Como escolher um obstetra? | De Mãe para Mãe

Como escolher um obstetra?

Responda
16 mensagens
Mxica -
Offline
Desde 04 Fev 2022

Ola mamãs!

Alguém me sabe dizer como escolher um obstetra? Estou a ser seguida por um, mas que tipo de perguntas lhe posso fazer para ter a certeza que é a pessoa certa para me fazer o parto? Gostaria mt de ter um médico que fosse mais apologista de parto natural e não despachar logo para cesariana…
Sabendo que provavelmente é mt incomodo perguntar directamente, como devo fazer?

a_lola -
Offline
Desde 30 Set 2015

Acredito que nenhum obstetra queira ir a cesariana. Eles pelo contrário tentam parto natural até a última... As vezes esticando em demasia.
A probabilidade de ser o seu obstetra a fazer lhe o parto é mínimo. Só se for programado e mesmo assim a probabilidade de induzir até ao parto ser feito durante o turno do obstetra é mesmo mínima. Até porque muitas vezes se tudo correr bem são parteiras que fazem o parto.
Penso que deve escolher um obstetra que lhe esteja a realizar o devido acompanhamento, se prestar serviço no hospital tentar perceber se ajudará no dia do parto, mas quase de certeza que será pouco provável.

Sobre a_lola

26.11.2015 treinos > 27.01.2016 BETA 576 hgg > meu <3
01.2020 treinos > 03.2020 positivo > AR c/ curetagem 13sem
08.2020 regresso aos treinos > 09.2020 positivo > AE 6sem+3
10.2020 tiroidite de Hashimoto + défice antitrombina III

Deia 16 -
Offline
Desde 12 Out 2017

a_lola escreveu:
Acredito que nenhum obstetra queira ir a cesariana. Eles pelo contrário tentam parto natural até a última... As vezes esticando em demasia.
A probabilidade de ser o seu obstetra a fazer lhe o parto é mínimo. Só se for programado e mesmo assim a probabilidade de induzir até ao parto ser feito durante o turno do obstetra é mesmo mínima. Até porque muitas vezes se tudo correr bem são parteiras que fazem o parto.
Penso que deve escolher um obstetra que lhe esteja a realizar o devido acompanhamento, se prestar serviço no hospital tentar perceber se ajudará no dia do parto, mas quase de certeza que será pouco provável.

Acredito que a autora do topico esteja a ser seguida no privado e se assim for quando entra em trabalho de parto por norma ligam ao médico para este vir fazer o parto. O meu medico so não vai se não se não puder mesmo.

Deia 16 -
Offline
Desde 12 Out 2017

As perguntas certas n sei, mas se é uma coisa que quer devia falar abertamente com ele sobre o parto. Ao entrar espontaneamente em trabalho de parto não acredito que lhe sugeriam logo uma cesariana. E no privado certo? E que não estou a por a hipótese do público porque ai não pode escolher o médico e o q lhe calhar

a_lola -
Offline
Desde 30 Set 2015

Deia 16 escreveu:
As perguntas certas n sei, mas se é uma coisa que quer devia falar abertamente com ele sobre o parto. Ao entrar espontaneamente em trabalho de parto não acredito que lhe sugeriam logo uma cesariana. E no privado certo? E que não estou a por a hipótese do público porque ai não pode escolher o médico e o q lhe calhar

Pois, não estava a pensar no contexto parto no privado.
Estava a pensar no seguimento no privado com parto no público. Na minha cidade desconheço obstetra privados que depois participam no parto num hospital público.
Do meu fui seguida pelo privado, deixou tudo preparado no dia (foi cesariana programada pelo bebé estava pélvico), ele foi lá ver me no dia que entrei mas avisou me logo que não ia ser ele.
Os outros obstetra da minhas amigas foram situações idênticas, iam vê-las quando estavam de turno mas não faziam o parto.
Mas pode ser meramente coincidência e haver obstetra que acompanham

Sobre a_lola

26.11.2015 treinos > 27.01.2016 BETA 576 hgg > meu <3
01.2020 treinos > 03.2020 positivo > AR c/ curetagem 13sem
08.2020 regresso aos treinos > 09.2020 positivo > AE 6sem+3
10.2020 tiroidite de Hashimoto + défice antitrombina III

Maggie_ -
Offline
Desde 13 Abr 2021

No público não é normal ser o obstetra que faz o parto, mas nos hospitais privados sim.
Tem de falar com o seu OB.
Diga que quer um parto natural e pergunte directamente o que quer saber.
Incomodo de uma gravida perguntar como é o parto? Mas o OB está lá para o quê?

MisaL -
Offline
Desde 17 Abr 2019

As resposta tem de captar sem fazer as perguntas.
Pode dizer o que pretende e perguntar o protocolo o procedimento, como fazem no hospital em questão. Depois vai um pouco da sua leitura das entrelinhas.
Quer parto natural espontâneo, depois pergunta como se processa quando der entrada na urgência.
No Porto tem melhores condições no público e vou dar o exemplo do Porto, acredito que noutras regiões não seja assim. Os médicos trabalham predominantemente e com prioridade ao público, quando se chega à urgência mandam chamar o nosso obstetra. Depois temos de pensar qual é probabilidade de ele estar disponível e passar o tempo do trabalho de parto ao nosso lado...
É uma questão de analisar a situação e conhecer um pouco o seu obstetra. A minha obstetra só não vai um dia ao público e tem 3 crianças pequenas, qual seria a probabilidade dela fazer o meu parto espontâneo? 🤔
Não é preciso ir muito longe para se perceber que no fim da gravidez começam a aconselhar a indução (por alguma razão, haverá sempre uma), depois não vão lá ficar um dia inteiro sentados à espera que tenha o seu tempo para fazer a dilatação...
Tem de avaliar uma combinação de fatores e a sua expectativa também.
Agora "como saber se é ou não o obstetra certo", não vai obter uma resposta infalível, é uma relação de confiança.

MisaL -
Offline
Desde 17 Abr 2019

Acho que se referia ao incomodo de perguntar ao obstetra se defende parto natural e se não "impinge" uma cesariana.
No fundo é o que quer saber, mas não pode perguntar, como é óbvio ninguém irá responder "sim, aqui propomos uma cesariana porque nós dá mais jeito".

Maggie_ escreveu:
No público não é normal ser o obstetra que faz o parto, mas nos hospitais privados sim.
Tem de falar com o seu OB.
Diga que quer um parto natural e pergunte directamente o que quer saber.
Incomodo de uma gravida perguntar como é o parto? Mas o OB está lá para o quê?

Maggie_ -
Offline
Desde 13 Abr 2021

MisaL escreveu:
Acho que se referia ao incomodo de perguntar ao obstetra se defende parto natural e se não "impinge" uma cesariana.
No fundo é o que quer saber, mas não pode perguntar, como é óbvio ninguém irá responder "sim, aqui propomos uma cesariana porque nós dá mais jeito".

Maggie_ escreveu:No público não é normal ser o obstetra que faz o parto, mas nos hospitais privados sim.
Tem de falar com o seu OB.
Diga que quer um parto natural e pergunte directamente o que quer saber.
Incomodo de uma gravida perguntar como é o parto? Mas o OB está lá para o quê?


Claro que não vai perguntar se o médico "impinge" cesarianas.
Diz que tinha vontade de ter um parto natural e pergunta qual é a opinião dele sobre esse assunto. Se lhe parece uma boa opção do ponto de vista clínico. E pergunta também pelo procedimento no hospital, se o chamam caso dê entrada na urgência em trabalho de parto.
Pelas respostas percebe logo o que quer saber.
Eu acho muito estranho não ter a vontade para não falar sobre o parto ao OB.

MisaL -
Offline
Desde 17 Abr 2019

Sim, é isso. Eu acho que não sabia o que falar, o que perguntar.

Maggie_ escreveu:

MisaL escreveu:Acho que se referia ao incomodo de perguntar ao obstetra se defende parto natural e se não "impinge" uma cesariana.
No fundo é o que quer saber, mas não pode perguntar, como é óbvio ninguém irá responder "sim, aqui propomos uma cesariana porque nós dá mais jeito".

Maggie_ escreveu:No público não é normal ser o obstetra que faz o parto, mas nos hospitais privados sim.
Tem de falar com o seu OB.
Diga que quer um parto natural e pergunte directamente o que quer saber.
Incomodo de uma gravida perguntar como é o parto? Mas o OB está lá para o quê?

Claro que não vai perguntar se o médico "impinge" cesarianas.
Diz que tinha vontade de ter um parto natural e pergunta qual é a opinião dele sobre esse assunto. Se lhe parece uma boa opção do ponto de vista clínico. E pergunta também pelo procedimento no hospital, se o chamam caso dê entrada na urgência em trabalho de parto.
Pelas respostas percebe logo o que quer saber.
Eu acho muito estranho não ter a vontade para não falar sobre o parto ao OB.

Mxica -
Offline
Desde 04 Fev 2022

Maggie_ escreveu:

MisaL escreveu:Acho que se referia ao incomodo de perguntar ao obstetra se defende parto natural e se não "impinge" uma cesariana.
No fundo é o que quer saber, mas não pode perguntar, como é óbvio ninguém irá responder "sim, aqui propomos uma cesariana porque nós dá mais jeito".

Maggie_ escreveu:No público não é normal ser o obstetra que faz o parto, mas nos hospitais privados sim.
Tem de falar com o seu OB.
Diga que quer um parto natural e pergunte directamente o que quer saber.
Incomodo de uma gravida perguntar como é o parto? Mas o OB está lá para o quê?

Claro que não vai perguntar se o médico "impinge" cesarianas.
Diz que tinha vontade de ter um parto natural e pergunta qual é a opinião dele sobre esse assunto. Se lhe parece uma boa opção do ponto de vista clínico. E pergunta também pelo procedimento no hospital, se o chamam caso dê entrada na urgência em trabalho de parto.
Pelas respostas percebe logo o que quer saber.
Eu acho muito estranho não ter a vontade para não falar sobre o parto ao OB.

Ehehe exacto, perguntar assim directamente nenhum me vai dizer isso!

Mxica -
Offline
Desde 04 Fev 2022

Sim, estou a ser seguida no privado e tenho a intenção de ter la o meu filho.

Daí o meu medo, de apanhar algum outro médico que esteja de turno e que o meu por acaso não esteja, e ser o oposto do que queria…

Secalhar pergunto lhe se ele faz questão de está nos dias dos partos ou se não é delega a quem estiver de turno

Maria S F -
Offline
Desde 07 Set 2021

Se for da zona de Lisboa (principalmente), também pode pesquisar aqui no fórum e terá o relato de várias mães e das suas experiências de parto com indicação dos respectivos obstetras. Pesquisando por parto humanizado também consegue chegar a alguns nomes de profissionais de referência.

marlene1987 -
Offline
Desde 13 Out 2019

Mxica escreveu:
Sim, estou a ser seguida no privado e tenho a intenção de ter la o meu filho.
Daí o meu medo, de apanhar algum outro médico que esteja de turno e que o meu por acaso não esteja, e ser o oposto do que queria…
Secalhar pergunto lhe se ele faz questão de está nos dias dos partos ou se não é delega a quem estiver de turno

Se fizer mesmo questão de ter o parto com o seu obstetra o mais provável e que lhe marquem indicação. Que pode terminar em parto vaginal ou cesariana. Depois aconselho a fazer visita as inscrições e depois pedir orçamento e perguntar tb quanto custa cuidados de saúde ao recém nascido e se necessitar de incubadoras e afins quanto fica. E por último não e por ser no privado que vai ser melhor atendida. já tenho lido aqui relatos de meninas que tiveram o bebê no privado e não gostaram nada. Eu tive o meu filho no público e adorei. Explicar todos os procedimentos antes de ter a epidural perguntaram sempre se necessitava de analgesia e depois de ter epidural a máquina dava o reforço então não senti nada. Depois como não fiz dilatação fui para cesariana estive acordada durante todo o procedimento o anestesista um amor sempre a explicar tudo quando nasceu levaram no para ser visto pelo pediatra enquanto me estiveram a coser. Mal subi para a enfermaria trouxeram no logo e o pai tb o pode conhecer. a sugestão que lhe deixo e não se fixar demasiado nas suas ideias porque nem sempre é possível. e espero que tenha um excelente parto independente de ser no público ou no privado

Mxica -
Offline
Desde 04 Fev 2022

marlene1987 escreveu:

Mxica escreveu:Sim, estou a ser seguida no privado e tenho a intenção de ter la o meu filho.
Daí o meu medo, de apanhar algum outro médico que esteja de turno e que o meu por acaso não esteja, e ser o oposto do que queria…
Secalhar pergunto lhe se ele faz questão de está nos dias dos partos ou se não é delega a quem estiver de turno

Se fizer mesmo questão de ter o parto com o seu obstetra o mais provável e que lhe marquem indicação. Que pode terminar em parto vaginal ou cesariana. Depois aconselho a fazer visita as inscrições e depois pedir orçamento e perguntar tb quanto custa cuidados de saúde ao recém nascido e se necessitar de incubadoras e afins quanto fica. E por último não e por ser no privado que vai ser melhor atendida. já tenho lido aqui relatos de meninas que tiveram o bebê no privado e não gostaram nada. Eu tive o meu filho no público e adorei. Explicar todos os procedimentos antes de ter a epidural perguntaram sempre se necessitava de analgesia e depois de ter epidural a máquina dava o reforço então não senti nada. Depois como não fiz dilatação fui para cesariana estive acordada durante todo o procedimento o anestesista um amor sempre a explicar tudo quando nasceu levaram no para ser visto pelo pediatra enquanto me estiveram a coser. Mal subi para a enfermaria trouxeram no logo e o pai tb o pode conhecer. a sugestão que lhe deixo e não se fixar demasiado nas suas ideias porque nem sempre é possível. e espero que tenha um excelente parto independente de ser no público ou no privado

Obrigada Marlene, mesmo!

Ponho em preferência o privado porque é onde está o meu obstetra de quem gosto muito, mas claro gostava mt dele como ginecologista.. agora como obstetra não sei Sorriso

O que for será, é só quero ter confiança a 100% no médico e no sítio onde terei o bebé!

MisaL -
Offline
Desde 17 Abr 2019

Para ser mesmo o seu obstetra o normal é que marquem indução. Não é muito comum que um médico tenha a vida dele parada para a nossa emergência.
Eu por acaso nunca foquei o parto nos médicos, sempre vi a preparação para o parto a pensar em mim e no bebé, o obstetra apenas como o nosso auxiliar. Mas acho que quem faz mesmo questão o lógico é aceitar a indução e não andar com essa ansiedade no final a pensar quem será a fazer o parto .

Mxica escreveu:
Sim, estou a ser seguida no privado e tenho a intenção de ter la o meu filho.
Daí o meu medo, de apanhar algum outro médico que esteja de turno e que o meu por acaso não esteja, e ser o oposto do que queria…
Secalhar pergunto lhe se ele faz questão de está nos dias dos partos ou se não é delega a quem estiver de turno