3 Principais diferenças entre as fraldas descartáveis comuns e as fraldas descartáveis ecológicas Bambo Nature | De Mãe para Mãe

Está aqui

3 Principais diferenças entre as fraldas descartáveis comuns e as fraldas descartáveis ecológicas Bambo Nature

Sabia que, no primeiro ano, um bebé gasta entre 3500 a 4000 fraldas descartáveis? E sabia que cada uma destas fraldas demora cerca de 450 anos para se decompor no meio ambiente? As fraldas descartáveis ecológicas surgiram para proteger o ambiente mas distinguem-se das fraldas descartáveis comuns também por outros pontos. Hoje partilhamos consigo as 3 principais diferenças:

1. Os materiais que constituem a fralda

As fraldas ecológicas descartáveis utilizam mais produtos naturais do que as fraldas descartáveis comuns – prova disso é o tempo de decomposição de cada uma. As Bambo Nature, por exemplo, utilizam apenas matérias-primas renováveis de alta qualidade. E se o cloro é muitas vezes utilizado no processo de branqueamento das fraldas descartáveis comuns, este (e outros componentes tóxicos) fica(m) completamente fora da equação quando se cria uma fralda ecológica. Para além disto, a madeira utilizada para a celulose é derivada de florestas sustentáveis, onde são plantadas mais árvores do que abatidas – no caso das fraldas ecológicas, é claro.

Estas preocupações são maravilhosas não só para a Natureza mas também para a pele do bebé, que não fica em contacto com produtos potencialmente tóxicos e/ou perigosos. O cheiro a químicos quando o bebé faz xixi não faz parte do dia-a-dia das famílias que optam pelas fraldas ecológicas descartáveis.

2. A Certificação Nordic EcoLabel

As fraldas ecológicas descartáveis têm uma certificação que as fraldas descartáveis comuns, na sua maioria, não têm. A Nordic Ecolabel é uma certificação que avalia o impacto da produção de um determinado produto no meio ambiente em todo o seu ciclo (desde a utilização de água e energia na manufatura, a utilização de químicos nos materiais que constituem o produtos e até a possibilidade de reciclagem do produto, assim como a reutilização dos desperdícios). A certificação “Nordic Ecolabel” também tem uma perspetiva social: as condições dos trabalhadores são avaliadas, assim como a sua segurança, remuneração e saúde.

3. As embalagens também fazem a diferença

Não são só as fraldas que devem ser ecológicas. Quando lhes é aplicada esta designação, é necessário que as embalagens onde são colocadas também cumpram alguns critérios favoráveis ao meio ambiente.

Toda a produção e distribuição das empresas de fraldas ecológicas devem estar concentradas na redução de resíduos e de combustíveis. O saco de transporte dos produtos das Bambo Nature é fabricado com materiais sustentáveis, plástico reciclado, com a intenção de reduzir as emissões de CO2, sendo que todos os produtos e as embalagens podem ser descartados através da reciclagem, incineração ou compostagem - os produtos foram desenhados para serem facilmente desmontados e para que os seus componentes possam ser reciclados e ou decompostos.

As fraldas ecológicas descartáveis e as fraldas descartáveis comuns têm outras diferenças que variam de marca para marca. Os custos que a produção de uma fralda ecológica exige não são iguais aos de uma fralda comum e tudo isso se reflete no preço. No entanto, uma coisa é certa: as fraldas ecológicas são uma mais-valia, tanto para o meio ambiente como para cada bebé.

Votação

Qual destas bebidas consome no dia-a-dia?