de ser atendida pela equipa de urgência. Quando cheguei ao hospital, fizeram-me uma ecografia (estava tudo bem) e internaram-me num dos quartos de dilatação, a esperar pelas 5 horas de jejum para fazer a cesariana. Ofereceram-se desde logo para me dar a epidural logo que eu quisesse mas eu, feita parva, achei que não seria preciso, até porque tinha curiosidade em saber como seriam as dores de parto (já que da primeira vez não tive nenhuma). Ligaram-me ao CTG e disseram-me que me ficariam a monitorizar constantemente, e felizmente assim foi. A equipa de emergência trocou de turno nessa altura e a médica que me faria o parto veio apresentar-se (super simpática). O meu médico telefonou 3 vezes ao longo da noite, para ir acompanhando.

Cerca de 2 horas depois, as dores tornaram-se mesmo muito fortes, como se estivesse a rebentar por dentro. Gemi 2 vezes bastante alto e entraram-me umas 7 pessoas no quarto, entre médicos, enfermeiros e auxiliares. Perguntaram-me logo por que não tinha pedido ainda a epidural. Disse que a queria levar e 2 minutos depois tinha a anestesista ao pé de mim, que foi um verdadeiro anjo. Em 5 minutos tirou-me as dores todas. Um dos médicos da equipa faz-me o toque e diz-me que ainda não tenho qualquer dilatação.
Fiquei então uma hora e tal na conversa com o marido, como se não se passasse nada comigo.

Ao fim desse tempo, entrou-me uma enfermeira no quarto de repente, mandou-me por de lado e começou a mexer no equipamento. Pediu a uma funcionária que lhe trouxesse um medicamento e que desse prioridade a isto sobre tudo o resto. Perguntei o que se passava e disse-me que o coração do bebé tinha desacelerado e tinham de ver o que se passava. Consegue fazer subir o ritmo cardíaco de novo, chamam os médicos e estes mandam-me seguir imediatamente para a sala de cesarianas, dizendo que o bebé "estava com pressa de nascer". Percebi perfeitamente que estavam preocupados e fiquei, confesso, em pânico.

Volto a entrar sozinha na sala de cesarianas (o marido fica lá fora a preparar-se), mas a administração da anestesia é agora mais fácil e rápida porque o cateter já está colocado. O marido chega entretanto e, já depois de iniciada a cesariana, ouço a neonatolgista dizer "é para vir logo para aqui, não é para se porem aí com coisas". Estavam presentes na sala 2 obstetras, a neonatologista, a anestesista e várias enfermeiras. Foi um alívio gigante quando o ouvi chorar. A obstetra principal volta-se para o colega e diz com ar impressionado "isto é um nó VERDADEIRO no cordão", e para mim:: "não sabe a sorte que teve. Saiu-lhe um Euromilhões".

Explica-me depois que, nesses casos, se o TP tivesse avançado, o nó se fecharia inevitavelmente e, se ele não fosse tirado imediatamente, morreria. Fiquei em estado de choque com a notícia e passei a primeira noite quase toda a chorar com ele ao colo...e a precisar de ajuda para lhe mexer porque, como tinha passado muito tempo voltada para o lado esquerdo (já que inicialmente tinham pensado poder ser falta de oxigenação por pressão sobre a veia cava) estava toda dormente desse lado. Com isto tudo, nem me lembro do tempo que passaram a coser-me...

Enfim, mas passou tudo. O internamento foi excelente, o apoio na amamentação bastante melhor do que da primeira vez. Adorei todos os médicos, enfermeiros e funcionários com que contactei. Tal como da primeira vez, os 3 primeiros dias foram os mais difíceis, mas passei-os quase todo o tempo deitada, só me levantando para tomar banho e para os banhos do bebé (ter lá o pai o tempo todo ajuda muito).

Só temos de levar documentos e roupas. Tudo o resto (produtos de higiene, fraldas, resguardos, cuecas descartáveis, compressas, etc) eles oferecem. Registámos o bebé logo no hospital (outra melhoria face ao primeiro parto). Os quartos são ótimos, até terminal de Internet tinha na cama, o que não é propriamente necessário porque só temos olhos para o bebé. Os dias que passámos com os nossos filhos recém-nascidos, sozinhos na privacidade do nosso quarto, foram e serão sempre dos mais especiais da minha vida.

Bom, já escrevi muito, mas aqui fica o meu testemunho. Espero ter ajudado. Uma hora pequenina para todas

Daniela Ferreira1 -
Offline
Desde 15 Jan 2017

Olá! Eu tive a minha princesa em dezembro no hospital da luz e adorei. Os próximos serão la tambem. Rebentaram me as águas às 22h do dia 17 e fomos imediatamente para o hospital.. fiz uma eco para ver se estava tudo bem e nao tinha dilatação nenhuma. Fui para o quarto enquanto o marido tratava da papelada e depois foi ter comigo. Como a noite ia ser longa a enfermeira disse que ele podia ir descansar para casa que assim que eu entrasse em trabalho de parto lhe ligavam pra ir. Eram 9h da manha quando ele chegou e eu com apenas 4 dedos de dilatação. Levei a primeira dose de epidural à uma da manha e mais dois reforços ao longo da noite. Nunca senti uma unica contracção, assim que via que o efeito estava a passar vinha a enfermeira dar-me a medicação. A minha medica foi acompanhando a evolução por telefone ao longo da noite e de manhã passou me para o dr shadi pois nao poderia estar presente. Como nao dilatei tomei medicação para induzir as 11h, as 12h15 fomos para a sala de partos, fiz força 3x e nasceu a Francisca ao 12h41 do dia 18 Dezembro. Nasceu de ventosa pois nao fiz a dilatação toda mas nao tive uma unica dor, foi um parto maravilhoso. O pai esteve sempre ao nosso lado e as enfermeiras do melhor que há. O médico foi excelente e é agora o meu GO. Ficamos 3 dias e adorei tudo, desde as instalações, às auxiliares à comida, tudo! Pagamos 250euros do parto mais 90euros da estadia do pai. Temos o seguro da Allianz. Boa sorte!

PrincesaCinderela -
Offline
Desde 05 Ago 2016

Muito obrigada mamãs pelos vossos relatos. Um beijinho grande

Positivo: 1 de outubro 2016

Esquilinha -
Offline
Desde 25 Nov 2012

Eu tive o meu parto no H.Luz e terei os próximos sem qualquer dúvida. Todo o apoio da equipa (enfermeiros, médicos, auxiliares), a sério instalações, o conforto, a preocupação constante contigo são formidáveis. Foi a minha OB que me fez o parto (Dra. Élia Fernandes, fantástica!), foi parto normal induzido. Recomendo a experiência lá!

Esperançaadois -
Offline
Desde 12 Jun 2014

Olá Meninas, vou juntar-me a voces! O meu parto tb vai ser no H. Luz! Espero que corra bem como todas aqui descrevem Sorriso

Trombofilias Hereditárias : PT; MTHFR 677; PAI 675
HLuz - Ectopica - 02/2014/ HLuz - Remoção1 trompa - 03/2014; Hluz- Aborto retido 10 sem- 06/14
HL - Grav Bioquimica - 05/15
HL - Grav Bioquimica - 09/15
HL- Grav Bioquimica - 01/16
IVI abril 16... 7/10/2016 beta 145 10/10/2016 2º beta 440

agpereira -
Offline
Desde 16 Jan 2014

Olá, também irei para o hospital da luz. Ainda n sei como será o parto, ainda é muito cedo e não falei com a minha medica sobre isso... mas obrigada pelos testemunhos, todas dizem bem e isso acalma-nos o espirito...sempre tive medo do parto e agora que engravidei cada vez q me lembro que vou passar por lá tenho medo de entrar em pânico... enfim...

Já agora, alguns pormenores maus que ninguem falou muito mas me assustam... tiveram de fazer clister? E argalia, iveram? Como é? Nunca fui operada a nada, não sei... Quem fez cesariana, dizem que não doi mas se sente... como foi?

Obrigada a todas!

KellyPT -
Offline
Desde 05 Abr 2011

agpereira escreveu:
Olá, também irei para o hospital da luz. Ainda n sei como será o parto, ainda é muito cedo e não falei com a minha medica sobre isso... mas obrigada pelos testemunhos, todas dizem bem e isso acalma-nos o espirito...sempre tive medo do parto e agora que engravidei cada vez q me lembro que vou passar por lá tenho medo de entrar em pânico... enfim...
Já agora, alguns pormenores maus que ninguem falou muito mas me assustam... tiveram de fazer clister? E argalia, iveram? Como é? Nunca fui operada a nada, não sei... Quem fez cesariana, dizem que não doi mas se sente... como foi?
Obrigada a todas!

Clister, não. Argália sim, mas nem dei por ser colocada nem, praticamente, por ser retirada. Tanto nas duas cesarianas como nas 4 cirurgias que já fiz. Juro que nem sequer percebo por que é que as pessoas se lembram de ter medo da argália (pelo menos, as mulheres; admito que para os homens possa ser diferente). Na cesariana, de facto sente-se mexerem cá dentro. Pessoalmente, até achei graça, mas há de facto quem entre em pânico. Acho que a melhor prevenção é falar com o médico que irá fazer a cirurgia, para ele(a) alertar para o procedimento que vai ser seguido e forma de reagir em cada caso. A mim, ajudou-me bastante. Vai descansada, que o que custa são os nervos. E boa sorte

agpereira -
Offline
Desde 16 Jan 2014

Obrigada KellyPT. Sorriso

Sim, ainda tenho muito que falar com a minha médica, só ainda não entrei no tema por ser muito cedo... desde sempre me lembro que queria ter filhos mas com cesariana e anestesia geral pq a ideia de parto me causa muito medo... tenho de respirar fundo estes meses pra me mentalizar... Sorriso

sky77 -
Offline
Desde 31 Mar 2016

Na cesariana é colocada uma algália, mas não se sente (é depois de já estar anestesiada). Fica colocada até voltar a poder levantar-se, normalmente 12 horas depois. Quando a retiram também não se sente quase nada e demora 2 segundos. Clister não fiz, penso que não é procedimento habitual.
Na cesariana sente-se que estão a mexer (e até a fazer alguma força) mas não é uma sensação desagradável nem dolorosa. Pelo menos para mim não foi Sorriso e é uma coisa rápida. Em menos de 5 minutos o bebé está cá fora e a partir daí é só coser, já não se sente grande coisa.
Recomendo vivamente que faça a visita à maternidade, nessa altura explicam tudo e mostram todo o percurso (quarto de dilatação, sala de partos, quarto de internamento etc.) e esclarecem todas as dúvidas sobre todos os procedimentos.
Relaxe que vai estar em muito boas mãos Sorriso

agpereira -
Offline
Desde 16 Jan 2014

Obrigada Sky. Sorriso

A história do clister sempre ouvi falar e conheço quem tenha tido que fazer.... mas foi no publico. Não tenho medo disso (eheheh) mas imagino ser mais um constrangimento numa altura que por si só já é complicada... bom saber pelos testemunhos que não é pratica comum no hosp da luz.

Tb tenho ideia que vou estar em boas mãos, os feedbacks que oiço do hospital não podiam ser melhores e confio muito na minha médica, é a isso que me agarro quando começo a pensar muito no "como vai ser"... Sorriso

Esperançaadois -
Offline
Desde 12 Jun 2014

Olá meninas, também vou ter o meu bebé no H luz! A minha médica quer fazer parto normal... confesso que estou aterrorizada e só tenho vontade de pedir uma cesariana por favor.... alguém que me possa tranquilizar?

Trombofilias Hereditárias : PT; MTHFR 677; PAI 675
HLuz - Ectopica - 02/2014/ HLuz - Remoção1 trompa - 03/2014; Hluz- Aborto retido 10 sem- 06/14
HL - Grav Bioquimica - 05/15
HL - Grav Bioquimica - 09/15
HL- Grav Bioquimica - 01/16
IVI abril 16... 7/10/2016 beta 145 10/10/2016 2º beta 440

KellyPT -
Offline
Desde 05 Abr 2011

Esperançaadois escreveu:
Olá meninas, também vou ter o meu bebé no H luz! A minha médica quer fazer parto normal... confesso que estou aterrorizada e só tenho vontade de pedir uma cesariana por favor.... alguém que me possa tranquilizar?

Aquilo que te posso dizer, para te tranquilizar, é que uma das grandes vantagens do Hospital da Luz, contrariamente ao que acontece com (ao que sei) todos os hospitais públicos e mesmo muitos privados, é que eles dão a epidural em qualquer fase do trabalho de parto. Não estão à espera de 2, 3, 4, 5 dedos de dilatação ou seja o que for. Isto faz uma diferença gigantesca nos casos em que os trabalhos de parto progridem lentamente. São muito atentos ao conforto da mãe (uma cunhada minha teve lá 2 partos, um natural e outro por cesariana, e diz que prefere 1000 vezes o primeiro, porque não teve dores nenhumas e cerca de meia hora depois já conseguia andar como se não se tivesse passado nada).

Aconselho-te a falar dos teus medos com a médica. Como sabes, se porventura as coisas se complicarem (ou se pedires a sério) eles passam logo para cesariana. Não estão até à última, o que também é uma grande diferença. Boa sorte

Esperançaadois -
Offline
Desde 12 Jun 2014

Olá KellyPT obrigado pela tua resposta! Este tema é debatido desde o início da gravidez, e tendo em conta os meus problemas de coagulação do sangue o parto normal é na opinião da minha médica e do meu hematologista a melhor escolha, sendo que eu já referi à médica que se por algum motivo as coisas não estiverem a correr bem não quero que se adie uma cesariana para forçar um parto normal e ela garantiu-me que isso nunca aconteceria!
Acontece que com o aproximar da data estou a ficar com medo e apesar de tudo o que passei e superei para conseguir está gravidez sou muito "medricas" e depois o mito urbano de que a minha pipoca não fique igual também me deixa com receio... eu sei que é estupidez minha com tanta mulher a ter parto normal por aí se assim fosse queriam todas cesariana...

Trombofilias Hereditárias : PT; MTHFR 677; PAI 675
HLuz - Ectopica - 02/2014/ HLuz - Remoção1 trompa - 03/2014; Hluz- Aborto retido 10 sem- 06/14
HL - Grav Bioquimica - 05/15
HL - Grav Bioquimica - 09/15
HL- Grav Bioquimica - 01/16
IVI abril 16... 7/10/2016 beta 145 10/10/2016 2º beta 440

Outros tópicos relacionados

o hospital privado lusiedas em lisboa tem infraestrutura para parto natural?
olá, pretendo ter o meu bebé no hospital dos lusiedas e como é o meu primeiro parto, eu não sei como as coisas funcionam lá. Há alguma área especial para as grávidas que querem parto natural sem intervenções? No trabalho de parto, eu quero poder...
sugestões de hospitais publicos ou privados para o parto em lisboa?
- tem UTI adulto e neonatal? - existe infraestrutura para uma parto natural sem intervenções? - existe neonatologista, obstetra e anastesista 24 horas por dia? - quais são as acreditações do hospital? - incentivam a amamentação? - quais são os...
Parto natural no hsx: nascimento do Miguel.
Criei este tópico para relatar a minha experiência de parto no hospital São Francisco Xavier e também para ajudar mamas que pretendam ter os bebes neste hospital e queiram ouvir alguns relatos. Cada parto é único então aqui vai o meu: No dia 30 de...
Depilação intima para o parto
olá, quero ter o meu bebé no hospital dos lusíadas e gostava de saber se eles fazem lá a raspagem dos pelos pubianos (tricotomia) na hora do parto ou não...
Que maternidade/hospital escolher (zona de lisboa)?
Como foi o seu parto? Em que hospital? Gostou? E o acompanhamento pré natal foi bom?
Clínica moderna da mulher: Dra Radmila jovanovic
olá, eu gostava de saber se alguma mama aqui do forum é ou foi seguida pela Dra Radmila na gravidez e se fez o parto com ela. Gostaram do acompanhamento? E o parto, como correu? Vale a pena? Eu pretendo um parto natural e recentemente comecei a...

Votação

Como é que conheceu a marca Nunex?