Creche Sim ou Não?Ajudem-me! | De Mãe para Mãe

Creche Sim ou Não?Ajudem-me!

Responda
40 mensagens
Desde 16 Abr 2020

Boa tarde a todas, se calhar este já foi um tema falado mas não encontrei nada que me ajudasse..
Preciso que me deem a vossa opinião, principalmente quem é mãe e está nesta situação..
A minha filha tem quase 3 meses e antes desta história do Covid já tinha tudo orientado e planeado para a inscrever numa creche, em Setembro. Porém, agora, aos ver as notícias e as regras que as creches têm de cumprir e afins ando muito preocupada. Mas até mais com o distanciamento social do que propriamente com o vírus. É que nem brinquedos ela pode ter, nem interagir com outros bebés e ter colinho e mimos..fico muito preocupada com isso pq ela é uma bebé muito alegre, adora palrrar e atenção, n gosta nd de se sentir sozinha. Tenho receio que a creche a faça regredir ou sentir-se abandonada..
Não sei que faça..a minha sogra diz que é melhor para nós meta-la numa creche, para podermos ter tempo para nós e pq eu tb preciso de voltar a trabalhar e confesso que em algumas coisas concordo com ela, já a minha mãe diz para n o fazer por causa do vírus, que é mt arriscado e para eu alargar a licença, para eu aproveitar, o q tb será uma possibilidade..
Adoro estar com a minha bebé e cuidar dela mas tb já tenho saudades de trabalhar e de falar com adultos, de ter conversas produtivas 🤷‍♀️ custa mt passar os dias todos em casa..
Alguma mamã a passar por isto?Já sabem como vai ser nas creches?o que fazem aos bebés de berçário lá?
Ela n agarra chupeta 🙄 só mt de vez enquando, só quer mama e dou em livre demanda. Dorme mt bem à noite (na nossa cama) mas de dia só no colo..
O que fariam vocês?
Beijinhos

MisaL -
Offline
Desde 17 Abr 2019

Independentemente da covid, tendo hipótese eu deixaria ficar em casa, pelo menos até fazer um ano.

Desde 16 Abr 2020

MisaL escreveu:
Independentemente da covid, tendo hipótese eu deixaria ficar em casa, pelo menos até fazer um ano.

Até um ano n consigo porque tenho de voltar trabalhar, isso queria eu, mas as inscrições não são até setembro?ou dá para inscrever mais tarde?

guialmi -
Online
Desde 13 Jul 2013

Se tem de voltar a trabalhar está aí a sua resposta...

guialmi -
Online
Desde 13 Jul 2013

Numa creche o bebé pode entrar a qualquer momento, mas pode haver problemas com vagas. Já procurou creche?

Leticia _29 -
Online
Desde 12 Set 2019

Olá.
O meu bebé ainda não nasceu e já está inscrito em várias creches e quase todas me dizem que já não tem vagas, tá em lista de espera e isto para entrar só para o ano.
Eu adorava poder ficar com ele em casa mais tempo , mas tenho que trabalhar, estou atualmente desempregada e apesar de estarmos bem, já tínhamos poupado imenso para uma eventualidade, não pode ficar o marido com os encargos todos.
A minha ideia é entrar no início do ano, quando tiver uns 7,8 meses e ir só de manhã ou só de tarde para se ir adaptando e para eu ter tempo de procurar emprego.
Claro que se arranjar emprego mais cedo terá que ir o dia todo.
Mas é assim.

Desde 16 Abr 2020

guialmi escreveu:
Numa creche o bebé pode entrar a qualquer momento, mas pode haver problemas com vagas. Já procurou creche?

Sim já tenho uma que gostei muito, mas é uma Ipss e pelo que percebi teria de increver agora para entrar setembro

Desde 16 Abr 2020

Leticia _29 escreveu:
Olá.
O meu bebé ainda não nasceu e já está inscrito em várias creches e quase todas me dizem que já não tem vagas, tá em lista de espera e isto para entrar só para o ano.
Eu adorava poder ficar com ele em casa mais tempo , mas tenho que trabalhar, estou atualmente desempregada e apesar de estarmos bem, já tínhamos poupado imenso para uma eventualidade, não pode ficar o marido com os encargos todos.
A minha ideia é entrar no início do ano, quando tiver uns 7,8 meses e ir só de manhã ou só de tarde para se ir adaptando e para eu ter tempo de procurar emprego.
Claro que se arranjar emprego mais cedo terá que ir o dia todo.
Mas é assim.

Eu aqui só conseguia inscrever depois de ela nascer.
Se calhar tbem devo ter essa hipótese de ela ir só de manhã ou tarde, isso seria o ideal pelo menos eu sentiria-me melhor e mais segura.
Vou ter de questionar a creche.
O meu marido n se importa que eu fique em casa mas financeiramente n gosto mt da ideia. Claro que primeiro está a nossa filha mas com tantas incertezas ficasse sem saber o que é melhor..
Obrigada e espero que esteja a ter uma boa gravidez 😊

Leticia _29 -
Online
Desde 12 Set 2019

MãeDePrimeiraViagem2020 escreveu:

Leticia _29 escreveu:Olá.
O meu bebé ainda não nasceu e já está inscrito em várias creches e quase todas me dizem que já não tem vagas, tá em lista de espera e isto para entrar só para o ano.
Eu adorava poder ficar com ele em casa mais tempo , mas tenho que trabalhar, estou atualmente desempregada e apesar de estarmos bem, já tínhamos poupado imenso para uma eventualidade, não pode ficar o marido com os encargos todos.
A minha ideia é entrar no início do ano, quando tiver uns 7,8 meses e ir só de manhã ou só de tarde para se ir adaptando e para eu ter tempo de procurar emprego.
Claro que se arranjar emprego mais cedo terá que ir o dia todo.
Mas é assim.

Eu aqui só conseguia inscrever depois de ela nascer.
Se calhar tbem devo ter essa hipótese de ela ir só de manhã ou tarde, isso seria o ideal pelo menos eu sentiria-me melhor e mais segura.
Vou ter de questionar a creche.
O meu marido n se importa que eu fique em casa mas financeiramente n gosto mt da ideia. Claro que primeiro está a nossa filha mas com tantas incertezas ficasse sem saber o que é melhor..
Obrigada e espero que esteja a ter uma boa gravidez 😊

Eu por acaso consegui inscrever em todas que queria mesmo sem ele ter nascido.
Claro, é sempre uma decisão difícil.
Está tudo a correr bem obrigada 🙂

CatiaS_S -
Offline
Desde 30 Set 2016

Com IPSS sinceramente não sei como funciona as inscrições...
.
Não lhe posso dizer o que fazer mas posso falar sobre o que se está a passar nas creches.
Claro que eles não ficam sem brinquedos. O que estão a fazer na creche do meu é "atribuir" brinquedos às crianças, e depois quando acabarem de brincar com eles, vão para lavar. Não têm os brinquedos todos á disposição ao mesmo tempo para evitar que se distraiam e sujem muitos, e vão rodando ao longo do dia. Quanto ao distanciamento, muito mais fácil fazer com os da creche do que com os mais velhos 🤣🤣. Basta usar as espreguiçadeiras ou sentá-los no tapete. Quanto ao colo e mimos, lol, claro que eles também têm. Aliás, agora como têm de trocar de sapatos ao entrar, TODOS são recebidos no colo das funcionárias, portanto só a começar por aí já se vê.

Sobre CatiaS_S

Agosto 2016: Vamos tentar ter um filhote!
Set-Out 2016: Consultas, exames, análises; Folicil e Yodafar
Novembro 2016: Começam os treinos
10 Maio 2017: Positivo ao 5º ciclo Espertalhão
DPP: 11 Janeiro.....e se não quiser nascer, indução marcada para dia 17...
http://outroblogsobrematernidade.blogspot.pt/

Mint -
Offline
Desde 29 Maio 2020

Não dá para pagar a uma ama? Acho melhor do que colocá - la numa creche.

MisaL -
Offline
Desde 17 Abr 2019

Com 3 meses não vai para um privado? Entra numa altura qualquer, os meus entraram janeiro, ambos inscritos nessa altura.
Se é para adiar um mês ou dois, não sei se vale a pena, até porque entrar em setembro é melhor do que entrar em dezembro. Pensei que a dúvida fosse adiar para setembro do próximo ano.

MãeDePrimeiraViagem2020 escreveu:

MisaL escreveu:Independentemente da covid, tendo hipótese eu deixaria ficar em casa, pelo menos até fazer um ano.

Até um ano n consigo porque tenho de voltar trabalhar, isso queria eu, mas as inscrições não são até setembro?ou dá para inscrever mais tarde?

MisaL -
Offline
Desde 17 Abr 2019

Ainda bem que na altura da minha não havia problemas com vagas. Porque se houvesse, tinha ficado sem onde a deixar, ela já ia a caminho dos 3 meses quando comecei a ver. Por acaso não tive problema em nenhum, só num houve uma ligeira pressão, que era a última vaga, mas depois também não foi o escolhido.
Dói-me a alma só de pensar que ainda não nasceu e já ando a tratar de onde o deixar. Não sei se seria capaz ☹️

Leticia _29 escreveu:
Olá.
O meu bebé ainda não nasceu e já está inscrito em várias creches e quase todas me dizem que já não tem vagas, tá em lista de espera e isto para entrar só para o ano.
Eu adorava poder ficar com ele em casa mais tempo , mas tenho que trabalhar, estou atualmente desempregada e apesar de estarmos bem, já tínhamos poupado imenso para uma eventualidade, não pode ficar o marido com os encargos todos.
A minha ideia é entrar no início do ano, quando tiver uns 7,8 meses e ir só de manhã ou só de tarde para se ir adaptando e para eu ter tempo de procurar emprego.
Claro que se arranjar emprego mais cedo terá que ir o dia todo.
Mas é assim.

Ansha -
Offline
Desde 13 Abr 2016

Há creches que aceitam em março.
Eu tb ficaria em casa o máximo da licença , passa tão rápido que vale a pena fazer um interregno na nossa vida para estar com eles 😊

Leticia _29 -
Online
Desde 12 Set 2019

MisaL escreveu:
Ainda bem que na altura da minha não havia problemas com vagas. Porque se houvesse, tinha ficado sem onde a deixar, ela já ia a caminho dos 3 meses quando comecei a ver. Por acaso não tive problema em nenhum, só num houve uma ligeira pressão, que era a última vaga, mas depois também não foi o escolhido.
Dói-me a alma só de pensar que ainda não nasceu e já ando a tratar de onde o deixar. Não sei se seria capaz ☹️

Leticia _29 escreveu:Olá.
O meu bebé ainda não nasceu e já está inscrito em várias creches e quase todas me dizem que já não tem vagas, tá em lista de espera e isto para entrar só para o ano.
Eu adorava poder ficar com ele em casa mais tempo , mas tenho que trabalhar, estou atualmente desempregada e apesar de estarmos bem, já tínhamos poupado imenso para uma eventualidade, não pode ficar o marido com os encargos todos.
A minha ideia é entrar no início do ano, quando tiver uns 7,8 meses e ir só de manhã ou só de tarde para se ir adaptando e para eu ter tempo de procurar emprego.
Claro que se arranjar emprego mais cedo terá que ir o dia todo.
Mas é assim.

A mim recomendaram me logo que procurasse porque depois é muito difícil.
E realmente metade delas me dizem que não há vagas nem para fim de 2021.
A creche que queria mesmo, neste momento ficou em lista de espera mas já tem vaga numa outra que é muito boa mas era a segunda opção.
Eu adorava ficar com ele mais tempo e enquanto que não arranjar trabalho vou ficando com ele em casa, mas estando desempregada, e eu não sei se é da minha formação, sou sempre chamada para tudo no centro de emprego, se me chamarem quero poder ter a opção da creche para não ter que recusar um emprego.
Mas só o quero colocar depois dos 7, 8 meses, e mesmo assim são tão pequeninos para ir para a creche 😔

MisaL -
Offline
Desde 17 Abr 2019

Em 2015 quando começou o meu curso de preparação para o parto a enfermeira ficou em pânico por eu ainda não ter tratado disso. Nem sabia que creches existiam quando ela nasceu, também é certo que não iria logo, no mínimo eu estaria em casa até fazer 1 ano, mas nunca fui a nenhum sem vagas. Acabou por entrar com 10 meses e eu inscrevia- no dia anterior.
No ano passado já ouvi que está muito complicado, mas como o meu entrou com vaga de irmão... também não passei por nenhum stress.

Leticia _29 escreveu:

MisaL escreveu:Ainda bem que na altura da minha não havia problemas com vagas. Porque se houvesse, tinha ficado sem onde a deixar, ela já ia a caminho dos 3 meses quando comecei a ver. Por acaso não tive problema em nenhum, só num houve uma ligeira pressão, que era a última vaga, mas depois também não foi o escolhido.
Dói-me a alma só de pensar que ainda não nasceu e já ando a tratar de onde o deixar. Não sei se seria capaz ☹️

Leticia _29 escreveu:Olá.
O meu bebé ainda não nasceu e já está inscrito em várias creches e quase todas me dizem que já não tem vagas, tá em lista de espera e isto para entrar só para o ano.
Eu adorava poder ficar com ele em casa mais tempo , mas tenho que trabalhar, estou atualmente desempregada e apesar de estarmos bem, já tínhamos poupado imenso para uma eventualidade, não pode ficar o marido com os encargos todos.
A minha ideia é entrar no início do ano, quando tiver uns 7,8 meses e ir só de manhã ou só de tarde para se ir adaptando e para eu ter tempo de procurar emprego.
Claro que se arranjar emprego mais cedo terá que ir o dia todo.
Mas é assim.

A mim recomendaram me logo que procurasse porque depois é muito difícil.
E realmente metade delas me dizem que não há vagas nem para fim de 2021.
A creche que queria mesmo, neste momento ficou em lista de espera mas já tem vaga numa outra que é muito boa mas era a segunda opção.
Eu adorava ficar com ele mais tempo e enquanto que não arranjar trabalho vou ficando com ele em casa, mas estando desempregada, e eu não sei se é da minha formação, sou sempre chamada para tudo no centro de emprego, se me chamarem quero poder ter a opção da creche para não ter que recusar um emprego.
Mas só o quero colocar depois dos 7, 8 meses, e mesmo assim são tão pequeninos para ir para a creche 😔

Leticia _29 -
Online
Desde 12 Set 2019

MisaL escreveu:
Em 2015 quando começou o meu curso de preparação para o parto a enfermeira ficou em pânico por eu ainda não ter tratado disso. Nem sabia que creches existiam quando ela nasceu, também é certo que não iria logo, no mínimo eu estaria em casa até fazer 1 ano, mas nunca fui a nenhum sem vagas. Acabou por entrar com 10 meses e eu inscrevia- no dia anterior.
No ano passado já ouvi que está muito complicado, mas como o meu entrou com vaga de irmão... também não passei por nenhum stress.

Leticia _29 escreveu:

MisaL escreveu:Ainda bem que na altura da minha não havia problemas com vagas. Porque se houvesse, tinha ficado sem onde a deixar, ela já ia a caminho dos 3 meses quando comecei a ver. Por acaso não tive problema em nenhum, só num houve uma ligeira pressão, que era a última vaga, mas depois também não foi o escolhido.
Dói-me a alma só de pensar que ainda não nasceu e já ando a tratar de onde o deixar. Não sei se seria capaz ☹️

Leticia _29 escreveu:Olá.
O meu bebé ainda não nasceu e já está inscrito em várias creches e quase todas me dizem que já não tem vagas, tá em lista de espera e isto para entrar só para o ano.
Eu adorava poder ficar com ele em casa mais tempo , mas tenho que trabalhar, estou atualmente desempregada e apesar de estarmos bem, já tínhamos poupado imenso para uma eventualidade, não pode ficar o marido com os encargos todos.
A minha ideia é entrar no início do ano, quando tiver uns 7,8 meses e ir só de manhã ou só de tarde para se ir adaptando e para eu ter tempo de procurar emprego.
Claro que se arranjar emprego mais cedo terá que ir o dia todo.
Mas é assim.

A mim recomendaram me logo que procurasse porque depois é muito difícil.
E realmente metade delas me dizem que não há vagas nem para fim de 2021.
A creche que queria mesmo, neste momento ficou em lista de espera mas já tem vaga numa outra que é muito boa mas era a segunda opção.
Eu adorava ficar com ele mais tempo e enquanto que não arranjar trabalho vou ficando com ele em casa, mas estando desempregada, e eu não sei se é da minha formação, sou sempre chamada para tudo no centro de emprego, se me chamarem quero poder ter a opção da creche para não ter que recusar um emprego.
Mas só o quero colocar depois dos 7, 8 meses, e mesmo assim são tão pequeninos para ir para a creche 😔

Não sei se a zona também influencia, aqui realmente é muito difícil arranjar vagas.

Ansha -
Offline
Desde 13 Abr 2016

Claro que influencia

MisaL -
Offline
Desde 17 Abr 2019

Sim, e a altura também, em 2015 não foi problemático, mas agora não saíram vagas para exterior, foram todas preenchidas por irmãos.
Eu estou em zona vermelha, Gondomar.

Leticia _29 escreveu:

MisaL escreveu:Em 2015 quando começou o meu curso de preparação para o parto a enfermeira ficou em pânico por eu ainda não ter tratado disso. Nem sabia que creches existiam quando ela nasceu, também é certo que não iria logo, no mínimo eu estaria em casa até fazer 1 ano, mas nunca fui a nenhum sem vagas. Acabou por entrar com 10 meses e eu inscrevia- no dia anterior.
No ano passado já ouvi que está muito complicado, mas como o meu entrou com vaga de irmão... também não passei por nenhum stress.

Leticia _29 escreveu:

MisaL escreveu:Ainda bem que na altura da minha não havia problemas com vagas. Porque se houvesse, tinha ficado sem onde a deixar, ela já ia a caminho dos 3 meses quando comecei a ver. Por acaso não tive problema em nenhum, só num houve uma ligeira pressão, que era a última vaga, mas depois também não foi o escolhido.
Dói-me a alma só de pensar que ainda não nasceu e já ando a tratar de onde o deixar. Não sei se seria capaz ☹️

Leticia _29 escreveu:Olá.
O meu bebé ainda não nasceu e já está inscrito em várias creches e quase todas me dizem que já não tem vagas, tá em lista de espera e isto para entrar só para o ano.
Eu adorava poder ficar com ele em casa mais tempo , mas tenho que trabalhar, estou atualmente desempregada e apesar de estarmos bem, já tínhamos poupado imenso para uma eventualidade, não pode ficar o marido com os encargos todos.
A minha ideia é entrar no início do ano, quando tiver uns 7,8 meses e ir só de manhã ou só de tarde para se ir adaptando e para eu ter tempo de procurar emprego.
Claro que se arranjar emprego mais cedo terá que ir o dia todo.
Mas é assim.

A mim recomendaram me logo que procurasse porque depois é muito difícil.
E realmente metade delas me dizem que não há vagas nem para fim de 2021.
A creche que queria mesmo, neste momento ficou em lista de espera mas já tem vaga numa outra que é muito boa mas era a segunda opção.
Eu adorava ficar com ele mais tempo e enquanto que não arranjar trabalho vou ficando com ele em casa, mas estando desempregada, e eu não sei se é da minha formação, sou sempre chamada para tudo no centro de emprego, se me chamarem quero poder ter a opção da creche para não ter que recusar um emprego.
Mas só o quero colocar depois dos 7, 8 meses, e mesmo assim são tão pequeninos para ir para a creche 😔

Não sei se a zona também influencia, aqui realmente é muito difícil arranjar vagas.

MisaL -
Offline
Desde 17 Abr 2019

No ano passado tive uma amiga nesse stress de não haver vagas, fez inscrições numa série deles era tudo para daqui a 2 ou 3 anos, mas depois na hora teve vaga onde queria e ligaram-lhe de quase todos a dizer que tinham vaga. Não sei se fazem algum marketing também.
Em 2015 a enfermeira ficou em pânico, todos os dias me perguntava se já tinha ido ver...às tantas também era difícil, mas depois na prática não tive problema nenhum, nem fiz reservas, nem pré-inscrições, nada. Andei a ver mais a sério em agosto / setembro, decidi, em janeiro voltei.

Desde 16 Abr 2020

CatiaS_S escreveu:
Com IPSS sinceramente não sei como funciona as inscrições...
.
Não lhe posso dizer o que fazer mas posso falar sobre o que se está a passar nas creches.
Claro que eles não ficam sem brinquedos. O que estão a fazer na creche do meu é "atribuir" brinquedos às crianças, e depois quando acabarem de brincar com eles, vão para lavar. Não têm os brinquedos todos á disposição ao mesmo tempo para evitar que se distraiam e sujem muitos, e vão rodando ao longo do dia. Quanto ao distanciamento, muito mais fácil fazer com os da creche do que com os mais velhos 🤣🤣. Basta usar as espreguiçadeiras ou sentá-los no tapete. Quanto ao colo e mimos, lol, claro que eles também têm. Aliás, agora como têm de trocar de sapatos ao entrar, TODOS são recebidos no colo das funcionárias, portanto só a começar por aí já se vê.

Pois a minha fica na espreguiçadeira mas n se aguenta muito tempo e tem de ter companhia.
Mas também se calhar com 6 mese vao aguentar mais..n sei
Fico mais descansada que peguem nela então e que dêm atenção pois já basta n terem os pais..
Ainda estou indecisa mas se calhar vou tratar da pré inscrição, pelo sim pelo não e depois logo decido como fazer..
Nunca pensei q fosse tão difícil 😔

Desde 16 Abr 2020

Mint escreveu:
Não dá para pagar a uma ama? Acho melhor do que colocá - la numa creche.

Também ando à procura mas n conheço ninguém q tenha posto em amas logo n tenho referências..

Desde 16 Abr 2020

MisaL escreveu:
Com 3 meses não vai para um privado? Entra numa altura qualquer, os meus entraram janeiro, ambos inscritos nessa altura.
Se é para adiar um mês ou dois, não sei se vale a pena, até porque entrar em setembro é melhor do que entrar em dezembro. Pensei que a dúvida fosse adiar para setembro do próximo ano.

MãeDePrimeiraViagem2020 escreveu:

MisaL escreveu:Independentemente da covid, tendo hipótese eu deixaria ficar em casa, pelo menos até fazer um ano.

Até um ano n consigo porque tenho de voltar trabalhar, isso queria eu, mas as inscrições não são até setembro?ou dá para inscrever mais tarde?

Seria para entrar em janeiro com 10 meses

MisaL -
Offline
Desde 17 Abr 2019

A minha entrou em janeiro com 10 meses. Correu muito bem, ela adorou desde o 1o dia.
Eu estive em casa até ela ter 18 meses, mas começou a ir de manhã e na altura foi o melhor para nós as duas.
Se consegue adiar de setembro para janeiro eu faria, mas se for muito complicado, se tiver um impacto grande nas finanças, talvez levá-la logo. Se a única questão for a covid, não creio que haja grande diferença de setembro para janeiro.

MãeDePrimeiraViagem2020 escreveu:

MisaL escreveu:Com 3 meses não vai para um privado? Entra numa altura qualquer, os meus entraram janeiro, ambos inscritos nessa altura.
Se é para adiar um mês ou dois, não sei se vale a pena, até porque entrar em setembro é melhor do que entrar em dezembro. Pensei que a dúvida fosse adiar para setembro do próximo ano.

MãeDePrimeiraViagem2020 escreveu:

MisaL escreveu:Independentemente da covid, tendo hipótese eu deixaria ficar em casa, pelo menos até fazer um ano.

Até um ano n consigo porque tenho de voltar trabalhar, isso queria eu, mas as inscrições não são até setembro?ou dá para inscrever mais tarde?

Seria para entrar em janeiro com 10 meses

Desde 16 Abr 2020

Ansha escreveu:
Há creches que aceitam em março.
Eu tb ficaria em casa o máximo da licença , passa tão rápido que vale a pena fazer um interregno na nossa vida para estar com eles 😊

Pois é verdade tá a passar mesmo muito rápido nunca pensei..às vezes vou só ali a baixo comprar pão e fico logo cheia de saudades, n é normal lol

Desde 16 Abr 2020

Leticia _29 escreveu:

MisaL escreveu:Ainda bem que na altura da minha não havia problemas com vagas. Porque se houvesse, tinha ficado sem onde a deixar, ela já ia a caminho dos 3 meses quando comecei a ver. Por acaso não tive problema em nenhum, só num houve uma ligeira pressão, que era a última vaga, mas depois também não foi o escolhido.
Dói-me a alma só de pensar que ainda não nasceu e já ando a tratar de onde o deixar. Não sei se seria capaz ☹️

Leticia _29 escreveu:Olá.
O meu bebé ainda não nasceu e já está inscrito em várias creches e quase todas me dizem que já não tem vagas, tá em lista de espera e isto para entrar só para o ano.
Eu adorava poder ficar com ele em casa mais tempo , mas tenho que trabalhar, estou atualmente desempregada e apesar de estarmos bem, já tínhamos poupado imenso para uma eventualidade, não pode ficar o marido com os encargos todos.
A minha ideia é entrar no início do ano, quando tiver uns 7,8 meses e ir só de manhã ou só de tarde para se ir adaptando e para eu ter tempo de procurar emprego.
Claro que se arranjar emprego mais cedo terá que ir o dia todo.
Mas é assim.

A mim recomendaram me logo que procurasse porque depois é muito difícil.
E realmente metade delas me dizem que não há vagas nem para fim de 2021.
A creche que queria mesmo, neste momento ficou em lista de espera mas já tem vaga numa outra que é muito boa mas era a segunda opção.
Eu adorava ficar com ele mais tempo e enquanto que não arranjar trabalho vou ficando com ele em casa, mas estando desempregada, e eu não sei se é da minha formação, sou sempre chamada para tudo no centro de emprego, se me chamarem quero poder ter a opção da creche para não ter que recusar um emprego.
Mas só o quero colocar depois dos 7, 8 meses, e mesmo assim são tão pequeninos para ir para a creche 😔

Eu procurei quando ainda estava grávida mas n deixavam inscrever enquanto a bebé n nascesse..e depois cpmo3fpi em Março adiei pq n sabia como.iam ser as coisas e a vdd e3que tbem n tinha tempo para nada e nem tinha os documentos q me pediam..
Agora é q estou a tratar de tudo mas claro que tenjo receio que com a redução nas salas n hajam vagas. Só espero é que isto n se arraste para 2021..

Desde 16 Abr 2020

MisaL escreveu:
A minha entrou em janeiro com 10 meses. Correu muito bem, ela adorou desde o 1o dia.
Eu estive em casa até ela ter 18 meses, mas começou a ir de manhã e na altura foi o melhor para nós as duas.
Se consegue adiar de setembro para janeiro eu faria, mas se for muito complicado, se tiver um impacto grande nas finanças, talvez levá-la logo. Se a única questão for a covid, não creio que haja grande diferença de setembro para janeiro.

MãeDePrimeiraViagem2020 escreveu:

MisaL escreveu:Com 3 meses não vai para um privado? Entra numa altura qualquer, os meus entraram janeiro, ambos inscritos nessa altura.
Se é para adiar um mês ou dois, não sei se vale a pena, até porque entrar em setembro é melhor do que entrar em dezembro. Pensei que a dúvida fosse adiar para setembro do próximo ano.

MãeDePrimeiraViagem2020 escreveu:

MisaL escreveu:Independentemente da covid, tendo hipótese eu deixaria ficar em casa, pelo menos até fazer um ano.

Até um ano n consigo porque tenho de voltar trabalhar, isso queria eu, mas as inscrições não são até setembro?ou dá para inscrever mais tarde?

Seria para entrar em janeiro com 10 meses

Tenho receio pelo covid e pelas medidas que vão ser implementadas nas creches, pq tudo será diferente do q era.
Tbem tenho receio de que n dê para inscrever em janeiro e isso sim seria um.problema maior por causa do trabalho..n posso correr esse risco.

janew -
Offline
Desde 18 Jun 2016

Sinceramente não penso que o covid faça assim tanta diferença. As educadoras usam máscara, desinfetam as coisas com mais frequência e há controlo de temperatura. Também há menos brinquedos e evitam o contato entre bebés (no berçário não deve fazer grande diferença).
Pelo que sei (e pela minha experiência) seria melhor para o bebé ficar em casa com a mãe. A ida para a creche na maioria dos casos é sinónimo de virose ou uma "ite" qualquer (com ou sem covid).
Os meus entraram com 6/7 meses. O mais velho apanhou logo uma otite (e ainda hoje sofre as consequências, já que se tornou cronica), o mais novo foi uma virose (mais tarde vieram as otites). Nem sei como se safaram das gastroentrites, 99 % das doenças deles foram otites.
Teria sido diferente se tivessem ficado em casa? Provavelmente sim. O mais novo teve uma virose em fev e o mais velho em abril. Não vão à escola desde março. Andam felizes e sem saudades da escola. O mais velho vai segunda para a pré num ambiente super controlado e com apenas 9 alunos de 5-6 anos. O mais novo ainda não decidimos. Não é medo do covid, mas gosto de o ter comigo (tá numa fase tão gira...).
Qto à entrada no berçario...
Na IPSS onde o meu anda só têm entrada em setembro, para entrar depois têm de pagar esses meses. No berçário a maioria têm irmãos na instituição. Os bebés de segundo semestre só entra na sala de 1 ano, não têm mesmo hipótese, mesmo com irmãos lá. Há 2 anos nem nos privados havia vagas!
Em 2014 arranjei facilmente num privado e entrou na IPSS em setembro.
Se pode (€€€€ falando) fique mais uns meses com a sua filhota. É uma fase que não volta.
Quanto à creche... prepare-se, quando entrar vai adoecer e aí começam as chatices.
Felicidades!!!

MisaL -
Offline
Desde 17 Abr 2019

As creches estão a funcionar tranquilamente, usam máscara, mas de resto não está a ser nada assim tão assustador. Depois pense que para a sua bebé será assim, ela não vai conhecer de outra maneira, é a 1a que vai não vai notar o antes e depois da covid.

MãeDePrimeiraViagem2020 escreveu:

MisaL escreveu:A minha entrou em janeiro com 10 meses. Correu muito bem, ela adorou desde o 1o dia.
Eu estive em casa até ela ter 18 meses, mas começou a ir de manhã e na altura foi o melhor para nós as duas.
Se consegue adiar de setembro para janeiro eu faria, mas se for muito complicado, se tiver um impacto grande nas finanças, talvez levá-la logo. Se a única questão for a covid, não creio que haja grande diferença de setembro para janeiro.

MãeDePrimeiraViagem2020 escreveu:

MisaL escreveu:Com 3 meses não vai para um privado? Entra numa altura qualquer, os meus entraram janeiro, ambos inscritos nessa altura.
Se é para adiar um mês ou dois, não sei se vale a pena, até porque entrar em setembro é melhor do que entrar em dezembro. Pensei que a dúvida fosse adiar para setembro do próximo ano.

MãeDePrimeiraViagem2020 escreveu:

MisaL escreveu:Independentemente da covid, tendo hipótese eu deixaria ficar em casa, pelo menos até fazer um ano.

Até um ano n consigo porque tenho de voltar trabalhar, isso queria eu, mas as inscrições não são até setembro?ou dá para inscrever mais tarde?

Seria para entrar em janeiro com 10 meses

Tenho receio pelo covid e pelas medidas que vão ser implementadas nas creches, pq tudo será diferente do q era.
Tbem tenho receio de que n dê para inscrever em janeiro e isso sim seria um.problema maior por causa do trabalho..n posso correr esse risco.

Desde 16 Abr 2020

janew escreveu:
Sinceramente não penso que o covid faça assim tanta diferença. As educadoras usam máscara, desinfetam as coisas com mais frequência e há controlo de temperatura. Também há menos brinquedos e evitam o contato entre bebés (no berçário não deve fazer grande diferença).
Pelo que sei (e pela minha experiência) seria melhor para o bebé ficar em casa com a mãe. A ida para a creche na maioria dos casos é sinónimo de virose ou uma "ite" qualquer (com ou sem covid).
Os meus entraram com 6/7 meses. O mais velho apanhou logo uma otite (e ainda hoje sofre as consequências, já que se tornou cronica), o mais novo foi uma virose (mais tarde vieram as otites). Nem sei como se safaram das gastroentrites, 99 % das doenças deles foram otites.
Teria sido diferente se tivessem ficado em casa? Provavelmente sim. O mais novo teve uma virose em fev e o mais velho em abril. Não vão à escola desde março. Andam felizes e sem saudades da escola. O mais velho vai segunda para a pré num ambiente super controlado e com apenas 9 alunos de 5-6 anos. O mais novo ainda não decidimos. Não é medo do covid, mas gosto de o ter comigo (tá numa fase tão gira...).
Qto à entrada no berçario...
Na IPSS onde o meu anda só têm entrada em setembro, para entrar depois têm de pagar esses meses. No berçário a maioria têm irmãos na instituição. Os bebés de segundo semestre só entra na sala de 1 ano, não têm mesmo hipótese, mesmo com irmãos lá. Há 2 anos nem nos privados havia vagas!
Em 2014 arranjei facilmente num privado e entrou na IPSS em setembro.
Se pode (€€€€ falando) fique mais uns meses com a sua filhota. É uma fase que não volta.
Quanto à creche... prepare-se, quando entrar vai adoecer e aí começam as chatices.
Felicidades!!!

Então, se for numa IPSS, se ela não entrar em setembro deste ano só consigo para setembro do próximo ano? O q são os bebés de 2 semestre?
Realmente nem me lembrei das viroses!ela ainda n teve doente isso assusta-me um bocado, tou a dar a vacinas todas, mesmo as n comparticipadas e inclui a da gastroenterite..
Você teve mesmo azar mamã ou então é msm assim q acontece..n queria nd q ela ficasse doente com essa facilidade mas sei q vai acontecer Financeiramente eu tenho possibilidade de ficar com ela mas n quero comprometer o meu trabalho e sinceramente n me vejo a ficar em casa só a tomar conta dela. Tem sido maravilhoso mas eu preciso de mais. Sei que mts mães vão achar lamentável mas eu preciso de ter o meu espaço tbem e tempo para mim e com ela tão dependente de mim fico ansiosa quando a deixo sozinha com o pai pq tenho de ir a algum lado..Temo que isto a longo prazo faça mal às duas..

RLL78 -
Offline
Desde 18 Ago 2019

Olá mamã,

Decidi por o meu num infantário com 1 ano de idade mas tenho tido algumas dúvidas porque ele anda numa fase muito colado a mim.
Se optar por não deixa-lo vai me custar imenso a nível de gestão do meu trabalho mas começo a ponderar até que ponto vale a pena. Tenho algum receio que ele vá ressentir e depois ter futuros problemas, e isto num infantário privado, onde a partida eles têm imensas condições e o staff é selecionado a dedo.
Já tive uma ama, aqui em casa, e não correu bem. Há coisas que apanhei ela a fazer ao miúdo que não gostei mesmo.
Eu acho que infantários e creches só mesmo se tiver de ser. Pense bem.

Outros tópicos relacionados

Ritmo cardiaco fetal acelerado
Olá! Hoje fui fazer ctg, estou de 36+5 e foi detetado que a minha bebé estava com ritmo cardíaco acelerado. Antes de entrar não me estava a sentir bem, calores, má disposição... E quando fui fazer o ctg mandaram me colocar de lado e estava com dores...
Ritmo cardíaco do bebé
Hello meninas. Ontem fui fazer registo e fiquei preocupada (mãe sofre), o ritmo cardíaco do meu bebé não estava "normal". e a médica mandou-me repetir à tarde no fim do almoço fiquei logo alarmada e com receio, á tarde repeti e o médico disse-me que...
41semanas colo útero fechado e sem contrações
Olá, Hoje fui hospital fiz ctg e nem uma contração, o colo do útero médico disse esta fechado, fez um toque mt doloroso a tentar abrir colo do útero mas diz q está mt fechado. Amanhã faço 41s e médico disse agr pronto a partir das 41 a qualquer...
O meu parto no S.Bernardo
Olá Venho cá rapidamente deixar o meu testemunho porque sempre gostei de ler e pelo que vi não existem muitos sobre o Hospital de Setúbal. O meu parto foi induzido, fui ao hospital fazer o ctg e como já tinha 41 semanas e 1 dia a equipa médica...
Proteína na Urina
Olá a todas,como anteriormente referi,tive pré-eclampsia na gravidez anterior,tendo sido internada às 31semanas e o parto foi induzido às 36 semanas.Na altura não tinha bem a noção da gravidade que essa doença implica,e como estava internada nunca...
Papanicolau na gravidez
Olá, O meu último papanicolau foi em dezembro de 2012, após o meu filho mais novo ter nascido, deu grau 2, médico passou uns ovos para colocar mas disse para não me preocupar. Já devia ter feito novamente mas passou-me e agr grávida, fui ao hospital...

Votação

Qual destas bebidas consome no dia-a-dia?