Como escolher a primeira cadeirinha para o seu bebé? | De Mãe para Mãe

Está aqui

Como escolher a primeira cadeirinha para o seu bebé?

Na lista de tarefas a riscar antes do nascimento do bebé há um produto que não pode faltar e ao qual deve prestar uma especial atenção: a cadeirinha para o automóvel.

Esta será necessária na primeira viagem hospital/maternidade-casa e, sendo um produto essencial para a proteção do bebé, é fundamental que se dedique algum tempo a analisar alguns fatores. Qual é o sistema de retenção infantil mais adequado para o veículo? Como irá este dispositivo oferecer a máxima segurança e conforto ao recém-nascido?

Não é uma escolha fácil, sobretudo tendo em conta a diversidade de marcas e produtos disponíveis no mercado, mas nós temos algumas dicas que a ajudarão a escolher a cadeirinha ideal.

Para começar, deve assegurar-se de que a cadeira é compatível com o assento do veículo no qual será instalada (nem todas as cadeirinhas podem ser colocadas em todos os automóveis).

As cadeiras que pode comprar e utilizar atualmente podem ter sido homologadas sob qualquer destas duas normativas: 1) a ECE R44/04, que classifica os dispositivos por grupos de peso, e 2) a ECE R129 (i-Size), mais recente, que se baseia na estatura. As duas são perfeitamente válidas e continuarão a sê-lo durante muitos anos.

Quais os tipos de cadeirinhas disponíveis no mercado?

Atualmente, encontramos três tipos de sistemas de retenção infantil para recém-nascidos: as alcofas homologadas para automóvel (particularmente aconselhadas em casos mais específicos, como de bebés prematuros), as baby coques (vulgarmente conhecidas como “ovos”) e as cadeiras fixas para o veículo. Neste artigo, apresentamos as principais características dos dois últimos tipos:

Baby coque/Ovo: ligeiro e portátil

Conhecido como grupo 0+, este é um dispositivo exclusivamente utilizado em contramarcha, ligeiro e portátil, que pode ser instalado e desinstalado do veículo com facilidade, sendo também acoplado a uma cadeira de passeio compatível. A principal vantagem, para além de ser extremamente seguro, é que evita incomodar ou acordar o bebé ao colocá-lo ou retirá-lo da cadeira de automóvel (e todas sabemos que acordar um bebé que dorme tranquilamente não é uma boa ideia, certo?).

Maria Ribeiro

Normalmente, o ovinho pode ser usado desde o nascimento até aos 12/15 meses de idade, dependendo do modelo. Por exemplo, o BABY-SAFE 2 i-SIZE da Britax Römer está homologado para que possa ser usado desde os 40 cm de estatura até aos 83 cm ou 13 kg (o que suceder primeiro), o que equivale, na maioria dos bebés, a 15 meses de idade.

É muito importante ter em atenção que o ovo deve adaptar-se às necessidades da criança à medida que este vai crescendo, não só por uma questão de conforto, mas também por uma questão de segurança. O BABY-SAFE 2 i-SIZE consegue-o com o sistema de reclinação patenteado, que modifica a estrutura interna da baby coque ao ajustar o apoio da cabeça à altura da criança.

Deste modo, proporciona uma postura mais recostada e ergonómica ao recém-nascido. Este dispositivo inclui um redutor completo que oferece, progressivamente, uma posição mais adequada ao desenvolvimento do bebé em cada etapa, que lhe proporcionará maior segurança em caso de acidente.

Maria Ribeiro

Outro fator ao qual todos os futuros papás devem dar a devida importância é a forma como se instala o ovo no carro: ainda que este se possa instalar com um cinto de três pontos, compatíveis com a homologação universal, recomenda-se sempre a instalação com uma base Isofix, que facilita a montagem, minimiza os possíveis riscos de uso inadequado e proporciona uma maior estabilidade, especialmente em caso de impacto lateral. Há bases que, para além da segurança proporcionada, ajudam a oferecer uma posição ainda mais adequada, ergonómica e segura para o bebé, e a compensar a excessiva inclinação de muitos assentos de automóvel (que podem fazer que a cabeça do bebé caia para a frente).

A Base Flex do BABY-SAFE 2 i-SIZE, por exemplo, permite ajustar o ângulo de inclinação em quatro posições. Ao tratar-se de um dispositivo i-Size, pode instalar-se com Isofix e pata de apoio em qualquer assento de veículo homologado como i-Size, sem necessidade de consultar a lista de veículos homologados. No entanto, se o carro não dispõe deste tipo de assentos, terá que comprovar a compatibilidade na lista antes de fazer a compra.

Para reforçar o nível de segurança, é importante que a baby coque tenha um arnês de cinco pontos e não de três, já que permite repartir melhor a energia em caso de impacto. Por fim, será pertinente avaliar se o modelo de ovo escolhido dispõe de um sistema de absorção de impactos laterais e que não está preparado apenas para as colisões frontais ou traseiras.

Como referimos antes, uma das vantagens do ovo é que pode ser colocado numa cadeira de passeio e evita que os pais tenham que ter um dispositivo para o passeio e outro para o automóvel. No entanto, é imprescindível ter presente que este foi concebido como sistema de segurança infantil para o automóvel e que apenas deve ser utilizado no carrinho durante curtos períodos de tempo, como, por exemplo, para ir do automóvel até casa ou para fazer um recado rápido. A melhor escolha para um passeio ou uma ida ao centro comercial mais longa será a alcofa, que oferece ao bebé uma posição totalmente horizontal e uma maior liberdade de movimentos.

O que escolher?

Neste mundo da maternidade encontramos diversas opções para os passeios e viagens em família. Os conjuntos de três peças (os Trios), por exemplo, são excelentes opções para as famílias que sabem que vão precisar de manter o bebé por períodos mais longos, pois incluem a cadeira de passeio, a alcofa e a baby coque para o veículo. Alguns destes conjuntos e marcas também oferecem a possibilidade de adquirir, simultaneamente, a base Isofix por um preço simpático.

O BABY-SAFE 2 i-SIZE da Britax Römer é um dos componentes dos packs do novo SMILE III. Poderá optar entre o SMILE III Trio Comfort, que também inclui uma cadeira de passeio com assento reversível (apta desde o nascimento até aos 22 kg) e uma alcofa muito confortável, perfeita para passeios ou sestas, ou o SMILE III Trio Comfort Plus que também inclui a base Isofix com ajuste de inclinação.

Este Trio apresenta-se como uma boa escolha para muitas famílias. Graças à sua estreita estrutura de 57 cm de largura, à sua suspensão central e frontal, e às suas rodas infláveis, o SMILE III é perfeito, tanto para as agitadas ruas da cidade como para caminhos irregulares (famílias mais aventureiras, vão gostar desta característica!) e a ampla capota extensível, com tratamento UPF 50+, protege a criança do sol. O assento reclinável até à posição horizontal e o guiador regulável em altura farão com que o passeio seja cómodo, tanto para os pequenotes como para os pais (porque é assim mesmo que um passeio ou uma saída em família deve ser!).

Maria Ribeiro Maria Ribeiro

Uma boa dica que podemos também partilhar é esta: caso opte pelo Trio SMILE III, o modelo de cadeira para o automóvel mais adequado para o bebé será a versão M da família DUALFIX i-SIZE (a DUALFIX M i-SIZE), que está homologada para o seu uso desde os 61 cm até aos 105 cm de estatura e prescinde do redutor para recém-nascidos, pelo que é mais económica e pode também ser usada na fase seguinte.

Cadeira de automóvel fixa

É cada vez mais habitual que os pais prescindam do ovo e adquiram um carrinho duo, como o SMILE III Duo Essential (cadeira de passeio + alcofa), e uma cadeira de automóvel fixa, que se instalará apenas uma vez no veículo. Isto pode ser particularmente útil para os pais que sabem que a criança viajará sempre no mesmo automóvel e que também optam pelo babywearing em alguns momentos das suas rotinas – terão menos uma preocupação na hora de sair de casa, pois a cadeirinha já está instalada.

Maria Ribeiro

Geralmente, estas cadeiras podem ser utilizadas desde o nascimento até aos 4 anos de idade, aproximadamente, pelo que podem ser úteis durante mais tempo. Este é um investimento a longo prazo, pois os papás não terão de se preocupar com a segurança do bebé nas viagens de automóvel até este ter altura suficiente para usar uma cadeirinha indicada para crianças mais crescidas.

A DUALFIX i-SIZE da Britax Römer, pode utilizar-se em contramarcha (o mais recomendado, por ser a maneira mais segura de viajar) desde os 40 até aos 105 cm de estatura ou 18 kg de peso (o que suceder primeiro) e, graças à possibilidade de rodar 360º, pode ser também utilizada no sentido da marcha – muita atenção porque não é recomendado antes dos 76 cm de altura ou 15 meses de idade.

Para além disso, colocar, ajustar e fechar o arnês à criança será muito mais cómodo e simples – basta rodar a cadeira para a porta do automóvel. De certeza que a coluna dos papás vai agradecer!

Como é que a cadeirinha fixa acompanha o crescimento do bebé?

Nos primeiros meses de vida, é importante que a cadeira conte com um redutor completo para recém-nascidos, que lhes proporcione uma postura mais ergonómica e recostada, como o que é proporcionada pela DUALFIX i-SIZE.

No entanto, à medida que a criança cresce, é preferível que comece a viajar mais levantada (pois esta é a posição mais segura em caso de acidente) e é essencial que a cadeira ofereça espaço suficiente para desfrutar de uma viagem confortável.

A DUALFIX i-SIZE permite reclinar em seis posições em qualquer idade e orientação, enquanto a sua barreira anti-capotagem ajustável proporciona 10% mais de espaço para as suas pernas.

Maria Ribeiro

Uma cadeira de automóvel deve ser, em primeiro lugar, segura, por isso é importante valorizar os sistemas que esta inclui para gerir as forças geradas em caso de sofrer um impacto, independentemente deste ser frontal, lateral ou traseiro.

Em caso de colisão lateral, algumas cadeiras incorporam sistemas de absorção de impactos laterais, que tanto na DUALFIX i-SIZE como na DUALFIX M i-SIZE se denominam SICT inside, ou apoio da cabeça em forma de V, que ajuda a manter controlado o movimento da cabeça.

Se o impacto for frontal, tanto a pata de apoio como a barra anti-capotagem evitam a rotação da cadeira e proporcionam uma estabilidade adicional. E ainda que a melhor maneira de proteger a criança numa colisão frontal seja viajar em contramarcha, os modelos DUALFIX i-SIZE e DUALFIX M i-SIZE da Britax Römer também contam com conetores Isofix com sistema Pivot Link patenteado, que limitam ao máximo o movimento da criança para a frente, reduzindo assim as possíveis lesões na cabeça, no pescoço e na coluna.

Sabemos que esta não é uma decisão fácil, e que a segurança rodoviária é um tema que preocupa muitos pais (compreensivelmente!), pelo que não podíamos deixar de partilhar estas dicas convosco. Escolher o dispositivo certo para as viagens de carro e garantir que o bebé está sempre confortável e não passa muito tempo no ovinho é imprescindível.

Maria Ribeiro