“Dos and don’ts” do sono do bebé | De Mãe para Mãe

Está aqui

“Dos and don’ts” do sono do bebé

O sono. Para os pais, esta poderá ser a parte mais complicada de receber o bebé em casa.

“Não deixes o teu bebé acordado mais do que o usual! Adormece o teu bebé de costas. Não deixes que o sono do teu bebé te tire o sono.” Estas são algumas sugestões que, enquanto mães e pais, ouvimos no nosso dia-a-dia. Mas serão mesmo assim?
Neste artigo, a especialista de sono da EMMA explica como pode adormecer o bebé de um modo saudável e seguro, para que este durma tranquilamente.

Don’ts – O que não fazer?

Deixar o bebé acordado até mais tarde para dormir mais tempo seguido.
Não resulta. Se o bebé está cansado, ele precisa de dormir e não há forma de combater o seu relógio interno. Se tentar adiar o seu sono para que durma mais durante a noite, o bebé fica mais rabugento e cansado. Assim, o melhor é respeitar as suas necessidades.

Ignorar os sinais de sono.
Sinais como esfregar os olhos, bocejar, chorar, ficar agitado ou irritado são, normalmente, os sinais que os bebés fazem quando estão cansados. Deve estar atenta a estes comportamentos e adormecer o bebé assim que identifique estas pistas.

Precipitar-se assim que o bebé desperta.
Murmúrios, espirros ou pequenos ruídos são alguns sons comuns que os bebés fazem enquanto dormem. É normal as mães apressarem-se para ver como está o bebé, mas o melhor é aguardar um pouco antes de lhe pegar ao colo. É provável que o bebé volte a adormecer sozinho.

Acordar o bebé.
Seja quando o bebé adormece no carro ou quando recebe visitas que querem ver o bebé, não deve acordá-lo. Deixe o bebé terminar a sua sesta e acordar sozinho. Se precisar, poderá mover o bebé de um local para o outro, como levar a cadeirinha do carro para dentro de casa, mas não deve acordá-lo.

Do’s – O que fazer?

Deixar o bebé dormir
Nos bebés recém-nascidos, o ritmo circadiano – o relógio biológico que nos indica quando estamos cansados e devemos dormir - ainda não está desenvolvido. O bebé ainda está a ajustar-se ao mundo cá fora, precisa de descansar bastante e ainda não tem nenhuma rotina de sono estabelecida. Por isso, nesta fase, não se preocupe com horários e rotinas. Até aos 4 meses de idade, o ideal é deixar o bebé definir o seu próprio sono. Até aqui, é normal o bebé dormir cerca de 16 horas por dia (com algumas interrupções para comer e mudar a fralda). A partir dos 6 meses, o bebé já deve dormir durante toda a noite com 2 a 3 sestas durante o dia. Mas se não for o caso, não se preocupe - todos os bebés são diferentes, bem como o seu ritmo.

Estabelecer um local constante para dormir.
Por mais conveniente que seja deixar o bebé na sala ou na cozinha enquanto está a fazer algo, estabelecer um local constante para dormir permite ao bebé associar o ambiente ao seu momento de dormir. O quarto deve conter o essencial (como o berço) e também cortinas, de modo a manter o quarto escuro. A mãe pode ter consigo o monitor do bebé e, assim, conseguirá fazer tudo o que necessita enquanto está, simultaneamente, atenta ao seu filho.

Criar uma rotina de sono.
Estabeleça uma rotina de sono e mantenha-a o mais contante possível. Assim, vai ajudar o seu pequenote a dormir mais e melhor. Ter o mesmo número de sestas por dia, a horários contantes, no mesmo local e evitar sestas tardias, perto do sono da noite, são algumas formas de criar uma rotina para o bebé e reconhecer os seus horários de sono.

Alimentar, pausa e dormir.
Evite adormecer o bebé logo depois de comer. Muitas vezes, os bebés adormecem enquanto comem, mas é aconselhado que tente separar a hora de comer da hora de dormir, mesmo que seja por apenas alguns minutos. Mudar uma fralda, brincar com o bebé ou cantar-lhe uma canção são algumas ideias para criar um momento de pausa entre a comida e o sono.

Coloque o bebé no berço enquanto está acordado.
Após algumas semanas de vida, não necessita de adormecer o bebé ou de o deitar apenas quando este já está a dormir. Coloque o bebé no berço, deitado de barriga para cima. Deste modo, ensinará o bebé a adormecer sozinho, sem precisar do apoio de alguém.

Deite o bebé sempre de barriga para cima.
Segurança acima de tudo! Quando deita o bebé, deve ter cuidado e verificar se o local onde ele vai dormir é seguro. Seja no sofá, na cama dos pais, na cadeirinha ou no chão, certifique-se de que não há o risco de cair ou bater em algo se se mover durante o sono. O bebé deve ser deitado de barriga para cima para prevenir a Síndrome de Morte Súbita Infantil. Cobertores ou almofadas em demasia, peluches e outro tipo de materiais fofos no berço são elementos a evitar, por uma questão de segurança.

Siga a sua intuição
Por mais artigos que leia sobre bebés, todos são diferentes e cada um cria as suas próprias regras. É impossível generalizar e ninguém conhece mais o seu bebé do que os próprios pais. Reconheça e identifique as necessidades do seu bebé, assim como os seus horários e sinais. No final do dia, os pais são aqueles que melhor sabem aquilo que funciona com as suas crianças e a sua intuição é a melhor “arma”.

Almofada Emma
Uma só almofada com infinitas possibilidades. Ajuste o seu tamanho e firmeza para dormir confortavelmente durante toda a noite, em qualquer posição. Porque o conforto deve ser vivido em família.
Capa Protetora Emma
Uma proteção máxima para o seu colchão. Durma descansada com o seu bebé e previna possíveis acidentes. Esta capa é impermeável, respirável e antibacteriana. O complemento perfeito para noites entre pais e filhos.
Colchão Emma Original
Este é o membro que falta à sua família. Distinguido com o selo “O melhor do teste” pela DECO PROTESTE. Experimente o colchão Emma Original. 100 noites de teste e usufrua da entrega grátis. Porque os nossos filhos só estão bem quando nós estamos bem!