Um ano a tentar engravidar e agora? | De Mãe para Mãe

Um ano a tentar engravidar e agora?

Responda
28 mensagens
Desde 12 Mar 2019

Olá meninas!
Estou a tentar engravidar desde Agosto de 2018, mas até agora ainda não consegui a minha estrelinha.
Este último mês tem sido para esquecer... Tive a menstruação que terminou no dia 16 de Setembro mas que voltou dia 20... Fui à médica e mandou fazer uma ecografia ginecológica por via endocavitaria (o mais cedo que consegui foi dia 21 de Outubro)... Agora desde o dia 1 que tenho todos os dias perdas de sangue (já acho que estou de novo com a menstruação)... Marquei consulta para dia 5 de Novembro que espero já ir com o resultado do exame..
A minha dúvida é será que ela nessa consulta já me manda fazer exames mais específicos? Passado um ano sem conseguir quais são os passos a seguir? Nós estamos nesta luta sozinhos e não tenho ninguém perto que me consiga ajudar... Os pais engravidaram sempre que quiseram, não sabem o que é esta luta.. Alguém me consegue ajudar?
Obrigada e peço desculpa pelo textao..

elir -
Offline
Desde 31 Mar 2011

Olá Marta,
Deve procurar um especialista em infertilidade. A maior parte dos ginecologistas normais não sabe entender e tratar os problemas da infertilidade.
Parece estar com algum descontrolo hormonal e precisa de tratá-lo.
Para além disso, No caminho da infertilidade começam por fazer o despiste normal das causas: análises de sangue para ver a sua parte hormonal, fsh e anti mulleriana (que indica a reserva ovárica), ecografia para contagem de foliculos antrais no início do ciclo e eventualmente histerossalpingografia para ver se as trompas estão permeáveis. O seu companheiro deverá fazer espermograma.
É um caminho duro, por vezes longo, que testa os nossos limites, mas que se consegue ir contornando pela força do nosso sonho...
Desejo-lhe muita sorte e serenidade.

Sobre elir

Um dia de cada vez...

Sara12345 -
Offline
Desde 21 Maio 2014

És de que zona do país? Sim, estou c a elir. Não percas tempo c ginecologistas normais. Marca uma consulta para especialista já. Se fores de Lisboa podes marcar nos lusiadas. Com seguro as consultas tem o mm valor que uma consulta de ginecologia. Mm que depois escolhas outra clínica já vais dando um passo em frente. Just in case tb te podes inscrever no hospital público para teres acompanhamento lá no futuro caso necessário
Boa sorte e alguma coisa aqui neste fórum somos mtas. Infelizmente

Sobre Sara12345

4/2015 AR 7 s; 7/2016 ectopica (- trompa dta); 1a FIV - 5/2017 (-); 2a FIV 9/2017 (+) em 18.10 = 3a gravidez e 06/2018 nasceu o meu bebe! ♥️👶 2/2019 - ectópica (-trompa esq); 3a FIV - 05/2019 (-); 1a TEC - 06/2019 (-); 4a FIV - 08/2019 (-); 2a TEC- 01/2020 CANCELADA, TEC- 1/2020 (-)

DianaES -
Offline
Desde 08 Out 2013

Na ecografia pode já descobrir a causa, pode estar relacionada com essas perdas de sangue contínuas... Pode precisar tomar algo para as paredes do útero… Pode ser só uma desregulação hormonal fácil de controlar com medicação. Não há de ser nada, só esperando para saber.

LuisaMS -
Offline
Desde 03 Maio 2018

Olá! Eu estou exactamente na mesma situação. A tentar deste agosto de 2018... perdi tempo ao andar na ginecologista... decidi ir para uma clínica de infertilidade... lá pediram mil e um exames, que eu nunca tinha feito! Já fiz ecocardiograma, electrocardiograma e prova de esforço (tenho 40 anos)... agora vou fazer mamografia e mais análises...boa sorte!

AnaMorena -
Offline
Desde 05 Out 2013

ola!eu ando a tentar a quase 2 anos mas por experiência própria acho que no meu caso é ansiedade que bloqueia o meu sistema e não consigo engravidar pois já tenho dois filhos e foi igual quando queria engravidar não consegui quando deixei de pensar e desejar tanto aconteceu...
Boa sorte para todas nós também estou a tentar o 3
beijinhos e muita força mamãs

Sobre AnaMorena

ana nogueira

Ferreirinha22 -
Offline
Desde 19 Jul 2013

Se for à médica de família e explica-lhe o que se passa ela encaminha-a para as consultas de infertilidade... ou então pode você própria se inscrever em vários hospitais... e ver qual o primeiro que a chama... se qualquer forma e para ganhar tempo, se tiver possibilidade iria a uma clínica privada de infertilidade... existem muitas... não sei de que região é... no PORTO as mais conhecidas são a ALBERTO BARROS, a CETI, a COGE, a CEIE, a IVI... é só fazer uma pesquisa no google... isto é um processo longo e demorado...

MisaL -
Offline
Desde 17 Abr 2019

Concordo com todos os conselhos que lhe deram.
Os nossos pais não engravidaram sempre que quiseram, engravidaram sempre que não quiseram. Para além da idade atual da maternidade a outra causa apontada é essa:eles não pensavam nos bebés como nós, não havia essa ansiedade.
Tenha força e calma que vai conseguir

elir -
Offline
Desde 31 Mar 2011

Eu também tenho 40. A tentar desde janeiro de 2018...

LuisaMS escreveu:
Olá! Eu estou exactamente na mesma situação. A tentar deste agosto de 2018... perdi tempo ao andar na ginecologista... decidi ir para uma clínica de infertilidade... lá pediram mil e um exames, que eu nunca tinha feito! Já fiz ecocardiograma, electrocardiograma e prova de esforço (tenho 40 anos)... agora vou fazer mamografia e mais análises...boa sorte!

Sobre elir

Um dia de cada vez...

mariapalco -
Offline
Desde 12 Jan 2015

tente ir a especialista em infertilidade, um ginecologista muitas vezes não nos consegue ajudar Sorriso

Ultima pílula: Junho 2014 | inicio de treinos: Janeiro 2015. FIV: Setembro 2018 (10 embriões criopreservados). TEC Outubro 2018 negativa, Tec Janeiro 2019 cancelada, TEC de Fevereiro positiva. Aborto espontâneo as 7 semanas. TEC em Abril.
http://palcodamaria.blogspot.pt/

guialmi -
Offline
Desde 13 Jul 2013

AnaMorena escreveu:
ola!eu ando a tentar a quase 2 anos mas por experiência própria acho que no meu caso é ansiedade que bloqueia o meu sistema e não consigo engravidar pois já tenho dois filhos e foi igual quando queria engravidar não consegui quando deixei de pensar e desejar tanto aconteceu...
Boa sorte para todas nós também estou a tentar o 3
beijinhos e muita força mamãs

A ansiedade não provoca infertilidade, isso é um mito. O stress pode influenciar a parte hormonal mas ninguém anda em stress extremo dois anos seguidos. O meu conselho, se quer engravidar de novo, é que procure um especialista.

Desde 12 Mar 2019

Obrigada a todas,
Eu sou de Aveiro. Ainda somos novos (26 e 28), mas vamos começar a ver clínicas no distrito. Conseguem indicar-me alguma que seja boa? A única que pesquisei foi a Clivida, mas não sei será indicada para o caso.
Muito obrigada a todas.

guialmi -
Offline
Desde 13 Jul 2013

Como são novos e tudo aponta para uma desregulação hormonal, penso que para já um bom ginecologista pode ser suficiente. De qualquer modo, não perde nada em entrar na lista de espera para as consultas de infertilidade no público. Quanto a privados, estão muito perto do Porto, a clínica Alberto Barros seria o meu conselho.

Ferreirinha22 -
Offline
Desde 19 Jul 2013

Marta Susana Almeida escreveu:
Obrigada a todas,
Eu sou de Aveiro. Ainda somos novos (26 e 28), mas vamos começar a ver clínicas no distrito. Conseguem indicar-me alguma que seja boa? A única que pesquisei foi a Clivida, mas não sei será indicada para o caso.
Muito obrigada a todas.

Primeiro já andam a tentar a algum tempo é isso e não conseguem? Se for isso peça a medica de família para encaminha-la para consultas de fertilidade no hospital...
Já fez exames a ver se esta tudo ok consigo e com o seu marido?
Tente entender o seu corpo... compre teste de ovulação a ver se tem ovulado...
Pode consultar da mesma uma clínica privada... perto de si tem a COGE (espinho), tem no Porto a ALBERTO BARROS (bom para problemas de infertilidade masculina), a CETI, A CEIE, a PROCRIAR, a IVI....

Rubika -
Offline
Desde 14 Out 2019

Olá a todas.

Por experiência própria, posso dizer que a ansiedade e o stress podem dificultar as coisas...

Nós andamos na clinica de fertilidade desde Fevereiro 2018, e num dos primeiros exames foi me dito que tinha os níveis de prolactina e cortisol demasiado elevados e que essas duas hormonas estando elevadas, desregulavam a ovulação espontânea.

Tomei medicamentos para baixar essas duas hormonas, tentei não me stressar nem me angustiar, e nada...

Em Outubro 2018 fizemos ambos uma série de exames a tudo e mais alguma coisa, e foi nos aconselhado a fazer estimulação ovárica durante 5 dias, ser avaliada por ecografias para ver o desenvolvimento dos foliculos e dar a injecção de Ovitrelle seguida de dois actos sexuais, um no próprio dia, um outro 48h depois para maximizar as chances, pois foi me detectado ovários poliquisticos que até esse dia não fazia ideia que tinha.

Após o segundo acto, tive de tomar progesterona durante 14 dias, até fazer o teste de gravidez.

Fizemos isso por 3 ciclos de seguida, sem pausas... o teste de gravidez deu sempre negativo (de Janeiro 2019 a Março 2019)
Fazer amor por encomenda com horas especificas não é fácil, ainda mais quando o resultado final não é o esperado...

Quando íamos para a quarta tentativa perguntamos se poderiamos recorrer a uma inseminação artificial, ao que o médico preferiu fazer um novo espermogramas ao meu marido, pois a minha resposta ao tratamento anterior estava dentro das espectativas e foi aí que tudo desabou.

A sorte não estava do nosso lado e a sua contagem, para além de baixa, são lentos e de má qualidade, pelo que foi excluída a opção de fazer a inseminação.

O meu marido não estava a querer aceitar os resultados e decidiu fazer outro espermograma, pelo que só houve vaga dois meses depois.
Durante esses dois meses ele foi examinado por um urologista, que não entende nem tem explicação para tais resultados, pois ele não tem problemas de saúde, não fuma, tem uma higiene de vida considerada normal...

O novo espermograma foi feito em Junho, e o resultado ainda estava pior que o anterior.
Ele refez outro espermograma em Agosto, e os valores continuaram a descer e a qualidade a piorar, pois os valores a cada dia que passam aproximam cada vez mais do zero.

Á beira de lágrimas e desespero, foi nos aconselhado recorrer à FIV ICSI, pois segundo o nosso médico não existe outra opção para nós.

Após contarmos os tostões decidimos e aceitamos a proposta da FIV ICSI.

No dia 9 de Outubro comecei o Progynova, estou à espera que a menstruação chegue para telefonar à clinica e iniciar o procedimento.

Quem passa por isto sabe que é uma batalha demorada, desesperante, angustiante, muitas lágrimas, muitas porque é que isto está me a acontecer...

Todos os dias me digo, vamos tentar colocar a ansiedade de lado e pensar positivo, ainda existe uma chance. Se não tentar não sei se vou conseguir.

Eu desejo muita sorte e muita coragem a todos os casais que estão a passar por isto!

Vão dando noticias !!

Ferreirinha22 -
Offline
Desde 19 Jul 2013

Rubika, agora já sabes qual é o problema para não conseguires engravidar... está tudo encaminhado para conseguires... estás a ser seguida nalguma clínica privada ou é no hospital público?... o teu marido poderá tomar vitaminas que melhoram a qualidade do esperma... os médicos não te aconselharam isso...? de qualquer maneira já estas encaminhada para a FIV ou ICSI por isso já falta pouco para conseguirem... pensamento positivo... vai tudo correr bem agora...

Lucy_wonderland -
Offline
Desde 14 Out 2019

Rubika escreveu:
Olá a todas.
Por experiência própria, posso dizer que a ansiedade e o stress podem dificultar as coisas...
Nós andamos na clinica de fertilidade desde Fevereiro 2018, e num dos primeiros exames foi me dito que tinha os níveis de prolactina e cortisol demasiado elevados e que essas duas hormonas estando elevadas, desregulavam a ovulação espontânea.
Tomei medicamentos para baixar essas duas hormonas, tentei não me stressar nem me angustiar, e nada...
Em Outubro 2018 fizemos ambos uma série de exames a tudo e mais alguma coisa, e foi nos aconselhado a fazer estimulação ovárica durante 5 dias, ser avaliada por ecografias para ver o desenvolvimento dos foliculos e dar a injecção de Ovitrelle seguida de dois actos sexuais, um no próprio dia, um outro 48h depois para maximizar as chances, pois foi me detectado ovários poliquisticos que até esse dia não fazia ideia que tinha.
Após o segundo acto, tive de tomar progesterona durante 14 dias, até fazer o teste de gravidez.
Fizemos isso por 3 ciclos de seguida, sem pausas... o teste de gravidez deu sempre negativo (de Janeiro 2019 a Março 2019)
Fazer amor por encomenda com horas especificas não é fácil, ainda mais quando o resultado final não é o esperado...
Quando íamos para a quarta tentativa perguntamos se poderiamos recorrer a uma inseminação artificial, ao que o médico preferiu fazer um novo espermogramas ao meu marido, pois a minha resposta ao tratamento anterior estava dentro das espectativas e foi aí que tudo desabou.
A sorte não estava do nosso lado e a sua contagem, para além de baixa, são lentos e de má qualidade, pelo que foi excluída a opção de fazer a inseminação.
O meu marido não estava a querer aceitar os resultados e decidiu fazer outro espermograma, pelo que só houve vaga dois meses depois.
Durante esses dois meses ele foi examinado por um urologista, que não entende nem tem explicação para tais resultados, pois ele não tem problemas de saúde, não fuma, tem uma higiene de vida considerada normal...
O novo espermograma foi feito em Junho, e o resultado ainda estava pior que o anterior.
Ele refez outro espermograma em Agosto, e os valores continuaram a descer e a qualidade a piorar, pois os valores a cada dia que passam aproximam cada vez mais do zero.
Á beira de lágrimas e desespero, foi nos aconselhado recorrer à FIV ICSI, pois segundo o nosso médico não existe outra opção para nós.
Após contarmos os tostões decidimos e aceitamos a proposta da FIV ICSI.
No dia 9 de Outubro comecei o Progynova, estou à espera que a menstruação chegue para telefonar à clinica e iniciar o procedimento.
Quem passa por isto sabe que é uma batalha demorada, desesperante, angustiante, muitas lágrimas, muitas porque é que isto está me a acontecer...
Todos os dias me digo, vamos tentar colocar a ansiedade de lado e pensar positivo, ainda existe uma chance. Se não tentar não sei se vou conseguir.
Eu desejo muita sorte e muita coragem a todos os casais que estão a passar por isto!
Vão dando noticias !!

Olá, Rubika
Um casal amigo estava a tentar engravidar há "algum" tempo. Ele já tinha vários filhos e ela nenhum. Todos apontavam para que o problema de infertilidade fosse dela.
Assim, foram a uma clínica e qual foi a surpresa? Com ela estava tudo bem. O problema era mesmo dele.
Os médicos receitaram que o homem tomasse alguns suplmentos/medicamentos (não sei bem o que foi) e hoje têm um adorável bebé.

Não vás abaixo. Piscar o olho
Como te disseram, já sabes qual é o problema. Agora é encontrar a solução.
Boa sorte. Sorriso

Rubika -
Offline
Desde 14 Out 2019

Ola Ferreirinha e Lucy,

Obrigada pelas vossas mensagens e pela atenção.

O nosso médico aconselhou umas vitaminas que só se vendem no Canada e que custam os olhos da cara e que levam meio século a chegar (fertil pro mtl é o nome das vitaminas).

Mas basicamente desencorajou-nos e disse que não havia remédios milagre.
O meu marido está com a moral muito em baixo... Porque por mais esforços que ele faça, os resultados não mostram melhorias... e eu fico frustrada porque não queria que ele se sentisse assim...
Nós tentamos não nos ir abaixo e estamos lá um para o outro mas admito que não é fácil.
Sei que temos de ser positivos, mas por vezes pensar que não vai dar certo torna se mais fácil, ao menos não ficas decepcionado quando os resultados não são o que esperamos... Triste

Obrigada mais uma vez Beijinho

Lucy_wonderland -
Offline
Desde 14 Out 2019

Rubika,
indo de forma muito directa ao assunto Piscar o olho :
tenta ver outras vitaminas. Lê comentários de outras pessoas, procura em sites, procura em outros fóruns e quem sabe não encontras outra vitamina do género mais baratas e fáceis de obter.
Não desistas e não deixes que o teu marido desista. Tem de ser um a puxar pelo outro.
Quanto ao conselho do médico, - eu própria também estou a tentar encontrar o equilíbrio por isso, quem sou eu para dizer o que quer que seja, mas digo-te isto -, os médicos precisam de ter o chamado complexo de Deus, mas estão muito longe de o ser. E temos de nos lembrar disso!
Se soubessem tudo, conseguiriam explicar o porquê e como de muita coisa que não conseguem. E não falhariam como às vezes falham.
Força! Ainda terás o teu positivo e te rirás da situação. Sorriso

Ferreirinha22 -
Offline
Desde 19 Jul 2013

Rubika, existem no mercado muitas vitaminas que ajudam a melhorar o esperma... tenta ter o feedback de outras meninas aqui no forum, talvez elas te possam aconselhar com outras vitaminas enquanto esperas por essa.... não te consigo ajudar mais pois no meu caso o problema era comigo e não estou muito por dentro do assunto... ou então pede opinião a outra clínica... A Clínica ALBERTO BARROS (Porto) é especialista em infertilidade masculina... pode ser que eles te ajudem... e força não desanimes... tens que animar também o teu marido... a muitos casais a passar pelo mesmo... vocês não são os únicos nem serão os últimos... Estamos aqui...

Rubika -
Offline
Desde 14 Out 2019

Muito obrigada pelas dicas.

Vou me informar sobre as vitaminas e ver testemunhos de pessoas que passaram pelo mesmo. Ao menos não podemos dizer que não tentamos tudo o que estava ao nosso alcance.
E cruzar os dedos para a ICSI, amanhã tenho de telefonar à clínica!!
Sorriso

LAMF -
Offline
Desde 07 Abr 2018

Olá. Mta força. Em relação às vitaminas há um grande contracenso na quase médica. O meu marido tbm tem um espermograma feio, durante 2 anos tomou profertil de pouco valeu. Segundo alguns médicos se houver uma alimentação equilibrada não é necessário vitaminas. Há meio ano para cá acabou-se as vitaminas.

Sobre LAMF

Início treinos 2016
Eu endometriose, ele astenospermia
2017-2018 - 2 IIU's (-)
2018 - FIV (0 embriões), 2019- ICSI maio (-), ICSI outubro Tec (-), 2020- Tec fev (-)
A esperança é a última a terminar, cada pedra retirada deste caminho torna-nos mais fortes.

Rubika -
Offline
Desde 14 Out 2019

Bom dia LAMF!
Alimentação equilibrada já o fazemos, bom às vezes comemos uma porcaria ou outra, o dito “cheat day”, mas no geral até nos alimentamos bem.

Vamos lá ver como corre. Hoje tenho de telefonar à clínica para anunciar o meu primeiro dia de menstruação para se iniciar a ICSI... tou uma pilha de nervos Triste

TA2020 -
Offline
Desde 23 Set 2019

Rubika escreveu:
Bom dia LAMF!
Alimentação equilibrada já o fazemos, bom às vezes comemos uma porcaria ou outra, o dito “cheat day”, mas no geral até nos alimentamos bem.
Vamos lá ver como corre. Hoje tenho de telefonar à clínica para anunciar o meu primeiro dia de menstruação para se iniciar a ICSI... tou uma pilha de nervos

Olá Rubika.
Muito boa sorte! Sorriso

Rubika -
Offline
Desde 14 Out 2019

Muito obrigada tafigueiredo Sorriso

AnaMorena -
Offline
Desde 05 Out 2013

guialmi escreveu:

AnaMorena escreveu:ola!eu ando a tentar a quase 2 anos mas por experiência própria acho que no meu caso é ansiedade que bloqueia o meu sistema e não consigo engravidar pois já tenho dois filhos e foi igual quando queria engravidar não consegui quando deixei de pensar e desejar tanto aconteceu...
Boa sorte para todas nós também estou a tentar o 3
beijinhos e muita força mamãs

A ansiedade não provoca infertilidade, isso é um mito. O stress pode influenciar a parte hormonal mas ninguém anda em stress extremo dois anos seguidos. O meu conselho, se quer engravidar de novo, é que procure um especialista.

Eu nunca disse que provoca a infertilidade apenas falo da minha experiencia pois do meu primeiro filho foram 4 anos para engravidar e estava tudo bem tinha 24 anos e sim sou uma pessoa ansiosa e stressada sempre não a haver com anos
Muito obrigada e força para todas nós

Sobre AnaMorena

ana nogueira

LuisaMS -
Offline
Desde 03 Maio 2018

Eu estive grávida em maio e junho de 2018. Depois perdi as 8 semanas. Desde agosto de 2018 que também tentava novamente e nada. Penso que andei a perder tempo num ginecologista normal. Agora procurei ajuda mais especializada. Mandaram logo fazer exames que nunca tinha feito na vida! Aconselho a procurar logo um especialista em infertilidade. A ansiedade pode atrapalhar sim... mas existem muitas outras coisas que podem estar desequilibradas e essas devem ser logo despistadas e tratadas! Boa sorte!

FilipaA.8 -
Offline
Desde 14 Jul 2018

Olá! No meu caso como não tenho recursos financeiros para seguir através do privado, quando fez um ano sem conseguir engravidar marquei consulta na médica de família para ela me encaminhar para um especialista em infertilidade. O que tornou as coisas mais demoradas, estive meio ano à espera da consulta com a médica de família e mais meio ano à espera do especialista, ou seja já passou mais um ano e eu sem conseguir engravidar. Tenho a minha consulta entretanto, espero não ter que esperar agora muito mais entre consultas e exames.

Outros tópicos relacionados

Diarreia na gravidez...?
Bom dia! Estou actualmente de 35 semanas, perdi o rolhão mucoso há 2 semanas e desde então estou de repouso, porque também tenho o colo do útero curto. Enfim, nisto estou a tentar aguentar este bebé o mais tempo possível e tem estado a correr bem,...
Para quem está ou esteve de repouso
Bom dia a todas. Estou de repouso por ter perdido o rolhão mucoso às 33 semanas e por na eco termos avaliado um colo do útero um pouco curto e mole. Na altura, o OB falou-me em repouso durante 2/3 semanas, esta semana tenho consulta e estou com...
O meu parto - indução
Boa tarde. Quase 2 semanas após ter sido mãe, venho deixar o relato do meu parto. Tinha indução agendada por conveniência (o meu OB estava de banco e já contava com 39 semanas, sendo que desde as 33 que estava em repouso por perda de rolhão mucoso...
Grávidas ou mamãs que estiveram de repouso
Olá a todas. Hoje tive consulta no GO e depois de termos falado da perda de rolhão esta semana (actualmente, é a 33ª semana de gestação), fizémos eco endovaginal e constatou-se que o colo do útero está ccurto (24mm) e a querer abrir. Risco de parto...
1º Gráfico de temperatura basal. Não entendo...
Bom dia a todas. Este é o primeiro mês que meço a temperatura basal, a medição tem sido feita oralmente. Mas apesar de esperar um ciclo longo (o último foi de 32 dias...), acho estranho não ter tido variações de temperatura que sugerissem a ovulação...
Gráfico de TB trifásico??
Olá a todas. Antes de mais, perdoem-me estar a criar propositadamente este tópico, mas tenho uma dúvida séria e já pedi ajuda noutros tópicos relacionados mas quem viu não deve ter sabido responder... Alguém sabe o que são gráficos de TB trifásicos...

Votação

Qual destas bebidas consome no dia-a-dia?