Ginemed - Ovodoação | De Mãe para Mãe

Ginemed - Ovodoação

Responda
13 mensagens
patruixia -
Offline
Desde 05 Jul 2011

Olá meninas

Vejo o forum carregado de histórias de sucesso com OD na IVI, mas haverá por aí meninas da Ginemed? Eles têm uns "pacotes" mais em conta com garantia de pelo menos 1 blastocisto. O que já é melhor do que as chances de eu fazer uma fiv...Ando a pensar em tudo isto e gostava de ouvir as vossas experiÊncias.
Em relação aos tratamentos. Eu não gosto de mentiras nem de omiçoes...Vocês contam a toda a gente que tipo de tratamento fizeram ou nem por isso? E ao voss filho irão contar? Eu sou da opinião que se tudo for falado abertamente desde o começo é mais fácil de tirar qualquer peso negativo que possa ter...mas gostava de ouvir outros pontos de vista e problemas que pensem que isso possa trazer, principalmente para a criança?

Muito obrigada Sorriso

coquinha -
Offline
Desde 13 Maio 2019

Olá patruixia
Eu falei à minha familia chegada, irmãs e uma sobrinha, para ver as reações, mas se optar pela doação não vou contar a ninguém, vou sempre dizer que foi com os meus óvulos....
penso que as pessoas em geral não tem que saber, se um dia tiver de contar será ao meu filho e nunca às outras pessoas...
mas se tens hipóteses de fazer com os teus óvulos, faz pelo menos uma vez por um descargo de consciência, eu já estou a preparar-me para a segunda fiv, mais por um descargo de consciência, do que por esperança...
Ainda hoje a minha terapeuta de reiki me disse que uma senhora de 46 anos está grávida de gémeos, e eu que só queria um, está difícil, sempre fui saudável, pensei que fosse correr melhor...
a questão é que se para ter um filho tenho que recorrer à doação, sem problemas, ainda não li nenhum relato de alguma mulher a dizer que se arrependeu....

sldream -
Offline
Desde 29 Abr 2016

Olha eu não contarei a ninguém, pelo menos inicialmente, se tiver que optar por ovodoação (ontem congelamos pela primeira vez um blastocisto de boa qualidade.Coquinha optei por não fazer transferência a fresco, porque sinto que todas as hormonas, todo o cansaço e stress de uma FIV bem não podem fazer então decidimos assim).
Uma coisa que fui aprendendo é que não temos que decidir já o futuro Patruixia. Temos que ter uma ideia e de falar com o nosso marido e temos que estar alinhados, no entanto se agora pensamos em não contar e achamos que essa informação não é benéfica para a criança de forma nenhuma, não quer dizer que não mudemos de ideia e que a determinada altura não achemos que o melhor é contar. Há muita coisa na vida que não conseguimos controlar. Respeito todas as opiniões, esta é a minha. Com muita calma, muito amor e muita racionalidade iremos vivendo e conhecendo o nosso filho e saberemos o que será melhor para ele.
Isto se tiver a sorte de sermos abençoados um dia com um filho. Vemos aqui situações que parecem demasiado injustas para serem verdade.

Sobre sldream

Endometriose+adenomiose+baixa reserva (2 laparoscopias 07/2011 é 07/2017)
A tentar desde 9/2015, na IVI desde 08/2016
Grav bioq esp 11/2015 1a FIV 03/2017 1 blast d5 negativo,1a TEC 11/2017 1 blast d6 negativo 2a FIV 05/2018 1 blast d5 negativo,2a TEC 12/2018 1 blast d6 negativo 3a FIV 05/2019

Mylittlefairytale -
Offline
Desde 18 Maio 2016

Eu pretendo contar à minha filha a forma especial como foi concebida. Neste momento ninguém sabe. Ninguém mesmo. Só contaremos a ela, e quando acharmos que ela estará preparada. Obviamente que tentaremos criá-la e educa-la de forma a que compreenda o quanto foi desejada e o quanto é especial (da melhor maneiro que o soubermos fazer). Depois ela fará o que entender com essa informação.

coquinha -
Offline
Desde 13 Maio 2019

começo a achar que as mulheres que passam pelo que nós passamos deviam ter um grupo de apoio....

Susye -
Offline
Desde 08 Fev 2015

Os pacotes da Ginemed não incluem tudo o que os pack da ivi inclui, como por exemplo 3 anos de congelação. E o desconto da APF não entrava nos extras da Ginemed.
No tratamento OD da IVI, os óvulos são frescos, garantem 8 óvulos maduros e 2 blastocistos.
Quanto a contar, sim, os meus próximos sabem e estão a torcer para que tudo dê certo e vamos contar à nossa criança logo desde cedo.

Sobre Susye

1ª FIV (HUC 2017-2018): 5 blastos | TEF (-), TEC (-), TEC (-)
2ª FIV (IVI 2018): 3 blastos | TEC (-), TEC (-)
3ª FIV DO (IVI 2019): 3 blastos | TEC (+)

coquinha -
Offline
Desde 13 Maio 2019

Olá Susye
Eu sou licenciada em psicologia, ponderar 100% doação e não sei como iria abordar essa questão desde cedo com a ou o filho....até porque as crianças contam tudo na escolinha....são situações muito complicada.....
No meu caso, se acontecer e se tiver que contar será mais tarde

Susye -
Offline
Desde 08 Fev 2015

coquinha escreveu:
Olá Susye
Eu sou licenciada em psicologia, ponderar 100% doação e não sei como iria abordar essa questão desde cedo com a ou o filho....até porque as crianças contam tudo na escolinha....são situações muito complicada.....
No meu caso, se acontecer e se tiver que contar será mais tarde

Se tudo correr bem, o/a meu/minha filho/a lidará com outra criança da mesma idade fruto de um processo bem mais controverso do que ovodoação. Por isso acredito que se irão apoiar mutuamente e aceitar bem a situação. Se lidarmos naturalmente com isso, eles assimilarão isso como sendo natural. Quanto aos colegas, para certas coisas são menos preconceituosos que os adultos...
Eu fui à consulta da psicóloga da IVI e ela aconselhou, dado que a nossa decisão seria contar, a ir contando aos poucos, desde cedo, consoante o desenvolvimento da criança. Decerto não esperar pela adolescência.

Eu acho que cada caso é um caso. Eu fiz as minhas pesquisas, vi vários testemunhos de pessoas que foram gerados com doação de gametas no youtube, o meu marido também está de acordo.

Sobre Susye

1ª FIV (HUC 2017-2018): 5 blastos | TEF (-), TEC (-), TEC (-)
2ª FIV (IVI 2018): 3 blastos | TEC (-), TEC (-)
3ª FIV DO (IVI 2019): 3 blastos | TEC (+)

patruixia -
Offline
Desde 05 Jul 2011

coquinha escreveu:
Olá patruixia
Eu falei à minha familia chegada, irmãs e uma sobrinha, para ver as reações, mas se optar pela doação não vou contar a ninguém, vou sempre dizer que foi com os meus óvulos....
penso que as pessoas em geral não tem que saber, se um dia tiver de contar será ao meu filho e nunca às outras pessoas...
mas se tens hipóteses de fazer com os teus óvulos, faz pelo menos uma vez por um descargo de consciência, eu já estou a preparar-me para a segunda fiv, mais por um descargo de consciência, do que por esperança...
Ainda hoje a minha terapeuta de reiki me disse que uma senhora de 46 anos está grávida de gémeos, e eu que só queria um, está difícil, sempre fui saudável, pensei que fosse correr melhor...
a questão é que se para ter um filho tenho que recorrer à doação, sem problemas, ainda não li nenhum relato de alguma mulher a dizer que se arrependeu....

Olá obrigada pela resposta. Eu já fiz duas Icsi mas nunca tive embriões, eles morrem de d2 para D3. Estou a espera do estudo genético para saber a causa. Tenho 32 anos e endometriose. A dra não acredita que seja responsável por isso mas vamos ver. Já estou a 4 anos à espera e depois da minha cirurgia a reserva ficou tão baixa que pensei logo na ovodoação. Para mim que sonho adoptar ñ tem qq lafo negativo, é um filho teu que sentes desde o início. Não tem como não ser... Tenho pena de não o ter feito logo... Vamos ver o que o futuro reserva. Boa sorte com o teu tratamento sem tentar não conseguimos de certeza. Força 💪

patruixia -
Offline
Desde 05 Jul 2011

sldream escreveu:
Olha eu não contarei a ninguém, pelo menos inicialmente, se tiver que optar por ovodoação (ontem congelamos pela primeira vez um blastocisto de boa qualidade.Coquinha optei por não fazer transferência a fresco, porque sinto que todas as hormonas, todo o cansaço e stress de uma FIV bem não podem fazer então decidimos assim).
Uma coisa que fui aprendendo é que não temos que decidir já o futuro Patruixia. Temos que ter uma ideia e de falar com o nosso marido e temos que estar alinhados, no entanto se agora pensamos em não contar e achamos que essa informação não é benéfica para a criança de forma nenhuma, não quer dizer que não mudemos de ideia e que a determinada altura não achemos que o melhor é contar. Há muita coisa na vida que não conseguimos controlar. Respeito todas as opiniões, esta é a minha. Com muita calma, muito amor e muita racionalidade iremos vivendo e conhecendo o nosso filho e saberemos o que será melhor para ele.
Isto se tiver a sorte de sermos abençoados um dia com um filho. Vemos aqui situações que parecem demasiado injustas para serem verdade.

Vejo que já sofreste muito nesta caminhada... E que o teu desespero é o mesmo que o meu: endometriose e adenomiose...
Muita sorte e que esse seja o teu bebé 🙏
O que me pg em relação a contar é qual o motivo de a maioria não contar? Não sei se me consigo explicar. Para mim é caro com naturalidade, parece até mais fácil explicar como o bebé surgiu ao mundo uma sementinhas bla bla... Mas eu nunca tive filhos nem penso as vezes em consequências que realmente vêem a acontecer. Daí perguntar isto.
Beijinhos e mais uma vez que corra tudo bem 😘

patruixia -
Offline
Desde 05 Jul 2011

Susye escreveu:

coquinha escreveu:Olá Susye
Eu sou licenciada em psicologia, ponderar 100% doação e não sei como iria abordar essa questão desde cedo com a ou o filho....até porque as crianças contam tudo na escolinha....são situações muito complicada.....
No meu caso, se acontecer e se tiver que contar será mais tarde

Se tudo correr bem, o/a meu/minha filho/a lidará com outra criança da mesma idade fruto de um processo bem mais controverso do que ovodoação. Por isso acredito que se irão apoiar mutuamente e aceitar bem a situação. Se lidarmos naturalmente com isso, eles assimilarão isso como sendo natural. Quanto aos colegas, para certas coisas são menos preconceituosos que os adultos...
Eu fui à consulta da psicóloga da IVI e ela aconselhou, dado que a nossa decisão seria contar, a ir contando aos poucos, desde cedo, consoante o desenvolvimento da criança. Decerto não esperar pela adolescência.
Eu acho que cada caso é um caso. Eu fiz as minhas pesquisas, vi vários testemunhos de pessoas que foram gerados com doação de gametas no youtube, o meu marido também está de acordo.

Susie obrigado pela sua partilha. Penso muito como vocês. Se isto para mim é algo simples e natural. Acredito que um filho meu criado comigo e a aprender que as coisas existem, como se processam. Quando souber que fiz tudo para o ter comigo, que o amei e desejei anos a fio sem saber se ele existiria... Acho que não tem como não ser a melhor escolha. A minha maior dúvida são os adultos a volta. As pessoas menos cultas e cabeçudos que tecem comentários parvos... Esse é o o meu medo. Acredito que não há forma mais simples de explicar a uma criança como a sua vida surgiu. Bem menos embaraçoso que de forma natural ahhaha

patruixia -
Offline
Desde 05 Jul 2011

Susye escreveu:
Os pacotes da Ginemed não incluem tudo o que os pack da ivi inclui, como por exemplo 3 anos de congelação. E o desconto da APF não entrava nos extras da Ginemed.
No tratamento OD da IVI, os óvulos são frescos, garantem 8 óvulos maduros e 2 blastocistos.
Quanto a contar, sim, os meus próximos sabem e estão a torcer para que tudo dê certo e vamos contar à nossa criança logo desde cedo.

Acredito... Mas a diferença de valor é muito grande também. E neste momento nem para fazer na ginemed tenho o valor. Tenho de recuperar financeiramente antes de voltar a carga. Mas estou decidida, não vou fazer mais tratamento com óvulos meus. A menos que seja no público. As chances são demasiado baixas para apostar o meu dinheiro que é tão pouco. Para mim não faz diferença de onde vem o óvulo. Nem me interessa especialmente que seja dadora semelhante, mas os médicos é que sabem...

sldream -
Offline
Desde 29 Abr 2016

Acho que pode ser muito complicado para a criança, que pode ter problemas de identidade e sentir que não se identifica com nenhum dos pais e que a pessoa com quem idealiza que será fisica/psíquica/emocionalmente semelhante não está presente na sua vida. Basta começares a ler (não leias!) os feedbacks de filhos da ovodoação na América é horrivel. Num meio pequeno e ignorante como aquele em que vivo e sabendo que a criança ao saber falará naturalmente deste assunto com os seus pares terá grande probabilidade de ser alvo de bulling e apontada na rua.
É uma decisão muito pessoal cada pessoa opta pelo melhor para a sua família e para a sua realidade. E como disse a minha decisão não é estanque, pode mudar. Respeito muito a opinião de toda a gente, acho que o fazemos todos a achar que fazemos o melhor.
Obrigada e boa sorte para ti tbm

Sobre sldream

Endometriose+adenomiose+baixa reserva (2 laparoscopias 07/2011 é 07/2017)
A tentar desde 9/2015, na IVI desde 08/2016
Grav bioq esp 11/2015 1a FIV 03/2017 1 blast d5 negativo,1a TEC 11/2017 1 blast d6 negativo 2a FIV 05/2018 1 blast d5 negativo,2a TEC 12/2018 1 blast d6 negativo 3a FIV 05/2019

Outros tópicos relacionados

Analise para saber se é menino ou menina?
Boa tarde meninas Alguem já ouviu falar de uma analise que se faz para saber o sexo do bebe? Sabem se é viavel? Já ouvi que custa 100€, Sabem onde se faz? Alguem já fez e recomenda?
CTG
Boa noite futuras mamãs. Hoje tive consulta das 36semanas com o meu obstreta(já n dava noticias há 2 meses), e ele na clinica fez me um ctg, pk o Rafael esta com Pco liquido amniotico e ele quis confirmar se estava tudo bem e felizmente sim estava...
Drª Paula Joyce- Barreiro
Alguma menina encontra-se a ser seguida pela DRª Paula Joyce medica de familia do centro de saude do barreiro???? Obrg
Junta Médica No Barreiro
Olá meninas espero que esteja tudo bem com vocês e com os vossos meninos e meninas Eu estou de baixa , não aguento o meu trabalho pois trabalho numa loja num centro comercial e são muitas horas de pé não dá sequer pra comer a horas decentes e como...
pessoas do barreiro
ola meninas eu ando a procura duma pessoa que trabalha no hospital do barreiro é tecnico de emergencia medica normamente anda muito naquelas ambulancias que ficam paradas a frente das urgencias do hospital chama-se filipe aragao se alguma mama daqui...
consulta obstetricia barreiro
Boa tarde tenho uma duvida se alguém me conseguir informar. Bem eu estou de gravidez de risco e fui passada pela medica de família para consulta de obstetricia no hospital do barreiro. . A consulta à qual isso foi feito foi dia 10 hj é 29 e ainda...

Votação

Qual destas bebidas consome no dia-a-dia?