Cantinho das Perdas tardias! - Dúvidas, Angústias, Exemplos de sucesso após a perda... etc | De Mãe para Mãe

Goste de nós no Facebook

últimos tópicos no forum

Fórum Grávidas

Devo ter esperança?

Fórum Grávidas

Tamanho da barriga

Fórum Amamentação e Aleitamento

Robot Philips avent 4 em 1

Fórum Geral & Apresentação

será psicológico? pilula

Fórum Geral & Apresentação

Positvo mas corrimento

Fórum Geral & Apresentação

Engravidar em Angola

Fórum Geral & Apresentação

Engravidar Angola

Fórum Mães & Bebés

Ajudar

Fórum Perda Gestacional (Aborto)

Sobre curetagem e possível gravidez

Fórum Infertilidade

TEC - check!! Sintomas...

Fórum Infertilidade

HSM ou MAC?

Fórum Adopção

duvidas sobre adoção

Fórum Adopção

duvidas sobre adoção

Fórum Geral & Apresentação

ajuda........abdominoplastia pelo sns

Destaques nas lojas

Loja Pipoquinha 07

Roupinha e calçado de menina em excelente estado dos 0 aos 1...

Loja Estela2010

Copos de aprendizagem, biberoes, roupinhas, Testes de gravid...

Loja anitas.paula

Visitem a minha loja... Obrigada...

Loja susana08

PROMOÇÃO: 20% DE DESCONTO EM TODOS OS ARTIGOS SOY LUNA E BLA...

Loja Ell

Elastolabo, roupa de menino, compressas quente/frio......

Loja Marlas

Roupinha dos meus Gêmeos!...

Loja veraamorim

3 peças 1€ (para peças de valor INFERIOR a 1€), 3 peças 2€ (...

Loja susana seixas

TUDO A 50% 50% POR FAVOR ENVIAR MENSAGEM PARA QUALQUER A...

Loja Moranguinho29

Novidades... Bomba tira leite elétrica swing medela....

Loja Um Bebé

* Testes de Gravidez de tiras One Step (alta sensibilidade 1...

produtos à venda

€9.00
€1.00
€5.00
€5.00
€8.50
€5.00
€9.00
€9.00
€1.50
€1.30
€0.50
€1.00

artigos recentes

A importância do lanche no equilíbrio nutricional da dieta do bebé

A alimentação dos filhos, principalmente no caso dos bebés, é uma...

Babywearing – o que é e quais as vantagens?

O Babywearing tem ganho cada vez mais fãs nos últimos...

7 frases que nunca deve dizer a quem não consegue engravidar

O momento em que o casal decide ter um filho é sempre um momento...

Está grávida? Saiba como se manter hidratada durante o Verão!

A hidratação é uma questão à qual todos devemos estar atentos –...

Lembrem-se sempre disto: ser saudável é o mais importante!

Carolina Deslandes publicou uma fotografia três semanas após o...

Nasceu um bebé

Noa
30.09.2017
12.09.2017
04.09.2017
05.08.2017

Votação

Quanto gastou ou pretende gastar no carrinho de bebé?
1308 mensagens
Última entrada
Retrato de Sara L Baptista
Offline
Desde:
07.05.2012

Cantinho das Perdas tardias! - Dúvidas, Angústias, Exemplos de sucesso após a perda... etc

Apeteceu-me colocar este tópico para meninas, que como eu, tiveram passado por perdas tardias! De forma a podermos trocar experiencias, angústias, ou até, termos contacto com exemplos bons, porque bem precisamos de exemplos bons que nos dêm motivação.

Vou falar do meu caso, muito resumidamente:
Engravidei em Abril, tudo corria bem, sem enjoos, sem problema algum, a eco e exames das 12 semanas estavam óptimos.
Eco das 22 semanas e eu feliz da vida pois ia saber o sexo do meu bébé. E o que era para ser um dia feliz passou a ser o dia mais triste da minha vida!
Na eco detectaram que a minha bebé tinha sindrome arnold chiari e espinha bífida! O mundo ruiu!
Na semana seguinte com 23 semanas era internada para IMG! Perdi a minha menina, ganhei uma estrelinha no céu que me vai acompanhar para sempre!

Meninas que tenham passado por situação idêntica venham dar o vosso testemunho, exponham as vossas dúvidas, eu irei tb expôr as minhas!
____________________________________________________
As nossas treinantes:
Sónia Maria Santos; svania. DanniNH; Juliana Maria 29; jéhhhh; Mmaopb; Analbcn; Knina75; bebésbebés; Anasvm; LAVSC; Agataazul; KDD; Debora Isabel; M Daniela; Flor 1980 e MariAndre.

Boa sorte minhas queridas a hora aproxima-se!
____________________________________________________
As nossa graviduxas:
Scatarina
Lutadora 78
Joana S Dias
Babirodrigues
Cklara
Fifi.Silva
Sara L Baptista
Carla Hugo
Mãmãdesetembro
Carlone
Uma santa gravidez para todas!
_____________________________________________________
Mamãs e seus bebés:
TitaCutxi - Princesa
Tatibabe - Principe Vicente
MariaHenry - Principe
Sil_via - Principe Duarte
Xana_magueti - Principe Afonso
Mailleg - Principe Martim
Calina Cojocaru - Principe Gabriel
Sasac - Princesa

Uma maternidade muito feliz para todas!

Ovários poliquisticos.
Positivo a 29 Abril 2013- Dia 3 de Set 2013.-IMG(a minha estrelinha brilha no céu! Amamos-te para sempre minha princesa!)
1ºRED após IMG - 27 Outubro 2013
Julho - Histerossalpingografia + Dufine

Retrato de TitaCutxi
Offline
Desde:
07.06.2013

Como te entendo, minha querida...

Também perdi a minha estrelinha às 23 semanas.

Um beijinho grande e um abraço apertado

Retrato de Sara L Baptista
Offline
Desde:
07.05.2012

Olá Tita Cutxi!
E qual foi o teu motivo querida? Já foi há muito tempo ou é recente?
A minha IMG foi a 2 e 3 Set. Ainda é recente!
Beijinho

Ovários poliquisticos.
Positivo a 29 Abril 2013- Dia 3 de Set 2013.-IMG(a minha estrelinha brilha no céu! Amamos-te para sempre minha princesa!)
1ºRED após IMG - 27 Outubro 2013
Julho - Histerossalpingografia + Dufine

Retrato de TitaCutxi
Offline
Desde:
07.06.2013

Minha querida,

A minha estrelinha brilha no ceú desde 21 de Março...
As causas até hoje, depois de muitos testes, muitos exames, não são conclusivas... Perdi o líquido amoniótico, a bolsa rompeu, depois de duas semanas a lutar para que tudo corresse bem, o pouco líquido que existia desapareceu. A minha princesa estava em sofrimento, tinha apenas um pulmâo formado (é o LA que cria as condições, para que os pulmões se formem), sem ele é impossível, sem o LA estava a colapsar a minha princesa.
A minha princesa nasceu com vida, após o nascimento fui para o bloco com uma hemorrogia brutal e ela lutou pela vida enquanto eu estava no bloco, sai do bloco e ela foi embora...

Minha querida, muita força, muita coragem, acredita que as nossas pequenas e doces estrelinhas nos querem ver sorrir, levar a vida...
Acredito que estes pequenos anjos, passam na nossa vida com um propósito e eu talvez um dia o entenda.

Olho o ceú imensas vezes e costumo dizer à minha estrelinha, que um dia nos vamos encontrar e rir muito.

Beijinho

Retrato de Sara L Baptista
Offline
Desde:
07.05.2012

Vejo que passaste por muito querida, realmente a vida não é justa. No meu caso tive de optar por deixar ir a minha menina pois não teria condições, a meu ver humanas, para viver. Não lhe queria deixar esse legado, uma vida de sofrimento!
Eu não cheguei a vê-la, hoje pergunto-me se o deveria ter feito, mas a minha menina nasceu sem vida e eu não tive coragem de a ver. Optei por ficar com a última imagem dela viva através do ecógrafo, segundos antes de lhe fazerem parar o coração.
A vida é injusta mas ainda nos vai sorrir muito!
Já regressaste aos treinos?

Ovários poliquisticos.
Positivo a 29 Abril 2013- Dia 3 de Set 2013.-IMG(a minha estrelinha brilha no céu! Amamos-te para sempre minha princesa!)
1ºRED após IMG - 27 Outubro 2013
Julho - Histerossalpingografia + Dufine

Retrato de TitaCutxi
Offline
Desde:
07.06.2013

Minha querida,
Eu também, não vi a minha princesa, apenas a ouvi chorar, levaram-na logo e poucos minutos depois levaram-me para o bloco. Depois não tive coragem...
Sim minha querida, a vida ainda nos vai sorrir muito e teremos sempre as nossas estrelinhas, anjos, a iluminar o nosso caminho.

BEIJINHO

Retrato de Sara L Baptista
Offline
Desde:
07.05.2012

Um beijinho linda. Muita força para nós!
Sorriso

Ovários poliquisticos.
Positivo a 29 Abril 2013- Dia 3 de Set 2013.-IMG(a minha estrelinha brilha no céu! Amamos-te para sempre minha princesa!)
1ºRED após IMG - 27 Outubro 2013
Julho - Histerossalpingografia + Dufine

Retrato de MariaHenry
Offline
Desde:
15.05.2012

Bom dia meninas,

Tambem perdi a minha menina às 37s3d, foi horrivel, de um dia para o outro deixei de a sentir mexer, quando fui ao hospital já era tarde, ela asfixiou, tive um parto normal, assim que senti contracçoes deram-me a epidural e puseram-me a dormir, quando chegou a hora de ela nascer acordei... Nunca me vou esquecer do desespero que senti.... Depois de ela nascer peguei nela, era perfeitinha, gordinha, linda, parecida com o irmão... A conselho de uma mãe que passou pelo mesmo que eu, fiquei com uma foto da minha bebé, e ainda bem que o fiz....
Acredito, quero acreditar, que nao seja uma questao de injustiça, eles vieram e ensinaram-nos qualquer coisa, so temos que procurar dentro de nós o que mudou para melhor... Amo-a tal como amo o meu filho, e estou a aprender a aceitar q a passagem dela foi curta porque teve que o ser....
Já voltei aos treinos, muito ansiosa como é normal, mas com fé que desta vez vai correr td bem!
Já lá vao quase 6 meses, mas acho que nunca me vou consguir recompor totalmente....
Melhores dias virão e estamos cada vez mais fortes!
Bijinhos:)

Dpp 29.12.2009@10.12.2009 Henry
Dpp 04.06.2013@17.05.2013- 37s3d- C meu anjinho:(
29.10.2013 Positivo! @ Dpp 29.06.2014

Retrato de Sara L Baptista
Offline
Desde:
07.05.2012

Bem minha querida, fiquei toda arrepiada ao ler o teu testemunho! Às 37 semanas? Tens muita força linda, e são estas demonstrações de força que me motivam a levantar a cabeça e seguir em frente com positivismo!

Um beijinho e obrigada pelo teu testemunho, vem cá dar novidades ok!?

Ovários poliquisticos.
Positivo a 29 Abril 2013- Dia 3 de Set 2013.-IMG(a minha estrelinha brilha no céu! Amamos-te para sempre minha princesa!)
1ºRED após IMG - 27 Outubro 2013
Julho - Histerossalpingografia + Dufine

Retrato de MariaHenry
Offline
Desde:
15.05.2012

Temos que acreditar:)
Se a minha menina tivesse nascido com vida, em q condiçoes viveria ela? N se sabe ao certo quanto tempo esteve privada d oxigenio, as consequencias sao gravissimas. Agr pensando friamente, talvez tnha sido mlhor assim, se estivesse no teu lugar n sei q dcisao tomaria, mas admiro mt a coragem q tivest em fazer o melhor pelo teu bebe! Nao tarda teras o teu bebe força!

Dpp 29.12.2009@10.12.2009 Henry
Dpp 04.06.2013@17.05.2013- 37s3d- C meu anjinho:(
29.10.2013 Positivo! @ Dpp 29.06.2014

Retrato de analbcn
Offline
Desde:
13.10.2013

Passei por um aborto retido ás 8 semanas e hoje passado uma semana consegui fazer a expulsão. Nem imagino passar pelo que acabei de ler... muitos beijinhos e força.

Retrato de Sara L Baptista
Offline
Desde:
07.05.2012

Olá querida, uma perda é sempre uma perda todos os casos são igualmente dolorosos.
Agora também tens de ter muita força e pensamentos positivos ok?
A nossa hora chegará em breve!
Beijinhos

Ovários poliquisticos.
Positivo a 29 Abril 2013- Dia 3 de Set 2013.-IMG(a minha estrelinha brilha no céu! Amamos-te para sempre minha princesa!)
1ºRED após IMG - 27 Outubro 2013
Julho - Histerossalpingografia + Dufine

Retrato de TitaCutxi
Offline
Desde:
07.06.2013

Minha querida,

Todas as perdas, são dolorosas, cada uma da sua forma... Perdi uma estrelinha linda com 23 semanas e depois tive um aborto espontâneo, ultra prematuro, como lhe chamou o médico. Ambos doeram muito, eram e são os meus amores.
Muita força, a nuvem negra, há-de passar a cinzenta e quando menos esperamos há-de aparecer uma linda nuvem branca e de seguida um sol radioso.

Um beijinho

Retrato de Sara L Baptista
Offline
Desde:
07.05.2012

O que quis ele dizer com ultra prematuro?
Já voltaste aos treinos?
Um beijinho querida

Ovários poliquisticos.
Positivo a 29 Abril 2013- Dia 3 de Set 2013.-IMG(a minha estrelinha brilha no céu! Amamos-te para sempre minha princesa!)
1ºRED após IMG - 27 Outubro 2013
Julho - Histerossalpingografia + Dufine

Retrato de TitaCutxi
Offline
Desde:
07.06.2013

Aqui tens o que aconteceu...

Dia 25/6 fiz um teste de gravidez, que dá positivo.
Dia 29, repito o teste, com clearblue e surge no visor, GRAVIDA 1-2 semanas, foi um misto de felicidade e angústia. O medo que tudo voltasse a acontecer, mas depois de falar com o médico (marcando consulta para dia 5), de me acalmar, a felicidade foi plena, chorei, mas de alegria, agradeci à minha estrelinha linda e cintilante.
Dia 2, aparentemente o RED surge, o mundo desabou, não sabia o que fazer, voltei a repetir o teste e dava negativo, voltei a comprar o clearblue e surgiu no visor, NÃO GRAVIDA.
Já no gabinete do médico e depois de um batalham de exames, ecos, observação, etc, etc,... A conclusão foi que tive um aborto espontâneo, ultra prematuro...
A maioria das mulheres nem sabem que já lhes aconteceu o mesmo, apenas foi possível detectar pois a minha ansia e a do meu marido, é tão grande que nos fez comprar todos aqueles testes de gravidez.

Retrato de MariaHenry
Offline
Desde:
15.05.2012

Triste tenho uma amiga a quem aconteceu isso, fez um teste de gravidez que deu positivo mt clarinho, no dia a seguir teve uma hemorragia repetiu o teste deu negativo, foi ao medico e de facto tinha tido um aborto espontâneo....

Dpp 29.12.2009@10.12.2009 Henry
Dpp 04.06.2013@17.05.2013- 37s3d- C meu anjinho:(
29.10.2013 Positivo! @ Dpp 29.06.2014

Retrato de sasac
Offline
Desde:
24.01.2011

Lamento muito as vossas perdas e sei o que sentem.

Embora não participe muito no forum vou juntar-me a voces porque também eu perdi o meu menino às 34 semanas.

Se quiserem podem ler a história aqui:

http://demaeparamae.pt/forum/gui-foi-para-ceu-34-semanas

Agora estou a ganhar coragem para engravidar outra vez.

Beijinhos

Retrato de Sara L Baptista
Offline
Desde:
07.05.2012

sasac escreveu:
Lamento muito as vossas perdas e sei o que sentem.

Embora não participe muito no forum vou juntar-me a voces porque também eu perdi o meu menino às 34 semanas.

Se quiserem podem ler a história aqui:

http://demaeparamae.pt/forum/gui-foi-para-ceu-34-semanas

Agora estou a ganhar coragem para engravidar outra vez.

Beijinhos

Li a tua história e fico sem palavras, como é possivel não conseguirem 1º detetar os problemas mais cedo e não terem coragem de dar uma resposta concreta sobre o que nos espera (ao bebe e a nós)!
Eu passei por isso, ninguém me queria dar respostas concretas, primeiro a fugir à responsabilidade de não terem detetado nada às 12 semanas e depois nós como pais queriamos saber as consequencias para a nossa bebe de nascer assim e o que tinha exactamente!
Tive de procurar medicos e mais médicos, e pior ainda em Agosto em que todos estão de férias, foi um filme, um desespero um autêntico pesadelo!
Linda muita força, estamos aqui para te apoiar, vamos falando!
Beijinhos

Ovários poliquisticos.
Positivo a 29 Abril 2013- Dia 3 de Set 2013.-IMG(a minha estrelinha brilha no céu! Amamos-te para sempre minha princesa!)
1ºRED após IMG - 27 Outubro 2013
Julho - Histerossalpingografia + Dufine

Retrato de MariaHenry
Offline
Desde:
15.05.2012

ola a todas, vim dizer q fiz hj um teste de gravidez e deu positivo:) vale smp a pena tentar, tnho q acreditar q vai correr bem! coragem:)

Dpp 29.12.2009@10.12.2009 Henry
Dpp 04.06.2013@17.05.2013- 37s3d- C meu anjinho:(
29.10.2013 Positivo! @ Dpp 29.06.2014

Retrato de sasac
Offline
Desde:
24.01.2011

Há profissionais no nosso pais que não deviam de exercer nunca mais.

Obrigada pelo carinho

Retrato de sasac
Offline
Desde:
24.01.2011

Muitos parabéns!

Que tudo corra pelo melhor

Retrato de TitaCutxi
Offline
Desde:
07.06.2013

Parabéns minha querida, vai tudo correr bem Sorriso

Retrato de Sara L Baptista
Offline
Desde:
07.05.2012

MariaHenry escreveu:
ola a todas, vim dizer q fiz hj um teste de gravidez e deu positivo:) vale smp a pena tentar, tnho q acreditar q vai correr bem! coragem:)

Oh que felicidade!!! O 1º positivo deste cantinho!!!
Muitos e muitos parabéns!!!
Beijão e tudo de bom para ti querida!

Ovários poliquisticos.
Positivo a 29 Abril 2013- Dia 3 de Set 2013.-IMG(a minha estrelinha brilha no céu! Amamos-te para sempre minha princesa!)
1ºRED após IMG - 27 Outubro 2013
Julho - Histerossalpingografia + Dufine

Retrato de Sara L Baptista
Offline
Desde:
07.05.2012

TitaCutxi escreveu:
Aqui tens o que aconteceu...

Dia 25/6 fiz um teste de gravidez, que dá positivo.
Dia 29, repito o teste, com clearblue e surge no visor, GRAVIDA 1-2 semanas, foi um misto de felicidade e angústia. O medo que tudo voltasse a acontecer, mas depois de falar com o médico (marcando consulta para dia 5), de me acalmar, a felicidade foi plena, chorei, mas de alegria, agradeci à minha estrelinha linda e cintilante.
Dia 2, aparentemente o RED surge, o mundo desabou, não sabia o que fazer, voltei a repetir o teste e dava negativo, voltei a comprar o clearblue e surgiu no visor, NÃO GRAVIDA.
Já no gabinete do médico e depois de um batalham de exames, ecos, observação, etc, etc,... A conclusão foi que tive um aborto espontâneo, ultra prematuro...
A maioria das mulheres nem sabem que já lhes aconteceu o mesmo, apenas foi possível detectar pois a minha ansia e a do meu marido, é tão grande que nos fez comprar todos aqueles testes de gravidez.

Oh TitaCutxi, realmente isso acontece sem muitas mulheres saberem! Não sabemos a quantas de nós já aconteceu, mas sem fazer teste nem nos apercebemos!
Isso é o nosso corpo a reagir a algo que não correu bem! Vamos pensar que da próxima é de vez!
Beijocas

Ovários poliquisticos.
Positivo a 29 Abril 2013- Dia 3 de Set 2013.-IMG(a minha estrelinha brilha no céu! Amamos-te para sempre minha princesa!)
1ºRED após IMG - 27 Outubro 2013
Julho - Histerossalpingografia + Dufine

Retrato de MariaHenry
Offline
Desde:
15.05.2012

sasac escreveu:
Lamento muito as vossas perdas e sei o que sentem.

Embora não participe muito no forum vou juntar-me a voces porque também eu perdi o meu menino às 34 semanas.

Se quiserem podem ler a história aqui:

http://demaeparamae.pt/forum/gui-foi-para-ceu-34-semanas

Agora estou a ganhar coragem para engravidar outra vez.

Beijinhos


Como é que é possivel haver profissionais destes... Desejo te mta força e espero que em breve tenhas mais um baby:) mts beijinhos

Dpp 29.12.2009@10.12.2009 Henry
Dpp 04.06.2013@17.05.2013- 37s3d- C meu anjinho:(
29.10.2013 Positivo! @ Dpp 29.06.2014

Retrato de MariaHenry
Offline
Desde:
15.05.2012

Repetido

Dpp 29.12.2009@10.12.2009 Henry
Dpp 04.06.2013@17.05.2013- 37s3d- C meu anjinho:(
29.10.2013 Positivo! @ Dpp 29.06.2014

Retrato de sasac
Offline
Desde:
24.01.2011

Infelizmente percebi da pior maneira que há médicos que nem para tratarem de animais servem.
obigada

Retrato de Scatarina
Offline
Desde:
13.09.2013

Olá meninas, também eu me junto a vós neste cantinho. Perdi o meu anjinho às 24 semanas através de um img. A minha história está aqui http://demaeparamae.pt/forum/passaram-2-semanas-dor-continua .
Li as vossas histórias e a cada dia fico mais surpreendia com tudo o que acontece nesta vida. Antes de passar por o que passei, nunca pude imaginar que havia tanta gente a sofrer com perdas. Bjs para todas

Retrato de Scatarina
Offline
Desde:
13.09.2013

MariaHenry escreveu:
ola a todas, vim dizer q fiz hj um teste de gravidez e deu positivo:) vale smp a pena tentar, tnho q acreditar q vai correr bem! coragem:)

Parabéns MariaHenry..Como diz a Sara L Baptista, o primeiro de muitos positivos deste cantinho.Bjs

Retrato de Sara L Baptista
Offline
Desde:
07.05.2012

Scatarina escreveu:
Olá meninas, também eu me junto a vós neste cantinho. Perdi o meu anjinho às 24 semanas através de um img. A minha história está aqui http://demaeparamae.pt/forum/passaram-2-semanas-dor-continua .
Li as vossas histórias e a cada dia fico mais surpreendia com tudo o que acontece nesta vida. Antes de passar por o que passei, nunca pude imaginar que havia tanta gente a sofrer com perdas. Bjs para todas

Olá minha querida, antes demais bem vinda! Lembro-me da tua história. Fizemos a IMG mais ou menos na mesma altura, eu estive internada a 2 e 3 de Setembro!

Como estás a preparar os novos treinos? Eu decidi ir a um outro GO que me disse que devo agora reforçar durante 3 meses com ác. fólico! Fiquei um pouco desiludida pq a minha GO sabia desde o inicio que eu queria avançar rapidamente com os treinos e não me mandou reforçar! Agora vou ter de esperar mais 3 meses!

Um beijinho

Ovários poliquisticos.
Positivo a 29 Abril 2013- Dia 3 de Set 2013.-IMG(a minha estrelinha brilha no céu! Amamos-te para sempre minha princesa!)
1ºRED após IMG - 27 Outubro 2013
Julho - Histerossalpingografia + Dufine

Retrato de Xana_magueti
Offline
Desde:
02.09.2011

Sara minha querida são poucas as vezes que falo disto superar custa doi moí consome Triste passaram 10 anos e não há dia que a Francisca não venha ao pensamento Triste hoje teria 9 aninhos completos:( trago a minha menina sempre no colinho e no meu coração Coração despedaçado ,Deus escolheu um cantinho lindo lá no céu e tenho a certeza que com os outros anjinhos estarão comfortados.

A Francis tinha 25 semanas quando partiu após uma taquicardia fetal faleceu 3 dias antes de eu descobrir e só com a dor e um sangramento e após recorrer ao SU da maternidade é que soube que a minha filha já não tinha vida Triste a dor já vocês sabem como é:( a dor física passa para segundo plano pois fiquei anestesiada pela angustia e a tristeza que consumiu todas as minhas forças. Fiquei internada 3 dias tive a bebé de parto normal e implorei para a ver acederam ao meu desejo lembro-me do rostinho rosado e adormecido(estava tão serena) dei-lhe um beijinho e levaram-ma :(.

Cerca de um ano depois(10 meses) engravidei da minha Mariana que tem hoje 8 anos :).

Um grande beijinho em todas vocês lutadoras.

06.07.2000 João
10.09.2005 Mariana
Mais duas piolhitas "emprestadas" Catarina&Irina

Retrato de Sara L Baptista
Offline
Desde:
07.05.2012

Xana_magueti escreveu:
Sara minha querida são poucas as vezes que falo disto superar custa doi moí consome Triste passaram 10 anos e não há dia que a Francisca não venha ao pensamento Triste hoje teria 9 aninhos completos:( trago a minha menina sempre no colinho e no meu coração Coração despedaçado ,Deus escolheu um cantinho lindo lá no céu e tenho a certeza que com os outros anjinhos estarão comfortados.

A Francis tinha 25 semanas quando partiu após uma taquicardia fetal faleceu 3 dias antes de eu descobrir e só com a dor e um sangramento e após recorrer ao SU da maternidade é que soube que a minha filha já não tinha vida Triste a dor já vocês sabem como é:( a dor física passa para segundo plano pois fiquei anestesiada pela angustia e a tristeza que consumiu todas as minhas forças. Fiquei internada 3 dias tive a bebé de parto normal e implorei para a ver acederam ao meu desejo lembro-me do rostinho rosado e adormecido(estava tão serena) dei-lhe um beijinho e levaram-ma :(.

Cerca de um ano depois(10 meses) engravidei da minha Mariana que tem hoje 8 anos :).

Um grande beijinho em todas vocês lutadoras.

Olá minha querida! Obrigada pelo teu testemunho, eu falo por mim, é destes testemunhos de sucesso após uma IMG ou AE que eu preciso para me ir dando esperanças!
Tens andado bem?
Um beijinho

Ovários poliquisticos.
Positivo a 29 Abril 2013- Dia 3 de Set 2013.-IMG(a minha estrelinha brilha no céu! Amamos-te para sempre minha princesa!)
1ºRED após IMG - 27 Outubro 2013
Julho - Histerossalpingografia + Dufine

Retrato de MariaHenry
Offline
Desde:
15.05.2012

Scatarina, lamento imenso pela tua perda, não sei se tiveste oportunidade/vontade de perceber o problema do teu menino, mas uma microcefalia é gravíssimo, eu trabalhei algum tempo com pessoas com deficiências e por acaso havia uma moça com esse problema, e isto pode nao servir de consolação, mas ver uma pessoa naquelas condiçoes, faz-nos questionar muita coisa... Acontece-me muitas vezes ver pessoas com paralisia cerebral, e isto pode parecer muito frio, mas para ficar tao limitada, penso que foi melhor assim, a minha filha nao merecia viver limitada e dependente de mim para o resto da vida, e quando eu ja ca nao estivesse como seria?
Xana_Magueti esta dor nunca passa nao é?:( como lidast com a segunda gravidez? Ando cheia de medo q se note a barriga, e nem posso pensar em preparar coisas de bebe... Estou muito feliz, mas estou constantemente a preparar-me para o pior....

Dpp 29.12.2009@10.12.2009 Henry
Dpp 04.06.2013@17.05.2013- 37s3d- C meu anjinho:(
29.10.2013 Positivo! @ Dpp 29.06.2014

Retrato de Sara L Baptista
Offline
Desde:
07.05.2012

Eu concordo com a MariaHenry o que fizemos foi pelo bem dos nossos bebés, viver em sofrimento não é viver.
A minha bebé tinha espinha bifida aberta e sindrome de arnold chiari tipo 2, o que iria limitar muito a sua vida, iria depender de nós a sua vida inteira.
A vida já não é fácil então com tantos problemas nem quero imaginar!

MariaHenry, tens mesmo de relaxar e deixar fluir, tudo tem de correr bem desta vez querida, eu sei que é dificil deixar de ter medo que o pior aconteça (eu qd engraidar vou sentir o mesmo), mas tenta ultrapassar isso!

Um beijo enorme

Ovários poliquisticos.
Positivo a 29 Abril 2013- Dia 3 de Set 2013.-IMG(a minha estrelinha brilha no céu! Amamos-te para sempre minha princesa!)
1ºRED após IMG - 27 Outubro 2013
Julho - Histerossalpingografia + Dufine

Retrato de Xana_magueti
Offline
Desde:
02.09.2011

MariaHenry escreveu:
Scatarina, lamento imenso pela tua perda, não sei se tiveste oportunidade/vontade de perceber o problema do teu menino, mas uma microcefalia é gravíssimo, eu trabalhei algum tempo com pessoas com deficiências e por acaso havia uma moça com esse problema, e isto pode nao servir de consolação, mas ver uma pessoa naquelas condiçoes, faz-nos questionar muita coisa... Acontece-me muitas vezes ver pessoas com paralisia cerebral, e isto pode parecer muito frio, mas para ficar tao limitada, penso que foi melhor assim, a minha filha nao merecia viver limitada e dependente de mim para o resto da vida, e quando eu ja ca nao estivesse como seria?
Xana_Magueti esta dor nunca passa nao é?:( como lidast com a segunda gravidez? Ando cheia de medo q se note a barriga, e nem posso pensar em preparar coisas de bebe... Estou muito feliz, mas estou constantemente a preparar-me para o pior....

Minha querida Maria,passar não passa acho que o tempo pode é atenuar mas no nosso pensamento viverá sempre aquela saudade de contabilizar os dias os meses a entrada na escolinha essas coisinhas tão importantes que faríamos se estivessem fisicamente com nós. Da gravidez da Mariana tive o mesmo problema com um sustinho parecido ás 22 semanas mas felizmente o coração da Mi era forte andei monotorizada a partir das 30 semanas e muito vigiada correu tudo muito bem e hoje é uma linda piolha de 8 aninhos,sofri muito tive medo mas agarrei-me á esperança desta vez sentia que iria correr bem e correu :).
O que sentes é normal, medo anseio faz parte querida o meu truque foi desviar pensamentos negativos e falava muito com a minha barriguinha de certa forma isto comfortava-me(parvoíce eu sei)á parte disso foi vigilância médica reforçada e no final respirei de alivio,confesso acho que fiquei mais calma no dia em que a tive nos braços.
Nenhuma mamã deveria passar por isto Triste vi pelo teu contador que atua perda também é recente...Lamento tanto Maria:(.
Força um beijinho.

06.07.2000 João
10.09.2005 Mariana
Mais duas piolhitas "emprestadas" Catarina&Irina

Retrato de Xana_magueti
Offline
Desde:
02.09.2011

Sara L Baptista escreveu:
Xana_magueti escreveu:
Sara minha querida são poucas as vezes que falo disto superar custa doi moí consome Triste passaram 10 anos e não há dia que a Francisca não venha ao pensamento Triste hoje teria 9 aninhos completos:( trago a minha menina sempre no colinho e no meu coração Coração despedaçado ,Deus escolheu um cantinho lindo lá no céu e tenho a certeza que com os outros anjinhos estarão comfortados.

A Francis tinha 25 semanas quando partiu após uma taquicardia fetal faleceu 3 dias antes de eu descobrir e só com a dor e um sangramento e após recorrer ao SU da maternidade é que soube que a minha filha já não tinha vida Triste a dor já vocês sabem como é:( a dor física passa para segundo plano pois fiquei anestesiada pela angustia e a tristeza que consumiu todas as minhas forças. Fiquei internada 3 dias tive a bebé de parto normal e implorei para a ver acederam ao meu desejo lembro-me do rostinho rosado e adormecido(estava tão serena) dei-lhe um beijinho e levaram-ma :(.

Cerca de um ano depois(10 meses) engravidei da minha Mariana que tem hoje 8 anos :).

Um grande beijinho em todas vocês lutadoras.

Olá minha querida! Obrigada pelo teu testemunho, eu falo por mim, é destes testemunhos de sucesso após uma IMG ou AE que eu preciso para me ir dando esperanças!
Tens andado bem?
Um beijinho


Sorriso Uns dias sim outros nem por isso meu anjo.
Sem querer ser uma parvinha custa-me tanto ainda não ter a minha estrelinha no forno,fizemos um aninho e nada este mês estou sem esperança mas com calma lá vamos indo. Da cartinha da consulta também ainda nada de nada estamos na lista de espera. Pode ser que chegue temos de aguardar.
Tão bom poder ter cantinhos como este:).
Fico-te grata tu sabes :).
Um grande beijinho gosto muito de ti :).

06.07.2000 João
10.09.2005 Mariana
Mais duas piolhitas "emprestadas" Catarina&Irina

Retrato de Sara L Baptista
Offline
Desde:
07.05.2012

Vais ter as respostas que precisas querida, pode até ser que entretanto o teu ovinho apareça no forninho, quando menos esperamos as coisas acontecem.
Tens de relaxar mais, eu engravidei no mês que a minha GO disse que não ia acontecer, relaxei e deixei rolar, no mês a seguir ia começar a tomar estimulantes e pumba, não foi preciso a coisa aconteceu!

Sim estes cantinhos são óptimos porque nos ajuda a falar com quem nos entende, com quem passou o mesmo que nós e percebe as nossas angustias, medos, frustrações.
Muitas vezes tento falar com amigas porque preciso de desabafar e o ar de pena e incompreensão deixa-me frustrada.
Aqui podemos falar sem problemas!

Ovários poliquisticos.
Positivo a 29 Abril 2013- Dia 3 de Set 2013.-IMG(a minha estrelinha brilha no céu! Amamos-te para sempre minha princesa!)
1ºRED após IMG - 27 Outubro 2013
Julho - Histerossalpingografia + Dufine

Retrato de Scatarina
Offline
Desde:
13.09.2013

Sara L Baptista escreveu:
Scatarina escreveu:
Olá meninas, também eu me junto a vós neste cantinho. Perdi o meu anjinho às 24 semanas através de um img. A minha história está aqui http://demaeparamae.pt/forum/passaram-2-semanas-dor-continua .
Li as vossas histórias e a cada dia fico mais surpreendia com tudo o que acontece nesta vida. Antes de passar por o que passei, nunca pude imaginar que havia tanta gente a sofrer com perdas. Bjs para todas

Olá minha querida, antes demais bem vinda! Lembro-me da tua história. Fizemos a IMG mais ou menos na mesma altura, eu estive internada a 2 e 3 de Setembro!

Como estás a preparar os novos treinos? Eu decidi ir a um outro GO que me disse que devo agora reforçar durante 3 meses com ác. fólico! Fiquei um pouco desiludida pq a minha GO sabia desde o inicio que eu queria avançar rapidamente com os treinos e não me mandou reforçar! Agora vou ter de esperar mais 3 meses!

Um beijinho

Olá Sara L Baptista, faz hoje precisamente 2 meses.. Triste ainda não estou a pensar nos treinos, quero aguardar pelos resultados da autopsia. A GO por acaso mandou-me tomar ácido fólico, pq disse q eu poderia estar grávida (uma vez que a menstruação continua sem vir)e era melhor prevenir, mas tb não falou em reforço, apenas disse que qd começasse realmente a pensar em engravidar que deveria tomar iodo. Fala com o teu GO e procura, acho que é uma novidade agora, ajuda no desenvolvimento do cérebro..
bjs

Retrato de Scatarina
Offline
Desde:
13.09.2013

MariaHenry escreveu:
Scatarina, lamento imenso pela tua perda, não sei se tiveste oportunidade/vontade de perceber o problema do teu menino, mas uma microcefalia é gravíssimo, eu trabalhei algum tempo com pessoas com deficiências e por acaso havia uma moça com esse problema, e isto pode nao servir de consolação, mas ver uma pessoa naquelas condiçoes, faz-nos questionar muita coisa... Acontece-me muitas vezes ver pessoas com paralisia cerebral, e isto pode parecer muito frio, mas para ficar tao limitada, penso que foi melhor assim, a minha filha nao merecia viver limitada e dependente de mim para o resto da vida, e quando eu ja ca nao estivesse como seria?
Xana_Magueti esta dor nunca passa nao é?:( como lidast com a segunda gravidez? Ando cheia de medo q se note a barriga, e nem posso pensar em preparar coisas de bebe... Estou muito feliz, mas estou constantemente a preparar-me para o pior....

MariaHenry, eu informei-me na altura sobre o que era a microcefalia e concordo contigo, por isso avancei para a img. O que é irónico nesta história toda é que descobri num dos relatórios do meu primeiro filho que ele tinha macrocefalia, mas que, ao falar nisso à doutora que me acompanhou, nada tem de grave, antes pelo contrário, sinónimo de inteligência. Vá-se lá entender a vida, as coisas são como são e têm a sua razão de ser.
Bjs

Retrato de Sara L Baptista
Offline
Desde:
07.05.2012

Scatarina escreveu:
Sara L Baptista escreveu:
Scatarina escreveu:
Olá meninas, também eu me junto a vós neste cantinho. Perdi o meu anjinho às 24 semanas através de um img. A minha história está aqui http://demaeparamae.pt/forum/passaram-2-semanas-dor-continua .
Li as vossas histórias e a cada dia fico mais surpreendia com tudo o que acontece nesta vida. Antes de passar por o que passei, nunca pude imaginar que havia tanta gente a sofrer com perdas. Bjs para todas

Olá minha querida, antes demais bem vinda! Lembro-me da tua história. Fizemos a IMG mais ou menos na mesma altura, eu estive internada a 2 e 3 de Setembro!

Como estás a preparar os novos treinos? Eu decidi ir a um outro GO que me disse que devo agora reforçar durante 3 meses com ác. fólico! Fiquei um pouco desiludida pq a minha GO sabia desde o inicio que eu queria avançar rapidamente com os treinos e não me mandou reforçar! Agora vou ter de esperar mais 3 meses!

Um beijinho

Olá Sara L Baptista, faz hoje precisamente 2 meses.. Triste ainda não estou a pensar nos treinos, quero aguardar pelos resultados da autopsia. A GO por acaso mandou-me tomar ácido fólico, pq disse q eu poderia estar grávida (uma vez que a menstruação continua sem vir)e era melhor prevenir, mas tb não falou em reforço, apenas disse que qd começasse realmente a pensar em engravidar que deveria tomar iodo. Fala com o teu GO e procura, acho que é uma novidade agora, ajuda no desenvolvimento do cérebro..
bjs

Já estou a tomar iodo. Tomo o natalben preconceptivo, estou a tomar desde a consulta que tive no dia 18 de Setembro.
Eu fiz 2 meses de saudade ontem!

Ovários poliquisticos.
Positivo a 29 Abril 2013- Dia 3 de Set 2013.-IMG(a minha estrelinha brilha no céu! Amamos-te para sempre minha princesa!)
1ºRED após IMG - 27 Outubro 2013
Julho - Histerossalpingografia + Dufine

Retrato de Tatibabe
Offline
Desde:
02.07.2009

Venho juntar-me a este grupo também .
Perdi a minha menina no dia 29/04/2013. Passaram-se já 6 meses e dói muito e a saudade é grande.
Ela nasceu as 22s+6d, com vida, aparentemente normal e saudável (segundo a eco morfológica feita uma semana antes) e disseram-me que não se investe em bebês com menos de 24 semanas e por isso deixaram-na morrer.
Não há explicação para o que aconteceu. Eu tinha duas bactérias, mas já me disseram que podem não ter sido elas a causar o parto prematuro.
Agora estou de novo gravida (fazemos hoje 12 semanas Sorriso ) e embora queira e consiga a maior parte dos dias viver tranquilamente esta gravidez, há muita coisa que me inquieta, muitos receios mas não quero ser refém deles. Todos os dias falo com a minha pipoquinha e dar-lhe o mesmo amor e atenção que dei à mana.
Gostaria de saber se alguma de vocês tem insuficiência / incompetência istmo cervical. Pelo que tenho lido, pode ser esse o meu problema mas queria saber mais
Mamã TitaCutxi onde tiveste a tua menina? Disseste que ela nasceu de 23 semanas e batalhou pela vida, o que significa que houve quem investisse nela. Preciso de ter também esse alento <3

Um beijinho muito grande a todas. Fé e Esperança são as palavras de ordem. Tenho a certeza que algo maravilhoso está reservado para nós

Retrato de TitaCutxi
Offline
Desde:
07.06.2013

A Helena, nasceu no Hospital Amadora Sintra, estava lá internada. Foram 2 semanas de internamento e depois tudo o que leste.
Sim lutou pela vida, nasceu apenas com um pulmão, mas mesmo assim o neopediatras, estiveram com ela, enquanto ela lutou.
Todo o tempo que estive internada, a equipa foi excelente, humanidade acima da média e muito profissionalismo.

Beijinho muito grande

Retrato de Sara L Baptista
Offline
Desde:
07.05.2012

Tatibabe escreveu:
Venho juntar-me a este grupo também .
Perdi a minha menina no dia 29/04/2013. Passaram-se já 6 meses e dói muito e a saudade é grande.
Ela nasceu as 22s+6d, com vida, aparentemente normal e saudável (segundo a eco morfológica feita uma semana antes) e disseram-me que não se investe em bebês com menos de 24 semanas e por isso deixaram-na morrer.
Não há explicação para o que aconteceu. Eu tinha duas bactérias, mas já me disseram que podem não ter sido elas a causar o parto prematuro.
Agora estou de novo gravida (fazemos hoje 12 semanas Sorriso ) e embora queira e consiga a maior parte dos dias viver tranquilamente esta gravidez, há muita coisa que me inquieta, muitos receios mas não quero ser refém deles. Todos os dias falo com a minha pipoquinha e dar-lhe o mesmo amor e atenção que dei à mana.
Gostaria de saber se alguma de vocês tem insuficiência / incompetência istmo cervical. Pelo que tenho lido, pode ser esse o meu problema mas queria saber mais
Mamã TitaCutxi onde tiveste a tua menina? Disseste que ela nasceu de 23 semanas e batalhou pela vida, o que significa que houve quem investisse nela. Preciso de ter também esse alento <3

Um beijinho muito grande a todas. Fé e Esperança são as palavras de ordem. Tenho a certeza que algo maravilhoso está reservado para nós

Bem-vinda Tatibabe a este cantinho.
Não consigo perceber porque não lutaram pela tua menina, compreendo que sejam muito prematuros com esse tempo mas deviam tentar ao menos. A minha menina tinha 460gr com 23 semanas e 2 dias, acredito que seja mesmo muito pequenita e que tenha muitas limitações, mas pelo menos deviam tentar...
Minha querida fico tão feliz em saber que tens já uma pipoquinha no forninho, precisamos mesmo destes alentos, destas vitórias que nos vão alimentando as forças!
Um beijão e tudo vai correr bem.

Ovários poliquisticos.
Positivo a 29 Abril 2013- Dia 3 de Set 2013.-IMG(a minha estrelinha brilha no céu! Amamos-te para sempre minha princesa!)
1ºRED após IMG - 27 Outubro 2013
Julho - Histerossalpingografia + Dufine

Retrato de sasac
Offline
Desde:
24.01.2011

Não entendo mesmo as decisões destes "médicos"!
Como se pode não lutar pela vida de um bebé aparentemente saudável.
Mas depois há casos como o meu. Se não tivesse ido a Londres fazer IMG, cá em Portugal o objectivo dos médicos da MAC era deixarem-no nascer mesmo sem qq hipótese de sobrevivência.
Acho cada vez mais que o único objetivo era estudarem o meu menino, que tinha uma síndrome incompatível com a vida!
Deixo-te um beijinho muito grande e que tudo te corra pelo melhor.

Retrato de MariaHenry
Offline
Desde:
15.05.2012

Bem vinda,
Estou muito chocada como assim n lutaram pela bebe? Em q hospital foi isso? Como e q e possivel....

Dpp 29.12.2009@10.12.2009 Henry
Dpp 04.06.2013@17.05.2013- 37s3d- C meu anjinho:(
29.10.2013 Positivo! @ Dpp 29.06.2014

Retrato de Tatibabe
Offline
Desde:
02.07.2009

Agora não tenho aqui, mas mais logo à noite coloco-vos a exposição que fiz ao hospital S. João e a resposta que me deram.
Pelo menos saber que tentaram seria um conforto maior para a minha dor.
Mas não o fizeram e fizeram questão de mo dizer mais do que uma vez.
Eu logo posto.
Obrigada pelo vosso carinho <3

Retrato de Sara L Baptista
Offline
Desde:
07.05.2012

Tatibabe escreveu:
Agora não tenho aqui, mas mais logo à noite coloco-vos a exposição que fiz ao hospital S. João e a resposta que me deram.
Pelo menos saber que tentaram seria um conforto maior para a minha dor.
Mas não o fizeram e fizeram questão de mo dizer mais do que uma vez.
Eu logo posto.
Obrigada pelo vosso carinho <3

Sim querida posta para vermos.
É indecente o que fizeram, mas enfim...
Muita força linda, o nosso dia chegará! Não conseguirás fazer justiça pela tua bebe, mas podes sempre dedicar-lhe o teu coração, eu faço-o todos os dias!
E lembra-te as nossas estrelinhas estão todas juntas a brincarem, a divertirem-se lá em cima! Estão felizes!
Beijinhos

Ovários poliquisticos.
Positivo a 29 Abril 2013- Dia 3 de Set 2013.-IMG(a minha estrelinha brilha no céu! Amamos-te para sempre minha princesa!)
1ºRED após IMG - 27 Outubro 2013
Julho - Histerossalpingografia + Dufine

Retrato de TitaCutxi
Offline
Desde:
07.06.2013

Minha querida,

Lamento a frieza, como esses pseudo profissionais de saúde, te trataram e trataram toda a situação da tua estrelinha.
Esses senhores, por vezes, perdem a humanidade...

Um Beijinho muito grande e muita força...

Retrato de Tatibabe
Offline
Desde:
02.07.2009

Exmos. Senhores,
Trago um caso a submeter à Vossa apreciação, inquérito e averiguação.
O meu nome é Tatiana Daniela Gonçalves, n. de processo desse hospital 94015771.
A propósito da minha gravidez (primeira gravidez)
- 31/12/2012: atendimento no serviço de urgência por hemorragia vaginal. Foi-me dito que parecia existir um pólipo no colo do útero e que a hemorragia poderia advir daí, contudo, pela ecografia realizada, o saquinho gestacional apresentava-se irregular e que muito provavelmente a gravidez não iria desenvolver-se.
Sendo a noite de passagem de ano, não era a notícia que eu mais queria ouvir. Contudo, mantive-me confiante de que tudo iria correr bem, apesar da preocupação com a hemorragia.
- 4/01/2013: atendimento no serviço de urgência por hemorragia vaginal. Foi-me dito que realmente a gravidez não tinha evoluído e a hemorragia que estava a ter, uma vez que já tinha 5 dias, era um abortamento. Foram-me apresentadas 2 soluções: ou aguardar que o processo se desenrolasse naturalmente e o aborto acabasse por acontecer ou dar início ao protocolo de introdução dos comprimidos vaginais para acelerar o processo. Eu optei por esperar que saísse naturalmente e foi-me informado que em qualquer altura poderia voltar ao serviço de urgência e dar inicio ao protocolo. Receitaram-me tramadol+paracetamol para o caso de começar a sentir dores mais fortes.
Fiquei triste e desiludida por se confirmar que a gravidez não tinha evoluído, mas aceitei a opinião médica que me foi dada. A 7/01/2013, senti fortes dores nas costas e pensei poder-se tratar do início do processo de abortamento e tomei 1 comprimido de tramadol+paracetamol.
- 11/01/2013: atendimento no serviço de urgência por hemorragia vaginal. Fui confrontada com o facto de estar registado no computador que eu é que não quis avançar com o protocolo e portanto teria que aguardar que o processo de abortamento se concluísse. Expliquei que a minha preocupação residia no facto de nunca ter passado por tal situação e não queria que, passado tanto tempo com hemorragia de um abortamento, pudesse deitar por terra hipóteses futuras de uma nova gravidez. Fui examinada, em que foi confirmada a existência do pólipo no colo do útero e após ecografia, foi-me dito que afinal eu tinha um embrião e com batimentos cardíacos. Demonstrei a minha preocupação por ter tomado um comprimido de tramadol+paracetamol ao que me responderam que não trazia problema nenhum e que no caso de uma grávida ter muitas dores teriam que dar alguma coisa mais forte do que só ben-u-ron.
A felicidade foi imensa, e congratulei-me por ter decidido não introduzir os comprimidos vaginais por não querer intoxicar mais o meu organismo.
As hemorragias continuaram durante algum tempo, que me levaram mais algumas vezes ao serviço de urgência.
A partir de 17/01/2013 passei a ser seguida no serviço de obstetrícia e a restante gestação decorreu sem qualquer complicação.
Quero salientar já o desempenho da Dra. Ana Paula Machado como minha médica assistente. Sempre me senti acompanhada, cuidada e vigiada.
- 18/04/2013: Ecografia morfológica sem qualquer complicação e onde se confirmou que vinha a caminho a Eva Victória.
- 21/04/2013: Atendimento no serviço de urgência por corrimento vaginal líquido. Foram feitos alguns exames, sendo que apenas a ecografia sugeria haver diminuição do líquido amniótico, visto que no momento em que fui atendida não estava a perder qualquer líquido. Foi-me dito que poderia ir para casa com a recomendação de repouso absoluto (uma vez que não era possível avaliar com toda a certeza se era líquido amniótico) até a situação ser comunicada à Dra. Ana Paula e ela decidir o que fazer.
Foi o que fiz. Completamente convicta (no meu pensamento positivo) que não seria líquido amniótico, fui para casa repousar.
No dia seguinte, por volta das 12.00 levanto-me e volto a sentir o líquido, mas desta vez a escorrer. Fui de imediato para as urgências.
-22/04/2013: Atendimento no serviço de urgência pela Dra. Ana Paula (que entretanto me disse que já lhe haviam transmitido o episódio do dia anterior e que me ia contactar para me ver) que avaliou a situação e confirmou que era uma rutura franca da membrana com perda de líquido amniótico, razão pela qual eu teria que ficar imediatamente internada até às 36 semanas. A Dra. Ana Paula, explicou-me que não era uma situação fácil, dado eu ainda ter 21 semanas e 6 dias, e perguntou-me se era para investir na gravidez, ao que respondi afirmativamente.
Depois de serem tratados todos os procedimentos do meu internamento, recebi a visita da Dra. Ana Paula para verificar o meu estado, e pediu à enfermeira para me colocar na enfermaria seguinte (que estava vazia) uma vez que o meu internamento seria prolongado e necessitaria de mais sossego. Assim o fizeram.
Durante este tempo, embora inicialmente tivesse sofrido um choque porque não estava a contar com esta situação, aceitei que assim teria que ser até ao final da gravidez para que tudo corresse bem.
-25/04/2013: Embora continuasse sozinha na enfermaria, este dia foi completamente atípico para o tratamento e atendimento que eu tinha tido até então. O turno de enfermagem dessa manhã mostrou-se ser mais agitado do que eu já estava habituada. A higiene foi feita mais tarde, a avaliação das tensões e batimentos cardíacos da bebé foram mais tarde…
Tentei adaptar-me o melhor que pude à situação.
- 26/04/2013: Entra na enfermaria uma nova paciente a meio da tarde e ao final do dia entrou outra. Logo, a enfermaria ficou preenchida.
Eu não pretendia um atendimento mais privilegiado do que as outras pessoas, mas efetivamente ter mais pessoas na enfermaria significa também mais pessoas para as visitas e mais ruído de fundo. O sossego tão apreciado por mim e recomendado pela Dra. Ana Paula deixou de existir.
- 28/04/2013: Na madrugada deste dia comecei a ter fortes dores abdominais. Depois de ter urinado e ter verificado ao limpar-me que havia vestígios de sangue, chamei o enfermeiro e informei-o do meu estado. Disse-me que poderia ser normal devido ao laxante que estava a tomar e deu-me ben-u-ron para as dores. Aliviaram um pouco, durante 2h, mas voltaram com a mesma intensidade.
De manhã, voltei a detetar sangue mais abundante e a enfermeira decidiu chamar uma médica. Depois de examinada, foi-me dito que estava a entrar em trabalho de parto, que dado o quadro clinico seria normal, mas também poderia haver uma estagnação da dilatação que estava com 2 dedos. O que eu pensava serem cólicas, afinal eram contrações. Fui levada para a sala de partos onde poderia ser melhor monitorizada, cerca das 11.00h e onde permaneci sempre com contrações, com tempos irregulares, ora de 20 em 20 minutos, ora de 10 em 10 ou ainda de 15 em 15. Nesse momento pedi para contactarem a minha médica assistente e foi-me dito que não podiam. Cerca das 17.00h tive nova avaliação e dado que as contrações tinham parado e a dilatação permanecia com 2 dedos, fui transferida de novo para o internamento.
Pouco depois do jantar, as contrações voltaram e voltaram também a chamar uma das médicas de serviço para nova avaliação. Estava já com 5 dedos de dilatação e a Dra. perguntou-me se eu compreendia o que estava a acontecer. Eu disse que sim, que sabia que era uma situação complicada, mas que minutos antes tinham ouvido os batimentos cardíacos da minha filha e estavam normais e que eu continuava a senti-la mexer. A Dra. disse que dada a idade gestacional (22 semanas e 5 dias), não era para investir, ao que eu respondi: “enquanto há vida há esperança”. E voltei a pedir para chamarem a Dra. Ana Paula, ao que me foi respondido que não o podiam fazer. E fui de novo levada para a sala de partos, por volta das 23.00h.
Lá fiquei, até que por volta da 1.00h comecei a vomitar e colocaram-me a soro e deram-me primperam. Por volta dessa hora também, foi chamada uma equipa de neonatologia para falar comigo e com o meu marido, a fim de explicar qual o procedimento a adotar no caso de um parto às 22 semanas e 5 dias. A Dra. Susana (?) falou sobre as probabilidades de não sobrevida e da “qualidade” de vida destes bebés. Além disso falou que só investem em bebés a partir de 24 semanas que é quando consideram haver viabilidade mínima e só se tiverem 500g de peso. Disse ainda que num caso como o meu, nem sequer está presente um neonatologista na sala de partos porque não é considerado um parto, é um aborto. Perguntei mas se então estava a sentir a minha filha a mexer-se, isso significava que ela ia nascer com vida, a minha filha estava viva, então o que iam fazer? Disseram-me que ela só permanecia viva enquanto estivesse ligada a mim pelo cordão umbilical e que assim que o cortassem, ela deixaria de respirar, no fundo, de viver.
Para mim, isso não fazia sentido nenhum. Então, o que vemos nos filmes e o que sabemos empiricamente é que os bebés nascem, o cordão umbilical é cortado, e se o bebé tem dificuldades respiratórias ou cardíacas ou de qualquer tipo, é-lhe prestada assistência, mesmo que disso resulte a sua morte ou graves sequelas. Mas é-lhe dada uma oportunidade. De resistir, de sobreviver, ou simplesmente morrer. E basicamente, estavam a dizer-me que essa oportunidade não seria dada à minha filha.
Permaneci naquela sala de partos, toda a noite só com acompanhante, não voltei a ver nenhuma enfermeira nem médica, até perto das 7.00h. A essa hora veio uma enfermeira dar-me antibiótico e colher sangue.
Ás 8.00h entrou uma nova equipa na urgência e fui vista pela Dra. Ana Paula, por volta das 8.20h, que confirmou que a minha filha ia nascer e estava já com a cabeça fora do útero. E assim, às 8.45h a minha filha nasceu, de parto normal, com vida e aparentemente saudável e nada fizeram para tentar salva-la.

Depois de todo este relato, gostaria que reflectissem sobre todos os procedimentos que o envolveram.
De um modo geral, ainda permaneço com bons sentimentos em relação a esse hospital, nomeadamente ao serviço em que estive internada e especialmente à Dra. Ana Paula. No entanto, é minha preocupação que o que eu passei não se volte a repetir com mais nenhuma paciente. Principalmente no momento em que entrei em trabalho de parto. Foi a minha primeira gravidez, havia ainda um sem número de situações para as quais não estava preparada (e certamente não estou para outras tantas), especialmente no que toca ao “não investimento” na vida humana, porque é de uma vida humana que se trata. Em nenhum momento (até me ter sido dito pela ultima doutora) eu percebi que a probabilidade de não sobrevida ser praticamente nula (naquela idade gestacional), significava que não “investiam” nos bebés e os deixavam morrer. Em nenhum momento me foi dado a escolher se queria ou não que fossem prestados cuidados neonatais à minha filha. Simplesmente me disseram que não o fariam. A minha esperança sofreu avanços e recuos, que acompanharam a subida e descida para a urgência. E no final, fiquei com o sentimento de que a minha esperança me foi roubada. Alguém tomou a decisão por mim, foi algo que me ultrapassou e uma mãe quer sempre fazer todo o possível pelos seus filhos. E eu fi-lo, mas não deram continuidade aos cuidados que eu estava a ter até então.
A única coisa da qual me arrependo neste processo, foi não ter visto a minha filha. Ninguém nem nada na vida, nos prepara para o momento que eu vivi. Mas o facto de por várias vezes me terem dito que eu ia ter um aborto e um feto e não um parto normal e uma bebé, fez-me convencer naquela noite que eu ia ter uma “coisa” e não uma filha. E quando, de manhã, finalmente se deu o parto, foi tão rápido que não consegui voltar a pensar nisso. A dor era e é tão grande que não consegui lidar com ela naquele momento. Hoje consigo raciocinar o suficiente para perceber bem que eu fui mãe. Eu sou mãe, mas de uma filha que nasceu às 22 semanas e 6 dias e a deixaram morrer.
Acredito que, se em vez de uma equipa de neonatalogistas ou até mesmo de obstetras, alguém falasse comigo de uma forma mais humana (eventualmente mais carinhosa) e que explicassem que as probabilidades de sobrevida seriam quase nulas mas que tentariam o possível e que eu me devia preparar para a morte da minha filha, eu estaria muito mais em paz.
Até mesmo durante a noite, em que fui deixada sozinha, uma vez que deixei de ter dores, acreditei sempre até ao parto, que a minha filha não iria nascer naquele dia e o trabalho de parto iria estagnar e tudo iria ficar bem. E eu ficaria internada até às 36 semanas e a minha filha nasceria nessa altura, perfeita e saudável como sempre foi até então.
Além disso, dia 10/05/2013 recebo uma carta em casa a atestar o internamento de 9 dias e onde certifica que tive um nado vivo do sexo feminino com 520g às 8.45h. Sem mais nenhum esclarecimento nem informação e que ainda hoje estou à espera de receber resultados das análises efetuadas à placenta, embrião e cordão umbilical. Tendo tido um nado vivo, não será de receber informações sobre a causa e hora da morte? E é enviada uma carta deste tipo para casa?
Agora que se trata de seguir com a vida como era antes (mas que nunca será), e possível tentativa de nova gravidez, a grande pergunta é se conseguirei vive-la de uma forma sã e tranquila. Eventualmente conseguirei, mas só depois de ver respondidas todas estas reflexões e que isto por que passei tenha algum sentido.
Aguardo uma resposta de V. Exas.
Grata pela atenção

Retrato de Xana_magueti
Offline
Desde:
02.09.2011

Lamento tanto Triste é tão duro fazerem dos nossos bebés "coisas" que são tão frágeis apesar de muitos não terem compatibilidade com a vida merecem respeito como seres humanos que são.

Infelizmente da minha Francisca também não chegaram a uma conclusão especifíca apenas disseram-me que teria sido causada por taquicardia fetal. Nem o óbito declarado deram pois na altura um feto com 25 semanas(faltavam 5 dias para completar) também não tem direito a funeral,simplesmente levaram-ma para estudo,quero acreditar que parte dela salvou outras vidas.

Só acho que nós mães temos direito de velar pelos nossos anjinhos e perceber o que falhou,aceitar(na medida do possível) quando a natureza assim o entende mas sentir explicado quando falha por erro humano.

Será uma luta constante...

Em 10 anos posso garantir que ainda me recordo do rostinho dela e o cheiro que senti ao pegar-lhe:( mesmo em silêncio pude ouvi-la dizer-me até sempre mamã Coração despedaçado .

06.07.2000 João
10.09.2005 Mariana
Mais duas piolhitas "emprestadas" Catarina&Irina

Retrato de TitaCutxi
Offline
Desde:
07.06.2013

Minha querida Tatibabe,

O texto que te deixo abaixo, foi uma das explicações, que um dos neopediatras me deu, quando com toda a humamidade. Explicou-me que a minha estrelinha, não tinha muitas probabilidades de sobrevivência, mas que enquanto ela quisesse, dar-lhe-iam, a melhor qualidade de vida possível.
Os senhores, que te acompanharam, deveriam ter-te explicado, que a tua estrelinha, precisa do líquido amoniótico, para a formação dos pulmões, que a semana 23 da gravidez, é apelidada de semana negra, quando se dão inúmeras alterações e formações, essencialmente ao nível dos pulmões.
Minha querida, como te tinha dito antes, por vezes, a falta de humaidade é a pior da lacunas.
Sofri e ainda sofro muito, mas tenho noção que fui tratada, com uma humanidade digna dos meus maiores agradecimentos.

MATURAÇÃO PULMONAR FETAL
ETAPAS DA MATURAÇÃO PULMONAR FETAL

O desenvolvimento do pulmão fetal se faz em quatro etapas, que vão de 5 semanas de gravidez à primeira infância, na idade escolar.

PRIMEIRA ETAPA (PERÍODO PSEUDOGLANDULAR)

A primeira etapa corresponde ao período pseudoglandular e se processa de 5 a 16 semanas de gestação. Ao final desse período, apenas as estruturas envolvidas nas trocas gasosas não estarão formadas. A respiração fetal ainda não é possível.

Caracteriza-se por:

Formação de todos os condutos aéreos;
Aparecimento do esboço dos ácinos alveolares;
Desenvolvimento de tecido cartilaginoso na árvore traqueobrônquica;
Revestimento proximal por epitélio cilíndrico;
Revestimento distal por epitélio cubóide;
Surgimento dos cílios epiteliais.

SEGUNDA ETAPA (PERÍODO CANALICULAR)

A segunda etapa corresponde ao período canalicular, e ocorre de 16 a 24 semanas de gestação. Ao final desta etapa as estruturas responsáveis pelas trocas gasosas, embora imaturas, já estão formadas. A respiração já é possível, apesar de limitada.

Caracteriza-se por:

Aumento da luz dos brônquios e dos bronquíolos terminais;
Formação dos bronquíolos respiratórios e ductos alveolares a partir dos bronquíolos terminais;
Desenvolvimento de sacos terminais (alvéolo primitivo) a partir dos bronquíolos respiratórios;
Diferenciação de células dos ácinos em pneumócitos I e II (24 semanas). O pneumócito tipo I é responsável pelas trocas gasosas e o tipo II pela produção de surfactante;
Inicio da produção de surfactante.

TERCEIRA ETAPA (PERÍODO SACULAR)

A terceira etapa corresponde ao período sacular e acontece de 24 semanas de gestação até o nascimento.

Caracteriza-se por:

Expansão importante do espaço respiratório, com grande formação de sacos terminais, também chamados de alvéolos primitivos;
Adelgaçamento do epitélio dos sacos terminais;
Aumento da vascularização das vias aéreas.

QUARTA ETAPA (PERÍODO ALVEOLAR)

A quarta etapa corresponde ao período alveolar, e ocorre do nascimento até a idade escolar.

Caracteriza-se por:

Reduzida espessura da membrana alvéolo-capilar, permitindo as trocas gasosas;
Aumento do número de alvéolos primitivos até o oitavo ano de vida;
Expansão pulmonar após o nascimento onde o alvéolo pulmonar aumenta e se torna maduro.

FLUIDO PULMONAR

A partir do período canalicular, os pulmões do concepto passam a produzir o fluido pulmonar, que ocupa todo o órgão e é levado para o líquido amniótico pelos movimentos respiratórios fetais, contribuindo para o volume e para a composição do líquido âmnico.

A composição química do fluido pulmonar inclui: cloreto em altos níveis e varia pouco durante toda a gestação. No final da gravidez, observa-se aumento na produção de surfactante, com conseqüente diminuição da produção do fluido pulmonar.

A terça parte do fluido pulmonar é expelida durante o parto vaginal pela compressão do tórax fetal, o restante é absorvido no pós parto pelos linfáticos e capilares pulmonares. Caso essa absorção não ocorra de forma adequada e provoque acúmulo de líquido no pulmão, o recém-nascido pode evoluir com taquipnéia transitória.

O SURFACTANTE

O surfactante, substância produzida pelo pulmão fetal, surge por volta das 20 semanas de gravidez e alcança produção máxima e ação plena no final do período fetal, próximo ao nascimento. É de fundamental importância na fisiologia respiratória do neonato e tem como principal função, diminuir a tensão superficial dos alvéolos para que eles não colabem quando arejados pelos primeiros movimentos respiratórios do recém-nascido.

Segundo a lei de Laplace, a pressão necessária para que os alvéolos se insuflem é menor nos menores alvéolos, fazendo com que os maiores , sensíveis a menor pressão, se expandam em detrimento dos menores, que colabam. O surfactante diminui a tensão superficial intra-alveolar igualando a pressão necessária para ventilar tanto os grandes quanto os pequenos alvéolos.

O surfactante é composto basicamente por lipídios (90%) e por proteínas.

Uma dúvida muito comum que muitas pessoas se perguntam é: por que será que é melhor que o feto nasça no 7º ou 9º mês de gestação do que no 8º mês de gestação?
Resposta: vou explicar de uma forma bem resumida e rápida: Na 20º semana de gravidez, (por volta do 6º mês de gestação) se inicia a formação do surfactante, nessa fase o bebê tem um determinado peso, um determinado biótipo e uma característica específica. O seu pulmão está praticamente todo formado e quase pronto para respirar, pois a relação (quantidade de surfactante já formado x tamanho da estrutura do pulmão do feto e do corpo do feto) estão proporcionais, porém ainda não é recomendado o seu nascimento por outros motivos, mas em caso de sofrimento fetal ao ponto de ter que optar por retirar o feto, essa é a melhor hora. No 8º mês de gestação, o feto tem um rápido crescimento de tamanho, fase em que o bebê ganha peso com mais rapidez, porém, nessa fase a produção de surfactante não acompanha a fase de crescimento do bebê, fazendo com que a proporção (surfactante x tamanho do pulmão) não seja suficiente, e isso, em algumas situações, faz com que não seja favorável o nascimento do bebê no 8º mês de gestação. Já no 9º mês de gestação tudo volta ao normal, acelera-se a produção de surfactante e a relação (surfactante x tamanho do pulmão) se estabiliza e o bebê pode nascer tranqüilamente.

Páginas