Como Convencer o meu Marido a ter outro BEBE | De Mãe para Mãe

Está aqui

Como Convencer o meu Marido a ter outro BEBE

Responda
47 mensagens
anagil -
Offline
Desde 15 Mar 2012
I Love DMPM

A pensar O Meu Afonso nasceu a 10 de Julho de 2011 e agora o meu reloginho está a mandar constantemente alerta de que quer que eu seja mãe outra vez mas o problema é o maridão que não quer por causa da crise...lol, alguem me pode dar dicas para o convencer??

Sobre anagil

Afonso és tudo para mim, #10-06-2010# 3,215kg#49cm
♥♥♥♥5♥♥♥♥10♥♥♥♥15♥♥♥♥20♥♥♥♥25♥♥♥♥30♥♥♥♥35♥♥♥(♥)40
Benedita meu nenuco és a Luz da minha vida, #15-02-2015# 3,290kg#49cm
♥♥♥♥5♥♥♥♥10♥♥♥♥15♥♥♥♥20♥♥♥♥25♥♥♥♥30♥♥♥♥35♥♥♥♥(40)
Filhos Amo-vos daqui até há LUA e da LUA até aqui...

RXana -
Offline
Desde 23 Jun 2010

Que raivaaa!!! Estou com o mesmo problema Gargalhadas também gostava muito de ter outro bebé e o argumento que ouço é o mesmo lol (ainda que tenha algum fundamento de verdade).

Gostava mesmo, confesso... mas também me ponho a pensar: "bolas.. quem dera conseguir dar tudo à minha filha mas ter outro filho e não conseguir dar nada a nenhum..". É quase "dramático" e aterroriza-me!

Beijinhos e boa sorte! Sorriso

Submetido por RXana em Qui, 15/03/2012 - 12:00
Sobre RXana

A feijoca já está comigo Sorriso

Tânia P. -
Offline
Desde 14 Mar 2007

Ola AnaGil, pois isto não está facil, até consigo compreender o teu marido á partida.
Mas ja fizeste bem as contas, achas que um bebé não vai complicar financeiramente a vossa vida? Se achas que não, prova-lhe por A mais B que um baby só vem trazer mais felicidade á vossa vida e que tens tudo sobre controle Sorriso Faz as contas e mostra-lhe Careta
Os homens são mto práticos nestas coisas e se fores pelo lado da Razão se calhar é mais fácil...beijinhos e tudo de bom para ti e para a tua familia Sorriso

Submetido por Tânia P. em Qui, 15/03/2012 - 12:02
Sobre Tânia P.

Treinante desde Jan de 2012
♥´¨)
¸.·´¸.·*´¨) ¸.·*´¨ Positivo : 22 Março 12 AE: 02 Abril 12 / 2013 : Infertilidade Inexplicada
2014 IIU: 28 Fev (-) 05 Sep (-)
2015: 14 Jan Positivo! Gravidez bioquimica Triste
21 Fev Positivo!! Agarra-te bebé, estamos á tua espera!

anagil -
Offline
Desde 15 Mar 2012
I Love DMPM

tem dias que só penso em como foi bom sentir o bebe a mexer na barriga e vela a crescer, ter o meu bebe nos braças pela primeira vez e como kero voltar a sentir o mesmo mas depois tambem penso como a RXana poder dar tudo de bom a um e ter mais dificuldades se tiver dois... mas toda a gente diz quem tem um não tem nenhum... e como não sou filha unica tb não gostava k o meu filhote fosse.

Submetido por anagil em Qui, 15/03/2012 - 12:10
Sobre anagil

Afonso és tudo para mim, #10-06-2010# 3,215kg#49cm
♥♥♥♥5♥♥♥♥10♥♥♥♥15♥♥♥♥20♥♥♥♥25♥♥♥♥30♥♥♥♥35♥♥♥(♥)40
Benedita meu nenuco és a Luz da minha vida, #15-02-2015# 3,290kg#49cm
♥♥♥♥5♥♥♥♥10♥♥♥♥15♥♥♥♥20♥♥♥♥25♥♥♥♥30♥♥♥♥35♥♥♥♥(40)
Filhos Amo-vos daqui até há LUA e da LUA até aqui...

Ariana Ribeiro -
Offline
Desde 19 Ago 2008

Ola Sorriso

Bem vindo ao mundo das mamãs com esse problema..lol..
Eu tive 3 anos e meio a convencer o meu marido..a realidade é que se estivermos à espera que passe a crise, nunca faremos nada na vida.
Com o tempo aprendi que temos que adaptar a nossa vida a cada condição que se nos impoe. Quando nao tinha filhos, achava impossivel pagar casa, infantario, roupas e afins. O Martim veio e adaptamo-nos Sorriso agora aguardamos a chegada do Tomás e iremos adaptarmo-nos outra vez.
Obviamente que temos sempre que fazer algumas concessões. Se calhar quando nao tinha filhos comprava mt mais coisas para mim ou ia jantar mais vezes fora. Mas é como costumo dizer, cada caso é um caso, e tens sempre que analisar muito bem a situação financeira para que não fiques com a corda ao pescoço.
Com um segundo filho deixas de ter algumas despesas como camas, cadeiras, roupas..se deres uns 2 anitos de diferença..nao juntas duas crianças com fraldas por exemplo..
Tens que ver e arranjar argumentos :))) as mulheres conseguem sempre tudo o que querem Careta

Beijocas

Beijocas

Submetido por Ariana Ribeiro em Qui, 15/03/2012 - 12:10
june -
Offline
Desde 19 Maio 2010

neste momento nem sequer consigo convencer o meu a ter 1.... 2 está completamente fora de questão!

vou-me colar para ler as vossas opinões.

bjs e boa sorte!

Submetido por june em Qui, 15/03/2012 - 12:24
TCosta -
Offline
Desde 13 Maio 2010

Eu tive o meu bebé em junho e já estou a tentar desde fevereiro ter um segundo. O meu marido quando lhe propus termos logo outro veio logo com o comentário " és tola" com 2 bébés pequenos vamos ter uma carga de trabalhos, não aceitou. Mas expliquei-lhe que como estava desempregada podia tomar conta dos 2,fazia uma pausa na minha vida profissional pelo menos de 2 anos no máximo 3 e poupava na creche.Depois sim voltaria ao trabalho sem mais interrupções devido a gravidezes visto que só queremos 2. Para o segundo já não gastamos muito pois temos as coisinhas deste, gasta-se sempre em fraldas em leite se for necessário mas não naquelas coisas mesmo caras como cama, carrinho etc.
Ele disse que não e não falei mais no assunto mas passado 2 dias veio-me dizer que tinha razão que mais valia fazermos como tinha dito pois também não quer que este bebé vá para a creche tão cedo.
Agora se eu estivesse a trabalhar e se tivesse de colocar na creche aí já não tinha os dois seguidos (pagar uma creche é cara quanto mais de 2) mas esperava uns 3/4 anos para ter o segundo.
Espero ter ajudado,

um bjinho

Submetido por TCosta em Qui, 15/03/2012 - 12:56
Sobre TCosta

- o meu bebé nasceu a 1/6/2011 Sorriso Sorriso
- Em treinos desde fevereiro de 2012 para a segunda estrelinha..........Madrinha da menina Womenboy, mamã de gémeos Sorriso e afilhada da minha vizinha a Rute791 Sorriso

Regiani Silva -
Offline
Desde 12 Jan 2012

ahh se fos tu curtiria mais o seu filhinho(a) e quando estivesse maior arrumaste outro ai teria tempo de curtir cada um no seu tempo,ai ate lá ja não vais estar mais em nenhuma crise beijinhosss

Submetido por Regiani Silva em Qui, 15/03/2012 - 13:57
ysa84 -
Offline
Desde 25 Jan 2009
I Love DMPM

Ora vamos lá ver se te consigo ajudar:
- A unica coisa que viria a ficar mais complicado eram as fraldas e o infantário...
- Roupa serve dum pró outro...
- onde comem 3 comem 4...
- E NUNCA se deve dar tudo a uma criança... ficam egostistas e não sabem ouvir nãos...

Será que dá?

Eu ainda não tenho nenhum mas já disse ao meu marido que se tivessemos só um filho por opção eu morria de desgosto... somos os 2 filhos únicos...

Submetido por ysa84 em Qui, 15/03/2012 - 14:23
Sobre ysa84

13 meses, 10 ciclos, positivo a 17.4.012 Apaixonado 18.12.012 - 39s+2d - 3600gr 49cm - parto vaginal + ventosa
1 mês, 1 ciclo, positivo a 8.9.015 Apaixonado 12.5.016 - 38s+6d - 2725gr 48cm - cesariana + forceps
http://www.facebook.com/PrescricaoDiaria
http://demaeparamae.pt/vendo/loja/26684

anagil -
Offline
Desde 15 Mar 2012
I Love DMPM

segui o concelho de algumas mamas e hoje na minha hora de almoço falei com o marido e argumentei bastante a axo k deu certo. É certo que é um grande risco mas se estivermos á espera que a situação financeira do mundo melhores não terei tempo de ter outro e como diz o ditado " onde comem 3 comem 4"
Obrigado pelos conselhos
Bjokas a todas e boa sorte na VIDA...

Submetido por anagil em Qui, 15/03/2012 - 14:24
Sobre anagil

Afonso és tudo para mim, #10-06-2010# 3,215kg#49cm
♥♥♥♥5♥♥♥♥10♥♥♥♥15♥♥♥♥20♥♥♥♥25♥♥♥♥30♥♥♥♥35♥♥♥(♥)40
Benedita meu nenuco és a Luz da minha vida, #15-02-2015# 3,290kg#49cm
♥♥♥♥5♥♥♥♥10♥♥♥♥15♥♥♥♥20♥♥♥♥25♥♥♥♥30♥♥♥♥35♥♥♥♥(40)
Filhos Amo-vos daqui até há LUA e da LUA até aqui...

Yasbeatriz -
Offline
Desde 26 Jul 2009

no meu caso é ao contrario, ele quer muito ter mais um filho mas eu não quero devido a crise. Adorava ter mais um mais para isso iamos passar por alguns apertos e não quero isso.
Tenho 8 irmãos e sei que é optimo crescer com mais crianças mas de momento não dá mesmo.
Ele tenta me convencer mas eu não aceito e esta a criar alguns problemas na nossa relação mas acho que ele já começou a perceber as dificuldades que se avizinham.

Submetido por Yasbeatriz em Qui, 15/03/2012 - 15:30

26-09-09 nasceu a minha linda princesa <3 AMO-TE MUITO

Ana Zulmira -
Offline
Desde 06 Out 2011

Como já te disse no outro topico acho que fazes muito bem em ter o 2º filho... estou arrependida de ter adiado tanto... é claro que a situação financeira, é importante, não teria outro se fosse mesmo incomportavel, mas terei que fazer alguns sacrifios. O momento certo nunca há. Bjs. Grande abraço

Submetido por Ana Zulmira em Sex, 16/03/2012 - 11:14
catycat -
Offline
Desde 11 Ago 2008

Por aqui tb foi ao contrário, o papá tb insistia mais do que eu. Já da 1º gravidez foi a mesma coisa.
De kk forma eu tb queria o 2º filhote e decidimos começar a tentar qd a mana tinha 1 ano. Já que da 1º gravidez demorei quase 2 anos a engravidar ainda ia demorar... desta vez demorou 1 ano de treinos e é 1 menino, assim ficamos com 1 casalinho e o papá está todo babado.
Eu no inicio até queria 3, mas esta gravidez esta a ser mazinha, e acho k já desisti da ideia. O papá é que já ninguém convence do 3º, ele sempre quiz 2 e só ia ao 3º se as 2 primeiras fossem meninas. Como já vamos ficar com 1 casalinho duvido que se eu mudar de ideias o consiga convencer.

Submetido por catycat em Ter, 20/03/2012 - 15:18
Sobre catycat

10/10/2009 nasceu a minha Princesa Sorriso
02/08/2012 nasceu o meu Principe Sorriso
07/04/2016 nasceu o meu Principe Sorriso

andreia13 -
Offline
Desde 11 Dez 2008

ola meninas

acho q n e apenas uma questao de convencer, e uma questao de a outra pessoas estar preparada para tal! o meu nao quer neste momento mas diz q um dia iremos ter outro (tnho uma menina de 2 anos) e como ja nos chegamos a chatear por eu querer mt e ele nao, deixei mm de falar! se esqueci? claro q n!! penso as x e da me uma gd tristeza por pensar q n irei realizar este sonho, mas vou aguardar mais algum tempo a ver se muda de ideias!
agora faço vos uma pergunta mais profunda! imaginem se voces tem o desejo gd de ter outro mas ele nao quer mais mesmo definitivamente!
abdicariam do vosso sonho? q fariam?

bjs

Submetido por andreia13 em Ter, 20/03/2012 - 16:43
os meus tesouros -
Offline
Desde 28 Jan 2011
I Love DMPM

Por tudo isto é que eu acho que tenho o melhor marido do mundo.
(tou á vontade porque ele não vem ler isto)

Submetido por os meus tesouros em Ter, 20/03/2012 - 18:39
mguedes1976 -
Offline
Desde 19 Out 2010

eu gostava de o convencer mas nao esta facil poios diz que depois nao pode dar tanto a este mas acho quer e uma desculpa pois o outro dia falou e disse-me entao depoios queres que aconteça o que aconteceu nas 2 primeiras vezes que abortei mas eu quero mesmo muitpo eacho que ando triste cada vez que vejo algumje que fica gravida e eu tambem queria tanto mas pronto ja tenho quase 39 e nao queria deixar para tarde e tambem porque o afonso ja vai fazer 6 anos e acho que devia ser agora fazia-lhe bem vamos ver como corre

Submetido por mguedes1976 em Ter, 13/01/2015 - 12:08
Carina_J -
Offline
Desde 13 Jan 2015

Olá a todas, sou nova por aqui... Sorriso Estou com o mesmo problema! O meu filho nasceu há16 meses e a vontade de ter outro já é grande, mas o meu marido não quer! E se antes dizia que gostava de ter 2 (estávamos em sintonia), depois do meu menino ter nascido diz que não quer mais nenhum. Fico de rastos, porque fui filha única durante 10 anos (felizmente o meu irmão veio nessa altura) e sempre quis ser mãe, nunca ponderando menos do que dois filhos. Acho importante para as crianças terem um irmão(ã) e para mim, como mãe, só imagino a minha vida ainda mais enriquecida.
O meu marido não alega a "crise", apesar de termos de gerir muito bem o dinheiro, safamo-nos com o essencial para o nosso menino, ele diz que não "aguenta" , que é difícil e fala das noites e da responsabilidade que é ter uma criança. Quando falamos acho de um egoísmo enorme, até porque eu sou quem maioritariamente trata do meu filho (ele ajuda e participa) mas ao vê-lo como pai, sei que é um óptimo pai, dedicado, presente e isso dá-me a volta as ideias porque sinto que o seria com outro filho. Não sei como o convencer... Já discutimos por causa disto e entretanto não falei mais no assunto, mas não desisti. Se tiverem dicas agradeço Sorriso

Submetido por Carina_J em Qua, 14/01/2015 - 13:16
KellyPT -
Offline
Desde 05 Abr 2011

Costumo dizer que o meu marido teve os filhos todos "obrigado". O primeiro (da ex-mulher) foi uma gravidez-surpresa. A decisão de ter o segundo (meu) foi tão difícil que até estivémos separados. Não queria nem por nada, inventou tudo e mais alguma coisa, adiou até não poder mais e acabou por sair de casa...grande filme! Isto também porque o primeiro tinha sido um grande drama...

Preparava-me para outra grande tragédia grega quando a vontade de ter o segundo (terceiro dele) me começou a dominar, ainda por cima nesta desgraçada conjuntura sócio-económica. Pesei os argumentos todos e estava preparada para lhe dizer que não tomava mais qualquer contraceptivo (tenho 42 anos, a hipótese de esperar mais não se coloca). Para minha grande surpresa, concordou em menos de 24 horas. Quer dizer, não concordou: diz que preferia ficar por aqui (como sempre) mas que aceita, por amor a mim.

Se e quando vier um novo bebé, já sei que vai ficar babadíssimo e ser o melhor pai do mundo, porque não sabe ser de outra maneira. Mas sempre muito contrariado Lol

Submetido por KellyPT em Qua, 14/01/2015 - 13:38
Carina_J -
Offline
Desde 13 Jan 2015

Pois... Eu, nas últimas vezes que falamos do assunto até lhe cheguei a dizer que ,se ele não queria, eu ia ter de seguir com a minha vida, porque não ia abdicar deste meu desejo de ter mais um filho e que sei que ele é o pai que eu quero para os meus filhos mas em continuando assim... (e dei a entender que me separava)! Ainda não voltamos a falar no assunto, mas não vou desistir!
Eu vejo-o com o filho e sei que ao vir outro ele será um bom pai... a dificuldade agora é convencê-lo a todo o processo até lá, porque eu não vou desistir Sorriso

Espero que, todas por aqui, consigam Sorriso

Submetido por Carina_J em Qua, 14/01/2015 - 15:03
KellyPT -
Offline
Desde 05 Abr 2011

Carina_J escreveu:
Pois... Eu, nas últimas vezes que falamos do assunto até lhe cheguei a dizer que ,se ele não queria, eu ia ter de seguir com a minha vida, porque não ia abdicar deste meu desejo de ter mais um filho e que sei que ele é o pai que eu quero para os meus filhos mas em continuando assim... (e dei a entender que me separava)! Ainda não voltamos a falar no assunto, mas não vou desistir!
Eu vejo-o com o filho e sei que ao vir outro ele será um bom pai... a dificuldade agora é convencê-lo a todo o processo até lá, porque eu não vou desistir
Espero que, todas por aqui, consigam

Eu teria deixado de tomar contraceptivos (e dizia-lhe, claro), porque para mim já estava a ser uma violência tomá-los quando toda a minha vontade era (e é) engravidar outra vez. Mas é um dilema terrível, porque isso é uma bomba-atómica numa relação. Só que, como nunca ouvi ninguém minimamente bem formado dizer que está arrependido de ter tido um filho (e o contrário não é verdadeiro) também não estava disposta a desistir.

Submetido por KellyPT em Qua, 14/01/2015 - 15:31
Menina Dani -
Offline
Desde 22 Set 2012

Mais uma mamã no mesmo barco! A vontade de ter um segundo filho já é mais que muita e tal como os maridos das mamãs acima, não alega a conjuntura económica, diz apenas que um chega! Ás vezes digo-lhe na brincadeira que vou fazê-lo noutro lado para aliviar o clima da conversa.. Já toquei no assunto algumas vezes mas continua irredutível! Além de que ele é um homem de ideias fixas.. Não sei como vou fazê-lo mudar de opinião! Eu tenho 3 irmãos e ele tem 2. Adorava que o meu filhote tivesse uma companhia para a vida até porque noto que ele próprio já necessita de um mano/a para brincar, etc..
Alguma poção mágica por aí? Ahahah..
(Ainda por cima não posso aparecer com uma gravidez 'acidental' porque tenho o implanon)

Submetido por Menina Dani em Qua, 14/01/2015 - 15:34

Uma estrelinha brilha no céu desde dia 24.12.2011
* Outra estrela brilha fortemente na Terra | O meu Santiago *
A mamã ama-te tanto.. Tenho o coração cheio de orgulho por seres meu filho! E o daddy é um babadão Espertalhão Eheh

Afilhada da simpática Good_Feeling Careta

KellyPT -
Offline
Desde 05 Abr 2011

Menina Dani escreveu:
Mais uma mamã no mesmo barco! A vontade de ter um segundo filho já é mais que muita e tal como os maridos das mamãs acima, não alega a conjuntura económica, diz apenas que um chega! Ás vezes digo-lhe na brincadeira que vou fazê-lo noutro lado para aliviar o clima da conversa.. Já toquei no assunto algumas vezes mas continua irredutível! Além de que ele é um homem de ideias fixas.. Não sei como vou fazê-lo mudar de opinião! Eu tenho 3 irmãos e ele tem 2. Adorava que o meu filhote tivesse uma companhia para a vida até porque noto que ele próprio já necessita de um mano/a para brincar, etc..
Alguma poção mágica por aí? Ahahah..
(Ainda por cima não posso aparecer com uma gravidez 'acidental' porque tenho o implanon)

Eu acho que o argumento fundamental é que um, para nós, não chega, que não nos sentimos completas. Disse ao meu marido que, se não tiver outro filho ou pelo menos tentar, isso vai ser uma falta que vou sentir até ao último segundo da minha vida. É mesmo mais forte do que eu. E ele compreendeu. Aliás, acho que uma pessoa que ame outra compreende isto, se lhe dissermos que é uma coisa séria e não uma brincadeira que nos passa pela cabeça. Se não perceber, se calhar não é mesmo a metade da nossa laranja...

Submetido por KellyPT em Qua, 14/01/2015 - 15:39
KellyPT -
Offline
Desde 05 Abr 2011

Uma coisa que fiz, naquelas 24 horas (ele começou por dizer que não, claro) foi falar calmamente e, no fim de tudo, dizer que ia marcar uma consulta no GO. Ele não conseguiu dizer que não. Até que se habituou à ideia e me disse que, se era assim tão importante para mim, aceitava

Submetido por KellyPT em Qua, 14/01/2015 - 15:42
Menina Dani -
Offline
Desde 22 Set 2012

Eu também não digo que seria já já pois só tiro o implanon em 2016 (o meu filho já terá 3 aninhos).. Acho que seria a altura ideal.. Mas até lá, gostaria de convencê-lo! Já toquei no assunto duas ou três vezes e a resposta é sempre a mesma... E é mesmo como diz! Um para nós não chega.. E mais, eu adoraria ter uma menina. No caso de engravidar, seja menina ou menino vou amar da mesma forma mas adoraria ter uma menina!

Submetido por Menina Dani em Qua, 14/01/2015 - 15:47

Uma estrelinha brilha no céu desde dia 24.12.2011
* Outra estrela brilha fortemente na Terra | O meu Santiago *
A mamã ama-te tanto.. Tenho o coração cheio de orgulho por seres meu filho! E o daddy é um babadão Espertalhão Eheh

Afilhada da simpática Good_Feeling Careta

Carina_J -
Offline
Desde 13 Jan 2015

KellyPT é mesmo o que farei em breve, avisá-lo que vou deixer de tomar contraceptivos e deixar bem claro, que para mim de facto um não chega! E mais, até para o meu filho, só vejo vantagens em vir a ter outro filho. Um irmão só lhe fará bem (independentemente da relação futura que possam desenvolver, é incomparável.)
E sim, concordo que se, no meu caso o meu marido não reconhecer a importância de um segundo filho, não será de todo a outra metade da minha laranja Piscar o olho

Submetido por Carina_J em Qua, 14/01/2015 - 15:48
KellyPT -
Offline
Desde 05 Abr 2011

Carina_J escreveu:
KellyPT é mesmo o que farei em breve, avisá-lo que vou deixer de tomar contraceptivos e deixar bem claro, que para mim de facto um não chega! E mais, até para o meu filho, só vejo vantagens em vir a ter outro filho. Um irmão só lhe fará bem (independentemente da relação futura que possam desenvolver, é incomparável.)
E sim, concordo que se, no meu caso o meu marido não reconhecer a importância de um segundo filho, não será de todo a outra metade da minha laranja

Claro que só tem vantagens. Já viste o que é nunca ter a dinâmica de um irmão em casa (por acaso, o meu filho já tem um , porque o meu enteado vive connosco), nunca ninguém para brincar, nunca vir a ter sobrinhos seus, ficar sozinho com a responsabilidade pelos pais quando estes forem velhinhos? É óbvio que, para o irmão, só tem vantagens. Nem conheço ninguém que discorde disto (salvo alguns filhos únicos que entretanto se tornaram tão egoístas, porque tinham tudo só para eles, que dizem que um irmão não lhes fez falta).

Eu adoro o meu irmão, que me deu 3 lindos sobrinhos e tenho a certeza de que a minha vida seria muito mais triste se ele não existisse. Na verdade, nem quero pensar

Submetido por KellyPT em Qua, 14/01/2015 - 15:55
Carina_J -
Offline
Desde 13 Jan 2015

Eu senti na pele a diferença que foi na minha vida a chegada do meu irmão (já tinha 10 anos quando ele nasceu) e sei que só veio tornar a minha vida melhor. Adoro-o e apesar da diferença de idades somos muito chegados.
Nunca quis ser filha única e não quero que o meu filho o seja também.
O meu marido tem um irmão e com o qual se dá bem. Está é a fazer-se desentendido quando uso este argumento, mas é como disseste KellyPT, é importante falar calmamente no assunto.

Submetido por Carina_J em Qua, 14/01/2015 - 16:23
KellyPT -
Offline
Desde 05 Abr 2011

Carina_J escreveu:
Eu senti na pele a diferença que foi na minha vida a chegada do meu irmão (já tinha 10 anos quando ele nasceu) e sei que só veio tornar a minha vida melhor. Adoro-o e apesar da diferença de idades somos muito chegados.
Nunca quis ser filha única e não quero que o meu filho o seja também.
O meu marido tem um irmão e com o qual se dá bem. Está é a fazer-se desentendido quando uso este argumento, mas é como disseste KellyPT, é importante falar calmamente no assunto.

Deixa lá, pior do que o meu foi (com o nosso primeiro filho) não pode ter sido. Até chegou a dizer que tinha medo que o filho mais velho ficasse traumatizado!!!!!! Como é evidente, os dois irmãos adoram-se e eu recordo-lhe em momentos oportunos como foi parvo em dizer isso. Ele concorda e agradece-me ter insistido

Submetido por KellyPT em Qua, 14/01/2015 - 16:34
Carina_J -
Offline
Desde 13 Jan 2015

Eu tenho de aproveitar mais, momentos oportunos e recordar-lhe umas coisitas do género!
Obrigada pela partilha Sorriso

Submetido por Carina_J em Qua, 14/01/2015 - 18:41
mguedes1976 -
Offline
Desde 19 Out 2010

eu ainda não o convenci esta sempre a dizer-me que não tenho paciÊncia para este e que quero outro mas eu disse lhe que se ele tivesse um irmao nao seria assim tao mimado e dificil de aturar era uma questao de tentar mas ele nao quer eu estou mesmo triste ja tenho 39 e o afonso ja vai fazer 6 anos e gostava mesmo muito mas nao ha maneira de o convencer. beijinhos e obrigada por ouvirem o meu desabafo

Submetido por mguedes1976 em Sex, 13/03/2015 - 19:37
amorosa83 -
Offline
Desde 06 Mar 2015

Por cá tambem nao a desses problemas.. tenho um de 2,5 meses e já pensamos noutro mas so p ano senao é muito junto Sorriso queremos tres.. bem a crise.. essa vai sempre existir...pelo que nao entra na decisao lool Sorriso há aqui uma mama valkente.. 6 filhos??? boaaa Sorriso conheço uam que queria um 2 filho a força e deixou de tomar a pilula sem ele saber..no fim ficou sozinha com os 2 filhos...era um traste credo!

Submetido por amorosa83 em Sáb, 14/03/2015 - 10:08
ysa84 -
Offline
Desde 25 Jan 2009
I Love DMPM

Espertalhão Eu já convenci! Careta

Submetido por ysa84 em Seg, 16/03/2015 - 11:17
Sobre ysa84

13 meses, 10 ciclos, positivo a 17.4.012 Apaixonado 18.12.012 - 39s+2d - 3600gr 49cm - parto vaginal + ventosa
1 mês, 1 ciclo, positivo a 8.9.015 Apaixonado 12.5.016 - 38s+6d - 2725gr 48cm - cesariana + forceps
http://www.facebook.com/PrescricaoDiaria
http://demaeparamae.pt/vendo/loja/26684

mguedes1976 -
Offline
Desde 19 Out 2010

eu ainda continuo no mesmo nao consigo convence-lo e nao tomo nafda de contracetivos mas ele tem muito cuidado e nao deixa mesmo que aconteça devia acontecer mas parece que nao tenho sorte. beijos

Submetido por mguedes1976 em Qui, 16/04/2015 - 19:23
CatiaSilva2 -
Offline
Desde 20 Nov 2014

Mais uma a juntar s ao grupo.
Tenho uma bebe com 20 meses e gostava de voltar a engravidar. Mas o meu marido só diz "eu não quero!"
Ele quer voltar a ser pai mas não agora... Mas o meu relógio biológico já esta a dar horas desde que a minha princesa nasceu!!
O pior de tudo é que idealizo três criancinhas a correr cá em casa e esse não é de todo o sonho dele.
Não posso dizer que deixo a pílula porque não voltei a tomar desde que tive a pequena... Temos usado de vez enquando a única solução que nos resta. Mas até agora ainda não houve nenhum "acidente".
Bahh

Submetido por CatiaSilva2 em Dom, 31/05/2015 - 23:18
meninavanessa -
Offline
Desde 20 Jan 2014

Por aqui é o contrário, a minha filha ainda só vai fazer 7 meses e o namorido chateia-me constantemente, não o consigo nem sequer ouvir já a falar no assunto. Ele quer 2 ou 3 filhos, e eu quero em principio (porque não sei o dia de amanhã) ficar apenas com a nossa Margarida, e aliás quando nos conhecemos nem queria nenhum, já lhe tinha dito que não era meu sonho ser mãe e ele nunca pôs fim à relação e ficou comigo, quando engravidei ficou super feliz, e aí disse-lhe, será o nosso primeiro e último filho, entretanto já pensei, sou tão nova, será que não vou ter vontade daqui a uns tempos? Não sei, mas acho que não, mas garanto que se acontecer será daqui a muito tempo, pelo menos uns 7 anos, e ele passa-se quando digo isto, porque a vontade dele seria ter outro agora, e quando este (não existente, lol) bebé tivesse uns 2 anos ter outro, já lhe disse... bem que pode tirar o cavalinho da chuva, odiei a gravidez, não gosto de estar grávida, fiquei com trauma do parto, não me arrependo de nada e passava por tudo outra vez para ter a minha filha aqui, mas outro? opá.

Submetido por meninavanessa em Dom, 07/06/2015 - 00:46
signorabea -
Offline
Desde 06 Jun 2015

Bom, como é que eu hei - de dizer isto.
Eu antes de casar larguei os contraceptivos e até agora o Senhor lá de cima só me deu a mais velha, com muitos problemas no parto e pos parto e que a que está para nascer, que já me dá BH'S e insónias.
Mas não vamos alongar o porquê desta parte.
Eu tenho imensas famílias numerosas à minha volta, onde o mínimo de crianças são 4 e vao até 10. Não são famílias ricas ao contrário do que maior parte das pessoas pensam e não lhes falta nada.
Quando engravidei da segunda também pensei nisso, mas o facto de ser outra menina tranquilizou - me um pouco porque já tenho tudo da mais velha.
No trabalho ouvi de tudo, até me sugeriram "resolver" a coisa, porque toda a gente o faz hoje em dia. Enfim..
A família do médico de uma filha de uma amiga minha são 12 homens e o avô até à data tem 39 netos.
Também tenho uma amiga que teve agora o quarto e também está preocupada, porque é professora e isto das colocações não está fácil. Com filhos pequenos é complicado mas pelo testemunho dela e do meu é que é a mãe mais feliz do mundo e que de uma forma ou outra nada tem faltado aos filhos.
A família goza com ela e às vezes é alvo de incompreensão, até já dizem que lhes vão dar tv's lá para casa. Mas estamos habituadas a este tipo de comentários.
Depois do quinto a piada é:"São todos do mesmo pai?"
Se eu fosse estar com receio de gravidez por causa do dinheiro nunca teria engravidado.
Agora com a segunda e outras situações o mais certo é cá em casa procurarmos soluções para que nada falte ou pelo menos o essencial.
Como diriam as minhas "irmãs" mais novas da Igreja. O Senhor providencia! E até hoje independentemente de crises ou problemas nada nos tem faltado.
Se formos a ver, Portugal está em crise desde o Reinado de D. Carlos.
Se estamos abertos a mais filhos no futuro? Claro que sim! É uma bênção mas existe também a consciência da abertura à vida com responsabilidade. Isto não são filhos uns atrás dos outros, até porque existem necessidades afectivas que as crianças precisam e ter atenção ao bem estar da mulher.
Agora isto é a minha vivência.
Acho que deves falar com o teu mais que tudo é organizarem - se bem, com calma e apoiarem - se um no outro.

Submetido por signorabea em Seg, 08/06/2015 - 03:10
anglee -
Offline
Desde 26 Nov 2009

Signorabea usas o metodo billings?

Submetido por anglee em Sex, 12/06/2015 - 18:57
CatiaSilva2 -
Offline
Desde 20 Nov 2014

Finalmente convenci o maridão!
POis é, vamos iniciar os treinos a séria em Novembro/Dezembro para que eu possa voltar a gozar de uma gravidez no Verão!
Não desistam! ELes mais cedo ou mais tarde cedem Careta
Beijinhos

Submetido por CatiaSilva2 em Sáb, 18/07/2015 - 08:35
Desde 04 Fev 2017

Olá, eu tenho 19 anos e já moro com o meu namorado(ele tem 23), já temos casa e já trabalhamos. Há uns tempos apanhamos um sustinho e pensávamos que íamos ser papas, mas afinal deu negativo. Entretanto desde ai que tenho uma enorme vontade de ser mãe, mas ele só fala em ter de esperar que a crise passe. Já lhe expliquei que se estivermos a espera que melhore não vamos ter filhos ou não vamos alcançar os nossos objetivos de vida ... Alguém me consegue ajudar ? O que faço ? Beijinhos

Submetido por alexandrasantos2701 em Sáb, 04/02/2017 - 21:47
aries23 -
Offline
Desde 18 Jul 2016

alexandrasantos2701 escreveu:
Olá, eu tenho 19 anos e já moro com o meu namorado(ele tem 23), já temos casa e já trabalhamos. Há uns tempos apanhamos um sustinho e pensávamos que íamos ser papas, mas afinal deu negativo. Entretanto desde ai que tenho uma enorme vontade de ser mãe, mas ele só fala em ter de esperar que a crise passe. Já lhe expliquei que se estivermos a espera que melhore não vamos ter filhos ou não vamos alcançar os nossos objetivos de vida ... Alguém me consegue ajudar ? O que faço ? Beijinhos

Embora tenha razão de que nunca há momentos perfeitos, se ele se sente inseguro quanto às condições atuais então é melhor perceberem primeiro o que o pode a ajudar sentir seguro o suficiente para ter o mínimo de condições para terem crianças. Metas mais definitvas como por exemplo terem uma carreira com alguns anos, mais sólidas, ou após cumprirem x objetivos... ou atingirem x de poupanças primeiro... ou sentirem mais maturos emocionalmente ou com questões da vida... ou com a relação...

Às vezes as pessoas também preferem ter filhos anos depois de gozarem alguma liberdade.

O importante é esse tipo de decisões ser entre o casal. Tente não forçar muito o tema, e especialmente não envolver outros na decisão.

Submetido por aries23 em Dom, 05/02/2017 - 14:34
bolas_e_bolinhas -
Offline
Desde 31 Mar 2012

Por aqui eu gostava de ir ao segundo...
Antes de ser mãe eu queria só um e ele dois. Depois de ser mãe, o pós parto / Babyblues / relação foi tão complicado que eu definitivamente queria só um. Foi um terramoto na minha relação, muito difícil, eu fiquei muito difícil, acho que estive perto de uma depressão, se é que não tive mesmo. A família dele não foi fácil. Mas já nem sei se não fui eu que provoquei as coisas. Olhando para trás sei apenas que definitivamente não foi fácil. Então, durante meses, eu não queria mais nenhum.
Agora... à medida que a minha filha se aproximou dos dois anos, a vontade voltou a nascer. Não queria que ela fosse filha única. Queria mais barulho nos Natais em minha casa. QUeria que ela tivesse um(a) companheiro(a) para a vida, ter irmãos não é o mesmo que ter primos. O meu único medo é ela ser muito ligada a mim, e ciumenta, e que o nascimento de outra criança lhe cause sofrimento. Por ela tenho medo. E medo do pós parto...
Mas quando falei nisto ao meu marido ele disse me que em principio não quer ter outro filho, porque daqui a meio ano já tem 39 anos e está velho (segundo ele), porque não sabe qual seria a reacção da nossa filha, e porque acha que podemos dar mais financeiramente a um só filho do que a dois. Ou seja, acha que o que podemos dar à nossa filha sendo filha única, é superior do que se tivéssemos dois filhos, financeiramente falando.
Ele não fala das discussões no pos parto, no meu babyblues, nos momentos terríveis que passámos, nem nos problemas familiares, mas sei que isso também pesa... . Mas fiquei triste por saber que em principio ele não quer mais nenhum. Confesso. Porque quando dois não querem um não faz, e tenho medo de no futuro me arrepender de ter tido so uma filha.
Também não era para já exatamente que eu queria, mas gostava de pensar nisso para o ano que vem, quando a minha filha tivesse 3 anos.
Não sei se ele mudará de ideias...

Submetido por bolas_e_bolinhas em Qui, 16/11/2017 - 13:30
Andreissse -
Offline
Desde 13 Nov 2015

Amar outra pessoa é aceitar o que ela pensa... Eu posso querer ter muito um 2 filho e o meu marido nao quer. É legitimo "obriga-lo" a isso? Se fosse ao contrario, ele quer 3 e eu 2 teria que ter o 3? Parece-me que muitas vezes algumas mulheres pensam unicamente nelas na questão dos filhos em como convencer os maridos eu pessoalmente acho que nao ha nada que convencer. Cada pessoa tem de sentir-se preparada e com vontade sem ser pressionada. Se o meu marido n quiser mais e eu quiser respeito ou termino a relacao vice-versa.

Submetido por Andreissse em Seg, 20/11/2017 - 18:09
KellyPT -
Offline
Desde 05 Abr 2011

Andreissse escreveu:
Amar outra pessoa é aceitar o que ela pensa... Eu posso querer ter muito um 2 filho e o meu marido nao quer. É legitimo "obriga-lo" a isso? Se fosse ao contrario, ele quer 3 e eu 2 teria que ter o 3? Parece-me que muitas vezes algumas mulheres pensam unicamente nelas na questão dos filhos em como convencer os maridos eu pessoalmente acho que nao ha nada que convencer. Cada pessoa tem de sentir-se preparada e com vontade sem ser pressionada. Se o meu marido n quiser mais e eu quiser respeito ou termino a relacao vice-versa.

O mesmo se pode dizer do marido, não? Ter um/outro filho se essa for a vontade do outro também é respeitar a sua vontade. Ou só a vontade de quem não quer um filho é que é válida e merece respeito? Eu não podia estar mais à-vontade: movi céu e terra para ter os meus filhos, porque o meu marido não queria nem por nada (do primeiro, estivemos separados, como contei) e fá-lo-ia cem mil vezes de novo se fosse preciso. E o meu marido, acredites ou não, agradece-me todos os dias por não ter "aceitado" a vontade dele. Nunca vi alguém tão agradecido nem tão feliz por NÃO ter tido um filho, mas cada uma é que sabe da sua família e das suas prioridades

Submetido por KellyPT em Seg, 20/11/2017 - 20:29
Andreissse -
Offline
Desde 13 Nov 2015

Exatamente... Os seus desejos e sonhos também devem ser respeitados mas se o parceiro nao partilha da mesma visão acho incorreto. Mas se o convenceu, menos mau. Acho ainda mais abominável engravidar de propósito como, por exemplo, algumas tias minhas fizeram do 2 filho. Mas é a minha opinião mamã. Para mim estamos os dois em sintonia ou não estamos. Eu nao ver ter mais filhos só porque ele quer nem eu ele vai ter mais filhos só porque eu quero. Queremos os dois ou não terei mais nenhum. Do mesmo modo que não tolerava que me pressionasse nem que me engravidase de propósito eu nao faço o mesmo. Mas se a mamã se sente feliz e o seu marido ainda lhe agradece isso é o mais importante pois cada um é que sabe o melhor para si 😊

Submetido por Andreissse em Ter, 21/11/2017 - 12:15
KellyPT -
Offline
Desde 05 Abr 2011

Andreissse escreveu:
Exatamente... Os seus desejos e sonhos também devem ser respeitados mas se o parceiro nao partilha da mesma visão acho incorreto. Mas se o convenceu, menos mau. Acho ainda mais abominável engravidar de propósito como, por exemplo, algumas tias minhas fizeram do 2 filho. Mas é a minha opinião mamã. Para mim estamos os dois em sintonia ou não estamos. Eu nao ver ter mais filhos só porque ele quer nem eu ele vai ter mais filhos só porque eu quero. Queremos os dois ou não terei mais nenhum. Do mesmo modo que não tolerava que me pressionasse nem que me engravidase de propósito eu nao faço o mesmo. Mas se a mamã se sente feliz e o seu marido ainda lhe agradece isso é o mais importante pois cada um é que sabe o melhor para si 😊

Eu não falei em engravidar de propósito nem à traição. Isso é algo completamente diferente e não cabe no meu conceito de relacionamento (nem perante o marido nem perante os próprios filhos). Mas falei, com certeza, de o "pressionar" e acredite que, no caso do meu primeiro filho, tive de pressiona-lo mesmo muito. E não é "menos mau" que ele tenha concordado, é algo que foi indispensável à nossa felicidade conjunta e à manutenção do nosso casamento.

O que eu acho é que as situações não são todas iguais. Há pessoas que podem pensar em ter um (ou mais) filhos, mas para quem isto não é assim tão importante. E há pessoas para quem ter esse filho é parte indispensável do seu projeto de felicidade (era o meu caso). Acho que a pessoa tem de avaliar bem qual é a sua situação: na primeira, pode dizer-se "não quer, não quer. Paciência. Vamos em frente"; na segunda, não pode, acredite em mim, que estive mesmo à beira de deitar para o lixo uma relação sólida e feliz por causa disso.

E, portanto, se estiver na segunda situação e quiser preservar a relação que tem, eu acho que cada um pode e deve pressionar o outro. Se ele(a) não quiser mesmo um/outro filho, então parece-me que não há mais nada a fazer se não acabar tudo, mas nesse caso a "culpa" é de ambos. Não é só de quem quer ter (mais) um filho e não se conformou com a recusa.

Submetido por KellyPT em Ter, 21/11/2017 - 12:30
mguedes1976 -
Offline
Desde 19 Out 2010

olá meninas na altura que publiquei sobre este assunto não estava planeado ter outro filho pois o pai não queria e também a situação financeira não era a melhor mas entretanto engravidei sem contar e hoje tenho mais um lindo menino chamado Simão a vida parece que nos ouve e foi o que me aconteceu e estamos contentes por isso.

A quem a ainda não conseguiu ás vezes a vida encarrega-se de dar uma ajudinha

Beijinhos

Submetido por mguedes1976 em Qua, 22/11/2017 - 11:20
risc -
Offline
Desde 05 Ago 2014

Mais uma no mesmo barco... Triste Não consigo convencer o meu marido a termos um filho em comum. Os argumentos são a situação financeira e o facto de cada um de nós já ter um filho de casamentos anteriores.Qualquer conversa sobre o tema acaba em discussão e comigo a chorar (invariavelmente). O desgosto está a dar cabo de mim... Já não tenho idade para esperar que ele mude de ideias (44) ou que a nossa situação financeira mude. Andamos apertados, é um facto, mas não estamos a morrer à fome. Já não sei o que dizer, que argumentos usar... Andamos nisto há cerca de dois anos...

Submetido por risc em Seg, 27/11/2017 - 15:32

Votação

Quanto gastou ou pretende gastar no carrinho de bebé?