Gravida aos 19 | De Mãe para Mãe

Gravida aos 19

Responda
11 mensagens
Btrzpf -
Offline
Desde 24 Mar 2020

Estou agora gravida de 5 semanas. Usava o anel mas por algum motivo falhou o que resultou numa gravidez não planeada. Tanto os meus pais como o meu namorado e a família dele já sabem. Sou estudante universitária e o panorama não é bom mas tanto eu como o meu namorado estamos dispostos a fazer os sacrifícios e esforços necessários, assim como a família dele diz que dá o apoio e a ajuda que for precisa. No entanto os meus pais não são tão compreensivos. Descobrimos à dois dias e só hoje é que o meu pai falou com a minha mãe ( o meu pai trabalha fora do país) e segundo ela só chorava e só acalmou quando ela lhe disse que eu ia abortar, o que não é a minha vontade. Estou numa situação um bocado complicada, os meus pais querem que eu aborte tendo em conta que sou nova e não trabalho mas se o fizesse seria contra a minha vontade uma vez que acredito que consiga seguir em frente com a gravidez apesar de que também me iria custar faze-lo indo contra os meus pais. Peço desculpa pelo texto extenso mas se alguém tivesse algum conselho e não se importasse.

claudia alfama -
Offline
Desde 05 Fev 2019

Tem de seguir o seu coração. Não vai ser fácil, ir contra os seus pais que te são muito queridos, mas, é o teu bebé.
Pensa muito bem.
Um beijinho 😘

MisaL -
Offline
Desde 17 Abr 2019

Acho que se vocês os dois querem, devem pensar como vão fazer, como se vão organizar. O filho será vosso, não dos vossos pais, devem pensar como vão sobreviver, onde vão viver...? Claro que agora não está numa boa altura para trabalhar, mas podem pedir ajuda temporária aos vossos pais.
Conheço quem tenha tido filhos com essa idade e porque quis. Não é algo fácil, tudo que tinham perspectivado vai mudar, mas se vocês estão de acordo, conseguem. Acho importante que pensem como se vão sustentar, as despesas são imensas, é importante conversarem e analisarem a vossa situação.
Talvez interromperem um ano os estudos, tratarem do bebé e logo voltam aos estudos. Acho que devem pedir ajuda aos vossos pais, quando já souberem o que pretendem, mas sempre com a cabeça que o filho é vosso, é responsabilidade vossa.
Ainda têm tempo, vão conversando sobre as vossas ideias e planos e depois conversam com as famílias.

DanielaLeal123 -
Offline
Desde 25 Mar 2020

Eu diria que devias de prosseguir com a gravidez,ainda que inesperada eu entendo sempre como uma boa surpresa.
É compreensível que os teus pais se sintam assim abalados , afinal justamente não há muito eras a menina deles,a menina que daqui a nada iria terminar os estudos e prosseguir com uma carreira,mas não há razão para te sentires mal.O desconforto deles surge na forma que eles idealizavam a tua vida e estão agora perante um choque inicial.Uma vez superado este choque inicial os teus pais irão reagir de outra maneira,podem ser um pouco duros ou desesperados mas mais uma vez é compreensível,cabe a ti confortá-los com tranquilidade e a maturidade que não duvido que tenhas e demonstra principalmente coragem !!!
Tem noção de que há quem recomende ter filhos primeiro e depois finalizar os estudos e iniciar uma carreira para evitar acabar num para-arranca constante ou adiar a gravidez até ser demasiado complicado ou então tarde.
Eu entendo que aquilo tudo o que aparece nas nossas vidas tem o propósito de nos fortalecer mas apenas se nós tomarmos essa decisão.
A vida não acaba aqui e na verdade uma vida acaba de começar Sorriso
Eu acredito em ti Espertalhão

Desde 24 Maio 2017

Eu fui mãe pela primeira vez com 19 anos. Uma gravidez não planeada e ambos estudantes e sem trabalho. Não foi fácil mas com sacrifício e com vontade conseguimos. Os teus pais aos poucos mudam a atitude, sobretudo quando o neto nascer. Força. Tudo vai valer a pena.

Desde 31 Jan 2020

Bem , eu tenho 17 anos e também estou grávida, ambos os pais reagiram dentro dos possíveis, apenas nos alertaram para as prioridades que iríamos ter que ter, já estou no final da gravidez e tudo corre bem, o meu namorado estudava comigo mas desde que descobrimos que ele foi trabalhar com o pai dele , já temos casa e estamos estabilizados , na minha opinião a tua mãe não deveria ter dito uma coisa dessas ao teu pai, primeiro se tens 19 anos já tens ou devias ter maturidade suficiente para fazer as tuas escolhas e o teu namorado igual, se voces querem prosseguir com a gravidez , prossigam, não faz sentido os teus pais te obrigarem a uma coisa dessas e acredita que se prosseguirem com a gravidez, os teus pais não vão ficar chateados contigo para sempre, são teus pais e algum dia passa, deveriam pensar primeiro em ti, ok que tens uma vida pela frente e talvez não devesse ser agora, mas 19 anos não é assim tão pouco , segue o teu coração , vai correr tudo bem e parabéns pela gravidez e maturidade dos dois em terem aceitado mesmo não sendo planeado❤️

Catarina S Costa -
Offline
Desde 12 Set 2019

Antes de mais parabéns pela gravidez, embora não planeada, mas pelo que percebi no seu testemunho desejada. Bom, e por ser desejada creio que antes de mais seria importante ter uma conversa com os seus pais, os pais do seu namorado e o seu namorado e de uma forma calma expressar a vossa vontade. Compreendo que os seus pais não idealizaram um neto nesta fase da sua vida, mas falar em aborto contra a sua vontade não é o caminho e creio que é muito importante que converse com a sua mãe e lhe diga que abortar está fora de questão.
Tudo a correr bem e muita força 🍀

Sheepelgirl -
Offline
Desde 01 Mar 2016

Parabéns. És maior de idade, a decisão é tua. Pondera bem o que vai ser a vida a partir deste momento. O que interessa é que tu e o pai tenham noção da vida que vos espera. Fora isso, não te preocupes com mais nada.

2016 - AMH 0,7/2018 - AMH 0,45
2016/ICSI (-): 1 embrião 3D/4 células
2017/02 - GN - GQ (a esperança deste positivo!)/2017/ICSI – 2ª GQ: 1 embrião 3D/5 células
2019/01 - lista de espera OVODOAÇÃO
2019/03 - GN - 1º BETA 716 - 2º BETA 774 - não evoluiu Triste
A luta pelo nosso sonho continua! <3

moomis -
Offline
Desde 01 Out 2017

E se abortares por pressão deles alguma vez lhes vais perdoar?
Eu não perdoaria os meus. Percebo que eles estejam assustados, acho que a tua mãe agiu mal e te colocou numa situação difícil mas não é por ela ter mentido que agora tens de seguir para o aborto porque ela não quis enfrentar a possibilidade de haver problemas.

Não é o ideal, ok. Imagino que estejas ti própria a processar todas as alterações e questões que irão mudar. Não precisas de mais dramas e muito menos de ter pessoas a pressionar-te seja para o que for.
Ter filhos não é fácil e não é um mar de rosas, acho que é importante saberes isso. Mas, se for o que quiseres pode ser o melhor do mundo. Não tens necessariamente que abdicar de nada mas terás condicionantes diferentes e exigências diferentes.
Por outro lado, também não faltam pessoas que tiveram filhos com essa idade, inclusivamente estando a estudar e conseguiriam.

Acho que se há situação onde os pais não devem servir como base para tomar uma decisão é na parentalidade.
Se decidires seguir em frente ou não a decisão deve ser apenas tua.

E podes ter ou querer interromper os estudos ou não. Eu já tinha um filho quando tirei licenciatura e o mestrado e durante o meu mestrado uma colega engravidou e nunca interrompeu nada.

Se seguires em frente terás que fazer sacrifícios mas se for o que quiseres vai valer a pena.

Joana Pereira5 -
Offline
Desde 21 Out 2019

Há 8 anos atrás fui mãe, com 18.
Mas tinha terminado o 12°, trabalhava e ia entrar na faculdade nesse ano (e entrei).
Não dependia de ninguém, e foi uma gravidez planeada.
Agora no teu caso, se ambos querem criar esse bebé pensem bem em como se vão juntar e organizar, tentar sempre não depender dos vossos pais.
A meu ver são sacrifícios que compensam no final.

S, meu mundo azul. 2012

VitaminaABC -
Offline
Desde 29 Out 2016

Romantiza se aqui um pouco a ideia que os pais não sao perdidos nem achados no assunto mas isso é totalmente falso, na sua maioria acaba por sobrar para os avós. Vocês não têm condições financeiras e precisam de uma retaguarda, por isso é normal os pais se meterem no assunto. No entanto também acho que é uma decisão muito pessoal, mas quando se assume a decisão de avançar deve se estar bem ciente que não é nada fácil. Desejo lhe as melhores das decisões, pense muito bem no assunto porque o que decidir agora será irreversível no futuro.

Votação

Qual destas bebidas consome no dia-a-dia?