Quando o pai fica com depressão pós-parto | De Mãe para Mãe

Goste de nós no Facebook

últimos tópicos no forum

Fórum Geral & Apresentação

Como travar carro Pierre cardin metz?

Fórum Infertilidade

FIV Precauções no tratamento

Fórum Geral & Apresentação

Off topic/ detregentes para roupa escura

Fórum Amamentação e Aleitamento

paroxetina durante a amamentação

Fórum Festas e Batizados

Festa aniversário jardim zoológico

Fórum Mães & Bebés

hérnia umbilical em bebé

Fórum Mães & Bebés

Querer voltar para casa da mãe

Fórum Grávidas

Positivo!!! E agora??!

Fórum Mães & Bebés

Como ignorar a opinião dos outros?

Fórum Geral & Apresentação

Instinto Maternal... mudar...

Fórum Grávidas

Enjoos a mais !

Fórum Perda Gestacional (Aborto)

Aborto espontâneo a 9 semanas

Fórum Grávidas

Roupa de cama Recem-nascido

Destaques nas lojas

Loja Loving Mom

40% de desconto em tudo ;) H&M, Girândola, Zara, Mayoral...

Loja veraamorim

3 peças 1€ (para peças de valor INFERIOR a 1€), 3 peças 2€ (...

Loja nublada

Tenho calções banho!...

Loja Um Bebé

* Testes de Gravidez de tiras One Step (alta sensibilidade 1...

Loja cantinho_da_avó

PROMOÇÃO !!...

Loja Maria M. M.

60% de desconto em tudo!!! Por favor, enviem mensagem priva...

Loja loira24

Precos acessiveis! Tenho página oficial para Personalizar a...

Loja raika

Descida estrondosa nos preços....

Loja Liliya

Novidades já chegaram! Por favor, enviem MP!...

Loja Estela2010

Testes de gravidez e, ovulação One Step, testes Clearblue di...

produtos à venda

€1.40
€1.70
€0.60
€1.30
€0.80
€0.80
€3.80
€3.90
€3.20
€3.90
€3.40
€5.00

artigos relacionados

A importância de ter uma alimentação saudável durante a gravidez

É sabido que é importante comer bem para reduzir a incidência de...

Associação Laço

Associação Laço: Tome Conta de Si! Saiba mais sobre o cancro da mama.

A Associação Laço procura cumprir um dos seus principais objetivos...

recém mãe

9 formas de uma recém-mãe conseguir libertar o stress

Muitas mulheres, mães pela primeira vez, estão tão concentradas...

Como convencer o seu parceiro a ter um novo filho

Ter um filho é um ato de grande amor mas também de grande...

Mulher em boa-forma perder peso

Como perder peso depois da gravidez de uma forma saudável

Agora que o bebé já é uma realidade, perder o peso que ganhou com...

Nasceu um bebé

09.06.2017
06.06.2017
04.06.2017
02.06.2017

Votação

Quanto gastou ou pretende gastar no carrinho de bebé?

Está aqui

Quando o pai fica com depressão pós-parto

Associar a depressão pós-parto a uma recém-mãe é comum, no entanto, a depressão pós-parto não é uma situação exclusivamente feminina, o pai também pode sofrer desta condição. Um estudo feito em 200 casos revelou que 3% dos pais demonstravam sinais de depressão pós-parto depois do nascimento do bebé. O mesmo estudo revelou também que aproximadamente 10% das mães também experienciam sintomas de depressão pós-parto.

Um bebé traz novas responsabilidades e a vida não fica de todo mais fácil. Depois da excitação inicial do parto e da intensa sensação de ser pai vêm as noites sem dormir, as mudanças no estilo de vida, a incapacidade de amamentar, o sentir que ser pai é para sempre; tudo isto pode ser aterrador e um risco para desenvolver uma depressão pós-parto.

Como afecta o bebé

Estudos feitos recentemente revelam que especialmente os bebés do sexo masculino são os mais afectados por um pai com depressão pós-parto: evidenciando mais problemas comportamentais e emocionais nos primeiros anos de vida do que bebés do sexo feminino ou do que bebés que não tenham um pai com pós-depressão. O envolvimento de um pai com depressão pós-parto pode ser diferente do envolvimento de um pai que não sofra desta condição.

Sintomas da depressão

A mudança que o novo bebé traz ao dia-a-dia pode muitas vezes camuflar o que podem ser sintomas de depressão pós-parto. O pai sente a obrigação de fazer com que a recém-mãe se sinta bem e em recuperação, bem como ter a capacidade de lidar com as mudanças que um recém-nascido traz à sua vida.

O pai impõe a si próprio o padrão de ser um super-homem e um super marido. Ajustar-se à nova vida e assumir as responsabilidades de ter um filho(a) no mundo não é tarefa fácil para ninguém, quer seja homem ou mulher. No entanto, assumir medos e receios não é algo muito comum na cabeça dos homens, sendo fácil não notar os primeiros sinais da depressão pós-parto, pois a tendência natural de um homem é ignorar ou não dar importância a pensamentos ou sentimentos que podem revelar esta condição.

Um pai que luta para estabelecer um laço emocional com o seu recém-nascido sente-se também desligado da sua mulher e até da vida, seguindo-se a sensação de que não é “merecedor” de ser pai e procurando justificação para este tipo de sentimentos. Ao mesmo tempo, surge uma luta para suprimir todos os sentimentos negativos devido ao embaraço, medo e frustração que lhe provocam.

Qualquer pessoa que experiencie este tipo de sentimentos deve dirigir-se ao seu médico, pois em casos extremos podem surgir o suicídio ou mesmo a tentativa de homicídio. No entanto, é importante saber distinguir entre o cansaço devido à privação de sono e os sintomas de uma depressão pós-parto.

Os sintomas mais comuns são:

  • Pensamentos obsessivos
  • Dor no peito ou dificuldade em respirar
  • Sentimentos de impotência ou de inadequação
  • Incapacidade de se ligar emocionalmente ao bebé
  • Incapacidade de manter os padrões de sono
  • Pensamentos suicidas

Existem algumas circunstâncias que tornam um homem numa pessoa de maior risco de sofrer uma depressão pós-parto:

  • Historial de depressão
  • Um nível de stress diário muito elevado
  • Trauma ou dificuldade durante a gravidez
  • Problemas financeiros
  • Falta de sono
  • Mãe com depressão pós-parto
  • Pouco ou nenhum apoio social

Procurar e encontrar ajuda

Isto é uma doença que tem cura e conseguir ultrapassar a depressão pós-parto é possível para um pai. Mais vale prevenir… já o ditado o diz. Se sentir que o seu parceiro pode estar a passar por uma depressão, é importante que o primeiro passo seja ajudá-lo a superar esta doença, levando-o a procurar ajuda. Conversar com o seu parceiro sobre o assunto de uma forma compreensiva e aberta, apoiando-o e encorajando-o a conversar com um médico é um excelente passo. Por vezes a justificação de um médico de que esta condição não é uma loucura - mas sim algo de comum e tratável -, é um grande passo para a cura. O apoio emocional da família, apoio psicológico e uma medicação apropriada é usualmente o melhor tratamento para superar esta condição.

Para ambos os pais evitarem uma depressão pós-parto

Para ambos os pais é importante aliviarem o stress que surge logo que o recém-nascido entra nas suas vidas. Para tal é boa ideia:

  • Terem um plano financeiro e um orçamento preparado que comporte as despesas de um bebé.
  • Mantenham os canais de comunicação abertos: partilhem um com o outro sentimentos, medos e anseios relativos a esta nova fase da vida.
  • Criem formas de partilhar as obrigações; conversem e decidam por ex: o pai pode amamentar o bebé durante a noite com biberão, em vez de ser sempre a mãe a fazê-lo.
  • Contratem uma ama ou peçam a um amigo que tome conta do bebé pelos menos uma vez por semana, saiam e vão divertir-se sozinhos; e nada de conversar sobre o bebé, apenas conversa de adultos!
  • Façam exercício regularmente e tenham uma alimentação saudável.
  • Conversem com um psicólogo ou psiquiatra nem que seja sobre os anseios que podem estar a sentir nesta fase conturbada.