Batizado com pais não casados | De Mãe para Mãe

Batizado com pais não casados

Responda
20 mensagens
Alice Lourenço -
Offline
Desde 21 Jun 2022

Boa tarde!
Alguém conhece igrejas na margem sul que aceitem batizar filhos de pais não casacos e não ponham grandes entraves?
Obrigada

Sansa -
Offline
Desde 18 Jan 2018

Tenho ideia que não podem recusar baptizar uma criança por essa razão.

joana_gti -
Offline
Desde 17 Nov 2008

Primeiro de tudo NENHUMA igreja ou padre pode se negar a batizar uma criança pelos pais não serem casados. Palavras do próprio papa Francisco. Não aceite um não nem se deixe intimidar! Eles são obrigados a aceitar por lei!

Sobre joana_gti

Minhas gémeas 💗***6-06-2009***
Meu amor mais pequenino 💙 7-10-2022

Alice Lourenço -
Offline
Desde 21 Jun 2022

Sim que não podem eu sei…: mas depois vem com a “missa” feita e muitos são bem arrogantes e muitas vezes mal educados e eu não estou para me chatear… quero que seja um dia de alegria e não um dia que tenha de ouvir desaforos e chatear… daí estar à procura de um local que não coloque grandes entraves… até porque qual seria o gosto depois de ir batizar numa igreja e com um padre desse género??!!!

Marina4 -
Offline
Desde 15 Maio 2016

Mas se quer batizar, é porque quer inserir a criança na religião católica. A religião católica implica muitas regras. Ou é só para por lá os pés uma vez na vida?

Alice Lourenço -
Offline
Desde 21 Jun 2022

Marina4 escreveu:
Mas se quer batizar, é porque quer inserir a criança na religião católica. A religião católica implica muitas regras. Ou é só para por lá os pés uma vez na vida?

Pronto era a isto k me referia acima…
Pessoas k n conhecem outras e fazem juízos de valor sem saber de nada só pk sim…
Por acaso sabe alguma coisa sobre mim ou sobre a minha vida??? alguém lhe disse k eu n sou cristã? Católica? Ou afins… não k lhe deva satisfações mas fica a saber k sim sou católica, batizado, crismada… mas não somos casados e o meu namorado nem batizado é? No entanto, faço questão k o meu filho cresça na minha religião e o meu namorado não se opõe… mas pronto..: pessoas k gostam d fazer juízos de valor sem saber nada da vida dos outros, quando até o próprio papa é a favor do batismo de todos os bebés../ enfim 🤷🏼‍♀️ são precisamente estas situações e este tipo de pessoas que quero evitar… tal como disse quero k seja um dia de alegria e não um dia para combater frustrações alheias

Leticia _29 -
Offline
Desde 12 Set 2019

Marina4 escreveu:
Mas se quer batizar, é porque quer inserir a criança na religião católica. A religião católica implica muitas regras. Ou é só para por lá os pés uma vez na vida?

Comentário mais estúpido. Agora só quem vai à igreja é que é católico? Estupidez..

MisaL -
Offline
Desde 17 Abr 2019

Alice Lourenço escreveu:
Sim que não podem eu sei…: mas depois vem com a “missa” feita e muitos são bem arrogantes e muitas vezes mal educados e eu não estou para me chatear… quero que seja um dia de alegria e não um dia que tenha de ouvir desaforos e chatear… daí estar à procura de um local que não coloque grandes entraves… até porque qual seria o gosto depois de ir batizar numa igreja e com um padre desse género??!!!

Entraves não colocam, se aparacer algum que venha com "lições" é uma bela oportunidade para mostrar as suas convicções. Não se deixe intimidar, mostre que está segura e vai ver que não tem razão para se chatear.
Batize na igreja que gostam ou onde vos é mais significativo.

AnaLuzC -
Offline
Desde 06 Jan 2023

Leticia _29 escreveu:

Marina4 escreveu:Mas se quer batizar, é porque quer inserir a criança na religião católica. A religião católica implica muitas regras. Ou é só para por lá os pés uma vez na vida?

Comentário mais estúpido. Agora só quem vai à igreja é que é católico? Estupidez..

Acho que é mesmo isso... Para ser católico tem que ir à igreja, assim como para ser desportista tem que praticar desporto. Andei do 5o ao 12o num colégio católico e sempre foi o que me apregoaram. Agora, cada um pode ter a sua espiritualidade, mas isso de dizer que se é católico vem com regras sim.
Hoje em dia não me considero católica, não sou casada nem pretendo batizar a minha filha, simplesmente porque não concordo com certas regras e ideologias.
Em relação ao caso da Alice, parece-me uma situação muito particular, sendo que um dos membros do casal é religioso e outro não. Se bem que eu conheço um casal em que ele nem batizado é e casaram na igreja unidirecionalmente. Ou seja, apenas a mulher casou com ele. Nem sabia que era possível, espero que não me tenha espetado uma peta mas acho que não 😅
Tenho a certeza que vai encontrar um padre que compreenda. Se fosse do norte eu conheço um, mas assim fica longe... De qualquer forma, é expor a situação e acho que qualquer padre com mínimo de decência percebe.

fmmartins -
Offline
Desde 14 Dez 2016

Marina4 escreveu:
Mas se quer batizar, é porque quer inserir a criança na religião católica. A religião católica implica muitas regras. Ou é só para por lá os pés uma vez na vida?

Muitas regras, nomeadamente os padres não serem abusadores de crianças e no entanto é a vergonha que sabemos. Os pais não serem casados e quererem batizar o filho perto disso é coisa de meninos.

joana_gti -
Offline
Desde 17 Nov 2008

Discutir religião é como política... É delicado.
Eu, por exemplo, acredito em Deus, tenho a minha fé, mas não concordo em MUITA coisa da igreja e muito do que eles nos tentam impingir nem na bíblia fala. E sim, eu já li a bíblia toda. Vou à missa algumas vezes e tenho as minhas filhas na catequese. Mas por exemplo sou contra a confissão a um padre. Confesso-me a Deus e tomo a hóstia sem culpa. O padrinho da minha filha tinha 14 anos na altura. A religião não tem "regras", a igreja é que as criou. A religião é amar, respeitar e ser a melhor pessoa que podemos.
Mas lá está, é a minha opinião. E quanto mais ouço sobre igrejas mais prefiro seguir Deus à minha maneira.

Sobre joana_gti

Minhas gémeas 💗***6-06-2009***
Meu amor mais pequenino 💙 7-10-2022

Marina4 -
Offline
Desde 15 Maio 2016

Eu acho inadmissível as pessoas fingirem-se de católicas para casarem na igreja e batizarem os filhos só por causa da festa, sem a mínima intenção de seguir os preceitos da religião católica ( por exemplo é preciso confessar -se antes de comungar) e depois dizer que os padres são chatos e assim assado. Uma falta de tudo. É mesmo só fingimento, não dá para entender.

Marina4 -
Offline
Desde 15 Maio 2016

Ou é católico ou não é. Não é só no dia do casamento ou batizado

Sansa -
Offline
Desde 18 Jan 2018

Marina4 escreveu:
Eu acho inadmissível as pessoas fingirem-se de católicas para casarem na igreja e batizarem os filhos só por causa da festa, sem a mínima intenção de seguir os preceitos da religião católica ( por exemplo é preciso confessar -se antes de comungar) e depois dizer que os padres são chatos e assim assado. Uma falta de tudo. É mesmo só fingimento, não dá para entender.

Eu sou baptizada, tenho a primeira comunhão, fui à missa enquanto não tive idade para decidir que os deveres do catolicismo não eram coerentes com os meus valores e a minha postura perante a vida. Portanto não posso dizer que sou católica, pois não cumpro com os mandamentos mínimos estabelecidos pela igreja. E efectivamente, ouvir a missa é um deles.
Na minha opinião, se não cumprem com as "obrigações" mínimas, então não se podem chamar católicos. Serão Cristãos, ou até mesmo pessoas espirituais crentes numa entidade divina, mas certamente não serão católicos.
No entanto o baptismo é um sacramento praticado em diversas igrejas, não apenas a católica, e tenho ideia que basta somente ser-se cristão para receber esse sacramento.
Por outro lado, não deixo de concordar um pouco com a Marina. Eu conheço diversos casais que baptizaram os filhos apenas porque é uma prática comum, mas nenhum deles ouve a missa, a não ser em ocasiões específicas (como um casamento), ou qualquer um dos outros mandamos que definem um católico.
Para ser honesta, não acho que faça muito sentido baptizar um filho se não se é católico praticante.

MisaL -
Offline
Desde 17 Abr 2019

Embora eu entenda o que dizes e até acho que cada vez mais se fazem coisas porque "é hábito, faz parte", já nem pensa no que se está a fazer, o pessoal casa, batiza, os filhos vão à catequese...como se fosse uma rotina. Isso não significa que seja o caso da autora. Pode não ser casada por mil motivos, pode ainda não ser casada por algum impedimento, mas estar a pensar fazê-lo, pode querer seguir certos princípios religiosos, etc, etc. Não sabemos quase nada da história.

Marina4 escreveu:
Eu acho inadmissível as pessoas fingirem-se de católicas para casarem na igreja e batizarem os filhos só por causa da festa, sem a mínima intenção de seguir os preceitos da religião católica ( por exemplo é preciso confessar -se antes de comungar) e depois dizer que os padres são chatos e assim assado. Uma falta de tudo. É mesmo só fingimento, não dá para entender.

AnaLuzC -
Offline
Desde 06 Jan 2023

Também percebo o que se está a dizer, aliás o primeiro comentário vai nesse sentido, mas no caso da Alice, em que não são casados porque o pai não é católico acho que é uma boa excepção.
Agora por exemplo, lembro-me que a minha prima ficou muito chateada quando baptizou a filha e o padre lhes deu um "chá" antes da missa, quando estava só ela é o namorado... Epah... Não são casados, nunca vão à missa, o padre nem os conhecia... Sinceramente acho normal. Nunca se negou a baptizar a menina, mas teve que fazer os seus comentários. Na missa não disse nada, foi tudo normal. A. Igreja católica é uma instituição. Cada um pode ter a sua Fé, espiritualidade, crença, o que quiserem. Mas ser-se católico implica muita coisa extra. Daí eu me ter afastado 😅 (e digamos que os escândalos associados também não os ajudam em nada...)

Marisaisaisa -
Offline
Desde 03 Out 2019

Penso que não seja possível. A igreja normalmente é muito rigorosa com esses pormenores.

_____❤️______

Mãe de um bebé rapaz de 2022. Educação respeitoso e filosofia positiva ❤️
Escritora do livro blixtrombil malifluous
https://aiai.pt/blixtrombil-malifluous/

AnaLuzC -
Offline
Desde 06 Jan 2023

Marisaisaisa escreveu:
Penso que não seja possível. A igreja normalmente é muito rigorosa com esses pormenores.
_____❤️______
Mãe de um bebé rapaz de 2022. Educação respeitoso e filosofia positiva ❤️
Escritora do livro blixtrombil malifluous
https://aiai.pt/blixtrombil-malifluous/

Possível é que eu conheço pelo menos 3 crianças baptizadas cujos pais não estão casados.

Bellinha.M -
Offline
Desde 12 Abr 2022

Vou batizar o meu bebé no próximo mês, já temos tudo acordado com a igreja, e eu e o pai não somos casados. Nem ninguém nos questionou sobre isso.

Amelie1987 -
Offline
Desde 28 Mar 2024

Marina4 escreveu:
Mas se quer batizar, é porque quer inserir a criança na religião católica. A religião católica implica muitas regras. Ou é só para por lá os pés uma vez na vida?

Exato !! Acho que só querem pela festança e comes e bebes e ficar bem na foto !!
Nem sei porque se dao ao trabalho se não aceitam as regras …
Epa festas grandes façam no aniversário … escusam de ir à igreja se não são católicos nem pretendem praticar

Votação

Quanto tempo, em média, dura uma consulta com o seu filho no pediatra?