Primeiros sinais de uma gravidez | De Mãe para Mãe

Está aqui

Primeiros sinais de uma gravidez

Teste de gravidez

Uma semana após a conceção, uma mulher pode experienciar alguns sintomas.

Na realidade, os sintomas iniciais de uma gravidez podem variar de mulher para mulher, e não só, também mudam de gravidez para gravidez.

No entanto, por vezes, quando existe ansiedade na conceção, algum tipo de outra doença ou acontecimento, alguns sinais podem ser facilmente confundidos com os da gravidez.

Os sintomas mais comuns do início de uma gravidez são a falta do período, dores de cabeça, mamas doridas, náuseas e dores no fundo das costas.

O primeiro indício de uma gravidez

Cerca de 6 a 12 dias depois da fecundação ocorre a implantação do óvulo na parede do útero e, nesta altura, pode surgir um pouco de sangramento, sendo este o primeiro sinal da gravidez. O óvulo ao implementar-se na parede do útero, pode provocar sangramento, e este por vezes é acompanhado de algumas dores semelhantes às do período, no entanto, algumas mulheres não experienciam qualquer sintoma deste género. Por isso, se não sentiu nada disto, não significa que não esteja grávida.

Outras causas para estes sintomas: menstruação, mudanças na tomada da pílula contracetiva, infeção, abrasão do ato sexual.

Mudança ou atraso na menstruação

O indício mais comum de uma gravidez é a falta do período menstrual. Porém, algumas mulheres continuam a perder sangue na altura da menstruação, mesmo depois de estarem grávidas, no entanto, este tipo de sangramento é mais curto e mais leve do que o período normal.

Outras causas para estes sintomas: ganho ou perda de peso excessivo, cansaço, problemas hormonais, stress, modificações na toma da pílula, doença, amamentação.

Aumento do volume e/ou da sensibilidade das mamas

O aumento do volume e da sensibilidade das mamas é outro sintoma que pode surgir por volta da primeira ou segunda semana depois da conceção. As mamas doridas e/ou mais inchadas são sintomas frequentes em muitas mulheres grávidas.

Outras causas para estes sintomas: descontrolo hormonal, pílula contracetiva, síndrome pré-menstrual.

Cansaço

Sentir-se cansada ou com falta de energia é outro sintoma que surge cedo, podendo aparecer cerca de 1 semana depois da conceção.

Outras causas para este sintoma: stress, depressão, gripe, falta de sono ou outra doença que a faça sentir-se cansada ou exausta.

Náuseas, enjoo matinal

Este sintoma é muito comum, e surge usualmente entre a segunda e a oitava semana depois da conceção. Felizmente, algumas mulheres não sofrem deste sintoma, não tendo de lidar com os enjoos matinais durante toda ou grande parte da gravidez.

Outras causas para estes sintomas: intoxicação alimentar, stress, mudança de pílula contracetiva, problemas relacionados com o estômago.

Dores lombares

As dores na parte inferior das costas é outro dos sintomas comuns no início da gravidez, podendo prolongar-se por toda a gravidez.

Outras causas para estes sintomas: tensão pré-menstrual, stress, problemas musculares ou de coluna.

Dores de cabeça

O aumento dos níveis hormonais no corpo de uma grávida pode causar dores de cabeça no início da gravidez.

Outras causas para estes sintomas: desidratação, falta de cafeína, tensão pré-menstrual, problemas de visão, ingestão de alimentos que causam dores de cabeça.

Vontade de urinar frequente

Por volta das 6 a 8 semanas depois da conceção, poderá começar a sentir mais vontade de urinar do que o comum.

Outras causas para estes sintomas: infeção urinária, diabetes, aumento da ingestão de líquidos, diuréticos.

Escurecimento das aréolas mamárias

Ao engravidar, a pele à volta dos mamilos escurece.

Outras causas para estes sintomas: descontrolo hormonal, efeitos de uma gravidez prévia.