Absolutamente desesperada 😞 | De Mãe para Mãe

Absolutamente desesperada 😞

Responda
24 mensagens
mcpimentel -
Offline
Desde 30 Dez 2017

Olá a todas!
Estou a escrever este post porque estou ABSOLUTAMENTE DESESPERADA e talvez alguma mamã por aqui tenha uma palavra de conforto. A minha bebé tem 8 meses e não dorme nada de nada. Passa a noite a acordar, às vezes de 5 em 5 minutos, é desesperante. Tem uma rotina muito fixa de jantar-banho-cama e deitamo-la sempre à mesma hora, mas as noites são sempre horríveis, sem excepção. Resultado: estou de rastos!! Ainda por cima, trabalho até muito tarde (cerca das 22h) e a bebé já anda na creche. Por isso, o tempo que eu estou com ela acaba por ser só de noite, não é tempo de qualidade. E porque é que eu estou desesperada?? Porque, a juntar a outros problemas que não têm nada a ver com a bebé, a falta de sono, o cansaço extremo, estão a deitar-me abaixo. Ando desmotivada, irritada, há dias em que nem me apetece estar com a minha filha 😞 E depois, a juntar a isso tudo, tenho um sentimento de culpa gigante por me sentir assim!
Ontem tive uma consulta na médica de família e ela disse-me que eu estava com depressão e recomendou-me que tomasse sertralina. Ainda não comecei a tomar, pois gostava de procurar uma segunda opinião.
Entretanto, senti que precisava de desabafar, daí este post tão longo... Se alguma mamã tiver passado pelo mesmo, ou tiver alguma palavra de conforto, é bem vinda. Mas não me julguem, por favor...
Ah, e antes que perguntem, o meu marido ajuda imenso com a bebé, tem sido incansável!

Ansha -
Offline
Desde 13 Abr 2016

Entre os 4 e os 8 meses do meu filho, já eu estava a trabalhar, ele acordava literalmente de hora a hora certinhas. Eu não dormi nada , pq dava mama qd ele acordava e depois com os nervos de saber q ele daí a meu hora acordava , já nem eu dormia! A partir dos 9 meses passou a ser de 2 em 2h depois de 3 em 3h e ainda hj acorda 1 a 2x de noite Triste
Percebo-a bem...
Em relação a vocês , talvez o problema seja mesmo a bébé não estar consigo tempo nenhum! E querer estar com a mãe na única hora em q ela está. Não consegue mudar esse horário? Acabar as 22h é terrível para que Tem filhos.
Tb me parece uma hora mt tardia para a bébé ir dormir. Acredite q Qt mais cedo eles se deitam melhor e mais dormem...
Ainda hj se deito o meu filho as 21h já sei q a noite vai ser melhor do q qd p deito as 22h por exemplo. E ag com este novo bébé tb anda a acontecer isto.
Outra coisa, se não conseguir mesmo mudar o seu horário , presumo q para acabar a essa hora tb entre mais tarde, não consegue estar com a bébé um pouco de manhã? Para terem mais qualidade de vida a duas? Pode ir pô-la mais tarde a escola...
É uma sugestão!
Força, não está sozinha!

mcpimentel -
Offline
Desde 30 Dez 2017

Ansha escreveu:
Entre os 4 e os 8 meses do meu filho, já eu estava a trabalhar, ele acordava literalmente de hora a hora certinhas. Eu não dormi nada , pq dava mama qd ele acordava e depois com os nervos de saber q ele daí a meu hora acordava , já nem eu dormia! A partir dos 9 meses passou a ser de 2 em 2h depois de 3 em 3h e ainda hj acorda 1 a 2x de noite
Percebo-a bem...
Em relação a vocês , talvez o problema seja mesmo a bébé não estar consigo tempo nenhum! E querer estar com a mãe na única hora em q ela está. Não consegue mudar esse horário? Acabar as 22h é terrível para que Tem filhos.
Tb me parece uma hora mt tardia para a bébé ir dormir. Acredite q Qt mais cedo eles se deitam melhor e mais dormem...
Ainda hj se deito o meu filho as 21h já sei q a noite vai ser melhor do q qd p deito as 22h por exemplo. E ag com este novo bébé tb anda a acontecer isto.
Outra coisa, se não conseguir mesmo mudar o seu horário , presumo q para acabar a essa hora tb entre mais tarde, não consegue estar com a bébé um pouco de manhã? Para terem mais qualidade de vida a duas? Pode ir pô-la mais tarde a escola...
É uma sugestão!
Força, não está sozinha!

Eu entro no trabalho, de facto, mais tarde. Mas nao encontrei nenhuma creche que aceitasse que a bebé fosse mais tarde. Dizem que perturba as rotinas. E eu acredito que assim seja. Já a deixo lá o mais tarde possível.
E a bebé deita-se sempre às 20h, o facto de eu sair mais tarde não influencia em nada, o pai faz a rotina toda com ela...

cepp -
Offline
Desde 30 Mar 2016

sei bem o que isso é mama, estou com você de á 6 meses para cá, e olhe que adormecemos o bebe conforme as regras, ando esgotada e a relação com meu marido esta a deteriorar-se dia para dia.
Tenho muito medo de como isto vai acabar!!!

BiaC -
Offline
Desde 08 Jul 2012

Podem recomendar entrar até determina hora, mas não me parece que a possam impedir de entrar à hora que queira. Não estou certa da legislação, mas não me parece que seja possível. A minha está na creche e as atividades iniciam às 9:30, mas quando estou livre ela vai às 10h, 10:30 até às 11h. Com um bebé de 8 meses é mais do que normal ficar consigo quando tiver essa possibilidade.
Veja como é o sono durante o dia, não está a dormir demasiado?! Se calhar pode necessitar de uma sesta menor, eles não podem dormir de dia e de noite.
Se dormir consigo dorme melhor? Neste momento pensem primeiro em descansar, depois nas "rotinas e pedagogias certas".

mcpimentel escreveu:

Ansha escreveu:Entre os 4 e os 8 meses do meu filho, já eu estava a trabalhar, ele acordava literalmente de hora a hora certinhas. Eu não dormi nada , pq dava mama qd ele acordava e depois com os nervos de saber q ele daí a meu hora acordava , já nem eu dormia! A partir dos 9 meses passou a ser de 2 em 2h depois de 3 em 3h e ainda hj acorda 1 a 2x de noite
Percebo-a bem...
Em relação a vocês , talvez o problema seja mesmo a bébé não estar consigo tempo nenhum! E querer estar com a mãe na única hora em q ela está. Não consegue mudar esse horário? Acabar as 22h é terrível para que Tem filhos.
Tb me parece uma hora mt tardia para a bébé ir dormir. Acredite q Qt mais cedo eles se deitam melhor e mais dormem...
Ainda hj se deito o meu filho as 21h já sei q a noite vai ser melhor do q qd p deito as 22h por exemplo. E ag com este novo bébé tb anda a acontecer isto.
Outra coisa, se não conseguir mesmo mudar o seu horário , presumo q para acabar a essa hora tb entre mais tarde, não consegue estar com a bébé um pouco de manhã? Para terem mais qualidade de vida a duas? Pode ir pô-la mais tarde a escola...
É uma sugestão!
Força, não está sozinha!

Eu entro no trabalho, de facto, mais tarde. Mas nao encontrei nenhuma creche que aceitasse que a bebé fosse mais tarde. Dizem que perturba as rotinas. E eu acredito que assim seja. Já a deixo lá o mais tarde possível.
E a bebé deita-se sempre às 20h, o facto de eu sair mais tarde não influencia em nada, o pai faz a rotina toda com ela...

BABY27 -
Offline
Desde 20 Mar 2011

Acho que a tua médica tem razão...estás a ficar numa situação de desespero o que não é bom para ti e para o bebé. Sem querer podes estar a transmitir sentimentos de ansiedade ao bebé o que faz que ele fique mais agitado. Eu seguiria o conselho da médica e tomaria a sertralina. Eu propria na.minha anterior gravidez tomei antes, durante e após o parto. As pessoas por veves ficam relutantes ao em tomar medicação para a saude mental, mas a saude mental também faz parte do nosso corpo, como há pessoas que tomam para os diabetes, tensão arterial e coração. O que interessa neste momento é o teu bem estar, para conseguires atingir um equilibrio que te permita ter mais serenidade e transmitir também essa serenidade.
Quanto ao bebé vais ver que pouco a pouco a situação vai melhorar...talvez possas falar na creche para encurtarem o período de sono durante o dia, de modo a que na noite possa descansar melhor.
Um beijinho.

Sobre BABY27

Baby27

Desde 13 Set 2012

Bom dia!

para começar, não se culpe! Esse é o 1º passo e bem importante para dar a volta a isso tudo! Pode estar deprimida, não digo que não no meio de tanta privação de sono e de outras coisas que se absteve de relatar, mas regular o sono da sua bebé iria ajudar bastante a si mesma e a todo o seu universo.

Comece talvez por aceitar que a sua bebé tem 8 meses e que nem todos os bebés são assim, certinhos como nós gostaríamos que fossem.

alguns não conseguem simplesmente conciliar o sono. Até adormecem bem, mas depois despertam vezes sem conta e, como são imaturos, não sabem como voltar a dormir. A minha irmã passou 4 ou 5 anos nisso e ainda hoje o filho dela já com 8 anos, ainda acorda de noite e, do quarto dele grita: ó mãe, estás aí?

Ela, desesperada, recorreu a uma terapeuta do sono que a ajudou bastante com estratégias para que o Vasco adormecesse e se mantivesse a dormir. Melhorou mesmo muito e ela só se arrepende de não ter recorrido mais cedo. Há por aqui mamãs que recorreram mais sedo e que têm boas experiências com a terapia do sono infantil. Se puder, experimente.

Não sou defensora do co-sleeping para mim porque não consigo dormir com miúdos, mas se isso não vos afetar, já experimentaram dormir com a bebé? Se não, experimente e veja se ficando perto de vocês ou apenas de um ela mantém o sono ininterrupto. é uma estratégia controversa mas por vezes é preciso optar entre o menor de dois males. Se para já a solução for dormir com abebé para que todos tenham uma noite tranquila e reparadora, pois bem, que seja!

Isso dos horários das creches é uma chatice. percebo mas custa-me a compreender porque é que um bebé tem que ter horários que não têm em conta o que é bom para a criança mas sim o que melhora a vida dos adultos.

Era bom alterar o seu horário de trabalho. Não sei o que faz nem que tipo de vínculo tem, mas existem medidas de apoio à maternidade que a poderão proteger desse horário menos bom para quem tem bebés. informe-se se for o caso.

Seja como for, mantenha o foco. Nada de se sentir culpada ou responsável pelo que acontece. Não tem culpa do seu horário nem do sono da sua filha e não é responsável pelo que sente, embora isso a possa afetar bastante. Se sente sente e ponto final. Há que alterar o que for possível para passar a sentir outras coisas.

Não quero terminar sem deixar uma nota de destaque ao seu marido, já que tratou logo de o proteger de possíveis comentários menos bons. Fico feliz em saber que há homens que assumem adequadamente o seu papel na vida.

Beijinhos e tudo de bom

SMSantos

Inesvp -
Offline
Desde 16 Jan 2014

Eu sei que é controverso e eu própria não utilizei com a minha filha porque ela sempre dormiu bem, mas tenho uma amiga que passou pelo menos e começou a dar à filha MELAMIL GOTAS 30ML da Humana. Resultou, não dormia a noite toda mas dormia períodos de tempo mais longo. Pelo que percebo o medicamento é "natural" nem é sujeito a receita médica. Eu daria a um filho meu caso estivesse no seu caso, dormir é essencial para eles e para nós. https://www.mifarma.pt/melamil-gotas?gclid=CjwKCAiAyfvhBRBsEiwAe2t_iySTI...

fmmartins -
Offline
Desde 14 Dez 2016

Olá mãe,
Tem sido só uma fase ou é sempre assim? já falou com a educadora sobre as rotinas dela na creche ultimamente? poderá estar num pico de crescimento ou de desenvolvimento motor... A minha antes de começar a fazer alguma coisa nova (sentar, gatinhar) ficava mais irritada e dormia pior. Não se sinta culpada, ter um bebé pequeno e trabalhar com horários complicados é desgastante e você é um ser humano.

Sansa -
Offline
Desde 18 Jan 2018

Aos 8 meses há uma regressão do sono. É um dos piores períodos a nível de sono, e possivelmente o mais cansativo (a seguir à fase de recém-nascido) para os pais.
A minha filha também acordava 100 vezes por noite, mas eu não trabalho, por isso apenas posso imaginar o que é ter que ir trabalhar com noites mal dormidas dia após dia.
Mcpimentel, nunca te sintas culpada por teres dias em que anseias por ter o teu espaço e momento sem um bebé a exigir a tua presença e atenção exclusiva, e nem deixes que te critiquem por dizeres isso. Todas nós já sentimos o mesmo.
Quanto à medicação, penso que sim, que deves tomar o antidepressivo, pois irá ajudar-te a sentires-te mais capaz, mais motivada, mais bem disposta.
.
A Ansha referiu um aspecto muito importante, muitos bebés aproveitam a noite para se reconectarem com a mãe. Nesta idade, a necessidade de apego é primordial, mas infelizmente as creches não conseguem responder a essa necessidade.

Sansa -
Offline
Desde 18 Jan 2018

massy escreveu:
Eu sei que é controverso e eu própria não utilizei com a minha filha porque ela sempre dormiu bem, mas tenho uma amiga que passou pelo menos e começou a dar à filha MELAMIL GOTAS 30ML da Humana. Resultou, não dormia a noite toda mas dormia períodos de tempo mais longo. Pelo que percebo o medicamento é "natural" nem é sujeito a receita médica. Eu daria a um filho meu caso estivesse no seu caso, dormir é essencial para eles e para nós. https://www.mifarma.pt/melamil-gotas?gclid=CjwKCAiAyfvhBRBsEiwAe2t_iySTI...

A quantidade de posts e comentários que há sobre o melamil, ultimamente, já cansa.

Sansa -
Offline
Desde 18 Jan 2018

mcpimentel escreveu:

Ansha escreveu:Entre os 4 e os 8 meses do meu filho, já eu estava a trabalhar, ele acordava literalmente de hora a hora certinhas. Eu não dormi nada , pq dava mama qd ele acordava e depois com os nervos de saber q ele daí a meu hora acordava , já nem eu dormia! A partir dos 9 meses passou a ser de 2 em 2h depois de 3 em 3h e ainda hj acorda 1 a 2x de noite
Percebo-a bem...
Em relação a vocês , talvez o problema seja mesmo a bébé não estar consigo tempo nenhum! E querer estar com a mãe na única hora em q ela está. Não consegue mudar esse horário? Acabar as 22h é terrível para que Tem filhos.
Tb me parece uma hora mt tardia para a bébé ir dormir. Acredite q Qt mais cedo eles se deitam melhor e mais dormem...
Ainda hj se deito o meu filho as 21h já sei q a noite vai ser melhor do q qd p deito as 22h por exemplo. E ag com este novo bébé tb anda a acontecer isto.
Outra coisa, se não conseguir mesmo mudar o seu horário , presumo q para acabar a essa hora tb entre mais tarde, não consegue estar com a bébé um pouco de manhã? Para terem mais qualidade de vida a duas? Pode ir pô-la mais tarde a escola...
É uma sugestão!
Força, não está sozinha!

Eu entro no trabalho, de facto, mais tarde. Mas nao encontrei nenhuma creche que aceitasse que a bebé fosse mais tarde. Dizem que perturba as rotinas. E eu acredito que assim seja. Já a deixo lá o mais tarde possível.
E a bebé deita-se sempre às 20h, o facto de eu sair mais tarde não influencia em nada, o pai faz a rotina toda com ela...


Pois eu penso que deverias, se for de tua vontade estar mais tempo com a bebé de manhã, pedir uma reunião com quem de direito e explicares que devido ao teu horário de trabalho não te permitir passar tempo com a tua filha, que pretendes deixá-la mais tarde na creche. Não te preocupes que não prejudica rotinas absolutamente nenhumas.
Pelo menos era o que eu faria, e não aceitaria um não como resposta.

Ansha -
Offline
Desde 13 Abr 2016

Sansa escreveu:

mcpimentel escreveu:
Ansha escreveu:Entre os 4 e os 8 meses do meu filho, já eu estava a trabalhar, ele acordava literalmente de hora a hora certinhas. Eu não dormi nada , pq dava mama qd ele acordava e depois com os nervos de saber q ele daí a meu hora acordava , já nem eu dormia! A partir dos 9 meses passou a ser de 2 em 2h depois de 3 em 3h e ainda hj acorda 1 a 2x de noite
Percebo-a bem...
Em relação a vocês , talvez o problema seja mesmo a bébé não estar consigo tempo nenhum! E querer estar com a mãe na única hora em q ela está. Não consegue mudar esse horário? Acabar as 22h é terrível para que Tem filhos.
Tb me parece uma hora mt tardia para a bébé ir dormir. Acredite q Qt mais cedo eles se deitam melhor e mais dormem...
Ainda hj se deito o meu filho as 21h já sei q a noite vai ser melhor do q qd p deito as 22h por exemplo. E ag com este novo bébé tb anda a acontecer isto.
Outra coisa, se não conseguir mesmo mudar o seu horário , presumo q para acabar a essa hora tb entre mais tarde, não consegue estar com a bébé um pouco de manhã? Para terem mais qualidade de vida a duas? Pode ir pô-la mais tarde a escola...
É uma sugestão!
Força, não está sozinha!

Eu entro no trabalho, de facto, mais tarde. Mas nao encontrei nenhuma creche que aceitasse que a bebé fosse mais tarde. Dizem que perturba as rotinas. E eu acredito que assim seja. Já a deixo lá o mais tarde possível.
E a bebé deita-se sempre às 20h, o facto de eu sair mais tarde não influencia em nada, o pai faz a rotina toda com ela...

Pois eu penso que deverias, se for de tua vontade estar mais tempo com a bebé de manhã, pedir uma reunião com quem de direito e explicares que devido ao teu horário de trabalho não te permitir passar tempo com a tua filha, que pretendes deixá-la mais tarde na creche. Não te preocupes que não prejudica rotinas absolutamente nenhumas.
Pelo menos era o que eu faria, e não aceitaria um não como resposta.


Eu tb faria isso. Não faz sentido nenhum essa regra das creches.
Não sei se leste o livro da Constança , os bébés tb querem dormir. Ela conta lá uma história precisamente assim, o bébé dela acordava de noite pq queria estar com ela. Ela qd percebeu isso passou a vir mais cedo para cada e as coisas melhoraram. Até para teres tempo de qualidade com a tua filha! Para te sentires mais feliz com ela. Até porque os bébés de manhã estão sempre mais bem dispostos.
Não digo q não tires uma ou duas manhãs para ti tb q tb te vão saber bem.

Skillerific -
Offline
Desde 20 Out 2015

BiaC escreveu:
Podem recomendar entrar até determina hora, mas não me parece que a possam impedir de entrar à hora que queira. Não estou certa da legislação, mas não me parece que seja possível. A minha está na creche e as atividades iniciam às 9:30, mas quando estou livre ela vai às 10h, 10:30 até às 11h. Com um bebé de 8 meses é mais do que normal ficar consigo quando tiver essa possibilidade.
Veja como é o sono durante o dia, não está a dormir demasiado?! Se calhar pode necessitar de uma sesta menor, eles não podem dormir de dia e de noite.
Se dormir consigo dorme melhor? Neste momento pensem primeiro em descansar, depois nas "rotinas e pedagogias certas".

mcpimentel escreveu:

Ansha escreveu:Entre os 4 e os 8 meses do meu filho, já eu estava a trabalhar, ele acordava literalmente de hora a hora certinhas. Eu não dormi nada , pq dava mama qd ele acordava e depois com os nervos de saber q ele daí a meu hora acordava , já nem eu dormia! A partir dos 9 meses passou a ser de 2 em 2h depois de 3 em 3h e ainda hj acorda 1 a 2x de noite
Percebo-a bem...
Em relação a vocês , talvez o problema seja mesmo a bébé não estar consigo tempo nenhum! E querer estar com a mãe na única hora em q ela está. Não consegue mudar esse horário? Acabar as 22h é terrível para que Tem filhos.
Tb me parece uma hora mt tardia para a bébé ir dormir. Acredite q Qt mais cedo eles se deitam melhor e mais dormem...
Ainda hj se deito o meu filho as 21h já sei q a noite vai ser melhor do q qd p deito as 22h por exemplo. E ag com este novo bébé tb anda a acontecer isto.
Outra coisa, se não conseguir mesmo mudar o seu horário , presumo q para acabar a essa hora tb entre mais tarde, não consegue estar com a bébé um pouco de manhã? Para terem mais qualidade de vida a duas? Pode ir pô-la mais tarde a escola...
É uma sugestão!
Força, não está sozinha!

Eu entro no trabalho, de facto, mais tarde. Mas nao encontrei nenhuma creche que aceitasse que a bebé fosse mais tarde. Dizem que perturba as rotinas. E eu acredito que assim seja. Já a deixo lá o mais tarde possível.
E a bebé deita-se sempre às 20h, o facto de eu sair mais tarde não influencia em nada, o pai faz a rotina toda com ela...

BiaC, ao contrário do que diz, os bebés que dormem bastante durante o dia, dormem também melhor à noite. Quanto mais cansado estiver um bebé, mais difícil é ele conseguir adormecer (ao contrário da grande maioria dos adultos).
.
Concordo em absoluto que o maior problema está em não passar tempo suficiente com a sua bebé (Ansha, também me lembrei logo desse depoimento). Se durante o dia não estão juntas, ela acaba por acordar durante a noite para estar consigo. Mas não se sinta culpada. Infelizmente é o caso de muitas famílias. Contudo não perde nada em tentar alterar a situação do seu horário.
Quanto à toma de antidepressivos, o melhor será ser acompanhada por um psiquiatra e, eventualmente, um psicólogo. No entanto acho que poderá estar apenas cansada e a medicação não ser, por si só, a ajuda que precisa.

mcpimentel -
Offline
Desde 30 Dez 2017

Ansha escreveu:

Sansa escreveu:
mcpimentel escreveu:
Ansha escreveu:Entre os 4 e os 8 meses do meu filho, já eu estava a trabalhar, ele acordava literalmente de hora a hora certinhas. Eu não dormi nada , pq dava mama qd ele acordava e depois com os nervos de saber q ele daí a meu hora acordava , já nem eu dormia! A partir dos 9 meses passou a ser de 2 em 2h depois de 3 em 3h e ainda hj acorda 1 a 2x de noite
Percebo-a bem...
Em relação a vocês , talvez o problema seja mesmo a bébé não estar consigo tempo nenhum! E querer estar com a mãe na única hora em q ela está. Não consegue mudar esse horário? Acabar as 22h é terrível para que Tem filhos.
Tb me parece uma hora mt tardia para a bébé ir dormir. Acredite q Qt mais cedo eles se deitam melhor e mais dormem...
Ainda hj se deito o meu filho as 21h já sei q a noite vai ser melhor do q qd p deito as 22h por exemplo. E ag com este novo bébé tb anda a acontecer isto.
Outra coisa, se não conseguir mesmo mudar o seu horário , presumo q para acabar a essa hora tb entre mais tarde, não consegue estar com a bébé um pouco de manhã? Para terem mais qualidade de vida a duas? Pode ir pô-la mais tarde a escola...
É uma sugestão!
Força, não está sozinha!

Eu entro no trabalho, de facto, mais tarde. Mas nao encontrei nenhuma creche que aceitasse que a bebé fosse mais tarde. Dizem que perturba as rotinas. E eu acredito que assim seja. Já a deixo lá o mais tarde possível.
E a bebé deita-se sempre às 20h, o facto de eu sair mais tarde não influencia em nada, o pai faz a rotina toda com ela...

Pois eu penso que deverias, se for de tua vontade estar mais tempo com a bebé de manhã, pedir uma reunião com quem de direito e explicares que devido ao teu horário de trabalho não te permitir passar tempo com a tua filha, que pretendes deixá-la mais tarde na creche. Não te preocupes que não prejudica rotinas absolutamente nenhumas.
Pelo menos era o que eu faria, e não aceitaria um não como resposta.

Eu tb faria isso. Não faz sentido nenhum essa regra das creches.
Não sei se leste o livro da Constança , os bébés tb querem dormir. Ela conta lá uma história precisamente assim, o bébé dela acordava de noite pq queria estar com ela. Ela qd percebeu isso passou a vir mais cedo para cada e as coisas melhoraram. Até para teres tempo de qualidade com a tua filha! Para te sentires mais feliz com ela. Até porque os bébés de manhã estão sempre mais bem dispostos.
Não digo q não tires uma ou duas manhãs para ti tb q tb te vão saber bem.

- Infelizmente não posso mudar o meu horário, pois sou professora de ballet. Quem me dera poder começar as aulas mais cedo mas, como é uma actividade extracurricular, estou sempre dependente das horas a que as crianças saem das escolas, o que é cada vez mais tarde...
- Ja tive uma reuniao na escola da bebé e expliquei mesmo a minha profissao e o motivo de querer ficar com ela mais tempo em casa...
- o máximo que consegui foi o compromisso de a deixar antes do almoço. Ou seja, acabo sempre por a deixar lá entre as 10:30h e as 11:00h
- Li o livro da Constança e acho que foi dos livros mais maravilhosos que ja li. Infelizmente não consigo alterar o meu horario para estar com a bebé antes de ela dormir Triste
- Também ha outro problema, a minha filha está permanentemente doente, com problemas respiratórios, há meses que é assim. Nao consegue respirar pelo nariz nem quando está acordada. Já tentamos vários anti histamínicos, gostas nasais, anti inflamatórios, antibióticos, cortisonas, bombas para a asma (tudo com indicaçao da pediatra, claro) e nada resolve.
- E depois, como não dorme nada bem de noite, anda chatinha todo o dia 😞

AneteS -
Offline
Desde 13 Abr 2016

Olá!
Tens aí um cenário complicado sim e dadas as circunstâncias não tens muito a mudar.
Eu diria que vai melhorar, digo isto porque com 8 meses a minha filha dormia mal e teve otites atrás de otites, quando estão doentes dormem mal e se dizes que a tua filha tem n problemas de saúde do foro respiratório diria que é essa a razão por dormir tão mal de noite. Já pensaste levar a um especialista para tentares outra abordagem a ver se melhora?
A minha nessa fase que coincidiu com o Inverno e ida para a creche dormia muito mal e esteve muitas vezes doente, quando fez 1 ano e chegou o verão tudo melhorou, acabaram as doenças e passou a dormir melhor.
Mas por exemplo, agora está a dormir outra vez mal, sempre que tem dentes a vir é um martírio por isso sei bem o que falas por andares sem dormir e acho que tens que ir a um médico ver isso bem, eu fui, quando a minha filha tinha 10 meses e o médico diagnosticou-me cansaço extremo e passou-me medicação que digo-te, fez milagres, sinto-me muito melhor agora com a medicação.
Às vezes precisamos de uma ajuda de químicos e não dormir dá cabo de nós, é muito normal te sentires assim e talvez precises mesmo desse reforço...
Mas essencialmente não te culpes, aproveita bem os fins de semana com a tua filha, eu acho que o importante é tempo de qualidade e não a quantidade de tempo, por aqui o pai está muito pouco tempo com ela mas quando está, normalmente ao fim de semana, é para passear, brincar e isso faz muito bem aos dois, ela adora o pai e estar com o pai e o pai sente-se assim melhor e que compensou o tempo perdido.
Compreendo bem o sentimento de culpa, acho que nós mães vivemos cheias disso, por tudo e por nada, mas temos que largar isso, estamos a dar o nosso melhor, os nossos filhos estão bem é o que importa, um dia tudo vai melhorar, acredita, ela vai crescer, dormir melhor e vocês vão melhorar... eu penso nisso todos os dias para me dar força.

Sobre AneteS

Anete

guialmi -
Offline
Desde 13 Jul 2013

Estou totalmente solidária consigo,pois já passei pelo menos e, embora já se tenham passado mais de 10 anos, continua a ser uma memória dolorosa e uma das razões por que não quis mais filhos (no meu caso o pesadelo começou aos 10-11 meses e durou até aos 2 anos e meio - a fase pior).
Já ponderou uma ama em vez de creche, ou mesmo uma empregada a meio tempo? Com esses horários, a inflexibilidade das creches não ajuda nada. Uma ama pode aceitar um horário mais compatível com as suas necessidades. Outra hipótese é ter uma empregada que faça o horário da tarde, se calhar a diferença de preço para uma creche nem é assim tão significativa e ainda pode ter ajuda com as tarefas domésticas para poder estar sossegada com a bebé de manhã. Outra enorme vantagem desta solução é que muito provavelmente a sua filha deixaria de andar doente (as minhas ficaram em casa com uma empregada até aos 2 anos e nesse período nunca adoeceram) e isso também ajudaria na qualidade do sono.
Uma última palavra para lhe dizer que não se culpe nem atribua as dificuldades de sono da sua bebé aos seus horários. As minhas filhas eram péssimas para dormir de noite, como já disse (de dia faziam sestas enormes e pacíficas), e eu tinha um horário bastante flexível: almoçava todos os dias em casa com elas e raramente chegava depois das 17.00, para além de muitas vezes ficar a trabalhar em casa. O problema tem a ver a maturação neurológica dos bebés e quanto a isso não há nada a fazer, se já se aplicaram as regras e rotinas de sono aconselhadas (como é o seu caso.

mcpimentel -
Offline
Desde 30 Dez 2017

guialmi escreveu:
Estou totalmente solidária consigo,pois já passei pelo menos e, embora já se tenham passado mais de 10 anos, continua a ser uma memória dolorosa e uma das razões por que não quis mais filhos (no meu caso o pesadelo começou aos 10-11 meses e durou até aos 2 anos e meio - a fase pior).
Já ponderou uma ama em vez de creche, ou mesmo uma empregada a meio tempo? Com esses horários, a inflexibilidade das creches não ajuda nada. Uma ama pode aceitar um horário mais compatível com as suas necessidades. Outra hipótese é ter uma empregada que faça o horário da tarde, se calhar a diferença de preço para uma creche nem é assim tão significativa e ainda pode ter ajuda com as tarefas domésticas para poder estar sossegada com a bebé de manhã. Outra enorme vantagem desta solução é que muito provavelmente a sua filha deixaria de andar doente (as minhas ficaram em casa com uma empregada até aos 2 anos e nesse período nunca adoeceram) e isso também ajudaria na qualidade do sono.
Uma última palavra para lhe dizer que não se culpe nem atribua as dificuldades de sono da sua bebé aos seus horários. As minhas filhas eram péssimas para dormir de noite, como já disse (de dia faziam sestas enormes e pacíficas), e eu tinha um horário bastante flexível: almoçava todos os dias em casa com elas e raramente chegava depois das 17.00, para além de muitas vezes ficar a trabalhar em casa. O problema tem a ver a maturação neurológica dos bebés e quanto a isso não há nada a fazer, se já se aplicaram as regras e rotinas de sono aconselhadas (como é o seu caso.

Infelizmente, ter uma empregada não é uma hipótese, de momento, pois, um dos problemas que não mencionei foi que uma das empresas onde trabalho está com problemas financeiros. Logo, com problemas em pagar aos funcionários. E eu, sem receber, não tenho como contratar uma empregada. Neste momento o meu marido sustenta praticamente tudo sozinho...

mcpimentel -
Offline
Desde 30 Dez 2017

AneteS escreveu:
Olá!
Tens aí um cenário complicado sim e dadas as circunstâncias não tens muito a mudar.
Eu diria que vai melhorar, digo isto porque com 8 meses a minha filha dormia mal e teve otites atrás de otites, quando estão doentes dormem mal e se dizes que a tua filha tem n problemas de saúde do foro respiratório diria que é essa a razão por dormir tão mal de noite. Já pensaste levar a um especialista para tentares outra abordagem a ver se melhora?
A minha nessa fase que coincidiu com o Inverno e ida para a creche dormia muito mal e esteve muitas vezes doente, quando fez 1 ano e chegou o verão tudo melhorou, acabaram as doenças e passou a dormir melhor.
Mas por exemplo, agora está a dormir outra vez mal, sempre que tem dentes a vir é um martírio por isso sei bem o que falas por andares sem dormir e acho que tens que ir a um médico ver isso bem, eu fui, quando a minha filha tinha 10 meses e o médico diagnosticou-me cansaço extremo e passou-me medicação que digo-te, fez milagres, sinto-me muito melhor agora com a medicação.
Às vezes precisamos de uma ajuda de químicos e não dormir dá cabo de nós, é muito normal te sentires assim e talvez precises mesmo desse reforço...
Mas essencialmente não te culpes, aproveita bem os fins de semana com a tua filha, eu acho que o importante é tempo de qualidade e não a quantidade de tempo, por aqui o pai está muito pouco tempo com ela mas quando está, normalmente ao fim de semana, é para passear, brincar e isso faz muito bem aos dois, ela adora o pai e estar com o pai e o pai sente-se assim melhor e que compensou o tempo perdido.
Compreendo bem o sentimento de culpa, acho que nós mães vivemos cheias disso, por tudo e por nada, mas temos que largar isso, estamos a dar o nosso melhor, os nossos filhos estão bem é o que importa, um dia tudo vai melhorar, acredita, ela vai crescer, dormir melhor e vocês vão melhorar... eu penso nisso todos os dias para me dar força.

As mamãs que já tomaram algum tipo de medicação, alguma chegou a tomar sertralina? Se não, o que tomaram? Foi fácil de deixar? Não vicia? Tiveram algum efeito secundário? O meu maior medo em iniciar qualquer tipo de medicação é tornar-me um dependente disso Triste

Inesvp -
Offline
Desde 16 Jan 2014

Sansa escreveu:

massy escreveu:Eu sei que é controverso e eu própria não utilizei com a minha filha porque ela sempre dormiu bem, mas tenho uma amiga que passou pelo menos e começou a dar à filha MELAMIL GOTAS 30ML da Humana. Resultou, não dormia a noite toda mas dormia períodos de tempo mais longo. Pelo que percebo o medicamento é "natural" nem é sujeito a receita médica. Eu daria a um filho meu caso estivesse no seu caso, dormir é essencial para eles e para nós. https://www.mifarma.pt/melamil-gotas?gclid=CjwKCAiAyfvhBRBsEiwAe2t_iySTI...

A quantidade de posts e comentários que há sobre o melamil, ultimamente, já cansa.

Não entendi o seu comentário, até porque foi a primeira vez que falei sobre o Melamil e nunca vi ninguém a falar sobre o medicamento aqui no fórum. Foi efetivamente desnecessário, só quis ajudar... Eu como referi nunca usei porque nunca precisei mas se estivesse nessa situação possivelmente comprava!

AneteS -
Offline
Desde 13 Abr 2016

Não estou a tomar sertralina. Estou a tomar amissulprida.
Mas isso quem sabe orientar é um médico, acho que o melhor é sempre ir a um especialista e consoante o diagnóstico receita o que for conveniente.
As medicações desta área normalmente precisam de desmame e os efeitos secundários depende de pessoa para pessoa, mas mais uma vez, um médico é que saberá orientar todo este processo.
Toda esta medicação gera receio, é normal, eu própria tinha esses receios porque em tempos já tomei outro tipo de medicação e detestei o efeito que teve em mim, assim como me fez ganhar imenso peso mas acho que tem alturas que precisamos mesmo de químicos e não vale a pena estarmos mal.

mcpimentel escreveu:

AneteS escreveu:Olá!
Tens aí um cenário complicado sim e dadas as circunstâncias não tens muito a mudar.
Eu diria que vai melhorar, digo isto porque com 8 meses a minha filha dormia mal e teve otites atrás de otites, quando estão doentes dormem mal e se dizes que a tua filha tem n problemas de saúde do foro respiratório diria que é essa a razão por dormir tão mal de noite. Já pensaste levar a um especialista para tentares outra abordagem a ver se melhora?
A minha nessa fase que coincidiu com o Inverno e ida para a creche dormia muito mal e esteve muitas vezes doente, quando fez 1 ano e chegou o verão tudo melhorou, acabaram as doenças e passou a dormir melhor.
Mas por exemplo, agora está a dormir outra vez mal, sempre que tem dentes a vir é um martírio por isso sei bem o que falas por andares sem dormir e acho que tens que ir a um médico ver isso bem, eu fui, quando a minha filha tinha 10 meses e o médico diagnosticou-me cansaço extremo e passou-me medicação que digo-te, fez milagres, sinto-me muito melhor agora com a medicação.
Às vezes precisamos de uma ajuda de químicos e não dormir dá cabo de nós, é muito normal te sentires assim e talvez precises mesmo desse reforço...
Mas essencialmente não te culpes, aproveita bem os fins de semana com a tua filha, eu acho que o importante é tempo de qualidade e não a quantidade de tempo, por aqui o pai está muito pouco tempo com ela mas quando está, normalmente ao fim de semana, é para passear, brincar e isso faz muito bem aos dois, ela adora o pai e estar com o pai e o pai sente-se assim melhor e que compensou o tempo perdido.
Compreendo bem o sentimento de culpa, acho que nós mães vivemos cheias disso, por tudo e por nada, mas temos que largar isso, estamos a dar o nosso melhor, os nossos filhos estão bem é o que importa, um dia tudo vai melhorar, acredita, ela vai crescer, dormir melhor e vocês vão melhorar... eu penso nisso todos os dias para me dar força.

As mamãs que já tomaram algum tipo de medicação, alguma chegou a tomar sertralina? Se não, o que tomaram? Foi fácil de deixar? Não vicia? Tiveram algum efeito secundário? O meu maior medo em iniciar qualquer tipo de medicação é tornar-me um dependente disso

Sobre AneteS

Anete

SK. -
Offline
Desde 14 Ago 2012

Talvez não esteja com depressão, todos esses sintomas provavelmente são apenas resultado da privação do sono e do stress todo que está a passar. Por cá passámos pelo mesmo e também me sentia como descreve, só melhorou quando as noites também melhoraram.
A sua bebé dorme no berço? Aos 6-7 meses o meu ainda não dormia quase tempo nenhum seguido, as noites eram um tormento. Tudo melhorou quando desistimos do berço e ele passou a dormir junto a mim. De um momento para o outro começou a dormir 9h seguidas. Aos 9-10 meses, quando já tinha curado a minha privação de sono, voltámos a colocá-lo no berço e ele continuou a dormir a noite completa. Há noites em que volta para a nossa cama mas é em alturas específicas em que está mais inquieto (dentes a romper, febre, etc). Se ainda não o fizeram, experimente deitá-la ao seu lado. Também penso que ela poderá sentir a sua falta, pode ser que assim se sinta mais tranquila e durma melhor.

Lucicris -
Offline
Desde 12 Jul 2016

Olá mamã,

Identifico-me tanto.
Também tenho uma bebé bem complicada, que ainda hoje não dorme mais de 2h seguidas.
Deparei-me com uma depressão mas não queria medicação, pela questão de viciar e sobretudo por amamentar, até que cheguei ao limite e tive mesmo de começar a Sertralina. Tomo desde março e não devo fazer o desmame tão cedo. Também tenho muitos ataques de ansiedade no entanto não tomo mais nada porque para mim é mais importante amamentar.
Compreendo o receio mas, no meu caso, penso que a Sertralina me ajudou. A nível de efeitos secundários, o que mais notei foi no aumento de peso, o que não é nada agradável, mas a saúde mental e mais importante que o aspeto físico.
Muita força Piscar o olho

Lucicris -
Offline
Desde 12 Jul 2016

Olá mamã,

Identifico-me tanto.
Também tenho uma bebé bem complicada, que ainda hoje não dorme mais de 2h seguidas.
Deparei-me com uma depressão mas não queria medicação, pela questão de viciar e sobretudo por amamentar, até que cheguei ao limite e tive mesmo de começar a Sertralina. Tomo desde março e não devo fazer o desmame tão cedo. Também tenho muitos ataques de ansiedade no entanto não tomo mais nada porque para mim é mais importante amamentar.
Compreendo o receio mas, no meu caso, penso que a Sertralina me ajudou. A nível de efeitos secundários, o que mais notei foi no aumento de peso, o que não é nada agradável, mas a saúde mental e mais importante que o aspeto físico.
Muita força Piscar o olho

Votação

Qual destas bebidas consome no dia-a-dia?