Análise métodos chorar para dormir (por Rosa Jové) | De Mãe para Mãe

Análise métodos chorar para dormir (por Rosa Jové)

Responda
73 mensagens
FilipaBS -
Offline
Desde 10 Jan 2011

Decidi partilhar porque há coisas que todos os pais e mães devem saber quando têm filhos (ou quando estão a pensar ter um). E há atitudes que muitas vezes se tomam por desconhecimento ou em desespero de causa mas que têm graves consequências para os nossos filhos.

Vários excertos do livro «Dormir sem lágrimas» de Rosa Jové (capítulo 4), tradução livre.

O que NÃO se deve fazer para ajudar uma criança a dormir:

«Deixar chorar seguindo uma tabela de horários é um castigo segundo as leis da aprendizagem. Não se deixem enganar: não estamos simplesmente ignorando a criança. Através do abandono e do medo estamos a castiga-la pela sua conduta.

Foram vários os autores que atribuíram a si próprios a invenção dos métodos para fazer as crianças dormir com base na premissa “deixá-los chorar”. Ao princípio só se tratava disso: deixá-los chorar e pronto. Mas pouco a pouco (e para conferir uma matiz mais científica a essa forma de tortura) estruturaram-nos mais, “deixá-los chorar segundo uma tabela de tempos”.

Pela minha experiência, não há qualquer diferença em relação a estes métodos – porque nem se trata de um método – trata-se somente de deixar chorar as crianças até que se cansem. O “êxito” depende de variáveis como a idade do bebé, o seu temperamento e a duração da aplicação do método (há crianças que tiveram que ser deixadas a chorar sozinhas mais de um mês para se notar alguns efeitos. Curiosamente, no que toca à saúde mental os efeitos notam-se antes).

Os métodos para ensinar a dormir existem desde há décadas. Trata-se de deixar chorar as crianças para que aprendam a não se queixar numa determinada situação. Cada autor fez as suas próprias alterações, alterando apenas o nome mas o funcionamento não difere de forma significativa.
Há estudos em que não se encontrou qualquer diferença entre deixar as crianças chorar sozinhas ou segundo uma tabela. As diferenças aparecem em função da idade: quanto mais pequenos, maior o choque emocional, por isso estes métodos são mais eficazes com bebés.

«A sobredosagem de hormonas do stress em fases tão precoces da vida pode inibir a hormona do crescimento» (S. E. Taylor, 2002).

Subsiste «(…) a ideia de que os nossos filhos nos pertencem e que, portanto, temos o direito de tratá-los como nos apetecer. Não existe qualquer direito legal que os proteja de ser torturados por mães que os deixem chorar sozinhos sem ter em conta o seu sofrimento.» (Liedloff, 2003)

Primeiro fizeram-lhe crer que o seu filho tem uma grave patologia e que, se você não lhe põe fim, vai durar a vida toda e vai condicionar a altura, peso e currículo académico do bebé. Segundo, que como progenitor deve educar o seu filho segundo o lema «o fim justifica os meios», pelo que qualquer coisa serve quando se trata de educar um filho.
Segundo Barudy, se cada adulto tivesse presente na sua memória a sua própria infância, isso deveria permitir-lhe identificar-se com os filhos e as suas necessidades. Mas, devido a diversos factores, os adultos esquecem-se com rapidez que as crianças têm necessidades específicas e por isso podem interpretar mal as suas acções, se alguém assim lhe fizer crer.

«Portanto, uma das formas pela qual a mãe ou o cuidador principal tentará contornar esta situação, é negando as necessidades do seu bebé e decidir, por exemplo, que não está cansado, com fome ou com alguma dor. Responde distanciando-se do estado emocional do bebé (…), dando a sua própria leitura ao que o bebé vivencia.»

Estes métodos baseiam-se em fazer-lhe crer que o seu filho tem toda a culpa do que se passa. E não só a culpa, mas que também o faz com a intenção de o incomodar. Daí que eu pense que os pais que aplicam estes métodos são, tal como os filhos, vítimas desta montagem.

Trata-se de proibir coisas normais para as crianças, como cantar, embalar, dar a mão. (…) Regras muito inflexíveis a que se devem obedecer sem falhar.

As crianças que choram e não são atendidas o mais depressa possível podem chorar desesperadamente até que a amígdala [região do cérebro] colapse. Como a natureza é sábia e sabe que o corpo não resistiria muito tempo numa situação como esta, compensa-a com a segregação de substâncias de carácter opiáceo: endorfinas, serotonina..., que fazem baixar o sistema de alarme.

Portanto, se para o seu filho já era hora de dormir e já passou um tempo a chorar (o que acresce em cansaço) e acaba de receber uma injecção brutal de opiáceos, o normal é que caia rendido e durma. Esta é a essência dos métodos para dormir. Mas não se engane: não aprendeu a dormir, simplesmente está “auto-drogado”.
Quanto mais pequena é a criança, mais se assusta. Você crê que se aplicasse este método a um adolescente iria funcionar? Pois não, porque dificilmente se assustaria tanto a ponto de provocar este choque.
Por isso estes autores não se cansam de repetir que se não solucionar o problema antes dos cinco anos, depois será impossível.

Através de sucessivas “experiências” como esta, o bebé irá aprender, por um lado, que ninguém se importa com ele, que as suas necessidades não merecem atenção (baixa auto-estima) e por isso muitos deixam de protestar. Por outro lado, acredita-se que a descarga destas substâncias no cérebro de forma sucessiva é a causa da redução da produção normal de serotonina e da insensibilização da amígdala. Isto está relacionado com depressões pois a amígdala é o centro emocional do cérebro. (…) Além disso, um baixo nível de serotonina é um dos indicadores mais importantes de violência em animais e humanos, e está relacionado com taxas elevadas de homicídios, suicídios, distúrbios psicológicos e sociais, automutilações e agressividade.

Tudo isto levará a que, dentro de algum tempo, a criança se deite e durma sem dizer nada. Mas nem por um momento pense que aprendeu a dormir, somente a dopar-se e autodrogar-se.

Paralelamente a tudo isto, aumenta o nível de cortisol, que é a hormona do stress por excelência. Quando o cortisol está elevado e a serotonina também, produzem-se vómitos involuntários! Se algum destes autores lhes disse que as crianças vomitam porque querem chamar a atenção, enganaram-no. Neste estado de choque, o vómito acontece com muita facilidade.»

(Depois venho cá completar com as várias consequências da aplicação destes métodos, a médio e longo prazo).

Sobre FilipaBS

Se precisar de ajuda/apoio com a amamentação, sinta-se à vontade para me contactar.
Ver: www.facebook.com/amamenta.porto | www.amamentaporto.com

(Fundadora da Amamenta Porto, Conselheira de Aleitamento Materno, Doula de Parto, Mãe de 2 filhos)

Fernandoalmeida83 -
Offline
Desde 05 Jan 2012

Estou muito interessada, gostei do que li...

Mariana Sofia 28-07-2012, 3,260kg/47 Cm na Maternidade Dr Daniel de Matos;
Rui Jorge 14-02-2005,3,570Kg/52cm na Maternidade Dr Daniel de Matos

FilipaBS -
Offline
Desde 10 Jan 2011

se quiseres envio-te o livro em PDF, mas só o tenho em espanhol.

Sobre FilipaBS

Se precisar de ajuda/apoio com a amamentação, sinta-se à vontade para me contactar.
Ver: www.facebook.com/amamenta.porto | www.amamentaporto.com

(Fundadora da Amamenta Porto, Conselheira de Aleitamento Materno, Doula de Parto, Mãe de 2 filhos)

Liliana F. -
Offline
Desde 18 Abr 2012
I Love DMPM

Parece muito interessante.
Nunca fui de acordo com o "deixa chorar".
Faz-me confusão.

Estou ansiosa que coloques o próximo "capítulo"....

Bjs

Ana Catarina Ol... -
Offline
Desde 31 Mar 2012

tb gostei do q li. sera q tb me podes mandar pa mim? nao ha problema em ser espanhol...

Ana Oliveira

GizelaRego -
Offline
Desde 03 Maio 2011

E há mães que acreditam que no meio dum choro terrível como este, os bebés vomitam PARA CHAMAR A ATENÇÃO????? Choque! Eu fico pasma.... Autores escrevem essa asneira e alguém acredita?!

Este texto é muito bom e ao mesmo tempo parte-me o coração porque vou imaginando diversas situações. Farto-me de pensar, como as mães dormem com os namorados/maridos e como os ajudariam se eles chorassem, e não o fazem pelos filhos... Sim, podem estar desesperadas e tentam várias estratégias, mas há limites! Deixar um bebé chorar de propósito até que adormeça de exaustão é abuso, é violência. Nunca vou compreender quem defende isto! Aliás, entendo bem a frieza das pessoas, entendo a educação que tiveram, como foram ignoradas quando eram bebés, como lhes faltou colo, carinho, atenção, mas... olharem agora nos olhos dos seus bebés e não correrem imediatamente em seu auxílio quando gritam desesperados, não entendo, por mais traumas e carências que se tenham tido.

10-11-11, finalmente pude olhar e tocar-te, meu querido Aléxis Ludgero. Obrigada por estares na minha vida. És a coisa pequenina maior do Universo. Amo-te, meu tudinho*

SEPOL -
Offline
Desde 06 Jul 2007

Olá
Respondi, apenas para seguir, porque o tema interessou-me

amfr -
Offline
Desde 19 Fev 2012

Olá! Muito obrigada por este tópico. Já tive algumas "discussões" com o meu marido acerca disto porque o meu bebecas acha que dormir é uma perda de tempo Sorriso e sempre foi difícil de adormecer, mas eu SEMPRE me recusei a deixá-lo chorar. Irritei-me e chateei-me, com ele, comigo e com todos os que me diziam que se eu o habituo ao colo, ao embalo, às cantigas, blá blá blá, depois vou pagar caro no futuro, mas continuo orgulhosamente a resistir e a rejeitar pura e simplesmente que para simplificar a minha vida, eu vá complicar a dele quando fôr grande. Ser mãe é isso mesmo, né, acho eu; somos pessoas, temos necessidades, mas podemos tratar disso depois das dos nossos bebecas. Por isso foi interessante ler a parte mais científica da questão, em vez de só o "eles ficam com traumas quando crescerem".

Será que me podias enviar também o pdf? Gostava de ler o livro. Obrigada e felicidades!

lalip -
Offline
Desde 28 Dez 2011

Achei interessante o que li...será que me pode arranjar o pdf?obrigada.**

Sobre lalip

Positivo a 25-12-2011
Aborto espontâneo a 5-01-2012
Positivo a 15-04-2012
Dpp 17 Dezembro de 2012.
Dpp 20 Fevereiro de 2016

Fernandoalmeida83 -
Offline
Desde 05 Jan 2012

Gostava muito que me enviasse então em pdf,

Obrigada mamã

Mariana Sofia 28-07-2012, 3,260kg/47 Cm na Maternidade Dr Daniel de Matos;
Rui Jorge 14-02-2005,3,570Kg/52cm na Maternidade Dr Daniel de Matos

sseni -
Offline
Desde 09 Nov 2010

obrigado por partilhar esta informaçao,se possivel gostaria que me envia-se o livro em pdf nao ha problema ser em espanhol,beijocas

Sobre sseni

Uma mãe...Ela tem de sorrir, mesmo que esteja triste. Ela tem de consolar, mesmo quando ela também precisa de consolo. Ela tem de ser forte, mesmo quando as suas forças estão a chegar ao fim. Ela tem de rir, mesmo quando preferia chorar. Ela tem de funcionar, mesmo quando está cansada. Ela tem de estar sempre para os seus "Filhos" mesmo que esteja doente. Esta é a mãe de corpo e alma.

Sicomoro -
Offline
Desde 08 Set 2008

Olá

Também não deixo o meu bebé chorar, apesar de o meu marido achar que só assim aprende a adormecer. É o único ponto em que discordamos, mas é a minha posição que tem prevalecido. Se for preciso (e é sempre) adormecê-lo ao colo é assim que se faz. Não aguento vê-lo a berrar desalmadamente. Nunca se sabe os efeitos que poderá ter no futuro.

Podes também enviar-me o PDF? Estou mesmo interessada em ler o resto.Obrigada!

Sobre Sicomoro

Ana

catarina marcos -
Offline
Desde 18 Out 2011

boas noites a todas.... não gosto do método "deixar chorar"... mas também só apologista que a criança aprenda a dormir na cama dela sozinha se possivel... mas sou da opinião que isso pode fazer se de outras formas para que sejamos sucedidas.... o meu filho é o bebe mais chorão que eu ja conheci (e eu sou auxiliar de acção educativa e acompanhei de muito perto o crescimento desde o nascimento de muitas outras), e tem um temperamento muito irritável, tem 3 meses e eu já vou conseguindo que ele adormeça sozinho na cama dele.... e nunca o deixei chorar na cama sozinho..com calma paciência e muita persistência tudo se consegue....e se eu sei como as vezes é difícil manter a calma... gostei muito do tópico...também vou seguir =D

Ser mãe é a coisa mais gratificante do mundo é uma explosão de sentimentos constante que não existe palavras para descrever... amo-te muito baby Dani...

bluegirl -
Offline
Desde 17 Jan 2011

Adorei o que li e acho que isto devia ser obrigatório de se dar nos cursos de preparação para o parto! A mim choca-me saber que há mães que não atendem as necessidades dos seus filhos e que usam métodos do Drº Frustrado-da-vida-porque-não-teve-uma-mãe-que-o-amasse e que agora usa métodos "cientificos" para dizer às mães para não ligarem ao seu instinto natural e ouvirem os seus métodos infalíveis (de tornarem o seu bebé tão frustrado quanto ele).

Compreendo que muitas mães caiam nessas esparrelas dos métodos "chapa 9" de deixar chorar e etc (lembro-me do Estivil) por causa da insegurança que sentem, mas há limites. Já cheguei a ler coisas neste forum do género "deixo o meu bebé chorar para ele aprender a tolerância à frustração desde cedo" e outras pérolas. E o mais triste é que tópicos como esse do bebé chorar são sempre polémicos quando não deveriam ser, deveria ser "não se deixa um bebé chorar e ponto final".

Parabéns pelo tópico e pela informação! Sorriso

Sobre bluegirl

A minha estrelinha Matilde nasceu no dia 22 de Setembro de 2011 com 3240kg e 47,5cm. Amo-te mais que tudo na vida!

Madrinha e Afilhada da Bibiskinha

http://socoisasgratis.blogspot.pt/

missveludo -
Offline
Desde 01 Nov 2011

tanto tenho sido criticada por nao deixar a minha bebe chorar e dar colo pq nao suporto ouvi-la chorar e ao ler este topico sinto que estou a fazer o correto e nao a prejudicar a minha filha cmo tanto me dizem Gargalhadas

"Ser pai ou mãe é o maior ato de coragem que alguém pode ter,porque é expor-se a todo tipo de dor,principalmente a incerteza de agir corretamente e medo de perder algo tão amado.Perder? Como? Não é nosso. Foi apenas um empréstimo!"
http://www.ingredientes.pt/
http://www.ingredientes.pt/
Jose Saramago

Luabranca -
Offline
Desde 09 Ago 2009

Estou a ler esse livro... Provavelmente encontraste-o onde o encontrei!
Acredito que esses métodos do "deixar chorar" tendem a desaparecer. Até porque há cada vez mais "especialistas" contra, como esta psicóloga espanhola.
Conheço quem tenha aplicado esses métodos com os filhos. Não concordo nada, mas não acho que sejam más mães. Provavelmente aplicaram o que as próprias mães fizeram com elas. Acredito que lhes deve ter custado, mas decidiram meter o instinto materno no saco. É uma pena.....

Sobre Luabranca

Bjs

petitefleur -
Offline
Desde 28 Set 2010

Achei super interessante e também gostaria de ler mais Sorriso

Realmente a questão do choro dos bebés não se prende só com o "aprender a dormir". Existem muitos mitos sobre não pegar nos bebés para não ficarem "moles", não atender logo ao choro, etc... É verdade que os bebés são exímios a manipularem os adultos, desde cedo, para conseguirem o que querem (a chamada manha), mas também é verdade que dentro do que é bom senso não existe mal nenhum na manha.
Um bebé pode chorar por inúmeras razões, mas do que eu tenho lido, uma delas e bastante comum é insegurança, medo. Se um pai ou uma mãe é indiferente a isto pode causar problemas naquela criança, ao nível da auto estima, entre outros.
Como diz a profissional que me dá o curso de PP, "Não se preocupem se o vosso bebé vier dormir para a vossa cama. Não conheço nenhum caso em que persista até aos 18 anos". Oh então o tão grande problema de "ficar mimado". Quem é que não gosta de "ficar mimado"? Ficar mimado não é o mesmo que mal educado, e no que depender de mim a minha bebé vai ser muiiiitoooo mimada Sorriso

Bjs a todas

Positivo a 13 de Março!!
DPP - 15 de Nov Sorriso
A minha maior maravilha nasceu no dia 31 de Outubro de 2012!!

az.ana -
Offline
Desde 07 Jul 2011

Obrigada Filipa.

É algo que eu sempre defendi, que não se deve deixar os bebés chorarem para "aprenderem a dormir".

Podes enviar tambem para mim sff? Mas desta vez não te esqueças! Careta

Sobre az.ana

15-08-2007 : Nasceu o nosso Pedrito!
Vem uma mana a caminho!!!
01/03/2012 Conheci o amor pequenino da minha vida! Minha Beatriz <3
6 meses de maminha em exclusivo Espertalhão Conseguimos! Que venham muitos mais!
01/03/2013 12 meses de muita maminha Espertalhão

FilipaBS -
Offline
Desde 10 Jan 2011

Este livro da Rosa Jové (ela é psicóloga especializada em bebés, mãe de 2 filhos, e o marido dela é médico e colarabora com ela em várias investigações sobre o sono) é realmente muito bom e ajuda-nos a perceber as diversas fases do sono de um bebé, a evolução do sono do bebé até se tornar adulto, por que é que um bebé acorda várias vezes de noite, e depois tem este capítulo todo dedicado a estes métodos q ela diz claramente que são errados e explica porquê. Tem um ultimo capitulo, que ainda nao li, em que são abordadas algumas estratégias suaves para conseguir que o bebé durma.
Como uma mamã falou, é legítimo que muitas mães queiram que o bebé durma na sua própria cama e realmente há muitas outras estratégias para conseguir que isso aconteça sem choros. Mas dá trabalho, isso dá... E tb n se pode dizer q resultem todas com a mesma criança, é preciso encontrarmos as nossas próprias estratégias e como as crianças mudam tanto em tão pouco tempo, o que resulta agora para a mesma criança pode já nem resultar daqui a umas semanas ou meses.
Posso enviar o livro a quem quiser, só preciso que me enviem o e-mail por mensagem privada Piscar o olho
Fiquei um bocado perturbada ao ler esta parte, porque apesar de já ter conhecimento que tem consequências graves a aplicação destes métodos, ver tudo assim tão explicadinho, preto no branco, deu-me voltas ao estômago... E depois descobri que tenho uns quantos livros em casa dos anos 80 que contêm estes métodos e explicam-nos tim-tim por tim-tim e inclusive tenho um de um destes autores que defendeu estes metodos (benjamin spock, meu filho meu tesouro), mas existem mts outros autores, o estivill é talvez o mais conhecido, ha tb outro q se chama ferber... enfim, todos dizem basicamente o mesmo.
o estivill recentemente fez algumas afirmaçoes em q dizia q o metodo dele n era pra levar à letra, isto porque agora começaram a aparecer mts crianças a quem foi aplicado este metodo com transtorno pos-traumatico.
Luabranca, sim, conheci este livro no mesmo sítio que tu e depois pedi para me enviarem (foi antes de ser disponibilizado para todas) Sorriso

Sobre FilipaBS

Se precisar de ajuda/apoio com a amamentação, sinta-se à vontade para me contactar.
Ver: www.facebook.com/amamenta.porto | www.amamentaporto.com

(Fundadora da Amamenta Porto, Conselheira de Aleitamento Materno, Doula de Parto, Mãe de 2 filhos)

FilipaBS -
Offline
Desde 10 Jan 2011

para quem não leu o meu comentário anterior porque ficou enorme: posso enviar o livro a quem quiser, só preciso que me enviem o vosso e-mail através de mensagem privada Piscar o olho

Sobre FilipaBS

Se precisar de ajuda/apoio com a amamentação, sinta-se à vontade para me contactar.
Ver: www.facebook.com/amamenta.porto | www.amamentaporto.com

(Fundadora da Amamenta Porto, Conselheira de Aleitamento Materno, Doula de Parto, Mãe de 2 filhos)

Luabranca -
Offline
Desde 09 Ago 2009

FilipaBS escreveu:

o estivill recentemente fez algumas afirmaçoes em q dizia q o metodo dele n era pra levar à letra, isto porque agora começaram a aparecer mts crianças a quem foi aplicado este metodo com transtorno pos-traumatico.

Já ouvi alguém dizer o mesmo: que Estivill veio a publico afirmar que ele não queria dizer "aquilo". Eu li o livro dele e não li nada que deixasse margens para duvidas. A parte que mais me chocou foi ele a dizer que caso a criança vomitasse era de propósito e que se devia limpar tudo e continuar com o método. Quem ficou com vómitos fui eu!

Sobre Luabranca

Bjs

bluegirl -
Offline
Desde 17 Jan 2011

petitefleur escreveu:
É verdade que os bebés são exímios a manipularem os adultos, desde cedo, para conseguirem o que querem (a chamada manha), mas também é verdade que dentro do que é bom senso não existe mal nenhum na manha.

Por favor, UM BEBÉ NÃO TEM MANHAS!! Mas quando é que se deixa de pensar e dizer tamanho disparate?? Choque!

Um bebé tem necessidades reais, físicas ou emocionais! Funciona por instinto e é absurdo pensar-se que um recém-nascido que nem sequer tem noção de quem é tenha a consciência necessária para manipular??? Parem de pensar que os bebés e as crianças funcionam como os adultos!

Desculpa isto não é nada contra ti, mas já farta de estar sempre a ler que os bebés têm manhas, já chega mesmo!

Sobre bluegirl

A minha estrelinha Matilde nasceu no dia 22 de Setembro de 2011 com 3240kg e 47,5cm. Amo-te mais que tudo na vida!

Madrinha e Afilhada da Bibiskinha

http://socoisasgratis.blogspot.pt/

bluegirl -
Offline
Desde 17 Jan 2011

Luabranca escreveu:
Já ouvi alguém dizer o mesmo: que Estivill veio a publico afirmar que ele não queria dizer "aquilo". Eu li o livro dele e não li nada que deixasse margens para duvidas. A parte que mais me chocou foi ele a dizer que caso a criança vomitasse era de propósito e que se devia limpar tudo e continuar com o método. Quem ficou com vómitos fui eu!

É por isso que costumo dizer que esses "peritos" são todos uns frustrados que provavelmente não tiveram uma mãe carinhosa e atenciosa e agora querem criar uma série de outras pessoas frustradas começando pela infância.

Acho que o melhor que podemos ter é cérebro para pensarmos por nós mesmas e o coração para seguirmos o nosso isntinto e não ter de depender e seguir fórmulas "chapa 9" dum estranho qualquer.

E não é curioso que estes "peritos" são quase todos homens e não fazem a mínima idéia do que é sentir instinto de mãe e vêm com uma arrogância enorme dizer às mães para o ignorarem? Estes mereciam era estar no desemprego.

Sobre bluegirl

A minha estrelinha Matilde nasceu no dia 22 de Setembro de 2011 com 3240kg e 47,5cm. Amo-te mais que tudo na vida!

Madrinha e Afilhada da Bibiskinha

http://socoisasgratis.blogspot.pt/

tarouca -
Offline
Desde 15 Nov 2011

Pois...
Um bebe nao tem manhas. Se precisam de nòs para tudo, porque é que nao podem precisar de nós para adormecerem?
Eu tenho duas filhas, a mais velha tem 10 anos e a mais nova tem 21 meses e nunca deixei chorar para dormir.
A mais velha dormiu na nossa cama até aos 4 anos justamente por isso. Ouvia poucas e boas à conta disso, mas quem sabe da minha vida sou eu e, seja por isso ou nao, sempre dormiu e dorme muito bem (agora na cama dela).
Quanto à mais nova ainda só adormece na mama, mas para mim é melhor passar 10 ou 15 minutos a adormece-la do que ouvi-la berrar 1 ou 2 horas.
Quando ela era pequenina uma vizinha emprestou-me o livro do Estivil, li umas pàginas, mas quando cheguei à parte em que havia um quadro com horàrios estrictos para comer, para deitar e até para dormir a sesta, fechei o livro.
Cada pessoa faz como entende que deve fazer, (afinal vivemos em democracia), mas para mim é uma coisa que nao faz sentido.

Dolls -
Offline
Desde 26 Maio 2009

Gostei muito de ler e quero acompanhar!
Cá em casa não se aplicam métodos para nada! Vale o instinto da mãe e do pai e até agora tem corrido bem Sorriso
Temos em casa uma princesa saudável e feliz e que regra geral se porta bem.

Bjs

Sobre Dolls

Mãe de um anjo que partiu cedo demais! Morte Fetal in utero às 39 semanas e 3 dias Coração despedaçado Coração despedaçado

Apaixonado Apaixonado Apaixonado A Princesa chegou 28/05/2010 Apaixonado Apaixonado Apaixonado

anocas9 -
Offline
Desde 30 Maio 2012

gostei muito e concordo completamente!! também acho um crime deixar a criança a chorar na cama, apesar de achar que muitas mães o fazem por estar em desespero, também eu já o pensei num momento desses mas nunca tive coragem de o fazer prefiro adormece-la ao colo com ela a lutar para não dormir e eu ficar super cansada..há crianças muito dificeis para adormcer ( como a minha =P) e que as vezes nem ao colo adormecem bem ( como a minha )lutam completamente contra o sono e chega-se a um ponto de loucura e desepero mas concordo perfeitamente que se deve encontrar alternativas e a minha esperança é que a minha com o crescimento mude senão fico doida lol mas deixar a chorar é impensável!!!

Sobre anocas9

3 de Outubro de 2011 nasceu a minha princesinha!

Luabranca -
Offline
Desde 09 Ago 2009

bluegirl escreveu:
Luabranca escreveu:
Já ouvi alguém dizer o mesmo: que Estivill veio a publico afirmar que ele não queria dizer "aquilo". Eu li o livro dele e não li nada que deixasse margens para duvidas. A parte que mais me chocou foi ele a dizer que caso a criança vomitasse era de propósito e que se devia limpar tudo e continuar com o método. Quem ficou com vómitos fui eu!

É por isso que costumo dizer que esses "peritos" são todos uns frustrados que provavelmente não tiveram uma mãe carinhosa e atenciosa e agora querem criar uma série de outras pessoas frustradas começando pela infância.

Acho que o melhor que podemos ter é cérebro para pensarmos por nós mesmas e o coração para seguirmos o nosso isntinto e não ter de depender e seguir fórmulas "chapa 9" dum estranho qualquer.

E não é curioso que estes "peritos" são quase todos homens e não fazem a mínima idéia do que é sentir instinto de mãe e vêm com uma arrogância enorme dizer às mães para o ignorarem? Estes mereciam era estar no desemprego.

Li num sítio qualquer uma coisa engraçada ; nas culturas onde os entendidos em bebés são mulheres imperam os valores femininos - carinho, aconchego, sensibilidade, intuição, emoção- e aí é impensável treinar uma criança para dormir, não dar colo ou mamar para acalmar. Na nossa cultura os entendidos em crianças a determinada altura começaram a ser os homens e os valores masculinos estabeleceram-se no mundo da puericultura - independência, eficácia, lógica. E isso éxplica muita coisa, não é?

Sobre Luabranca

Bjs

bluegirl -
Offline
Desde 17 Jan 2011

Luabranca escreveu:
bluegirl escreveu:
Luabranca escreveu:
Já ouvi alguém dizer o mesmo: que Estivill veio a publico afirmar que ele não queria dizer "aquilo". Eu li o livro dele e não li nada que deixasse margens para duvidas. A parte que mais me chocou foi ele a dizer que caso a criança vomitasse era de propósito e que se devia limpar tudo e continuar com o método. Quem ficou com vómitos fui eu!

É por isso que costumo dizer que esses "peritos" são todos uns frustrados que provavelmente não tiveram uma mãe carinhosa e atenciosa e agora querem criar uma série de outras pessoas frustradas começando pela infância.

Acho que o melhor que podemos ter é cérebro para pensarmos por nós mesmas e o coração para seguirmos o nosso isntinto e não ter de depender e seguir fórmulas "chapa 9" dum estranho qualquer.

E não é curioso que estes "peritos" são quase todos homens e não fazem a mínima idéia do que é sentir instinto de mãe e vêm com uma arrogância enorme dizer às mães para o ignorarem? Estes mereciam era estar no desemprego.

Li num sítio qualquer uma coisa engraçada ; nas culturas onde os entendidos em bebés são mulheres imperam os valores femininos - carinho, aconchego, sensibilidade, intuição, emoção- e aí é impensável treinar uma criança para dormir, não dar colo ou mamar para acalmar. Na nossa cultura os entendidos em crianças a determinada altura começaram a ser os homens e os valores masculinos estabeleceram-se no mundo da puericultura - independência, eficácia, lógica. E isso éxplica muita coisa, não é?

Oh se explica! Piscar o olho

Sobre bluegirl

A minha estrelinha Matilde nasceu no dia 22 de Setembro de 2011 com 3240kg e 47,5cm. Amo-te mais que tudo na vida!

Madrinha e Afilhada da Bibiskinha

http://socoisasgratis.blogspot.pt/

CRita -
Offline
Desde 27 Set 2011

Gostei do que li, cá em casa também não deixo o meu filho chorar, pois ele não tem manhas, até porque já teve a sua doze de sofrimento inamaginavel!
Dou.lhe imenso colo, adormeço ao colo, ou na minha cama e passo para a dele, e isto não é por sistema, porque as vezes ele adormece directamente na dele feliz e contente!

Obviamente ouço algumas criticas de que o ando a habituar mal, que eles são manhosos, poupem.me.... tudo tretas eu não consigo perceber mães que deixam os bebes chorar para pseudo educar, lhes viram as costas pq eles tem de saber estar sozinhos na cama.
Alguma vez um bebé tem capacidade para gerir estas coisas?!
Eles não falam logo se choram é algo, fome, frio, dor, desconforto, querer companhia, querer o nosso colo, bolas foram 9 meses a viver dentro de nós, no meu caso 6 e meio.
É cansativo pois as vezes pode ser, mas ser mãe não é so por roupas giras e mostra.lo aos amigos é muito mais ui muito mais Sorriso
Como disse uma mãe é a pura das verdades, se fosse o namorado a amiga a chorar dao todo o apoio e mimo, os bebes que se acalmem sozinhos, não sabem é que acalmam pq o sistema tem de desligar a um certo ponto, ja uma x disse isso aqui e claro foi considerada maluca....

beijinhos a todas Piscar o olho

petitefleur -
Offline
Desde 28 Set 2010

Olha, não concordo com tudo o que disseste. Na minha opinião os bebés funcionam por instinto até um certo ponto. Eles começam a tomar consciência de si mesmos e do mundo que os rodeia, logo desde que estão nas barrigas das mães (como é lógico, de forma gradual). Eles vão aprendendo como viver no mundo em que estão e com as pessoas que os rodeiam, e isto não é ser adulto, acontece mesmo desde muito pequeninos. Se eu acho isso mal? Claro que não. Ainda bem que acontece!
Agora as manhas: quando eu falo em manhas, falo no bom sentido e não de forma prejurativa. Mas lá que os bebés aprendem a conseguir o que querem, lá isso é verdade, e também as formas de o conseguir. E isso não tem nada de mal, antes pelo contrário, só tem de bem e denota capacidade de sobrevivência e inteligência. Os bebés já têm personalidade desde que nascem, esta é a minha opinião, que logicamente se vai desenvolvendo à medida que vão crescendo e recolhendo experiências.
Posso dar-te um exemplo que se passou há bem pouco tempo: estava com o bebé de uma amiga ao colo, que nem 2 meses tem. Este bebé adora estar ao colo (e nós adoramos tê-lo ao colo Sorriso ). Mas não é só, quando eu me sentava com ele ao colo, passado pouco tempo começava a fazer beicinho e depois a chorar caso eu não reagisse ao beicinho. Ora, o que ele queria era que eu caminhasse. Assim que começava a andar calava-se logo. Experimentei até parar quieta em pé e ele voltava a fazer o mesmo. Comigo a andar até sorria!! Acho realmente surpreendente esta capacidade e inteligência de um bebé tão pequeno, e era a isto, e apenas isto, que eu estava a chamar manha.

bjs

Positivo a 13 de Março!!
DPP - 15 de Nov Sorriso
A minha maior maravilha nasceu no dia 31 de Outubro de 2012!!

bluegirl -
Offline
Desde 17 Jan 2011

petitefleur escreveu:
Olha, não concordo com tudo o que disseste. Na minha opinião os bebés funcionam por instinto até um certo ponto. Eles começam a tomar consciência de si mesmos e do mundo que os rodeia, logo desde que estão nas barrigas das mães (como é lógico, de forma gradual). Eles vão aprendendo como viver no mundo em que estão e com as pessoas que os rodeiam, e isto não é ser adulto, acontece mesmo desde muito pequeninos. Se eu acho isso mal? Claro que não. Ainda bem que acontece!
Agora as manhas: quando eu falo em manhas, falo no bom sentido e não de forma prejurativa. Mas lá que os bebés aprendem a conseguir o que querem, lá isso é verdade, e também as formas de o conseguir. E isso não tem nada de mal, antes pelo contrário, só tem de bem e denota capacidade de sobrevivência e inteligência. Os bebés já têm personalidade desde que nascem, esta é a minha opinião, que logicamente se vai desenvolvendo à medida que vão crescendo e recolhendo experiências.
Posso dar-te um exemplo que se passou há bem pouco tempo: estava com o bebé de uma amiga ao colo, que nem 2 meses tem. Este bebé adora estar ao colo (e nós adoramos tê-lo ao colo Sorriso ). Mas não é só, quando eu me sentava com ele ao colo, passado pouco tempo começava a fazer beicinho e depois a chorar caso eu não reagisse ao beicinho. Ora, o que ele queria era que eu caminhasse. Assim que começava a andar calava-se logo. Experimentei até parar quieta em pé e ele voltava a fazer o mesmo. Comigo a andar até sorria!! Acho realmente surpreendente esta capacidade e inteligência de um bebé tão pequeno, e era a isto, e apenas isto, que eu estava a chamar manha.

bjs

Até cerca dos 8 meses os bebés pensam que eles e a mãe são um só. Não têm consciência de que são uma pessoa separada. Por volta dos 8 meses começam a ter essa consciência (uns bebés mais cedo, outros mais tarde) e vem a chamada "ansiedade de separação", em que percebem que são uma pessoa separada da mãe e quando esta sai-lhes da vista, ficam desesperados. A minha bebé está nesta fase e até tomar banho com ela na casa-de-banho o faço neste momento! Espertalhão

Isto para dizer que os bebés não têm consciência da sua identidade própria até esta fase, portanto é muito estranho acharmos que nos manipulam ou têm manhas. Agora acredito que já manifestem a sua personalidade desde cedo, mesmo que não se apercebam.

É só porque o termo "manhas" até parece que o bebé as tem de propósito ou com consciência, quando os bebés funcionam apenas e 100% por puro instinto.

Manhas têm mas é os adultos, isso sim! Piscar o olho

Sobre bluegirl

A minha estrelinha Matilde nasceu no dia 22 de Setembro de 2011 com 3240kg e 47,5cm. Amo-te mais que tudo na vida!

Madrinha e Afilhada da Bibiskinha

http://socoisasgratis.blogspot.pt/

Outros tópicos relacionados

LA
Ola mamãs... A minha filha com 2meses e 5 Dias so bebe 90 ml de LA e as vezes 60...Quando era mais nova chegou me a beber 120 ml.. Não sei porque ela agora não passa dos 90...e ja mudei de leite três vezes e va la com este que ela ta agora ela bebe...
Enjoo o leite
Boas tardes mamas. Tenho uma bebe de 6 meses e 11 dias q sempre teve um problema com o leite. Ela agora ignora o leite . Bebe dois a três biberões por dia e mal.... Nao sei o que fazer, gostaria que ela bebesse leitinho ao lanche e de vez en quando...
Alguém a tomar o medicamento ovestrion em bisnaga?
Ola meninas. Bem este mes para além do dufine vou começar a colocar uma bisnaga na vagina q se chama ovestrion. Componentes estriol. Alguém já fez esse tratamento e deu resultados? Beijinho
cólicas fortes só durante a noite ? alguem aqui..
Ola meninas. Ah alguns dias tenho tido fortes colicas menstruais mas so durante a noite. durante o dia eh so uma pontada de vez em quando nada de mais ! Á noite éque é demais, levanto me para ver se faco coco mas nada, acho que ate prisao de ventre...
movimentos constantes em baixo
tenho uma duvida...a minha bebe mexe muito e por toda a barriga mas todos os dias sinto durante algum tempo uns movimentos repetidos sempre na mesme zona que é em baixo..é uma sensacao esquesita parece um musculo a saltar...e ontem por exemplo...
A EXTEROGESTAÇAO
A teoria da exterogestação diz que os bebês humanos nascem ainda muito prematuros e por isso, seus 3 primeiros meses depois de nascidos, seriam o quarto trimestre da gestação. Nesse período o bebê precisa de condições especiais para adaptar-se...

Votação

Qual destas bebidas consome no dia-a-dia?