estou gravida com 16 anos e agora? | De Mãe para Mãe

estou gravida com 16 anos e agora?

Responda
181 mensagens
erica28993 -
Offline
Desde 18 Mar 2023

bom tenho 16 anos e namoro ha 6 meses os meus pais nunca foram muito com o meu namorado porem nunca nos proibiram de namorar, certo dia contei lhes que tinha iniciado a minha vida sexual eles assustaram se um pouco mas logo em seguida coloquei o implanon o que eu nao sabia e que ja estava gravida quando coloquei, antes de por fiz o teste obviamente mas deu negativo portanto fiquei descansada porem umas 3 semanas depois fiz 3 testes e deu positivo. Vim aqui pedir ajuda porque quero ter o meu bebe mas sou menor e alem do mais os meus pais nao gostam do meu namorado, ja tinha conversado com eles sobre oque aconteceria se eu tivesse um filho agora e eles me dizeram que eu teria que ir pra uma daquelas casas de maes solteiras porem os meus sogros apoiam nos imenso e nao se importam de me receber será possivel eu viver com o meu namorado sendo menor ou a minha unica opçáo e a casa de maes solteiras ?

Sansa -
Offline
Desde 18 Jan 2018

A melhor opçäo é pensar muito bem nas implicaçöes que é ter um filho. A nível psicológico é bastante devastador para mulheres adultas e com vidas estáveis, será bem pior para uma adolescente com 16 anos. Apartir do momento em que se tem um filho, acabaram as saídas e as borgas, é sua vida será 100% dedicada ao seu filho. Leia os tópicos da secçäo Mäes e Bebés para ter uma ideia do quäo difícil é cuidar de um bebé.

erica28993 -
Offline
Desde 18 Mar 2023

entendo a responsabilidade que é mas estou decidida a enfrenta-la sobre sair á noite eu acho que isso é uma das coisas que detesto, odeio confusão e muitas pessoas juntas sempre fui de estar em casa

Sansa -
Offline
Desde 18 Jan 2018

E está disposta a viver com os pais do seu namorado e aceitar as regras deles?

erica28993 -
Offline
Desde 18 Mar 2023

sim, dou me super bem com os meus sogros e eles comigo, mas nao sei se é possivel essa mudança acontecer por eu ainda ser de menor

AnaLuzC -
Offline
Desde 06 Jan 2023

Mas ja falou com os seus pais? Já lhes disse que está grávida? É que não fiquei com essa sensação ao ler o seu post...

MisaL -
Online
Desde 17 Abr 2019

Ter um filho com 16 anos não é uma questão simples, não vai ao hospital ter o bebé e segue para casa ao fim de 48hs como nos aconteceu a nós já adultas. Vão querer seguir, acompanhar, vai ser chamada a segurança social, vai ficar referenciada... Tem de falar com os seus pais, vai precisar da intervenção e autorização deles.
A casa de mães solteiras não sei bem o que é, ao que se refere. Os seus pais são responsáveis por si, têm de assumir a responsabilidade deles, não é porque vão ser avós que perdem o papel de pais, provavelmente ainda vão ganhar mais responsabilidades, não vão perder.
Podem decidir o que entenderem, mas precisa dos seus pais, precisa que eles saibam e que seja uma decisão de todos. Não estou certa se aos 16 já assume a responsabilidade sozinha, penso que ainda terá de ser um adulto da família a responsabilizar-se legalmente pelo bebé.
Antes de estar a pensar no que quer que seja fale com os pais, vai precisar deles para as decisões.

Desde 23 Ago 2020

Primeiro ir tirar o implanon
Fui mãe com 17,19 e serei com 21, mas temos casa própria, carro próprio, trabalho......temos uma vida como se fôssemos mais velhos
Não é impossível, se tem ajuda dos sogros , se quer ter o bebé e se vai fazer para conseguir dar um futuro ao teu filho não te condeno , tenta organizar a tua vida e do teu namorado também , não é impossível, mas se vai ser complicado? Vai

Desde 23 Ago 2020

E também saber que com 6 meses é impossível conhecer uma pessoa a 100%, já falaram sobre isso?

erica28993 -
Offline
Desde 18 Mar 2023

ainda nao lhes contei sei que nao iram apoiar a minha decisão de ficar com o bebe

erica28993 -
Offline
Desde 18 Mar 2023

sim mas o meu namorado esta feliz com a ideia de ser pai

erica28993 -
Offline
Desde 18 Mar 2023

sim tenho noção disso

Desde 23 Ago 2020

erica28993 escreveu:
ainda nao lhes contei sei que nao iram apoiar a minha decisão de ficar com o bebe

Compreendo mas tens que começar a ir a consultas, tirar o implanon, tomar vitaminas e etc portanto não o fazer estas também a fazer mal , conta e só assim Verás o que acontece , e falar com o teu namorado e sogros também convém, se vocês não têm uma vida estável e dependem de terceiros não faz sentido não dizer a ninguém , se queres esse bebe tens que começar já a cuidar dele e ter os cuidados necessários com ele, não é só o querer, eu compreendo que seja uma decisão muito complicada mas olha para todos os lados, é difícil ser mãe numa casa de outras pessoas, nova, por muito que se deem todos bem não vais ter voz em nada provavelmente, tenta resolver essas coisas e não é só "deixar andar" , viver às custas de alguém com um bebe a cargo é complicado não só para os pais como para quem se encarregar de vocês
Desejo tudo de bom e boa sorte, mas pensa bem com a cabeça e o coração❤️

erica28993 -
Offline
Desde 18 Mar 2023

eu irei contar mas tenho muito medo da reação deles, os meus sogros pagaram me uma consulta no privado e ja tomo vitaminas e a medica ao qual eu fui atendida mantenho contacto com ela caso tenha alguma duvida

Sansa -
Offline
Desde 18 Jan 2018

Mãe_de_primeira_viagem escreveu:
E também saber que com 6 meses é impossível conhecer uma pessoa a 100%, já falaram sobre isso?

Tinha-me escapado esse pormenor!
.
Posso estar a ser injusta, mas isto é estar a brincar às casinhas.
Um bebé não é um cão pelo qual aceitou ter a responsabilidade de acordar cedo todos os dias para o levar à rua, e limpar a porcaria que ele faz.
Primeiro tente ter uma noção do impacto psicológico que é ter um bebé. Estamos a falar de alterações hormonais, privação de sono, constante reajustes e acomodações a uma nova realidade, nova identidade, matrescência - em plena adolescência, depressão pós-parto, expectativas irreais da maternidade, solidão, tensão na relação do casal, etc.
Depois leia as dezenas de posts de mulheres que se davam muito bem com as sogras e depois de terem o bebé tudo mudou.
Leia também os posts de casais que vivem em casa de familiares.
Conhece o fulano há meia dúzia de meses, os seus pais não parecem concordar nem um pouco que leve a gravidez a termo, e ainda por cima é menor e cheia da ingenuidade típica da adolescência.
Péssima ideia ter um filho nos dias que correm!
No fórum ao lado, das treinantes, uma mulher já adulta e bem estabelecida na vida, com uma boa relação e apoio familiar tem imensas dúvidas se deverá pensar em ter um filho enquanto não ficar efectiva, e depois temos o extremo oposto que é isto...

AnaLuzC -
Offline
Desde 06 Jan 2023

6 meses é muito pouco tempo para confiar tão cegamente. Sei que neste momento parecem ser um porto seguro mas tem que se abrir com os seus pais. Eles às vezes dizem coisas sem pensar e claro que vai ser um choque, mas a maior parte aceita. São os seus pais.

erica28993 -
Offline
Desde 18 Mar 2023

e se os meus pais nao aceitarem o facto de eu estar gravida ?

erica28993 -
Offline
Desde 18 Mar 2023

tenho noção de tudo o que a senhora disse, é verdade eu sei que um bebe é uma grande responsabilidade, as noites sem dormir, os choros, as consultas e mais consultas mas estou disposta e por muito pravo que pareça o meu namorado também está, eu tenho irmãos sei o quanto custa educar mas agora que estou gravida nao quero abortar, acho que mesmo que a minha sogra pare de gostar de mim nunca irá parar de gostar do neto.

Sansa -
Offline
Desde 18 Jan 2018

erica28993 escreveu:
e se os meus pais nao aceitarem o facto de eu estar gravida ?

A questão não é o aceitarem ou não. Nenhum pai deseja ver a filha grávida na adolescência sem ter uma relação estável, casa própria e independência financeira.

erica28993 -
Offline
Desde 18 Mar 2023

e eles podem me obrigar a abortar ?

Sansa -
Offline
Desde 18 Jan 2018

erica28993 escreveu:
tenho noção de tudo o que a senhora disse, é verdade eu sei que um bebe é uma grande responsabilidade, as noites sem dormir, os choros, as consultas e mais consultas mas estou disposta e por muito pravo que pareça o meu namorado também está, eu tenho irmãos sei o quanto custa educar mas agora que estou gravida nao quero abortar, acho que mesmo que a minha sogra pare de gostar de mim nunca irá parar de gostar do neto.

O seu namorado vai-se pisgar quando perceber no que se meteu. Aliás, durante a gravidez vão começar as discussões porque a Erica não o vai sentir envolvido na gravidez como desejaria que fosse.
E no puerpério vai ficar fartinho das discussões diárias e vai começar a ausentar-se cada vez mais...
Sem o apoio dos seus pais e sem o apoio dos seus sogros, vai viver de quê? Como é que vai comprar as coisas para o bebé? Tem ideia de quanto custam as coisas?

Sansa -
Offline
Desde 18 Jan 2018

erica28993 escreveu:
e eles podem me obrigar a abortar ?

Ninguém a pode obrigar a abortar, mas a Erica devia ter consciência da grande responsabilidade em trazer um bebé a este mundo. E não tem, por mais que diga que sim.
Não tem emprego, não tem dinheiro, não tem uma relação estável... É uma irresponsabilidade se decidir ter um filho.
A interrupção voluntária da gravidez é a opção mais responsável na sua situação.

erica28993 -
Offline
Desde 18 Mar 2023

um homem nunca irá sentir aquilo que uma mulher sente, ja tivemos inumeras discussões estivemos muitas vezes a ponto de acabar mas nunca aconteceu, nao digo que talvez nao tenha razão porque eu estou a ler e a pensar em tudo o que voce diz, mas ele sabe que depois de um filho as coisas vão ser mais intensas, ele e os pais tem me apoiado imenso muitas vezes pergunto o porque mas sei que vai ser duro porem nada é impossivel talvez esta criança traga alegria aos meus pais por muito que seja ainda cedo, nao sei como tudo vai correr e isso é desesperador

Sansa -
Offline
Desde 18 Jan 2018

Eu não consigo passar a mão na cabeça nestas situações. É o futuro de um bebé que está em jogo.
A IVG não é nenhum bicho de sete cabeças, nem é nenhum evento altamente traumático como as pessoas gostam de o defenir.
Não é um bebé que a Erica deseja. A Erica está encantada com a ilusão de um conto de fadas, o príncipe e a princesa que viveram felizes para sempre. Que maravilhoso que vai ser ter um ser, fruto do vosso amor, e é só corações e borboletas no estômago. SÓ QUE NÃO! Isso não existe.

erica28993 -
Offline
Desde 18 Mar 2023

é verdade eu digo que tenho mas realmente nunca tive um filho nos braços, porem abortar nao está nos meus planos

Sansa -
Offline
Desde 18 Jan 2018

Se em 6 meses já tiveram imensas discussões e estiveram muitas vezes a pensar terminar a relação, mais uma razão para pensar MUITO bem em ter esse bebé.
Sim, as coisas vão ser mais intensas, as discussões, a solidão, a angústia, a raiva, o desespero...
Primeiro fale com os seus pais! A decisão de prosseguir com a gravidez só deveria ser considerada se os SEUS pais garantirem que a apoiam.

erica28993 -
Offline
Desde 18 Mar 2023

voce esta certa se eu tivesse no seu lugar pensaria o mesmo, mas e se der tudo certo ? e se eu conseguir me organizar e viver bem mesmo tendo um filho tao cedo ? as alternativas sao infinitas, o meu relacionamento nao é perfeito e sei que nao passará a ser apenas por ter um filho, mas acho que ter este bebe será a minha consequencia por muito boa ou má que seja

Sansa -
Offline
Desde 18 Jan 2018

erica28993 escreveu:
é verdade eu digo que tenho mas realmente nunca tive um filho nos braços, porem abortar nao está nos meus planos

Mas é uma hipótese que devia estar em cima da mesa até ter a confirmação de que os seus próprios pais a apoiam. Só depois disso é que a deveria descartar dos seus "planos".
Certamente que engravidar também não estava nos seus planos, e no entanto...

erica28993 -
Offline
Desde 18 Mar 2023

irei falar ainda esta semana pois por muito que queira fazer as coisas sozinha nao é assim que funciona, eu espero mesmo que eles me apoiem porque eu estou decidida em seguir em frente com esta gravidez

Desde 23 Ago 2020

Érica um aparte, os sogros apoiam e o namorado também, mas os pais se não aceitarem, no pós parto se os seus sogros a quiserem deitar para fora de casa podem fazê-lo e não será possível ficar com o seu bebê sem teto, comida, dinheiro, emprego ...peço desculpa dizer isto porque eu própria engravidei com 17 anos e sei que foi uma irresponsabilidade, não abdico das minhas filhas por nada deste mundo meu deus, mas nunca mais tive uma saída sozinha em 3 anos , nunca mais fui a um cabeleireiro, se sinto falta? Não nadinha mas sei bem que hoje em dia quase nenhuma pessoa com 16/17 anos vai ficar feliz com isso mais tarde , não estou a dizer para abortar nem não abortar, só lhe peço que pense em tudo, foi realmente o que eu fiz, tive muita sorte na vida que consegui ter casa, carro......e cuidar a 100% das minhas filhas, vivo literalmente para elas, veja se realmente é isso que quer, e se consegue encontrar uma casa para vocês e etc , os seus sogros podem ser ótimos acredito mas se o seu namorado começar a não a querer mais os pais claramente vão ficar do lado do filho, depois vai haver um bebe no meio que sabe-se lá para onde irá
Desculpa mesmo a frieza a sério, eu própria me magoei muito a pensar em todas as vertentes, felizmente consegui mas se não conseguisse dar um bom futuro às minhas filhas e serem educadas por mim e não por terceiros não iria conseguir, basta um palpite a uma mãe num pós parto que já ficamos doidas, não imagino constantemente

erica28993 -
Offline
Desde 18 Mar 2023

acho que os meus pais deveriam aceitar a minha decisão mas caso isso nao aconteça irei arranjar uma solução