Como vivem com a ansiedade? | De Mãe para Mãe

Como vivem com a ansiedade?

Responda
14 mensagens
Lunera -
Offline
Desde 16 Dez 2018

Olá a todas.

Estou grávida de 10semanas, e no passado tive depressões e crises de ansiedade que hoje estão a começar a voltar.

No entanto vejo que a ansiedade que sinto é principalmente por não ter a certeza que está tudo bem com o bebé, estou a constantemente a contar os dias que faltam para a próxima eco.

A minha questão é, como é que as mamãs lidam com isto? Serei eu que sou paranóica com esta necessidade constante de saber o que se passa com o bebé?

Obrigada desde já!

BiaC -
Offline
Desde 08 Jul 2012

Olá,

Se tem tendência a depressões e já teve crises de ansiedade, não deve ficar quieta. Fale com o médico, coloque essas questões, peça ajuda.
A ansiedade não vem de não saber como está o bebé...vem de todo o lado e para sempre. Depois da eco é o rastreio, a próxima eco, o parto, a amamentação, o peso do bebé, o seu peso, o motivo do choro, etc, etc...nunca mais paramos de ter preocupações.
Não tem mal ter receios e dúvidas, mas visto o histórico não deve resolver sozinha.

amadalena -
Offline
Desde 13 Maio 2009

Eu sofria do mesmo mal... cada dia custava uma eternidade a passar. contava todos os dias para a próxima consulta. Queria que cada semana passasse a voar.
Acho que é uma coisa que acontece a muitas grávidas.
Eu, para me tentar abstrair, comprava coisas para a bebé e coisas de grávida, lol..

Sobre amadalena

♥ Deixei de tomar a pílula a 01/06/2015 - Início dos treinos: 12/07/2015 - Que Deus nos ajude <3
♥ Positivo: 01/09/2015 - meu Deus muito obrigado - Agarra-te meu amor
♥ Meu blog: http://umsonhoatres29.blogspot.pt/

fmmartins -
Offline
Desde 14 Dez 2016

Olá,
Eu não tenho tendência a depressão nem crises de ansiedade mas na gravidez acontecia-me isso que descreve. Talvez por ter tido um aborto anterior vivi a gravidez com alguma ansiedade entre consultas para saber se estava tudo bem com a bebé. Fui muitas vezes às urgências, comprei um doppler para ouvir o coração da bebé e sei lá mais o quê...

Lunera -
Offline
Desde 16 Dez 2018

BiaC escreveu:
Olá,
Se tem tendência a depressões e já teve crises de ansiedade, não deve ficar quieta. Fale com o médico, coloque essas questões, peça ajuda.
A ansiedade não vem de não saber como está o bebé...vem de todo o lado e para sempre. Depois da eco é o rastreio, a próxima eco, o parto, a amamentação, o peso do bebé, o seu peso, o motivo do choro, etc, etc...nunca mais paramos de ter preocupações.
Não tem mal ter receios e dúvidas, mas visto o histórico não deve resolver sozinha.

Obrigada desde já Sorriso
Falei disto com a médica de saúde materna na semana passada, expliquei que até saber que estava grávida estava medicada com antidepressivos e ansiolíticos, e claro que tive de fazer o desmame rapidamente para evitar prejudicar o bebé. A médica disse que eu devo arranjar um hobby para me distrair, que isto passa. Mas a verdade é que honestamente não consigo, estou muito focada nesta questão, e o facto dos sintomas de gravidez terem diminuído drasticamente só piorou a situação.
Mas vou seguir o conselho, e vou insistir com a médica na próxima consulta, muito obrigada Sorriso

Lunera -
Offline
Desde 16 Dez 2018

amadalena escreveu:
Eu sofria do mesmo mal... cada dia custava uma eternidade a passar. contava todos os dias para a próxima consulta. Queria que cada semana passasse a voar.
Acho que é uma coisa que acontece a muitas grávidas.
Eu, para me tentar abstrair, comprava coisas para a bebé e coisas de grávida, lol..

Já pensei nisso, comprar qualquer coisinha... Mas tenho tanto medo que algo não esteja bem que acho que comprar roupa de bebé pode agoirar... Ainda nem contei a praticamente ninguém, acho que só depois das 12 semanas é que vou voltar a respirar.

Lunera -
Offline
Desde 16 Dez 2018

fmmartins escreveu:
Olá,
Eu não tenho tendência a depressão nem crises de ansiedade mas na gravidez acontecia-me isso que descreve. Talvez por ter tido um aborto anterior vivi a gravidez com alguma ansiedade entre consultas para saber se estava tudo bem com a bebé. Fui muitas vezes às urgências, comprei um doppler para ouvir o coração da bebé e sei lá mais o quê...

Olá,
Só fui uma vez às urgências, mas estava com muitas dores e não quis arriscar (na altura estava tudo bem, felizmente).
O doppler ajudou? Andei a pesquisar, mas tenho algum medo que seja difícil interpretar se o som é o batimento do bebé ou qualquer outra coisa.

fmmartins -
Offline
Desde 14 Dez 2016

Lunera escreveu:

fmmartins escreveu:Olá,
Eu não tenho tendência a depressão nem crises de ansiedade mas na gravidez acontecia-me isso que descreve. Talvez por ter tido um aborto anterior vivi a gravidez com alguma ansiedade entre consultas para saber se estava tudo bem com a bebé. Fui muitas vezes às urgências, comprei um doppler para ouvir o coração da bebé e sei lá mais o quê...

Olá,
Só fui uma vez às urgências, mas estava com muitas dores e não quis arriscar (na altura estava tudo bem, felizmente).
O doppler ajudou? Andei a pesquisar, mas tenho algum medo que seja difícil interpretar se o som é o batimento do bebé ou qualquer outra coisa.


Sim, a mim ajudou e usei até ao fim da gravidez. Relativamente à medicação, penso que hoje em dia existe medicação que pode ser tomada na gravidez sem riscos para o bebé. Aliás, já li alguns tópicos aqui no fórum sobre o assunto.

nelma.m -
Offline
Desde 19 Maio 2012

Bom dia , como compreendo perfeitamente, eu tomava sertralina antes de engravidar, no início da gravidez acabei por fazer o desmame , o meu grande problema agora são as crises de pânico e ansiedade, já tive consulta para tentar resolver mas o médico desaconselhou a toma de medicamentos devido aos riscos, vou vivendo um dia de cada vez, o problema para mim são as noites porque é nessa altura que tenho as crises de pânico, quanto ao medo na gravidez eu tenho vivido esta gravidez com bastante medo , tive um AE em 2011 e outro em 2017 o que faz com que o medo me venha a acompanhar desde o início da gravidez, também estou sempre ansiosa que chegue a próxima consulta, sempre pensei que com o passar da gravidez o medo fosse diminuindo mas não tem sido assim, resta nos confiar e esperar que tudo dê certo , temos de viver um dia de cada vez e temos de tentar distrair a mente com outras coisas , seja a fazer compras seja a fazer alguma actividade, seja a passear pela praia , temos de encontrar forma de arranjar alternativas aos medicamentos pelo menos enquanto não os pudermos tomar, claro que á sempre dias mais fáceis do que outros , deixo lhe um grande beijinho e coragem porque só quem passa por estas situações sabe o quanto custa

Maarsol -
Offline
Desde 29 Out 2018

Concordo plenamente com o que a BiaC falou. Tenta conversar com a tua médica/o caso seja daqueles médicos que não estão muito à par da situação tenta procurar alguém que seja especialista nessa área. Normalmente o centro de saúde, disponibiliza basta perguntar ao médico de família e eles fazem o pedido (não me lembro o nome da clínica que pertence e não se paga, para quem não tem possibilidade de pagar a psicólogos e ao médico que avalia o estado e da a medicação) o lado menos positivo é que para as consultas pode demorar 1 mês 2 meses conforme a ser chamado devido a muita procura que tem. Mas não custa nada tentar. Ou caso prefira antes pagar a um psicólogo que automaticamente encaminha a determinado médico especialista na área (pelo menos foi o meu caso)Eu no meu caso sofria de ansiedade e depressão há já vários anos. Só que a médica retirou toda a medicação porque a que estava a tomar podia prejudicar a bebé. Continuo a ter na gaveta a caixa de sos caso precise, o que é certo é não sei se é devido às hormonas todas alteradas ou não que tenho me andado a sentir bem sem qualquer tipo de medicação. Já estou desde Agosto sem tomar qualquer tipo de medicação para ansiedade etc. Mas sei que há casos em que a gravidez pode ocorrer essas coisas menos boas. Mas pensamento positivo que tudo se resolve.

BiaC escreveu:
Olá,
Se tem tendência a depressões e já teve crises de ansiedade, não deve ficar quieta. Fale com o médico, coloque essas questões, peça ajuda.
A ansiedade não vem de não saber como está o bebé...vem de todo o lado e para sempre. Depois da eco é o rastreio, a próxima eco, o parto, a amamentação, o peso do bebé, o seu peso, o motivo do choro, etc, etc...nunca mais paramos de ter preocupações.
Não tem mal ter receios e dúvidas, mas visto o histórico não deve resolver sozinha.

Maarsol -
Offline
Desde 29 Out 2018

Cheguei a tomar também o setralina no meu caso receitaram-me em caso de SOS Alprazolam bluepharma 0,5 pergunta ao teu médico se podes tomar isso em caso de a ansiedade estar super descontrolada e gerar o ataque de pânico.

nelma.m escreveu:
Bom dia , como compreendo perfeitamente, eu tomava sertralina antes de engravidar, no início da gravidez acabei por fazer o desmame , o meu grande problema agora são as crises de pânico e ansiedade, já tive consulta para tentar resolver mas o médico desaconselhou a toma de medicamentos devido aos riscos, vou vivendo um dia de cada vez, o problema para mim são as noites porque é nessa altura que tenho as crises de pânico, quanto ao medo na gravidez eu tenho vivido esta gravidez com bastante medo , tive um AE em 2011 e outro em 2017 o que faz com que o medo me venha a acompanhar desde o início da gravidez, também estou sempre ansiosa que chegue a próxima consulta, sempre pensei que com o passar da gravidez o medo fosse diminuindo mas não tem sido assim, resta nos confiar e esperar que tudo dê certo , temos de viver um dia de cada vez e temos de tentar distrair a mente com outras coisas , seja a fazer compras seja a fazer alguma actividade, seja a passear pela praia , temos de encontrar forma de arranjar alternativas aos medicamentos pelo menos enquanto não os pudermos tomar, claro que á sempre dias mais fáceis do que outros , deixo lhe um grande beijinho e coragem porque só quem passa por estas situações sabe o quanto custa

Lunera -
Offline
Desde 16 Dez 2018

Boa noite a todas,

Já fui a uma consulta de saúde materna com a minha médica esta semana, e contei-lhe o que ando a sentir, a ansiedade, a tristeza constante, começo a pensar que se calhar não tenho o que é preciso para ser uma boa mãe... A médica desvalorizou, disse-me que só me sinto assim porque tem estado mau tempo, mesmo depois de lhe ter explicado a medicação que tomava e há quanto tempo o fazia.

Parece que vou ter mesmo de tentar aguentar e pronto, vamos ver como me corre!

De qualquer forma, muito obrigada a todas pelos conselhos e pela força, é bom saber que não estou sozinha!

Marina_deodato -
Offline
Desde 24 Abr 2012

Olá querida.
As dúvidas os receios e a ansiedade fazem parte desta fase. As nossas hormonas estão completamente aos pulos devido a todas as alterações pelas quais o nosso corpo esta a passar e claro que também afeta a nossa cabeça.
Saber se esta tudo bem com o bebé, é uma dúvida de todas nós afinal nesta fase que ainda não os sentimos a única altura que os vemos/sentimos é na ecografia.
Mas vai melhorar vais ver! Ao entrares no 2° trimestre o nosso corpo também já se habitua á gravidez e as nossas hormonas acalmam um pouco. No entanto se sentires que em vez de melhorares só piora o melhor será procurares um outro médico nem que seja um especialista pois há medicação que poderás fazer e os benefícios poderão superar os riscos caso precises de tomar alguma coisa.

Marina+Jorge=Maria Leonor(24.12.2009)+Martim(05.09.2012)+Bebé(DPP 13/08/2019)

ritinhamag -
Offline
Desde 03 Fev 2010

Minha querida, não tem que aguentar nada , nem tem que continuar a sentir-se assim !
Procure a psicoterapia, é de momento dos métodos mais eficazes no combate às depressões, ataques de pânico, de ansiedade , transtornos e afins. A medicação apenas vai camuflar os sintomas , a psicoterapia vai descobrir a razão do seu estado emocional estar assim , desconstruindo-o ! Os resultados são absolutamente fantásticos ! Experimente, tenho a certeza que irá valer a pena ! Ninguém merece viver assim !
Um abracinho apertado ! Tudo a correr bem ! 🤞🍀❣

Outros tópicos relacionados

Infertilidade masculina
Podem-me ajudar? Estou tão em baixo, tive hoje consulta onde disseram que comigo felizmente está tudo bem, mas infelizmente com o meu marido não. Tem muita pouca produção de espermatozóides, a médica diz que a chance de engravidar naturalmente não é...
Corrimento rosado depois da Menstruação
Alguém me pode ajudar? Então é assim estou com um corrimento rosado mas a menstruação acabou apenas à 4 dias e não estou a ovular pois fiz o teste de ovulação. O que será? É nunca me aconteceu.
Cólicas no pé da barriga, nidação?
Olá.. Será que me podem ajudar? Estou a sentir umas cólicas muito levezinhas no pé da barriga, vai e vem.. só costumo sentir assim um ou dois dias antes da menstruação e é um pouco mais acima e depois lá vem as cólicas mesmo fortes no 1o dia da...
Ajuda por favor
Queria pedir a vossa opinião porque já estou a ficar com uma ansiedade terrível.. Então é assim ontem como já tinha dito aqui num tópico que criei andei com uma colica muito levezinha no pé da barriga.. fez ontem 6 dias que ovulei e tive treinos...
Sintomas antes do atraso é possível?
Olá... Queria pedir a vossa ajuda.. É possível sentir sintomas de gravidez mesmo antes do atraso? Eu há muito que não ligava aos sintomas porque as desilusões já foram tantas, mas não deixa de ter aquela vozinha que diz isto não é normal, será que...
Ecografia 3o dia do ciclo menstrual
Alguém já teve que fazer ecografia no 3o dia da menstruação (ciclo)? Eu tenho de fazer no hospital São João, mas sabem me dizer se preciso de ligar a marcar ou bastar ir no dia? E caso seja um médico é possível pedir que seja uma médica? Desculpem a...

Votação

Qual destas bebidas consome no dia-a-dia?