Adoção de filho de cônjuge | De Mãe para Mãe

Adoção de filho de cônjuge

Responda
5 mensagens
lillymacedo -
Offline
Desde 11 Dez 2013

Decidi criar este tópico porque o meu companheiro quer adotar o meu filho, já que o pai biológico nunca quis saber dele. Gostaria de saber o que é preciso. Foi me dito que irei precisar do consentimento do pai biológico. Se isso for necessário então nunca vai ser possível o meu companheiro adotar o meu filho.
Meu filho tem 8 anos. Já vivo com o meu companheiro há 6 anos. É a ele que o meu filho chama de pai e está constantemente a perguntar porque não pode ter o mesmo nome que o pai tem( padrasto) e que o irmão tem.
Alguém me pode informar o que é preciso?

Videl86 -
Offline
Desde 18 Jul 2014

Tem de se dirigir ao departamento de adoções da sua área de residência, isso é diferente dependendo da área geográfica em que reside, no Porto por exemplo é o departamento da segurança social da Rua António Patrício. Vão entregar-lhe um formulário genérico de adoção, muitas das questões nem se vão aplicar, mas vão ter de preencher assim mesmo. Em relação ao consentimento do pai biológico, no meu caso foi diferente porque a minha esposa adotou o nosso filho por formalidade, já que somos um casal do mesmo sexo e os meus filhos não têm pai (foram gerados por pma), mas a senhora da segurança social que falou comigo na altura (há um ano) disse-me que agora as coisas são mais simples e nem sempre é preciso autorização do pai biológico, por isso fale com elas, explique a situação, eles fazem o que é melhor para a criança, não havendo mesmo relação entre o seu filho e o pai biológico eu não acho que seja obrigatório ele autorizar Piscar o olho

Sobre Videl86

08 de dezembro de 2014 <3 49,5 cm e 2,920 de amor e doçura <3
13 de dezembro de 2017 <3 47 cm e 2,815 de fofurice e amor <3

lillymacedo -
Offline
Desde 11 Dez 2013

Videl86 escreveu:
Tem de se dirigir ao departamento de adoções da sua área de residência, isso é diferente dependendo da área geográfica em que reside, no Porto por exemplo é o departamento da segurança social da Rua António Patrício. Vão entregar-lhe um formulário genérico de adoção, muitas das questões nem se vão aplicar, mas vão ter de preencher assim mesmo. Em relação ao consentimento do pai biológico, no meu caso foi diferente porque a minha esposa adotou o nosso filho por formalidade, já que somos um casal do mesmo sexo e os meus filhos não têm pai (foram gerados por pma), mas a senhora da segurança social que falou comigo na altura (há um ano) disse-me que agora as coisas são mais simples e nem sempre é preciso autorização do pai biológico, por isso fale com elas, explique a situação, eles fazem o que é melhor para a criança, não havendo mesmo relação entre o seu filho e o pai biológico eu não acho que seja obrigatório ele autorizar

Muito obrigada pela resposta.
Vou me então informar melhor, pois o meu medo era mesmo ter ir a procura do pai biológico... Não ia dar em nada.
Há 7 anos que não o vê. Nem nunca ajudou em nada, só ser pai no papel acho que não faz sentido.
Demorou muito o seu processo?

Videl86 -
Offline
Desde 18 Jul 2014

Não, preenchemos todos os papéis e entregamos tudo em abril de 2017 e a minha esposa conseguiu adotar o nosso filho oficialmente em setembro de 2017, mas no nosso caso foi tudo muito simples porque no fundo o tribunal só foi reconhecer a situação que já existia e não é como se houvesse um pai, ou seja nem sequer tinha de terminar direitos parentais de ninguém. No entanto os processos de adoção do filho do cônjuge geralmente são rápidos. Não se esqueça é que a segurança social vai "intrometer-se" na vossa vida, vão fazer entrevistas ao seu marido e ao seu filho, vão fazer visitas a vossa casa, etc. Ah, pelo que entendi nos casos como o seu quem entra em contacto com o pai biológico é a segurança social ou o tribunal, e se ele não responder eles avançam com o processo Piscar o olho

Sobre Videl86

08 de dezembro de 2014 <3 49,5 cm e 2,920 de amor e doçura <3
13 de dezembro de 2017 <3 47 cm e 2,815 de fofurice e amor <3

Susana Malheiro -
Offline
Desde 25 Fev 2019

Olá, boa tarde.
Percebi aqui no fórum que passaste por um processo de adoção por cônjuge e, ao que me pareceu, foi bastante célere e 'indolor'.
O meu marido está agora em processo de adoção da minha filha e tem sido, no mínimo, bastante desagradável porque as técnicas da segurança social que nos acompanharam foram horríveis. Confesso que foi uma dor de alma não ter sucumbido à honestidade e ter-lhes dito tudo o que mereciam. Com dor e humilhação essa fase passou, e temos agora o relatório pronto e já entregue com o requerimento no tribunal de família do Porto. Apesar do relatório ser completamente enviesado não deixa de ser um relatório favorável, creio eu! A minha questão está ligada com o tempo que este processo pode demorar em tribunal. No meu caso, o pai biológico da minha filha já faleceu, não há portanto esse entrave ou pedido de consentimento. Será que me podes dar uma ideia do tempo que o tribunal de família demora a digerir estes assuntos?
Muito obrigada,
Susana

Outros tópicos relacionados

Diarreia na gravidez...?
Bom dia! Estou actualmente de 35 semanas, perdi o rolhão mucoso há 2 semanas e desde então estou de repouso, porque também tenho o colo do útero curto. Enfim, nisto estou a tentar aguentar este bebé o mais tempo possível e tem estado a correr bem,...
Para quem está ou esteve de repouso
Bom dia a todas. Estou de repouso por ter perdido o rolhão mucoso às 33 semanas e por na eco termos avaliado um colo do útero um pouco curto e mole. Na altura, o OB falou-me em repouso durante 2/3 semanas, esta semana tenho consulta e estou com...
O meu parto - indução
Boa tarde. Quase 2 semanas após ter sido mãe, venho deixar o relato do meu parto. Tinha indução agendada por conveniência (o meu OB estava de banco e já contava com 39 semanas, sendo que desde as 33 que estava em repouso por perda de rolhão mucoso...
Grávidas ou mamãs que estiveram de repouso
Olá a todas. Hoje tive consulta no GO e depois de termos falado da perda de rolhão esta semana (actualmente, é a 33ª semana de gestação), fizémos eco endovaginal e constatou-se que o colo do útero está ccurto (24mm) e a querer abrir. Risco de parto...
1º Gráfico de temperatura basal. Não entendo...
Bom dia a todas. Este é o primeiro mês que meço a temperatura basal, a medição tem sido feita oralmente. Mas apesar de esperar um ciclo longo (o último foi de 32 dias...), acho estranho não ter tido variações de temperatura que sugerissem a ovulação...
Gráfico de TB trifásico??
Olá a todas. Antes de mais, perdoem-me estar a criar propositadamente este tópico, mas tenho uma dúvida séria e já pedi ajuda noutros tópicos relacionados mas quem viu não deve ter sabido responder... Alguém sabe o que são gráficos de TB trifásicos...

Votação

Qual destas bebidas consome no dia-a-dia?