5 conselhos para prevenir as estrias durante a gravidez | De Mãe para Mãe

Está aqui

5 conselhos para prevenir as estrias durante a gravidez

É muito comum o aparecimento de estrias durante a gravidez – afinal, geramos uma nova vida dentro nós e o nosso corpo passa por mudanças incríveis. No entanto, embora seja comum, não tem de acontecer obrigatoriamente. As estrias são, no fundo, cicatrizes e marcam o nosso corpo para toda a vida. É importante que saiba que é possível prevenir, em grande parte, o aparecimento deste problema.

Em primeiro lugar: porque é que as estrias surgem na gravidez?

A nossa pele tem propriedades elásticas, ou seja, diminui e aumenta consoante as variações do nosso peso. No entanto, esta flexibilidade tem um limite. Se a pele “esticar” de forma repentina, tal como acontece na gravidez, acaba por sofrer lesões nas suas fibras elásticas, o que causa cicatrizes, ou seja, as estrias.

As estrias aparecem tendencialmente onde a pele estica mais: na barriga, no fundo das costas, nos seios e nas coxas, embora possam também aparecer noutros locais. Não é regra, mas em geral as estrias tendem a aparecer por volta dos 6 meses de gestação. Na primeira fase têm uma tonalidade rosa avermelhada (é aqui que as tem de tratar!) e é normal que possa sentir alguma comichão. Numa fase mais “madura” as estrias ficam com um tom pálido e assemelham-se a uma cicatriz. Nesta altura, para as conseguir a eliminar, terá de recorrer a um tratamento estético.

Como podemos prevenir as estrias?

Não existe tratamento ou forma de prevenção 100% eficaz, no entanto, se seguir os 5 conselhos que lhe apresentamos abaixo, é certo que vai conseguir evitar/diminuir bastante o problema. Quando falamos em estrias, devemos ter em conta que é um problema mais fácil de prevenir de que de resolver, portanto, o melhor é sempre adotar comportamentos preventivos.

Hidratação

Manter-se hidratada durante toda a gravidez é essencial para o seu bem-estar geral, incluindo o da sua pele. Assim, deve beber a quantidade de água que o seu médico lhe recomendar. Caso não beba água, aposte em chás ou sumos naturais. Uma pele hidratada ganha elasticidade, o que ajuda muito a prevenir as estrias - nunca se esqueça que quanto mais elástica a pele for, menor é o probabilidade de “quebrar”.

Controlar o aumento de peso

É natural que aumente de peso na gravidez, no entanto, é importante que este peso seja controlado. Deve ter noção, com a ajuda do seu médico, do peso que é suposto aumentar, e fazer um esforço para não o ultrapassar. Quando mais peso ganhar, mais a sua pele vai esticar. Como consequência, para além das estrias, a recuperação pós-parto também se pode tornar mais complicada. Quando falamos do aumento de peso, temos também de falar da prática de exercício físico, essencial durante a gravidez.

Usar um bom creme

Um bom creme, utilizado da forma correta, vai ajudar bastante. A primeira coisa a ter em conta: deve ser um creme extremamente hidratante. O De Mãe para Mãe recomenda o creme Striliss da marca francesa Pier Augé, pois ele é excelente para nutrir, suavizar e regenerar a pele. O creme é rico em ingredientes ativos altamente nutritivos e proteicos e permite que a pele lute contra o surgimento de estrias durante a gravidez, mas também ajuda a reduzi-las após a gravidez ou perda de peso mal controlada. O Striliss é recomendado para todos os tipos de pele e deve ser aplicada de manhã e à noite, nas zonas mais propícias às estrias (barriga, pernas, costas, seios…) e deve ser acompanhado de uma massagem suave nestas mesmas zonas. A Pier Augé é reconhecida pela elevada qualidade dos produtos e este creme anti estrias não desilude!

Alimentação

A alimentação é um factor demasiado importante na gravidez e pode ser uma poderosa aliada no combate às estrias. Uma dieta saudável é essencial e as vitaminas A e C são uma das suas melhores armas para combater este problema. Assim, com supervisão do médico que a acompanha, aposte numa dieta rica em alimentos que contenham estas vitaminas: laranjas, manga, cenouras, pimentos… Alimentos ricos nestas vitaminas ajudam a repor o colagénio na pele, ajudando assim a que esta se mantenha elástica.

Roupa interior adequada

Ao contrário do que possa pensar, a roupa interior tem um papel bastante importante na gravidez. Deve ser muito confortável, em 100% algodão e deve ser específica para grávidas, para que suporte bem as novas formas do corpo. O facto da barriga e dos seios terem um bom suporte, vai ajudar a diminuir o aparecimento das estrias. Não se esqueça que a roupa interior não deve ser demasiado justa, de forma a não condicionar uma boa circulação sanguínea.

Votação

Qual destas bebidas consome no dia-a-dia?