Desabafo - “nova família “receios de falhar outra vez | De Mãe para Mãe

Desabafo - “nova família “receios de falhar outra vez

Responda
4 mensagens
koalaMB -
Offline
Desde 02 Set 2020

Bom dia mamãs .
Vou tentar ser o mais sucinta possível, para nãos vos cansar. Estou grávida do meu segundo filhote (35S). Tenho um filhote de 7 anos de uma anterior relação que durou 13 anos. Dávamo-nos mto bem e com mto respeito mas sinto que passei a amá-lo de outra forma, mais fraterna talvez . Também acho que desde que fomos mais foi havendo mais distância. Pelo cansaço, pela frustração de determinadas situação , talvez por ambos lidarmos com tensão com muitas delas e cedermos a essa frustração. Recordo-me logo nos primeiros meses de uma crise que tivemos pela dificuldade em gerir alguma distância e falta de tempo a dois que um bebe implica. O barulho do choro ele era mto permeável ao barulho. Fomos capazes de ir superando mas hoje acho que nunca integramos a 100 % a parentalidade e a conjugalidade. Pois bem um dos meus maiores receios é esse na minha atual relação , que eu adoro! A leveza e humor que existem atualmente ficarem ofuscadas com o trabalho e o cansaço e falta de tempo que ter um bebe e no fundo ter filhos geram. Requer capacidade de transformação e adaptação do casal, sabemos disso. Tenho receio que nos percamos um do outro. Eles são homens diferentes mas ainda assim o receio está cá. O meus filho mais velho apesar de gostar mto do meu companheiro não tem tido um comportamento fácil, ñ assume a autoridade do padrasto e desafia mto as vezes, ou seja, há dias em que há zangas e necessidade de por limites e isso mói e frustra. Ontem foi um dia desses. Eu e o meu companheiro estávamos super entusiasmados por estar juntos no serão. E a coisa não aconteceu pq o meu filho portou -Se mal levando a que tivesse de ficar de castigo . Levou a desânimo geral . Nós não nos chateamos um com o outro mas a frustração falou mais alto de facto até que ele foi dormir cedo por isso. Assumido que estava frustrado . Enfim está situação ativou em mim o receio de passar por coisas semelhantes à relação anterior levando a um desgaste que por sua vez leva a uma separação .
Por aí como conseguem fazer para que a relação de casal se mantenha sã e sólida ?
Obrigada 🌼

B.love -
Offline
Desde 26 Fev 2018

Olá,

Não tenho conselhos milagrosos, acho que a maternidade traz desafios a todos os casais e a forma como os encaramos é que pode realmente ser determinante. Um pequeno conselho que posso dar que acho que ajuda em parte é, mesmo antes do bebé nascer, conversarem sobre esses receios. A meu ver, se já tiverem antecipadamente a noção de que a vida vai mudar e de que vão haver muitos momentos de desgaste e frustração, privação de sono com hormonas à mistura é meio caminho andado para quando esses momentos acontecerem serem mais compreensivos um com o outro e não levarem tão a peito certas situações de stress. Claro que isto não é desculpa para tudo, é um conselho que resulta numa relação que por si só já tem por base o amor, o respeito, consideração e tudo isso que deve ser a base saudável de uma relação. Sorriso

koalaMB -
Offline
Desde 02 Set 2020

Obrigada 😊
Sim isso acontece . Falamos mto sim 🙌

quote=B.love]Olá,
Não tenho conselhos milagrosos, acho que a maternidade traz desafios a todos os casais e a forma como os encaramos é que pode realmente ser determinante. Um pequeno conselho que posso dar que acho que ajuda em parte é, mesmo antes do bebé nascer, conversarem sobre esses receios. A meu ver, se já tiverem antecipadamente a noção de que a vida vai mudar e de que vão haver muitos momentos de desgaste e frustração, privação de sono com hormonas à mistura é meio caminho andado para quando esses momentos acontecerem serem mais compreensivos um com o outro e não levarem tão a peito certas situações de stress. Claro que isto não é desculpa para tudo, é um conselho que resulta numa relação que por si só já tem por base o amor, o respeito, consideração e tudo isso que deve ser a base saudável de uma relação. [/quote]

didicq -
Offline
Desde 15 Maio 2011

A situação com o seu filho acho habitual para a idade e situação (padrasto+um novo irmão=ciúmes+insegurança relativamente ao seu lugar na família... Será que vou ser esquecido e posto de parte? É isto que pensam ainda que inconscientemente) e se só desafia o padrasto e a si não, ainda não está mal de todo, quando chegar à adolescência tem tendência a piorar...
Não sei qual é a sua realidade em casa, mas já falou com ele para lhe dar segurança relativamente ao irmão? A gravidez foi desejada também por ele? Como reagiu quando soube? Tem envolvido o garoto na preparação da vinda do irmão? Como está a situação relativamente à separação do pai? A vida do seu filho foi alterada de alguma forma com a gravidez/vinda do irmão? Alterações de rotinas, mudança no quarto/casa/escola podem trazer ansiedade à situação... Atenção, faço estas perguntas não para me responder, ou para a colocar em causa enquanto mãe, mas sim para a tentar ajudar a analisar a situação em que está e talvez descobrir uma forma de superar as "birras" do pequeno...

Quanto aos seus receios nesta nova relação, posso dizer-lhe que levamos "pedras" connosco de qualquer relação, isso é assim com família, amigos e conhecidos, afinal sempre se ouviu dizer "gato escaldado de água fria tem medo"... Esses medos que acumulamos protegem-nos de passar novamente por situações dolorosas, mas por vezes também nos impedem de vivenciar novas experiências boas... Aceite as suas pedras e uma vez que tem boa comunicação com o seu companheiro, fale muito com ele, seja muito verdadeira. Acho que é tudo o que posso dizer...
Talvez terapia em família possa ser útil, mas não é para todos os bolsos, uma boa psicanalista sai um bocadinho caro, mas no meu ver não se compara com os psicólogos... E não, não se vai ao psicólogo/psicanalista/psiquiatra porque se está maluco, mas sim porque se está com um problema, que estamos a ter dificuldade em ultrapassar com as ajudas habituais... Se temos uma ferida, primeiro desinfetamos em casa e tratamos dela, mas se infectar e piorar muito é preciso ir ao médico, certo? 😉
E não, não sou desse ramo profissional...

Outros tópicos relacionados

menstruaçaõ e gravidez
Ja ouvi falar que é possivel estar grávida e ter a menstruação ao mesmo tempo mas gostava de saber se é mesmo possivel pelo seguinte...este mes aconteceu-me uma coisa diferente dos outros meses.Primeiro antes de me aparecer a menstruação nos outros...
coragem
ca estou eu novamente mas sem novidades a unica novidade é k ganhei coragem e marquei uma consulta no Go visto k este mes quando me apareceu o periodo se é k se pode xamar a isto periodo aconteceu o mesmo do mes paxado e do outro...e pronto la...
preciso de opinião...
ca estou eu outra vez mas desta vez com uma duvida se alguem me poder ajudar optimo...é o seguinte de ha 4 dias para cá começei a ter umas dores no peito e sensibilidade nos mamilos tendo estes uma cor rosada, coisa que ainda dura até hoje... sera...
madrinha procura-se
Bem ja ca estou a algum tempinho e ako k ta na altura de ter uma madrinha, visto que aind n tenho...nao sei bem para k serve mas acho que é alguem com kem nos podemos desabafar e contar em momentos bons e maus ja que este cantinho funciona para nos...
help....preocupada
Ola meninas td bem? Gostava k alguem me esclarece-se...tendo em conta que tenho um quisto funcional é normal a menstruação durar mais de 7 dias??é k ja vou no 8ºdia e ainda tenho perda de sangue amanha tenho de ver se ligo para o meu Go...pk começo...
Confirmadiximo =)
poix é o 2teste nao engana aparece mais nitido e tudo vem ai um piolhito ou uma piolhita <:P <:P <:P ___________________________________ afilhada da elisabete medeiros madrinha da pat.silva

Votação

Qual destas bebidas consome no dia-a-dia?