Goste de nós no Facebook

últimos tópicos no forum

Destaques nas lojas

Loja Aoufi

Vestidos lindos e peças a 1€1€1€1€1€1€1€ Roupinha LINDA BR...

Loja brisa-clara

Calçado 24,25,27 Bª Shantala Conchas Medela; Aerochamber; Me...

Loja Dany30

Roupinhas como novas da minha bebé!!...

Loja MG Santos

FECHO DE LOJA - 50% DESCONTO GRANDE LIQUIDAÇÃO 50% em toda a...

Loja soniacss

Bomba Medela, colchão anti-giro, chupetas Avent....

Loja tanuxinha

Até domingo Todos os conjuntos a 5 euros ( os com preço infe...

Loja tysh

FOFICES FOFINHAS PARA OS FOFUCHOS DO NOSSO CORAÇÃO!!...

Loja patilago

Creme anti-estrias c/óleo rosa mosqueta/Protectores de berço...

Loja SARIITA

É de aproveitar....40% de desconto em roupas usadas, 30% em ...

Loja safirate

ROUPINHA DE BEBE CHICCO, MAYORAL, JACADI, ETC!...URSINHO SON...

produtos à venda

€3.50
€3.00
€3.20
€2.40
€3.20
€6.00
€6.50
€8.00
€3.00
€20.00
€20.00
€10.00

artigos recentes

Como deixar de ser uma mãe galinha

A maternidade traz com ela muitas responsabilidades agregadas:...

O meu filho tem dois anos e não fala…O que fazer?

Ao longo do desenvolvimento os pais saboreiam cada etapa e...

Como escolher uma creche/jardim-de-infância

O momento de deixar um bebé ou filho pequeno na creche ou no...

Ginásio Multibrincadeira

Brinquedos top para bebés top!

Se há duas coisas em que a Fisher-Price é especialista, essas...

Nasceu um bebé

19.11.2014
08.11.2014
06.11.2014
03.11.2014

Votação

Tem familiares ou amigos próximos com filhos até os 36 meses?

Está aqui

10 mensagens
Última entrada
Retrato de Tati4you
Offline
Desde:
21.05.2010

Gravidez ectópica

Boa noite,
sei que mto se tem dito (quer aqui quer em vários outros sitios, web ou não) sobre a gravidez ectópica. Ainda que aqui o tema não é tanto o fenómeno médico, mas sim a dor e os sentimentos de quem a experiencia. Também eu tenho a necessidade de desabafar, de sentir que não sou a única (por mais egoísta que isto pareça!).
Há um ano, mais precisamente pelo Natal, tive o melhor presente de todos: estava grávida após 2 anos e meio de tentativas! A alegria foi imensa, mas de curta duração, pois comecei a sangrar no dia seguinte à tão desejada novidade. Após repouso consegui à 6ª semana na ecografia ouvir o bater do coração do MEU BÉBÉ!!! Mas as perdas de sangue (ainda que em pca quantidade) continuaram e à 10ª semana tive a triste novidade que o embrião estva morto. Fiz o meu luto junto da minha família e no dia seguinte fui internada. Passei dois dias a tentar que, através de fármacos colocados na vagina, o meu corpo expulsasse o embrião, mas sem sucesso, o que obrigou a uma raspagem. Foi muito duro, porque por mais que dissessem que era apenas embrião, para mim era o meu bébé, o tão desejado bébé. Passei os meses seguintes a imaginar como eu estaria, no dia previsto para o parto, como seria, etc.
Quando pensava que tinha tido uma experiência dura e uma forte provação na vida, tentei a consulta de procriação medicamente assistida. Após várias tomas de Dufine (sem efeito) quando tentei algo mais forte (indução da ovulação através de injectáveis) fui bafejada pela sorte e engravidei na primeira tentativa! Continuei com perdas de sangue, algumas dores (que talvez devido à ansiedade do meu estado de graça) não me parceram ser demasiado fortes, fiz análise ao sangue por várias vezes, dado que ´nada aparecia na eco, A gravidez (através dos testes) não estava a evoluir (a beta a duplicar de 48h em 48h) cmo seria de esperar. No entanto estive em repouso absoluto, com algumas dores, sem resultados ecográficos e com perdas de sangue, até que à 7ª semana finalmente decidiram que seria uma gravidez ectópica! Já com mais de 10.000 de valor da beta, teria que ser operada,e porque não foi detectada a tempo, além de ser de urgência, foi-me retirada uma trompa. Foi há 10 dias e ainda não me conformo com tudo isto!
Graças a Deus tenho uma marido fabuloso, uma família fantástica e uns amigos atenciosos, mas estou tão só quanto a minha dor o impõe! O meu maior sonho, desde sempre, foi ser mãe, tenho mais de 30 anos, um casamento feliz, e neste momento, não sei se será a dor, a revolta, mas sinto que "há pessoas que têm outras que não", faz parte das estatísticas, das probabilidades, das injustiças da vida...
Obrigado por me "ouvirem" e desculpem o meu longo desabafo!
Tati

Retrato de bruna.nina
Offline
Desde:
02.01.2010

ola linda boa noite ...tb passei por isso nao tao dolorosa como a tuua mas accho que posso falar em nome de todas as mammas que tamos aaqui para te ajudar naquilo que podermos principalmente ouvir a tua dor bjs e força nao desistas.....

a minha estrelinha ja nasceu 19/07/2011-3.520kg 49cm (iris)
a minha nova estrelinha 07/12/2010
a minha princesa nasceu 18/11/09-3.830kg-50cm (andreia)
afilhadosºººººa mamã marciasilva e do seu gonçalinhoººººe da linda matilde da mama nina_açoresºººe gonçalo da mama sarapiresºººº

Retrato de ticcaa
Offline
Desde:
20.05.2010

Tati4you escreveu:
Boa noite,
sei que mto se tem dito (quer aqui quer em vários outros sitios, web ou não) sobre a gravidez ectópica. Ainda que aqui o tema não é tanto o fenómeno médico, mas sim a dor e os sentimentos de quem a experiencia. Também eu tenho a necessidade de desabafar, de sentir que não sou a única (por mais egoísta que isto pareça!).
Há um ano, mais precisamente pelo Natal, tive o melhor presente de todos: estava grávida após 2 anos e meio de tentativas! A alegria foi imensa, mas de curta duração, pois comecei a sangrar no dia seguinte à tão desejada novidade. Após repouso consegui à 6ª semana na ecografia ouvir o bater do coração do MEU BÉBÉ!!! Mas as perdas de sangue (ainda que em pca quantidade) continuaram e à 10ª semana tive a triste novidade que o embrião estva morto. Fiz o meu luto junto da minha família e no dia seguinte fui internada. Passei dois dias a tentar que, através de fármacos colocados na vagina, o meu corpo expulsasse o embrião, mas sem sucesso, o que obrigou a uma raspagem. Foi muito duro, porque por mais que dissessem que era apenas embrião, para mim era o meu bébé, o tão desejado bébé. Passei os meses seguintes a imaginar como eu estaria, no dia previsto para o parto, como seria, etc.
Quando pensava que tinha tido uma experiência dura e uma forte provação na vida, tentei a consulta de procriação medicamente assistida. Após várias tomas de Dufine (sem efeito) quando tentei algo mais forte (indução da ovulação através de injectáveis) fui bafejada pela sorte e engravidei na primeira tentativa! Continuei com perdas de sangue, algumas dores (que talvez devido à ansiedade do meu estado de graça) não me parceram ser demasiado fortes, fiz análise ao sangue por várias vezes, dado que ´nada aparecia na eco, A gravidez (através dos testes) não estava a evoluir (a beta a duplicar de 48h em 48h) cmo seria de esperar. No entanto estive em repouso absoluto, com algumas dores, sem resultados ecográficos e com perdas de sangue, até que à 7ª semana finalmente decidiram que seria uma gravidez ectópica! Já com mais de 10.000 de valor da beta, teria que ser operada,e porque não foi detectada a tempo, além de ser de urgência, foi-me retirada uma trompa. Foi há 10 dias e ainda não me conformo com tudo isto!
Graças a Deus tenho uma marido fabuloso, uma família fantástica e uns amigos atenciosos, mas estou tão só quanto a minha dor o impõe! O meu maior sonho, desde sempre, foi ser mãe, tenho mais de 30 anos, um casamento feliz, e neste momento, não sei se será a dor, a revolta, mas sinto que "há pessoas que têm outras que não", faz parte das estatísticas, das probabilidades, das injustiças da vida...
Obrigado por me "ouvirem" e desculpem o meu longo desabafo!
Tati

tati lamento muito o sofrimento que passas-te e que ainda estas a passar, nao deixes de acreditar que um dia sera a tua hora e teras o teu bebe...
nao passei nem perto do que passaste mas senti uma grande dor no meu coraçao quando me disseram que podia tar com inicio de aborto espontaneo...pois tinha muitas dores abdomnais....felizmente e graças a deus tdo esta a correr pelo melhor e ja tenho quase 5 mesinhos!!

mas nao desistas que ha-des ser abençoada tal como eu fui...

Amo'te Rodrigo Anselmo Valente Martins Ferreira <3
'conheci-te a 16 de outubro de 2010 tinhas 3725g e 51cm'
e's o meu TESOURO @

Retrato de sylviemarinha
Offline
Desde:
16.11.2009

Só te posso dizer contar uma coisa para te animar:
a minha cunhada, na 1ª gravidez teve uma gravidez ectópica: um dia o meu irmão chegou a casa e ela estava no chão desmaiada, não se sabe há quanto tempo... ela teve de ser operada de urgência, e pouco mais e teria morrido. Também lhe tiraram 1 trompa. Depois disso teve 2 bebés e um deles vai ser pai em Agosto!!!!
Por isso FORÇA, vais ver que a tua pipoca vai aparecer em breve!

Retrato de dcguerreira
Offline
Desde:
09.01.2009

Olá, Tati, tb tive uma experiência semelhante à tua. Em Fevereiro de 2008, estava eu com 9 semanas e 5 dias, qdo fui fazer a eco num centro de ecografias em Lx, com um médico profissionalmente mto bom. Foi-me diagnosticada uma gravidez ectópica, sem eu ter qq sintoma, para além de umas dores nas costas. Já dias antes tinha feito uma eco e a médica n tinha visto onde estava o feto. Como sabes, foram horas horríveis. O médico disse que eu estava a correr um grande risco, tinha de ir de urgência para o hospital p ser operada, pq corria perigo de surgir uma hemorragia interna e seria pior. Eu e o meu marido nem acreditávamos no q estava a acontecer, uma gravidez tão desejada, logo ao 2º mês de tentativa, um feto cheio de vitalidade, mas situado no lugar errado, na trompa direita. Fui operada nesse mesmo dia e correu tudo bem. Depois disso, já tive um aborto espontâneo e uma gravidez anembrionária. Todos os dias me lembro de todas estas situações horríveis por que já passei, mas acima de tudo, n posso perder a esperança, e é assim q tens de pensar. Fisicamente n existe nenhum problema em mim, para além da limitação de só ter uma trompa, logo só posso contar com a ovulação de um dos ovários. Hj estou a fazer tratamento para indução da ovulação e a fazer todos os meses monitorização para perceber qdo ocorrem as ovulações e em que ovário. Estou tb a ser seguida numa clinica de medicina alternativa, onde vou começar a fazer acupuntura, n só p restabelecer o equilibrio energético como para me dar paz interior. Duas regras importantes para tentar ultrapassar tudo: haver mto amor e cumplicidade no casal e nunca perder a esperança que um dia será o nosso dia. Não é nada fácil gerir os sentimentos. Devemos chorar qdo temos vontade mas tb temos de ter pensamento positivo e acreditar que ainda n tinha chegado a nossa hora, mas que ela vai chegar.
Desejo-te tanta sorte como aquela que quero para mim.
Ama muito e deixa-te ser amada e vais ver que um dia esse amor dará fruto.
Muitas felicidades!!
Beijinhos
Dora

Retrato de olga pinto
Offline
Desde:
19.06.2008

lamento imenso as tuas perdas!! Muita força e um abraço muito apertadinho..

bjs

O Miguel chegou no dia 8 de Março de 2011

Madrinha e afilhada da minha querida Isa79,:-) da minha linda gravida Deta :-)e madrinha da sua ervilhinha e da adoravel betserg Sorriso Madrinha da minha querida Kitty30 com muito prazer :-)Madrinha e afilhada da minha querida Marlene Oliveira Sorriso Madrinha da minha querida Tita_G :-)
Minha madrinha de barriga : Betserg - obrigada por tudo minha querida Sorriso Madrinha da minha querida Ligia Tavares Sorriso Madrinha da corajosa Isa 250 Sorriso

Retrato de Angel83
Offline
Desde:
24.03.2009

Olá Tati ...
Sinto muito tudo o k te aconteceu .. tens k ter força!
Agora qdo melhorares e voltares aos treinos vais conseguir de novo e dessa vez vai ser até ao fim :D
Tens k ter pensamentos positivos, por mais k seja dificil ok?
Tou a torçer por voces :D
Bjinhossssss

Retrato de sandraserra
Offline
Desde:
19.04.2010

Olá

O meu caso é ligeiramente diferente do vosso, mas foi-me retirado um ovário e uma trompa por ter dois tumores...Logo também só tenho ovulação de um dos lados....Fui operada há quse dois anos e agora estou grávida de 25 semanas do José Maria....
Depoid de ter sido operadaem Junho e na rotina dos 6 meses pós operatórios foi descoberta uma mancha no ovário que me restava, fiz um tratamento e a mancha desapareceu e seguiram-se exames para ver se ainda seria possível engravidar e então surge a boa nova, num desses exames surgiu um valor que a GO acho estarnho e mandou-me fazer análises e para lhe ligar com urgência quando tivesse os resultados, imaginem como eu fiquei.... Que raivaaa!!! Nervoso

Lá liguei à GO à espera o pior e ela diz-me como eu pensava está grávida Hipnotizado

Como devem calcular fiquei hipermega feliz assim como o maridão...

Por isso não desistam dos vossos sonhos nem das vossas estrelinhas, porque quando menos esperarem ela virá....

Espero que o meu caso vós renove a esperança e acreditem sempre...e contem com o meu apoio.. Olá!

Retrato de danisofia
Offline
Desde:
29.06.2009

Antes de mais lamento muito as tuas perdas Triste . A minha primeira gravidez também foi ectópica às 6 semanas,tinha 31 anos e ja lá vão 5 anos. Graças a Deus não precisei de tirar a trompa fizeram-me na altura um tratamento que resultou sem ser necessário retirar a trompa. Sei muito bem a dor que se sente nestes momentos. Era o meu primeiro filho e muito desejado.

Durante 6 meses não podia engravidar. Fiz um exame um pouco doloroso para saber se as trompas eram permeáveis e eram.Passado os 6 meses comecei a tentar engravidar de novo, o que acabou por acontecer 8 meses depois. Fiquei muito feliz, eu e o meu marido, mas com receio de se repetir novamente. Marquei logo uma eco endovaginal, estava com 6 semanas e estava tudo bem. Sorriso

Hoje tenho um menino lindo com 3 anos que é a minha razão de viver. Sonhador

Esta é a minha história. Acredita e tem fé que o teu dia vai chegar também.

Muita força e coragem e não desistas do teu desejo. Grande abraço

Madrinha do Daniel da mamã Lucia Marques;)
O meu filhote Daniel é afilhado da mamã Lucia Marques;)
Madrinha da princesinha Beatriz da mamã Rosita;)

"Existe uma grande desproporção entre a minha urgência e a lentidão de tudo"

Retrato de Tati4you
Offline
Desde:
21.05.2010

Não posso deixar de vos agradecer a TODAS. Algumas com experiências semelhantes, outras apenas com outros testemunhos, mas TODAS VóS com uma palavra de conforto.
Isto eu sei que tem de ser comum a todas, quer as que partilham alegrias, quer as que partilham tristezas!
Até então era "virgem" nestas andanças, mas com certeza imaginam a minha enorme surpresa.
Obrigada e tudo de bom, para as que já são, para as que hão-de ser umas lindas mãmãs!
Bjs