Credito habitação- dúvidas | De Mãe para Mãe

Goste de nós no Facebook

últimos tópicos no forum

Fórum Mães & Bebés

Ciúmes

Fórum Geral & Apresentação

Gravidez apos aborto espontâneo

Fórum Treinantes

Alguém com sintomas?

Fórum Treinantes

Alguém com sintomas?

Fórum Geral & Apresentação

Gravidez

Fórum Treinantes

Trombofilia

Fórum Grávidas

Medida da princesa :)

Fórum Grávidas

Bebés Junho 2018

Fórum Treinantes

Sera Nidação?

Fórum Mães & Bebés

Árvore de Natal e bebé

Destaques nas lojas

Loja Estela2010

Copos de aprendizagem, biberoes, roupinhas, Testes de gravid...

Loja ssequeira

Novidades!!...

Loja mo-duarte

Roupa de menino e de menina....

Loja Marisa_Silva

Roupa e calçado para os pequenos príncipes ;) ...

Loja Moranguinho29

Bomba tira leite elétrica swing medela....

Loja susana08

LIQUIDAÇÃO!!...

Loja Pipoquinha 07

Roupinha e calçado de menina em excelente estado dos 0 aos 1...

Loja veraamorim

3 peças 1€ (para peças de valor INFERIOR a 1€), 3 peças 2€ (...

Loja lcaaugusto

Pack bodies bebé manga curta....

Loja Maria M. M.

Oferta dos portes de envio!! Por favor, enviem mensagem pri...

produtos à venda

€3.50
€3.50
€6.00
€3.50
€15.00
€5.00
€5.00
€3.00
€2.50
€2.50
€2.50
€2.50

artigos recentes

Babywearing – o que é e quais as vantagens?

O Babywearing tem ganho cada vez mais fãs nos últimos...

7 frases que nunca deve dizer a quem não consegue engravidar

O momento em que o casal decide ter um filho é sempre um momento...

Está grávida? Saiba como se manter hidratada durante o Verão!

A hidratação é uma questão à qual todos devemos estar atentos –...

Lembrem-se sempre disto: ser saudável é o mais importante!

Carolina Deslandes publicou uma fotografia três semanas após o...

Primeiras idas à praia com um bebé: cuidados a ter

O calor começa a chegar e com ele vem aquela vontade crescente de...

Nasceu um bebé

Noa
30.09.2017
12.09.2017
04.09.2017
05.08.2017

Votação

Quanto gastou ou pretende gastar no carrinho de bebé?

Está aqui

30 mensagens
Última entrada
Retrato de Tatiana S.
Offline
Desde:
29.12.2008

Credito habitação- dúvidas

Boa tarde, pois é, ando com a cabeça a mil..
Alguém com credito habitação recente? Alem de pedir simulações em vários bancos qual deles aconselham/ condições vantajosas? Vou iniciar esta etapa e queria estar um tanto informada das entraves que possam colocar.. Alguém que o credito tenha sido "reprovado" e à posteriori aceite por outro banco? Obrigado

Retrato de MiriamAlves
Offline
Desde:
18.03.2013

Vou me colar porque também vou começar essa etapa, vamos lá ver se nos dão crédito, porque alugar é difícil .

Retrato de Zuca83
Offline
Desde:
24.01.2011

Colada

Retrato de Soso7
Offline
Desde:
10.12.2015

Colada

Retrato de Lucicris
Offline
Desde:
12.07.2016

Olá,

Eu fiz o crédito em maio 2016 no Santander. Existem bancos com condições melhores, bankinter e CTT, mas como a pessoa que queríamos que tratasse de tudo, da imobiliária, fazia vários créditos nesse banco, arriscamos e conseguimos à primeira. Por isso não sei responder à questão da recusa, mas penso que se um não aceitar, o outro pode aceitar. Afinal as condições são diferentes de una pros outros.

O que é importante é ter noção dos custos que implica este passo. Por ex a avaliação e abertura do processo são sempre pagos mesmo que o credito seja recusado.

Qualquer questão disponham Piscar o olho

Retrato de mamagemelar
Offline
Desde:
29.08.2011

Eu tive essa situacao... fomos rejeitados pelo BIC e conseguimos 2 semanas depois com o santander... posso dizer te que tivemos uma diferenca de avaliacao do apartamento na ordem dos 15 mil euros... um escandalo a meu ver! claro que perdi o valor da avaliacao no BIC mas fiz reclamação e vamos ver no que dá! eu estou contente com o santander, no entanto ja estou a tentar passar o credito para outro banco para ver se me baixam o spread pois ficou um pco alto... mas nao me posso queixar muito... emprestaram me credito tb para obras e aprovaram tudo sem fiadores, que era a coisa principal que exigiamos! qualquer duvida dispoe...

Fez se luz no meu coracao a 22\11\2010... Rafaela as 00h10m e Fábio as 00h13m..Minhas vidas!!! Amo vos mto mto Afilhada e Madrinha babada da mnh kerida TWINMUMMY!!!mais uma madrinha e afilhada 5* SUSANA CORVOS mais uma afilhada linda. Sara78_98 . madrinha e afilhada da APIPAS querida!!!

Retrato de Csssantos
Offline
Desde:
14.06.2011

Boa noite. Existe uma plataforma online que trata de toda a burocracia sem qualquer custo. A plataforma chama-se reorganiza e já tratei de uma mudança de crédito habitação e correu tudo maravilhosamente. Boa sorte.

Retrato de TulipaL
Offline
Desde:
10.07.2016

Penso k de momento os que mais facilitam é o BPI e Santander! O millenium tb mas dissera-me k o processo é mais demorado.
A CGD tb tem algumas facilidades, ms é mais selectiva na atribuiçao dos valores em causa.
E é isto que sei!

Retrato de TulipaL
Offline
Desde:
10.07.2016

Tambem conheço quem tenha feito recentemente pelo credito agricola com facilidade

Retrato de PatuscaF
Offline
Desde:
15.08.2016

Boa noite,

No meu caso fomos rejeitados pela UCI e depois pelo santander, para mim eram os que ofereciam melhores condições. No final acabámos por seguir com o novo banco pois bcp (meu banco) e cgd ofereciam-me condições piores.

O meu conselho é se estás com uma certa pressa, o mais importante é que algum banco te empreste o dinheiro, depois torna-se mais fácil mudar de banco.

Os bancos compram as dividas uns aos outros para ganhar clientes, e aqui sim torna-se interessante negociar.

Se não estás, explora bem as opções.

No meu caso como estava com pressa segui com o novo banco mas assim que a minha taxa e spread deixarem de ser fixos (tenho um bom spread+taxa) vou ver se outros bancos ainda me podem oferecer melhor.

Espero ter ajudado.

Ps- pedi crédito habitação setembro 2016

2009 - Gravidez Éctopica
2014 - Teste positivo. AE
2016 - Teste positivo. AE com início de expulsão às 12 semanas

Retrato de ALES88
Offline
Desde:
14.11.2016

Assinamos hoje a escritura da nossa casa. O crédito foi aprovado pela CGD e foi rapidíssimo,1 mês. Além disso íamos comprar uma casa,já tínhamos o crédito aprovado e o dono estava metido numa confusão e acabou por não fazer a venda,e depois tivemos que pedir outro crédito para outra casa mais cara,aprovaram na mesma,com o mesmo spread e em tempo record,cerca de 1 mês.
O Santander também oferecia boas condições,spread mais baixo mas tinha obrigações em ter lá os ordenados,seguros de saúde e cartão de crédito,e a CGD não. Além disso gostamos muito mais do tratamento da caixa. O nosso spread foi relativamente baixo para o praticado agora porque somos clientes caixa azul e no Santander a mesma coisa,por isso depende muito. Mas pode pedir informação ao banco genericamente,e eles dizem logo se acham que é viável ou não. Um tio do marido já tinha a casa quase vendida quando o banco não aprovou o crédito aos compradores,por isso convém informar-se antes. Boa sorte!

Retrato de ALES88
Offline
Desde:
14.11.2016

Já agora desaconselho vivamente o Crédito Agrícola. Se perguntar a qualquer advogado vão dizer-lhe o mesmo,são irredutíveis em termos de litígios e afins. Sei de um casal que acabou por ter que entregar a casa ao banco,mas antes o banco alugou-lhes a casa com a hipótese de a poderem comprar de novo ao fim de 5 anos. Os meus pais eram fiadores de uma IPSS de um empréstimo no crédito agrícola,a casa estava velha e sem potencial nenhum de venda sem obras,e propusemos alugar e ao fim de 5 anos comprar (porque os meus pais estão insolventes durante 5 anos) e a resposta foi um terminate não,que a casa era para vender. Ficaram sem a casa e o Crédito Agrícola ganhou um mono todo velho que nem dado ninguém o quer. Por isso aconselho bancos mais abertos a negociações,como é o millennium por exemplo,que é bem mais compreensivo

Retrato de Saki
Offline
Desde:
07.09.2016

Eu fiz no ano passado no Bankinter e foi o melhor que encontramos.

- Temos taxa fixa a 30 anos (sendo o empréstimo a 35 anos), com possibilidade de no final dos 30 anos mantermos a taxa fixa + 5 anos ou passar para taxa normal (a nossa ideia é abater o remanescente antes disso).
- A maioria dos bancos só faz condições especiais em spreads, taxas, etc a partir de determinados valores e vários queriam "empurrar-nos" para casas mais caras (dos bancos) para conseguirmos essas vantagens .
-Conseguimos as melhores taxas através deles. Mesmo sendo taxa fixa ficou quase ao mesmo preço que outros com taxa variavel (Millenium, CGD, Novo Banco, etc).
- Não precisamos de fiadores
- Não precisamos de aderir a inúmeros serviços para ficar com uma taxa minimamente vantajosa. O que fizemos foi por opção e de forma estratégica.
Por exemplo fizemos um seguro que cobre a totalidade do valor da casa em caso de um de nós ficar com mais de 55% de invalidez ou se morrer, que é ajustado ao valor da dívida. Ou seja, apesar dos seguros de vida usualmente ficarem mais caros com o passar dos anos, este vai sendo ajustado ao valor em dívida e vamos pagar sempre +ou- o mesmo. Não vamos dar por nós a pagar 300€/mês em seguros de vida sem qualquer hipótese de renegociarmos sem nos subirem as taxas.
[mas fizemos isto porque temos seguros de vida separados do CH e gostamos da liberdade de poder escolher, trocar, etc consoante nos der jeito].

O que eu mais aconselho é a verem todos os pormenores dos contractos, os TAE´s, TAEG´s, etc e procurar muito bem sobre tudo.
Tive um banco que tentou empurrar-nos um CH com mensalidade fixa + taxa variável como se fosse o mesmo que taxa fixa (obviamente não é). À primeira vista as condições iam ser melhores que as do Bankinter, à segunda vista estava ao nível de todos os outros.

Para mim o melhor que encontrei foi o Bankinter e a segunda hipótese seria o Santander (fiz o CH em outubro de 2016).
Eu era cliente BPI e disseram-nos que não conseguiam dar-nos aquelas condições propostas pelo Bankinter e foi por isso que deixamos de ser clientes deles.

Mas nunca tive um dos pedidos recusados. O que nos aconteceu foi perdermos várias casas quando as tínhamos em vista por causa de propostas superiores. Andamos numa fase em que perdemos umas 4 quase seguidas em propostas de envelopes selados...uma porque ofereceram mais 100€ que nós, outro ofereceu mais 1000€, numa venda juridica ofereceram apenas 1€ acima do que era pedido e nós tínhamos oferecido o valor pedido, etc...

Ps: Ao contrário do que disseram eu não faria um CH à pressa só porque sim com a ideia de depois trocar. Por vários motivos: nem todos os bancos pagam ao outro a comissão de se abater um crédito (taxa variável pagam 0.5% do valor em dívida e no caso de taxa fixa pagam 2%) e os bancos que pagam podem não vos querer como clientes. Eu conheço 2 pessoas que estão presas a um banco onde fizeram um mau negócio inicial com essa teoria e nunca conseguiram trocar porque os bancos que pagam essas comissões não os querem e eles não conseguem pedir esse valor a mais para trocar de banco.
Além disso, é muito mais seguro fazer logo um bom crédito, que seja pagável, até perder algumas casas pelo meio do que ficarem com uma dívida monstruosa às costas sem solução. Não nos podemos esquecer que a euribor está em mínimos históricos (ou estava quando fiz o meu CH) mas vai voltar a subir porque o mercado é mesmo assim: eu conheço muitas pessoas que há uns anos pagavam o dobro do que pagavam inicialmente. pessoas que passaram de prestações de pouco mais de 300€ para praticamente o dobro e se não fossem os pais a pagar já teriam perdido as casas. As taxas indexadas vão subir outra vez e a longo prazo tornam a descer e quem tem taxa variável tem que se precaver para isso. Por isso é que eu queria imenso uma taxa fixa, é que não queria passar constantemente pelo sufoco das alterações dos mercados, completamente dependentes de factores externos.
Nós andamos à procura de casa desde o verão de 2014 + ou - e na época em questão as simulações dadas eram mais caras do que a taxa fixa que eu consegui no ano passado... no ano passado, para a mesma casa a diferença entre taxa fixa no Bankinter e taxa variável em diversos outros não compensava o risco, era mínima.

Mas para mim, mesmo não havendo vontade/possibilidade para fazer uma taxa fixa, convém logo à partida fazer um relativamente bom negócio no contrato à habitação. Um que, se não conseguirem trocar de banco, não se arrependam de o terem feito.

Retrato de Saki
Offline
Desde:
07.09.2016

Desculpe o testamento.

E já agora, além de verem as condições a longo prazo do CH, vejam também dos seguros de vida que alguns obrigam mesmo a contratar. Cheguei a ver uma simulação onde, após uma certa idade nossa pagaríamos quase 700€/mês só em seguros, fora o valor do empréstimo - que poderia também estar no dobro porque era taxa variável.

Ou seja, acima de tudo, não se fiem no que vos dizem mas leiam tudo porque quem quer vender faz tudo por o fazer, mesmo que tenha de omitir. E isso foi uma coisa que eu aprendi a mal com um agente imobiliário...felizmente não fiquei com a casa porque me cheirou a esturro e fui-me informar com quem de direito. E fiquei a saber que uma casa "excelente" não era legal sequer, que teríamos ou de a meter abaixo ou fazer as obras todas de modo a ficar como o projecto pois o que tinha sido lá feito não era "legalizável" e que as facilidades todas que nos impingiam sobre a licença de habitabilidade e outras tretas não passavam de mentiras para nos metermos em problemas.
O Banco com o qual na época nos informamos também ajudou à festa pois em vez de nos alertar para isso disseram que não havia problema e que em vez de CH fazíamos um crédito para obras... tudo facilidades, tudo lindo mas o crédito para obras referido era o valor da casa e quem pagava as obras? E com que dinheiro??

Se tivesse ido à frente com tal coisa o agente imobiliário teria ficado com o seu dinheiro, o banco com o seu cliente mas eu não teria casa na qual pudesse viver, sem gastar provavelmente o dobro daquilo que ela valia.

(Ao longo deste percurso de cerca de 2 anos de procura apanhei cada mentira/omissão de agentes imobiliários que acho que daria um bom livro, nunca mais confiei em nenhum a 100% e felizmente que assim foi pois poderia ter tido problemas bem sérios se assim fosse. Não digo para não usarem o serviço, não é essa a questão mas apenas para não se fiarem no que vos é dito sem confirmarem - seja nas CM, Finanças, etc).

Retrato de elizamor
Offline
Desde:
09.08.2010

Eu comprei casa vai fazer 2 anos em Julho. Aconselho-te a procurar retomas de bancos, pois o spread é mais baixo e as condições de financiamento melhores, podendo o empréstimo ser feito a 100%. Posso-te dizer que tive um crédito reprovado do Banco Popular, onde tinha e tenho conta corrente, em que me pediam fiadores. Mais tarde e embora tenha comprado outra casa, que não a que estava previsto inicialmente, consegui comprar pelo Millenium, em que não me exigiram fiadores. Além disso, estavam com uma campanha promocional, o que significou desconto na casa, e emprestaram-me mais x valor para obras na casa. É uma questão de ires procurando, mas será mais fácil se optares por retomas do banco. Outro conselho que te dou, é teres conta no banco onde pensas fazer o crédito e movimentares a mesma, depositando dinheiro caso não recebas o ordenado em conta.

Retrato de renatabeat
Offline
Desde:
15.12.2013

colada

Retrato de mamagemelar
Offline
Desde:
29.08.2011

no meu caso esqueci de referir que compramos a casa em outubro de 2016, e ja estou a tentar mudar de banco e inclusive baixei todos os seguros para metade com ajuda da imobiliaria! Mas o que vai acontecer é que o Santander vai baixar o spread e equiparar ao valor que me ofereceram no banco popular. Piscar o olho

Fez se luz no meu coracao a 22\11\2010... Rafaela as 00h10m e Fábio as 00h13m..Minhas vidas!!! Amo vos mto mto Afilhada e Madrinha babada da mnh kerida TWINMUMMY!!!mais uma madrinha e afilhada 5* SUSANA CORVOS mais uma afilhada linda. Sara78_98 . madrinha e afilhada da APIPAS querida!!!

Retrato de Tatiana S.
Offline
Desde:
29.12.2008

Agradeço a todas pelas rspstas. O que na realidade esta a acontecer é que entreguei toda a papelada no BPI, tínhamos uma casa em concreto. Entretanto coloquei uns fiadores, que disseram ser insuficientes e arranjei outro fiador, que disseram ser uma boa opção, mas k n chegava. Que tinha q arranjar outro com mais vencimentos. Ora bolas...estavam a atrasar imenso o processo. O agente imobiliário como estava com pressa, ligou a avisar k a casa tinha sido vendida.. Assim de um dia para o outro. O q ele queria era um sinal inicial de 10 mil euros. Sim.. 10 mil euros.. Que conseguimos negociar para os 5mil, para reservar a casa.. Mas o mesmo não iria colocar na clausula de contrato compra e venda que se por algum motivo o crédito n fosse aprovado não ia devolver os 5mil.. Resumindo. Perdemos a casa q tínhamos em vista...k complicação... Ainda bem k nao demos sinal..

Retrato de mamagemelar
Offline
Desde:
29.08.2011

olha só te posso deixar umas palavras... que foi o que repeti para mim vezes sem conta! eu andei 2 anos basicamente em busca de casa, perdi muitas casas por ofertas maiores ou simplesmente pk me atrasei um dia ou dois a dar resposta! por isso o que me mentalizei foi... se nao foi esta é pk não era a tal! e finalmente encontrei a casa ideal para nos, com o espaço que queriamos e quantidade de quartos que necessitavamos pelo preço que podiamos pagar! e digo te que só encontrei este achado porque tenho a certeza que as pessoas não queriam visitar a casa nem viam o pontencial que a casa tinha. Tudo porque a casa estava habitada por paquistaneses.

Fez se luz no meu coracao a 22\11\2010... Rafaela as 00h10m e Fábio as 00h13m..Minhas vidas!!! Amo vos mto mto Afilhada e Madrinha babada da mnh kerida TWINMUMMY!!!mais uma madrinha e afilhada 5* SUSANA CORVOS mais uma afilhada linda. Sara78_98 . madrinha e afilhada da APIPAS querida!!!

Retrato de ALES88
Offline
Desde:
14.11.2016

Eu também ia comprar a casa onde estava (era alugada), só que o senhorio estava separado e a ex-mulher não aceitou vender. Ele fez tudo nas costas da ex mulher, e já tínhamos crédito aprovado e tudo, ficamos lixados com ele, mas agora vemos que foi o melhor. A casa está em péssimo estado, estragou-me os móveis de tão húmida que era, as paredes todas pretas a descascarem, aranhas e centopeias por todo o lado por causa de ser húmido, além de lesmas, um horror, e agora que tiramos os móveis é que vimos o pesadelo que iria ser se lá ficássemos. Acabamos por comprar uma mais cara quase 20 mil euros, conseguimos as mesmas condições, com um spread relativamente baixo para o que se pratica, e estamos hoje pela primeira vez numa casa como nova, apesar de ter 9 anos, a pessoa que vivia aqui antes deixou-a como nova, conseguimos ver o mar ao longe da varanda (50km), além de toda a vista até lá estar desimpedida porque o prédio é numa encosta alta. Resumindo, não podíamos estar mais contentes e ainda bem que não compramos a outra, porque iriam ser só dores de cabeça Sorriso vai ver que mais tarde ou mais cedo aparece a casa certa.

Retrato de Soph_713
Offline
Desde:
25.03.2015

Saki escreveu:
Eu fiz no ano passado no Bankinter e foi o melhor que encontramos.
- Temos taxa fixa a 30 anos (sendo o empréstimo a 35 anos), com possibilidade de no final dos 30 anos mantermos a taxa fixa + 5 anos ou passar para taxa normal (a nossa ideia é abater o remanescente antes disso).
- A maioria dos bancos só faz condições especiais em spreads, taxas, etc a partir de determinados valores e vários queriam "empurrar-nos" para casas mais caras (dos bancos) para conseguirmos essas vantagens .
-Conseguimos as melhores taxas através deles. Mesmo sendo taxa fixa ficou quase ao mesmo preço que outros com taxa variavel (Millenium, CGD, Novo Banco, etc).
- Não precisamos de fiadores
- Não precisamos de aderir a inúmeros serviços para ficar com uma taxa minimamente vantajosa. O que fizemos foi por opção e de forma estratégica.
Por exemplo fizemos um seguro que cobre a totalidade do valor da casa em caso de um de nós ficar com mais de 55% de invalidez ou se morrer, que é ajustado ao valor da dívida. Ou seja, apesar dos seguros de vida usualmente ficarem mais caros com o passar dos anos, este vai sendo ajustado ao valor em dívida e vamos pagar sempre +ou- o mesmo. Não vamos dar por nós a pagar 300€/mês em seguros de vida sem qualquer hipótese de renegociarmos sem nos subirem as taxas.
[mas fizemos isto porque temos seguros de vida separados do CH e gostamos da liberdade de poder escolher, trocar, etc consoante nos der jeito].
O que eu mais aconselho é a verem todos os pormenores dos contractos, os TAE´s, TAEG´s, etc e procurar muito bem sobre tudo.
Tive um banco que tentou empurrar-nos um CH com mensalidade fixa + taxa variável como se fosse o mesmo que taxa fixa (obviamente não é). À primeira vista as condições iam ser melhores que as do Bankinter, à segunda vista estava ao nível de todos os outros.
Para mim o melhor que encontrei foi o Bankinter e a segunda hipótese seria o Santander (fiz o CH em outubro de 2016).
Eu era cliente BPI e disseram-nos que não conseguiam dar-nos aquelas condições propostas pelo Bankinter e foi por isso que deixamos de ser clientes deles.
Mas nunca tive um dos pedidos recusados. O que nos aconteceu foi perdermos várias casas quando as tínhamos em vista por causa de propostas superiores. Andamos numa fase em que perdemos umas 4 quase seguidas em propostas de envelopes selados...uma porque ofereceram mais 100€ que nós, outro ofereceu mais 1000€, numa venda juridica ofereceram apenas 1€ acima do que era pedido e nós tínhamos oferecido o valor pedido, etc...
Ps: Ao contrário do que disseram eu não faria um CH à pressa só porque sim com a ideia de depois trocar. Por vários motivos: nem todos os bancos pagam ao outro a comissão de se abater um crédito (taxa variável pagam 0.5% do valor em dívida e no caso de taxa fixa pagam 2%) e os bancos que pagam podem não vos querer como clientes. Eu conheço 2 pessoas que estão presas a um banco onde fizeram um mau negócio inicial com essa teoria e nunca conseguiram trocar porque os bancos que pagam essas comissões não os querem e eles não conseguem pedir esse valor a mais para trocar de banco.
Além disso, é muito mais seguro fazer logo um bom crédito, que seja pagável, até perder algumas casas pelo meio do que ficarem com uma dívida monstruosa às costas sem solução. Não nos podemos esquecer que a euribor está em mínimos históricos (ou estava quando fiz o meu CH) mas vai voltar a subir porque o mercado é mesmo assim: eu conheço muitas pessoas que há uns anos pagavam o dobro do que pagavam inicialmente. pessoas que passaram de prestações de pouco mais de 300€ para praticamente o dobro e se não fossem os pais a pagar já teriam perdido as casas. As taxas indexadas vão subir outra vez e a longo prazo tornam a descer e quem tem taxa variável tem que se precaver para isso. Por isso é que eu queria imenso uma taxa fixa, é que não queria passar constantemente pelo sufoco das alterações dos mercados, completamente dependentes de factores externos.
Nós andamos à procura de casa desde o verão de 2014 + ou - e na época em questão as simulações dadas eram mais caras do que a taxa fixa que eu consegui no ano passado... no ano passado, para a mesma casa a diferença entre taxa fixa no Bankinter e taxa variável em diversos outros não compensava o risco, era mínima.
Mas para mim, mesmo não havendo vontade/possibilidade para fazer uma taxa fixa, convém logo à partida fazer um relativamente bom negócio no contrato à habitação. Um que, se não conseguirem trocar de banco, não se arrependam de o terem feito.

Olá!

Mas, conseguiram crédito para fazer proposta em venda judicial/fiscal, ou faziam a proposta e depois é que iam pedir crédito?

Já pensei muitas vezes em comprar em vendas de hasta pública, mas como os Bancos só emprestam para comprar e fazer hipoteca sobre um bem que é nosso (já que as escrituras são todas feitas ao mm tempo) e nas vendas judiciais temos de depositar primeiro o preço oferecido e só depois é que registamos o bem em nosso nome, fico sem saber como fazer...

Retrato de ritaclh
Offline
Desde:
27.03.2014

Colada A pensar

Na aventura da primeira viagem ♡♡+♡
➳ 01/2017 Início dos treinos
➳ 11/04/2017 Positivo ♡ DPP 21/12/2017 🦄✨

Retrato de Saki
Offline
Desde:
07.09.2016

Soph_713 escreveu:

Já pensei muitas vezes em comprar em vendas de hasta pública, mas como os Bancos só emprestam para comprar e fazer hipoteca sobre um bem que é nosso (já que as escrituras são todas feitas ao mm tempo) e nas vendas judiciais temos de depositar primeiro o preço oferecido e só depois é que registamos o bem em nosso nome, fico sem saber como fazer...

Em venda judicial só vi uma casa e o que aconteceu foi que a mesma estava a ser vendida por uma espécie de agente imobiliário destacado (não sei como o chamar pois nem estava ligado a uma imobiliária) por outro lado era através dele que estava à venda a casa e eram feitas as propostas. Não foi num leilão onde se tem de levar o dinheiro e já o ter, foi uma situação onde eram apresentadas propostas mas a casa aparecia como estando em venda judicial.

Em relação ao crédito nós já sabíamos que teríamos o crédito aprovado (pelo menos seria pré-aprovado o valor pedido antes da avaliação) porque já tínhamos feito um pedido superior que havia sido aprovado poucas semanas antes. E pelas condições da casa, local, preço, etc tínhamos quase a certeza que a avaliação também seria aceite (algo que também nos foi confirmado pelo gestor de conta quando viu as fotos da casa em questão). Provavelmente a avaliação seria até superior ao necessário e os 80% iriam dar para cobrir o valor total que era pedido... mas a casa não foi comprada por nós.

Retrato de Soph_713
Offline
Desde:
25.03.2015

Saki escreveu:

Soph_713 escreveu:
Já pensei muitas vezes em comprar em vendas de hasta pública, mas como os Bancos só emprestam para comprar e fazer hipoteca sobre um bem que é nosso (já que as escrituras são todas feitas ao mm tempo) e nas vendas judiciais temos de depositar primeiro o preço oferecido e só depois é que registamos o bem em nosso nome, fico sem saber como fazer...

Em venda judicial só vi uma casa e o que aconteceu foi que a mesma estava a ser vendida por uma espécie de agente imobiliário destacado (não sei como o chamar pois nem estava ligado a uma imobiliária) por outro lado era através dele que estava à venda a casa e eram feitas as propostas. Não foi num leilão onde se tem de levar o dinheiro e já o ter, foi uma situação onde eram apresentadas propostas mas a casa aparecia como estando em venda judicial.
Em relação ao crédito nós já sabíamos que teríamos o crédito aprovado (pelo menos seria pré-aprovado o valor pedido antes da avaliação) porque já tínhamos feito um pedido superior que havia sido aprovado poucas semanas antes. E pelas condições da casa, local, preço, etc tínhamos quase a certeza que a avaliação também seria aceite (algo que também nos foi confirmado pelo gestor de conta quando viu as fotos da casa em questão). Provavelmente a avaliação seria até superior ao necessário e os 80% iriam dar para cobrir o valor total que era pedido... mas a casa não foi comprada por nós.

Ah, OK! Piscar o olho

Estava em venda por negociação particular com encarregado de venda :)
Pois, assim é mais fácil conciliar a compra com o crédito...

Obrigada pela explicação!

O problema é que as casas que vi e gostei (a priori, PK n visitei nenhuma) estavam todas em leilão/abertura de propostas, e foram logo arrematadas... Já vi muito boas oportunidades que ficaram bem acima do valor mínimo À espera

Bom, é ir espreitando...

Retrato de MC e IA
Offline
Desde:
21.08.2016

Olha eu e o meu marido compramos casa o ano passado, fomos reprovados por 3 bancos, queriamos a 100% financiado como não deu recorremos a 80%.
O motivo mais estúpido que davam era a nossa idade por sermos um casal jovem e o valor da casa ser muito alto.
Pedi os 340 da casa pois os sogros ofereceram muita coisa incluido mão de obra.
Pedi em primeiro à CGD, negaram em segundo ao Novo banco e de seguida ao Santander Totta, todos rejeitaram de imeadiato.
Seguimos para o Montepio e lá conseguimos, tivemos resposta ao fim de 5 dias e demos os meus pais como fiadores.
Aqui é recorrer a todos os bancos. (Baixo Alentejo)

Tenho uma amiga solteira que comprou casa a 100% financiado por 55 com oferta da escritura logo não pagou nada e foi logo aceite pelo millenium no entanto tem o ordenado bruto 570 claro que recebemos horas extras e isso tudo

Ve todos os bancos possíveis

Retrato de PatuscaF
Offline
Desde:
15.08.2016

Meninas acabei de assinar esta petição. Para todas com crédito habitação não custa nada tentar

«Juros Credito Habitação IRS» no endereço

http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=PT85147

2009 - Gravidez Éctopica
2014 - Teste positivo. AE
2016 - Teste positivo. AE com início de expulsão às 12 semanas

Retrato de Tatiana S.
Offline
Desde:
29.12.2008

Muito obrigado a tds pelos comentários.
Por estes lados continuamos à procura.. Quem comprou imóvel de banco/retomas recentemente qual foi o spread aplicado? Sempre pensei q a nível de spread ficaria mais em conta mas pelos vistos é só nos primeiros 2 anos (1%) e depois dispara para os 2.5% nos restantes anos, informação dada pelo banco que está responsável pelo apartamento..
A única vantagem é o financiamento a 100% e isenção de avaliação e dossier de estudo.

Retrato de MAGGierob
Offline
Desde:
06.05.2015

Tatiana S. chegaste alguma conclusão? também ando com as mesmas duvidas... tenho tudo no santander, mas têm exigido cada vez mais produtos para me baixar o spread..e cartões e cartõezinhos... ando indecisa entre ctt e bankinter, foi os que me apresentaram as melhores propostas e pagam a transferência...

Retrato de MAGGierob
Offline
Desde:
06.05.2015

Saki continuas satisfeita com o bankinter? estou a um passo de optar por ele mas as duvidas surgem o que é normal. sobretudo de continuarem isentos nas contas e transferências. obrigado

Retrato de Tatiana S.
Offline
Desde:
29.12.2008

Maggierob

A escritura esta marcada! 😉
Foi com o NBanco..