Alargamento licença e entidade patronal | De Mãe para Mãe

Alargamento licença e entidade patronal

Responda
19 mensagens
FilipaMG -
Offline
Desde 22 Nov 2019

Boa tarde,

Estou de licença parental a minha bebé faz hoje três meses. Inicialmente pedi os 120 dias mas neste momento quero alterar para 150 de modo a conseguir ficar com ela seis meses pela amamentação exclusiva e claro porque quero passar mais tempo. Já liguei para a ss disseram que é só alterar e comunicar à entidade patronal. O problema é que eu liguei a informar que estava a pensar alterar para perceber qual a receptividade e a resposta que obtive foi que causava constrangimento. A questão é que eu estou numa luta interna porque quero muito ficar mas tenho medo de ficar com a mancha. Estou a pensar afirmar que vou alterar e pronto é um direito e nunca mais vou poder ter esse tempo com a minha filha. Ando muito nervosa com isto e ela é que sofre.

Gostaria de saber se alguém já passou pelo mesmo. Beijinhos

MariaSofia60 -
Offline
Desde 18 Out 2018

Boa tarde mamã,

Pode fazer a alteração online e depois comunicar à entidade patronal, não tem de lhes pedir consentimento. Apenas informar. Óbvio que os incomoda e não gostam...por eles trabalhavamos no dia a seguir do parto. Enfim.
Confirme os direitos que tem após o seu regresso ao trabalho, a redução de horario para amamemtar/ aleitamento, ligue para a ACT ou agende que eles esclarecem tudo.
O tempo voa e nos primeiros meses são muito bebezinhos e dependentes de nós.
Não sei qual a sua situação laboral...mas fale com a ACT que a informa direitinho e qualquer problema eles podem intervir.
Beijinhos

MariaSofia60 -
Offline
Desde 18 Out 2018

Boa tarde mamã,

Pode fazer a alteração online e depois comunicar à entidade patronal, não tem de lhes pedir consentimento. Apenas informar. Óbvio que os incomoda e não gostam...por eles trabalhavamos no dia a seguir do parto. Enfim.
Confirme os direitos que tem após o seu regresso ao trabalho, a redução de horario para amamemtar/ aleitamento, ligue para a ACT ou agende que eles esclarecem tudo.
O tempo voa e nos primeiros meses são muito bebezinhos e dependentes de nós.
Não sei qual a sua situação laboral...mas fale com a ACT que a informa direitinho e qualquer problema eles podem intervir.
Beijinhos

soniamst -
Offline
Desde 22 Dez 2016

A decisão é apenas sua, só tem de lhes comunicar o que decidir.
Já agora 150 dias de licença são 5 meses e não 6, a menos que pretenda gozar férias a seguir à licença mas creio que tem de ter o aval da entidade empregadora.

FilipaMG -
Offline
Desde 22 Nov 2019

MariaSofia60 escreveu:
Boa tarde mamã,
Pode fazer a alteração online e depois comunicar à entidade patronal, não tem de lhes pedir consentimento. Apenas informar. Óbvio que os incomoda e não gostam...por eles trabalhavamos no dia a seguir do parto. Enfim.
Confirme os direitos que tem após o seu regresso ao trabalho, a redução de horario para amamemtar/ aleitamento, ligue para a ACT ou agende que eles esclarecem tudo.
O tempo voa e nos primeiros meses são muito bebezinhos e dependentes de nós.
Não sei qual a sua situação laboral...mas fale com a ACT que a informa direitinho e qualquer problema eles podem intervir.
Beijinhos

Sim já liguei e eles disseram exatamente isso. Eu falei para não parecer tão mal. Mas já estou arrependida. Está semana vamos falar melhor e vou tomar a decisão de alterar. Não consigo pensar que podia aproveitar e não aproveitei. Tenho é um pouco de receio da atitude. Só trabalho eu e ele é um pouco difícil não queria conflitos.

Clara 🤰 -
Offline
Desde 05 Mar 2019

Nem penses duas vezes, tira e não te preocupes com as mas caras..eu estive no mesmo dilema que tu!!
A empresa só pensa nos €€ de resto mais nada.

Joana123 -
Offline
Desde 31 Maio 2016

O que fiz na minha segunda gravidez (vale o que vale, mas fica a sugestão) foi avisar logo ainda na gravidez que ia tirar licença alargada e ia ficar fora x tempo. Fiquei de baixa em Junho por gravidez de alto risco, a minha filha ia nascer em Novembro e no trabalho avisei logo que só regressava em Setembro do ano seguinte. Obviamente que houve quem torcesse o nariz, mas tiveram muito tempo para se mentalizarem Sorriso

FilipaMG -
Offline
Desde 22 Nov 2019

soniamst escreveu:
A decisão é apenas sua, só tem de lhes comunicar o que decidir.
Já agora 150 dias de licença são 5 meses e não 6, a menos que pretenda gozar férias a seguir à licença mas creio que tem de ter o aval da entidade empregadora.

Eu sei mas a partida dá tenho 32 dias de férias que já tínhamos acordado em tirar. Caso haja problema tenho sempre a possibilidade de escolher 11 e como o pai fica os 30 dias ela pode ficar connosco até aos seis meses

FilipaMG -
Offline
Desde 22 Nov 2019

Clara 🤰 escreveu:
Nem penses duas vezes, tira e não te preocupes com as mas caras..eu estive no mesmo dilema que tu!!
A empresa só pensa nos €€ de resto mais nada.

Só espero que não haja stresses mas vou avançar

FilipaMG -
Offline
Desde 22 Nov 2019

Joana123 escreveu:
O que fiz na minha segunda gravidez (vale o que vale, mas fica a sugestão) foi avisar logo ainda na gravidez que ia tirar licença alargada e ia ficar fora x tempo. Fiquei de baixa em Junho por gravidez de alto risco, a minha filha ia nascer em Novembro e no trabalho avisei logo que só regressava em Setembro do ano seguinte. Obviamente que houve quem torcesse o nariz, mas tiveram muito tempo para se mentalizarem

Eu pensei que não ia sentir esta necessidade de ficar mas agora sinto mesmo

Clara 🤰 -
Offline
Desde 05 Mar 2019

FilipaMG escreveu:

Clara 🤰 escreveu:Nem penses duas vezes, tira e não te preocupes com as mas caras..eu estive no mesmo dilema que tu!!
A empresa só pensa nos €€ de resto mais nada.

Só espero que não haja stresses mas vou avançar

Força Filipa 😊
Não te vais arrepender..

MariaRS27 -
Offline
Desde 07 Maio 2018

Eu decidi durante a licença que ia fazer a alargada. Tb so durante a licença senti essa necessidade. É claro que quando a decisão se aproximou fiquei um pouco ansiosa, mas alterei e comuniquei e foi um alívio tao grande e no fim da licença estava ansiosa por voltar, acho que é o melhor sentimento que se pode desejar 😁 depois de mim, já ouvi várias colegas dizerem que da próxima vão alargar ... todas sentimos mt pressão mas a verdade é q nós impomos mt essa pressão a nós próprias! De fazer o q é suposto ... Isto é uma daquelas coisas que da mt celeuma na altura mas passado uns tempos já ninguém se lembra, ngm nós agradece de voltarmos mais cedo (era a nossa obrigação) e o tempo com os nossos miúdos é impagável !! Força!

Gabri -
Offline
Desde 24 Abr 2010

É óbvio que preferimos sempre que haja sempre acordo entre o nosso desejo é a empresa mas se não houver temos pena! Eu fiquei de baixa às 8 semanas em abril de 2019 e só regressei ao trabalho em julho deste ano e só não regressei em agosto por causa da pandemia, tiveram que atrasar as férias de todos e então pediram para não gozar as férias de inverno deste ano e para gozar as de verão mais tarde. Não me fez grande diferença até porque a bebé já tinha 9 meses mas é sempre bom estarmos numa empresa que se preocupa. Quando fiquei de baixa a gerente disse logo que nem pensasse em voltar até a bebé nascer que já estava a tratar de tudo para me substituir, que não me preocupasse com nada. No final da licença parental decidi tirar a licença alargada tinha que avisar com 30 dias de antecedência, avisei com 27, podiam recusar (já ia fora do prazo) mas ninguém se opôs. Quando regressei, ou melhor antes de regressar, pedi para reduzir o horário e foi aceite em 2 semanas. Mesmo agora nestes 2 dias em que as escolas estão fechadas tudo se arranjou para não ter de faltar nem tirar férias do ano que vem. Felizmente ainda há empregos onde trabalhamos com pessoas que se preocupam e tentam ajustar as necessidades deles com as nossas.

FilipaMG -
Offline
Desde 22 Nov 2019

MariaRS27 escreveu:
Eu decidi durante a licença que ia fazer a alargada. Tb so durante a licença senti essa necessidade. É claro que quando a decisão se aproximou fiquei um pouco ansiosa, mas alterei e comuniquei e foi um alívio tao grande e no fim da licença estava ansiosa por voltar, acho que é o melhor sentimento que se pode desejar 😁 depois de mim, já ouvi várias colegas dizerem que da próxima vão alargar ... todas sentimos mt pressão mas a verdade é q nós impomos mt essa pressão a nós próprias! De fazer o q é suposto ... Isto é uma daquelas coisas que da mt celeuma na altura mas passado uns tempos já ninguém se lembra, ngm nós agradece de voltarmos mais cedo (era a nossa obrigação) e o tempo com os nossos miúdos é impagável !! Força!

Tebs razão. Já fiz a alteração. Sei que não foi bem do agrado mas temos pena.
Só não tiro a alargada porque o orçamento fica curto...
Mas tbm só senti esta necessidade agora porque no inicio não pensei bem

FilipaMG -
Offline
Desde 22 Nov 2019

Gabri escreveu:
É óbvio que preferimos sempre que haja sempre acordo entre o nosso desejo é a empresa mas se não houver temos pena! Eu fiquei de baixa às 8 semanas em abril de 2019 e só regressei ao trabalho em julho deste ano e só não regressei em agosto por causa da pandemia, tiveram que atrasar as férias de todos e então pediram para não gozar as férias de inverno deste ano e para gozar as de verão mais tarde. Não me fez grande diferença até porque a bebé já tinha 9 meses mas é sempre bom estarmos numa empresa que se preocupa. Quando fiquei de baixa a gerente disse logo que nem pensasse em voltar até a bebé nascer que já estava a tratar de tudo para me substituir, que não me preocupasse com nada. No final da licença parental decidi tirar a licença alargada tinha que avisar com 30 dias de antecedência, avisei com 27, podiam recusar (já ia fora do prazo) mas ninguém se opôs. Quando regressei, ou melhor antes de regressar, pedi para reduzir o horário e foi aceite em 2 semanas. Mesmo agora nestes 2 dias em que as escolas estão fechadas tudo se arranjou para não ter de faltar nem tirar férias do ano que vem. Felizmente ainda há empregos onde trabalhamos com pessoas que se preocupam e tentam ajustar as necessidades deles com as nossas.

Que bom. Eu ali não tenho razão de queixa tbm. Mas é uma empresa só dele e eu. Estamos em fase de expansão e não é fácil mas eu tenho de aproveitar agora depois acabou

Ansha -
Offline
Desde 13 Abr 2016

Acho mesmo que deves aproveitar. São tempo que não voltam. E é como a Maria disse, passado algum tempo ninguém mais se lembra .... já vi mts grávidas irem e virem nos vários sítios onde trabalho, e tudo passa, por isso, nada vale o esforço de não ficarmos mais tempo em casa com o nosso bebé, se essa for a vontade da mãe

CatiaS_S -
Online
Desde 30 Set 2016

Esperem, mas mudaram de 120+30 para 150+30? Pensei que isso não fosse possível. Aliás, conheço alguém que tinha pedido os 120 dias e depois quis alargar, e teve de pôr um mês a 25% da licença alargada 😱

MariaRS27 -
Offline
Desde 07 Maio 2018

Isso não sei, talvez não sendo partilhado seja possivel mudar. Se não me engano era isso que tinha q se escolher à partida. No meu caso, ficou logo decidido que era só eu pq em termos profissionais não faria sentido trabalhar um mês e depois regressar a casa para a alargar por isso, para infelicidade do pai, ficou logo decidido q seria só eu E depois se decidia o tempo total 😕 depois só alarguei. disseram me que era possível até ao fim mas para fazer c um mês de antecedência para não haver problemas. a linha da SS na altura dava um grande apoio, eram mesmo simpáticos, mas com isto tudo agr não deve ser fácil contactar

FilipaMG -
Offline
Desde 22 Nov 2019

CatiaS_S escreveu:
Esperem, mas mudaram de 120+30 para 150+30? Pensei que isso não fosse possível. Aliás, conheço alguém que tinha pedido os 120 dias e depois quis alargar, e teve de pôr um mês a 25% da licença alargada 😱

Olá sim eu pedi a partilhada ou seja alterei de 120+30 para 150+30... Fui diretamente à ss e mandaram me preencher um novo requerimento. Disseram não haver problema nenhum depois no ultimo mês recebo é só 3% visto ter estado a receber 100

Outros tópicos relacionados

Bebegel em recem nascido
Olá mamãs Estou a começar a desesperar,o meu bebé tem 3 semanas, está a beber suplemento e nunca tinha tido cólicas. Esta noite foi terrível porque não faz cocó há 2 dias e meio. Ajudei-o com o termómetro,com o cotonete,estimulei com um toalhete,...
Não faz cocó
Olá mamãs, Estou a desesperar! O meu príncipe há 5 dias que não faz cocó. Ele nunca fez todos os dias,mas amor fez dia sim dia não,de 2 em 2 dias... Ontem pus-lhe um bebegel e não fez nada, nem o vi a fazer força para tentar fazer. Já aconteceu com...
Recém nascido muito assado
Olá mamãs Tenho uma bebé com 1 mês que está super assada e já não sei o que fazer. Só uso compressas com água,já usei bepanthene, Mytosil, uriage... Ela faz 4/5 cocós por dia o que também não ajuda. Às vezes parece que fica melhor,mas de repente vem...
Cocó esverdeado
Ola mamãs Ontem à noite quando mudei a fralda ao meu bebé ele tinha um bocadinho de cocó,não era muito, e era esverdeado. É normal?" Ele só bebé suplemento. Será que é motivo para preocupação?
Bebé tem muitos gases e cólicas
Olá mamãs Ando a desesperar com as cólicas da minha bebé. Ela bebé LM e LA Nan Optipro 1. Acontece que ela engole imenso ar a mamar e a beber o biberon, na sequência disposto tem imensos gases. Faz cocó sem dificuldade,mas tem imensas cólicas devido...
Engole muito ar = cólicas
Olá mamãs Já não sei o que fazer. A minha bebé tem 15 dias e está sempre cheia de soluços. O pediatra até aconselhou ela não mamar só de um peito para não ter de fazer tanta força, então dou metade de um lado e o resto do outro e de facto tem tido...

Votação

Qual destas bebidas consome no dia-a-dia?