Trazer o bebé para casa – lidar com os irmãos mais novos | De Mãe para Mãe

Goste de nós no Facebook

últimos tópicos no forum

Fórum Treinantes

Ajuda pf.... Urgente

Fórum Geral & Apresentação

Já cá estou! Nasceu a nossa Mia!

Fórum Mães & Bebés

Bolçar muito

Fórum Geral & Apresentação

GINECOLOGISTA COLPOSCOPIA

Fórum Geral & Apresentação

Meu rolhao saiu

Fórum Infertilidade

Dra Tatyana - IVI

Fórum Grávidas

Ajuda pf!! BHCG inconclusivo

Fórum Mães & Bebés

AJUDEM ME POR FAVOR

Fórum Treinantes

Medicamento cartia

Fórum Mães & Bebés

Quantidade de leite aos 13 meses

Destaques nas lojas

Loja Ana 13Dezembro

De momento está tudo vendido !...

Loja Loving Mom

40% de desconto em tudo ;) H&M, Girândola, Zara, Mayoral...

Loja veraamorim

3 peças 1€ (para peças de valor INFERIOR a 1€), 3 peças 2€ (...

Loja nublada

Tenho calções banho!...

Loja Um Bebé

* Testes de Gravidez de tiras One Step (alta sensibilidade 1...

Loja cantinho_da_avó

PROMOÇÃO !!...

Loja Maria M. M.

60% de desconto em tudo!!! Por favor, enviem mensagem priva...

Loja loira24

Precos acessiveis! Tenho página oficial para Personalizar a...

Loja raika

Descida estrondosa nos preços....

produtos à venda

€7.50
€4.00
€1.40
€1.70
€0.60
€1.30
€0.80
€0.80
€3.80
€3.90
€3.20
€3.90

artigos relacionados

Criança com boas maneiras

Ensinar boas maneiras aos seus filhos desde tenra idade

Ainda que as boas maneiras devam começar pelos básicos “obrigada(...

Gravidez: quando se começa a notar a barriga?

Está grávida e certamente já está ansiosa para saber quando é que...

45 coisas que um homem deve saber sobre a gravidez e a paternidade

Nem sempre um homem tem grande ideia do que aí vem quando passa a...

5 boas razões para inserir fruta no lanche das crianças pequenas

Há uma altura em que as crianças são pequenas e os pais têm total...

Bebé beber água pelo biberão

Porque deve ter atenção à composição química da água do bebé?

Os bebés que são amamentados em exclusivo não necessitam, à...

Nasceu um bebé

09.06.2017
06.06.2017
04.06.2017
02.06.2017

Votação

Quanto gastou ou pretende gastar no carrinho de bebé?

Está aqui

Trazer o bebé para casa – lidar com os irmãos mais novos

É mãe de novo! A sua família está um pouco maior e embora já tenha explicado aos irmãos mais novos que o bebé está para chegar a casa, eles necessitam de ser esclarecidos da forma correcta para que acolham e convivam com o novo bebé da melhor forma.

As crianças têm dificuldade em compreender que têm de partilhar os pais com outro ser humano. O mundo onde vivem começa a parecer-lhes incerto e confuso. Embora não se consigam eliminar todos os obstáculos, poderá ajudá-los a ultrapassar esta fase mais suavemente.

Prepare os seus filhos

 Antes de o bebé chegar a casa comece a preparar os seus filhos. Converse com eles e coloque-lhes questões como “O que achas que vai mudar quando chegar o novo bebé?”, “Que coisas boas achas que vão acontecer?”,”Como achas que vai ser se fores o irmão/irmã mais velho?”. Dependentemente da idade das crianças deve de adequar a linguagem à idade das mesmas. As crianças, quando chega um novo bebé, podem reagir de muitas formas diferentes – por muito que as tenha preparado previamente para a ocasião. Por vezes as crianças sentem-se confusas pois a ideia da chegada de um bebé pode ser algo ameaçador. Dependendo do grau de desenvolvimento da criança, pois quando são muito novas são incapazes de exprimir os seus sentimentos, têm por vezes atitudes estranhas que apenas podem significar que se sentem ameaçadas pelo novo bebé. Compete a si como mãe, e ao pai conseguirem compreender e lidar com os sentimentos da criança, mesmo que os sentimentos sejam expressos através de gritos ou outras formas mais difíceis de lidar.

Mostre empatia

Quando o bebé chegar a casa faça os seus filhos perceberem que ser um bebé não é tudo bom, mesmo que receba muita atenção. Isto não só lhes demonstrará que compreende a diferença entre as capacidades deles por serem mais velhos, como criará um grau de empatia maior com eles. Poderá dizer algo como “Sinto pena da vossa pequena irmã, ela não consegue comer tudo o que quer, nem consegue correr e brincar, nem sequer consegue ajudar a mãe, e nem sequer consegue andar... e também não compreende nenhuma palavra que lhe dizemos!”.

Deixe-os fazer parte do processo de preparação

É importante envolver os seus outros filhos em todo o processo desde a gravidez até à convivência com o bebé. Deixe-os saber que necessita da ajuda deles (mesmo que isso não seja verdade), coloque-os encarregues de fazerem pequenas tarefas como trazer-lhe as fraldas, colocarem champô na cabeça do bebé, etc. Leve os seus filhos consigo quando levar o bebé ao médico, leve-os quando for fazer as ecografias, e se já tiverem idade, peça-lhes para a ajudarem a mudar a fralda e a prepararem o novo local onde o bebé irá ficar. Aja de forma para que todos se sintam responsáveis pelo bem-estar do bebé e da família em geral.

Partilhe o bom e o mau

É importante que converse com os seus filhos acerca das mudanças das rotinas antes de estas acontecerem e não depois. Converse com os seus filhos, explique-lhes toda a gravidez e também que depois de o bebé nascer a mãe poderá não ter tanta energia nem tanto tempo disponível, mas que embora assim seja que continua a amar todos da mesma forma. É bom que seja realista para que os seus filhos não se sintam desapontados consigo e para que de repente eles não sintam que a vida foi mudada e não compreendem o porquê, ficando muito confusos.

Ajude-os a compreender

Converse com um psicólogo especializado em crianças, pois poderá ser uma ajuda preciosa neste processo de adaptação. Leve-os também a uma maternidade para visitar outros bebés, mostre-lhes onde é que eles já estiveram e onde irá estar o novo bebé. Desta forma assegurar-lhes-á que o hospital para onde a mãe irá não é nada de mau e que até eles já lá estiveram.

Fale sobre o nascimento do bebé

Não deixe que os seus filhos um dia não saibam que a mãe foi para o hospital dar à luz a um bebé e eles não compreendem bem esse significado. Fale com eles previamente e diga-lhes quem é que supostamente ficará a cuidar deles quando a mãe estiver no hospital. Assegure-lhes que a mãe voltará rapidamente depois de ir para o hospital e diga-lhes para não se preocuparem: a mãe só chegará a casa com um novo irmão ou irmã.

Ofereça aos seus filhos uma experiência semelhante à sua

Logo que leve o bebé para casa, dê aos seus filhos um boneco bebé a cada um para que eles se envolvam no processo, tomando conta, cada um deles, do seu bebé. Por exemplo os seus outros filhos poderão fingir que mudam a fralda aos seus bebés enquanto muda a fralda ao seu. Para além de os fazer sentir que fazem parte de um momento especial, mantê-los-á ocupados.

Mostre-lhes que são essenciais ao novo irmão/irmã

Quando notar que o momento é propício, pode usar uma forma eficaz de fazer com que o seu outro filho sinta que o bebé necessita dele e que o ama. Quando o seu filho sair da beira do bebé e o bebé começar a chorar então diga-lhe “Deixa estar (nome do bebé) que o (nome do filho mais velho) já volta”.  

Prepare-se para os momentos negativos

Independentemente da forma como preparar os seus filhos para a chegada do bebé, e independentemente de eles terem assimilado bem esse facto, ou não, eles sentirão sempre algum ciúme, inveja e rivalidade. Especialmente se apenas tiver um filho, ele sentirá que a atenção que tem dos pais diminuirá pois não está habituado a partilhá-la.

Se se aperceber destes sentimentos negativos saiba que são normais e comuns, num certo nível. Dê aos seus filhos a possibilidade de se exprimirem, não os faça sentirem-se mal por estarem com ciúmes, esta é uma oportunidade de lhes assegurar o seu amor e de lhes dizer o quanto gosta deles, garantindo-lhes que o seu lugar não foi retirado pela chegada do bebé.

Faça os seus filhos saberem que o amor é algo que quando é dividido se torna ainda maior. E sempre que os for deitar diga-lhes algo de especial que pensa deles.

Veja algumas atitudes com positivismo

Nada garante que os seus filhos nunca tenham disputas durante toda a infância, certamente que lutarão, chorarão, e terão brigas, mas lembre-se que a infância é uma fase da vida essencial para desenvolver capacidades de relacionamento interpessoais. Olhe para os desentendimentos dos seus filhos como algo que cimentará a relação fraternal para a vida.

Introduzir mais um elemento na família não tem de ser um processo traumático; com alguma atenção e compreensão mesmo os irmãos mais velhos poderão sentir este momento como uma possibilidade de aumentar a família e com ela o amor existente, pois afinal existe mais uma pessoa para amar e ser amada.