Engravidar estando acima do peso... | De Mãe para Mãe

Engravidar estando acima do peso...

Responda
16 mensagens
Cláudia S. Reis -
Offline
Desde 17 Out 2019

Olá a todas!

Criei este tópico pois preciso da opinião de mulheres mais experientes e que talvez tenham passado pelo mesmo que eu...
Eu e o meu namorado decidimos este ano que iríamos começar a treinar para o nosso desejado bebé e teremos no próximo dia 5 uma consulta com a minha ginecologista para fazermos todos os exames necessários.
A minha maior preocupação neste momento (talvez disparatada mas que me tem consumido) é estar acima do meu peso ideal. Tendo em conta o meu peso/altura estou no patamar da obesidade grau 1. Não tenho nenhum problema de saúde associado mas começo a imaginar o peso que vou ganhar durante a gravidez e tenho medo que seja prejudicial para mim ou para o bebé. Ou até que prejudique a minha fertilidade.
Por via das dúvidas e já antecipando a conversa da minha médica reforcei a atenção com a minha alimentação e tenho tentado fazer exercício.

Alguém que tenha passado por situações parecidas ou que me consiga dar algum conselho?

Obrigada 💛

Lurdinhas31 -
Offline
Desde 18 Out 2016

Olá olha eu tenho excesso de peso também é uma das coisas que sempre me alertaram foi a dificuldade em engravidar e os problemas na gravidez Eu sei que não é fácil fazer dieta mas agora como estou em vias de fazer tratamento para engravidar mandaram me emagrecer e estou
seguir a dieta pelo meu bem. beijinhos querida

A procura do meu milagre desde agosto de 2015
3 abortos espontaneos as 6 e 8 semanas
Gravidez ectopica com remocao da trompa esquerda
1 de abril 2019 volto aos treinos com esperança que 2019 sera o meu ano

guialmi -
Offline
Desde 13 Jul 2013

O ideal é sempre perder o peso a mais antes de engravidar, mas se não querem esperar avancem com os treinos. Em princípio a fertilidade não estará afetada porque é uma obesidade ligeira, mas só se sabe depois de começar a tentar. O meu conselho é que marque desde já consulta com uma nutricionista para poder ir perdendo algum peso durante esta fase de forma segura e depois de engravidar conseguir um aumento saudável para si e para o bebé.

Tita_andrade -
Offline
Desde 17 Abr 2019

Olá Cláudia,
A preocupação com o peso não é disparatada mas o peso pode não ser impeditivo de avançar com a sua decisão de engravidar.
Quando decidimos engravidar eu tinha consciência que o meu peso não era o ideal, sabia que esse factor podia pesar muito para que a gravidez corresse bem ou não. Comecei a fazer dieta e perdi 10kg em 3 meses com alimentação saudável e exercício, mesmo assim ainda estava muito acima do peso, mas decidimos avançar.
A minha ginecologista/obstetra não dramatizou a situação mas avisou logo que precisaria de ter atenção ao ganho de peso durante a gravidez.
Eu engravidei logo e fiquei em pânico com o peso, mas nos primeiros 3 meses perdi 6 kilos devido aos enjoos. Estou no 8.º mês e engordei 3kg apenas.
É preciso ter atenção redobrada, é preciso cuidado, mas não é impossível.
Boa sorte 🍀

ClaraMiguel -
Offline
Desde 03 Nov 2013

Tal como disseram, o excesso do peso nunca é algo bom. Ainda assim não significa que tenham dificuldade em engravidar ou que a gravidez seja mais difícil. Eu tenho excesso de peso (muito provavelmente mais que a autora) e engravidei à primeira tentativa. Tive apenas de ter cuidado porque se já ha excesso de peso não devemos engordar o mesmo que alguém com o peso normal e no meu caso engordei apenas 5 kg na gravidez. Tive uma bebé grande e saudável, não tive nenhum problema na gravidez e o parto foi muito fácil.

carlabrito -
Offline
Desde 30 Maio 2017

Isso nao é uma ideia disparatada.
Nem que seja por uma questao de saude, faz bem em pensar em ter um estilo de vida saudavel.
A obesidade, seja ela de que grau for, pode ser prejudicial para o tentar engravidar.
O meu conselho... nao faça nada radical.
Se puder e tiver possibilidades, consulte um especialista.
Senao, pesquise na net formas de alimentacai saudavel.
Nao precisa de deixar de comer nada.
Apenas saber comer equilibradamente.
E sim, pratique exercicio.
O meu conselho aqui é, nao corra!! Isso pode ser muito prejudicial acima de tudo para os joelhos.
Caminhe, va a piscina, ande de bicicleta. Isto para comecar, depois va ajustando.
Nao é uma caminhada facil, mas depois nao vai querer outra coisa.
Boa sorte para isso e para o bebe.

Desde 24 Maio 2017

ClaraMiguel escreveu:
Tal como disseram, o excesso do peso nunca é algo bom. Ainda assim não significa que tenham dificuldade em engravidar ou que a gravidez seja mais difícil. Eu tenho excesso de peso (muito provavelmente mais que a autora) e engravidei à primeira tentativa. Tive apenas de ter cuidado porque se já ha excesso de peso não devemos engordar o mesmo que alguém com o peso normal e no meu caso engordei apenas 5 kg na gravidez. Tive uma bebé grande e saudável, não tive nenhum problema na gravidez e o parto foi muito fácil.

Quase que podia ser eu a escrever o tópico só mudava os 5kg para os 7kg.
Como vês cada caso é um caso. Eu acho que o mais importante não é perder, é manter.

Desde 24 Maio 2017

SílviaSantosMarques escreveu:

ClaraMiguel escreveu:Tal como disseram, o excesso do peso nunca é algo bom. Ainda assim não significa que tenham dificuldade em engravidar ou que a gravidez seja mais difícil. Eu tenho excesso de peso (muito provavelmente mais que a autora) e engravidei à primeira tentativa. Tive apenas de ter cuidado porque se já ha excesso de peso não devemos engordar o mesmo que alguém com o peso normal e no meu caso engordei apenas 5 kg na gravidez. Tive uma bebé grande e saudável, não tive nenhum problema na gravidez e o parto foi muito fácil.

Quase que podia ser eu a escrever o tópico só mudava os 5kg para os 7kg.
Como vês cada caso é um caso. Eu acho que o mais importante não é perder, é manter.

Não é tópico, é comentário. *

TA2020 -
Offline
Desde 23 Set 2019

Olá Cláudia S. Reis.
Acima de tudo e como as outras meninas já disseram, estar num peso saudável (não digo ideal mas sim saudável) vai ser benéfico não só para uma possível gravidez, mas também e acima de tudo para si durante a sua vida.
A nível prático no que diz respeito à gravidez, o excesso de peso pode trazer complicações como o aumento de quistos nos ovários. Apesar de haver muitas mulheres magras que também têm, ter peso a mais aumenta, comprovadamente esse risco. Além de que, quando engravidar, estando num peso mais equilibrado será mais fácil controlar o ganho de peso normal,
Quanto a dietas, não entre em restrições drásticas. É muito comum acharmos que cortar arroz/batatas/massa da nossa alimentação é a chave para ficarmos magras, mas pense sempre que são os hidratos de carbono que nos dão energia, portanto precisamos deles na nossa alimentação. Reduza, sim, a porção de acompanhamento que coloca no seu prato, mas não os elimine completamente. E opte por comer também hidratos de carbono de absorção lenta, como a batata doce, os couscous, as leguminosas, etc. E divida o prato em 3: proteína, hidratos de carbono e verdes (salada ou legumes).
No que diz respeito ao exercício físico, se diz que se encontra num nível de obesidade grau I, comece com calma para não ter efeitos negativos e desistir: comece por fazer caminhadas a passo relativamente rápido (1h por dia) e, aos poucos, vá tentando melhorar o rácio distância/tempo, isso vai fazer com que se sinta motivada a melhorar e, aos poucos e sem dar por isso, vai ganhar um hábito de treino em que vai procurar superar-se cada vez mais.
Um beijinho e boa sorte. Sorriso

janew -
Offline
Desde 18 Jun 2016

Olá,
é bom ter a noção que precisa de alterar alguns hábitos. É meio caminho para correr bem.
Não se deixe levar por dietas milagrosas, nem espere resultados rápidos. E nada de dietas restritivas! Peça ajuda a quem sabe (nutricionista/dietista).
Pense a longo prazo: vá alterando hábitos, deixe a comida "má" (aquela que sabemos q não é saudável, mas que sabe tão bem) para os dias de festas e comece a fazer algum exercício físico (caminhadas é excelente).
Provavelmente nem terá dificuldades em engravidar, mas estando com peso a mais poderá sentir mais desconfortos na gravidez: mais dificuldade em se movimentar, ter tendência para inchar, ... Coisas comuns na gravidez (com ou sem peso a mais), principalmente se o final da gravidez for no verão (se engravidar nos próximos tempos, é isso que acontece). O meu segundo filho nasceu em fevereiro e foi bem mais fácil o final da gravidez (e a primeira gravidez foi santa).
Mudei de hábitos no final da adolescência (nessa fase perdi 5 kg) e consegui mantê-los mesmo nas gravidezes e amamentação. Até fiquei mais magra depois de ser mãe.
Truque? Como pouco de cada vez. Levo a marmita de casa.
Apetecia-me repetir o prato? (na amamentação era frequente) Bebia água e, se ainda tivesse fome, fazia uma refeição ligeira passado algum tempo ou repetia mas pouca quantidade. Evito comprar porcarias.
Também tento andar a pé e pratico pilates. Assim vou compensando a má postura durante o trabalho (trabalho sentada).
São pequenas coisas que não custam, mas a longo prazo vemos os resultados.
Tudo de bom! E que tenha uma excelente gravidez!

Cláudia S. Reis -
Offline
Desde 17 Out 2019

Obrigada a todas pelo apoio e pelas dicas, foram muito importantes! Durante a toda a minha vida tive tendência para engordar e cheguei a ser controlada por uma nutricionista, mas nestes últimos anos deixei-me levar por vários fatores e acabei por engordar mais do que devia. Já ando há alguns meses a ter mais atenção ao que como e comecei recentemente a fazer caminhadas maiores (vou a pé do trabalho para casa que ainda é uma caminhada de 30/40 minutos). Sempre que me apetece um doce ou quando sei que a fome que sinto é só gula digo para mim mesma que não posso e penso num futuro filho e que tenho que estar no melhor estado de saúde possível. Incrível como ainda nem estou grávida e só a ideia de estar me dá tanta força para esta mudança que já devia ter vindo mais cedo!

Cláudia S. Reis -
Offline
Desde 17 Out 2019

Obrigada a todas pelo apoio e pelas dicas, foram muito importantes! Durante a toda a minha vida tive tendência para engordar e cheguei a ser controlada por uma nutricionista, mas nestes últimos anos deixei-me levar por vários fatores e acabei por engordar mais do que devia. Já ando há alguns meses a ter mais atenção ao que como e comecei recentemente a fazer caminhadas maiores (vou a pé do trabalho para casa que ainda é uma caminhada de 30/40 minutos). Sempre que me apetece um doce ou quando sei que a fome que sinto é só gula digo para mim mesma que não posso e penso num futuro filho e que tenho que estar no melhor estado de saúde possível. Incrível como ainda nem estou grávida e só a ideia de estar me dá tanta força para esta mudança que já devia ter vindo mais cedo!

oliaves -
Offline
Desde 20 Fev 2013

kjhgf

Patricia87ss -
Offline
Desde 09 Out 2019

Tenho excesso de peso 83kg e o que me disseram é que tenho de manter Sorriso Em relação a engravidar.. gostava de te contar a minha história, porque o meu bebe foi concebido no dia menos provável de engravidar em que faltavam apenas 4 dias para vir a menstruação. Portanto um conselho meu respira, e vive, porque esta fase é mágica. E nada acontece por acaso.

Cláudia S. Reis -
Offline
Desde 17 Out 2019

Patricia87ss escreveu:
Tenho excesso de peso 83kg e o que me disseram é que tenho de manter Em relação a engravidar.. gostava de te contar a minha história, porque o meu bebe foi concebido no dia menos provável de engravidar em que faltavam apenas 4 dias para vir a menstruação. Portanto um conselho meu respira, e vive, porque esta fase é mágica. E nada acontece por acaso.

Neste momento tenho 84,5kg. Sei que não é nada por aí além mas assusta-me imaginar o peso todo que vai ser adicionado e as consequências que pode ter. Agora quando tiver consulta com a GO vou falar-lhe neste assunto e ver o que ela me diz. Até lá continuarei a ter cuidado com a alimentação e vou continuar com as minhas caminhadas que sabem muito bem 😊
Estou ansiosa por vivenciar a maternidade mas tento não pensar muito nisso. Acredito que as coisas acontecem na altura certa!
Obrigada pela mensagem de esperança. Muitas felicidades! ❤️

saratsantos -
Offline
Desde 10 Ago 2019

Olá Cláudia! Estou exactamente na mesma situação que tu neste momento. Eu e o meu companheiro tomámos a decisão em Junho que também queríamos começar os treinos.

Devido ao meu peso, que ganhei por raramente fazer desporto nos últimos anos, decidimos não avançar logo e enquanto andamos em consultas e exames pre-concepção tenho-me dedicado mais ao exercício físico (faço treinos 4/5 vezes por semana) e tenho mantido a alimentação saudável que já tinha antes, mas com ligeiras melhorias. Definimos um objetivo que era perder o máximo de peso que conseguisse até ao final do ano, e depois no início de 2020 começávamos a tentar. Quero mesmo estar no meu melhor para receber o meu filho!

Não estou a perder tanto como gostaria (metabolismo péssimo!!!) mas sinto-me com muito mais energia, com melhor condição física e com mais boa disposição e acho que isso vai ajudar não só nos treinos mas também durante a gravidez e parto. Tenciono depois manter a alimentação e o exercício físico ao longo da gravidez com os necessários ajustes à condição da gravidez, claro!

A minha médica também me aconselhou a perder o máximo de peso que conseguisse antes de engravidar, mas sempre de forma saudável claro!

Por isso acho que estás no bom caminho. Boa sorte 😊

Outros tópicos relacionados

perdi meu tão sonhado bebe.
tenho 32 anos.não tenho filhos.meu sonho é ser mãe.tenho miomas,3 maiores,na base de 4 cm mais ou menos.eles cresceram de 1 ano pra ca.antes eram 3 nódulos.nesse final de ano que passou,sofri com meu pai e minha mãe no hospital.a nove meses que não...
me ajudem por favor!!!
tenho 32 anos.não tenho filhos.meu sonho é ser mãe.tenho miomas,3 maiores,na base de 4 cm mais ou menos.eles cresceram de 1 ano pra ca.antes eram 3 nódulos.nesse final de ano que passou,sofri com meu pai e minha mãe no hospital.a nove meses que não...
pergunta parva
desculpem lá e aviso desde já que é uma pergunta parva, mas eu ando a dar em maluca sintomas: - menstruação deixou de vir com coágulos (ok, podia ser mudança de pilula), por 2x tenho período género de amostra - parece sentir um borbulhar dentro da...
anti inflamatório
boa noite gostaria de saber se os anti inflamatórios cortam o efeito do aparelho implanon, estou neste momento a tomar nimesulida almus para inflamaçao na garganta.
duvidas em relação a anitbióticos
olá meninas´....para quem nao se lembra de mim tou a tentar engravidar a 6 meses e ainda nada! acontece k ha 2 meses surgiu me um quisto entre as bordinhas do rabinho e tive k tomar antibióticos e anit inflamatórios portanto continuei a treinar mas...
Pedra âmbar para aliviar dor dos dentinhos
Olá mamãs, o meu baby anda aflito dos dentes já há um mês e falaram me de uns colares de pedra âmbar. Supostamente estes colares têm um efeito analgésico e anti inflamatório. Já alguém experimentou ou conhece quem tenha experimentado?

Votação

Qual destas bebidas consome no dia-a-dia?