Fratrias, sim ou não? | De Mãe para Mãe

Goste de nós no Facebook

Destaques nas lojas

Loja susana08

50% DE DESCONTO EM TODOS OS ARTIGOS USADOS!! PEÇAS NOVAS A ...

Loja Loving Mom

A colocar novidades ;) H&M, Girândola, Zara, Mayoral, Ti...

Loja mama4ever

Robot de cozinha 5em1 BABYMOOV - 60€...

Loja Estela2010

Conceive Plus, testes de gravidez e ovulação One Step, Teste...

Loja diolinda

TODA A ROUPA COM 50% DE DESCONTO - LIQUIDACAO !!! ...

Loja Mafaldita83

Novidades para o Outono/Inverno e não só e óptimos preços!!!...

Loja verinha27

NEGOCEIO PREÇOS e também faço trocas Nunca tive problema...

Loja sylviarodrigues

Artigos novos e usados a ótimos preços =)...

Loja koriska28

NOVIDADES------- Bons Preços ...

produtos à venda

€12.00
€12.00
€12.00
€3.00
€4.00
€3.00
€3.00
€3.00
€160.00
€4.00
€3.00
€4.00

artigos recentes

Qual a escova de dentes ideal para o bebé?

A boca dos bebés é muito pequena, macia e sensível, portanto na...

Cuidados a ter na escolha de roupa de bebé

Toda a gente adora a roupinha de bebé! Há tanta escolha fofinha...

A importância do sono dos bebés

Estabelecer uma rotina de sono é essencial para o desenvolvimento...

5 características que uma boa fralda deve ter

A altura de escolher as melhores fraldas para o bebé é sempre um...

10 hábitos de uma mãe com filhos pequenos

A vida de uma mulher muda no momento em que ela se torna mãe. A...

Nasceu um bebé

14.02.2017
13.02.2017
13.02.2017
21.01.2017

Votação

Quanto gastou ou pretende gastar no carrinho de bebé?

Está aqui

6 mensagens
Última entrada
Retrato de Smiley
Offline
Desde:
27.10.2009

Fratrias, sim ou não?

Olá a todos,

Estamos na fase de aprovação da nossa candidatura à adopção (faltando apenas a visita domiciliária). Eu e o meu marido sempre quisemos ter 3 filhos (2 adoptados e 1 biologico) e foi com essa convicção que iniciámos o processo de adopção.
No entanto, foi nos referido pela assistente social que muitas vezes os miudos, por serem irmãos, procuram conforto um no outro e por isso fecham-se sem deixar os pais entrar ou, podem haver ciumes e por isso boicotam a relação com os pais. Quase pareceu estar a empurrar-nos para apenas 1 adopção.
Nós não temos nenhum filho e por isso gostaria de saber se alguem já passou por esta experiencia e teve as mesmas duvidas e já agora se tem alguma recomendação.
Obrigada!

Retrato de guialmi
Offline
Desde:
13.07.2013

Não lhe posso responder por experiência própria, mas conheço casos de adoção de fratrias e parece-me que até foi mais fácil a adaptação das crianças. Andou aqui no fórum uma super-mãe que adotou 5 irmãos, mas já h+a muito tempo que não aparece.
No entanto, e desculpe-me a intromissão...a assistente social sabe que estão a fazer tts de fertilidade? não será por isso que vos estava a tentar demover das fratrias? Não me parece nada mal que queiram adotar 2 crianças, mas devem estar preparados para a possibilidade de engravidar de gémeos...

Retrato de Smiley
Offline
Desde:
27.10.2009

Guialmi,

Sabem que estamos a fazer tratamento sim.
Aquilo que nos disseram é que se entretanto engravidarmos o processo é fechado e só o podemos reabrir quando o filho biologico tiver mais de 3 anos.
Talvez seja essa a questão, embora me pareça que até o processo de adopção "dar frutos" já a questão dos tratamentos estará encerrada de uma forma ou de outra (eu já tenho 34 anos e o meu marido 41).

Retrato de guialmi
Offline
Desde:
13.07.2013

Ainda são novos Sorriso e o(s) primeiro(s) filho(s) não vai tardar a chegar! Concordo com a vossa opção de avançar com o processo já e se continuarem a preferir fratrias os tempos de espera encurtam. Boa sorte!

Retrato de Smiley
Offline
Desde:
27.10.2009

Obrigada por tudo Piscar o olho

Retrato de Diri_1979
Offline
Desde:
18.09.2016

No nosso caso começamos por optar adopção de uma criança. Passados 3 anos, o processo foi reavaliado e perante as nossas condições surgiu essa opção. As técnicas disseram que existiam menos candidatos para fratrias. No nosso caso estavam muito focadas em saber se já tínhamos terminado com os tratamemtos. Temos os dois 37 anos e saímos sem espetativas, apenas com a ideia da longa espera continuar. Em relação as fratrias contaram duas histórias: uma em que crianças novas e idades próximas por vezes são mais complicadas na adaptação e um caso em que uma criança era mais velha, com diferença de idade maior e que foi mais fácil. Mas claro são apenas casos... E cada é um caso.