Como escolher um médico obstetra | De Mãe para Mãe

Está aqui

Como escolher um médico obstetra

Barriga de gávida

Quando uma mulher está grávida, uma das primeiras preocupações costuma prender-se com a escolha do médico obstetra, sendo que é este o profissional que irá acompanhar o desenrolar de toda a gravidez. Mesmo não se tratando de um processo complicado, gera várias dúvidas na futura mãe, que quer ver a gestação a ser acompanhada da melhor forma possível. Vamos lá escolher o melhor médico obstetra, aquele que lhe vai dar todo o apoio ao longo dos próximos 9 meses?

Ginecologista ou obstetra?

A obstetrícia é uma especialidade médica direcionada para o acompanhamento da gravidez e do parto. Um ginecologista que não tenha complementado a sua formação com esta especialidade, dedica-se normalmente apenas ao tratamento de doenças do sistema reprodutor feminino. Por isso, mesmo que esteja bastante satisfeita com o médico ginecologista que a acompanha desde sempre, é melhor confirmar se ele se dedica à obstetrícia, antes de marcar a primeira consulta da gestação.

Procure referências

Antes de escolher um obstetra, pode começar por consultar as amigas e a família, de forma a saber se alguém recomenda um bom médico desta especialidade. Desta forma, é possível ouvir, na primeira pessoa, as opiniões relativas a um determinado profissional. Embora as referências e as indicações diretas sejam fundamentais na escolha de um bom médico obstetra, a Internet acaba por ser também uma excelente fonte de recolha de informações, quando se trata de selecionar o profissional de saúde que vai acompanhar a sua gravidez.

Confira o modo de tratamento

É sabido que, normalmente, a primeira impressão que temos de alguém ou de alguma coisa é a que fica para sempre. Por isso, logo na primeira consulta, confirme que houve empatia com o médico e se o modo de tratamento foi agradável e adequado. Não escolha um médico somente porque foi bom para uma amiga, sendo que, às vezes, o que é bom para uma grávida pode não ser o ideal para outra.

Disponibilidade 24 horas por dia

Verifique se o obstetra é um profissional que pode atender 24 horas por dia, ou se, pelo contrário, é daqueles que fica indisponível a partir das seis da tarde. Durante a gravidez, é normal que surjam dúvidas fora das consultas e que, em caso de urgência, o médico se encontre permanentemente disponível para dar o devido acompanhamento. Ter um apoio contínuo – mesmo que seja via telefone – é sempre um descanso para qualquer grávida.

Conheça a equipa médica

Conhecer a equipa médica que fará o parto é fundamental para que se garanta a máxima tranquilidade e confiança na hora de ter o bebé. Por isso, peça ao obstetra para lhe apresentar a sua equipa médica, de forma que ao chegar o momento do parto, se sinta mais à-vontade e confiante no melhor acompanhamento possível.

Converse com os outros pacientes

Quando estiver na sala de espera, antes da consulta com o obstetra, tente conversar com as outras grávidas que são pacientes de mesmo médico. Assim, será possível obter informações sobre as características e as qualidades do obstetra que escolheu para acompanhar este momento tão importante.

Estabeleça uma relação de confiança

A grávida também deve ser sincera ao relatar a evolução de sua gravidez, pelo que é necessário que estabeleça uma relação de confiança com o médico obstetra. Detalhes como dificuldade em ter relações sexuais ou corrimento vaginal podem levar a algum pudor no relato, mas são essenciais para que o obstetra consiga acompanhar a sua gravidez com a máxima segurança e tranquilidade.                                                      

Em caso de insatisfação, troque de médico

Não permaneça num médico obstetra de quem não gostou. A análise das primeiras consultas é fundamental para que a grávida se sinta realmente confiante no médico que escolheu, por isso, se algum motivo a levou ao desagrado, troque de médico. A gravidez é sua, tal como o bebé que está por nascer – pelo que a exigência mínima será estar plenamente satisfeita com a pessoa que vai ajudar a trazer o seu bebé ao mundo.

Votação

Quanto gastou ou pretende gastar no carrinho de bebé?