Como manter as tradições de Natal? | De Mãe para Mãe

Está aqui

Como manter as tradições de Natal?

Responda
37 mensagens
MartaSofia83 -
Offline
Desde 11 Set 2017

Até agora tanto eu como o namorido passamos sempre o Natal cada um com a sua família. Acontece que agora com o menino, isso deixa de fazer sentido já que ele tem de passar o Natal com os pais juntos. Só que eu não quero ter de abdicar da festa com a minha família e o namorido não quer abdicar do jantar com a a família dele, em que nem comida de Natal comem! Eu até percebo o lado dele. É o Natal dele, que ele conhece e é onde está a família dele, mas caramba o Natal para mim tem de ter bacalhau, rabanadas, bolo rei, luzinhas a piscar, música a tocar,... E depois claro tem de ter a minha família! Eu lembrei-me de convidar a família dele a passar o Natal na casa dos meus pais, mas ele diz que os pais não iam querer ou então de fazer o Natal em minha casa e juntar ambas as famílias. Mas é tanto trabalho... Como costumam organizar o vosso Natal de forma a não terem de deixar para trás as tradições de cada uma das famílias? E esta ideia de juntar, já alguém fez?

mamagemelar -
Offline
Desde 29 Ago 2011

desde que os meus filhos nasceram eu junto pais e sogros na minha casa a noite de 24 , toda a gente ajuda e nao custa nada. Ano sim ano nao recebo tb o meu irmao sendo que no ano que nao esta vai pa sogra. No dia 25 almoco com uns e janto com outros. nao me fazia sentido nenhum passar separada do meu marido mesmo que nao tivessemos filhos. Isso deveria ter sido uma cedencia feita por vos antes mm de haver filhos. Agora fica mais dificil...

Submetido por mamagemelar em Qua, 15/11/2017 - 21:33

Fez se luz no meu coracao a 22\11\2010... Rafaela as 00h10m e Fábio as 00h13m..Minhas vidas!!! Amo vos mto mto Afilhada e Madrinha babada da mnh kerida TWINMUMMY!!!mais uma madrinha e afilhada 5* SUSANA CORVOS mais uma afilhada linda. Sara78_98 . madrinha e afilhada da APIPAS querida!!!

RoxyGirl -
Offline
Desde 27 Jan 2016

Por aqui sempre foi noite de Natal com um lado da família e o dia com o outro, no ano a seguir troca-se.
Quando não existe muita intimidade entre as famílias não vejo necessidade nenhuma de se juntarem todos.

Submetido por RoxyGirl em Qua, 15/11/2017 - 21:34
LSL -
Offline
Desde 28 Out 2010

Eu faço! Todos os anos desde o primeiro ano de namoro. Os meus sogros vêm para casa dos meus pais. Aliás... vamos todos para casa dos meus pais. Eu nunca abdicaria de passar o natal com a minha família pelos mesmo motivos que você. Os meus sogros nem árvore fazem!!! Cruzes credo! E eu já aqui em pulgas para fazer a minha. Assim o assunto fica resolvido. Eu tenho o meu natal com as coisas boas todas e os meus sogros estão com o filho (e agora com os netos). Cheguei a ir passar lá uma passagem de ano e uma Páscoa. Jurei para nunca mais. E o meu marido agora também dá valor a estas coisas e a ter muita gente junta. No meu caso é pacífico porque o meu marido é filho único.
O que vejo também muitos casais a fazer é um ano num lado da família e outro no outro. Vão revezando. Têm de ver o que resulta melhor para vós.

Submetido por LSL em Qua, 15/11/2017 - 21:35
Ana Svensson -
Offline
Desde 23 Abr 2017

Olá Marta! Compreendo que gostasse de manter o seu Natal como sempre foi, mas obviamente o seu namorado também tem direito a passar o Natal com a família dele. Aqui em casa, como a minha família vive na Suécia e o Natal é uma das poucas alturas em que estamos juntos, o que fazemos é num ano vamos nós lá passar 1 a 2 semanas nessa altura e tanto a noite de 24, como o dia 25 é passado em casa dos meus pais. Na noite apenas com os meus pais, os meus avós, a minha irmã, o meu cunhado e as minhas sobrinhas e o dia também com a família do meu cunhado. No ano seguinte, é a minha família que vem toda cá passar esses dias e, tal como quando é na Suécia, festejamos a noite de 24 entre nós, só que em minha casa, e no dia 25 juntamos, também em minha casa as duas famílias. Como pode ver, temos por hábito juntar as duas famílias, por isso, desde que não existam problemas na relação entre ambas as partes e todos estejam de acordo em festejar o Natal dessa forma, acho que essa pode ser uma boa opção. Claro que dá muito trabalho receber em casa tanta gente, principalmente se, tal como na minha família, todos os doces e restante comida forem feitos em casa e não encomendados. Mas, para mim, compensa muito. Não gostaria nada de passar o Natal longe da minha família… Alternativamente, se a distância geográfica o permitir, podem passar a noite de 24 com a família de 1 e o dia 25 com a família do outro, alternadamente ou não, dependo de como preferirem. É assim que fazem todos os meus cunhados e amigos.

Submetido por Ana Svensson em Qua, 15/11/2017 - 21:40
mama_dica -
Offline
Desde 22 Nov 2015

Eu faço noite de natal num lado e almoço no outro, e no ano seguinte troco. Claro que preferia passar sempre com a minha família, que nos meus sogros também é um bocado triste, pouca gente, casa pouco decorada, sem árvore, nada que ver com o que eu estava habituada. Mas é a família do meu marido, por isso agora também é a minha e cada um com as suas tradições. O meu irmão e primos também se revezam, estamos todos coordenados, por isso na refeição do meu lado ao menos está a família alargada toda reunida.

Submetido por mama_dica em Qua, 15/11/2017 - 21:45
Vania Rodrigues1 -
Offline
Desde 28 Set 2017

Eu desde o início que faço sempre assim
Exemplo:
Jantar 24 casa dos meus pais
Almoço e tarde 25 casa dos sogros
Jantar 25 casa dos pais

No ano seguinte faço ao contrário
Claro que preferimos sempre estar com a nossa família, até porque a casa dos meus pais está sempre cheia, tios primos avós e a casa dos meus sogros são só eles. Mas claro que temos que compreender que ele também querem estar com a família.
Tens que arranjar uma maneira que seja boa para os dois lados está foi a minha maneira de equilibrar as coisas...

Submetido por Vania Rodrigues1 em Qua, 15/11/2017 - 22:03
Moranguita2017 -
Offline
Desde 03 Out 2017

Mandei mensagem privada.

Submetido por Moranguita2017 em Qua, 15/11/2017 - 22:04
Happy_Mum -
Offline
Desde 12 Mar 2012

Aqui decidimos assim: Na noite de 24, os meus sogros nunca têm os filhos em casa. Todos os anos eles vão jantar a casa de alguém (irmãos, pais das noras, ...). Houve um ano vieram a casa dos meus pais, mas o ambiente pareceu tão esquisito e forçado. Apesar deles comerem bacalhau e bolos tradicionais de Natal, etc, etc., nós temos o hábito de jogar às cartas, monopoly, ou outro jogo. Para os meus sogros não foi à missa deles. Até hoje, nunca mais repetimos mas não quer dizer que não haja nova oportunidade.
No dia 25 comemos a farrapada em casa dos meus pais e depois vamos entregar prendas aos padrinhos dos meninos e outros familiares e acabamos por passar o resto da tarde e noite na casa dos meus sogros.
Na passagem d'Ano, os meus pais preferem ir jantar e passar a noite fora no bailarico e como a minha sogra junta os filhos todos em casa dela, vamos lá jantar e passar a meia-noite.

Submetido por Happy_Mum em Qua, 15/11/2017 - 22:08
Sobre Happy_Mum

Positivo:03/12/2012--05/03/2013-Duarte--03/07/2013 às 17h14,2.660Kg,47cm,com 34+3.
Positivo:04/06/2014--04/10/2014-Dinis--07/02/2015 às 22h21,3.630Kg,50cm,com 38+6.
Positivo:26/10/2016--30/01/2017-Mateus--27/06/2017 às 08h16,3.360Kg,48,5cm,com 39+0.

MartaSofia83 -
Offline
Desde 11 Set 2017

Obrigado a todas pelas partilhas! É engraçado ver como todas preferimos estar com a nossa família, mas cada uma encontra uma forma diferente de fazer as coisa funcionar.
Vania, Mama_dica, Roxy, realmente queria evitar o típico dia 24 num sítio e 25 no outro ou, pior ainda, anos alternados.
Mamagemelar, LSL, Ana e Moranguita, é muito bom e ver que conseguem juntar as famílias. Fico logo mais animada para experimentar essa hipótese que acaba por ser a que me permite manter mais o Natal como o conheço. Se tiverem dicas para além das que já me foram dando para organizar e poupar trabalho e dinheiro numa festa destas agradeço Sorriso
Mamagemelar, tem razão que já devíamos ter tratado do assunto antes do menino nascer, mas agora também já não há nada a fazer quanto a isso.
LSL, é bom ver que me percebe Sorriso
Ana, que sorte que mesmo vivendo longe consegue sempre passar todo o Natal com a sua família! Ainda ficou a ganhar ao seu marido eheheh
Moranguita, vamos falando Piscar o olho

Submetido por MartaSofia83 em Qua, 15/11/2017 - 22:18
MartaSofia83 -
Offline
Desde 11 Set 2017

Happy_Mum, bem, que Natal agitado eheheh

Submetido por MartaSofia83 em Qua, 15/11/2017 - 22:20
Panda2014 -
Offline
Desde 03 Jun 2014

Bom tópico!! Já estive nessa posição quando nasceu a minha filha e acredita que nunca é fácil... Tentem resolver isso de forma definitiva e que faça sentido para todos!
Os meus sogros fazem sempre jantar dia 24 e almoço dia 25 e em ambos juntam sempre os filhos, sendo que nunca ninguém (cunhados/as do marido) vai a casa dos respectivos sogros (complexo!!). Só que a família tem muitos conflitos e o meu marido não fala com os irmãos (e às vezes discutem todos e ha ameaças muito feias). Assim sendo ficou estabelecido que, como o ambiente é hostil, não iríamos levar a filha para lá, portanto eu e a pequena passamos o Natal nos meus pais. Mas por respeito aos pais o meu marido continua a ir jantar com os pais e irmãos e depois vai ter comigo a casa dos meus pais. E tem sido sempre assim; este ano será assim e lá vou, agora com duas meninas, para os meus pais, onde tudo é calmo e acolhedor e quentinho como se quer no Natal. Não é fixe, mas entendo que estar num sítio onde de repente ha discussões com ameaças físicas e têm que estar adultos a segurar adultos que parecem animais descontrolados... menos fixe é, né?
Mas olha, na minha opinião, e quando estamos a falar de pessoas normais e civilizadas, acho bastante pacífico fazer um ano em cada lado.
Beijinho

Submetido por Panda2014 em Qua, 15/11/2017 - 22:35
Ana Ruca -
Offline
Desde 28 Ago 2017

Eu tambem faço como tu,ainda não temos filhos porém...passo todos os anos com a minha família,os meus pais são divorciados e nunca iria deixar o meu pai sozinho no Natal..na minha sogra nunca passei,mas percebo que o meu marido queira tar com eles..quando tiver um bebé não sei mesmo como fazer tal como tu..

Submetido por Ana Ruca em Qua, 15/11/2017 - 22:58
sfrf -
Offline
Desde 28 Mar 2017

Eu tenho juntado os pais e sogros cá em casa. Tem sido o mais fácil. Os meus sogros passavam sozinhos, os meus pais também, assim vimos todos cá para casa e não há cá em casa de uns ou outros. Quando todos ajudam o trabalho nem é assim muito, e em família tem tudo muito mais piada. A decoração da árvore/casa fica pronta dia 1. Depois há algumas coisas que compro dia 24 como tronco de Natal e bolo rei. Dia 24 de manhã faço as rabanadas à tarde preparo a sobremesa. Depois mais para o final da tarde é que começo a tratar dos aperitivos, entradas e jantar. Se não quer estar com muito trabalho, ha sítios que vendem as refeições de Natal por encomenda, estilo take away.

Submetido por sfrf em Qua, 15/11/2017 - 23:11
Sobre sfrf

Agosto 2017 - Positivo!!!

sfrf -
Offline
Desde 28 Mar 2017

Eu tenho juntado os pais e sogros cá em casa. Tem sido o mais fácil. Os meus sogros passavam sozinhos, os meus pais também, assim vimos todos cá para casa e não há cá em casa de uns ou outros. Quando todos ajudam o trabalho nem é assim muito, e em família tem tudo muito mais piada. A decoração da árvore/casa fica pronta dia 1. Depois há algumas coisas que compro dia 24 como tronco de Natal e bolo rei. Dia 24 de manhã faço as rabanadas à tarde preparo a sobremesa. Depois mais para o final da tarde é que começo a tratar dos aperitivos, entradas e jantar. Se não quer estar com muito trabalho, ha sítios que vendem as refeições de Natal por encomenda, estilo take away.

Submetido por sfrf em Qua, 15/11/2017 - 23:12
Sobre sfrf

Agosto 2017 - Positivo!!!

DEsperanca -
Offline
Desde 21 Dez 2013

Se não der para ser em sua casa, só conheço 3 opções:
1.Cada ano passa numa casa diferente, este ano nos sogros, po ano na sua família.
2.No dia na sua família e no feriado nos sogros e po ano ao contrário.
3.E por ultimo passa o jantar numa casa e a meia noite noutra e para o ano troca.
Alguém tem que ceder, se não fica complicado.

Submetido por DEsperanca em Qui, 16/11/2017 - 08:29
Yara Pinto -
Offline
Desde 25 Jun 2012

Por aqui sempre foi em minha casa Sorriso
não tive um começo fácil com os sogros e apesar de hoje já estar bem melhor ainda não me sinto preparada para dar esse passo , o facto de estar emigrada ajuda a "desculpar" .
Então por cá é 24 à noite em minha casa e vai pela tarde do 25 , depois cada um vai á sua vida .
Dias antes fazemos uma lista para agradar a todos, vamos às compras e dividimos por "família" não importa se são 3 ou 4 na minha ou 2 ou 3 na outra ... Juntamos os meus pais e irmã que moram a 80km e um casal amigo que também cá estão sozinhos.

Submetido por Yara Pinto em Qui, 16/11/2017 - 09:17
Mama_Xana -
Offline
Desde 15 Maio 2012

O Natal, ou seja a noite de consoada, é passado em minha casa desde que casamos.
Dá trabalho sim, mas eu sempre adorei o Natal e fico toda entusiasmada para poder passar a noite como sempre passei em casa dos meus pais, assim e porque o meu marido também tem pais, a solução foi reunir todos em minha casa.
Os doces pode pedir para a sua mãe e sogra trazerem, pode comprar também alguns já feitos, e tem as sobremesas tratadas! Relativamente ao bacalhau se fizer cozido, à tarde trata das couves, descasca as batatas e está feito, se fizer de outra forma qualquer pode avaliar se consegue fazer alguma coisa de véspera (por. Ex. cozer o bacalhau e desfia-lo).
Vai ver que no fim compensa! Feliz Natal!!!!!

Submetido por Mama_Xana em Qui, 16/11/2017 - 09:39
atram -
Offline
Desde 11 Jun 2007

Todas as festas são em minha casa, Natal, Passagem Ano e Páscoa...
Em relação ao trabalho se for distribuído entre todos não é assim tanto.
Eu costumo trabalhar dia 24 por isso preciso mesmo de agilizar as coisas.
A minha mãe descasca as batatas e lava e arranja ao hortaliças em casa dela. Quando a vou buscar (no fim do trabalho) já levo tudo pronto para por na panela.
Ela também compra o pão e a broa.
O meu sogro mora próximo de uma padaria / pastelaria, encomenda lá 1 sobremesa, o bolo rei e o pão de ló. Quando ele vem para nossa casa também já traz estas coisas.
Depois nós compramos o bacalhau e todos os aperitivos para entrada. Normalmente nunca faço entradas, compro.
Enquanto estamos a preparar o jantar faço a aletria e o leite creme.

Praticamente é isto. Despesa dividida e trabalho distribuído.

Submetido por atram em Qui, 16/11/2017 - 10:22
GABA -
Offline
Desde 22 Out 2010

Olá!
Na nossa casa o jantar de 24 é na nossa casa e juntamos todos. Somos nós, os meus pais, os meus sogros e a minha irmã, cunhado e sobrinhos.
Dia 25 é diferente, almoçamos na minha mãe (nós, irmã cunhado e sobrinhos), o jantar é nos meus sogros (nós).
Se dá trabalho o 24? claro que dá. No entanto tudo se faz. Todos ajudam. Os meus pais levam umas coisas (normalmente o bacalhau), os sogros outras (entradas, vinho e alguns doces de natal), a minha irmã outras (doces). Claro que apesar de todos ajudarem quem "dá a casa" tem sempre mais trabalho, mas vale a pena. Há coisas que nunca se fazem depois do jantar e abrir as prendas, tais como aspirar, lavar o chão, tirar a loiça da máquina... mas se quero ter ambas as famílias juntas é assim que eu tenho que fazer, afinal eu e o marido somos o elo de ligação das famílias. Se eu quero passar a noite de 24 para 25 com a minha família é obvio que o meu marido também quer passar com a dele. Portanto, nada como ser justo. Até mesmo quando tive o nosso filhote, nesse mesmo ano, e tendo ele 3 meses, cheio de cólicas, eu sem dormir, e estoirada, o 24 foi na nossa casa...
Sento-me no sofá quando já todos se foram embora e juro que o meu coração está nos pés porque parece que o sinto bater lá em baixo...mas não me importo, porque um dia isto vai deixar de acontecer... os sobrinhos um dia vão ter a vida deles e a minha irmã nessa altura vai deixar de passar o 24 connosco porque vai passar com eles. Um dia o meu filho vai crescer e vai querer passar o natal com a sua nova família, provavelmente na sua casa e provavelmente eu irei lá estar. Portanto, estes anos são a única altura em que realmente vamos estar todos juntos no dia 24...portanto o melhor mesmo é aproveitar enquanto dura, porque os anos passam num instante.
Para poupares algum dinheiro... bem os supermercados nesta altura andam sempre com mega promoções tanto no bacalhau seco, como no congelado (já demolhado, é só meteres um tacho com água, umas pedras de sal e metes as postas a cozer), no congelado então tens promoções de 50% directo normalmente no Pingo Doce.
Os frutos secos também costumam estar de x em quando em promoção, tipo 20%, não é muito, mas já é uma ajuda. Eu vou comprando a medida que vou apanhando as promoções...os vinhos a mesma coisa, chegas a ter garrafas com desconto de 60% (vê o folheto dos vinhos do Pingo Doce esta semana).
mais perto do natal tens promoções dos ovos tipo L3P2.
Relativamente aos doces de natal... bem eu costumo fazer as azevias em casa porque gosto. A minha mãe, sogra e irmã levam outros doces de natal.
E pronto... não sei se me esqueci de nada...
Acho que não...
Tudo a correr bem!
Gaba

Submetido por GABA em Qui, 16/11/2017 - 10:49
Sobre GABA

Gaba

Taniapedro0405 -
Offline
Desde 12 Jan 2013

Enquanto eu o o meu marido eramos namorados o natal (24/25 era passado ora em casa dos meus sogros e a passagem de ano nos meus pais (31/01) e no ano seguinte trocava-se. depois de casarmos passou a ser um ano o natal em minha casa e a passagem na casa dos sogros (isto, porque a minha casa é maior e mais confortavel que a dos meus pais e porque agora tambem passam connosco o natla e a passagem de anos uns tios do meu marido bem como o padrinho do meu filho) . O Natla para mim é mesmo isso o calor da lareia, a algazarra, as gargalhadas, comida boa e a familia reunida, felizmente consigo sempre ter o melhor dos dois mundos a minha familia e a do meu marido reunida. No natal, tenho consigo estar com aqueles que me são queridos.Quando é nos meus sogros levo eu as sobremesas, outros levam as bebidas e eu o o meu marido temos a tradição de ir no dia 24 Distribuir os presentes pelas pessoas que nos são proximas e desejar um feliz natal... no ano em que é em minha casa passo o dia todo na cozinha é certo, mas é tão bom o cheiro a natal que se espalha pela casa, a visita durante todo o dia de familiares e amigos que passam para desejar Bom Natal... e agora com o pequeno uiiii é maravilhoso ver os olhos de alegria e de emoção naquela cara laroca

Submetido por Taniapedro0405 em Qui, 16/11/2017 - 11:15

***Mãe de 1ª Viagem***Inicio dos treinos em Janeiro de 2014***Positivo a 24 de Março de 2014*** DPP 27 de Novembro 2014*** O meu Piratinha nasceu a 05 de Dezembro de 2014 Espertalhão
Tania Campos

LSL -
Offline
Desde 28 Out 2010

Quanto a organização... bem, acho que a minha mãe é que fica mais a arder... dá a casa, o bacalhau e a maioria dos doces. Mas ela não se importa porque ficava dilacerada se não nos tivesse lá e se esse é o preço a pagar por ela tá tudo bem. Os meus sogros como são da serra e têm uma pequena quinta levam as batatas, o azeite, o vinho e as hortaliças. Tudo deles. Ainda levam às vezes na troncos grossos para a lareira e pinhas das que dão pinhões. Põem-se à lareira e a casa cheira automaticamente a cheirar a Natal. Normalmente eu levo as rabanadas ou outro doce.
Todos ajudamos a organizar. O meu pai e sogro tratam da lareira e do fogão a lenha onde cozinhamos neste dia. A minha sogra arranja as batatas e couves. A minha mãe junta tudo e comanda as tropas. Eu e a minha irmã pomos a mesa toda xpto (sim amamos mesmo o Natal que até a mesa é decorada!) e o meu marido vai deambulando a ver onde ajudar, tira fotos e toma conta da miúda. Arrumamos tudo todos juntos. Quando é para sentar sentamos todos.

Na passagem de ano como o meu marido trabalha (antes eu também) os meus pais para não me deixarem sozinha e à miúda vêm passar a minha casa. Os meus sogros não vêm porque nunca quiseram ficar cá tanto tempo (São 250km para fazer, era muito para duas viagens e muitos dias para ficar). Ai sou eu que tenho a maioria do trabalho. Ando meses a pesquisar para fazer um prato todo xpto e todos os anos diferentes. A minha mãe trás os doces e pronto. Ficamos novamente a família original. Somos mesmo só nós mas é bom na mesma. Houve um ano em que o meu cunhado (futuro!) também veio e trouxe os pais e aí já foi mais o caos mas foi muito muito bom!

Eu adoro o Natal! Eu vivo e respiro o Natal meses antes! Já estou a programar a decoração da casa e tudo!

Submetido por LSL em Qui, 16/11/2017 - 14:31
MartaSofia83 -
Offline
Desde 11 Set 2017

Obrigado a todas pelas dicas Sorriso Acho que se fizer em minha casa quem vai acabar por ter o trabalho todo sou eu e a minha mãe mas pelo menos era uma forma de estarmos todos juntos. Também tenho medo que os nosso pais não alinhem nesta ideia mas espero que corra bem. Para as meninas que juntam as famílias, se tiverem ideias de como convidar pais e sogros a virem a nossa casa passar o Natal agradeço. Ir só de 2 em 2 anos passar o Natal com os meus, não faz sentido para mim. Até porque a passagem de ano nunca passamos em família logo nem daria para dividir as festas.
Agora fiquei curiosa porque algumas meninas referem-se ao Natal apenas como dia 24 mas que eu saiba dia 24 é a véspera de Natal que para mim é Natal na mesma e dia 25 é que é mesmo Natal, certo? Há quem festeje apenas os 24?
LSL eu também gosto de decorar tudo incluindo a mesa. Adoro o Natal e vibro imenso com esta época do ano. Até estou a pensar vestir o meu menino com um fatinho de pai natal eheheh Espero é que não se suje e dê para os 2 dias. E vocês vestem os meninos a rigor para o natal ou qualquer roupa serve?

Submetido por MartaSofia83 em Qui, 16/11/2017 - 15:25
Yara Pinto -
Offline
Desde 25 Jun 2012

Para mim o natal começa no 24 com os preparativos e termina no 25 ao fim da tarde Sorriso á noite já é um salve'se quem puder pq já foram quase 2 dias de festa.
A nivel de convite , nunca o fiz "formalmente" por norma calha em conversa e pronto ...
Adoro o 24 , sou eu que faço tudo , decoro a mesa , estamos á volta da mesa á conversa ... por volta das 22h30 abrimos as prendas , o meu filho nunca vê o pai natal pq ele passa sempre na hora do banho kkkk .

Submetido por Yara Pinto em Qui, 16/11/2017 - 15:41
Ana Svensson -
Offline
Desde 23 Abr 2017

Aqui a preparação dos doces e refeições também sobra sempre para mim, para a minha mãe, para a minha avó e para a minha irmã. Nem a família do meu marido, nem a do meu cunhado, ajudam em nada. Mas eu até agradeço porque, apesar do trabalho, adoro os preparativos e adoro que os sabores sejam os da minha infância e não receitas de outras famílias.
Para mim o Natal começa a 24 de manhã com os preparativos, sendo a noite de 24 o ponto alto, e acaba dia 25 depois de jantar, quando os convidados começam a ir embora.
Dia 24, fazemos os doces de manhã, depois almoçamos fora em família e passeamos um pouco pelo Porto/Estocolmo. Mais ao final da tarde, vestimo-nos para o jantar e preparamos o jantar. Depois jantamos, jogamos alguns jogos em família, abrimos os presentes, continuamos a jogar e vamos missa do galo. Dia 25, as miúdas acordam e abrem as prendas do Pai Natal (nós dividimos os presentes entre os que são da família e os que são do Pai Natal, isto porque eu sempre abri a 24 e o meu marido a 25 e nenhum de nós quis abdicar de passar a sua tradição aos nossos filhos). Depois arranjamo-nos, preparamos o almoço e começamos a receber a família do meu marido ou cunhado, dependendo de onde estamos, e a festa prolonga-se até depois de jantar, sempre muito animada. Sem dúvida que 24 é o meu dia preferido do Natal (e do ano), mas claro que 25 também é Natal.
Nós nunca fizemos propriamente um convite formal. Apenas sugerimos num dos habituais almoços de domingo e virou tradição.
Também gosto de preparar a casa a rigor. Dia 1 de Dezembro enfeitamos tudo, independentemente de onde vamos passar o Natal, e no Natal a mesa também é posta a rigor e sempre com música de Natal a tocar, tanto no dia 1, como nos dias 24 e 25. Gosto de vestir os miúdos a rigor para o Natal, mas confesso que não sou fã de bonecada. Por aqui vamos pelos modelos clássicos e "betinhos", miúdos a condizer com roupa em tons natalícios ou xadrez...
A passagem de ano, também costumava ser uma festa de amigos e não de família, mas como a minha filha mais velha nasceu a 31 de Dezembro complicou-nos um pouco a vida. Quando estamos na Suécia, fazemos a passagem de ano em casa dos meus pais e serve também de festa de anos. Quando estamos cá, normalmente fazemos a festa dela ao almoço de dia 31, juntando as famílias, depois passamos a noite com amigos e dia 1 almoçamos com a família do meu marido e jantamos com a minha.

Submetido por Ana Svensson em Qui, 16/11/2017 - 16:07
BagaLaranja -
Offline
Desde 02 Abr 2014

Nós no primeiro Natal da minha filha fomos (porque eu insisti, o namorado não passava o Natal com os pais há imensos anos) para casa dos meus sogros. Os irmãos e respectivas famílias também foram. E eu convidei a minha mãe, porque achei que no meio daquela gente toda 1 pessoa extra não ia fazer diferença. A minha sogra fez tudo sozinha para aquela gente toda, e a minha mãe ajudou. O meu sogro infernizou-me a tanto a vida nesses dias (ele é mesmo assim) que jurei para nunca mais. No 2. Natal fomos visitar os meus primos que passam todos juntos com as respectivas famílias na casa da minha tia. A minha mãe não quis ir. (Sogros, nós, primos, mãe, cada uns em países diferentes). Este ano vamos ser só os 3 e vamos para a praia... O meu sogro é um inferno, em Portugal só tenho a minha mãe e nem parece Natal... Bem gostava eu de ter uma família grande e "normal" que passa o Natal junta e de ir num dia para uns no outro dia para os outros!

Submetido por BagaLaranja em Qui, 16/11/2017 - 19:11
mamagemelar -
Offline
Desde 29 Ago 2011

bem em relacao ao trabalho eu na minha casa so faco praticamente cozer o bacalhau... a minh mae traz as filhoses e doces, a minha sogra compra as docarias que nao fazemos(bolo rei tronco etc) e ate as couves ja veem arranjadas ou da casa da minha mae ou sogra... é so lavar por na panela e cozer batatas e bacalhau! claro que ha a parte de por a mesa e etc mas nao somos assim tantos... nada que nao faca num jantar de domingo por exemplo. somos 8 adultos no maximo e 3 criancas. da mais trabalho do que um jantar habitual porque tem mais comida mas somos 3 mulheres e a arrumacao tb é feita com a ajuda de todos. Piscar o olho

Submetido por mamagemelar em Qui, 16/11/2017 - 19:46

Fez se luz no meu coracao a 22\11\2010... Rafaela as 00h10m e Fábio as 00h13m..Minhas vidas!!! Amo vos mto mto Afilhada e Madrinha babada da mnh kerida TWINMUMMY!!!mais uma madrinha e afilhada 5* SUSANA CORVOS mais uma afilhada linda. Sara78_98 . madrinha e afilhada da APIPAS querida!!!

MartaSofia83 -
Offline
Desde 11 Set 2017

Obrigado mamãs Sorriso Já vi que há aqui Natais muito animados e meninas como a LSL e a Ana que gostam tanto do Natal como eu e o vivem com a mesma intensidade Pai Natal! Eu acho que ainda gosto mais do natal que as crianças!

BagaLaranja, que chatice! Deve ser um pouco triste passar o Natal assim sem reunir a família mas o importante é que se divirtam na mesma Beijinho Pelo menos volta com um bronze bonito para a passagem de ano eheheh

Submetido por MartaSofia83 em Qui, 16/11/2017 - 23:49
Panda2014 -
Offline
Desde 03 Jun 2014

BagaLaranja escreveu:
Nós no primeiro Natal da minha filha fomos (porque eu insisti, o namorado não passava o Natal com os pais há imensos anos) para casa dos meus sogros. Os irmãos e respectivas famílias também foram. E eu convidei a minha mãe, porque achei que no meio daquela gente toda 1 pessoa extra não ia fazer diferença. A minha sogra fez tudo sozinha para aquela gente toda, e a minha mãe ajudou. O meu sogro infernizou-me a tanto a vida nesses dias (ele é mesmo assim) que jurei para nunca mais. No 2. Natal fomos visitar os meus primos que passam todos juntos com as respectivas famílias na casa da minha tia. A minha mãe não quis ir. (Sogros, nós, primos, mãe, cada uns em países diferentes). Este ano vamos ser só os 3 e vamos para a praia... O meu sogro é um inferno, em Portugal só tenho a minha mãe e nem parece Natal... Bem gostava eu de ter uma família grande e "normal" que passa o Natal junta e de ir num dia para uns no outro dia para os outros!

E provavelmente vai ser o melhor Natal de sempre desde que são três! Sorriso
Quem cresceu em famílias desestruturadas sabe bem como aquece o coração criarmos as nossas próprias tradições.
Eu sinto-me sempre mais emotiva no Natal e tenho pena por todos os conflitos à nossa volta... Mas depois penso: nós agora somos uma família, ainda não o fazemos mas mais cedo ou mais tarde vamos ter a nossa própria tradição, também no Natal. O importante é estarmos unidos, sempre.
Beijinho

Submetido por Panda2014 em Sex, 17/11/2017 - 10:58
KellyPT -
Offline
Desde 05 Abr 2011

Eu adoro o Natal e deixar de passar um pouco dele com a minha família foi das coisas que mais me custou mas, obviamente, teve de ser...
Se pudesse, faria sempre o Natal em minha casa (consoada e dia 25) para a ambas as famílias (sendo que eu considero família, para este efeito, não só pais, irmãos e sobrinhos de ambos os lados, que já são 24 pessoas, mas também os meus tios e primos, que são mais 19). Fazia um jantar meio volante, punha a mesa a 24 e levantava-a no dia de reis... Sorriso Adoro receber pessoas, adoro cozinhar e decorar as mesas e a casa toda e para mim o Natal não é trabalho nenhum, é puro prazer (embora dê, evidentemente, trabalho, mas não conheço nada de importante que se faça sem trabalho)

Infelizmente, isto para mim é um sonho, porque a família do meu marido não sai de casa, de forma que temos de ser sempre nós a ir lá. geralmente no dia 25...o que nos obriga a passar parte do dia de Natal na estrada, quando preferia passá-lo à mesa, a brincar com os miúdos e a cantar canções de Natal Triste Mas passo sempre a consoada com a minha família e, geralmente, o jantar de dia 25 também

Submetido por KellyPT em Sex, 17/11/2017 - 12:50
LSL -
Offline
Desde 28 Out 2010

MartaSofia83 escreveu:
Obrigado mamãs Já vi que há aqui Natais muito animados e meninas como a LSL e a Ana que gostam tanto do Natal como eu e o vivem com a mesma intensidade Eu acho que ainda gosto mais do natal que as crianças!
BagaLaranja, que chatice! Deve ser um pouco triste passar o Natal assim sem reunir a família mas o importante é que se divirtam na mesma Pelo menos volta com um bronze bonito para a passagem de ano eheheh

Eu não acho... eu tenho a certeza que gosto mais do Natal do que algumas crianças. E fico felicíssima por estar a passar este entusiasmo para a minha filha. Ela já anda a perguntar quando é o natal!!! 🎄 Adoro poder proporcionar-lhe a experiência de ter as famílias juntas tanto no 24 como 25 (para mim o mais especial é o jantar de 24). Os meus sogros por norma chegam no 24 de manhã e vão embora no 26 de manhã. Nós vamos para nossa casa no 25 ao final de jantar porque normalmente a 26 trabalhamos (a menos que seja fim de semana).

Esta é a nossa tradição agora. Não fazemos convites. Tudo começou de maneira muito simples. Para o meu marido (mais do que para mim, confesso) desde namorados nunca fez sentido passar o natal separados. E se agora não me vejo a não passar com os meus pais de namoro essa questão nem se colocava. Portanto no primeiro ano de namoro a minha mãe que adora o natal e receber pessoas disse-lhe para perguntar aos pais dele se não queriam passar o natal connosco já que são sozinhos (eles não passavam com a família, eram só os 3!!! Que tristeza!). Ele perguntou-lhes eles disseram que sim e assim ficou até hoje. Hoje em dia já nem perguntamos se vêm ou não. Já se sabe que é assim e ponto! 😉

No primeiro ano da minha filha vesti-lhe uma camisola alusiva ao Natal e nos seguintes roupa mais pipi mas sem alusão natalícia. Este ano queria ver se punha os dois a condizer! 😍

Por aqui abrimos sempre as prendas à meia-noite e eu faço questão de acordar a minha filha desde sempre. Está sempre de pijama a abrir os presentes connosco e depois volta para a cama. É só um dia mal não faz. E com este vou fazer igual. Vão ter sempre fotos dos seus natais de pijama a abrir as prendas e vão poder dizer (como a avó diz! 😂😂😂) a mãe é doida!!! 😂

Submetido por LSL em Sex, 17/11/2017 - 16:23
dona_amora -
Offline
Desde 20 Maio 2012

Sempre adorei o Natal, passei sempre com a família, grandes festas nos meus pais e as minha avós eram como irmãs. No entanto depois de já idosos resolveram divorciar-se e complica bastante, mas tudo se faz.
Já experimentei de tudo mas fica sempre a sensação de que nunca está bem. Já fiz na minha casa para família do meu pai e sogros.
Já fiz nos meus sogros apenas, porque ela insistiu e fiz a vontade, passei sem ninguém do meu lado.
Já fiz tipo um périplo, jantei com meu pai de quem sou filha única, passei pela mãe e sogros.
No geral faço a consoada com ou pai ou sogros e a minha mãe fica com o jantar do dia 25.
Este ano vai ser assim: faço a consoada para o meu pai de quem sou filha única. Os meus sogros vão para o outro filho (o preferido, querido e fofo, e nós somos os que não prestamos, infelizmente tb há destes promenores), e no dia 25 almoçamos na minha mãe que tem sempre ficado para último, mas que tb não se rala com isso, fica com a minha irmã e outros netos.
Basicamente nós somos os palermas e por isso desta vez não quero saber, já que há quem fale sempre mal (sogros) ao menos faço a minha vontade.
Passo com o meu pai que nos estima e depois vamos à missa, coisa que nunca fazia mas aprendi a fazer com estas confusões todas é o único sítio onde me sinto bem neste dia.
É um dia onde realmente as pessoas se revelam...
Beijinhos, paz e amor! O resto é deitar para trás das costas.
Mas sim, já tive Natais com todos juntos, é do melhor.
A minha filha nunca teve mas tem sempre os pais juntos e vai saltitando pelos avós e vai à missa que tb é bonito e foi coisa que nunca tive na infância e descobri que é a parte melhor do Natal, aquele bocadinho perto de Deus e da paz.

Submetido por dona_amora em Seg, 20/11/2017 - 14:38

Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o címbalo que retine.

Dory83 -
Offline
Desde 28 Ago 2017

Eu ja juntei e foi 1 catastrofe, jurei para nunca mais! Pessoas muito diferentes, com maneiras de estar na vida também muito diferentes. O que fazemos é passarmos a consoada com os meus (pais, manos, sobrinhos, muita festa e alegria) e o almoço de Natal com os dele (almoçar e vir embora)...

Submetido por Dory83 em Sáb, 25/11/2017 - 22:05
MartaSofia83 -
Offline
Desde 11 Set 2017

Obrigado a todas outra vez! Já fizemos os convites e vamos juntar o Natal Pai Natal! A ver como corre...

Submetido por MartaSofia83 em Dom, 26/11/2017 - 19:28
luazinha23 -
Offline
Desde 24 Nov 2015

Olá!
Percebo o dilema e já passei por isso.
Ainda não temos filhos mas estamos juntos desde 2002 e só em 2013 é que fizemos o primeiro natal juntos. Do meu lado fui sempre eu e os meus pais, sendo que o meu pai detesta o natal a coisa era super animada. Do lado dele, o natal sempre foi com os pais, os avos, e alguns tios e em 2013 por convite de uma das tias lá nos juntámos os 3 ao natal que era deles. Nessa altura ainda ninguém sabia mas já tínhamos o casamento marcado Sorriso
No ano seguinte e desde então tem sido em casa da minha sogra, somente porque ela cuida de pessoas idosas que não se podem deslocar.
Se me agrada? Não! Por mim era aqui em minha casa, mas só nós os 2 é que estamos longe e acho que esta é uma boa oportunidade de 1 vez por ano juntar 13 pessoas no mesmo teto. Esta ano por exemplo o meu cunhado já namora e não sei como vai ser, se ela vem, ou se ele vai Sorriso
Mas a verdade é que com o tempo percebi que temos de nos adaptar. E cada solução é a nossa solução, não significa que seja a solução universal.
Passei da noite com bacalhau e couves, para a noite do bacalhau em azeite e broa e para o porco com castanhas! E eles deixaram de oferecer prendas só aos miúdos e passaram a oferecer uma prendinha a todos. O meu pai continua a não gostar do natal, mas eu e a minha mãe gostamos muito mais agora.
É difícil gerir o tempo, por exemplo no dia 23 ou na manhã de 24 tento ajudar a minha mãe a fazer os doces, porque a tradição dela é fazer uma mesa de doces que se tira no dia de reis, mas não a importámos para casa dos meus sogros. Por isso ajudo neste espaço de tempo e depois corro para ajudar a minha sogra.
No dia 25 estamos a tentar criar uma tradição só nossa de jantar com um casal amigo que tem estes problemas familiares que muitos de nós enfrentamos e por esse motivo aproveitamos a noite de 25 para voltar à normalidade.
Dá trabalho organizar, gerir, pensar e preparar o natal, mas quem me dera a mim que fosse na minha casa.

Submetido por luazinha23 em Seg, 27/11/2017 - 17:00

Junho 2015 - Começo dos treinos
Janeiro 2017 - 1.ª Consulta infertilidade 2017 MAC
Março 2017 - Histerossalpingografia com trompa direita totalmente obstruída
Em lista de espera para FIV na MAC

VitaminaABC -
Offline
Desde 29 Out 2016

Mais uma com o mesmo problema. Estamos habitualmente separados dos nossos por 300 kms mas tentamos sempre que possível estar presentes no Natal. Eu e meu namorido estamos juntos ha 17 anos, moramos juntos ha 7 mas independentemente disso e desde sempre passavamos cada um em sua casa, era o mais justo. Agora a menina nasceu e as coisas tem de funcionar de maneira diferente, nos os 3 temos que estar juntos!! E eu quero estar com a minha familia! Passo a explicar...Somos so nos, meus pais, meu irmão solteiro e minha irmã e seu namorido e minha sobrinha, nao é muita gente mas ha bacalhau, rabanadas, luzinhas, pinheiro, prendinhas baratas eheh, melhor serviço de mesa e guardanapos de natal e giro à nossa maneira. Em casa da minha sogra é uma miséria, embora sejamos 6 à mesa (nos, meus sogros e os 2 irmãos deles solteiros, mas trintoes), não ha bacalhau, luzes, pinheiro, deitam se as 21h...:-/ e eu nao quero ter de ir para lá...é o 1 natal da minha menina e quero sentir que é um dia especial. Mas infelizmente, Este ano já se prevê ser mais pobre, tb em minha casa, minha irmã nao vem (trabalha!!) e vamos ser so nós. Para aligeirar a questao de para onde vamos lançamos o convite à minha sogra para vir a casa dos meus pais (nao seria a 1x em outras ocasiões ) e a resposta foi "oh nao!! Gosto muito de estar em minha casa, gosto de comer cedo e me deitar cedo"...hello é Natal!!!:-/ bem e ainda remata "para mim é um dia como os outros" pois bem, era mesmo isso que queria ouvir, então pensei...(so pensei, nao falei lol )...se para si é um dia como os outros então aparecemos a 26 ahahahah...claro que não vai ser possível e a 25 lá vamos ter de la estar, confesso que um pouco contrariada mas tem mesmo de ser assim...:-(

Submetido por VitaminaABC em Sáb, 02/12/2017 - 00:06
bolo-de-bolacha -
Offline
Desde 02 Jul 2015

Por aqui um ano em cada lado... regra geral todos preferimos estar com os nossos, mas faz parte. As relações têm estas "consequências" e não há volta a dar.

Submetido por bolo-de-bolacha em Qua, 13/12/2017 - 11:00

Votação

Quanto gastou ou pretende gastar no carrinho de bebé?