Açúcar em DEMASIA | De Mãe para Mãe

Açúcar em DEMASIA

Responda
10 mensagens
J92 -
Offline
Desde 27 Mar 2016

Boa noite
Eu preciso mesmo de desabafar . Ja que nao tenho solução a longo prazo para isto.
O meu filho anda no ore escolar e vou busca-lo às 15.30h e deixo-o em casa da minha mae onde ela e a minha tia olham por ele ate eu chegar do trabalho às 19h. Há 2 anos que luto contra a Grande quantidade que dao de doces ao menino. Ja cheguei ao ponto de pedir-lhes a chorar e bem que parassem de lhe dar tantos doces. Melhorou um tempo mas depois voltou tudo ao normal. Agora que as minhas irmãs estiveram de ferias e moram la contam-me as cenas que se passam e eu hoje cheguei ao limite da paciência. O meu filho nao pode estar lá mais por questões de saude. Como nao tenho soluções a longo prazo e vou ter que me desenrascar pra o deixar depois do infantário ate eu sair do trabalho pelo menos durante uns dias pra elas se aperceberem do mal que lhe estão a fazer, se alguma mae ja esteve numa situação parecida por favor contem como fizeram. Eu também nao quero de todo deixa-lo no prolongamento porque as crianças nao sao devidamente acompanhadas. E quando digo isto sei do que falo.
Obrigada

Mia. -
Offline
Desde 12 Set 2013

Não tens hipótese de outro familiar, uma ama, outro local de extensão de actividades ou até mesmo uma reformulação do teu horário?

ClaraMiguel -
Offline
Desde 03 Nov 2013

J92

Nem todos os avós ou outros familiares têm a capacidade de ser cuidadores. Muitas vezes são apenas óptimos avós e isso não tem qualquer problema, desde que realmente não se dependa deles para cuidar dos nossos filhos. Ser cuidador implica estabelecer regras, educar, ser firme e nem todos os avós têm perfil para isso ou sequer querem. Há avós que querem simplesmente ser...avós, para as brincadeiras e transgressões, sem o trabalho de educar e ter regras como tiveram de fazer enquanto eram pais.
Tenho casos assim na família, as crianças convivem com os avós, passam dias com eles de vez em quando, a relação é óptima e eles são mesmo bons avós mas enquanto cuidadores todos os dias, é apenas impossível e seria uma catástrofe.
Por isso, se é isso que sente em relação à sua mãe e à sua tia, talvez deva mesmo retirar-lhe desse papel de cuidadoras, arranjar outras soluções e deixá-las estar com o neto sem regras às vezes. Sorriso
Mas também deve fazer o exercício de analisar se o que realmente fazem é assim tão grave que seja melhor para a criança estar num prolongamento/ATL/ama/etc do que estar em casa com elas e ter atenção personalizada.

BiaC -
Offline
Desde 08 Jul 2012

Tente pesar os prós e os contras. O que irá ser mais afetado a saúde física, por comer muitos doces, a saúde mental, por perder essa relação diária com os avós e ficar ao cuidado de outros.
Não sei bem o que faria, mas começaria por ter uma conversa séria e explicar o que me passava pela cabeça e diria o que nos disse a nós: que pensa encontrar uma solução, porque eles não fazem um esforço para mudar esse comportamento.

Anete Silva -
Offline
Desde 06 Fev 2019

Olá, não podes deixar em alguns dias, tipo 2 ou 3 dias e nos outros arranjas outra solução?
Acho que assim conseguias melhorar a situação de comer muito açucar mas não limitavas totalmente o contacto com a família durante a semana.
Nos outros dias pensava numa babysitter, ATL ou se tivesses possibilidade sair mais cedo...
Com esta solução pelo menos nos dias que não ia aos avós não comia açucar em demasia e era uma forma de explicares que não ficava lá por essa razão.
Acrescento que acho de uma falta de respeito enorme uma mãe dizer que não querem que dêem tantos doces e darem na mesma, que coisa mais irritante!

Mama_Xana -
Offline
Desde 15 Maio 2012

ClaraMiguel escreveu:
J92
Nem todos os avós ou outros familiares têm a capacidade de ser cuidadores. Muitas vezes são apenas óptimos avós e isso não tem qualquer problema, desde que realmente não se dependa deles para cuidar dos nossos filhos. Ser cuidador implica estabelecer regras, educar, ser firme e nem todos os avós têm perfil para isso ou sequer querem. Há avós que querem simplesmente ser...avós, para as brincadeiras e transgressões, sem o trabalho de educar e ter regras como tiveram de fazer enquanto eram pais.
Tenho casos assim na família, as crianças convivem com os avós, passam dias com eles de vez em quando, a relação é óptima e eles são mesmo bons avós mas enquanto cuidadores todos os dias, é apenas impossível e seria uma catástrofe.
Por isso, se é isso que sente em relação à sua mãe e à sua tia, talvez deva mesmo retirar-lhe desse papel de cuidadoras, arranjar outras soluções e deixá-las estar com o neto sem regras às vezes.
Mas também deve fazer o exercício de analisar se o que realmente fazem é assim tão grave que seja melhor para a criança estar num prolongamento/ATL/ama/etc do que estar em casa com elas e ter atenção personalizada.

Completamente de acordo.
Se depois de analisar a situação e achar que o melhor para o seu filho é não passar esse tempo diário com as actuais cuidadoras, terá que procurar uma alternativa seja ATL, creche ou uma ama.
Deverá ser uma avó fantástica e como é obvio amar o neto, mas simplesmente não saber colocar regras e até educar como se pretende de um cuidador diário.

Marina4 -
Offline
Desde 15 Maio 2016

desculpem ser advogada do diabo, mas quando temos filhos, os nossos pais não têm "obrigação" de tomar conta dos nossos filhos. Não podemos organizar a nossa vida a contar com essa ajuda. Porque é uma ajuda, é um favor. E sim, há muitos avós que não conseguem seguir as regras dos pais das crianças....porque uma coisa é o fim de semana, as férias, outra coisa é aquela obrigação de todos os dias...
E imagine, até podia nem saber do que está a acontecer porque ninguém lhe contava. Imagino que neste caso, a criança fique sem fome para jantar como deve ser.
Como sabe, só lhe resta organizar-se, não percebi a idade da criança, mas olhe que os miúdos costumam gostar do ATL porque têm lá os amigos da escola.

fmmartins -
Offline
Desde 14 Dez 2016

Olá,
Tenha uma conversa séria com a sua mãe e tia e explique que essa quantidade de goluseimas não lhe faz bem à saúde e estraga os dentes do menino. Diga-lhes que não lhes quer retirar o menino mas que não lhe estão a dar alternativa com essa atitude. A minha irmã passou por uma situação idêntica com o meu sobrinho e infelizmente a bisavó (para bisavó ainda é
nova) só aprendeu a lição quando o miúdo começou a ter caries e andar constantemente no dentista. Hoje em dia já com cinco anos é ele próprio que diz não querer ficar com os dentes estragados. Boa sorte!

J92 -
Offline
Desde 27 Mar 2016

Marina4 eu nunca pedi aos avós e tia que ficassem com o meu filho
Elas é que se ofereceram.
E ja agora o meu filho tem 3 anos .
E em resposta ao apetite para o jantar, ele ja é dificil pra comer, e agora ja sei porque é que a casa vai abaixo quando é para comer a sopa e nunca quer comida. So me pede doces

guialmi -
Offline
Desde 13 Jul 2013

Penso que não tem outra solução senão falar com a sua mãe e dar-lhe a escolher: ou respeita as suas instruções ou deixa de ficar com o neto. Pode até, se acha que isso pode resultar, no início da semana estabelecer com ela os doces que o menino pode comer (pôr numa caixa as guloseimas permitidas) Se vê que nada resulta, não terá outro remédio senão encontrar um prolongamento ou ATL.

Outros tópicos relacionados

Mais um tópico sobre cólicas e Infacol...deixa de fazer efeito?
Olá amigas mamãs. Tenho uma bebecas de 2 meses só alimentada a LM que durante as primeiras 3 semanas não teve cólicas, depois lá apareceram as famigeradas! Primeiro experimentei o biogaia e nada, depois andei eu a aero-om e chá de funcho e nada, só...
Como colocar um bebé no baby cocque?!?!
Amigas mamãs, a minha pequena já tem quase 3 meses e pesa pouco mais de 6 kg. Tenho um trio da Chicco já antigo que comprei em 2ª mão. A minha questão é: como colocar o bebé lá de forma a que não fique toda torta? Quando vai a passear o ovo está...
Drenagem Linfática na zona da Maia
Olá mamãs. Pois é, precisava de fazer umas massagens para ver se me ajuda a perder a celulite e gostava de saber se alguma de vós conhece alguma sítio de confiança que oferecesse esses tratamentos, de preferência na zona da Maia/Porto. Algum...
Procuro Ama/Infantário para uma menina de 2 anos e meio na Maia
Olá a todas! Adoro este site e consulto-o montes de vezes para ver a vossa opinião, de todas as mamãs! A minha filha esteve com a avó mas por impossibilidade de doença agora gostaríamos de a colocar num infantário ou ama perto da Maia. Os meus...
Estimular o bebé em todos os cocós é normal???
Olá mamãs! Tenho uma bebé com 5 semanas e desde que começaram as malditas cólicas, ela não faz cocó sozinha! É alimentada a LM exclusivamente e faz cocó umas 4/5 vezes por dia. Sempre que chega a hora acorda, começa a contorcer- se toda, a chorar e...
Transporte de Crianças - Ermesinde/Alfena
Olá mamãs! Estou com um problema preocupante e precisa de ajuda e opiniões para solucionar este imbróglio. Tenho uma filha com 3 anos e os nossos horários vão até às 19.30/20.00h, vivemos na Maia mas trabalhamos em Santo Tirso e Famalicão por isso...

Votação

Qual destas bebidas consome no dia-a-dia?