Boas experiências depois um parto difícil | De Mãe para Mãe

Está aqui

Boas experiências depois um parto difícil

Responda
28 mensagens
LSL -
Offline
Desde 28 Out 2010

Olá mamãs!
Normalmente eu sou uma pessoa super relaxada, uma mãe descomplicada e muito para a frente mas, é há sempre um mas, agora começo a ficar aflita e preciso de ouvir boas experiências.
O que se passa é que eu tive um parto muito complicado da minha filha. Na altura contei aqui a minha história. Basicamente tive dois partos num só. Fiz tudo o que diz respeito a um parto natural até ao momento da expulsão, a epidural não pegou pelo que tive todas as dores e mais algumas, o meu corpo entrou em choque ao ponto de vomitar sangue. Depois disto tudo a miúda ficou presa nos meus ossos da pélvis e acabamos por ir para cesariana de emergência. Quando fizeram o teste do beliscão para ver ae eu sentia alguma coisa e disse que sim mas como estava descontrolada acharam que eu sentia mas não doía e começaram a cortar! E sim! Eu sentia e foram umas dores horríveis! Berrei a todos os pulmões e só vejo os médicos a fazerem sinal para o anestesista me "desligar". Tive de levar anestesia geral. Não vi a minha filha nascer, não a senti no meu peito, não tive as boas recordações que toda a gente tem. Quando acordei estava tão desesperada para saber se a bebé estava bem que arranquei os tubos que me enfiaram na garganta e fiz com que ficasse toda "arranhada" por dentro. Felizmente a minha filha nasceu bem apenas muito inchada por causa do esforço. Mas esteve no colo do pai duas horas à espera da mãe para mamar. Quando a vi não senti uma ligação imediata porque como explicar à minha cabeça que aquela bebé que nunca vi na vida era minha? Que tinha saído de mim? Os primeiros dias do pós parto foram complicados. Estava tão inchada que metia medo. Os meus pais assustaram-se imenso quando me foram visitar. O baby blues bateu com força e quando chegada a hora do meu marido ter de ir embora (naquela altura não deixavam ficar de noite com a mãe) eu chorava baba e ranho. Tive uma ligeira depressao pós-parto e desde essa altura que sofro de ansiedade e ataques de pânico felizmente apenas pontuais.
A minha filha foi (e continua a ser) a melhor bebé de todos os tempos. Super sossegada, sempre a comer bem, crescer bem, desenvolver bem, dormir bem... um sonho!
Como se costuma dizer acaba-se por esquecer, ou pelo menos relevar, o momento do parto por todas as coisas boas que um filho nos trás. Por essas e por outras aqui estou com o meu pequenino prestes a nascer. E agora é que são elas... é que até agora estava super relaxada não pensava nada no parto, achava que desta ia/vai correr tudo bem. Isto até ter chegado às 35 semanas e o parto estar aí à porta.
Agora estou nervosa. Estou mesmo muito nervosa. Começo a lembrar-me de tudo e acho que se nada o fazer prever aquele correu "mal" (felizmente sem mazelas para nenhuma das duas) acho que este também vai correr mal. Acho que o problema deve ser meu e do meu corpo e não há como fugir vai ser outra vez difícil. É claro que falo com o meu marido sobre isto. Ele diz que vai correr tudo bem para não me preocupar mas claro, perspectiva de homem é diferente. Acho que não consegue perceber bem como me sinto por mais que tente e seja um doce.
Do que é que eu preciso? Se ouvir mamãs que tenham tido uma primeira experiência menos boa mas que depois na segunda tenha corrido tudo bem.
Desculpem o longo desabafo mas lá está... não conheço ninguém que tenha passado por um parto traumático (a única que conheço não quis ter mais filhos!!!) e preciso de boas vibrações.

zeferina -
Offline
Desde 29 Jan 2008

Os meus filhos nasceram por cesariana programada, logo não posso partilhar a minha experiência que não tem nada a ver mas não podia deixar de dar aqui um abraço muito apertado e o desejo de que desta vez, tenha um parto de sonho Sorriso

Submetido por zeferina em Seg, 28/08/2017 - 12:24
Sobre zeferina

Francisco - 26 de Fevereiro de 2011
1♥♥♥5♥♥♥♥10♥♥♥♥15♥♥♥♥20♥♥♥♥25♥♥♥♥30♥♥♥♥35♥♥(♥)♥40
Guilherme - 10 de Abril de 2013
1♥♥♥5♥♥♥♥10♥♥♥♥15♥♥♥♥20♥♥♥♥25♥♥♥♥30♥♥♥♥35♥♥♥(♥)40
Amo-vos muito meus filhotes!

TâniaS Neves -
Offline
Desde 29 Mar 2014

Também gostava de ouvir bons relatos no segundo parto :).. Não tive um tão traumático, o meu trauma maior foi ter que deixar o meu bebé e vir embora, ele teve que ficar internado logo após o nascimento devido ao parto e eu nunca pude estar com ele. Agora gostava que tudo fosse diferente.. As vezes até penso que não me importo de sofrer desde que a minha filha fique bem... Só quem passa por isso entende, o que entrar para ter um filho e sair da maternidade e ter que o deixar.. O grande problema foi que apesar de estarem umas 10 pessoas na sala de partos ninguém viu que o meu filho não estava em posição, estava com um braço à frente e por isso não conseguia sair, durante aquele vai e vem em que andou a tentarem que saísse, engoliu parto que se alojou nos pulmões.. Beijinhos e que tudo corra pelo melhor..

Submetido por TâniaS Neves em Seg, 28/08/2017 - 13:25

19.04.2013- começou o nosso sonho, apenas dois meses de tentativas
10.12.2013- nasce o nosso príncipe as 39+4 semanas
08.03.2017- começou mais um sonho, apenas dois meses de tentativas

LSL -
Offline
Desde 28 Out 2010

zeferina escreveu:
Os meus filhos nasceram por cesariana programada, logo não posso partilhar a minha experiência que não tem nada a ver mas não podia deixar de dar aqui um abraço muito apertado e o desejo de que desta vez, tenha um parto de sonho

Obrigada pela força!

Submetido por LSL em Seg, 28/08/2017 - 13:47
lizzyzonster -
Offline
Desde 19 Out 2009

Que experiencia traumatizante.... deve estar cheia de medo. Eu fiquei em panico so de ler a sua historia. Vai ter o seu bebe no mesmo sitio? Falou com a sua obstetra sobre os seus receios. Nao preferia um parto programado em que conseguissem controlar a sua Dor?
Espero que tenha uma hora pequenina, ninguem merece tanto sofrimento

Submetido por lizzyzonster em Seg, 28/08/2017 - 13:56
CatarinaSa26 -
Offline
Desde 21 Maio 2014

Olá mamã.
O meu primeiro parto também foi complicado, foi um forceps e embora tanto eu como o bebé tenhamos ficado bem, apenas tive um pos parto muitíssimo difícil por causa da quantidade enorme de pontos que me causaram umas dores insuportáveis, o momento do parto em si foi muito aflitivo. O menino estava a entrar em sofrimento e teve que, literalmente, ser arrancado de mim. Eram 12 pessoas à minha volta, incluindo medicas, enfermeiras e auxiliares. Eu estava a entrar em pré eclampsia e tive que receber oxigénio durante o período expulsivo. No entanto, a equipa médica fez tudo o que podia para tentar que o meu bebé nascesse bem e felizmente assim foi. Além das marcas e do inchaço, foi e é uma criança extremamente saudável.
No segundo filho, tentei mesmo não pensar demasiado no parto mas ia preparada para um igual ao primeiro. Principalmente porque a gravidez foi muito mais difícil e os sintomas de trabalho de parto foram exactamente iguais, logo pensei que o parto o seria também. Enganei-me! O meu segundo parto foi perfeito! Só tinha a parteira e a enfermeira comigo, além do marido claro, e foi tudo tão mas tão natural que eu não podia pedir nada melhor. Foram meia duzia de puxos e já tinha o meu bebé nos braços. Vinha com uma circular, o irmão tinha duas, no entanto a parteira tratou do assunto calmamente e correu tudo na perfeição. Levei apenas dois pontos superficiais, no sitio da cicatriz do primeiro parto, e passadas 3 horas, assim que cheguei a enfermaria estava em pé e a tomar banhinho sozinha.
No fundo mamã, relaxe, pense positivo embora se deva preparar para qualquer possibilidade. Vai correr tudo bem.
Beijinhos e boa sorte.

Submetido por CatarinaSa26 em Seg, 28/08/2017 - 14:00

6-4-2014 # Positivo
9-12-2014 | 11:05h #
* ME, I FALL IN LOVE WITH YOU EVERY SINGLE DAY *
13-10-2016 # Positivo
10-6-2017 | 6:30h #
* I'M SO IN LOVE WITH YOU AND I HOPE YOU KNOW *

LSL -
Offline
Desde 28 Out 2010

CatarinaSa26 escreveu:
Olá mamã.
O meu primeiro parto também foi complicado, foi um forceps e embora tanto eu como o bebé tenhamos ficado bem, apenas tive um pos parto muitíssimo difícil por causa da quantidade enorme de pontos que me causaram umas dores insuportáveis, o momento do parto em si foi muito aflitivo. O menino estava a entrar em sofrimento e teve que, literalmente, ser arrancado de mim. Eram 12 pessoas à minha volta, incluindo medicas, enfermeiras e auxiliares. Eu estava a entrar em pré eclampsia e tive que receber oxigénio durante o período expulsivo. No entanto, a equipa médica fez tudo o que podia para tentar que o meu bebé nascesse bem e felizmente assim foi. Além das marcas e do inchaço, foi e é uma criança extremamente saudável.
No segundo filho, tentei mesmo não pensar demasiado no parto mas ia preparada para um igual ao primeiro. Principalmente porque a gravidez foi muito mais difícil e os sintomas de trabalho de parto foram exactamente iguais, logo pensei que o parto o seria também. Enganei-me! O meu segundo parto foi perfeito! Só tinha a parteira e a enfermeira comigo, além do marido claro, e foi tudo tão mas tão natural que eu não podia pedir nada melhor. Foram meia duzia de puxos e já tinha o meu bebé nos braços. Vinha com uma circular, o irmão tinha duas, no entanto a parteira tratou do assunto calmamente e correu tudo na perfeição. Levei apenas dois pontos superficiais, no sitio da cicatriz do primeiro parto, e passadas 3 horas, assim que cheguei a enfermaria estava em pé e a tomar banhinho sozinha.
No fundo mamã, relaxe, pense positivo embora se deva preparar para qualquer possibilidade. Vai correr tudo bem.
Beijinhos e boa sorte.

Obrigada por contar a sua experiência. Se conseguiu um segundo parto bom e diferente do primeiro pode ser que eu também consiga. É nisso que me quero agarrar por isso ser importante ouvir experiências como a sua. Obrigada.

Submetido por LSL em Seg, 28/08/2017 - 14:37
LSL -
Offline
Desde 28 Out 2010

lizzyzonster escreveu:
Que experiencia traumatizante.... deve estar cheia de medo. Eu fiquei em panico so de ler a sua historia. Vai ter o seu bebe no mesmo sitio? Falou com a sua obstetra sobre os seus receios. Nao preferia um parto programado em que conseguissem controlar a sua Dor?
Espero que tenha uma hora pequenina, ninguem merece tanto sofrimento

Ola. Vou ter a bebé no mesmo sítio. O problema não foi a equipa em si mas uma data de factores alheios. A equipa foi excelente e deram-me muito apoio. As primeiras enfermeiras e parteira que estiveram comigo antes da mudança de turno quando supostamente a bebé estava quase a nascer até me foram visitar no dia seguinte. Em relação a obstreta não estou a ser seguida por uma. Estou a ser seguida no CS pelo médico de família em quem confio muito. Também não queria parto programado (cesariana) porque quero muito ter um parto normal. De qualquer forma se calhar se fosse para cesariana teria de ser com anestesia geral outra vez e perdia toda a experiência na mesma. A epidural não pegou porque tenho um problema de coluna que faz com que a vértebra certa não esteja no sítio habitual. Vou esperar para ver se desta vez consigo o parto normal é bonito que queria desde sempre. ??

Submetido por LSL em Seg, 28/08/2017 - 14:46
janew -
Offline
Desde 18 Jun 2016

Nenhum parto é igual.
O nascimento do meu primeiro filhote deixou-me marcas que nunca irei esquecer, físicas e psicológicas. Foram 2 anos até aceitar. Mas nunca recuperei a 100%.
Só tive o segundo filhote porque me desleixei. chorei muito na gravidez, com medo. E não é que correu super bem? O corpo adaptou-se e tive um parto maravilhoso.
Se o primeiro parto foi para esquecer, o segundo é a prova que a natureza sabe o que faz.
Foram 16 h com contrações, mas só levei epidural 45 min antes da expulsão. Dormi, fui calmamente ao hospital (tinha consulta), almocei, fiz telefonemas, tomei banho, ... Sempre serena.
Estive ótima do início ao fim, mas com medo de repetir (o mais velho foi arrancado e eu estava completamente drogada com a epidural). Mal nasceu abracei-me ao bebé a chorar de felicidade.
Finalmente fiz as pazes comigo própria.

Desejo-lhe um parto tranquilo. Exponha os seus receios e procure alternativas à epidural, caso falhe novamente (meditação, respiração, aromaterapia, música, ...).

Submetido por janew em Seg, 28/08/2017 - 15:21
Susana leao -
Offline
Desde 21 Abr 2017

A minha bebé nasceu já à quase dois meses. Foi parto provocado as 38 semanas e ela nasceu no dia em que fazia 39 semanas. Basicamente assim que me rebentarão as aguas às 15h30, comecei a fazer dilatação e as 20h02 estava a miúda já cá fora a berrar a bons pulmões kkkk
Foi um parto muito humanizado, com enfermeiros excelentes que ate musica colocaram para eu relaxar. Foi um momento magico para mim, para o pai que cortou o cordão e a minha gorduxa após nascer colocaram-na no meu peito.
Só correu mal a anestesia pois fez-me como efeito colateral uma enxaqueca de 15 dias, mas em relação ao parto propriamente correu tudo muito bem Sorriso
Pensamento positivo Sorriso vai ver que tudo corre bem e em breve tem o seu bebê nos bracos Sorriso

Submetido por Susana leao em Seg, 28/08/2017 - 15:38
LSL -
Offline
Desde 28 Out 2010

janew escreveu:
Nenhum parto é igual.
O nascimento do meu primeiro filhote deixou-me marcas que nunca irei esquecer, físicas e psicológicas. Foram 2 anos até aceitar. Mas nunca recuperei a 100%.
Só tive o segundo filhote porque me desleixei. chorei muito na gravidez, com medo. E não é que correu super bem? O corpo adaptou-se e tive um parto maravilhoso.
Se o primeiro parto foi para esquecer, o segundo é a prova que a natureza sabe o que faz.
Foram 16 h com contrações, mas só levei epidural 45 min antes da expulsão. Dormi, fui calmamente ao hospital (tinha consulta), almocei, fiz telefonemas, tomei banho, ... Sempre serena.
Estive ótima do início ao fim, mas com medo de repetir (o mais velho foi arrancado e eu estava completamente drogada com a epidural). Mal nasceu abracei-me ao bebé a chorar de felicidade.
Finalmente fiz as pazes comigo própria.
Desejo-lhe um parto tranquilo. Exponha os seus receios e procure alternativas à epidural, caso falhe novamente (meditação, respiração, aromaterapia, música, ...).

Obrigada pela partilha. Por causa da ansiedade fiz yoga durante algum tempo (agora mudei de casa e tenho de arranjar outro sítio) que me ajudou imenso. Estou com esperança que as técnicas de respiração e relaxamento que aprendi me ajudem na hora H.

Submetido por LSL em Seg, 28/08/2017 - 15:54
LSL -
Offline
Desde 28 Out 2010

Susana leao escreveu:
A minha bebé nasceu já à quase dois meses.
Foi um parto muito humanizado, com enfermeiros excelentes que ate musica colocaram para eu relaxar. Foi um momento magico para mim, para o pai que cortou o cordão e a minha gorduxa após nascer colocaram-na no meu peito.
Só correu mal a anestesia pois fez-me como efeito colateral uma enxaqueca de 15 dias, mas em relação ao parto propriamente correu tudo muito bem Sorriso
Pensamento positivo vai ver que tudo corre bem e em breve tem o seu bebê nos bracos

Obrigada pela partilha.

Submetido por LSL em Seg, 28/08/2017 - 15:56
Desde 13 Set 2012

Olá!

Isso parece um relato de um pesadelo! Acho que alguma coisa correu bem mal aí e de certeza que o desempenho dos profissionais deve ter falhado em vários momentos... Isso não acontece quando as coisas são bem feitas!

Olhe, não tenho experiências traumáticas para lhe contar, pois os meus 2 filhos nasceram de partos maravilhosos; não tinha mais do que 5 pessoas na sala, sendo que uma delas era o meu marido; as outras eram o obstetra, o anestesista, a pediatra e a enfermeira. todos os que eram mesmo necessários. Nada de multidões e estagiários e gente a mais... Foi tudo fantástico, ainda que diferentes entre si.

Pense que tudo o que podia ter corrido mal, correu; a probabilidade de voltar a passar por algo semelhante (já que pior é difícil), é muito diminuta. No entanto, parece-me bem importante falar com a equipa e lembrar-lhes da sua experiência anterior. Eu também tenho uma excelente relação com o meu médico de família, mas ele não é obstetra e, por isso, fui seguida por um médico da especialidade. Para si isto teria sido excelente pois ao longo das várias consultas, teriam tido oportunidade de conversar sobre tudo o que se passou no 1º parto. Poderia falar sobre os seus medos e ficar mais tranquila pela relação estabelecida com o médico que lhe iria fazer o 2º parto. Como não aconteceu assim, tente na mesma falar com a equipa que a receber no hospital sobre o sucedido e sobre o seu medo da repetição.

Seja como for, vá confiante na equipa, e acredite que o momento será melhor. Tem tudo para o ser!

Esperamos aqui pela partilha da experiência!

Beijinhos e tudo de bom

Submetido por Sónia Maria Santos em Seg, 28/08/2017 - 17:11

SMSantos

FilipaPBC -
Offline
Desde 17 Abr 2016

Já pensaste em arranjar uma doula para te apoiar durante o parto? Ela pode ajudar-te a encontrar meios não farmacológicos para alívio da dor e preparar-te para um parto natural que, com preparação mental e física, pode ser maravilhoso!
O que tu tiveste chama-se desproporção cefalo-pélvica, é um evento muito raro em que a cabeça do bebé não passa nos tais ossinhos da pélvis. Infelizmente só pode ser confirmado com a dilatação total feita. No entanto, não existe nada que indique que, tendo tido um, tenhas mais probabilidade que qualquer outra pessoa de ter novamente.
Quero só deixar-te uma palavra de ânimo, entendo que passaste por muito, mas não sei se já alguém te disse que o facto de teres feito todo o trabalho de parto antes da cesariana ajudou muito o teu bebé a passar pelo processo do nascimento. Ele recebeu todas as hormonas do amor e as endorfinas que fazem com que o processo de nascimento seja menos traumático para o bebé. Só por isso, espero que te faça pensar que valeu a pena...
Beijinho

Submetido por FilipaPBC em Ter, 29/08/2017 - 11:17
CatarinaSa26 -
Offline
Desde 21 Maio 2014

De nada Sorriso

Submetido por CatarinaSa26 em Ter, 29/08/2017 - 13:42

6-4-2014 # Positivo
9-12-2014 | 11:05h #
* ME, I FALL IN LOVE WITH YOU EVERY SINGLE DAY *
13-10-2016 # Positivo
10-6-2017 | 6:30h #
* I'M SO IN LOVE WITH YOU AND I HOPE YOU KNOW *

LSL -
Offline
Desde 28 Out 2010

FilipaPBC escreveu:
Já pensaste em arranjar uma doula para te apoiar durante o parto? Ela pode ajudar-te a encontrar meios não farmacológicos para alívio da dor e preparar-te para um parto natural que, com preparação mental e física, pode ser maravilhoso!
O que tu tiveste chama-se desproporção cefalo-pélvica, é um evento muito raro em que a cabeça do bebé não passa nos tais ossinhos da pélvis. Infelizmente só pode ser confirmado com a dilatação total feita. No entanto, não existe nada que indique que, tendo tido um, tenhas mais probabilidade que qualquer outra pessoa de ter novamente.
Quero só deixar-te uma palavra de ânimo, entendo que passaste por muito, mas não sei se já alguém te disse que o facto de teres feito todo o trabalho de parto antes da cesariana ajudou muito o teu bebé a passar pelo processo do nascimento. Ele recebeu todas as hormonas do amor e as endorfinas que fazem com que o processo de nascimento seja menos traumático para o bebé. Só por isso, espero que te faça pensar que valeu a pena...

Obrigada! Obrigada mesmo! Nunca me tinha dito o nome do que aconteceu ou porque aconteceu. E na altura eu nem perguntei porque só queria ultrapassar. É bom saber finalmente! E não sei porquê só o saber isso e as tuas palavras deram-me uma sensação de calma mesmo boa! Que eu estava mesmo a precisar.
Desta ve conto mesmo com os ensinamento do yoga para me ajudar a acalmar. Da outra vez não estava nada nervosa (a não ser quando começou a descambar) mas acho que desta vez preciso de uma ajudinha extra. A opção da doula também é boa. Mas não sei se para aqui há alguma. Nem sabia que em Portugal existiam. Só tinha ouvido falar noutros países... é uma coisa a pesquisar.
Obrigada!

Submetido por LSL em Ter, 29/08/2017 - 21:21
JayS -
Offline
Desde 13 Fev 2012

Olá mamã!

Vim só aqui desejar-lhe uma hora super pequenina e que tudo lhe corra de forma perfeita desta vez! Li o que lhe aconteceu e realmente deve ser das coisas mais assustadoras Triste nem quero pensar nisso Triste

O meu parto foi horrivel e ajudou-me muito ir falando dele - maioria das vezes a chorar - agora já só falo (e aborreço) Careta quem conhece a história. Mas sei que é algo que ou faço as pazes com isso agora no proximo parto ou terei de recorrer a ajuda para tentar superar.

Tal como uma mamã acima disse tb só engravidei agora por vá "descuido" porque tinha muito medo. Não quer dizer que não fosse ao segundo mas o medo prevalecia maioria das vezes. Tento não pensar muito mas infelizmente é inevitável, sendo que é naquelas noites em que já pouco dormimos que mais se pensa nisso e só penso no pior. Só peço que ele fique bem sem problema algum pois que eu cá me aguento seja o que for que me esteja destinado a mim própria.

Beijinho enorme! Sem deixar de lhe desejar novamente um parto maravilhoso e as maiores felicidades para si e sua familia!

Submetido por JayS em Sex, 01/09/2017 - 16:50
Sobre JayS

UPM - 18/01/2017 - Positivo - 09/02/2017 - DPP - 23/10/2017 - Nasce o nosso menino, de parto normal, a 31/10/2017 às 00h52 Sorriso
UPM - 18/02/2012 - Positivo - 14/03/2012 - DPP - 21/11/2012 - Nasce a nossa menina, de parto normal, a 03/12/2012 às 18h25 Sorriso
Amor a 4 <3

FilipaPBC -
Offline
Desde 17 Abr 2016

LSL escreveu:

FilipaPBC escreveu:Já pensaste em arranjar uma doula para te apoiar durante o parto? Ela pode ajudar-te a encontrar meios não farmacológicos para alívio da dor e preparar-te para um parto natural que, com preparação mental e física, pode ser maravilhoso!
O que tu tiveste chama-se desproporção cefalo-pélvica, é um evento muito raro em que a cabeça do bebé não passa nos tais ossinhos da pélvis. Infelizmente só pode ser confirmado com a dilatação total feita. No entanto, não existe nada que indique que, tendo tido um, tenhas mais probabilidade que qualquer outra pessoa de ter novamente.
Quero só deixar-te uma palavra de ânimo, entendo que passaste por muito, mas não sei se já alguém te disse que o facto de teres feito todo o trabalho de parto antes da cesariana ajudou muito o teu bebé a passar pelo processo do nascimento. Ele recebeu todas as hormonas do amor e as endorfinas que fazem com que o processo de nascimento seja menos traumático para o bebé. Só por isso, espero que te faça pensar que valeu a pena...

Obrigada! Obrigada mesmo! Nunca me tinha dito o nome do que aconteceu ou porque aconteceu. E na altura eu nem perguntei porque só queria ultrapassar. É bom saber finalmente! E não sei porquê só o saber isso e as tuas palavras deram-me uma sensação de calma mesmo boa! Que eu estava mesmo a precisar.
Desta ve conto mesmo com os ensinamento do yoga para me ajudar a acalmar. Da outra vez não estava nada nervosa (a não ser quando começou a descambar) mas acho que desta vez preciso de uma ajudinha extra. A opção da doula também é boa. Mas não sei se para aqui há alguma. Nem sabia que em Portugal existiam. Só tinha ouvido falar noutros países... é uma coisa a pesquisar.
Obrigada!

Acima de tudo, és forte! Vai correr tudo bem! Beijinho

Submetido por FilipaPBC em Sex, 01/09/2017 - 18:09
LSL -
Offline
Desde 28 Out 2010

JayS escreveu:
Olá mamã!
Vim só aqui desejar-lhe uma hora super pequenina e que tudo lhe corra de forma perfeita desta vez! Li o que lhe aconteceu e realmente deve ser das coisas mais assustadoras nem quero pensar nisso
O meu parto foi horrivel e ajudou-me muito ir falando dele - maioria das vezes a chorar - agora já só falo (e aborreço) quem conhece a história. Mas sei que é algo que ou faço as pazes com isso agora no proximo parto ou terei de recorrer a ajuda para tentar superar.
Tal como uma mamã acima disse tb só engravidei agora por vá "descuido" porque tinha muito medo. Não quer dizer que não fosse ao segundo mas o medo prevalecia maioria das vezes. Tento não pensar muito mas infelizmente é inevitável, sendo que é naquelas noites em que já pouco dormimos que mais se pensa nisso e só penso no pior. Só peço que ele fique bem sem problema algum pois que eu cá me aguento seja o que for que me esteja destinado a mim própria.
Beijinho enorme! Sem deixar de lhe desejar novamente um parto maravilhoso e as maiores felicidades para si e sua familia!

Olá mamã!
Obrigada pela força... desejo-lhe o mesmo... uma hora bem pequenina e tudo de bom.
As noites com menos sono são mesmo as piores. Mas acho que aos pouquinhos estou a conseguir superar. As histórias daqui ajudaram-me e estou a tentar respirar fundo e ser positiva!
Vai correr tudo bem! ????????

Submetido por LSL em Sex, 01/09/2017 - 22:08
LSL -
Offline
Desde 28 Out 2010

Olá mamãs!

Como todas me ajudaram e como ainda aqui há mamãs traumatizadas com o primeiro e ansiosas com o segundo venho dizer-vos que há esperança!!! Tive um parto maravilhoso! Estou tão feliz! Finalmente tive o que queria desde a gravidez da minha filha... um parto natural sem analgésicos ou anestesias! Só eu, o pai, a parteira e a enfermeira!

Resumindo... comecei a notar que tinha as cuecas sempre molhadas por volta das 17. Ao quarto par não achei normal e considerei que devia estar com uma ruptura de membranas. Não fui logo ao hospital, deixei-me estar por casa com o marido a ver se a coisa evoluía. Tomei o meu banhando, relaxei, vi tv. Tudo calmo. Estava com contrações de 20 em 20 e resolvi ir ao hospital. Confirmou-se uma ruptura alta de bolsa e fiquei internada. Por incrível que pareça as contrações pararam e até consegui dormir mais ou menos. De manhã como as contrações não voltavam resolveram induzir-me o parto. Às 11 puseram-me uma fita no útero. Por volta das 14 começaram as contrações novamente mas suportáveis. Por volta das 16 eram insuportáveis mas ainda só tinha 2/3 dedos. Ainda assim levaram-me para a sala de partos. Falei dos meus medos com a parteira e de como se calhar não queria a epidural. Ela foi um amor (agradeço-lhe tanto tanto! Foi um grande ajuda em todo o processo) e disse que não havia necessidade de estar a sofrer tanto até porque depois de um cesariana as dores são mais fortes e que lá porque correu mal uma vez não significava que agora fosse acontecer. Eu disse ok. Ela foi chamar o anestesista que estava a acabar uma cirurgia e que chegaria em meia hora. À meia hora passou e nada do homem aparecer. O meu marido sempre ao meu lado, a parteira e a enfermeira vinham à vez dar-me força. Não vou mentir, a esta altura estava desesperada de dores. De repente deu-me vontade de fazer cocó e disse à enfermeira que esbugalhou os olhos e correu a chamar a parteira. Ninguém esperava mas já estava com a dilatação completa. Foi super rápido. Elas tiveram de arrumar tudo a correr coitadas. Tava a ver que o pequeno caia ao chão! ??? Demorei 3 contrações a tê-lo cá fora. Entrei lá com um parto “atrasado” às 16:45 e às 18:05 já o tinha nos braços. Que coisa maravilhosa, que sentimento fantástico vê-lo a surgir do meio das minhas pernas. Não dá para descrever. Ela passou-o ao papá que teve o privilégio de o pegar primeiro e colocar meu peito. E também o deixou cortar o cordão. Ele já chorava, também ele não teve esta experiência da outra vez, e eu nem sabia bem o que estava a sentir. Como não levei qualquer anestesia estava super bem. Depois deles saírem as dores param na totalidade e parece que não aconteceu nada. Pude cuidar do meu menino se dificuldade e sozinha!
Apesar das dores horríveis que tive na hora H compensou muito ter um parto natural! Foi maravilhoso! Melhor do que alguma vez poderia pedir.

Obrigada a todas e força às seguintes! ?

Submetido por LSL em Sex, 06/10/2017 - 14:19
guialmi -
Offline
Desde 13 Jul 2013

Parabéns!

Submetido por guialmi em Sex, 06/10/2017 - 22:02
JayS -
Offline
Desde 13 Fev 2012

LSL, muitos, muitos parabéns pelo teu bebé <3 MTA saúde e felicidades <3 fico imensamente feliz por ti, pela linda experiência q tiveste Beijinho deveria ser sp assim Sorriso beijinho MT grande e desfruta MT Sorriso

Submetido por JayS em Sex, 06/10/2017 - 22:55
Sobre JayS

UPM - 18/01/2017 - Positivo - 09/02/2017 - DPP - 23/10/2017 - Nasce o nosso menino, de parto normal, a 31/10/2017 às 00h52 Sorriso
UPM - 18/02/2012 - Positivo - 14/03/2012 - DPP - 21/11/2012 - Nasce a nossa menina, de parto normal, a 03/12/2012 às 18h25 Sorriso
Amor a 4 <3

lizzyzonster -
Offline
Desde 19 Out 2009

Fiquei tao feliz em ler este post! Que maravilha! Quem me dera que fosse assim comigo!
Fico muito feliz que tenha tido esta experiencia maravilhosa Sorriso

Desculpe a pergunta mas assim nao rasgou nem lhe fizeram episiotomia??

Muitas felicidades Sorriso

Submetido por lizzyzonster em Sex, 06/10/2017 - 23:31
FilipaPBC -
Offline
Desde 17 Abr 2016

Que bom!! Fico mesmo contente por ti Sorriso Muitos parabéns!

Submetido por FilipaPBC em Sex, 06/10/2017 - 23:59
LSL -
Offline
Desde 28 Out 2010

lizzyzonster escreveu:
Fiquei tao feliz em ler este post! Que maravilha! Quem me dera que fosse assim comigo!
Fico muito feliz que tenha tido esta experiencia maravilhosa
Desculpe a pergunta mas assim nao rasgou nem lhe fizeram episiotomia??
Muitas felicidades

Sim, tive de fazer episiotomia. A parteira disse que em casos de cesariana anterior o faziam sempre para não forçar as cicatrizes internas e não haver perigo de fazer estragos internos piores que a episiotomia. Mas nem é o bicho que eu pensava. E até levei 4 pontos + 1 interno. Custa um bocado a sentar mas no meu caso curou muito bem e não tive complicações. Já tirei os pontos e está cicatrizado.

Submetido por LSL em Sáb, 07/10/2017 - 12:50
CatarinaSa26 -
Offline
Desde 21 Maio 2014

Parabéns.

Fico muito contente que tenha corrido tudo bem!!

Beijinhos e tudo de bom!

Submetido por CatarinaSa26 em Dom, 08/10/2017 - 19:12

6-4-2014 # Positivo
9-12-2014 | 11:05h #
* ME, I FALL IN LOVE WITH YOU EVERY SINGLE DAY *
13-10-2016 # Positivo
10-6-2017 | 6:30h #
* I'M SO IN LOVE WITH YOU AND I HOPE YOU KNOW *

janew -
Offline
Desde 18 Jun 2016

OH... que maravilha!
Sei bem o que é ser abençoada com um parto santo depois de ter passado um mau bocado. Finalmente fiz as pazes com a natureza, depois de 3 anos a mal dizer o primeiro parto (marcou-me para sempre).
Daqui a nada já pensa no terceiro! Já penso nisso há uns meses valentes (mas tão cedo não dá).
Felicidades!

Submetido por janew em Seg, 09/10/2017 - 12:03
LSL -
Offline
Desde 28 Out 2010

janew escreveu:
OH... que maravilha!
Sei bem o que é ser abençoada com um parto santo depois de ter passado um mau bocado. Finalmente fiz as pazes com a natureza, depois de 3 anos a mal dizer o primeiro parto (marcou-me para sempre).
Daqui a nada já pensa no terceiro! Já penso nisso há uns meses valentes (mas tão cedo não dá).
Felicidades!

É mesmo isso! Finalmente sinto que encerrei um capítulo e que fiz as pazes comigo, com o meu corpo, com a natureza, com tudo!

Quanto ao terceiro.... aí aí... infelizmente não está nos planos. As finanças não esticam para tudo! ?

Submetido por LSL em Seg, 09/10/2017 - 16:36