A partir quantas semanas se ouvem os batimentos cardíacos do bebé? | De Mãe para Mãe

Está aqui

A partir quantas semanas se ouvem os batimentos cardíacos do bebé?

Seg, 11/04/2011 - 03:05
Ginecologia e obstetricia
C ida offline

Olá Drª estou grávida não sei ao certo por quantas semanas, mas na primeira ultra-som a médica não visualizou o embrião, mas estou preocupada pois já estou com 39 anos e não esperava engravidar outra vez. Tenho uma filha de 11 anos, sou hipertensa e tinha muito medo de engravidar por este motivo, mas graças a Deus até o momento estou me sentido super bem. A G.O trocou o remédio da pressão e receitou ácido fólico. Como ainda não consegui estar com ela depois do exame gostaria de saber se é normal e a partir quantas semanas se ouvem os batimentos cardíacos do bebé?

Obrigada.
Cida

Marcela Forjaz

Olá. Se ainda não conseguiram visualizar o embrião isso pode acontecer por duas razões: ou a gravidez tem menos tempo do que afinal pensavam, ou as contas estavam certas mas a gravidez pode ter parado de evoluir. Às 4 semanas e meia, 5 semanas, já é possível, com uma sonda vaginal, identificar um embrião com batimentos cardíacos. Se os seus ciclos não andavam regulares, é bem possível que esteja grávida de menos tempo e será só esperar um pouco mais e repetindo o exame já encontrará o seu embrião; se andavam regulares esta hipótese é menos provavel... Cumprimentos.

Mais perguntas

Ter, 12/09/2017 - 16:05
Ginecologia e obstetricia
joana__c offline

Boa tarde. Gostaria de saber quais as principais diferenças entre a toma do Ovusitol (saquetas) de 12 em 12 horas ou o Natalben Supra 1 comprimido diário.

Ficarei a aguardar uma resposta.
Grata pela ajuda.

Sáb, 02/09/2017 - 02:54
Ginecologia e obstetricia
Míriam Raquel1 offline

Boa noite, sou mãe de primeira viagem e um dos exames que me foi solicitado pela minha médica é o rastreio toxicologico. Como pesquiso sempre sobre os exames e análises que vou fazendo ao longo da gravidez descobri que este exame em específico serve para detetar a presença de tóxicos no organismo derivados do consumo de drogas ilícitas. Achei muito estranho que fosse pedido tal exame porque não tenho tais hábitos de consumo, e a minha médica não me explicou muito sobre o exame, apenas o solicitou. É normal que se solicite esse exame às gestantes que não possuem hábitos de consumo de drogas? Achei estranho porque não encontrei na internet nada que indique que este exame é um exame de rotina na gestação.
Obrigada Sorriso

Sex, 18/08/2017 - 14:36
Ginecologia e obstetricia
bcmr offline

O atraso de algumas horas (máximo 4h mas variável) em alguns dias de toma da pílula afeta muito a sua eficácia? Tomo a diane 35

Seg, 19/06/2017 - 13:51
Ginecologia e obstetricia

Tenho 34 anos há 8 anos que tomo cerazzete, durante estes 8 anos não tive menstruação. No dia 9 de junho, deixei a pílula e sem pausas fui logo a os treinos. Só que agora vai ser mais incerta a situação...será que o meu corpo ainda não estabilizou, ou será que estou grávida???. Obrigada

Ginecologia e obstetricia
Erica Martins offline

Bom dia. Fiz a ecografia com 29 semanas e 5 dias a médica disse que tinha a fluxometria das artérias uterinas com IP médio acima do percentil 95 para a IG, mas sem incidirá bilateral. A médica disse que era por causa da tensão. Gostaria de saber se é possível explicar-me o que significa e quais os riscos para a bebé. Com os meus agradecimentos

Ginecologia e obstetricia
CRIS39 offline

Bom dia,
Chamo me Alda tenho 39 anos e estou de 6 semanas.
Este fim de semana apareceu me o herpes labial, existe inflamação dos gânglios e nas costas e ombros apareceram como se se tratasse de borbulhinhas muito pequeninas nas costas, mas não no todo, só em alguns sítios.

Para o herpes não tratei com nenhum medicamento nem pomada.

Poderá ser indicio de uma toxoplasmose?

Obrigada!