Conselho - EDP, custos, contadores | De Mãe para Mãe

Conselho - EDP, custos, contadores

Responda
13 mensagens
Sonia Isabel1 -
Offline
Desde 19 Abr 2021

Boa noite mamãs

Era participante do fórum mas perdi a minha conta. Não sei se necessito de fazer nova apresentação 😝
Estou de volta e precisava de uma ajudinha.

A questão é doméstica. Mudei-me para uma vivenda arrendada que compartilho com família , dividindo o andar de cima e de baixo. A instalação de água e luz são comuns. Sei que por norma a conta de luz tem que ser elevada por serem dois andares, no entanto tem sido puxado, dividindo a conta acabo por pagar por volta de 80 a 90 eur todos os meses sendo que num apartamento pagava 45 a 50 num mês mais cheio ...
Nós não temos nada demais cada casa tem uma máquina de lavar um frigorífico... E os electrodomésticos habituais, nada de máquinas de lavar loiça nem usamos aquecedores só lareira. Temos no entanto um termoacumulador e suponho que venha daí o maior gasto. (a casa tem painéis e foi dito pelo senhorio que eles aquecem a água e só quando não há luz solar é que a o termoacumulador fica mais sobrecarregado não sei se será assim se não)

Liguei para a EDP a tentar saber como podia diminuir o custo. Disseram-me que a única diferença seria mudar o contador nos temos trifásico e disseram para mudar para monofasico. Que não seria muita diferença mas que faria. A nível de tarifário disse que não havia muito a fazer e confere já que se baixo a potência depois não dá para alimentar toda a casa. Hoje já li que mudar o contador poupa 5 eur mensais...
Será que não há nada a fazer? Será que a mudança do contador muda ou não muda a conta mensal? É que fica puxado todos os meses esse valor sem usarmos senão o essencial. Obrigada desde já a vossa ajuda

Mamã de 2

Ana Maria Costa1 -
Offline
Desde 01 Fev 2019

Para dividir a conta têm de ver se na outra casa também só usam os mesmos eletrodomésticos se não não é justo. Também me parece que paga muito, aqui não uso gas para cozinhar, tenho máquina de louça e mesmo assim pago à volta de 30 €, mais quando faz muito frio.

fmmartins -
Offline
Desde 14 Dez 2016

Boa noite,
Não há portões elétricos nem luzes da rua acesas?
Numa moradia pode haver esses extra que consomem mais um pouco.

Sonia Isabel1 -
Offline
Desde 19 Abr 2021

Ana Maria Costa1 escreveu:
Para dividir a conta têm de ver se na outra casa também só usam os mesmos eletrodomésticos se não não é justo. Também me parece que paga muito, aqui não uso gas para cozinhar, tenho máquina de louça e mesmo assim pago à volta de 30 €, mais quando faz muito frio.

Obrigada. Sim o uso é semelhante. Os electrodomésticos são praticamente os mesmos. E como não há uso de aquecimento etc

Mamã de 2

Sonia Isabel1 -
Offline
Desde 19 Abr 2021

fmmartins escreveu:
Boa noite,
Não há portões elétricos nem luzes da rua acesas?
Numa moradia pode haver esses extra que consomem mais um pouco.

Por acaso não me lembrei sim temos portão elétrico.
Luzes exteriores também não são ligadas nem sequer usadas praticamente. Desconfio que o gasto maior terá que ver com o termo acumulador... Mas no portão por acaso não pensei.

Mamã de 2

Ana1416 -
Offline
Desde 29 Mar 2019

É normal pagar mais numa vivenda, ainda mais quando vivem muitas pessoas.

Anotski85 -
Offline
Desde 09 Jun 2020

Há pequenas coisas que podem fazer. Por exemplo, mudar todos os pontos de luz (incluindo focos embutidos, se os tiverem) para leds. Faz um investimento inicial, mas poupa na conta mensal. Para o termoacumulador, usar um temporizador. Por norma, o termoacumulador está sempre a temperar a água, mantendo-a quente. Se só usam água quente de manhã e à noite, por exemplo, não há razão para o termoacumulador estar 24h ligado a manter a água quente (pode ajustar o aquecimento da água às vossas necessidades). Outra coisa em que noto muita diferença, mas é coisa para se ir fazendo aos poucos, é usar os eletrodomésticos de maior eficiência energética, consomem muito menos eletricidade. E ter sempre opções de luz de presença de baixo consumo. Nós cá em casa, por exemplo, raramente acedemos luzes de teto. Só na cozinha, porque de facto é necessário. Nas restantes divisões, uso sobretudo candeeiros de mesa, com luzes mais fracas, amarelas, e de baixo consumo (leds), não só consomem muito menos, como dão um ambiente confortável à casa.
De resto não estou a ver assim mais o que fazer. No nosso caso, desde que passamos a ter contador digital, notamos que não nos chegam aquelas contas de acertos das estimativas, o que é ótimo. Mas pagamos à volta de 40 euros (incluindo gás), e eu estou a trabalhar em casa desde o início da pandemia (o que significa usar muito mais eletricidade). Nos meses de inverno, usando o aquecedor elétrico todos os dias, todo o dia, pagamos entre 70 e 80 euros.
Claro que no seu caso, todas as medidas que tomar terão mais efeito sendo aplicadas na casa toda, incluindo no piso não habitado por si. É coisa para uma "reunião de condomínio" Sorriso

fmmartins -
Offline
Desde 14 Dez 2016

Sonia Isabel1 escreveu:

fmmartins escreveu:Boa noite,
Não há portões elétricos nem luzes da rua acesas?
Numa moradia pode haver esses extra que consomem mais um pouco.

Por acaso não me lembrei sim temos portão elétrico.
Luzes exteriores também não são ligadas nem sequer usadas praticamente. Desconfio que o gasto maior terá que ver com o termo acumulador... Mas no portão por acaso não pensei.

Pois eu perguntei porque há tendência a pensar só no consumo dos equipamentos dentro de casa. Por acaso não faço ideia se o termoacumulador e os portões gastam muito, só perguntando ao homem cá da casa mas tenho noção que no nosso caso pode haver equipamentos no exterior que representam algum consumo.
Também pode ver se outras empresas de fornecimento de energia apresentam melhor oferta.

Sonia Isabel1 -
Offline
Desde 19 Abr 2021

Anotski85 escreveu:
Há pequenas coisas que podem fazer. Por exemplo, mudar todos os pontos de luz (incluindo focos embutidos, se os tiverem) para leds. Faz um investimento inicial, mas poupa na conta mensal. Para o termoacumulador, usar um temporizador. Por norma, o termoacumulador está sempre a temperar a água, mantendo-a quente. Se só usam água quente de manhã e à noite, por exemplo, não há razão para o termoacumulador estar 24h ligado a manter a água quente (pode ajustar o aquecimento da água às vossas necessidades). Outra coisa em que noto muita diferença, mas é coisa para se ir fazendo aos poucos, é usar os eletrodomésticos de maior eficiência energética, consomem muito menos eletricidade. E ter sempre opções de luz de presença de baixo consumo. Nós cá em casa, por exemplo, raramente acedemos luzes de teto. Só na cozinha, porque de facto é necessário. Nas restantes divisões, uso sobretudo candeeiros de mesa, com luzes mais fracas, amarelas, e de baixo consumo (leds), não só consomem muito menos, como dão um ambiente confortável à casa.
De resto não estou a ver assim mais o que fazer. No nosso caso, desde que passamos a ter contador digital, notamos que não nos chegam aquelas contas de acertos das estimativas, o que é ótimo. Mas pagamos à volta de 40 euros (incluindo gás), e eu estou a trabalhar em casa desde o início da pandemia (o que significa usar muito mais eletricidade). Nos meses de inverno, usando o aquecedor elétrico todos os dias, todo o dia, pagamos entre 70 e 80 euros.
Claro que no seu caso, todas as medidas que tomar terão mais efeito sendo aplicadas na casa toda, incluindo no piso não habitado por si. É coisa para uma "reunião de condomínio"

Obrigada. São várias ideias que as vezes até comentamos mas mim a acreditamos tanto assim (a troca de lâmpadas e uso dos leds etc já tínhamos pensado)
Esse temporizador do termo acumulador é algo que podemos adquirir ou há forma de mexer no painel dele?
Uma coisa que fazia raramente era dar as leituras este mês notei um decréscimo na conta da água então espero que as da luz façam o mesmo. Realmente deve passar por aí, pequenas coisas e investimentos para ir poupando

Mamã de 2

Sonia Isabel1 -
Offline
Desde 19 Abr 2021

fmmartins escreveu:

Sonia Isabel1 escreveu:
fmmartins escreveu:Boa noite,
Não há portões elétricos nem luzes da rua acesas?
Numa moradia pode haver esses extra que consomem mais um pouco.

Por acaso não me lembrei sim temos portão elétrico.
Luzes exteriores também não são ligadas nem sequer usadas praticamente. Desconfio que o gasto maior terá que ver com o termo acumulador... Mas no portão por acaso não pensei.

Pois eu perguntei porque há tendência a pensar só no consumo dos equipamentos dentro de casa. Por acaso não faço ideia se o termoacumulador e os portões gastam muito, só perguntando ao homem cá da casa mas tenho noção que no nosso caso pode haver equipamentos no exterior que representam algum consumo.
Também pode ver se outras empresas de fornecimento de energia apresentam melhor oferta.

Verdade, é o portão é aberto umas quantas vezes. Não me teria lembrado. Já estudei outras fornecedoras mas davam-me opiniões contrárias sempre me disseram que algumas começavam por n0s dar vantagens nos 1os meses e alguns conhecidos meus disseram que após um tempo já pagavamais que na EDP. Mas vou estar atenta mesmo. Obrigada

Mamã de 2

XanaCD -
Offline
Desde 13 Jan 2013

80 a 90 E já depois de dividida a conta realmente é muito mesmo tendo um cilindro p aquecer a água

Anotski85 -
Offline
Desde 09 Jun 2020

Quanto ao temporizador, pode comprar em qualquer loja desse tipo de artigos (leroy merlin, aki e afins). Os que conheço são assim: https://www.radiopopular.pt/produto/tomada-temporizadora-hama-121950?gcl...
Mas também já existe temporizador digital. é uma questão de ver nas lojas. E são baratos, como vê.
Mas não sei se os termoacumuladores mais recentes têm temporizador incorporado. Se calhar até têm. é uma questão de ver no painel as opções.
.
Quanto ao contador e às leituras, pode contactar a EDP para ver se tem opção de colocar um contador digital. Faz a comunicação da leitura automaticamente todos os meses. é um descanso nos dois sentidos: não tem de dar leituras e não apanhamos os sustos das contas de acertos. Sorriso

XanaCD -
Offline
Desde 13 Jan 2013

Anotski85 escreveu:

Mas não sei se os termoacumuladores mais recentes têm temporizador incorporado.
.

Muitas pessoas dizem que deixar o cilindro sempre ligado gasta menos eletricidade que andar a desligar e ligar.

Outros tópicos relacionados

Voltou o pesadelo de novo...A Maria Inês está internada de novo :( :(
Pois é meninas infelizmente aminha princesa Maria Inês está de novo internada.... Tadinha desde k nasceu ainda não teve sossego... A Mónica não me explikou mt bem a situação mas dixe k ela ta a fazer exames e k se for o k os médikos desconfiam terá...
Sexo e as suas precauções, na adolescência
Ola. Axo k este é um tema k intressa a toda a gente. E tb é um tema falado por toda a gente e em todo o lado. Todos os dias este tema é abordado em casa pelos pais, na escola com os colegas, na tv, na net, resumindo em todo o lado. Nos centros de...
Uma ajuda sff :)
Meninas preciso de uma ajuda, tenho que fazer o fato de carnaval do rodrigo mas tem k ser com materiais reciclados, o tema é primavera/verão alguem tem sugestões?
O primeiro Internamento
Olá a todas! Gostava de introduzir um tema não muito agradável mas que se calhar outras mães como eu têm necessidade de partilhar: o primeiro internamento do nosso bebé! A Inês foi internada com 18 dias com o diagnóstico mais improvável: Tosse...
O Rafinha e a Inês...k lindo par..eheheh
Pois é tias, hoje eu e a minha mamã fomos ao porto passear e então tivemos kom a tia Isabel e kom a princesa Inês... Eu adorei, a tia Isabel é muito simpatica e muito kerida. A Inês ui ui nem vos digo, é uma princesa, linda linda linda, muito...
Reviver momentos de amizade e cumplicidade deste cantinho
Olá keridas... Hoje tou muito lamexas eheh e deu-me para reviver o passado... Ás meninas mais recentes isto nao vai dizer nada so se lerem td, mas as antigas lembram-s bem de tds estes momentos... Momentos bons e maus k vivemos smp juntas a apoiarmo...

Votação

Qual destas bebidas consome no dia-a-dia?