Criopreservação de ovócitos | De Mãe para Mãe

Criopreservação de ovócitos

Responda
12 mensagens
CatGomes -
Offline
Desde 23 Set 2023

Olá, boa tarde a todas!

Tenho 26 anos e tenciono engravidar num futuro breve, encontro-me na fase da "pré conceção ativa", análises todas feitas e toma de suplementos.
No entanto, sendo filha única, sempre tive a ideia de ter 2/3 filhos, caso a vida me permitisse.
A minha dúvida é: no meu lugar, tendo em consideração que pretendo ter mais que 1 filho, optariam por realizar a preservação dos ovócitos por volta dos 27 anos? Esperariam até aos 30 e viam se valia a pena? Conhecem alguém que tenha feito? Não encontrei muitos testemunhos...
Tive consulta gratuita na Ginemed, a médica disse-me que esta seria a fase ideal para eu encarar isto como um "seguro de saúde", ou seja, esperemos que não seja para usar, mas se for necessário, terei a possibilidade...
O valor são 2300 euros.
Meninas que me estão a ler: arrepende-se de não terem criopreservado? Se não o fizeram, porque razão?

Obrigada a todas,

ACP_79 -
Offline
Desde 29 Jun 2021

Olá CatGomes,

Na minha opinião acho que faz muitíssimo bem em criopreservar já os seus óvulos numa idade em que, á partida, serão de melhor qualidade comparativamente a daqui alguns ou muitos anos. Se tem essa possibilidade financeira e pretende ter mais que um filho, para daqui a algum tempo, sem dúvida é uma boa opção. Poupará eventuais preocupações futuras e gastos "desnecessários".

Que tudo lhe corra bem. 😘

CatGomes -
Offline
Desde 23 Set 2023

Muito obrigada pela sua resposta!
Sim, eu "obriguei" a minha médica a fazer-me todos os exames possíveis, até a AMH e FSH e LH eu quis fazer Espertalhão
O meu namorado diz que acha um exagero, que sou nova e tudo mais... mas na verdade ele é homem e eu acho que isto é conversa de quem vê os seus "amiguinhos" a serem renovados mensalmente e a funcionarem até aos 90 anos...
Infelizmente nós mulheres não temos a mesma sorte Triste
É como eu digo: tanto dinheiro mal gasto, ás vezes em iphones e afins... mais vale gastar em saúde!

CatGomes -
Offline
Desde 23 Set 2023

ACP_79 escreveu:
Olá CatGomes,
Na minha opinião acho que faz muitíssimo bem em criopreservar já os seus óvulos numa idade em que, á partida, serão de melhor qualidade comparativamente a daqui alguns ou muitos anos. Se tem essa possibilidade financeira e pretende ter mais que um filho, para daqui a algum tempo, sem dúvida é uma boa opção. Poupará eventuais preocupações futuras e gastos "desnecessários".
Que tudo lhe corra bem. 😘

Muito obrigada pela sua resposta!
Sim, eu "obriguei" a minha médica a fazer-me todos os exames possíveis, até a AMH e FSH e LH eu quis fazer Espertalhão
O meu namorado diz que acha um exagero, que sou nova e tudo mais... mas na verdade ele é homem e eu acho que isto é conversa de quem vê os seus "amiguinhos" a serem renovados mensalmente e a funcionarem até aos 90 anos...
Infelizmente nós mulheres não temos a mesma sorte Triste
É como eu digo: tanto dinheiro mal gasto, ás vezes em iphones e afins... mais vale gastar em saúde!

CatGomes -
Offline
Desde 23 Set 2023

(peço desculpa isto enviou em duplicado, é feriado até o site está preguiçoso!)

Tenho acompanhado a sua jornada também pela Ginemed do Porto... Desejo-lhe toda a sorte do mundo!

MisaL -
Offline
Desde 17 Abr 2019

Se tem essa hipótese, conserve.
Nunca conheci ninguém que se tivesse arrependido, nem pensado nisso tão cedo sem motivo aparente, apenas conheço casos de cancro (até mais homens, as mulheres estão a fazer menos), mas se faz sentido, faça-o.
É algo que não tem nada contra e se é para fazer é melhor fazê-lo já.
Sendo que está a pensar engravidar e só tem 26 anos não vejo necessidade de criopreservar agora. Pode deixar ver como corre. Via mais sentido em quem não tem hipótese de tentar tão cedo, nem sabe se vai encontrar alguém, tem histórico de infertilidade, etc.

CatGomes -
Offline
Desde 23 Set 2023

MisaL escreveu:
Se tem essa hipótese, conserve.
Nunca conheci ninguém que se tivesse arrependido, nem pensado nisso tão cedo sem motivo aparente, apenas conheço casos de cancro (até mais homens, as mulheres estão a fazer menos), mas se faz sentido, faça-o.
É algo que não tem nada contra e se é para fazer é melhor fazê-lo já.
Sendo que está a pensar engravidar e só tem 26 anos não vejo necessidade de criopreservar agora. Pode deixar ver como corre. Via mais sentido em quem não tem hipótese de tentar tão cedo, nem sabe se vai encontrar alguém, tem histórico de infertilidade, etc.

Obrigada!
Não tenho histórico de infertilidade na família, felizmente. Nem o meu companheiro tanto quanto sei.
O que me fez despertar para esta questão foi exatamente este fórum, fui acompanhando algumas publicações e sinceramente não fazia ideia do quão comum era existirem problemas de fertilidade “cedo”, isto é, a partir dos 35 em alguns casos. Isso despertou-me para o tema e para investigar mais e melhor.
Senti alguma surpresa na médica que me acompanhou na consulta, a reação dela foi que regra geral a criopreservacao é feita aos 35 ou mais 😅
Então decidi aconselhar-me aqui com vocês, mais experientes nestas lides, para perceber se não estou a ser “neurótica”… mas neste casos mais vale “jogar pelos seguro” quando há meios financeiros para tal ☺️

MisaL -
Offline
Desde 17 Abr 2019

Sim, a infertilidade é algo comum, mais do que aquilo que supomos, mas a criopreservação à partida não é usada nesses casos, é um nível diferente de infertilidade( não é para infertilidade). Não conheço assim muitos casos desses. Por norma é feita, porque a pessoa não vê hipóteses em breve, por exemplo, ou porque tem fortes possibilidades, tratamentos de quimioterapia, de ficar infértil.
Criopreservar tão cedo só para o caso de...acho que pode esperar para ver como corre o 1o, já que pensa em breve fazê-lo. Mas veja o que dizem os médicos e a sua análise em específico.

CatGomes escreveu:

MisaL escreveu:Se tem essa hipótese, conserve.
Nunca conheci ninguém que se tivesse arrependido, nem pensado nisso tão cedo sem motivo aparente, apenas conheço casos de cancro (até mais homens, as mulheres estão a fazer menos), mas se faz sentido, faça-o.
É algo que não tem nada contra e se é para fazer é melhor fazê-lo já.
Sendo que está a pensar engravidar e só tem 26 anos não vejo necessidade de criopreservar agora. Pode deixar ver como corre. Via mais sentido em quem não tem hipótese de tentar tão cedo, nem sabe se vai encontrar alguém, tem histórico de infertilidade, etc.

Obrigada!
Não tenho histórico de infertilidade na família, felizmente. Nem o meu companheiro tanto quanto sei.
O que me fez despertar para esta questão foi exatamente este fórum, fui acompanhando algumas publicações e sinceramente não fazia ideia do quão comum era existirem problemas de fertilidade “cedo”, isto é, a partir dos 35 em alguns casos. Isso despertou-me para o tema e para investigar mais e melhor.
Senti alguma surpresa na médica que me acompanhou na consulta, a reação dela foi que regra geral a criopreservacao é feita aos 35 ou mais 😅
Então decidi aconselhar-me aqui com vocês, mais experientes nestas lides, para perceber se não estou a ser “neurótica”… mas neste casos mais vale “jogar pelos seguro” quando há meios financeiros para tal ☺️

ASGCL -
Offline
Desde 13 Dez 2022

Se tens possibilidade, porque não?

Mas, e não sei se te disseram isso na clínica, os óvulos descongelam mal, geralmente. Portanto prepara-te para perder uma quantidade considerável quando chegar a altura de d
escongelar para usar! Claro que isto tb não é garantido, e até podem descongelar bem, mas é melhor ter essa noção já, do que depois ter a desilusão, quando de 10 óvulos congelados só sobrevive 1 ou 2, para dar um exemplo.

Mas acho que fazes muito bem! E antes dos 35, porque aí é quando começam a aparecer os maiores problemas! Se vais criopreservar óvulos, mais vale cedo do que tarde!

ACP_79 -
Offline
Desde 29 Jun 2021

CatGomes escreveu:
(peço desculpa isto enviou em duplicado, é feriado até o site está preguiçoso!)
Tenho acompanhado a sua jornada também pela Ginemed do Porto... Desejo-lhe toda a sorte do mundo!

Obrigada querida ❤️
Se eu soubesse o que sei hoje teria feito exactamente o quer fazer e escusava de passar pelo caminho que estou agora, por isso vá em frente com o seu "plano de saúde " 🙏

Que tudo lhe corra bem 🍀😘😘

CatGomes -
Offline
Desde 23 Set 2023

ASGCL escreveu:
Se tens possibilidade, porque não?
Mas, e não sei se te disseram isso na clínica, os óvulos descongelam mal, geralmente. Portanto prepara-te para perder uma quantidade considerável quando chegar a altura de d
escongelar para usar! Claro que isto tb não é garantido, e até podem descongelar bem, mas é melhor ter essa noção já, do que depois ter a desilusão, quando de 10 óvulos congelados só sobrevive 1 ou 2, para dar um exemplo.
Mas acho que fazes muito bem! E antes dos 35, porque aí é quando começam a aparecer os maiores problemas! Se vais criopreservar óvulos, mais vale cedo do que tarde!

Boa noite ☺️
Obrigada pela resposta. A médica falou-me que isso era assim antes mas que agora asseguram cerca de 90%… mas realmente alertou-me que há uns anos atrás havia esse problema…
Não sei se dourou a pílula ou não, mas também nada como fazer-me de desentendida e ir pedir outra opinião para expor essa questão ☺️
Obrigada pelo alerta!

CatGomes -
Offline
Desde 23 Set 2023

E parabéns pelo seu bebé ❤️

Votação

Quanto tempo, em média, dura uma consulta com o seu filho no pediatra?