Mais de 40 crianças adotadas foram devolvidas num ano... | De Mãe para Mãe

Está aqui

Mais de 40 crianças adotadas foram devolvidas num ano...

Responda
13 mensagens
Sheepelgirl -
Offline
Desde 01 Mar 2016

Olá meninas,

Nós ainda não decidimos se queremos avançar ou não com este processo. A carga psicológica dos tratamentos ainda não nos deixa clarificar bem esta questão nas nossas cabeças...

E depois lemos uma notícia destas e fico logo muito triste. Claro que não sabemos as razões mas ao mesmo tempo só o termo "devolver uma criança"....Enfim...

https://sol.sapo.pt/artigo/565992

MAC desde 2014
2016/ICSI – negativo: 1 embrião 3 dias/4 células (monstra 1 dia antes do BETA)
2017/02 - GQ (a esperança deste positivo!)
2017/ICSI – 2ª GQ: 1 embrião 3 dias/5 células (monstra 4 dias após 2ª BETA e parar Progeffik)
A luta pelo nosso sonho continua! <3

bolinha_75 -
Offline
Desde 31 Out 2014

É revoltante.
Antes desta icsi fui a uma acção de informação a seg social.
Sao muito tristes as estatísticas, viemos de lá de rastos.
Insistimos nesta icsi senão ja estariamos em lista de espera.

Submetido por bolinha_75 em Qui, 01/06/2017 - 13:37

NOV14 - AE de gravidez natural
JUN15 - ICSI MAC (-)
OUT15 - AE de gravidez natural
MAI16 - TEC MAC (-)
SET16 - TEC MAC (-) a pensar no dia de amanhã!
JAN17 - TEC GINEMED. 30jan _849 , é o meu nr da sorte. Obrigada Deus! São 2!!! Felicidade a dobrar!

bolas_e_bolinhas -
Offline
Desde 31 Mar 2012

Eu nao gosto de julgar os outros e acho que nem o devemos fazer... Mas choca me que um casal parta para adopcao e depois de ter uma crianca a devolva. Uma crianca nao é um brinquedo, ou um cao, ou algo que se devolva. Quando temos um filho nao o podemos devolver se a experiencia nao corresponder às expectativas. Sao criancas indefesas que precisam tanto de amor e familia e serem devolvidas deve as fazer sentir mais rejeitadas ainda. Uma vida de rejeicao Triste
Pelo que li nao foram so criancas mais crescidas que foram devolvidas. Foram devolvidas criancas com menos de 1 ano e criamcas com menos de dois anos.
Mas independentemente da idade... Sao criancas.
Parte me o coracao.
Acho que so devemos partir para adopcao qd temos muitas certezas. Assim como so devemos ter filhos quando temos certeza.
Se eu tivesse condicoes economicas gostava de adoptar.

Submetido por bolas_e_bolinhas em Qui, 01/06/2017 - 15:01
bolinha_75 -
Offline
Desde 31 Out 2014

O que me explicaram lá na seg social é que devolviam precisamente porque ou davam muito trabalho, ou não correspondem as expectativas... Enfim...
Digo que saímos de lá de rastos mesmo...

Submetido por bolinha_75 em Qui, 01/06/2017 - 15:21

NOV14 - AE de gravidez natural
JUN15 - ICSI MAC (-)
OUT15 - AE de gravidez natural
MAI16 - TEC MAC (-)
SET16 - TEC MAC (-) a pensar no dia de amanhã!
JAN17 - TEC GINEMED. 30jan _849 , é o meu nr da sorte. Obrigada Deus! São 2!!! Felicidade a dobrar!

D_Luz -
Offline
Desde 01 Jul 2011

também me faz muita confusão porque os filhos biológicos também nem sempre sao os que os pais sonharam e não é por isso que são devolvidos ( fora casos de maus tratos etc) ...

isto a mim prova que há candidatos que estão a ser mal avaliados e que teem uma visão romanceada da coisa.. ou então não há muito apoio para a integração da criança, ou interagiram pouco com ela. agora quem QUER mesmo dar esse passo não desiste da criança pois vê -a mesmo como filho/ a desde o primeiro momento e está por isso disposta a vencer todos os obstáculos que naturalmente se apresentam. não fiques de rastos se este é o teu/vosso verdadeiro desejo não há de ser a estatística que vos vai desmoralizar <3

Submetido por D_Luz em Qui, 01/06/2017 - 16:39
bolinha_75 -
Offline
Desde 31 Out 2014

Luz, basta ver o que aconteceu esta semana.
Um pai adotivo que violou 3 filhas e a mulher ainda o defende!
É preciso sorte para muita coisa e olha estas crianças que só precisam de amor e carinho

Submetido por bolinha_75 em Qui, 01/06/2017 - 16:59

NOV14 - AE de gravidez natural
JUN15 - ICSI MAC (-)
OUT15 - AE de gravidez natural
MAI16 - TEC MAC (-)
SET16 - TEC MAC (-) a pensar no dia de amanhã!
JAN17 - TEC GINEMED. 30jan _849 , é o meu nr da sorte. Obrigada Deus! São 2!!! Felicidade a dobrar!

Desde 13 Set 2012

Olá!

É uma estatística tão feia como feio é o índice de crianças institucionalizadas em Portugal. Com uma população de cerca de 10 milhões, ter mais de 8600 crianças institucionalizadas é, ou deveria ser, no mínimo, um bom motivo de vergonha nacional. Não o é porque, como em quase todos os âmbitos, também aqui existem muitos interesses particulares e individuais a sobreporem-se ao superior interesse dos menores.

As devoluções de crianças adotadas, coisa que eu nem sabia ser permitida, só acontece porque nos últimos anos se tem vindo a descorar o trabalho dos técnicos; à medida que lhes foram sendo atribuídos mais poderes, decresceu a qualidade do desempenho. Uma avaliação meramente incompetente ou puramente tendenciosa feita por um ou mais técnicos certamente dita o destino de uma criança.

Eu nem sequer me consigo rever num cenário de devolução de um filho, quanto mais analisar o significado de tudo isto. Andam tantos casais há vários anos a lutar por um filho do coração e depois deparamo-nos com uma estatística destas. Alguma coisa está aqui a falhar!

A mim dificilmente me atribuiriam uma criança, simplesmente porque os juízos de valor feitos por técnicos são o suficiente para colocarem num relatório uma série de informações que nem se dão ao trabalho de aferir da sua veracidade. Basta o facto de eu ser cega para, à partida, me considerarem sem viabilidade para adotar. Não obstante, tenho 2 filhos biológicos super saudáveis, perfeitamente desenvolvidos e adequados às suas idades respetivas; toda a minha vida trabalhei e tenho uma situação económico-familiar estável. No entanto, para os técnicos, eu provavelmente estarei a adotar para que um dia a criança adotada me possa servir. Isto não aconteceu comigo porque na verdade eu pretendo adotar mas o marido não tem tantas certezas e por isso ainda não avançámos, mas aconteceu com outras pessoas também elas cegas e com boa situação de vida. Em fim, é o que temos. Quando os técnicos consideram que a sua visão pessoal da realidade é suficiente para dispensar critérios e parâmetros de avaliação, está tudo dito. Isto vale para avaliar pais excelentes considerando-os como inviáveis e também decerto serve para considerar viáveis pais que nunca jamais o deveriam ser.

Entre a estatística e a nossa real intenção, há um mundo enorme de distância; acho que nunca devemos perder o foco naquilo que, para nós, é mesmo relevante. Se eu um dia realmente me decidir pela adoção, moverei céus e terra mas conseguirei adotar, nem que seja no estrangeiro, onde, por certo, os preconceitos não estão tão enraizados e não toldam o descernimento de profissionais competentes.

Tudo de bom para todas

Submetido por Sónia Maria Santos em Qui, 01/06/2017 - 17:10

SMSantos

bolinha_75 -
Offline
Desde 31 Out 2014

Ola sonia Santos
A adopção internacional ainda é mais difícil, isto claro, foi o que me disseram as dras....
E há mais do dobro de pessoas singulares/casais inscritos que crianças institucionalizadas!
Consegui engravidar de gemeos senão não teríamos desistido
Obrigada pelo seu depoimento
É uma mulher com M grande

Submetido por bolinha_75 em Qui, 01/06/2017 - 18:23

NOV14 - AE de gravidez natural
JUN15 - ICSI MAC (-)
OUT15 - AE de gravidez natural
MAI16 - TEC MAC (-)
SET16 - TEC MAC (-) a pensar no dia de amanhã!
JAN17 - TEC GINEMED. 30jan _849 , é o meu nr da sorte. Obrigada Deus! São 2!!! Felicidade a dobrar!

carlaper -
Offline
Desde 11 Out 2011

A mim só me ocorre uma palavra que nem vou aqui dizer.
Essas pessoas deveriam ser responsabilizadas e severamente penalizadas.

Submetido por carlaper em Sex, 02/06/2017 - 13:48
Desde 13 Set 2012

Olá!

Carla, o mais grave está no próprio sistema; ao que parece, os adotantes têm o direito de experimentar a criança durante, pasme-se, 6 longos meses, findo os quais lhes é reservado o direito de devolução. Sem comentários possíveis!

Mas uma criança é um objeto que seja passível de ser testado? Seguindo esta linha de raciocínio, então cada mãe, ou cada pai, ou cada casal, deveria de ter direito também a declinar os filhos que a natureza lhes concede, sempre que não correspondam ao modelo de perfeição aceite convencionalmente; estou a ver bem o filme? Olha, eu por acaso poderia ter sido uma das rejeitadas, já que perfeita obviamente não nasci... pois, mas os meus pais acho que nem em pesadelos lhes ocorreria tal coisa! Pitosga sim, mas filha deles antes de tudo!

É o que temos...

Tudo de bom!

Submetido por Sónia Maria Santos em Seg, 05/06/2017 - 15:14

SMSantos

carlaper -
Offline
Desde 11 Out 2011

Olá Sónia
Bem sei, é uma vergonha as nossas crianças não serem protegidas pela lei, em tantos e tantos casos.
Isto é negligência e abandono. Para todos os efeitos já eram pais das crianças. Foram devolver porque afinal dava muito trabalho? Já não podiam ir jantar fora? Ir de férias? Ir comer caracois e beber uma jola à vontade? Não souberam lidar com o peso da responsabilidade e da mudança que um filho acarreta?
Que tipo de pessoas são estas? Aposto que são apenas avaliadas pelo seu aspecto exterior e conta bancária. Se parecem pessoas de bem, serão bons pais de certeza. Crianças de uma profunda imaturidade, é o que me ocorre. Que devolvem o brinquedo, quando este deixa de ter graça ou não corresponde ao esperado.
Não estamos a falar de um caso isolado, falamos de dezenas de crianças que tiveram a infelicidade de passar por este duro processo.
Por favor, se não tem profunda certeza do que querem, não avancem e não submetam uma criança a uma situação destas.

Submetido por carlaper em Seg, 05/06/2017 - 17:10
bolas_e_bolinhas -
Offline
Desde 31 Mar 2012

Devem se sentir abandonadas essas criancas Triste se eu tivesse dinheiro ou se pelo menos o meu marido estivesse mais aberto à ideia eu adoptava... Dava uma familia a uma crianca que nao a tem. Mas o meu marido só aceita a hipotese de adoptar se a crianca nao tiver pais vivos. Tem essa ideia fixa. Nao sei se tem medo que os pais bilogicos queiram recuperar a crianca..sao ideias!

Submetido por bolas_e_bolinhas em Ter, 06/06/2017 - 07:48
SLCM -
Offline
Desde 17 Fev 2016

Olá,

Esta notícia é muito triste e diz-nos que algo está mal.
O processo é demorado, há formação, há tanta bibliografia sobre o assunto... alguém pensou que fosse um processo fácil? não é...

Submetido por SLCM em Ter, 13/06/2017 - 23:51

Votação

Quanto gastou ou pretende gastar no carrinho de bebé?