FIV após Miomectomia | De Mãe para Mãe

FIV após Miomectomia

Responda
8 mensagens
Nono24 -
Offline
Desde 27 Fev 2024

Boa noite, tenho 36 anos e o meu marido 49 anos. Somos um casal que tenta ter filhos há vários anos (praticamente desde que estamos juntos), mas infelizmente ainda não conseguimos realizar esse sonho. No inicio de 2020 ganhamos coragem e decidimos procurar ajuda médica no público, para investigar o que poderia estar a impossibilitar uma gravidez natural, mas entretanto chegou o COVID e adiou os nossos planos... No final do ano passado, decidimos ir novamente atrás do nosso sonho, mas como os anos entretanto foram passando, optamos agora por procurar ajuda diretamente no privado. Após a realização de alguns exames/análises iniciais, em meados de janeiro, fui submetida a uma miomectomia por laparotomia (tipo cesariana) para retirada de um mioma intramural, que apesar de não ser muito grande, deformava a cavidade uterina e por conseguinte poderia essa ser uma das razões para não ter conseguido alcançar uma gravidez. A cirurgia correu bem e tivemos indicação médica para aguardar 3 meses após a miomectomia para prosseguir com FIV. Já temos agendada consulta no dia 16 de abril para retomar todo o processo e iniciar tratamentos. Gostaria de ouvir testemunhos de casos semelhantes, em que tenha existido a retirada de miomas por via aberta e tenham conseguido depois alcançar a tão desejada gravidez 🙏
Muita fé e coragem para quem está nesta luta 🍀🤞❤️

Lua_Sorridente -
Offline
Desde 02 Abr 2022

Olá e bom dia! E muito boa sorte para a tua luta!
Eu também descobri que tenho um mioma intramural submucoso e que também está a afetar a cavidade uterina. Tem entre 6 a 7mm mas o médico está renitente em mexer, mandou fazer mais uma eco mais específica para perceber ao certo o que é melhor fazer. Ele diz que mexer pode ser pior...
Podes partilhar um pouco o teu caso?
Eu tenho 42 anos e infertilidade pela idade (tenho folículos mas já não tenho óvulos e os que tiver estarão muito estragados por tratamentos médicos que fiz em nova).

Um abraço

AAMMSS -
Offline
Desde 06 Jan 2023

ja tive 2 q foram retirados por laparoscopia, e tenho outro mais recente q n foi retirado.
acho q todos sao/foram subseroso, provavelmente dai ter sido por laparoscopia.
os primeiros retirei antes de engravidar, o ultimo nao... a urgencia em ter um positivo era maior (idade+fiv+recuperacao de cirurgia), sendo subseroso tambem n iria apresentar grande risco para a gravidez... embora apresente para o parto.
consegui o positivo, o mioma incomoda, mas... da para suportar Sorriso

Lua_Sorridente -
Offline
Desde 02 Abr 2022

O meu que é supostamente dos piores (intramural submucoso) nem o sinto: não tenho menstruações longas nem intensas (muito pelo contrário), não tenho dores, não tenho sangramentos... mas ele está lá! bem visível como se vê nas fotos, apesar de teoricamente "pequeno"

AAMMSS -
Offline
Desde 06 Jan 2023

n sei o q vai acontecer apos o parto... vamos ver
gostaria q n aumentasse mt ou reduzisse apos o parto pq n queria fazer ja outra cirurgia.

boa sorte para as duas, espero q consigam o positivo o mais depressa possivel.

Nono24 -
Offline
Desde 27 Fev 2024

Lua_Sorridente escreveu:
Olá e bom dia! E muito boa sorte para a tua luta!
Eu também descobri que tenho um mioma intramural submucoso e que também está a afetar a cavidade uterina. Tem entre 6 a 7mm mas o médico está renitente em mexer, mandou fazer mais uma eco mais específica para perceber ao certo o que é melhor fazer. Ele diz que mexer pode ser pior...
Podes partilhar um pouco o teu caso?
Eu tenho 42 anos e infertilidade pela idade (tenho folículos mas já não tenho óvulos e os que tiver estarão muito estragados por tratamentos médicos que fiz em nova).
Um abraço

Boa noite, no meu caso o médico não teve grandes dúvidas de que o melhor seria retirar para depois avançar para FIV. Apenas me alertou que a cirurgia tinha que ser realizada por quem realmente sabe o que está a fazer e, citando as palavras dele disse-me "vou confiá-la nas mãos de quem confiaria uma familiar minha". E eu não tive dúvidas em avançar, nervosa claro, mas segura de que seria o melhor. Já são quase 16 anos a tentar de forma natural, sem sucesso, por isso na pior das hipóteses ficariamos como até aqui, de colo vazio. São muitos anos de luta e desilusão, mês após mês, mas não vamos desistir sem antes tentar tudo o que estiver ao nosso alcance.

Nono24 -
Offline
Desde 27 Fev 2024

Nono24 escreveu:

Lua_Sorridente escreveu:Olá e bom dia! E muito boa sorte para a tua luta!
Eu também descobri que tenho um mioma intramural submucoso e que também está a afetar a cavidade uterina. Tem entre 6 a 7mm mas o médico está renitente em mexer, mandou fazer mais uma eco mais específica para perceber ao certo o que é melhor fazer. Ele diz que mexer pode ser pior...
Podes partilhar um pouco o teu caso?
Eu tenho 42 anos e infertilidade pela idade (tenho folículos mas já não tenho óvulos e os que tiver estarão muito estragados por tratamentos médicos que fiz em nova).
Um abraço

Boa noite, no meu caso o médico não teve grandes dúvidas de que o melhor seria retirar para depois avançar para FIV. Apenas me alertou que a cirurgia tinha que ser realizada por quem realmente sabe o que está a fazer e, citando as palavras dele disse-me "vou confiá-la nas mãos de quem confiaria uma familiar minha". E eu não tive dúvidas em avançar, nervosa claro, mas segura de que seria o melhor. Já são quase 16 anos a tentar de forma natural, sem sucesso, por isso na pior das hipóteses ficariamos como até aqui, de colo vazio. São muitos anos de luta e desilusão, mês após mês, mas não vamos desistir sem antes tentar tudo o que estiver ao nosso alcance.

Já alguma vez esteve grávida? Tem filhos? Como está a sua análise anti mulleriana? Qual a razão para o seu médico estar renitente e achar que poderá ser pior do que a situação atual em que está?
Como referi, tenho 36 anos, não tenho filhos e que saiba nunca estive grávida (nunca tive um positivo). Não tomo pilula nem uso outro tipo de contracetivo há vários anos. A minha menstruação sempre foi e continua a ser, mesmo após a cirurgia, regular e muito certinha. A nivel de sintomas, a unica queixa que tinha/tenho são as dores menstruais (que sempre tive desde que fiquei menstruada pela primeira vez e continuo a ter na grande maioria dos ciclos) e ultimamente era mais prolongada (cerca de 6 dias, quando o meu "normal" é cerca de 4 dias).
Na ecografia que fiz tinha muitos foliculos antrais 15 no ovário esquerdo e 14 no ovário direito. Fiz a análise da hormona anti-mulleriana e tive o resultado de 3,37ng/mL. São bons indicadores, mas nem sempre quantidade é sinónimo de qualidade 🙏 por isso agora é esperar para ver qual será a resposta à FIV.
Boa sorte e não desistam do vosso sonho sem antes tentarem o que estiver ao vosso alcance 🫶🙏🍀

Nono24 -
Offline
Desde 27 Fev 2024

AAMMSS escreveu:
ja tive 2 q foram retirados por laparoscopia, e tenho outro mais recente q n foi retirado.
acho q todos sao/foram subseroso, provavelmente dai ter sido por laparoscopia.
os primeiros retirei antes de engravidar, o ultimo nao... a urgencia em ter um positivo era maior (idade+fiv+recuperacao de cirurgia), sendo subseroso tambem n iria apresentar grande risco para a gravidez... embora apresente para o parto.
consegui o positivo, o mioma incomoda, mas... da para suportar

Olá sim no seu caso foi possivel uma cirurgia menos invasiva, por laparoscopia. No meu caso, por ser intramural, tinha que ser por via aberta, tipo cesariana. Fico feliz que tenha conseguido o seu positivo 🥰😘🫶 que idade tem? Com que tempo está de gravidez? É sempre um risco acrescido para o parto, mas vai correr bem 🙏🍀🤞