Injustiças de sogras | De Mãe para Mãe

Goste de nós no Facebook

últimos tópicos no forum

Fórum Creches e jardins de infância

Pequenos Génios Alfornelos

Fórum Geral & Apresentação

Colégio Atlântico

Fórum Infertilidade

Clinicas de Fertilidade e IRS

Fórum Geral & Apresentação

Roupinha barata...

Fórum Grávidas

Recomendações Ovo 0+/1

Fórum Grávidas

Eco 4D a 29€ :D

Fórum Geral & Apresentação

Roupinha barata...

Fórum Geral & Apresentação

Roupinha barata...

Fórum Mães & Bebés

Osteopatia pediátrica

Fórum Treinantes

Triste ainda assim...

Fórum Mães & Bebés

A primeira sopa...desespero!

Fórum Mães & Bebés

SOCORRO!!

Fórum Creches e jardins de infância

Jardins de infância nos Olivais

Destaques nas lojas

Loja ssequeira

Novidades!!...

Loja mo-duarte

Roupa de menino e de menina....

Loja Marisa_Silva

Roupa e calçado para os pequenos príncipes ;) ...

Loja Moranguinho29

Bomba tira leite elétrica swing medela....

Loja susana08

LIQUIDAÇÃO!!...

Loja Pipoquinha 07

Roupinha e calçado de menina em excelente estado dos 0 aos 1...

Loja veraamorim

3 peças 1€ (para peças de valor INFERIOR a 1€), 3 peças 2€ (...

Loja lcaaugusto

Pack bodies bebé manga curta....

Loja Maria M. M.

Oferta dos portes de envio!! Por favor, enviem mensagem pri...

Loja Estela2010

Copos de aprendizagem, biberoes, roupinhas, Testes de gravid...

produtos à venda

€3.50
€3.50
€6.00
€3.50
€15.00
€5.00
€5.00
€3.00
€2.50
€2.50
€2.50
€2.50

artigos recentes

Babywearing – o que é e quais as vantagens?

O Babywearing tem ganho cada vez mais fãs nos últimos...

7 frases que nunca deve dizer a quem não consegue engravidar

O momento em que o casal decide ter um filho é sempre um momento...

Está grávida? Saiba como se manter hidratada durante o Verão!

A hidratação é uma questão à qual todos devemos estar atentos –...

Lembrem-se sempre disto: ser saudável é o mais importante!

Carolina Deslandes publicou uma fotografia três semanas após o...

Primeiras idas à praia com um bebé: cuidados a ter

O calor começa a chegar e com ele vem aquela vontade crescente de...

Nasceu um bebé

Noa
30.09.2017
12.09.2017
04.09.2017
05.08.2017

Votação

Quanto gastou ou pretende gastar no carrinho de bebé?
11 mensagens
Última entrada
Retrato de Bisgalha
Offline
Desde:
17.11.2014

Injustiças de sogras

Olá Mamazecas,
Sei que este tema é muito debatido..mas só queria mesmo era desabafar...ja desabafei com o marido mas este pouco ou nada pode fazer.

Quando namorava o meu marido, a sogra era simpatica para mim, dava-me coisas, deixava-me estar á vontade na casa dela. A partir do momento em que me tornei noiva, tudo o que eu fazia nao prestava ou era errado.Culpava-me de tudo.Só porque sim.E no dia do meu casamento nem me dirigiu a palavra.Passou a festa num canto, de cara séria. E eu sem nada ter feito. Fiquei muito magoada.

Há dias, a outra filha dela, tornou-se noiva e só queriam que vissem a alegria da mãe...ate lagrimas de alegria deitou.- Toda feliz da vida - aquilo foi como uma facada no meu coração. Obvio que eu estava feliz pela rapariga, mas aquela imparcialidade descomunal foi um corte no meu coração- afinal que mal fiz eu para nao ser apreciada pela sogra de igual forma?

.E o futuro genro, conhece-o tão pouco (mas sim é bom rapaz) e depositou assim tanta confiança e alegria nele. Fala dele como se fosse um santo. Quando fui eu, foi só guerra, implicancias, desconfianças e ela pouco me conhecia de igual forma.

E até o dia de hoje, ela trata-me bem quando o meu marido está comigo. Quando ele se ausenta, começam as culpas,as implicancias e passar atestados de burra um atras do outro. Quando ele chega, a simpatia dela regressa- isto mata-me.
Sei que ela faz um esforço para ser simpatica e eu não entendo por quê.

Estou mesmo magoada...como pode uma pessoa nao por a mão na sua consciencia e pensar nesta imparcialidade...?
Como é que a pessoa nao pára para pensar no quão ridícula é a sua atitude?

Isto me custa...

Retrato de CláudiaRR
Offline
Desde:
13.06.2017

Acho que o problema é sermos mulheres, quase que parece que nos vêm como rivais... é uma estupidez... mas já ouvi tanta coisa ridícula da minha sogra, e comecei a ouvir mais quando decidimos casar.... enfim....

Retrato de helg@
Offline
Desde:
28.12.2013

Já tentou falar com ela para esclarecer o porquê dessa situação? Às vezes uma conversa séria no início evita problemas mais graves...
Beijinhos e boa sorte

À procura da minha 2ª estrelinha ♡ ♡ ♡ é difícil seres tão desejada e ao mesmo tempo tão difícil de alcançar...

Minha pipoquinha linda, amor maior da minha vida ♡ ♡ ♡ primeiro dia do resto das nossas vidas 26/09/2013

Retrato de mamapaula
Offline
Desde:
07.12.2011

Roubou-lhe o filhinho dela, foi o que foi. Enquanto era "só" a namorada ela lá pensava "isto mais dia menos dia acaba-se" só que não acabou e ainda por cima converteu-se na "nora" e ela na "sogra" e roubou-lhe o menino.
Pela reacção dela isso é claro como água.
Enfrente-a! Pergunte-lhe o que mudou? porque a trata assim? Mostre-lhe que não é por a tratar mal que o casamento vai acabar, nem que o filho a vai deixar. Vocês amam-se e ela devia era ficar muito feliz por isso, em vez de ter uma nora que fizesse o seu filho infeliz.
Não tema medo e diga-lhe na cara o que pensa. Ponha-a na ordem e vai ver como ela muda logo!

Retrato de Bisgalha
Offline
Desde:
17.11.2014

Helga

Uma vez, (vão me chamar tola)- mesmo sabendo que pouca ou nenhuma culpa tive, pedi-lhe desculpas pelos transtornos que eu lhe tinha causado(e até ofereci uma prenda de "perdão"- e ela disse ao meu marido que nao sabia do que é que eu estava falando, que nao sabia por que eu pedia desculpas pois nao tinha acontecido nada- que foi tudo coisas da minha cabeça.

-Assim fica a imagem que a conflituosa sou eu e não ela.

-Fiquei para morrer com aquele teatro...- nao foi capaz de aproveitar o momento e pedir desculpas tambem? Que orgulho...

Esteve mansa uns tempos(pois sabe o que fez) e depois voltou ao mesmo.

Doi, nao doi?

Retrato de Bisgalha
Offline
Desde:
17.11.2014

E outra "pequena" coisa que também me magoa...é que outros familiares que vivem com ela, que outrora eram delicados para mim e pareciam nao concordar com ela, entretanto começaram a me tratar de igual forma que ela, a me criticar nas mesmas coisas, até a levantar a voz , o que me fez pensar que ela lhes "lava" a cabeça a meu respeito.- Isto não se faz

E eles quando me criticam ou culpam, eu olho para ela a ver se me defende, e ela tem uma expressão facial do genero "desenrasca-te, querida"

Retrato de mamapaula
Offline
Desde:
07.12.2011

Já falou com o seu marido sobre esse bulliyng da sua sogra e restantes familiares? Peça a intervenção dele, ora! Não a podem tratar assim! Tem 2 opções: ou esclarece tudo de uma vez por todas ou então ignore, finja que que não está nem aí, mostre indiferença. Talvez ela se convença que não ganha nada em trata-la dessa forma.

Retrato de helg@
Offline
Desde:
28.12.2013

Eu não gosto de arranjar conflitos e até acho que devemos tentar evitá-los se pudermos, mas não gosto que me pisem e não me deixo deitar abaixo. Não sei há quanto tempo vive com essa situação, mas neste caso não devia deixar-se pisar nem que a tratem mal. Experimente o desprezo, algumas pessoas dão-se muito mal com ele...
Eu dou-me bem com a minha sogra, mas não deixo que se meta na minha vida. Sei que adora a neta, e às vezes até tenho pena que não esteja mais vezes com ela...
Mostre que se sente indiferente às investidas dela, que não a incomoda minimamente e que você chegou para ficar, independentemente do que ela quer.

À procura da minha 2ª estrelinha ♡ ♡ ♡ é difícil seres tão desejada e ao mesmo tempo tão difícil de alcançar...

Minha pipoquinha linda, amor maior da minha vida ♡ ♡ ♡ primeiro dia do resto das nossas vidas 26/09/2013

Retrato de aries23
Offline
Desde:
18.07.2016

Para quem nos trata mal uma coisa importante é não lhes deixar ficar com a ideia de que isso seja aceitável. Pelo que deve ser firme e acabar com a simpatia para com ela pois isso apenas piora. Ela continuará a vê-la como vítima fácil e apenas piorará.

Retrato de Nana611
Offline
Desde:
18.05.2015

Olá, olá! Este é realmente um tema que certamente diz muito a cada uma de nós mamãs. Eu passei e ainda passo alguns momentos sensíveis com a mae do meu marido, nem gosto de lhe atribuir o título de sogra. O primeiro ano do meu filho foi horrível na convivencia com os meus sogros, principalmente ela que sistematicamente me provocava e ainda provoca, com as porcarias das parecenças, com a constante mania de tentar deixar-me desconfortável dizendo que o meu filho é dela...enfim tantas mas tantas pérolas que nem vale a pena lembrar. A minha atitud foi sempre de desprezo e desvalorizačão daquilo que ela dissesse até ao dia em que lhe disse que me deixasse em paz pois eu sabia qual o papel que tinha na vida do meu filho. Aquilo, apesar de eu camuflar mais ou menos bem, sempre me torturava, principalmente nos primeiros 6 meses do pequenote. Comecei simplesmente a não responder a nada que ela me sugerisse, a não lhe dar importancia absolutamente nenhuma e a coisa até melhorou, muito pouco mas como não obtem nenhuma manifestaçao da minha parte, seja em coisas relativas ao desenvolvimento do bebé ou da minha vida em geral, agora lá vai dando uns bitaites mas funciona como se estivesse a falar sozinha. Chegou ao cumulo de me dizer que eu lhe tinha roubado o principe dela, o pobre do meu marido é filho único... Já cheguei a dizer aqui que detesto a mulher e é a mais pura das verdades, hoje se a respeito e sempre respeitei, é pelo meu marido mas, que não gosto dla, ai isso é que nao gosto mesmo. Nunca a convido para minha casa, é extremamente cobiçadora da minha vida, da minha destreza na cozinha, e eu que nem ligo a nada que ela tem, podia me deixar em paz mas não, é o bichinho mais provocador e dissimulado que tive a infelicidade de conhecer e com quem tenho de conviver todos os fins de semana pois se temos a ousadia de não lhe levar o neto todos os fins de semana até desmaia de chelique. Desculpem o texto corrido mas o meu cp hoje está conta mim :).

Retrato de RBSilva
Offline
Desde:
20.03.2017

Olá Bisgalha,

Infelizmente este é um assunto próximo a muitas mulheres... já o disse várias vezes e volto a repetir: As sogras das mulheres são piores que as sogras dos homens.

Conheço tantos, mas tantos casos destes que chego a brincar com as minhas amigas que têm filhos rapazes e dizer-lhes "Vês o que estás a passar agora? Lembra-te disto quando for a tua vez de ter uma nora!".

Acho que o problema é que há certas mulheres que acham que mulher alguma está à altura delas e nenhuma vai tratar os seus filhinhos como eles deviam ser tratados!

Já uma vez li uma reportagem sobre uma psicologa americana que estava a estudar este fenómeno - porque é que as sogras fazem a vida negra às noras. A conclusão dela é que elas se "esquecem" que também são mulheres, que já passaram pelo mesmo e deixam que a ligação que têm com os filhos (rapazes) se sobreponha a tudo o resto... ou seja, são mães e esquecem-se de ser mulheres!

Tenho uma experiencia semelhante com a minha sogra, que acha que manda na vida dela e na minha também... no meu caso, confesso, também tenho o meu feitiozinho, e não admito esse tipo de coisas! Os meus pais nunca se meteram na minha vida (podem dar conselhos se os peço, mas não mais do que isso), e dão-se lindamente com o meu marido, mas eu estou sempre a ter de "dar para trás" à minha sogra. Ela simplesmente não entende (ou finge não entender) chamadas de atenção delicadas ou pacificas, por isso aprendi a ser um bocadinho mais direta.

O pior é que faz como a tua... à frente do filho faz-se de coitadinha inocente (e ele acredita nela), mas quando ele não está, dá sempre as suas alfinetadas. E tal como a tua, faz cenas de ciúmes com coisas que não passam pela cabeça de ninguém - por exemplo se o meu sogro elogia a minha comida e ela tenta fazer igual e não lhe sai bem, fica danada comigo (como se fosse culpa minha!).

No inicio, tentei ter uma atitude apaziguadora e ignorar as provocações, mas a coisa foi piorando, até ao ponto de, um dia, no meio de um shopping, ela se ter posto a gritar comigo porque eu não ia fazer a comida que ela achava que eu devia fazer ao meu marido que estava de regresso de viagem. Nesse momento, "saltou-me a tampa"!! Levantei a voz e disse-lhe, com todas as palavras, que o filho dela tinha arranjado uma esposa, não uma criada e que, na minha casa, eu fazia o que bem me apetecia, e que não lhe admitia que se metesse! O meu sogro acabou por ter de intervir e acalmar os ânimos, mas a partir daí a relação mudou.

Na realidade, não posso dizer que o problema tenha passado- ela continua a tentar meter-se na nossa vida e a mandar as alfinetadas dela sempre que pode, mas aprendeu que, quando se estica demais, leva a resposta, por isso acalmou um bocado. Às vezes "estica-se", leva a respetiva correcção e acalma durante mais uns tempos. Não gosto muito de o fazer, porque fica sempre um ambiente chato, mas pelo menos não "levo desaforos para casa" e acabo por encarar com menos ansiedade os momentos que tenho de passar com ela!

Sei bem que a ex-mulher do meu marido era muito mais do agrado dela, porque deixava que ela mandasse na vida do filho e da familia, e, ainda que ela nunca tenha tido a coragem de mo dizer diretamente, volta e meia dá a entender isso mesmo. Obviamente que não gosto de o ouvir ou saber, mas depois penso que quem tem de gostar mais de mim é o meu marido e isso é garantido! Sorriso

O meu conselho é que não a deixes abusar... se ela faz alguma coisa que não te agrada, fá-la sentir que isso não é aceitável e que não vais tolerar esse tipo de atitude. Quanto mais cedo o fizeres, melhor! Pode não resolver o problema (como não resolveu comigo), mas pelo menos deixas de sofrer com isso.

Bjinhos e boa sorte com essa situação!